Você está na página 1de 7

Escola/Agrupamento de Escolas | Teste de Avaliação 1 – CienTIC7 Versão 1

Ciências Naturais
7.º Ano de Escolaridade
Duração do Teste: 90 minutos |

Grupo I
A ocidente da cidade do Porto, na orla litoral entre o molhe de Felgueiras (Foz do Douro) e o
Forte S. Francisco Xavier (vulgo Castelo do Queijo), exibe-se uma magnífica faixa metamórfica
associada a diferentes tipos de xistos e de gnaisses.
O maciço granítico do Castelo do Queijo, com uma idade de 292 milhões de anos, é constituído
por minerais de quartzo, feldspatos e biotite, apresentando inúmeras diáclases. Nesta paragem
existe uma clara tendência para a formação de um caos de blocos, que resulta de uma
meteorização química, combinada com uma ação mecânica com origem nas ondas. Nos blocos
graníticos aparecem marmitas litorais, que resultam de movimentos turbilhonares provocados
pela ação erosiva das águas a que se associam seixos.
Situado a sul do Forte S. Francisco Xavier, entre as praias do Castelo do Queijo e do Homem do
Leme, aparece uma rocha metamórfica de elevado grau de metamorfismo, o gnaisse, com uma
idade superior a 570 milhões de anos, que evidencia uma foliação de direção este-oeste, foliação
que roda progressivamente para N110˚- N120˚ à medida que nos deslocamos para sul.

Legenda
Granito
Gnaisse
Xistos
Forte S.
Francisco
Xavier

Figura 1. Mapa geológico simplificado de parte do Complexo Metamórfico da Foz do Douro.

Adaptado de Geologia no Verão 2002 ̶ Viagem ao Património Geológico da Faixa Litoral da Cidade do Porto

Na resposta a cada um dos itens de 1. a 5., seleciona a única opção que permite obter uma
afirmação correta.

1. A norte da praia do Castelo do Queijo predominam rochas…


(A) … metamórficas, como o granito.
(B) … metamórficas, como o gnaisse.
(C) … magmáticas, como o granito.
(D) … magmáticas, como o gnaisse.

2. Os granitos são rochas magmáticas…


(A) … plutónicas e formam-se à superfície por solidificação da lava.
(B) … plutónicas e aparecem à superfície devido à erosão das rochas superiores.
(C) … vulcânicas e formam-se à superfície por solidificação da lava.
(D) … vulcânicas e aparecem à superfície devido à erosão das rochas superiores.
3. As rochas situadas por baixo do Forte S. Francisco Xavier são mais…
(A) … antigas do que as rochas da praia do Homem do Leme e apresentam superfícies de
fratura.
(B) … antigas do que as rochas da praia do Homem do Leme e apresentam foliação de oeste
para este.
(C) … recentes do que as rochas da praia do Homem do Leme e apresentam superfícies de
fratura.
(D) … recentes do que as rochas da praia do Homem do Leme e apresentam foliação de oeste
para este.

4. As marmitas e os blocos são exemplos de…


(A) … paisagens geológicas, resultantes de processos de solidificação do magma.
(B) … paisagens geológicas, resultantes de processos de desgaste e erosão da rocha.
(C) … formas geológicas, resultantes de processos de solidificação do magma.
(D) … formas geológicas, resultantes de processos de desgaste e erosão da rocha.

5. Os gnaisses e os xistos, observados na foz do Douro, formaram-se por…


(A) … transformação de outras rochas quando submetidas a elevadas temperaturas e
pressões.
(B) … precipitação de substâncias dissolvidas na água em bacias de sedimentação marinha.
(C) … arrefecimento lento do magma em profundidade.
(D) … arrefecimento rápido do magma à superfície.

6. Ordena as letras de A a E, de modo a obteres o processo de formação de marmitas litorais


numa rocha granítica.

A. Afloramento do granito.
B. Remoção das rochas que cobriam os granitos.
C. Ação erosiva da água e dos seixos.
D. Formação das marmitas.
E. Solidificação do magma em profundidade.

7. Explica a formação do caos de blocos nos granitos da foz do Douro.


Grupo II
Um mineral é qualquer substância sólida inorgânica. Cada mineral tem uma estrutura química
definida que lhe confere um conjunto único de propriedades físicas. A rocha, por contraste,
pode ser definida simplesmente como um agregado de um ou mais minerais. O termo agregado
significa que os minerais se apresentam misturados mas mantendo as suas propriedades
individuais. Apesar de a maioria das rochas serem compostas por mais de um mineral, alguns
minerais podem apresentar-se em grandes quantidades. Nestas circunstâncias, são
considerados como rochas. Um exemplo comum é o mineral calcite, que, frequentemente, é o
constituinte principal de grandes unidades rochosas, que são os calcários.
A tabela I mostra algumas propriedades físicas de quatro minerais.

Propriedades físicas
Mineral
Brilho Densidade Risca Cor Dureza
magnetite metálico 5,2 g/cm3 preta preta dura
incolor a incolor a
moscovite não metálico 2,8 g/cm3 mole
branca amarela
esverdeada a
pirite metálico 5,9 g/cm3 amarela dura
preta
branca a amarelo a
enxofre não metálico 2,0 g/cm3 mole
amarela âmbar
Tabela I

Na resposta a cada um dos itens de 1. a 5., seleciona a única opção que permite obter uma
afirmação correta.

1. O mineral de dureza elevada que apresenta a risca igual à cor é…


(A) … a magnetite.
(B) … a moscovite.
(C) … a pirite.
(D) … o enxofre.

2. A análise de uma amostra de enxofre mostrou que ela tinha um volume de 5 cm3. Podemos
concluir (baseado na equação densidade = massa/volume) que a sua massa é de…
(A) … 2,0 g.
(B) … 2,5 g.
(C) … 5,0 g.
(D) … 10,0 g.

3. A propriedade que mais facilmente distingue a magnetite da pirite é…


(A) … o brilho.
(B) … a risca.
(C) … a cor.
(D) … a dureza.

4. A calcite pode ser identificada facilmente através da…


(A) … dureza, uma vez que é o mineral mais duro da escala de Mohs.
(B) … dureza, uma vez que é o mineral mais mole da escala de Mohs.
(C) … reação com o ácido, pela libertação de bolhas de oxigénio.
(D) … reação com o ácido, pela libertação de bolhas de dióxido de carbono.
5. A risca corresponde à…
(A) … cor do pó fino que o mineral deixa quando é friccionado numa placa de porcelana,
sendo mais fiável do que a cor.
(B) … cor do pó fino que o mineral deixa quando é friccionado numa placa de porcelana,
sendo menos fiável do que a cor.
(C) … resistência que um mineral oferece ao ser riscado por outro ou por um objeto, sendo
medida pela escala de Mohs.
(D) … resistência que um mineral oferece ao ser riscado por outro ou por um objeto, sendo
mais fiável do que a cor.

6. Faz corresponder cada uma das descrições das propriedades dos minerais ou das rochas,
expressas na coluna A, à respetiva designação, que consta da coluna B.
Escreve, na folha de respostas, apenas as letras e os números correspondentes.
Utiliza cada letra e cada número apenas uma vez.

Coluna A Coluna B
(a) Aparência ou qualidade da luz refletida pela (1) Cor
superfície do mineral. (2) Brilho
(b) A quebra de alguns minerais ocorre, (3) Risca
preferencialmente, segundo superfícies planas e (4) Dureza
brilhantes. (5) Clivagem
(c) Resistência que um mineral oferece ao ser riscado (6) Basalto
por outro ou por um objeto. (7) Calcário
(d) Rocha constituída por quartzo, feldspato e micas. (8) Granito
(e) Rocha sedimentar constituída pelo mineral de
calcite.

7. Refere a paisagem geológica característica de regiões onde predomina o calcário.

8. Explica como procederias no laboratório para determinares a dureza de uma amostra de


mineral.
Grupo III
Quando se observa o curso dos rios, notamos que na maior parte das vezes eles são distintos:
uns retilíneos, outros curvos, uns mais caudalosos, outros calmos, o mesmo rio com um pouco
de tudo. As forças exercidas pelos cursos de água, nos diferentes terrenos que atravessam, vão
esculpindo os seus leitos e, assim, modelando a paisagem. A variação de caudal, as
características das rochas, os declives do terreno e a variação do nível do mar são fatores que
influenciam a dinâmica e evolução de um curso de água.

Os iões são transportados


dissolvidos na água.

Os sedimentos finos
são transportados em
suspensão (flutuam).

Os sedimentos maiores são transportados


por saltação, deslizamento ou rolamento
ao longo do fundo.

Figura 2. Formas de transporte dos materiais pelo rio.

1000

Transporte em
suspensão

100

Velocidade
Transporte de fundo
(cm/s)

10

Deposição

0,0625 0,250 2
Silte e argila Areia fina Areia Cascalho
Tamanho (mm)

Figura 3. Gráfico que mostra a velocidade da corrente e o modo de transporte dos sedimentos de
diferentes tamanhos.
Adaptado de Reynolds. Exploring geology. Macgraw-Hill
Na resposta a cada um dos itens de 1. a 6., seleciona a única opção que permite obter uma
afirmação correta.

1. De acordo com os dados, a uma velocidade de corrente de 10 cm/s, as…


(A) … areias finas são transportadas em suspensão.
(B) … as areias e as argilas são depositadas no fundo.
(C) … as areias finas são transportadas pelo fundo e as argilas em suspensão.
(D) … as argilas são transportadas pelo fundo e as areias finas em suspensão.

2. Se ocorrer um período de cheia e a velocidade da corrente passar de 10 para 50 cm/s, um


sedimento com 2 mm…
(A) … deposita-se no fundo do rio, porque a força de transporte é inferior à ação da
gravidade.
(B) … deposita-se no fundo do rio, porque a força de transporte é superior à ação da
gravidade.
(C) … passa a ser transportado ao longo do fundo do rio, porque a força de transporte é
inferior à ação da gravidade.
(D) … passa a ser transportado ao longo do fundo do rio, porque a força de transporte é
superior à ação da gravidade.

3. Se o declive aumentar, será de esperar que a velocidade…


(A) … aumente, aumentando a quantidade de sedimentos transportados.
(B) … aumente, diminuindo a quantidade de sedimentos transportados.
(C) … diminua, aumentando a quantidade de sedimentos transportados.
(D) … diminua, diminuindo a quantidade de sedimentos transportados.

4. Ao longo do curso de um rio, a velocidade da corrente tende, geralmente, a…


(A) … aumentar, sendo os detritos sucessivamente menos arredondados.
(B) … aumentar, sendo os detritos sucessivamente mais grosseiros.
(C) … diminuir, sendo os detritos sucessivamente mais finos.
(D) … diminuir, sendo os detritos sucessivamente menos calibrados.

5. A erosão provocada pelos rios consiste na…


(A) … alteração das rochas expostas à superfície da Terra, originando vales em forma de “V”.
(B) … alteração das rochas expostas à superfície da Terra, originando vales em forma de “U”.
(C) … remoção dos detritos rochosos que sofreram meteorização, originando vales em forma
de “V”.
(D) … remoção dos detritos rochosos que sofreram meteorização, originando vales em forma
de “U”.

6. Os sedimentos com 1 mm de tamanho, quando sofrem diagénese, originam uma rocha


consolidada designada por…
(A) … areia.
(B) … arenito.
(C) … calcário.
(D) … conglomerado.

7.Ordena as letras de A a E, de modo a obteres o processo de formação de uma rocha


sedimentar.
A. Diagénese
B. Erosão
C. Meteorização
D. Transporte
E. Sedimentação

8. Faz corresponder cada uma das descrições das rochas sedimentares, expressas na coluna A,
à respetiva designação, que consta da coluna B.
Escreve, na folha de respostas, apenas as letras e os números correspondentes.
Utiliza cada letra e cada número apenas uma vez.

Coluna A Coluna B
(a) Apresenta sedimentos muito finos, argilosos, (1) Areia
muito compactados e consolidados. Cheira a barro (2) Argila
quando bafejada. (3) Argilito
(b) Inclui detritos arredondados consolidados de (4) Conglomerado
dimensões superiores a areias. (5) Carvão
(c) Formada por precipitação de substâncias (6) Brecha
dissolvidas na água, com sabor salgado. (7) Gesso
(d) Formada por restos de plantas, com cor escura. (8) Sal-gema
(e) Formada por fragmentos médios de outras rochas
não consolidados.

9. Refere de que modo são transportados os sedimentos pelo fundo.

10. Os líquenes são, geralmente, os primeiros organismos a aparecerem em áreas rochosas.


Estes seres segregam soluções ácidas que ajudam a meteorizar as rochas. A imagem abaixo
representa uma área colonizada pelos líquenes e a mesma área alguns anos depois.

Líquenes

Solo

Arenito Calcário Arenito Calcário


quartzo quartzo

Explica a maior meteorização e erosão na zona do calcário, tendo em conta a composição


mineral das duas rochas.