Você está na página 1de 7

Trabalho de complementação para a disciplina Física Elétrica e Magnetismo.

(2o
semestre / 2019)

Caro aluno, cada questão será avaliada em 10 pontos.

1) Suas roupas tendem a se aglutinar depois que passam pelas secadoras. Por
quê? Você espera que. Na secagem, a aglutinação, supondo o mesmo material para
todas as roupas (digamos, algodão) seja maior ou menor do que no caso de roupas
feitas com material diferente? Poe quê?

Atração eletrostática. Roupas de mesmo material irão transferir elétrons com muito mais
dificuldade ao serem atritadas, assim estas roupas tendem a se aglutinar muito menos.
2) Três cargas puntiformes estão dispostas ao longo do eixo x. A carga q1 = + 3,0
µC está na origem e a carga q2 = – 5,0 µC está em x = 0,200 m. A carga q3 = – 8,0 µC.
Onde q3 estará localizada quando a força resultante sobre q1 for 7,0 N no sentido – x.
Dados do enunciado:
Cargas puntiformes:



Posição (abscissa) da carga q2


Constante eletrostática de Coulomb:

Seja x3 a abscissa que representa a posição em que a carga q3 deve ser
localizada, de forma que a força elétrica resultante sobre a carga q1 seja -7 N (o
sinal negativo é referente à orientação dos eixos, ok?)
Vamos fazer uma breve análise.
 A carga q1 é positiva;
 A carga q2 é negativa e está localizada à direita de q1, portanto, a força
F21 sobre q1 está orientada para a direita (sentido positivo do eixo x), já
que a força entre cargas de sinais opostos é de atração.
 A carga q3 é também é positiva. Mas onde será que deve ser colocada?
À direita ou à esquerda de q1?
Queremos que a força resultante sobre q1 esteja orientada para a esquerda
(sentido negativo do eixo x ). Como q1 e q3 têm sinais opostos, a força entre
eles é de atração. Logo, concluímos que devemos posicionar a carga q3 à
esquerda de q1.
Isto significa que a abscissa x3 da carga q3 é menor que zero, pois está à
esquerda da origem. Fazendo a força resultante sobre q1, e usando a Lei de
Coulomb, devemos ter

Substituindo os valores conhecidos e resolvendo a equação acima para x3


Como q3 está à esquerda da origem, nos interessa a raiz negativa desta
equação:
A carga q3 deverá estar localizada a 0,144m à esquerda da origem.
3) Uma carga puntiforme q1 = – 4,0 nC está no ponto x = 0,600 m, y = 0,800 m; e
outra carga puntiforme q2 = + 6,0 nC está no ponto x = 0,600 m, y = 0. Calcule o módulo,
a direção e sentido do campo elétrico na origem produzido por essas duas cargas.

4) Uma fina e uniforme camada de tinta carregada é espalhada sobre a superfície


de uma esfera plástica com diâmetro de 12 cm, produzindo uma carga de – 15 µC.
Determine o campo elétrico: a) Dentro da camada de tinta; b) fora da camada de tinta;
c) 5,0 cm fora da superfície da camada de tinta.

a) E = 0

b) E = 3,75 x 10⁷ N/C

c) E = 1,116 x 10⁷ N/C

No interior de uma esfera carregada a intensidade do campo elétrico é nula.


E=0

O campo elétrico gerado por uma esfera pode ser calculado por meio da seguinte
equação -

E = k.Q/d²

Onde,

K = constante eletrostatica do meio

Q = carga geradora

d = distancia ao centro da esfera

Para um ponto na superfície da esfera-

d=R

d = 12/2 = 6 cm

d = 0,06 m

E = 9 x 10⁹ x 15 x 10⁻⁶/0,06²

E = 3,75 x 10⁷ N/C

Para um ponto 5 cm fora da superf[icie -

d=5+6

d = 11 cm

d = 0,11 m
E = 9 x 10⁹ x 15 x 10⁻⁶/0,11²

E = 1,116 x 10⁷ N/C

5) Cargas puntiformes idênticas, q = + 5,0 µC, são colocadas em ângulos opostos


de um quadrado. O comprimento de cada lado do quadrado é igual a 0,200m. Uma
carga puntiforme qo = – 2,0 µC é colocada em um dos ângulos vazios. Qual o trabalho
realizado sobre qo pela força elétrica, quando qo é deslocada para outro ângulo vazio?

6) As faces de um cubo de alumínio possuem comprimento de 1,80 m. Qual a


resistência entre as duas faces opostas do cubo? (alumínio = 2,75 x 10-8  · m).
R=*L/A
L=1,8m
A=3,24m²
R = (2,75x10^-8*1,8)/3,24
R = (4,95x10^-8)/3,24
R = 1,53x10^-8

7) Um circuito completo é constituído por uma bateria de 24,0 V; um resistor de


5,60 Ω e uma chave. A resistência interna da bateria é igual a 0,28 Ω. A chave está
aberta. Determine o valor da leitura de um voltímetro ideal quando ele é conectado: a)
nos terminais da bateria; b) nas extremidades do resistor; c) nas extremidades da chave.
d). Repita os cálculos dos itens (a), (b) e (c) supondo agora que a chave esteja fechada.

Com a Chave aberta não temos corrente elétrica então: a) a tensão nos terminais da
bateria é 24 V, pois não temos queda de tensão na resistência interna já que a corrente
é zero (0,28x0=0) b)Pela mesma razão não temos queda de tensão no resistor (5,6x0=0)
a tensão no resistor é zero c) como a chave está aberta toda a tensão está sobre ela
24V d) já com a chave fechada temos a corrente de (24/(5,6+0,28)=4,08 A, o que implica
que a tensão nos terminais da bateria será a tensão da bateria menos a queda de tesnão
na resistência interna (24-(0,28x4,08))=22,86, no resistor teremos 4,08x5,6=22,86 e na
chave a tensão será zero já que a mesma é um curto circuito e ai 4,08x0=0.

8) Uma partícula com massa igual a 1,81 x 10-3 kg e carga 1,22 x 10-8 C em um
dado instante possui uma velocidade v = (3,0 x 104 m/s) j. Qual o módulo, a direção e o
sentido da aceleração da partícula produzida por um campo magnético uniforme B =
(1,63 T) i + (0,980 T) j?

9) Na figura abaixo, temos que quatro linhas de força longas e paralelas


transportam correntes de 40 A. Um diagrama de seção reta dessas linhas é um
quadrado com 20 cm de lado. Calcule o campo magnético no centro do quadrado nas
três situações.

10) Uma bobina com raio de 4,0 cm com 500 espiras, é colocada em um campo
magnético uniforme que varia com o tempo de acordo com a relação B = (0,0120 T/s) ·t
+ (3,0 x 10-5 T/s) ·t4. A bobina está conectada a um resistor de 600  e seu plano é
perpendicular ao campo magnético. A resistência de bobina pode ser desprezada. (a)
calcule o módulo da fem induzida na bobina em função do tempo. (b) qual é o módulo
da corrente que passa no resistor para t = 5,0 s?