Você está na página 1de 5

Reino animália

Características Características
 São majoritariamente aquáticos
Se distribuem em 35 filos, onde desses  Apresentam apenas dois tecidos
35 destacam-se nove filos: embrionários, o exoderma e o
1. Poríferos (Esponjas) endoderma
2. Cnidários (Cnidários)  Predominam-se em espécies
3. Platemintos (Tênia) marinhas, algumas encontram-
4. Nematódeos (Lombriga) se fixadas em objetos submersos
5. Moluscos (Polvos) no oceano e outras nadando
6. Anelídeos (Minhoca) livremente pelos mares
7. Artópodes (Aranhas)  Exemplos: Água viva, coral,
8. Equinodermos (Estrela do mar) anêmonas do mar
9. Cordados (Elefantes)
São animais eucarióticos,
multicelulares e com características
alimentares heterotróficas

Poríferas
Características
 São animais majoritariamente
aquáticos
 Sua organização corporal é
muito simples, não contendo
órgãos tampouco tecidos Platemintos
 Um filo predominantemente
marinho, que geralmente Características
encontra lar em pedras ou  Costumam ter o corpo achatado
objetos submersos no oceano dorsoventralmente
 Geralmente vivem em água
doce ou salgada, em terra
firme porem com
características úmidas e como
parasitas em outros animais
 Possuem então, forma de vida
livre, ou seja, não
necessariamente precisam ser
parasitas para sobreviver, se
caracterizando como parasitas
não-obrigatórios, de forma
aquática ou terrestre.

Cnidários
 Exemplo: Tênia, Planária,
esquistossomo Anelídeos
Características
 Possuem corpo cilíndrico
dividido em segmentos
Nematódeos transversais
 Podem ser encontrados em água
Características doce ou salgada e também em
 Possuem corpo cilíndrico solos úmidos
 Conseguem viver em diversos  Há também o caso das
tipos de ambiente, isso inclui minhocas, que vivem em terra
água doce, salgada, terra firme firme
com características úmidas e  As sanguessugas vivem em
dentro de outros animais em todos os ambientes comuns dos
forma de parasita anelídeos
 Exemplo: Lombriga,  Poliquetos vivem no mar,
Ancilóstomos (Vetor da doença vagando em tubos quais eles
amarelão), Filária (vetor da mesmos constroem
doença elefantíase.

Artóprodes
Características
 Reúne a maior variedade de
Moluscos organismos do reino inteiro
 Possuem uma armadura corporal
Características rígida, chamada
 Possuem corpo mole e são EXOESQUELETO que é
revestidos por uma concha composto por quitina.
calcárea rígida  São divididos em:
 A grande maioria é marinha, CRUSTÁCEOS,
embora algumas espécies sejam QUELICERADOS, INSETOS E
possíveis encontrar em terra MIRIÁPODES
firme e em alguns casos em
Crustáceo
água doce.
 Exemplo: Caramujo, mexilhão,  A maioria vive de forma
lesma, entre outros aquática
 Exemplo: Camarões, lagostas,
carangueijos e siris.
Equinodermos
Quelicerados
Características
 São típicos de terra firme  São exclusivamente marinhos
 Exemplo: Aranhas, escorpiões,  São também o filo mais parecido
carrapatos, ácaro com os cordados
 Exemplo: Estrela-do-mar e
ouriço-do-mar

Insetos

 Também são típicos de terra


firme
 Constituem a maioria das Cordados
espécies de seres vivos
Características
 Animais que apresentam
notocorda (que é uma estrutura
embrionária que dá sustentação
ao tecido nervoso)
 Tem diversos tamanhos e
formatos variados, sendo esse
filo que mais se difere entre os
Miriápodes organismos
 Se adaptam aos mais diversos
 São típicos de terra firme e seus tipos de ambiente
principais representantes são os  Compreende o grupo dos
diplópodes (piolho-de-cobra) e cordados os protocordados
pelos quilópodes (centopeia). (anfioxo) e os craniados
(anfíbios, mamíferos, répteis,
aves, peixes)
 Nós seres humanos fazemos
parte desse filo
elas havia uma que apresentava tecidos
Desenvolvimento especializados e outra com projetos de
embrionário tecidos pouco funcionais, que hoje
constituem os PORÍFEROS
Características Esses tecidos especializados
teriam também originado outras duas
 Reprodução assexuada: subdivisões: Os diblásticos e os
triblásticos.
Esponjas e cnidários por brotamento Os diblásticos são constituídos
apenas pelos cnidários, que se
caracterizam pela presença de apenas
dois tecidos embrionários, o ectoderma
e o endoderma..
Já os triblásticos são constituídos
de três tecidos embrionários, o
ectoderma e o endoderma, também
presentes nos cnidários e agora o
mesoderma.
 Reprodução sexuada Simetria radial: Apenas
cnidários e algumas espécies de esponja
possuem essa constituição, em que
diversos pontos dividem o animal em
metades semelhantes
Simetria bilateral: Nós seres
humanos apresentamos um sistema
bilateral, onde o corpo é dividido em
duas partes semelhantes, direita e
esquerda.

Os primórdios do reino Protosômios e


animália deuterosômios

Cientistas acreditam que Sistema digestório de fluxo


descendemos de PROTOZOÁRIOS bidirecional:
COANOFLAGELADOS COLONIAIS,  Quando o animal possui um sistema
organismos unicelulares que são digestório incompleto, ou seja, tem
constituídos por células semelhantes as apenas uma das entradas do sistema,
que recobrem o corpo das esponjas, tais a boca ou ânus
estruturas foram fundamentais para Sistema digestório de fluxo
transição de nós, constituintes do reino unidirecional:
animálias de unicelulares para  Quando o animal possui um sistema
pluricelulares. digestório completo, ou seja, tem as
duas entradas do sistema digestório,
o ânus e a boca.
Diblásticos e triblásticos
Em animais com sistema digestório
A ciência acredita que dentre os de fluxo unidirecional, o embrião que
organismos pluricelulares tenha se formará o animal sucessivamente, tem
originado duas subdivisões, onde dentre
apenas um dos dois, essa estrutura nessa Genes homeóticos:
fase se chama BLASTÓPORO. Recentemente cientistas descobriram
que tanto nós seres humanos quanto o
PROTOSÔMIOS: Em animais restante do mundo animália tem um
protosômios o blastóporo dá origem a mesmo conjunto básico de genes, esses
boca, como por exemplo, os nematódeos, genes nós chamamos de GENES
moluscos, anelídeos e os artrópodes. HOMEÓTICOS.
Esses genes atuam desde o início
DEUTEROSTÔMIOS: Em animais do desenvolvimento embrionário,
deuterostômios dá origem ao ânus, como influenciando desde a orientação do
por exemplo nós seres humanos, os corpo do animal, como onde serão as
cordados no geral e os equinodermos. partes da frente e de trás, direita e
esquerda, até a formação de órgãos
como os olhos, os membros, o coração,
Cavidades corporais etc.

Algumas espécies apresentam


espaços internos preenchidos por líquido Sistemas corporais dos
que podem desempenhar diversas
funções, como a absorção de choques
animais
mecânicos, o favorecimento da
Animais são organismos
distribuição de líquidos pelo corpo e o
heterotróficos, que obtém substâncias e
apoio a musculatura.
energia por meio da respiração aeróbica,
processo intracelular onde as substâncias
Com base na presença de
orgânicas reagem com o gás oxigênio
cavidades corporais, os animais podem
produzindo energia.
ser classificados em
Celomados: É revestido por
PORÍFEROS: Tem a organização
tecido mesotérmico
corporal pouco organizada portanto não
Pseudocelomados: É revestido
possuem tecidos tampouco órgãos,
por tecido endodérmico e mesodérmico
possuem apenas COANÓCITOS, que
Acelomados: Quando não há a
são células especializadas que retiram
presença de cavidades corporais
partículas alimentares da água e
distribuem os nutrientes obtidos na
Metameria digestão para as demais células

É uma estrutura evolutiva Sistema digestório


constituída que consiste em o organismo
apresentar, ao menos em estágio
embrionário o corpo organizado em
segmentos iguais ou semelhantes. Essa
característica dá ao animal grande
versatilidade na musculatura
contribuindo em sua movimentação
corporal.

Estudos genômicos e a
evolução dos animais