Você está na página 1de 28

PROPRIEDADE INTELECTUAL, DIREITO E ÉTICA

CCT0200_A1_201609074025_V1 Lupa
Vídeo PPT MP3

Aluno: JOSE IZAIAS DOS SANTOS SOBRAL Matrícula: 201609074025

Disciplina: CCT0200 - PROP.INT,DIR. E ETIC Período Acad.: 2017.1 EAD (G) / EX

Prezado (a) Aluno(a),

Você fará agora seu EXERCÍCIO DE FIXAÇÃO! Lembre-se que este exercício é opcional, mas não valerá ponto para sua avaliação. O mesmo será composto de questões de múltipla escolha (3).
Após a finalização do exercício, você terá acesso ao gabarito. Aproveite para se familiarizar com este modelo de questões que será usado na sua AV e AVS.

1. A vertente anglo-saxônica voltada para proteção das editoras e centrada no direito de reprodução, é caracterizada como:

copyright

contratos

direito de sequela

direitos morais do autor

Direito Marcário

2. O fenômeno da "desterritorialização", enquanto efeito das técnicas de informação e globalização permite:

a unificação de indivíduos separados geograficamente, permitindo a unificação de informações

pagamentos mais justos aos autores

criação de novas legislações sobre Direitos Autorais

direito de patentes

criação de novas normas sobre Propriedade Intelectual

3. Ao ingressar em um restaurante, Tício lê um cartaz afixado no estabelecimento que diz: "Não aceitamos cheques" Artigo 5º, inciso II, da
Constituição Federal: Ninguém será obrigado a fazer ou deixar de fazer alguma coisa, senão em virtude de lei . Tício, ao terminar sua refeição,
tenta pagar com cheques, mas é de pronto informado pelo dono do estabelecimento que deverá pagar a conta de outra forma. Tácio, mesmo
contrariado, faz o pagamento em dinheiro.
Com relação ao que foi afirmado acima, assinale a questão correta:

Tício poderia utilizar o cheque de terceiros para o pagamento da conta, o que anularia a não aceitação pelo dono do estabelecimento

o dono do estabelecimento terá que, obrigatoriamente, aceitar o pagamento em cheque, pois é um título de crédito à vista

Tício poderia chamar a polícia para obrigar o dono do estabelecimento a aceitar o pagamento em cheque

tendo em vista o princípio da legalidade, o dono do estabelecimento não é obrigado a aceitar o pagamento em cheque, pois não há lei que obrigue esta prática

se o dono do estabelecimento não aceitou o pagamento em cheque, Tício poderia ir embora, pois na esfera cível não caberia nenhuma indenização

4. São poderes da União, independentes e harmônicos entre si, o Legislativo, o Executivo e o Judiciário. Esta afirmação nos leva a concluir que ao
Poder Judiciário atribui-se:
elaborar as leis

executar a política econômica

nomear Ministros de Estado

exercer as funções de Estado

o exercício da jurisdição, significando dizer qual o direito a ser aplicado ao caso concreto

5. A Convenção de Berna tem como foco a proteção aos(às):

obras literárias

sinais distintivos

indicações geográficas

modelos de utilidade

patentes

Gabarito Comentado

6. O Artigo 5º da Constituição Federal determina em seu inciso III que é livre a manifestação de pensamento, sendo vedado(a):

a cópia não autorizada da obra

a utilização da obra sem a autorização do autor

a prisão perpétua

o anonimato

a participação de terceiros

Gabarito Comentado

7. Duas posições jurídicas consubstanciam a questão referente a dignidade da pessoa humana: a primeira apresenta-se como direito de proteção
individual, não só em relação ao Estado, mas também frente aos demais indivíduos; e a segunda constitui dever fundamental de tratamento
igualitário aos semelhantes.
Com relação ao que foi afirmado acima, assinale a questão correta:

as duas posições, a primeira e a segunda, estão corretas

as duas posições são falsas

somente a primeira posição é a correta

a primeira posição é falsa e a segunda é a correta

somente a segunda posição é a correta

Gabarito Comentado
8. A Constituição Brasileira determina que o Estado Brasileiro tem como um de seus fundamentos o valor social do trabalho e a livre iniciativa e que,
em consequência disso, este configura-se obrigatoriamente capitalista; determina também que nas relações entre capital e trabalho será sempre
reconhecido o valor social do trabalho.
Com relação ao que foi afirmado acima, assinale a questão correta:

estes são fundamentos do Socialismo

estes são fundamentos do Comunismo

estes são fundamentos da República

estes são fundamentos da Monarquia

estes são fundamentos das Teocracias

PROPRIEDADE INTELECTUAL, DIREITO E ÉTICA Lupa


CCT0200_A2_201609074025_V1 Vídeo PPT MP3

Aluno: JOSE IZAIAS DOS SANTOS SOBRAL Matrícula: 201609074025

Disciplina: CCT0200 - PROP.INT,DIR. E ETIC Período Acad.: 2017.1 EAD (G) / EX

Prezado (a) Aluno(a),

Você fará agora seu EXERCÍCIO DE FIXAÇÃO! Lembre-se que este exercício é opcional, mas não valerá ponto para sua avaliação. O mesmo será
composto de questões de múltipla escolha (3).
Após a finalização do exercício, você terá acesso ao gabarito. Aproveite para se familiarizar com este modelo de questões que será usado na sua AV e AVS.

1. Em uma festa infantil, Tício coloca imagens referentes aos mais diversos super-heróis, para agradar seu filho
Cícilo. Um dos pais de uma criança convidada pergunta a Tício se ele teria autorização dos criadores dos
personagens para reproduzi-los na festa. Tício alega que os personagens, por estarem na TV, podem ser
utilizados e reproduzidos livremente:
Com relação a afirmação de Tício, assinale a opção correta:

só seria necessária autorização se a reprodução fosse feita em tamanho natural

como a reprodução das imagens foi feita parcialmente, não haveria a necessidade de autorização

como as imagens são cópias, não é necessário nenhuma autorização para reproduzi-las

Tício, ao reproduzir as imagens dos super-heróis na festa de seu filho, o faz indevidamente, pois não tem autorização dos
autores para reproduzi-los

Tício pode realmente reproduzir os personagens, pois, além de estarem na TV, também estão na Internet

Gabarito Comentado

2. O inciso XII, do Artigo 5º, da Constituição Federal, determina que são invioláveis o sigilo das correspondências,
das comunicações telefônicas e de dados. Em qual hipótese pode haver uma exceção a esta inviolabilidade :

por iniciativa do cônjuge ofendido

em último caso, por ordem judicial

por iniciativa do Executivo Federal


por iniciativa do empregador

em uma ação policial, sem ordem judicial

3. O inciso XI, do Artigo 5º, da Constituição Federal, determina que a casa é um asilo inviolável. Esta afirmação
determina que:

o ingresso à casa ou apartamento é liberado pelo condomínio

o ingresso à casa é livre para a autoridade policial

o consentimento para ingressar na casa do morador não precisa ser prévio

só se pode ingressar na casa de outrem com o consentimento do morador

o ingresso à casa por familiares é livre em qualquer situação

4. Analise as afirmativas abaixo:


I) a casa é um asilo inviolável do indivíduo, ninguém podendo nela penetrar sem consentimento do morador
II) a casa é um asilo inviolável, podendo a polícia , sem o consentimento do morador, nela penetrar, em caso de
flagrante delito ou desastre
III) a casa não é um asilo inviolável, pois a polícia pode penetrar sem a necessidade de nenhuma autorização
judicial
A respeito das afirmativas acima, assinale a opção correta:

a opção III é falsa

a opção I é falsa

a opção III está correta

as opções I e II são falsas

a opção II é falsa

5. Analise as afirmativas abaixo:


I) A casa é um asilo inviolável do indivíduo, ninguém podendo nele penetrar sem o consentimento do morador
II) A casa é um asilo inviolável, podendo-se penetrar sem o consentimento do morador em caso de flagrante
delito ou desastre
III) A casa não é um asilo inviolável, pois a polícia pode penetrar sem a necessidade de nenhuma autorização
judicial
A respeito das afirmativas acima, assinale a opção correta:

as afirmativas I e II são falsas

a opção I é falsa

a opção III está correta

a opção II é falsa

as opções I e II estão corretas


6. Patente, Marca, Desenho Industrial e Indicações Geográficas são formas de proteção da capacidade intelectual. A
proteção desta capacidade está no âmbito da:

proteção dos direitos relativos a propriedade industrial

proteção relativa as obras em domínio público

proteção relativa aos diretos trabalhistas

proteção relativa aos bens de costumes

proteção relativa aos bens e coisas

7. Quais fases marcantes foram observadas na evolução jurídica conferida aos bens intelectuais?

antiga, mercantilista, industrial e globalizada

revolucionária

revolução industrial

romana

cosmopolita

8. A Constituição Federal determina que aos autores pertence:

apenas o direito de publicação da obra

a utilização, publicação ou reprodução da obra dependendo da vontade do empregador

apenas o direito de utilizar a obra

o direito exclusivo de utilização, publicação ou reprodução da obra

apenas o direito de reprodução da obra

PROPRIEDADE INTELECTUAL, DIREITO E ÉTICA


CCT0200_A3_201609074025_V1 Lupa
Vídeo PPT MP3

Aluno: JOSE IZAIAS DOS SANTOS SOBRAL Matrícula: 201609074025

Disciplina: CCT0200 - PROP.INT,DIR. E ETIC Período Acad.: 2017.1 EAD (G) / EX

Prezado (a) Aluno(a),

Você fará agora seu EXERCÍCIO DE FIXAÇÃO! Lembre-se que este exercício é opcional, mas não valerá ponto para sua avaliação. O mesmo será
composto de questões de múltipla escolha (3).
Após a finalização do exercício, você terá acesso ao gabarito. Aproveite para se familiarizar com este modelo de questões que será usado na sua AV e AVS.
1. O crime de injúria tem como ação do agente ofender a dignidade ou o decoro de outrem; mas o juiz pode deixar de
aplicar a pena quando:

quando a ofensa é feita pela Internet

quando o ofendido, de forma reprovável, provocou a injúria

quando a ofensa é feita por e-mail

quando a ofensa é contra um vizinho

quando a ofensa é feita pelo cônjuge

2. A imperícia, no crime culposo, é caracterizada:

pela falta de conhecimento teórico ou prático no exercício de arte ou ofício

quando é cometida, com dolo, à noite

pela indiferença do agente, que mesmo podendo tomar as cautelas exigidas, não o faz por displicência

quando imputa falsamente conduta delituosa, contra lei, a outrem

pela ausência da vítima

Gabarito Comentado

3. A ação penal privada tem como característica principal:

a sobreposição do direito do ofendido sobre o interesse público

por imprudência da vítima

por negligência do agente

a sobreposição do interesse público sobre o interesse do ofendido

por imputar falsamente conduta delituosa a outrem

Gabarito Comentado

4. O artigo 100 do Código Penal trata sobre a possibilidade do ofendido ingressar com uma Ação Penal Privada. Esta
ação é promovida:

Mediante ação penal pública do ofendido

Mediante denúncia do ofendido

Mediante queixa do Ministério Público

Mediante queixa do ofendido

Mediante ação penal pública


Gabarito Comentado

5. Tício, empregado de uma empresa de Tecnologia da Informação, revela a Mércia, com justa causa, segredo
profissional, que tem ciência em razão de sua função. O segredo é o desenvolvimento de um sistema, para melhoria
do refino de substâncias proibidas, entorpecentes. A partir das informações acima, analise as seguintes afirmativas:
I) o termo 'função', relacionado a Tício, é toda determinação de encargos imposta por lei a uma pessoa
II) o termo 'função', relacionado a Tício, entende-se por aqueles que exercem atividades religiosas, a exemplo de
padres e pastores
III) mesmo tendo uma justa causa, Tício não poderia ter revelado o segredo profissional a Mércia
Com relação as afirmativas acima, assinale a opção correta:

a opção I está correta

as opções II e III estão corretas

a opção III está correta

a opção I é falsa

a opção II está correta

Gabarito Comentado

6. Tício, em sérias dificuldades financeiras, invade a casa de Mércia, subtraindo vários de seus bens. Mércia, ao chegar
em casa, percebe o ocorrido e vai à delegacia mais próxima para comunicar o ocorrido à autoridade policial.
A partir das informações acima, analise as seguintes afirmativas:
I) Tício cometeu um crime de furto
II) Tício cometeu um crime de roubo
III) o delegado registrou o ocorrido como crime de roubo
Com relação as afirmativas acima, assinale a opção correta:

a opção I é falsa

as opções II e III estão corretas

a opção II está correta

a opção III está correta

as opções II e III são falsas

7. Tício, DJ (Disc Jockey), contratado e remunerado, executa obras musicais na festa de aniversário de Mércia em
clube alugado pela aniversariante. Um dos convidados Veloso Gil, autor de obras musicais, se surpreende ao
perceber a execução de uma de suas músicas na festa. Veloso Gil interpela Tício para que interrompa a execução da
obra. A partir das informações acima, analise as seguintes afirmativas:
I) Veloso Gil não tem o direito de proibir a execução da obra, pois ela foi executada em uma festa, sem intuito de
lucro direto ou indireto
II) Veloso Gil tem todo o direito de proibir a execução da obra, pois ela está sendo executada sem a sua autorização
III) Tício, DJ (Disc Jockey), tem todo o direito de executar a obra de Veloso Gil, pois ele apenas reproduziu
parcialmente a obra
Com relação as afirmativas acima, assinale a opção correta:

a opção III está correta

a opção II é falsa

a opção I está correta

as opções I e III são falsas

as opções I e III estão corretas


Gabarito Comentado

8. Analise as afirmativas abaixo:


I) No crime de calúnia, o agente ofende a dignidade ou o decorro da vítima
II) No crime de injúria, o agente imputa falsamente fato definido como crime à vítima
III) No crime de difamação, o agente imputa fato ofensivo à reputação da vítima
A respeito das afirmativas acima, assinale a opção correta:

as opções I e II estão corretas

a opção I está correta

a opção II está correta

A opção III está correta

a opção III é falsa

PROPRIEDADE INTELECTUAL, DIREITO E ÉTICA


CCT0200_A4_201609074025_V1 Lupa
Vídeo PPT MP3

Aluno: JOSE IZAIAS DOS SANTOS SOBRAL Matrícula: 201609074025

Disciplina: CCT0200 - PROP.INT,DIR. E ETIC Período Acad.: 2017.1 EAD (G) / EX

Prezado (a) Aluno(a),

Você fará agora seu EXERCÍCIO DE FIXAÇÃO! Lembre-se que este exercício é opcional, mas não valerá ponto para sua avaliação. O mesmo será
composto de questões de múltipla escolha (3).
Após a finalização do exercício, você terá acesso ao gabarito. Aproveite para se familiarizar com este modelo de questões que será usado na sua AV e AVS.

1. O lucro, na visão moderna das empresas privadas, é consequência do processo produtivo e o retorno esperado pelos
investidores. Já as empresas de titularidade do poder público tem a finalidade de:

lucro para os acionistas.

lucro para investidores.

lucro com a arrecadação de impostos.

lucro com o pagamento de taxas.

obter rentabilidade social.

2. Na definição de empregador, artigo 2º, do Decreto lei nº 5.452, da Consolidação das Leis do Trabalho - CLT, temos
como uma das características principais considerar empregador a empresa individual ou coletiva; entendendo-se por
empresa individual:

é aquela composta pela União, Estados, Municípios, autarquias e partidos políticos.

é aquela em que os sócios tem responsabilidade limitada em relação às obrigações contraídas pela sociedade empresarial.

responsabilidade do seu titular é ilimitada, mas seu patrimônio não responde pelas dívidas da empresa.

é aquela em que não há titularidade e não há responsabilidade do titular da empresa.

é aquela em que a titularidade é unipessoal e a responsabilidade do seu titular é ilimitada.


Gabarito Comentado

3. A liberdade de contratar é direito de todas as pessoas jurídicas registradas e de todas as pessoas físicas maiores de
capazes. Quanto aos contratos em geral, assinale a assertiva correta:

devem respeitar apenas os direitos do empregado.

não devem possuir função social

não devem obedecer de forma absoluta o princípio da boa fé objetiva

devem respeitar apenas os direitos do empregador.

A concepção social do contrato apresenta-se, modernamente, como um dos pilares da teoria contratual

4. A desídia no desempenho das respectivas funções e a violação de segredo da empresa caracterizam:

o crime de pirataria.

crime contra propriedade industrial.

crime contra o direito autoral.

justa causa para rescisão do contrato de trabalho.

o crime de contrafação.

Gabarito Comentado

5. Nos contratos de adesão são nulas as cláusulas que:

estipulem a renúncia antecipada do aderente a direito resultante da natureza do negócio

o consumidor não tenha lido

que o ente despersonalizado seja o fornecedor

o comerciante seja o fornecedor

que o fornecedor seja o comerciante

Gabarito Comentado

6. Considera-se empregado toda pessoa física que prestar serviços a empregador, de forma subordinada e mediante
salário, o que representa as características de:

pessoalidade, continuidade, confidencialidade e subordinação

impessoalidade, continuidade, onerosidade e independência jurídica

pessoalidade, continuidade, subordinação e onerosidade


pessoalidade, continuidade, onerosidade e independência jurídica

pessoalidade, continuidade, exclusividade e subordinação

Gabarito Comentado

7. Considera-se empregador a empresa, individual ou coletiva, que assume o risco da atividade econômica. Empresa
coletiva tem como característica:

é aquela em que a titularidade é impessoal.

é aquela em que a companhia ou sociedade anônima terá o capital dividido em remuneração aos sócios ou acionistas.

é a que a responsabilidade do titular da empresa é ilimitada, respondendo seu patrimônio pelas dívidas da empresa.

ser uma empresa comercial que se reveste de forma societária.

é aquela em que os sócios comanditários não tem responsabilidade limitada em relação à obrigações contraídas pela empresa.

Gabarito Comentado

8. Quando no contrato de adesão houver cláusulas ambíguas ou contraditórias, se deverá, quando acontecer uma
controvérsia, adotar a interpretação mais favorável ao:

aderente ao contrato, o consumidor

ente despersonalizado

comerciante

fornecedor

o empregador

PROPRIEDADE INTELECTUAL, DIREITO E ÉTICA


CCT0200_A5_201609074025_V1 Lupa
Vídeo PPT MP3

Aluno: JOSE IZAIAS DOS SANTOS SOBRAL Matrícula: 201609074025

Disciplina: CCT0200 - PROP.INT,DIR. E ETIC Período Acad.: 2017.1 EAD (G) / EX

Prezado (a) Aluno(a),

Você fará agora seu EXERCÍCIO DE FIXAÇÃO! Lembre-se que este exercício é opcional, mas não valerá ponto para sua avaliação. O mesmo será
composto de questões de múltipla escolha (3).
Após a finalização do exercício, você terá acesso ao gabarito. Aproveite para se familiarizar com este modelo de questões que será usado na sua AV e AVS.

1. Quando o consumidor adquire produto fora do estabelecimento comercial, ele pode desistir da compra:

no prazo de 7 dias a contar do recebimento do produto

no prazo de 7 dias a contar da contratação do serviço ou da compra do produto

no prazo de 08 dias a contar do recebimento do produto

no prazo de 17 dias a contar do início da garantia


no prazo de 0 dias a contar da contratação do serviço

Gabarito Comentado

2. Tício, dono de uma loja de roupas, compra 1.000 unidades para revendê-las, participando assim como intermediário do ciclo de
produção. Na relação de consumo, Tício é considerado:

comerciante

fornecedor

consumidor

consumidora equiparada

importador

Gabarito Comentado

3. Aquele que desenvolve atividade de produção, montagem, criação, construção, transformação, importação, distribuição ou
comercialização de produtos ou prestação de serviços, é definido como:

ente despersonalizado

consumidor

fornecedor

comerciante

consumidor equiparado

4. Um produto que funcione parcialmente, como, por exemplo uma televisão sem som, mas com imagem, é considerado:

um produto com defeito

um produto com vício

um produto sem garantia

um produto perfeito

um produto funcional

Gabarito Comentado

5. Consumidor é :

apenas os entes despersonalizados

apenas pessoa física


apenas os consumidores equiparados

pessoas físicas e jurídicas

apenas pessoa jurídica

6. Tício, ao entrar em um supermercado, se depara com a promoção de um produto, um novo tipo de biscoito. Gratuitamente lhe é
oferecido um biscoito para sua degustação, e ele imediatamente experimenta. Ao chegar em casa, começa a passar mal e é
encaminhado para um hospital. Sendo o biscoito uma amostra grátis, Tício poderá:

o comerciante não é responsável pelo problema de Tício

não poderá fazer nada pois trata-se de amostra grátis

processar o fornecedor, pois o produto entregue como amostra grátis está submetido a todas as exigências legais

o fornecedor não é responsável pelo problema de Tício

o risco era todo de Tício ao experimentar o produto

7. Quem adquire ou utiliza produtos ou serviços como destinatário final é considerado:

o ente despersonalizado

fornecedor

consumidor

comerciante

o programador

8. Carla ajuizou ação de indenização por danos materiais, morais e estéticos em face do dentista Pedro, lastreada em prova pericial que
constatou falha, durante um tratamento de canal, na prestação do serviço odontológico. Com base no caso concreto, à luz do Código de
Defesa do Consumidor, assinale a afirmativa correta:

Só haverá responsabilidade de Pedro diante da constatação do vício do serviço, por motivo de culpa

D) Inexiste relação de consumo no caso em questão, pois é uma relação privada, aplicando-se portanto as normas do Código Civil

A) O dentista Pedro não responderá pelos danos causados, em razão de não se tratar serviço referente à relação de consumo

C) Pedro tem obrigação de indenizar a cliente pelos danos ocasionados, caso fique comprovado a presença de dolo ou culpa.

B) Não haverá responsabilidade de Pedro, independentemente de dolo ou culpa, diante da constatação do vício do serviço

PROPRIEDADE INTELECTUAL, DIREITO E ÉTICA


CCT0200_A6_201609074025_V1 Lupa
Vídeo PPT MP3
Aluno: JOSE IZAIAS DOS SANTOS SOBRAL Matrícula: 201609074025

Disciplina: CCT0200 - PROP.INT,DIR. E ETIC Período Acad.: 2017.1 EAD (G) / EX

Prezado (a) Aluno(a),

Você fará agora seu EXERCÍCIO DE FIXAÇÃO! Lembre-se que este exercício é opcional, mas não valerá ponto para sua avaliação. O mesmo será composto de
questões de múltipla escolha (3).
Após a finalização do exercício, você terá acesso ao gabarito. Aproveite para se familiarizar com este modelo de questões que será usado na sua AV e AVS.

1. Autor é pessoa física criadora de obras:

apenas de programas de computador

de obras literárias, artísticas e científicas

apenas de patentes
apenas de obras literárias
apenas de obras científicas

2. Pertencem aos autores os direitos patrimoniais e morais sobre a obra que criou. Os direitos
morais do autor são:

apenas inalienáveis
do empregador
alienáveis e renunciáveis

inalienáveis e irrenunciáveis

apenas irrenunciáveis

Gabarito Comentado

3. Uma obra criada por iniciativa, organização e responsabilidade de uma pessoa física ou
jurídica, constituída com a participação de diversos autores, é considerada uma obra:

por encomenda

coletiva

inédita
em co-autoria
contrafeita

Gabarito Comentado

4. Analise as afirmativas abaixo: I) são obras intelectualmente protegidas àquelas apenas


fixadas em suportes tangíveis II) o programa de computador é considerado uma obra
intelectualmente protegida, sendo objeto de lei específica III) As composições musicais que
não tenham letra, não são intelectualmente protegidas A respeito das afirmativas acima,
assinale a opção correta:

a opção III está correta

a opção II está correta

a opção II é falsa
a opção I está correta
as opções I e III estão corretas

Gabarito Comentado

5. Seria o site, um home-page, uma obra coletiva criada por vários autores sobre remuneração
e orientação de um organizador?

Sim, segundo a norma vigente, as empresas que organizam e investem em sites sempre que não
remunerar seus vários autores terá a titularidade dos direitos patrimoniais sobre o conjunto da obra
coletiva.
Não, porque as empresas que organizam e investem em sites não têm assegurada a proteção às
participações individuais em obras coletivas. A lei vigente não defere esta possibilidade.
Sim, as empresas que organizam e investem em sites resguardadas pela norma, têm assegurada a
proteção às participações individuais em obras coletivas, cabendo ao organizador a titularidade dos
direitos patrimoniais sobre o conjunto da mesma.
Não, as empresas que organizam e investem em sites não têm assegurada a proteção às participações
individuais em obras coletivas. Portanto, não caberá ao organizador a titularidade dos direitos
patrimoniais sobre o conjunto da mesma, ao menos que realizem um contrato específico.
Não, as empresas que organizam e investem em sites não têm assegurada a proteção às participações
individuais em obras coletivas. Portanto, não caberá ao organizador a titularidade dos direitos
patrimoniais sobre o conjunto da mesma.

Gabarito Comentado

6. Paródia significa:
contrafação
refazimento de um texto, com outras palavras e forma, no intuito de adornar o sentido
reprodução não autorizada de uma obra literária

imitação burlesca de uma obra literária

violação de um direito patrimonial de obra intelectualmente protegida

Gabarito Comentado

7. A obra criada em comum, por dois ou mais autores, é considerada uma obra:

em co-autoria

coletiva
contrafeita
por encomenda
inédita

Gabarito Comentado

8. O Artigo 5º, inciso XIII, da lei 9610, define o que é obra em co-autoria e obra coletiva. A obra
em co-autoria é àquela criada em comum acordo por dois ou mais autores. A obra coletiva
tem por iniciativa, organização e responsabilidade:

De uma pessoa física ou jurídica

Do programador
O intérprete da obra
Do autor da obra
Do empregado

PROPRIEDADE INTELECTUAL, DIREITO E ÉTICA


CCT0200_A7_201609074025_V1 Lupa
Vídeo PPT MP3

Aluno: JOSE IZAIAS DOS SANTOS SOBRAL Matrícula: 201609074025


Disciplina: CCT0200 - PROP.INT,DIR. E ETIC Período Acad.: 2017.1 EAD (G) / EX
Prezado (a) Aluno(a),

Você fará agora seu EXERCÍCIO DE FIXAÇÃO! Lembre-se que este exercício é opcional, mas não valerá
ponto para sua avaliação. O mesmo será composto de questões de múltipla escolha (3).
Após a finalização do exercício, você terá acesso ao gabarito. Aproveite para se familiarizar com
este modelo de questões que será usado na sua AV e AVS.

1. A utilização de qualquer obra intelectualmente protegida depende de


autorização dos autores, para as seguintes modalidades:

a reprodução do software, sem a autorização do autor, fora da relação de trabalho


reprodução apenas parcial

reprodução parcial ou integral da obra

a reprodução apenas integral


a reprodução autorizada pelos herdeiros, com o autor vivo

2. A reprodução na imprensa, diária ou periódica, de matérias ou de artigos


informativos, deve sempre fazer menção ao nome do autor. Esta menção é
caracterizada como:

direito conexo
renúncia do autor à obra
obra contrafeita
alienação da obra

crédito

Gabarito Comentado Gabarito Comentado

3. Após o falecimento do autor e antes da obra entrar no regime jurídico de


domínio público, as autorizações para utilização da obra serão concedidas
pelos:

editor, no caso de obra musical


tradutor, no caso de obra literária

herdeiros, obedecendo a ordem sucessória civil


empregadores, em se tratando de software
empregadores, em caso de projeto com vínculo empregatício

4. A reprodução de obras que estejam em domínio público deverá ser feita:

com a autorização dos editores


com autorização do autor

a partir do original

com autorização dos herdeiros


com a autorização dos tradutores

Gabarito Comentado

5. Aos autores pertence o direito exclusivo de utilizar, fruir e dispor da obra. O


direito exclusivo de utilizar a obra é caracterizado:

pelo impedimento de terceiros utilizar a obra sem a prévia autorização do autor

pela possibilidade de a obra ser utilizada por terceiros sem a prévia autorização do
autor
pelo direito exclusivo do autor de alienar os direitos morais sobre a obra
pela utilização dos direitos morais pelo empregador
pelo direito exclusivo do autor de renunciar aos direitos morais

Gabarito Comentado

6. Ao autor cabe o direito exclusivo de utilizar, fruir e dispor da obra. O direito


exclusivo de dispor da obra é caracterizado:

pelo direito exclusivo do autor de renunciar aos direitos morais


pela possibilidade de transferência, total ou parcial, dos direitos patrimoniais sobre a
obra por licenciamento, concessão ou cessão
pelo direito exclusivo do autor de alienar os direitos morais
pela utilização dos direitos morais pelo empregador
pela possibilidade de a obra ser utilizada por terceiros sem a prévia autorização do
autor

Gabarito Comentado

7. O registro das obras intelectuais, para sua efetiva proteção:

é obrigatório

a proteção das obras independe de registro

em caso de software, pode ser feito pelo empregador, sem a necessidade de


preenchimento do formulário do autor do programa
é obrigatório apenas em caso de obras musicais
é obrigatório apenas em caso de obras literárias

Gabarito Comentado

8. As obras situadas permanentemente em logradouros públicos podem ser


reproduzidas livremente. Estas reproduções têm a característica de:

ferirem apenas os direitos patrimoniais dos autores


constituir ofensa aos direitos conexos dos autores
constituir ofensa aos direitos morais dos autores
contrafação

não constituir ofensa os direitos autorais

PROPRIEDADE INTELECTUAL, DIREITO E ÉTICA Lupa


CCT0200_A8_201609074025_V1 Vídeo PPT MP3

Aluno: JOSE IZAIAS DOS SANTOS SOBRAL Matrícula: 201609074025

Disciplina: CCT0200 - PROP.INT,DIR. E ETIC Período Acad.: 2017.1 EAD (G) / EX

Prezado (a) Aluno(a),


Você fará agora seu EXERCÍCIO DE FIXAÇÃO! Lembre-se que este exercício é opcional, mas não valerá ponto para sua avaliação. O mesmo será composto de
questões de múltipla escolha (3).

Após a finalização do exercício, você terá acesso ao gabarito. Aproveite para se familiarizar com este modelo de questões que será usado na sua AV e AVS.

1. Violar, sem autorização expressa de autor de programa de computador, no todo ou em parte, para fins de
comércio é chamada pirataria:

Parcial
Total

Comercial

não há crime de pirataria neste caso


Doméstica

Gabarito Comentado

2. O programa de computador no Brasil é objeto de um tipo de contrato. O contrato determinado pela lei
9609 é o de:

contrato de venda
contrato de compra
contrato de adesão

objeto de contrato de licença de uso

contrato de transferência de tecnologia

Gabarito Comentado

3. Quem expõe a venda programa de computador, reproduzido, no todo ou em parte, sem autorização do
autor, comete a chamada pirataria:

sem fins lucrativos


privada
Doméstica

Comercial

não há crime de pirataria

Gabarito Comentado
4. O programa de computador é a expressão de um conjunto organizado de linguagem:

natural ou codificada

de uso exclusivo do programador


de uso exclusivo do empregador
artificial
comparado a uma partitura musical

Gabarito Comentado

5. O código-fonte deverá ser entregue, comentado, nos casos de:

a critério do comprador
venda do software
a critério do empregador

transferência de tecnologia

por determinação do investidos

Gabarito Comentado

6. Durante o prazo de validade técnica do programa de computador, o fornecedor do software ou criador,


estão obrigados no citado prazo:

a assegurar aos respectivos usuários a prestação de serviços técnicos complementares relativos ao


adequado funcionamento do programa, consideradas as suas especificações.
não corrigir vícios ou defeitos
a não dar garantia do produto
a não prestar qualquer tipo de assistência técnica ao usuário
cobrar mensalmente valores do comprador

7. Quando o programa de computador é desenvolvido por programador fora da relação de trabalho. Os


diretos morais sobre a obra pertenceram ao:

empregado

comerciante
empregador
cliente
fornecedor

Gabarito Comentado

8. Quem introduz no país programa de computador, para fins de comércio, sem a autorização do autor,
comete o crime de:

não há crime de pirataria nesta situação


pirataria sem fins lucrativos
pirataria privada
Pirataria comercial
pirataria doméstica
Prezado (a) Aluno(a),

Você fará agora seu EXERCÍCIO DE FIXAÇÃO! Lembre-se que este exercício é opcional, mas não valerá ponto para sua avaliação. O mesmo será
composto de questões de múltipla escolha (3).

Após a finalização do exercício, você terá acesso ao gabarito. Aproveite para se familiarizar com este modelo de questões que será usado na sua
AV e AVS.

1. A empresa, instituição (pessoa jurídica), ou o próprio inventor (pessoa física), podem requerer a
titularidade de uma patente no órgão competente do país de interesse. No Brasil a instituição responsável
pela concessão é:

Fundação Nacional de Patentes e Marcas


Associação de patentes e marcas
Biblioteca Nacional

INPI - Instituto Nacional da Propriedade Industrial

ECAD - Escritório de Direitos Autorais

Gabarito Comentado

2. Quem pode ser titular de uma patente?

O próprio inventor inventor (pessoa física), é o único que pode requerer a titularidade de uma patente
no órgão competente do país de interesse. No Brasil, a instituição responsável pela concessão é o INPI ¿
Instituto Nacional da Propriedade Industrial.
A empresa, instituição (pessoa jurídica) é única que pode requerer a titularidade de uma patente no
órgão competente do país de interesse. No Brasil, a instituição responsável pela concessão é o INPI ¿
Instituto Nacional da Propriedade Industrial.
Qualquer pessoa que tenha conhecimento sobre um invento. No Brasil, a instituição responsável pela
concessão é a ONU- Organização das Nações Unidas.
A empresa, instituição (pessoa jurídica), ou o próprio inventor (pessoa física), podem requerer a
titularidade de uma patente no órgão competente do país de interesse.No Brasil, a instituição
responsável pela concessão é a OEA- Organização dos Estados Americanos.
A empresa, instituição (pessoa jurídica), ou o próprio inventor (pessoa física), podem requerer a
titularidade de uma patente no órgão competente do país de interesse.No Brasil, a instituição
responsável pela concessão é o INPI ¿ Instituto Nacional da Propriedade Industrial.

3. Qualquer invenção que tenha por objeto um novo produto ou processo em todos os campos de aplicação
tecnológica, pode ser patenteada, desde que cumpram os requisitos de:

novidade e aplicação inventiva

novidade, atividade inventiva e aplicação industrial

superioridade inventiva e especificidade


novidade inventiva e posterioridade
posterioridade inventiva, novidade e especificidade

Gabarito Comentado

4. A Lei 9279, Lei de Propriedade Industrial, de 14 de maio de 1996, considera Desenho Industrial a forma
plástica ornamental de um objeto ou conjunto ornamental de linhas e cores. Este, o Desenho Industrial,
não se confunde com Desenho Artístico, que tem como característica principal:

o Desenho Artístico é a expressão artística não aplicável a fins industriais

o Desenho Artístico tem prazo de proteção de 10 anos, prorrogáveis por 3 períodos de 5 anos
o Desenho Artístico é a expressão artística aplicável a fins industriais
o Desenho Artístico refere-se ao Desenho de um produto de fabricação replicável
o Desenho Artístico não contempla autoria da obra

Gabarito Comentado

5. O Titular de uma patente pode ficar sujeito a ter a tecnologia patenteada licenciada compulsoriamente.
Dentre as sanções legais que permite ao Estado iniciar o processo de licença compulsória, destaca-se:

interesse particular e emergência nacional


a criação de uma nova tecnologia

insuficiência de exploração

falta de registro no ECAD


falta de registro no INPI

Gabarito Comentado

6. A Lei 9279, Lei de Propriedade Industrial, determina que pode ser objeto de depósito de uma patente
qualquer invenção que tenha por objeto um novo produto ou processo, desde que cumpram os requisitos
de:

atividade inventiva, aplicação industrial e novidade.

novidade, ter auto-renome e ser notoriamente conhecida.


identificar e proteger produto ou serviço como originário de um local.
aplicação industrial, originalidade e não estar no estado da técnica.
for contrário à moral, aos bons costumes e à segurança.

Gabarito Comentado

7. Consoante a Lei 9279/96, considera-se _______________ a forma plástica ornamental de um objeto ou o


conjunto ornamental de linhas e cores que possa ser aplicado a um produto, proporcionando resultado
visual novo e original na sua configuração externa e que possa servir de tipo de fabricação industrial.
Assinale a assertiva que completa adequadamente a lacuna acima:

desenho técnico

desenho industrial

novidade inventiva
patente industrial
propriedade intelectual

Gabarito Comentado

8. A patente, para seu efetivo registro, deve cumprir os seguintes requisitos: novidade, atividade inventiva e
aplicação industrial. O requisito da atividade inventiva se caracteriza por:

Ter a iniciativa do empregador


Ser um produto para consumo ou um processo para produção.
Não necessidade de registro
Ter a inciativa da empresa
Não ser óbvia para um técnico no assunto
PROPRIEDADE INTELECTUAL, DIREITO E ÉTICA Lupa
CCT0200_A10_201609074025_V1 Vídeo PPT MP3

Aluno: JOSE IZAIAS DOS SANTOS SOBRAL Matrícula: 201609074025

Disciplina: CCT0200 - PROP.INT,DIR. E ETIC Período Acad.: 2017.1 EAD (G) / EX

Prezado (a) Aluno(a),

Você fará agora seu EXERCÍCIO DE FIXAÇÃO! Lembre-se que este exercício é opcional, mas não valerá ponto para sua avaliação. O mesmo será composto de
questões de múltipla escolha (3).

Após a finalização do exercício, você terá acesso ao gabarito. Aproveite para se familiarizar com este modelo de questões que será usado na sua AV e AVS.

1. Os artigos 122 e 123, da lei 9279, Lei de Propriedade Industrial, determina que são suscetíveis de registro
como marca os sinais distintivos usualmente perceptíveis, não abrangendo os conceitos de marcas:

Tridimensionais
Coloridas
Bidimensionais

Olfativas, gustativas, sonoras e táteis

Em preto e branco

Gabarito Comentado Gabarito Comentado

2. Quem publica, por qualquer meio falsa afirmação, em detrimento de concorrente, com o fim de obter
vantagem, comete o crime, elencado na Lei de Propriedade Industrial de:

Contra Desenho Industrial.


Contra a Patente de Invenção.

Contra Concorrência Desleal.

Contra Marca de Auto-renome.


Contra Marca Coletiva.

Gabarito Comentado
3. Quem usa expressão ou sinal de propaganda alheios, ou os imita, de modo a criar confusão entre os
produtos ou estabelecimentos, comete, segundo a lei de propriedade industrial, crime contra:

registro de desenho Industrial


concessão de Patente

de Concorrência Desleal

Indicação Geográfica
registro de Marca

Gabarito Comentado

4. No que tange à propriedade industrial, assinale a assertiva correta:

Marca de certificação é aquela utilizada para identificar produtos ou serviços que provêm de membros
de uma determinada entidade.
A lei proíbe o registro de sinais acessíveis apenas a outros sentidos humanos que não a visão, não
abrangendo os conceitos de marcas olfativas, gustativas, sonoras e táteis.
marca de produto ou serviço é aquela usada para atestar a conformidade de um produto ou serviço com
determinadas normas ou especificações técnicas, notadamente quanto à qualidade, natureza, material
utilizado e metodologia empregada
marca de certificação é aquela usada para distinguir produto ou serviço de outro idêntico, semelhante
ou afim, de origem diversa
São insuscetíveis de registro como marca os sinais distintivos visualmente perceptíveis, não
compreendidos nas proibições legais.

Gabarito Comentado

5. Assinale a alternativa FALSA. Comete crime de concorrência desleal quem:

Substitui, pelo seu próprio nome ou razão social, em produto de outrem, o nome ou razão social deste,
sem o seu consentimento
Usa, indevidamente, nome comercial ou vende, expõe ou oferece à venda ou tem em estoque produto
com essas referências
Atribui-se, como meio de propaganda, recompensa ou distinção que não obteve
Usa expressão ou sinal de propaganda alheios, de modo a criar confusão entre os produtos ou
estabelecimentos
Realiza promoção no ponto de venda, atraindo consumidores novos para conhecer e experimentar o
produto ou serviço, estimulando sua compra
Gabarito Comentado

6. O Artigo 122, da Lei 9279, Lei de Propriedade Industrial, dita que são suscetíveis como marca os sinais
distintivos visualmente perceptíveis, não compreendidos nas proibições legais. Para efeitos desta lei, temos
3 tipos de marca: as marcas de produto ou serviço, as marcas de certificação e as marcas coletivas. As
marcas coletivas tem como finalidade:

indicar as marcas de auto-renome.


utilizada para distinguir a qualidade de um produto de outro idêntico.
utilizada para atestar a conformidade de um produto ou serviço com deteminadas especificações
técnicas.
indicar as marcas notoriamente conhecidas.

utilizada para identificar serviços ou produtos que provêm de membros de uma determinada entidade.

Gabarito Comentado

7. A Lei 9279, Lei de propriedade Industrial, em seu artigo 122, determina que são suscetíveis de registro
como marca os sinais distintivos visualmente perceptíveis, não compreendidos nas proibições legais. Para
os efeitos desta Lei, considera-se marca de produto ou serviço:

aquela usada para identificar apenas serviços provindos de membros de uma determinada entidade
aquela usada para atestar a conformidade de um produto ou serviço com determinadas normas ou
especificações técnicas, notadamente quanto à qualidade, natureza, material utilizado e metodologia
empregada
aquela usada para identificar produtos ou serviços provindos de membros de uma determinada
entidade
aquela usada para distinguir produto ou serviço de outro idêntico, semelhante ou afim, de origem
diversa
aquela usada para identificar produtos provindos de membros de uma determinada entidade

Gabarito Comentado

8. A Lei 9279, Lei de propriedade Industrial, em seu artigo 122, determina que são suscetíveis de registro
como marca os sinais distintivos visualmente perceptíveis, não compreendidos nas proibições legais.
Assinale a afirmativa que configura uma proibição legal para se registrar uma marca:

não proibição de marcas olfativas, gustativas, sonoras e táteis.

sinais acessíveis apenas a outros sentidos humanos que não a visão,


as marcas coletivas, utilizadas para identificar produtos ou serviços que provêm de membros de uma
determinada entidade.
as marcas de produto ou serviço visualmente perceptíveis.
as marcas de certificação, utilizadas para atestar a conformidade de um produto ou serviço.

Gabarito Comentado