Você está na página 1de 17

capítulo 5

Falha de
vedações do eixo mecânicas

1. Introdução a falhas

2. falhas de lubrificação

3. falhas Contaminação

4. química, degradação física e desgaste

5. falhas de instalação

6. As falhas do sistema

análise de falha de vedação 7. Eixo


A falha de vedações do eixo mecânicas

1. Introdução a falhas
A falha da vedação do eixo mecânico é a causa mais comum de tempo de inactividade da bomba. A vedação do veio está exposta às
condições de operação amplamente variadas. Às vezes, as condições de operação mudar para se tornar bastante diferentes das
condições específicas para que o selo foi pretendidos.

Os diagramas abaixo mostram que a falta de vedação do veio é de longe a causa mais comum de falha no sistema de bomba. Ver
figuras 5.1 e 5.2.

CausasCausas
de falhade
dafalha
bombada bomba custos decustos
reparação
de reparação
da bombada bomba

1% 3% 1% 3% 2% 2% Vedação do
Vedação
eixo do eixo
3% 3% 1% 1%
Rolamentos
Rolamentos
5% 5% 5% 5%
Diversos
Diversos
Impulsor
Impulsor

operação
operação
de de
15% 15%
acoplamento
acoplamento
30% 30% 18% 18%
Habitação
Habitação

34% 34%

39% 39% 44% 44%

Fig. 5.1: Análise de falha da bomba. Fig. 5.2: Análise dos custos de reparação da bomba.

Os selos mecânicos são responsáveis ​por 39% das Os selos mecânicos são responsáveis ​por 44%

falhas da bomba. [1] dos custos de reparação da bomba. [1]

falhas de vedação de veio típicos dependem fortemente do tipo de vedação e emparelhamento de material. vedações do eixo do anel de tipo O com

O-ring dinâmico e um anel de vedação em carbono e grafite normalmente têm problemas com o desgaste em faces de vedação e vedação pendurar-se,

o que impede o movimento axial do anel O-ring e vedação dinâmica. vedações do eixo mecânico com disco rígido / hard emparelhamentos de material

de vedação de face geralmente experimentam problemas associados com funcionamento a seco.

Informação detalhada é necessário para fazer uma análise de falha de um selo do eixo danificado e posteriormente evitar novos
fracassos. Na vedação do eixo danificado, é possível observar o que está danificado, mas a razão para o dano deve ser
frequentemente encontrado na base de conhecimento da bomba e da aplicação. Esta informação deve ser registrado em um
relatório de danos, incluindo detalhes sobre as condições de funcionamento do equipamento e componentes ao redor da
vedação do eixo.

Veja análise de falhas de vedação do eixo, páginas 89-91.

No que se segue, será discutida exemplos de causas comuns de falha de vedações do eixo mecânicas.

76
2. falhas de lubrificação

O funcionamento adequado dos vedantes do veio mecânicas com emparelhamentos de material duro / rígidos selo cara depende da

lubrificação pelo meio bombeado. O funcionamento a seco e pobre lubrificação pode produzir os resultados descritos abaixo.

funcionamento a seco

Fig. 5.3: danos de superfície devido à alta temperatura em EPDM e FKM


vedantes secundários

O funcionamento a seco ocorre quando não há líquido em torno do selo, quer devido
à ausência do meio bombeado na bomba ou pobre arejamento, resultando na
formação de ar em torno do selo. A ausência de película lubrificante faz com que o
atrito entre o vedante enfrenta a aumentar. Consequentemente, a temperatura subir
dramaticamente.

Como não há nenhum meio bombeado em contacto com os anéis de vedação, o calor tem que ser

transportado, através da vedação. Muitos selos com faces de vedação rígidos atingir uma

temperatura de várias centenas de graus Celsius no selo enfrenta dentro de poucos minutos. O

dano causado por típico de funcionamento a seco é queimado partes elastoméricas. O dano

ocorre onde o anel de vedação está em contacto com o anel de vedação a quente. Veja fig. 5.3.

lubrificação deficiente

Fig. 5.4: fissuras térmicas severos em face de vedação WC causadas por falta de lubrificação

Semelhante a secar em funcionamento, o calor de atrito gerado na vedação enfrenta como


resultado da falta de lubrificação pode também causar problemas. Pobre lubrificação pode
ocorrer quando a viscosidade do meio bombeado é muito baixa, ou se a temperatura está
bem acima do ponto de ebulição à pressão atmosférica.

Sob estas condições, o calor de fricção dissipando em pequenas áreas sobre a face de

vedação pode ser muito alta. O aquecimento local alternadas e arrefecimento das faces de

vedação pode causar pequenos, radial, fissuras térmicas nas faces de vedação. Veja fig. 5.4.

77
A falha de vedações do eixo mecânicas

Quando a lubrificação é pobre ou totalmente ausente, vedantes de eixo com anéis de vedação feitas

de materiais duros tendem a gerar um forte ruído. Dependendo do desenho do selo, os materiais

rígidos e utilizados no sistema, o ruído pode estar a um nível constante de intensidade e frequência

ou ser mais aleatória.

Quando o ruído é gerado a partir do empanque mecânico, algumas partes do selo vibrar.
Isso pode reduzir a vida útil do vedante. Fole metálico juntas em particular, têm uma
tendência a fadiga por causa das vibrações.

3. falhas Contaminação
O meio bombeado é muitas vezes uma mistura de líquidos miscíveis e de uma solução de sólidos, além de partículas insolúveis

suspensas pequenas.

A película lubrificante na fenda de vedação está submetido a grandes gradientes de temperatura, pressão e velocidade. Isto aumenta
o risco de precipitação e sedimentação em ou perto da fenda de vedação.

Desligar de um empanque mecânico significa que o


Hang-up Noise movimento axial da parte rotativa da vedação do veio está

bloqueada. Desligar ocorre principalmente em conexão com

vedantes de anel O-tipo, mas também é visto em conexão

com selos de fole, embora o mecanismo subjacente é

diferente. Em conexão com selos de anel-O tipo de eixo,

assentamentos ou precipitações podem acumular-se sobre o

eixo ao lado do anel de vedação, impedindo que o O-ring de

deslizar livremente. Quando a temperatura ou a pressão na

mudança do sistema, as dimensões das peças da bomba de

alterar do mesmo modo. Como resultado, o anel de vedação

tem de ser capaz de deslizar livremente sobre o veio ou

manga para continuar a funcionar correctamente. Veja fig.

5.5.
Fig. 5.5: Esboço de vedação pendurar-se

devido ao bloqueio do
movimento axial do anel de
vedação dinâmica

Se um fole de borracha de vedação é operado a temperaturas próximas do limite máximo


admissível do tipo borracha e próximas ao limite de pressão máxima admissível do selo,
as superfícies internas do fole tende a manter o veio. Isso resulta em hang-up. Os
mesmos resultados em mecanismo de falha de desligar de vedantes de eixo do tipo
Oring, como o-ring dinâmico pode colar-se o eixo. Alguns tipos de borracha, como FKM
têm uma elevada tendência a ficar com aço inoxidável.

Uma falha pendurar-se, nem sempre é possível observar durante uma análise,
como a vedação já tiver sido desmontado.

78
Abertura da fenda de
vedação

Figura 5.6:. Depósitos de grafite de carbono face da junta vedante

Algumas suspensões e soluções tendem a causar a acumulação de depósitos espalhados

sobre as faces de vedação.

À medida que os depósitos só cobrir uma parte das faces de vedação, a fenda de vedação é

aberta de modo correspondente. O resultado é um vedante de veio de vazamento. O

vazamento é pequena no início, accellerating quanto mais líquido passa a fenda de vedação.

O assentamento acelera, porque a temperatura é mais elevada na superfície dos depósitos já

ancorados. Veja fig. 5.6.

entupimento

Figura 5.7:. Fole metal selar obstruído por cal a formação de incrustações

Quando o meio bombeado tem um alto conteúdo de partículas em suspensão e


fibras, o selo pode falhar devido à precipitação ou consolidação das partículas e de
fibras sobre ou em molas de fole, de vedação de fenda ou O-rings.

A taxa de sedimentação é afectado por o as condições de fluxo em torno do


selo e meio bombeado.
Em casos extremos, a sedimentação em fole metálico vedantes de eixo pode impedir
a acção de mola axial do fole. Subsequentemente, a vedação pode abrir quando as
condições de operação são alteradas. Veja fig. 5.7.

Se uma alteração nas condições de funcionamento necessita de uma compressão axial de

um fole obstruídos por sedimentos, a força de fecho do selo pode ser extremamente alta. Isto

pode resultar em tensão mecânica excessiva sobre os componentes de vedação ou

insuficiência devido a pobre lubrificação.

79
A falha de vedações do eixo mecânicas

Partículas e depósitos Pequenas quantidades de partulas duras sobre as faces de vedação provocam um desgaste

aumentado, especialmente quando se utiliza materiais de vedação emparelhamentos cara duro /

mole. Em tais casos, as partículas pequenas, rígidos pode ser empurrado para dentro do anel de

vedação macio a partir de onde eles actuam como uma ferramenta de esmerilar no anel de

vedação mais difícil.

Impurezas entre faces de vedação resultar em uma taxa de fuga elevada, de forma permanente ou

até que a impureza foi triturado e nivelado afastado. Como um exemplo, um fio de cabelo humano é

de 50 a 100 um de espessura, como comparado com a 0,3? M (altura) de uma fenda de vedação

operando sob condições normais de funcionamento. Assim, um fio de cabelo humano de 60? M a 200

vezes a largura de uma fenda de vedação normal. A taxa de vazamento é proporcional à diferença de

vedação elevada a terceira potência, ver fórmula 2, página 18. Se um fio de cabelo humano é preso

entre as faces de vedação, a taxa de vazamento irá ser 200³ = 8.000.000 de vezes a taxa de fuga de

uma vedação do veio com selo limpo rostos.

Degola / apreensão Furar (British) e apreensão (americano) são dois termos diferentes com o
mesmo significado. A seguir, usaremos o termo “furando”.

Degola ocorre quando os dois anéis de vedação são bloqueados ou parcialmente soldadas em

conjunto. Os resultados estado bloqueado em uma falha se a interligação é maior do que o

binário de arranque do motor. Ele também pode resultar em danos mecânicos das peças do

selo. Degola pode ter diferentes causas. Principalmente rígido / disco emparelhamentos

vedação de face tem uma tendência à colagem. As principais causas de colagem são

precipitação de materiais pastosos a partir do meio bombeado sobre as faces de vedação ou

corrosão das faces de vedação. Furar só é possível em vedações do eixo de bombas com

operação de start / stop. O período necessário para os anéis de vedação para ficar juntos

compreendido entre algumas horas e até, dependendo do meio bombeado. O processo

accellerates a temperaturas elevadas.

4. química, degradação física e desgaste

Todas as partes do empanque mecânico deve ter uma resistência adequada para o ambiente químico e físico para
funcionar correctamente durante a vida útil esperado. As temperaturas elevadas e químico grave ou carga mecânica
reduzir a vida útil esperada do selo. Isto aplica-se dentro de certos limites; acima destes limites, a degeneração e mau
funcionamento irá ocorrer rapidamente.

As peças elastoméricas de polímero podem apresentar diversos sinais de degradação, incluindo bolhas, fissuras,
vazios ou descoloração. Em alguns casos, a degradação pode ser determinada apenas pela medição das propriedades
físicas. Incompatibilidade com o químico e / ou térmico ambiente contribui para a degradação.

80
Inchaço das peças de borracha

Figura 5.8:. Um fresco EPDM O-ring (esquerda) e uma EPDM inchados O-ring (direita)
exposto a água contendo óleo mineral

Inchaço de borracha é um aumento do volume e uma diminuição na dureza devido à


absorção de um solvente. O aumento de volume depende do tipo e grau de borracha,
do tipo e concentração do solvente, bem como da temperatura e do tempo de
exposição. Em situações extremas, as dimensões lineares de uma peça de borracha
inchada pode ser duplicada.

A função de muitos tipos de vedantes de eixo depende, em grande medida, a geometria


das peças de borracha. Consequentemente, até mesmo pequenas mudanças nas
dimensões pode ser crítico. A redução na dureza está associada com alterações em
outras propriedades mecânicas da borracha.

O material de borracha EPDM utilizada mostra um elevado grau de intumescimento quando


exposto a óleo mineral. EPDM inchaço ocorre independentemente da concentração de óleo
mineral em água, no entanto, quanto menor for o nível de concentração, quanto maior for o
período de operação antes da falha. Veja fig. 5.8.

Outros tipos de borracha também mostram inchaço quando exposta a líquidos não
compatível.
inchaço de volume, tal como descrito acima, é apenas uma indicação de incompatibilidade
com o meio bombeado e pode ser com base apenas no parâmetro de solubilidade. Além
disso, ataque pelo meio bombeado na coluna vertebral e / ou do sistema de ligação
transversal do elastómero pode aparecer como uma alteração nas propriedades físicas, tais
como resistência à tracção, alongamento na ruptura e dureza. Temperaturas elevadas e
tempos de exposição prolongados podem criar condições mais agressivas.

81
A falha de vedações do eixo mecânicas

Envelhecimento de peças de borracha Além do processo de degradação acima, um processo de envelhecimento tem lugar.

Envelhecimento muitas vezes resulta numa alteração nos parâmetros físicos, tais como a

resistência à tracção e dureza. O envelhecimento é dividido nestas duas categorias:

• shelf-envelhecimento

• envelhecimento atmosférico.

Prazo de envelhecimento é, basicamente, a degradação oxidativa. Para além da óbvia


influência de oxigénio, devem ser considerados os efeitos catalíticos de calor, luz,
stress ou tensões internas e externas e metais pró-oxidantes.

Em oposição a prateleira-envelhecimento, envelhecimento atmosférico é caracterizada pelo


ataque do ozono sobre a borracha. É essencial saber que esta não é apenas uma outra
forma de degradação induzida por oxigênio o mecanismo é bem diferente. Se a borracha
está exposta a qualquer tipo de stress, o resultado é craqueamento atmosférica em que as
fendas são perpendiculares à direcção de alongamento. envelhecimento atmosférica é bem
conhecido da bicicleta antiga ou pneus de automóveis. Aqui várias rachaduras concêntricas
pode ser observado onde o pneu tem a maior deflexão durante a operação.

descompressão explosiva descompressão explosiva ocorre em partes poliméricas como bolhas, poços ou pocks
sobre a sua superfície. Quando o meio bombeado possui uma elevada pressão parcial
de uma fase gasosa, o gás se difunde para a borracha. Se a pressão é diminuída e o
gás absorvido no material não pode escapar mais rápido que a pressão é diminuída,
uma sobrepressão interna aumenta. Se esta pressão excede a resistência do material,
uma explosão ocorre devido à descompressão. Um elastómero com uma elevada
solubilidade em gás e baixa resistência mecânica é exposto a descompressão
explosiva.

Corrosão
100? m face de vedação 2 milímetros

164.05? m 133.99? m

Figura 5.9:. Corrosão selectiva em carboneto de tungsténio cimentada. o metálico


fase ligante é corroído resultante na resistência ao desgaste reduzido

A maioria dos materiais de anéis de vedação são feitos de materiais compósitos. A fim de
evitar a corrosão selectiva, todas as fases do material do anel de vedação tem que ser
resistente ao meio bombeado. Corrosão em carboneto de tungsténio cimentada é
normalmente visto como um ataque à fase ligante metálico. O resultado deste ataque é a
perda do

82
propriedades mecânicas, incluindo a diminuição da resistência ao desgaste. Quando a
fase ligante metálico desaparece, a superfície torna-se opaco. A corrosão selectiva da
fase ligante pode induzir tensões, que conduz a fissuras nos anéis de vedação. Veja fig.
5.9.

Em outras superfícies dos anéis de vedação, erosão pesada pode ocorrer em que a fase

ligante é corroído. Veja fig. 5.10. Em bombas de aço inoxidável e sistemas de tubagens, o

carboneto de tungsténio, com ligante de cobalto corrói de água da torneira.

Fig 5.10:. A corrosão da fase ligante seguido por erosão grave sobre
um anel de vedação de carboneto de tungsténio com a fase ligante de cobalto

Em materiais cerâmicos, tais como óxido de alumínio, o processo de um ataque de corrosão

muitas vezes se dissolve ou se oxida a fase de vidro, resultando numa diminuição da

resistência ao desgaste.

Quando a fase de vidro tenha desaparecido da superfície do anel de vedação, a


porosidade aumenta. Isto afecta a resistência mecânica do anel de vedação. A força
pode ser reduzida com algumas percentagens ou pode desmoronar-se totalmente,
dependendo do tipo de material e de forma bombeada.

Corrosão raramente ocorre nas partes metálicas do selo em bombas de aço inoxidável. A

razão é que as peças de vedação de metal são geralmente feitos de um grau superior de aço

inoxidável do que outras partes da bomba de metal.

Vestem

Fig 5.11:. O desgaste normal na superfície de tungsténio anel de vedação carboneto

Uma vez que a espessura da película de lubrificante é da mesma ordem de grandeza que a

rugosidade da superfície, as faces de vedação vai usar em certa medida. Este desgaste normal com

vedações com bom desempenho será tão pequena que o vedante irá ser capaz de sobreviver durante

muitos anos. Veja fig. 5.11. Em casos especiais, o desgaste pode causar problemas, mas muitas

vezes vedações funcionam perfeitamente com desgaste severo até 0,5-1 mm, mesmo com faces de

vedação fortemente ranhurados, contanto que a flexibilidade axial do anel de vedação é mantida.

83
A falha de vedações do eixo mecânicas

Desgaste, continuou

A Fig. 5.12: face da junta vedante funda ranhuras perto A Fig. 5.13: Sulcos nas faces do selo no
para o lado médio bombeado zona de evaporação

sulcos profundos face de vedação perto do lado meio bombeado indicam que
partículas sólidas do meio bombeado ter entrado na fenda de vedação. Veja fig.
5.12.

Centro
sulcos profundos perto do lado da atmosfera indicam que precipitados duras a
partir do meio bombeado foram criados em que a película lubrificante se evapore.
Veja fig. 5.13.

5. falhas de instalação

Algumas falhas de vedação mecânicas vêm de montagem errada e manuseio. Exemplos podem ser desalinhamento do eixo, assentos não

montados perpendicularmente ao eixo, movendo-se axialmente do eixo e o comprimento de montagem errada, etc.

Desalinhamento

Acabar
Centro

Fig 5.14:. De vedação do veio bem alinhada Fig 5.15:. Vedante de eixo radial com run-out

A posição e largura de faixas de desgaste no assento indicam várias áreas


problemáticas.
Se a largura de uma faixa de desgaste sobre o assento é o espelho da face de deslizamento do anel

de vedação oposto, o vedante do eixo parece ser bem alinhados com nenhum batimento radial do

veio. Veja fig. 5.14.

Se a face de deslizamento do assento é mais larga do que a face de deslizamento rotativo, uma faixa

mais ampla no assento todos caminho em torno indica uma alta de execução para fora do eixo. Veja fig.

5.15. inclinado

Isto também pode ser visto, se, por alguma razão, existe um desequilíbrio da massa
rotativa.
Acabar

Uma profundidade desigual da pista de desgaste em torno do assento indica uma montagem

inclinada / torto do assento. Veja fig. 5.16.

84
inclinado

Acabar

Fig. 5.16: profundidade desigual da faixa de desgaste Fig 5.17:. O desgaste dos O-ring dinâmico
no assento causada por inclinado no ponto em que o mesmo veda
montagem / torto contra o eixo

O desgaste anormal sobre o anel de vedação dinâmica é observada, quando o assento de um anel de

vedação é inclinada. O desgaste do anel de vedação dinâmica é seguido por arranhões axial sobre a

superfície interna. Veja fig. 5.17.

O desgaste do anel de vedação dinâmica é causada por um movimento entre o eixo ou


a manga e o anel de vedação. O movimento pode ser um movimento axial do eixo
(vibração) ou um desalinhamento do suporte estacionário (a face assento não é
perpendicular ao eixo).

Fig. 5.18: corrosão no veio abaixo O-ring dinâmica provocada pelo movimento axial
do veio

O movimento axial do veio causados ​por vibração ou um assento inclinada, pode causar
o desgaste no veio ou manga abaixo do anel de vedação dinâmica. O O-ring fricção no
eixo remove continuamente a camada de óxido protector no eixo, causando corrosão.
Ver Fig 5.18.

Montagem
Sempre que um empanque mecânico está instalado no equipamento de rotação, o movimento
axial do veio não deve exceder a flexibilidade de vedação do veio.

O movimento axial do veio superior a flexibilidade permitida da parte rotativa do


empanque mecânico pode causar desgaste prolongado sobre os anéis de vedação ou
danos permanentes para partes individuais da vedação do veio.

Apropriado
Muitos vedantes de eixo têm comprimentos de montagem de acordo com as normas. Este

permite que os utilizadores de mudar de um tipo de selo para outro com um desempenho

melhorado para a aplicação real. Mesmo se dois selos diferentes têm o mesmo comprimento

total, as faces de deslizamento não são necessariamente colocados à mesma altura. Se os

componentes de dois vedantes diferentes são misturados, o resultado pode ser a compressão

inferior ou excessiva da vedação.

85
A falha de vedações do eixo mecânicas

6. As falhas do sistema

Ao operar sistemas de bombas, os parâmetros de funcionamento pode ser ligeiramente diferente do que o sistema foi projetado para.

Uma alteração das condições de funcionamento pode afectar o desempenho da vedação. Estes parâmetros afectam o desempenho

de um empanque mecânico:

• a pressão na câmara de vedação


• a temperatura em torno do vedante do veio na câmara de vedação
• o meio bombeado
• a velocidade

• as dimensões de vedação do eixo.

Se os parâmetros acima referidos não são correcto para a aplicação em questão, o resultado pode ser um mau funcionamento ou danos

para a vedação do veio.

Pressão

A Fig. 5,19: O-rings extrudido por causa da alta press

A pressão no lado meio bombeado do vedante deve estar dentro dos limites
definidos pelo design de vedação, os materiais e o meio bombeado.

Quando a pressão do líquido bombeado sobre a vedação do veio excede o nível que foi
concebido para, podem ocorrer várias falhas: O atrito entre os anéis de vedação pode
aumentar e causar danos quer directamente, devido às forças de atrito ou para os
vedantes secundários na vedação.

O-rings extrudidos é um mecanismo de falha comumente conhecido. Se a temperatura se


aproxima do limite de operação máximo da borracha, o material de borracha se torna
mais suave e, portanto, susceptível de extrusão. Veja fig. 5.19.

Temperatura

Fig 5,20:. A remoção do calor de fricção, por meio de circulação do bombeada


médio entre o empanque na câmara de vedação

A fricção entre as faces de vedação em condições normais de funcionamento produz


calor. Por conseguinte, a temperatura no e perto do vedante é mais elevada do que a
temperatura do meio bombeado.

86
Este aumento de temperatura é muitas vezes 10 a 20 K. A temperatura especificação
de uma vedação do veio é dada para a temperatura real do selo. Isso deve ser levado
em conta pelo projetista do sistema. Veja fig. 5.20.

Exceder a temperatura máxima do selo pode causar danos às partes elastoméricas.


Outra falha típico, devido às temperaturas elevadas é pobre lubrificação, resultando
numa taxa de desgaste mais elevado. Ver falhas de lubrificação, página 77.

Não ou fluxo insuficiente Sem fluxo ocorre quando a bomba contém bombeado médio e a bomba está em
funcionamento contra a válvula fechada. O calor gerado por atrito na vedação do veio e o
calor gerado por causa da turbulência em volta das impulsores resultar num aumento de
temperatura elevada em toda a bomba. A temperatura aumentada pode danificar as
peças elastoméricas de vedação do veio, em particular. Além do aumento de
temperatura, o risco do funcionamento em seco também é aumentado, quando não há
nenhuma ou insuficiente fluxo através da bomba e a câmara de vedação.

pobre de ventilação Sob certas condições, é possível a recolha de ar em torno da vedação do veio, dependendo
do desenho da câmara de vedação do veio, as condições de operação e a forma bombeada.
Pobre ventilação resultando em funcionamento a seco contínua ou periódica tem
consequências desastrosas para a vida da maior parte das vedações do eixo mecânicas.

Vibração As vibrações mecânicas resultar em forças superiores sobre cada parte de um empanque mecânico. O

resultado é estendido desgaste em todas as partes, lascado anéis de vedação e, possivelmente, a

abertura da fenda de vedação. As vibrações podem ser gerados a partir de fricção entre as faces do

selo, se as condições de funcionamento forem excedidos. Caso contrário, as vibrações são

frequentemente associados com rolamentos desgastadas ou as condições de escoamento de líquido

especiais.

A largura da faixa de desgaste sobre o assento será estendido em caso de vibrações


radiais do veio de ocorrer. Veja fig. 5.15

resumo
As principais causas de falhas na vedação do veio mecânicos usados ​em bombas são descritos. É difícil causas estaduais

de falhas de vedação do eixo exatamente, mesmo com o conhecimento do sistema de bomba.

A análise de falhas detalhado é necessário para reduzir falhas futuras em vedações do eixo.

[1] OMV AG, Bombas em Engenharia de Processos 2002

87
análise de falha de vedação 7. Eixo

As falhas anteriormente descritos foram coletadas em um esquema de análise de falhas. Consulte as páginas 89-90.

O objectivo do plano é ajudar na solução de problemas e dar entrada para possíveis melhorias de uso do selo
e gerenciar parâmetros de vedação do eixo envolvidos.

Devemos nos referir a esses componentes de vedação do eixo principal:

• de vedação do veio completo

• anéis de vedação

• elastômeros
• partes de metal

• eixo / manga.

A primeira coluna contém o componente principal. A segunda coluna


mostra o resultado da inspecção. Os números indicam possíveis
causas da falha.

Veja a “chave para o regime de análise de falhas”, página 91.

88
A falha de vedações do eixo mecânicas

esquema de análise de falhas de vedação do veio

As causas possíveis de

Planta / processo pobre térmica


influência ao controle

Componente Resultado da inspeção visual lubrificação Limpeza Contaminação Corrosão Resfriamento Aquecimento

deficiente (tratamento) (ataque


químico)

entupido 15/17/41
Boa condição 1 1 1
Desligar 1 1 1
vedação do eixo
Barulho 13 20 15
degola 11

bordas lascadas 11
Rachou / fraturou 3 11
Depósitos fora faces de vedação 1/17/38
Gravado / decomposto 5 11
Esburacado 5 11
Marcou / arrastado / esfolado 13 20 15
Desgaste pista: No trilha
Blistered / em flocos
13/24 23/18 31

anéis de vedação
depósitos 8/9/17

(1) - (2)
Excentric
Canelado 20 8
pista incompleta 39
Emaranhado 11/21
trincas térmicas
completa de
normais estreita ou
larga 13/20 20 15
Visto no lado atmosférica 13 8
O desgaste dos bombeado lado médio

Queimado 3 11
Cortes / nicks
Decomposto 11 11
extrudido
Fracturado (fole)
Elastômeros
flexibilidade perdida 3 12
rompido
inchado 11 11
Wear, dinâmica (3) desgaste,
estacionária (4) 3 34 34

Rachou / fraturou 34 34
Deformed 34 34
As peças de metal descolorido 3 11 11
Gravado / decomposto 5/11 11
Esburacado 11 11
usado 13

Rachado / rompido 13 11
Eixo / manga Esburacado 11 11
usado 8 11

(1) do anel de vedação rotativa (2) de assento estacionária (3) O-rings dinâmicos (4) O-rings estacionárias

89
e falha de vedação do veio

A instalação falhas do sistema


incorreta

Montagem Apropriado Desalinhamento Fluxo Pressão Temperatura pobre de Vibração De outros

ventilação

2/19 2
1 1 1
7 15/35 13 36 16

10 16
10 4 3 16 37

5 11
7 35 13 36

1 2

22 15
26 16
19 7 4
38 40

19/40 16

4 15 36

4 13 3
10/19 25
12 3
19 10 13 13
7 26
28 12 3
28 27/30

19/26 19/26/40 29 16/32


3

19 26 13/29 13 16
7/37 7 13 13
19 32 3
33
26 14
10 10 29 16

6 29 16

6 26 29 32

90
esquema de análise de falhas

Possíveis causas de Key falha ao

Faces do selo aberto, devido ao bloqueio do movimento axial do anel de vedação dinâmica. O movimento axial é necessária para
1
compensar a expansão térmica axial e induzida por pressão. 2
Selante não se encontra incorporado no comprimento de uma montagem correcta, resultando em ausência de contacto entre o anel de vedação e a sede. 3

faces do selo estão secando, resultando em superaquecimento. Alto torque em faces de vedação feitas de materiais rígidos pode gerar calor que

pode ser transmitida para elastómeros, resultando em endurecimento e queima. 4

Fechados de válvula de saída da bomba resulta em excesso de temperatura ou a falha não 3. 5

A reacção química com um agente oxidante, por exemplo ácido nítrico. 6

Seal ou manga não está presa corretamente. 7

Overcompression devido ao comprimento montagem incorrecta. 8

As partículas sólidas, tais como cristais de hidróxido de sódio, para precipitar de líquido entre as faces de deslizamento. 9

elementos voláteis do líquido evaporar em gab selo, deixando camadas adesivas altamente viscosas em faces deslizantes. 10

Danos causados ​por mau uso (ou overcompression). 11

material de vedação não quimicamente resistente aos líquidos ou contaminante. 12

(Elastómero) de material tenha decomposto devido a temperatura para além de limitações. 13

Selo tenha sido exposto à pressão / temperaturas em excesso de limites. 14

remoção contínua de película passiva devido ao movimento relativo. 15

A pressão do sistema é abaixo ou próxima da pressão de vapor. 16

Rolamentos possivelmente

O líquido é saturada com escala. 18


desgastado. 17

As partículas sólidas em meio bombeado. 19

montagem errada dos componentes de vedação do eixo principal. 20

Viscosidade muito baixa para o vedante do eixo real. 21

Corrosão faz carboneto de tungstênio aparecem em cinza tapete ou verde. 22

Por deposição electroquimica, metais tais como o cobre pode formar sobre as faces de deslizamento devido a encalhe electrial ausente ou

pobre na bomba. 23

Em água de uma condutividade inferior a 5 micro uS / cm, alguns graus de SiC pode corroer. 24

dissipação de calor excessivo pode causar a formação de bolhas de carbono impregnado com resina. 25

Elastómero montado sobre superfícies contaminadas. 26

Assento está desalinhado. 27

descompressão explosiva devido à liberação de pressão rápido. 28

A acumulação de calor pode ocorrer devido ao desalinhamento. 29

Iniciar / parar a pressão excessiva do sistema, com faces de vedação rígidos. 30

Extrusão de borracha a alta pressão e / ou temperatura. 31


Inchaço de impregnação pode causar a formação de bolhas de impregnados de carbono / grafite. 32

movimento axial indesejada do eixo e do eixo de vedação. 33

Cavitação na câmara de vedação. 34

Furar de anéis de vedação rígidos (SiC / SiC ou CC / CC). 35

Parcialmente o funcionamento a seco devido à pressão atmosférica superior a pressão do líquido em torno do selo. 36

o funcionamento a seco parcial devido ao ar, boubles ar em torno das faces de vedação. 37

manuseamento extremo / gota de vedação do veio da bomba ou. 38

anel de vedação ou da câmara de vedação é assimétrico, deformada por pressão ou outras forças. 39

Corrosão sob um anel de vedação (macia) que é suportado por um material corrosivo rígida. 40

Desalinhamento dos anéis de vedação. 41

Cabelo ou contaminação lama.

91