Você está na página 1de 8

1.

São importantes funções do sistema linfático:

a. Reabsorção dos excessos de líquidos e protéinas do interstício, filtragem da


linfa, eliminação da gordura e devolução da linfa filtrada de volta à corrente
sanguínea;
b. Imunidade, reabsorção dos excessos de líquidos e proteínas do interstício,
filtragem da linfa, absorção das gorduras do trato gastro intestinal e
transporte de gases;
c. Reabsorção dos excessos de líquidos e proteínas do plasma, filtragem da linfa,
absorção das gorduras do trato gastro intestinal, imunidade e devolução da
linfa filtrada para a corrente sanguínea;
d. Imunidade, reabsorção dos excessos de líquidos e protéinas do interstício,
filtragem da linfa, absorção das gorduras do trato gastro intestinal e
devolução da linfa filtrada para a corrente sanguínea;
e. NDA.

2. O líquido intersticial é o líquido que banha as células e ele tem uma composição
química característica. Segundo Guyton, a quantidade de sódio, cloreto e potássio
no líquido intersticial é, respectivamente:

a. 142mEq/l, 4mEq/l e 103mEq/l;


b. 103mEq/l, 142mEq/l e 4mEq/l;
c. 103mg/l, 142mg/l e 4mEq/l;
d. 142mEq/l, 4 mg/l e 103mEq/l;
e. 142mEq/l, 103 mEq/l e 4mEq/l.
3. Durante a drenagem linfática o sistema linfático mobiliza quantidades significativas
de gordura, que posteriormente será eliminada pela urina. Esta afirmação está
correta?

a. Não, pois não existe gordura suficiente no sistema linfático para que esta seja
mobilizada através da drenagem linfática;
b. Sim, pois a gordura será conduzida do ducto torácico para a corrente
sanguínea, e os excessos de gordura serão eliminados pela urina;
c. Não, pois mesmo que a gordura seja conduzida de volta à corrente sanguínea
pelo ducto torácico, ela não é eliminada do organismo pela urina, pois é um
importante substrato de reserva energética do organismo;
d. Não, pois não existe gordura circulante no sistema linfático e a gordura do
trato gastro intestinal proveniente da alimentação é absorvida diretamente
para a corrente sanguínea;
e. Sim, pois os altos teores de gordura no sistema linfático podem provocar
obstrução dos vasos linfáticos e linfonodos, podendo levar a uma trombose e
consequentemente a uma condição denominada embolia gordurosa, e a
drenagem linfática previne a ocorrência destes fenômenos.

4. Os linfócitos T e B são as principais células de defesa presentes no sistema linfático,


concentrados nos linfonodos para desencadear a resposta imunológica e combater
agentes agressores. Sobre estas células podemos afirmar que:

a. Tanto os linfócitos T quanto os linfócitos B são produzidos e amadurecidos na


medula óssea;
b. Os linfócitos T reconhecem os antígenos e ativam os linfócitos B, que
produzem anticorpos contra estes antígenos;
c. Os linfócitos B reconhecem os antígenos e os linfócitos T produzem
anticorpos contra estes antígenos;
d. Os linfócitos B são produzidos na medula óssea e posteriormente
amadurecidos no baço (daí a terminologia B) e os linfócitos T são produzidos
na medula óssea e posteriormente amadurecidos no timo (daí a terminologia T);
e. As questões B e D estão corretas.
5. O baço é um órgão linfático impar, oval, localizado na região subdiafragmática
esquerda do abdômen, posteriormente ao estômago.

a. O baço possui duas porções teciduais distintas, a polpa branca que tem
função imunológica e é constituída de tecido linfático, e a polpa vermelha,
responsável por fagocitar hemácias e plaquetas degradadas, além de
armazenar plaquetas;
b. O baço é importante órgão no amadurecimento do linfócito B (que é
produzido na medula óssea), além de fagocitar hemácias e plaquetas
degradadas e armazenar plaquetas;
c. O baço possui duas porções teciduais distintas, a polpa vermelha que tem
função imunológica e é constituída de tecido hematopoiético, e a polpa
branca, responsável por fagocitar hemácias e plaquetas degradadas, além de
armazenar plaquetas;
d. A retirada do baço não acarreta em nenhum problema para a saúde do
indivíduo, pois suas funções são irrelevantes para a homeostase do
organismo;
e. A retirada do baço acarreta em queda importante de imunidade, pois é nele
que ocorre o amadurecimento dos linfócitos B, e sem essas células a produção
de anticorpos fica severamente comprometida.

6. Um ser humano de 70 kg apresenta cerca de 40 litros de LÍQUIDOS no corpo,


distribuídos da seguinte forma:

a. 23 litros de líquido intracelular, 10,5 litros de linfa, 1,5 litros de líquido


intersticial e 5 litros de sangue;
b. 23 litros de líquido extracelular, 10,5 litros de linfa, 1,5 litros de líquido
intracelular e 5 litros de sangue;
c. 23 litros de líquido intracelular, 10,5 litros de líquido intersticial, 1,5 litros de
sangue e 5 litros de linfa;
d. 23 litros de líquido intracelular, 10,5 litros de líquido intersticial, 1,5 litros de
linfa e 5 litros de sangue;
e. 25 litros de líquido extracelular (sendo 3 litros o volume de plasma sanguíneo)
e 15 litros de líquido intracelular (sendo 2 litros o volume das hemácias do
sangue).
7. A reciclagem dos líquidos corpóreos é realizada pelo sistema linfático, e estes
líquidos ao mudarem de lugar mudam de nome também. No _________ temos o
_______, no _______ temos o líquido _________ e no _________ temos a_______.

a. Sangue – plasma – interstício – plasmático – sistema linfático – linfa;


b. Sangue – plasma – interstício – hialoplasma – citoplasma – linfa;
c. Sangue – plasma – interstício – intersticial – sistema linfático – linfa;
d. Interstício – hialoplasma – sangue – plasmático – sistema linfático – linfa;
e. Sangue – hialoplasma – interstício – intersticial – sistema linfático – linfa.

8. O fluxo de linfa dentro do sistema linfático se dá no seguinte sentido:

a. Capilares linfáticos > vasos linfáticos eferentes > linfonodos > vasos linfáticos
aferentes > ductos linfáticos;
b. Capilares linfáticos > vasos linfáticos aferentes > linfonodos > vasos linfáticos
eferentes > ductos linfáticos;
c. Capilares linfáticos > ductos linfáticos > vasos linfáticos eferentes >
linfonodos > vasos linfáticos aferentes;
d. Ductos linfáticos > vasos linfáticos eferentes > linfonodos > vasos linfáticos
aferentes > capilares linfáticos;
e. Capilares linfáticos > linfonodos > vasos linfáticos eferentes > vasos linfáticos
aferentes > ductos linfáticos.

9. Os órgãos linfoides primários são ____________ e ____________ e são assim chamados


por _____________.

a. A medula óssea – o baço – amadurecerem os linfócitos;


b. A medula óssea – o timo – serem os locais onde ocorre a resposta
imunológica diante de um antígeno;
c. A medula óssea – o timo – produzirem anticorpos;
d. A medula espinhal – o timo – amadurecerem os linfócitos B e T
respectivamente, e torna-los células imunocompetentes;
e. O timo – a medula óssea – amadurecerem os linfócitos T e B respectivamente,
e torna-los células imunocompetentes.
10. A região de drenagem da linfa pelo ducto torácico corresponde a:

a. Membro inferior esquerdo, abdome, membro superior esquerdo, mama


esquerda, pescoço esquerdo e face esquerda;
b. Membro inferior direito, abdome, membro superior direito, mama direita,
pescoço direito e face direita;
c. Membros inferiores, abdome, membro superior direito, mama direita, pescoço
direito e face direita;
d. Membros inferiores, abdome, membro superior esquerdo, mama esquerda,
pescoço esquerdo e face esquerda;
e. Membros inferiores, abdome, membros superiores, mamas, pescoço esquerdo
e face esquerda.

11. O ducto torácico desemboca na:

a. Junção da veia jugular externa direita com a veia subclávia direita;


b. Junção da veia subclávia esquerda com a veia cava superior;
c. Junção da veia subclávia esquerda com a veia braquiocefálica esquerda;
d. Junção da veia jugular externa esquerda com a veia subclávia esquerda;
e. Junção da veia jugular interna esquerda com a veia subclávia esquerda.

12. As amídalas e adenoides são consideradas tecido linfático associado às mucosas


(MALT). Sua(s) diferença(s) anatômica(s) principal(is) em relação aos linfonodos é:

a. Sua localização anatômica;


b. A ausência de cápsula fibrosa;
c. A presença de cápsula fibrosa;
d. A presença de válvulas em seu interior;
e. As alternativas A e B estão corretas.

13. O sistema linfático corresponde a uma parte do sistema circulatório responsável


pela circulação de líquidos. Diferentemente do sistema cardiovascular, que possui o
coração, que serve para bombear o sangue para os vasos sanguíneos, o sistema
linfático NÃO possui um motor primário como o coração para impulsionar a linfa.
Como a linfa circula pelo sistema linfático?
a. Através da contração dos músculos e do pulso das grandes artérias;
b. Através do pulso das grandes artérias, somente;
c. Através da contração dos músculos, somente;
d. Por osmose e transporte ativo;
e. As alternativas A e D estão corretas.

14. A região de drenagem da linfa pelo ducto linfático direito corresponde a:

a. Membro inferior direito, abdome direito, mama direita, pescoço direito e face
direita;
b. Membros inferiores, abdome, mama direita, pescoço direito e face direita;
c. Membro superior direito, mama direita, pescoço direito e face direita;
d. Membro superior direito, abdome direito, mama direita, pescoço direito e face
direita;
e. Membros superiores, mama direita, pescoço direito e face direita.

15. O ducto linfático direito desemboca na:

a. Junção da veia subclávia direita com a veia cava superior;


b. Junção da veia subclávia direita com a veia cava braquiocefálica direita;
c. Junção da veia jugular externa esquerda com a veia subclávia esquerda;
d. Junção da veia jugular interna direita com a veia subclávia direita;
e. Junção da veia jugular externa direita com a veia subclávia direita.

16. Os órgãos linfoides secundários são _________, ___________ e ___________ e estão


relacionados com ______________.

a. O baço – os linfonodos - o timo – a concentração e armazenamento de


linfócitos em determinadas regiões do corpo;
b. O baço – os linfonodos – as tonsilas – a concentração e armazenamento de
linfócitos em determinadas regiões do corpo;
c. O baço – os linfonodos – as tonsilas – o amadurecimento dos linfócitos,
tornando-os células imunocompetentes;
d. O baço – a medula óssea – as tonsilas - o amadurecimento dos linfócitos,
tornando-os células imunocompetentes;
e. O baço – os linfonodos – a cisterna do quilo - a concentração e
armazenamento de leucócitos granulares em determinadas regiões do corpo.

17. Entre ___________ e ___________ a linfa tem uma tonalidade mais esbranquiçada e
leitosa pela presença das gorduras que serão absorvidas no trato gastro intestinal.

a. A cisterna do quilo – o ducto torácico;


b. A cisterna do quilo – o ducto torácico direito;
c. A cisterna do quilo – o ducto linfático direito;
d. A cisterna do quilo – o ducto torácico esquerdo;
e. O ducto linfático – a cisterna do quilo.

18. Temos cerca de 500 linfonodos espalhados pelo corpo sendo que a maior parte
deles (2/3) fica localizado:

a. No abdome, mamas e virilha;


b. No pescoço, axila e virilha;
c. Na axila, virilha e joelhos;
d. No abdome, mamas e dorso;
e. No abdome, joelho e cotovelo.

19. Os linfonodos poplíteos ficam localizados:

a. Na região anterior do joelho, medialmente à patela;


b. Na região anterior da perna, superiormente à tuberosidade da tíbia;
c. Na região posterior da perna, inferiormente ao tendão calcâneo;
d. Na região perineal, que pode também ser chamada fossa polítea;
e. Na região posterior do joelho.

20. Sobre o apêndice vermiforme:

a. É responsável pela absorção da maior parte da água ingerida, pois representa


a porção inicial do intestino grosso;
b. Não apresenta função no ser humano, pois ele involuiu e atualmente é apenas
fonte de infecções e necrose, causando apendicite aguda;
c. É um tipo de nódulo linfático semelhante às tonsilas, porém localizado na
região cecal, que apresenta concentração de linfócitos e função imunológica
no ser humano;
d. Pode ser retirado em qualquer etapa da vida do indivíduo, pois não apresenta
função relevante que justifique sua manutenção em um organismo saudável;
e. Possui a mesma estrutura e funções de um linfonodo, porém localizado na
região cecal, e apresenta concentração de linfócitos e função imunológica no
ser humano.

Gabarito: 1.D; 2.E; 3.C; 4.B; 5.A; 6.D; 7.C; 8.B; 9.E; 10.D; 11.E; 12.E; 13.A; 14.C; 15.D; 16.B; 17.A; 18.B; 19.E; 20.C