Você está na página 1de 19
Prof. Dr. Edilson R. B. de Jesus
Prof. Dr. Edilson R. B. de Jesus
Prof. Dr. Edilson R. B. de Jesus
Prof. Dr. Edilson R. B. de Jesus
Prof. Dr. Edilson R. B. de Jesus
Prof. Dr. Edilson R. B. de Jesus

Prof. Dr. Edilson R. B. de Jesus

Resistência Materiais
Resistência Materiais

Introdução

MECÂNICA

A Mecânica é uma ciência física aplicada que trata dos estudos das forças e dos movimentos. A Mecânica descreve e prediz as condições de repouso ou movimento de corpos sob a ação de forças.

de repouso ou movimento de corpos sob a ação de forças. A finalidade da Mecânica é
de repouso ou movimento de corpos sob a ação de forças. A finalidade da Mecânica é

A finalidade da Mecânica é explicar e prever fenômenos físicos, fornecendo,

assim, os fundamentos para as

aplicações da Engenharia.

físicos, fornecendo, assim, os fundamentos para as aplicações da Engenharia. Prof. Dr. Edilson R. B. de

Prof. Dr. Edilson R. B. de Jesus

Resistência Materiais
Resistência Materiais

Introdução

RAMOS DA MECÂNICA

A Mecânica é subdividida em três grandes ramos: Mecânica dos Corpos Rígidos, Mecânica dos Corpos Deformáveis e Mecânica dos Fluídos, como indicado abaixo.

Mecânica dos Corpos Deformáveis e Mecânica dos Fluídos, como indicado abaixo. Prof. Dr. Edilson R. B.
Mecânica dos Corpos Deformáveis e Mecânica dos Fluídos, como indicado abaixo. Prof. Dr. Edilson R. B.

Prof. Dr. Edilson R. B. de Jesus

Resistência Materiais
Resistência Materiais

Introdução

MECÂNICA DOS FLUIDOS

A Mecânica dos Fluídos é subdividida no estudo

dos fluidos incompressíveis (líquidos) e fluidos

compressíveis (gases). Uma importante subdivisão do estudo de fluidos incompressíveis é a hidráulica.

Uma importante subdivisão do estudo de fluidos incompressíveis é a hidráulica. Prof. Dr. Edilson R. B.

Prof. Dr. Edilson R. B. de Jesus

Resistência Materiais
Resistência Materiais

Introdução

Mecânica dos corpos rígidos:

A Estática se refere aos corpos em repouso e estuda as forças em equilíbrio, independentemente do movimento por elas produzido. Na Estática, os corpos analisados são

considerados rígidos, conseqüentemente, os resultados

obtidos independem das propriedades do material.

conseqüentemente, os resultados obtidos independem das propriedades do material. Prof. Dr. Edilson R. B. de Jesus

Prof. Dr. Edilson R. B. de Jesus

Resistência Materiais
Resistência Materiais

Introdução

Mecânica dos corpos rígidos:

A Cinemática estuda os movimentos em si e as leis que os

regem:

movimento uniforme móvel percorrendo espaços iguais em

tempos iguais para quaisquer trechos de trajetória;

movimento uniformemente variado a velocidade do móvel

varia de valores iguais em tempos iguais. Se houver crescimento da velocidade, o movimento será uniformemente acelerado; se houver decréscimo, o movimento será uniformemente retardado;

movimentos de rotação.

decréscimo, o movimento será uniformemente retardado; • movimentos de rotação. Prof. Dr. Edilson R. B. de
decréscimo, o movimento será uniformemente retardado; • movimentos de rotação. Prof. Dr. Edilson R. B. de

Prof. Dr. Edilson R. B. de Jesus

Resistência Materiais
Resistência Materiais

Introdução

Mecânica dos corpos rígidos:

Materiais Introdução Mecânica dos corpos rígidos: A Dinâmica estuda a relação entre o movimento e a

A Dinâmica estuda a relação entre o movimento e a causa que o produz (força).

A Dinâmica estuda a relação entre o movimento e a causa que o produz (força). Prof.

Prof. Dr. Edilson R. B. de Jesus

Resistência Materiais
Resistência Materiais

Introdução

MECÂNICA DOS CORPOS DEFORMÁVEIS

As estruturas e as máquinas nunca são absolutamente

rígidas, deformando-se sob a ação das cargas a que estão submetidas. Estas deformações são geralmente pequenas e não alteram apreciavelmente as condições de

equilíbrio ou de movimento da estrutura considerada.

apreciavelmente as condições de equilíbrio ou de movimento da estrutura considerada. Prof. Dr. Edilson R. B.

Prof. Dr. Edilson R. B. de Jesus

Resistência Materiais
Resistência Materiais

Introdução

MECÂNICA DOS CORPOS DEFORMÁVEIS

No entanto, essas deformações terão importância quando houver riscos de ruptura do material. A Mecânica dos corpos deformáveis é estudada pela Resistência dos Materiais, Mecânica dos Materiais ou Mecânica dos

Sólidos, como também é conhecida.

Materiais , Mecânica dos Materiais ou Mecânica dos Sólidos, como também é conhecida. Prof. Dr. Edilson

Prof. Dr. Edilson R. B. de Jesus

Materiais , Mecânica dos Materiais ou Mecânica dos Sólidos, como também é conhecida. Prof. Dr. Edilson
Resistência Materiais
Resistência Materiais

Introdução

MECÂNICA DOS CORPOS DEFORMÁVEIS

O estudo dos corpos deformáveis resume-se na determinação da resistência mecânica, da rigidez e da estabilidade de elementos estruturais. Para tanto, é necessário também que se estabeleça uma relação com outras áreas do conhecimento de

engenharia, tais como por exemplo a de materiais e suas

do conhecimento de engenharia, tais como por exemplo a de materiais e suas propriedades. Prof. Dr.

propriedades.

do conhecimento de engenharia, tais como por exemplo a de materiais e suas propriedades. Prof. Dr.

Prof. Dr. Edilson R. B. de Jesus

Resistência Materiais
Resistência Materiais

Introdução

Histórico

A resistência dos materiais é um

assunto bastante antigo. Os cientistas da

antiga Grécia já tinham o conhecimento do fundamento da estática, porém poucos sabiam do problema de deformações. O

desenvolvimento da resistência dos materiais

seguiu-se ao desenvolvimento das leis da estática. Galileu (1564-1642) foi o primeiro a tentar uma explicação para o comportamento

de alguns membros submetidos a carregamentos e suas propriedades e aplicou este estudo, na época, para os materiais utilizados nas vigas dos cascos de navios para

marinha italiana.

para os materiais utilizados nas vigas dos cascos de navios para marinha italiana. Prof. Dr. Edilson
para os materiais utilizados nas vigas dos cascos de navios para marinha italiana. Prof. Dr. Edilson

Prof. Dr. Edilson R. B. de Jesus

Resistência Materiais
Resistência Materiais

Introdução

DEFINIÇÃO

Resistência

dos

materiais

é

um

ramo

da

mecânica

que

estuda

as

relações

entre

as

externas

aplicadas

cargas

deformável e os seus respectivos efeitos.

a

um

corpo

as externas aplicadas cargas deformável e os seus respectivos efeitos. a um corpo Prof. Dr. Edilson
as externas aplicadas cargas deformável e os seus respectivos efeitos. a um corpo Prof. Dr. Edilson

Prof. Dr. Edilson R. B. de Jesus

Resistência Materiais
Resistência Materiais

Introdução

OBJETIVO E CAMPO DE APLICAÇÃO

Como visto anteriormente, na estática os corpos são

considerados como sendo rígidos; e tal hipótese é necessária afim de se conseguir um resultado completamente independente das propriedades da matéria de que são constituídos. Já a resistência dos materiais considera os corpos tais como são na realidade, isto é, deformáveis e susceptíveis de rompimento quando sujeitos a ação de esforços. Assim, a resistência dos materiais se ocupa em estudar e determinar:

1) As mudanças ocorridas no corpo devidas a ação de forças;

2) As características (dimensões, forma, material) que o farão

suportar a ação dessas forças.

(dimensões, forma, material) que o farão suportar a ação dessas forças. Prof. Dr. Edilson R. B.

Prof. Dr. Edilson R. B. de Jesus

Resistência Materiais
Resistência Materiais

Introdução

VEJAMOS ALGUNS EXEMPLOS

Na construção mecânica, as peças componentes de uma determinada estrutura devem ter dimensões e proporções adequadas para suportarem esforços impostos sobre elas. Exemplos:

e proporções adequadas para suportarem esforços impostos sobre elas. Exemplos: Prof. Dr. Edilson R. B. de
e proporções adequadas para suportarem esforços impostos sobre elas. Exemplos: Prof. Dr. Edilson R. B. de

Prof. Dr. Edilson R. B. de Jesus

Resistência Materiais
Resistência Materiais

Introdução

VEJAMOS ALGUNS EXEMPLOS

Outro exemplo:

Resistência Materiais Introdução VEJAMOS ALGUNS EXEMPLOS Outro exemplo: Prof. Dr. Edilson R. B. de Jesus
Resistência Materiais Introdução VEJAMOS ALGUNS EXEMPLOS Outro exemplo: Prof. Dr. Edilson R. B. de Jesus

Prof. Dr. Edilson R. B. de Jesus

Resistência Materiais
Resistência Materiais

Introdução

Resistência Materiais Introdução Prof. Dr. Edilson R. B. de Jesus
Resistência Materiais Introdução Prof. Dr. Edilson R. B. de Jesus

Prof. Dr. Edilson R. B. de Jesus

Resistência Materiais
Resistência Materiais

Introdução

PROPRIEDADE DOS MATERIAIS

O comportamento de um membro submetido a forças, não depende somente destas, mas também das

características mecânicas dos materiais de fabricação

dos membros. Tais características são específicas para cada

material e provêm de ensaios realizados em laboratório,

onde os materiais são submetidos a ação de esforços mecânicos e então os resultados e características de ruptura e comportamento são obtidos, registrados e

analisados.

e características de ruptura e comportamento são obtidos, registrados e analisados. Prof. Dr. Edilson R. B.

Prof. Dr. Edilson R. B. de Jesus

Resistência Materiais
Resistência Materiais

Introdução

PROPRIEDADE DOS MATERIAIS

Os resultados dos ensaios de laboratório por sua vez são compilados em tabelas práticas as quais

apresentam as características dos materiais mais

comumente usados no dia a dia. Os ensaios de laboratório servem ainda para se certificar se determinado material se encontra dentro

das características de norma. E ainda também para a caracterização de novos materiais.

características de norma. E ainda também para a caracterização de novos materiais. Prof. Dr. Edilson R.

Prof. Dr. Edilson R. B. de Jesus

Resistência Materiais
Resistência Materiais

Introdução

VAMOS

PRÁTICO PARA ENTENDER MELHOR A RESISTÊNCIA DOS MATERIAIS ?

1) Tomemos um elemento delgado linear e meçamos o seu diâmetro. 2) Calculemos a área da seção transversal do elemento. Importante saber que a resistência do componente está diretamente relacionada com a área da secção

SUPOR

UM

EXPERIMENTO

resistente ao esforço solicitante.

3) Tracionemos o elemento até a sua ruptura, anotemos a carga limite e calculemos o limite de resistência mecânica do elemento ou a tensão limite de resistência do elemento.

4) Ref: resistência mecânica média de um aço carbono

baixa resistência ( aprox. 40 kgf/mm2)

resistência mecânica média de um aço carbono baixa resistência ( aprox. 40 kgf/mm2) Prof. Dr. Edilson
resistência mecânica média de um aço carbono baixa resistência ( aprox. 40 kgf/mm2) Prof. Dr. Edilson

Prof. Dr. Edilson R. B. de Jesus