Você está na página 1de 10

2.

ESTUDO DO PATRIMÓNIO

Docentes: Alcido M. Juaniha, MSc


Isaquiel Estamilo, dr
Objectivos:
Entender os aspectos básicos que definem e caracterizam
o património das entidades;

Identificar os elementos constituintes do património,


estabelecer a respectiva classificação em massas
patrimoniais e apresentar a equação fundamental do
património

Explicar os aspestos que ditam as variações patrimoniais


Agenda:
2.1. Noção e Elementos Constituintes do património;

2.2. Massas patrimoniais;

2.3. Factos patrimoniais;

2.4. O património líquido e a sua equação;


O
2.5.património líquido e a sua equação
Variações patrimoniais
1.1 Definição e elementos constituintes do património
 Património - conjunto de bens, direitos e obrigações pertencentes a
uma entidade.

Bens Direitos Obrigações

Tudo que é útil à entidade e Recursos da entidade em Recursos de terceiros em


pode ser representado posse de terceiros (Ex.: posse entidade (Ex.:
monetariamente (material de clientes, adiantamento de fornecedores, empréstimos
escritório, veículos, etc.). salários, etc.) obtidos, etc.).

Nota: Os bens podem ser classificados quanto a natureza (tangíveis e


intangíveis) e finalidade (numerários, venda, uso e renda).
1.2 Massas Patrimoniais
 Os bens, direitos e obrigações são apresentados nas demonstrações contabilistas
em “contas” próprias. Essas contas podem ser Activos ou Passivos. Assim, os bens e os
direitos compreendem o Activo e as obrigações o Passivo.

ACTIVO PASSIVO

Recurso controlado pela entidade como Obrigação presente na entidade proveniente


resultado de acontecimentos passados e do de acontecimentos passados, cuja liquidação
qual se espera que fluam para a entidade se espera que resulte num exfluxo de
benefícios económicos futuros. recursos da entidade que incorporem
benefícios económicos.

 A diferença entre o ATIVO e o PASSIVO de uma entidade denomina-se Património


LÍQUIDO.
1.3 Factos Patrimoniais
 O património não é estático, e por isso, existem dois tipos de factos patrimoniais:
Permutativo e Modificativo.

Facto Patrimonial

Permutativo Modificativo

Implica alterações na composição do implica alterações na composição do


património mas não no seu valor. património e do seu valor.
1.4 O património líquido e a sua equação
 O PATRIMÔNIO LÍQUIDO (PL) - valor residual dos ativos da
entidade depois de deduzidos todos os seus passivos, também ser
denominado RIQUEZA LÍQUIDA, CAPITAL PRÓPRIO, PASSIVO NÃO
EXIGÍVEL, SITUAÇÃO LÍQUIDA.
 No patrimônio líquido são registrados elementos como:
 Os recursos aportados pelos sócios;
 O resultado do exercício (lucro ou prejuízo);
 As reservas resultantes de apropriações de lucros (Reservas de lucros); e
 As reservas para manutenção do capital (Reservas de capital).
1.3 O património líquido e a sua equação
 Em contabilidade, a principal representação do património de uma
entidade é o BALANÇO PATRIMONIAL, e Conforme definimos, o
património líquido sempre terá o valor da diferença entre o valor do ativo
e o valor do passivo. Assim, equação fundamental do património:

ACTIVO = PASSIVO + PATRIMÓNIO LÍQUIDO


Dependendo das circunstâncias, a situação do património liquido pode ser
activa, passiva ou nula:
Trindade em posse de terceiros.
A > P = SL Ativa A < P = SL Passiva A = P = SL Nula
1.3 Variações Patrimoniais
 As receitas e as despesas são conhecidas como variações patrimoniais e
não são contas patrimoniais.
 Receitas - correspondem às variações patrimoniais que refletem aumentos no
património líquido de uma entidade em determinado período.
 Despesas - correspondem às variações patrimoniais que reduzem o património
líquido de uma entidade em determinado período.

 Quando somadas as receitas e despesas de uma entidade, chega-se ao


resultado em determinado período (LUCRO LÍQUIDO ou PREJUÍZO) e
este é registado no património líquido.ceiros.
FIM
Resolver a ficha de exercícios

PARA PRÓXIMA AULA ESTUDAR “MÉTODOS E


SISTEMAS DE REGISTO CONTABILÍSTICO”