Você está na página 1de 4
    Fichas de Avaliação
   

Fichas de Avaliação

 
 
 
 
 
Subdomínio I1 – Apogeu e declínio da influência europeia

Subdomínio I1 – Apogeu e declínio da influência europeia

Nome:   N.º: Turma:

Nome:

 

N.º:

Turma:

Professor: Data:

Professor:

Data:

  Encarregado(a) de Educação: Avaliação:
 

Encarregado(a) de Educação:

Avaliação:

 
1. Lê atentamente o documento e analisa o mapa.  

1.

Lê atentamente o documento e analisa o mapa.

 
Doc. 1

Doc. 1

«Por ocasião do conflito luso britânico, se afirmou nitidamente o acordo entre o governo de

«Por ocasião do conflito luso britânico, se afirmou nitidamente o acordo entre o governo de Londres e Cecil Rhodes no sentido de fazer a ligação do norte ao sul de África, sob a égide de Inglaterra, desde o Cairo até ao Cabo, de maneira a assegurar o domínio do Continente e especialmente da sua costa oriental tão importante para a segurança do Império indiano.

tão importante para a segurança do Império indiano. À realização deste projeto sacrificou a Inglaterra não
À realização deste projeto sacrificou a Inglaterra não apenas as boas relações com Portugal, mas

À realização deste projeto sacrificou a Inglaterra não apenas as boas relações com Portugal, mas também o seu entendimento com a França (…).

Mas em 1898 as ambições alemãs em África eram outra vez mais vivas. E, a

Mas em 1898 as ambições alemãs em África eram outra vez mais vivas. E, a não serem acalmadas, seriam quase com certeza um obstáculo considerável à realização do grande sonho inglês.»

  Marcelo Caetano, Portugal e a Internacionalização dos Problemas Africanos (…) , Edições Ática, 1971
 

Marcelo Caetano, Portugal e a Internacionalização dos Problemas Africanos (…), Edições Ática, 1971 (adaptado)

Doc. 2

Doc. 2

 
 
 
(…) , Edições Ática, 1971 (adaptado) Doc. 2   1.1 Classifica como verdadeiras (V) ou falsas
(…) , Edições Ática, 1971 (adaptado) Doc. 2   1.1 Classifica como verdadeiras (V) ou falsas
(…) , Edições Ática, 1971 (adaptado) Doc. 2   1.1 Classifica como verdadeiras (V) ou falsas
(…) , Edições Ática, 1971 (adaptado) Doc. 2   1.1 Classifica como verdadeiras (V) ou falsas
(…) , Edições Ática, 1971 (adaptado) Doc. 2   1.1 Classifica como verdadeiras (V) ou falsas
(…) , Edições Ática, 1971 (adaptado) Doc. 2   1.1 Classifica como verdadeiras (V) ou falsas
(…) , Edições Ática, 1971 (adaptado) Doc. 2   1.1 Classifica como verdadeiras (V) ou falsas
(…) , Edições Ática, 1971 (adaptado) Doc. 2   1.1 Classifica como verdadeiras (V) ou falsas
1.1 Classifica como verdadeiras (V) ou falsas (F) as afirmações.

1.1

Classifica como verdadeiras (V) ou falsas (F) as afirmações.

  A. A região que os portugueses pretendiam colonizar ia da costa de Angola à
 

A. A região que os portugueses pretendiam colonizar ia da costa de Angola à costa de Moçambique.

 

B. Portugal pretendia ocupar apenas Angola e Moçambique.

   
C. Os britânicos pretendiam ocupar uma faixa de território entre o Egito e o sul

C. Os britânicos pretendiam ocupar uma faixa de território entre o Egito e o sul de África.

 
  D. O Projeto do Mapa Cor‑de‑Rosa português entrava em choque com o projeto colonial
 

D. O Projeto do Mapa Cor‑de‑Rosa português entrava em choque com o projeto colonial inglês.

 

HH9LP © RAIZ EDITORA

 

E. O Projeto do Mapa Cor‑de‑Rosa foi concretizado.

   
F. Um Ultimato inglês ao governo português levou ao abandono do Projeto do Mapa Cor‑de‑Rosa.

F. Um Ultimato inglês ao governo português levou ao abandono do Projeto do Mapa Cor‑de‑Rosa.

 
 
 
139

139

Avaliação

2. Analisa atentamente os documentos e responde às questões.

Doc. 3

«O destino de cada povo estava marcado pela luta defensiva contra o inimigo hereditário: o francês contra o alemão, este contra o eslavo ou o francês; o russo contra o amarelo ou o alemão. O mesmo aconteceria ao italiano, em breve adversário da Áustria, inimiga de sempre ou ao turco, adversário dos povos eslavos.»

Marc Ferro, História da Primeira Guerra Mundial 1914-1918, Lisboa, Edições 70, 1992

2.1 Caracteriza o tipo de rivalidades existentes entre os Estados europeus nas vésperas da I Guerra Mundial.

2.2 Indica os Estados que inicialmente integravam as alianças político‑militares assinaladas no mapa:

A Tríplice Aliança:

A Tríplice Entente:

Doc. 4 Tríplice Entente (1907) Países que se juntaram à Tríplice Entente País que abandonou
Doc. 4
Tríplice Entente (1907)
Países que se juntaram à Tríplice Entente
País que abandonou a Tríplice Aliança
e se juntou à Tríplice Entente
Tríplice Aliança (1882)
Países que se juntaram à Tríplice Aliança
Países neutrais
NORUEGA
SUÉCIA
DINAMARCA
IMPÉRIO RUSSO
REINO
UNIDO
HOLANDA
IMPÉRIO ALEMÃO
BÉLGICA
LUXEMBURGO
N
Oceano
Atlântico
FRANÇA
IMPÉRIO
SUÍÇA
AUSTRO-HÚNGARO
ITÁLIA
ROMÉNIA
PORTUGAL
1915
1916
Mar
1916
SÉRVIA
Negro
BULGÁRIA
ESPANHA
1914
MONTENEGRO
1915
Protetorado
ALBÂNIA
espanhol de
IMPÉRIO
GRÉCIA
MARROCOS
Mar Mediterrâneo
OTOMANO
1917
1914
ARGÉLIA
TUNÍSIA
(França)
(França)
0 400 km

140

Fichas de Avaliação 2.3 Distingue guerra de movimentos de guerra de trincheiras. Doc. 5 Doc.
Fichas de Avaliação
2.3
Distingue guerra de movimentos de guerra de trincheiras.
Doc. 5
Doc. 6
2.4
Atenta nas plavras e preenche o crucigrama escolhendo os novos tipos de armamento utilizados na I Guerra
Mundial:
Tanques / Metralhadora / Aviação / Submarino / Gases tóxicos / Espingardas /
Cavalaria / Espadas / Lanças / Couraçados / Caravelas / Artilharia
141
HH9LP © RAIZ EDITORA

Avaliação

   
Avaliação    
Avaliação       3. Analisa os documentos. Doc. 7 – Soldados na guerra. Doc. 8
 

3.

Analisa os documentos.

3. Analisa os documentos.

Doc. 7 – Soldados na guerra.

Doc. 7 – Soldados na guerra.

Doc. 8

Doc. 7 – Soldados na guerra. Doc. 8

«Art.º 119.º – A Alemanha renuncia a favor das principais Potências aliadas e associadas, a todos os seus direitos e títulos sobre as possessões ultramarinas. (…) Art.º 159.º – As forças armadas alemãs serão desmobilizadas e reduzidas nas condições adiante fixadas. (…) Art.º 231.º – A Alemanha e os seus aliados são responsáveis por todos os danos e prejuízos sofridos pelos governos aliados e ami‑ gos, em consequência da guerra que lhes foi imposta (…).»

 
e prejuízos sofridos pelos governos aliados e ami‑ gos, em consequência da guerra que lhes foi
da guerra que lhes foi imposta (…).»     Tratado de Versalhes (1919) 3.1 Explica as
da guerra que lhes foi imposta (…).»     Tratado de Versalhes (1919) 3.1 Explica as
da guerra que lhes foi imposta (…).»     Tratado de Versalhes (1919) 3.1 Explica as
da guerra que lhes foi imposta (…).»     Tratado de Versalhes (1919) 3.1 Explica as
 

Tratado de Versalhes (1919)

  Tratado de Versalhes (1919)

3.1 Explica as principais razões que levaram à vitória da Tríplice Entente.

3.1 Explica as principais razões que levaram à vitória da Tríplice Entente.
 
 
 

3.2 Consideras que o tratado de Versalhes prejudicou a Alemanha? Justifica.

 
  3.2 Consideras que o tratado de Versalhes prejudicou a Alemanha? Justifica .  
 
 
 

Doc. 9 – Destruição durante a I Guerra Mundial.

Doc. 9 – Destruição durante a I Guerra Mundial.
 
  Doc. 9 – Destruição durante a I Guerra Mundial.  

3.3

Explica a situação económica da Europa após a I Guerra Mundial.

3.3 Explica a situação económica da Europa após a I Guerra Mundial.
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

3.4

Explica o predomínio económico dos EUA após a I Guerra Mundial.

 
3.4 Explica o predomínio económico dos EUA após a I Guerra Mundial.  

Doc. 10

Doc. 10
   

«Os EUA tinham‑se tornado (…) os banqueiros do mundo. Devedores em 1914 (7200 milhões de dólares de capitais estrangeiros investidos no país contra 3500 milhões colocados no exterior), a guerra transformara‑ ‑os em credores.»

investidos no país contra 3500 milhões colocados no exterior), a guerra transformara‑ ‑os em credores.»

J‑Brunet; M. Launay, Entre as Duas Guerras, 1914-1945, Lisboa, D. Quixote, 1999

J‑Brunet; M. Launay, Entre as Duas Guerras, 1914-1945 , Lisboa, D. Quixote, 1999
 
 
M. Launay, Entre as Duas Guerras, 1914-1945 , Lisboa, D. Quixote, 1999     HH9LP ©
 

HH9LP © RAIZ EDITORA

  HH9LP © RAIZ EDITORA
M. Launay, Entre as Duas Guerras, 1914-1945 , Lisboa, D. Quixote, 1999     HH9LP ©
M. Launay, Entre as Duas Guerras, 1914-1945 , Lisboa, D. Quixote, 1999     HH9LP ©

142

142