Você está na página 1de 6

Educação de Jovens e Adultos | Todos pela Escola http://www.educacao.escolas.ba.gov.

br/node/11

Direto ao Conteúdo

Direto a Busca

Notícias | Fale com a Secretaria O que você procura?

PRINCIPAL » ESCOLAS » ENSINO

Educação de Jovens e Adultos


Publicado ter, 05/01/2010 - 17:42 por SUDEB

A Educação de Jovens e Adultos é uma modalidade da Educação


Básica que garante a jovens e adultos (a partir de 18 anos) o direito
à formação na especificidade de seu tempo humano e assegura-lhes
a permanência e a continuidade dos estudos ao longo da vida.

A Educação de Jovens e Adultos se caracteriza como educação


pública para pessoas com experiências diferenciadas de vida e de
trabalho e está organizada da seguinte forma:

Tempos Formativos I, II e III

Tempo de Aprender I e II

Posto de Extensão

Educação Prisional

Exames Supletivos (CPA)

Legislação

Proposta

Tempos Formativos I, II e III:

Os Tempos Formativos I, II e III são cursos de matrícula anual, nos


quais as aulas são presenciais e exigem frequência diária. O currículo
é organizado em eixos temáticos, temas geradores e áreas de
conhecimento. O centro do processo de formação são as
experiências de vida e estratégias de sobrevivência dos sujeitos
jovens, adultos e idosos. O curso total é composto de três (03)
segmentos distribuídos ao longo de sete (07) anos:
* O 1º Tempo Formativo (equivale ao 1º segmento da educação
fundamental) - 03 anos
* O 2º Tempo Formativo (equivale ao 2º segmento da educação
fundamental) - 02 anos
* O 3º Tempo Formativo (equivale ao ensino médio) - 02 anos

Resultados alcançados - até 2009:


* Atendimento a 182.474 educandos da rede.
* A construção do Projeto “Educação de Jovens e Adultos: aprendizagem ao longo da vida”, considerando as experiências,
necessidades e expectativas dos educandos.
* A formação inicial de 1.950 professores para atuar no novo projeto.

1 de 6 08/12/2010 14:10
Educação de Jovens e Adultos | Todos pela Escola http://www.educacao.escolas.ba.gov.br/node/11

Metas - 2010:
* Implantação do Projeto “Educação de Jovens e Adultos: aprendizagem ao longo da vida” em todas as unidades de ensino
da Rede Estadual.
* Edição e disseminação da nova política da EJA.
* Formação inicial para mais 1.500 professores que atuam na Educação de Jovens e Adultos.
* Aquisição de acervo bibliográfico para subsidiar a prática dos professores.
* Realização de duas videoconferências para a discussão da prática pedagógica na Educação de Jovens e Adultos

Voltar ao Topo

Tempo de Aprender I e II:

É um curso de matrícula e estrutura didática semestral. As aulas são


semipresenciais, pois colocam-se como oferta própria àqueles
educandos que trabalham em turnos ou dias alternados e não
podem frequentar a escola regularmente. Os alunos poderão
frequentar a escola três vezes por semana e têm garantido o direito
de aproveitamento de estudos já realizados nos diferentes
componentes curriculares. O curso total é composto de dois (02)
segmentos distribuídos ao longo de quatro (04) anos:
* Tempo de Aprender I (equivale ao 2º segmento da educação
fundamental) – 2 anos
* Tempo de Aprender II (equivale ao ensino médio) – 02 anos e
meio

Resultados alcançados - até 2009:


* Escolarização de 26.914 alunos

Metas - 2010:
* Reformular o Curso Tempo de Aprender I e II.
* Ampliar o atendimento do Curso Tempo de Aprender I e II na capital e no interior do Estado.
* Implementar novas tecnologias (TV Pen drive, DVD e outras mídias) nas unidades escolares que ofertam o referido curso.
* Formação em serviço de 800 professores que atuam nos cursos.

Voltar ao Topo

Posto de Extensão:

É um programa de ampliação das ofertas educacionais para a


população de jovens e adultos trabalhadores, desenvolvido em
parceria com órgãos, empresas públicas e privadas, vinculado a uma
escola da rede estadual da educação. O Posto de Extensão é
efetivado por meio de um convênio entre a Secretaria da Educação e
a entidade solicitante, cumprindo os itens seguintes:
* Envio de ofício ao Secretário da Educação solicitando a parceria
via convênio.
* Elaboração de uma proposta pedagógica, especificando o curso
a ser inplantado; perfil da clientela; disponibilidade de recursos
humanos, materiais e espaço físico adequado ao funcionamento do
curso.
* Cumprimento das exigências legais quanto à documentação para efetivação do convênio, especificada na Lei nº 9.433, de
11 de março de 2005.

Voltar ao Topo

Educação Prisional:

A Educação Prisional visa à garantia de acesso à educação como direito, independentemente da situação de privação de
liberdade. Busca-se, com a Educação Prisional, enfrentar realidades de exclusão e invisibilidade desse grupo, a fim de que
possamos ter uma sociedade mais justa e menos violenta.

Neste contexto, a Secretaria da Educação conjuga esforços com a Secretaria de Justiça e Direitos Humanos para a implantação
de cursos presenciais de EJA em todas as Unidades Prisionais do Estado, por meio da implantação de salas de aula que

2 de 6 08/12/2010 14:10
Educação de Jovens e Adultos | Todos pela Escola http://www.educacao.escolas.ba.gov.br/node/11

funcionam dentro das Unidades Prisionais da Capital e também do interior. Estas salas são vinculadas a uma unidade escolar da
Rede Pública Estadual, como um anexo.

Os cursos implantados seguem o mesmo tempo anunciado nos cursos presenciais (Tempos Formativos I, II e III) e nos cursos
semipresenciais (Tempo de Aprender I e II).
Salienta-se, no entanto, que o tempo diário sofre ajustes frente aos procedimentos de organização e segurança próprios de
cada unidade prisional.

Resultados alcançados - até 2009:


* Presta atendimento a educandos, com salas de aula nas unidades prisionais de:
- Salvador (Penitenciária Lemos de Brito), Feira de Santana, Lauro de Freitas, Simões Filho, Valença, Serrinha, Jequié, Teixeira
de Freitas, Itabuna e Juazeiro.
* Formação inicial da totalidade dos educadores que atuam na Educação Prisional – ação em parceria CJA/IAT/ SJUDH.

Voltar ao Topo

Exame Supletivo (CPA):

Os exames supletivos são realizados no Estado da Bahia pelas Comissões Permanentes de Avaliação (CPA), autorizadas pelo
Conselho Estadual de Educação (CEE). O funcionamento das Comissões também é regulamentado pela Resolução CEE nº
138/2001 e Portaria SEC n° 12.235/2002.

A idade mínima para realização dos exames segue as anunciadas na LDB: 15 anos para o ensino fundamental e 18 anos para o
ensino médio. O candidato poderá se inscrever nos Centros de Educação de Jovens e Adultos e prestar os exames mensais: no
máximo de 3 (três) componentes curriculares para o ensino fundamental e 4 (quatro) componentes curriculares para o ensino
médio

Requisito para ter acesso aos Exames Supletivos:


. Ter 15 anos completos - ensino fundamental
. Ter 18 anos completos - ensino médio

* Não é permitida a realização de exames supletivos do ensino médio a menores de 18 anos, mesmo que emancipados.

Perfil dos candidatos a Exames Supletivos:


. Jovens e adultos excluídos do processo educacional regular que se habilitem à terminalidade do ensino fundamental e médio.
. Candidatos oriundos de cursos supletivos extintos.
. Candidatos de escolas regulares que não lograram aprovação em disciplinas do Núcleo Básico Nacional.
. Candidatos que não concluíram cursos de EJA.
. Candidatos que estão realizando cursos de EJA e precisam realizar disciplinas que não estejam cursando.

Procedimentos no ato da inscrição:


. Recepção – acolhimento, escuta e encaminhamento para uma entrevista ou sondagem.
. Inscrição – preenchimento de uma ficha de inscrição
. Marcação das provas – cartão do candidato
. Realização dos exames

* O candidato a exames supletivos só poderá ser inscrito, mensalmente, em 03 (três) disciplinas do ensino fundamental e 04
(quatro) para o Ensino Médio.
* O candidato que não obtiver a média 5,0 (cinco) em alguma(s) disciplina(s) somente fará novo exame, 60 (sessenta) dias
após a última prova. As provas em todas as disciplinas são constituídas de questões objetivas e subjetivas.
* A ocorrência de reprovações sucessivas implicará ação orientadora da CPA para encaminhamento do candidato a cursos de
EJA, oferecidos na rede estadual de ensino.

Documentos necessários para inscrição:


. Duas fotos 3x4, recentes e iguais
. Carteira de Identidade atualizada ou Carteira de Trabalho (original e cópia)
. Ficha de Inscrição devidamente preenchida (obtida na CPA)

Conteúdo programático das disciplinas:


Ensino fundamental
Língua Portuguesa (com redação), Matemática, História, Geografia, Ciências e Língua Estrangeira Moderna - Inglês | Francês
(opcional para o candidato).
Obs.: Língua Estrangeira Moderna é de oferta obrigatória da escola e facultativa para o candidato.

Ensino médio
Língua Portuguesa (com redação) e Literatura Brasileira, Língua Estrangeira Moderna - Inglês | Espanhol | Francês, Matemática,
História, Geografia, Biologia, Física, Química, Sociologia e Filosofia.

Onde fazer seus exames - 2010:

Capital

3 de 6 08/12/2010 14:10
Educação de Jovens e Adultos | Todos pela Escola http://www.educacao.escolas.ba.gov.br/node/11

Autorizada pela
DIREC UNIDADE ESCOLAR NíVEL
Resolução CEE

1/A Ensino fundamental Nº 085/93


Ensino médio DOE17/08/1994

1/B Colégio Estadual Zilma Gomes Parente de Barros


Av. Diva Pimentel, s/n – San Martin Ensino fundamental Nº 085/93
Tel: (0xx71) 3389-2122/3381-5847 Salvador – DOE 17/08/94
Ba

Colégio Estadual Hamilton de Jesus Lopes Ensino médio Nº 022/2002


Av. Jequitáia, s/n – Calçada DOE 16/05/2002
Tel. (0xx71) 3312-2245/3313-5212 Salvador - Ba

Interior

Autorizada pela Resolução


DIREC UNIDADE ESCOLAR NíVEL
CEE

02 Colégio Estadual Agostinho Fróes da Mota Ensino Fundamental Nº 085/93


R. Cel. Álvares Simões, s/n – Centro CEP: 44100-000 Ensino médio DOE 17/08/94
Tel: (0xx75) 3223-2465/3225-5190 Feira de Santana – Ba

03 Centro Territorial de Educação Profissional do Agreste de Ensino fundamental Nº 074/96


Alagoinhas/Litoral Norte Ensino médio DOE 1º/11/96
R. Maria Feijó, s/n CEP: 45.100-000
Tel: (0xx75) 3421-2446 Alagoinhas - Ba

04 Colégio Estadual Antônio Olavo Galvão Ensino fundamental Nº 085/93


Loteamento Jardim Bahia, s/n CEP: 44.570-000 Ensino médio DOE 17/08/94
Tel: (0xx75) 3631-7084 Santo Antônio de Jesus - Ba

06 Colégio da Polícia Militar de Educação Rômulo Galvão - Ensino fundamental Nº 074/96


CPMRG Ensino médio DOE 1º/11/96
R. Bonfim, s/n – Pontal CEP: 45.650-000
Tel: (0xx73) 3231-3374 / 3634-4133 Ilhéus - Ba

07 Colégio Estadual de Itabuna Ensino fundamental Nº 085/93


R. Manoel Chaves, s/n – São Caetano CEP: 45600-000 Ensino médio DOE 17/08/94
Tel: (0xx73) 3617-4662/3613-4859 Itabuna - Ba

08 Colégio Estadual Armando Ribeiro Carneiro Ensino fundamental Nº 175/2000


R. Maria Quitéria n.º 281 CEP: 45970-000 Ensino médio DOE 30 e 31/12/2000
Tel: (0xx73) 281-3340 / 281-2834 Eunápolis - Ba

10 Centro Territorial de Educação Profissional de ItaparicaAv. Ensino fundamental Nº 074/96


Estudante, s/n– Amalrí Menezes CEP: 48600-000 Ensino médio DOE 1º/11/96
Tel: (0xx75) 3281-5616/3281-9010 Paulo Afonso - Ba

13 Instituto de Educação Régis Pacheco Ensino fundamental Nº 074/96


R. 15 de Novembro, s/n Campos do América CEP: Ensino médio DOE 1º/11/96
45200-000
Tel: (0xx73) 3525-6675/3526-5011 Jequié - Ba

15 Colégio Estadual Hildete Lomanto Ensino fundamental Nº 085/93


R. Oscar Pinheiro, s/n – Centro CEP: 48.900-000 Ensino médio DOE 17/08/94
Tel: (0xx74) 3611-6613/5462 Juazeiro – Ba

16 Centro Educacional Deocleciano Barbosa de Castro Ensino fundamental Nº 175/2000


Pç. Presidente Kennedy, 200 CEP: 44.700-000 Ensino médio DOE 30 e 31/12/2000
Tel.: (xx74) 3621-5386/3621-6221 Jacobina - Ba

20 Colégio Estadual Kleber Pacheco de Oliveira Ensino fundamental Nº 085/93


R. H, s/n URBIS II – Batéias CEP: 45.100-000 Ensino médio DOE 17/08/94
Tel: (0xx77) 3426-9772/3426-2531 Vitória da Conquista -
Ba

24 Instituto de Educação Anísio Teixeira Ensino fundamental Nº 059/2003


Av. Anísio Teixeira, s/n – Centro CEP: 46400-000 Ensino médio
Tel: (0xx77) 3454-1041/ 3454-2138 Caetité - Ba

25 Colégio Estadual Prof. Folk RochaR. Prof. Seabra de Lemos, Ensino fundamental Nº 7255/2005
s/n – Centro CEP: 47.800-000 Ensino médio DOE 11/05/2005
Tel: (0xx77) 3611-6497 Barreiras - Ba

4 de 6 08/12/2010 14:10
Educação de Jovens e Adultos | Todos pela Escola http://www.educacao.escolas.ba.gov.br/node/11

28 Ensino fundamental Nº 023/2002


Ensino médio DOE 16/05/2002
Colégio Estadual Rômulo Galvão

Av. Roberto Santos, s/n – Centro CEP: 48970-000


Tel.: (0xx74) 3541-2098 Senhor do Bonfim - Ba

31 Centro Educacional Theodoro Sampaio Ensino fundamental Nº 079/2003


Av. Ferreira Bandeira, s/n – Centro CEP: 44200--000 Ensino médio DOE 02/10/2003
Tel.: (0xx75) 3241-2942 Santo Amaro - Ba

Períodos de inscrição, marcação e realização de provas - 2010:

Mês Inscrição e marcação Realização das provas

Fevereiro 25 e 26/02 08 a 12/03

Março 01 a 05/03 29 a 31/03

Abril 22 e 23/04
05 a 09/04
26 a 30/04

Maio 17 a 21/05
03 a 07/05
24 a 28/05

Junho 01 e 02/06 14 a 18/06

Julho 19 a 23/07
05 a 09/07
26 a 30/07

Agosto 23 a 27/08
02 a 06/08
30 e 31/08

Setembro 20 a 24/09
01 a 03/09
27 a 30/09

Outubro 21 e 22/10
04 a 08/10
25 a 29/10

Novembro 22 a 26/11
03 a 05/11
29 e 30/11

Realização das
Data Inscrição e marcação
provas

01 a 03
Candidatos que devem até 03 (três) disciplinas no ensino fundamental e 04 (quatro) 13 a 17 de
dezembro
no ensino médio dezembro
(especial)

Meta - 2010: atender 85 mil candidatos.

Voltar ao Topo

Legislação:

Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996.


Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional.

Portaria nº 12235,de 30 de novembro e 1º de dezembro de 2002


Estabelece novos procedimentos para a realização dos Exames Supletivos através das Comissões Permanentes de
Avaliação/CPA

Resolução CEE 138/2001


Estabelece diretrizes para a Educação Básica, na modalidade de Educação de Jovens e Adultos no Sistema de Ensino do Estado
da Bahia.

Parecer CN0E/CEB 11/2000 - Homologado


Despacho do Ministro em 7/6/2000, publicado no Diário Oficial da União de 9/6/2000, Seção 1e, p. 15.
VerResolução CNE/CEB 1/2000, publicada no Diário Oficial da União de 19/7/2000, Seção 1, p. 18.

Portaria nº 13.664/08, publicada em Diário Oficial em 19/11/2008


Orienta a Oferta da Educação Básica na Modalidade de Educação de Jovens e Adultos na Rede Estadual de Ensino.

5 de 6 08/12/2010 14:10
Educação de Jovens e Adultos | Todos pela Escola http://www.educacao.escolas.ba.gov.br/node/11

PORTARIA SEC Nº 14.914, de 17 de dezembro de 2008


Institui o Calendário dos Exames Supletivos em Unidades Escolares da Rede Pública Estadual

Resolução CEE N° 69/2007


Estabelece Normas Complementares para a inclusão obrigatória das disciplinas Filosofia e Sociologia no currículo do Ensino
Médio - EJA II e Exames nas instituições do Sistema de Ensino do Estado da Bahia.

Voltar ao Topo

Proposta:

Proposta Educação Jovens e Adultos

Voltar ao Topo

Ensino Médio Educação para as Relações Étnico-Raciais


Acima

Palavras-chave: Jovens, Idosos, Formação, Educação, Adultos

Versão para impressão Enviar para um amigo COMPARTILHAR

Programas e Projetos

Progestão
Por meio da
experiência de
educação...

Tempos de Arte Literária - Tal


O projeto Tempos de
Arte Literária (Tal)
é...

Programa Estadual de Transporte


Escolar - PETE/BA
Mais Educação

+ ver mais projetos

ESCOLAS ESTUDANTES SERVIDORES INSTITUCIONAL OUTROS

SECRETARIA DA EDUCAÇÃO DO ESTADO DA BAHIA


6ª Avenida Nº 600, Centro Administrativo da Bahia - CAB, Salvador, Bahia, Brasil, CEP: 41.745-000 | Tel.: (0xx71) 3115.1401/3115.9094

6 de 6 08/12/2010 14:10