Você está na página 1de 1

ISS-107

Limpar Formulário

MINUTA DE RECLAMAÇÃO TI

Caro/a Senhor/a Presidente do Conselho Diretivo do Instituto da Segurança Social

Nome completo Liliana Sofia Agostinho Faria

Nº de Identificação
Fiscal (NIF) 2 2 5 1 3 8 6 3 8 1 2 0
Nº de Identificação de Segurança Social (NISS)

tendo sido notificado por este Instituto através do Modelo ISS125 - Fixação de base de incidência e da taxa contributiva
, e não concordando com a decisão expressa no mesmo, vem apresentar reclamação 1, com o(s) seguinte(s) fundamentos:
(Assinalar qual o(s) motivo(s))

Existência de declaração de rendimentos referente ao ano fiscal de 2

Exclusão por ser advogado ou solicitador.


Exclusão por ser agricultor e receber subsídios ou subvenções no âmbito da Política Agrícola Comum (PAC) de montante
anual inferior a 4 vezes o valor do Indexante dos Apoios Sociais ( 1.685,28 €) e que não tenha quaisquer outros rendimentos
suscetíveis de o enquadrar no regime dos trabalhadores independentes 3.

Cessação da atividade independente 4.

Suspensão temporária do exercício de atividade independente, por motivo de:


Incapacidade temporária por doença (Certificada).

Outros motivos (ex. defeso; intempéries).

Isenção da obrigação de contribuir por motivo de acumulação com:

Membro de Órgão Estatutário.

Trabalhador por Conta de Outrem.

Outro regime de proteção social obrigatório 5 (ex. CGA).

Pensionista de invalidez ou velhice (CNP).

Pensionista titular de pensão resultante da verificação de risco profissional, com incapacidade para o trabalho igual
ou superior a 70%.
Falecido

Cessação da isenção oficiosa da obrigação de contribuir por pagamento de contribuições pelo período de um ano
resultante de rendimento relevante igual ou inferior a 6 vezes o valor do IAS

Outro A lei prevê um regime especial de prescrição dos créditos da Segurança Social derivados de cotizações e contribuições,
segundo o qual a obrigação de pagamento das cotizações e das contribuições prescreve no prazo de cinco anos a contar da
data em que aquela obrigação deveria ter sido cumprida (Código Contributivo dos Sistemas Previdenciais da Segurança Social,
artigo 187.º)
Essa prescrição interrompe-se por qualquer diligência administrativa, realizada com conhecimento do responsável pelo
pagamento, conducente à liquidação ou à cobrança da dívida, ficando, consequentemente, afastada a relevância interruptiva
da reclamação, recurso hierárquico, da impugnação e do pedido de revisãoOoficiosa
Reclamante
da liquidação do tributo, que é atribuída à
generalidade das obrigações tributárias.
Estando em causa dívidas à Segurança Social referentes_______________________________________________
Liliana Faria
aos meses de Abril, Maio e Julho de 2008, as mesmas prescreveram,
pelo decurso do referido prazo de cinco anos, pelo que as mesmas não poderão ser exigidas, solicitando-se a anulação das
mesmas.

Anexo: Documentos comprovativos da(s) situação(s) assinalada(s)

1 - Nos termos do artigo 161º do Código do Procedimento Administrativo.


2 - Anexo IRS – Modelo 3.
3 - Anexo Modelo RV 1027-DGSS.
4 - Anexo documento comprovativo da cessação de atividade emitido pela Administração Tributária e Aduaneira.
5 - Anexo documento comprovativo de remuneração mensal ou de pensionista.
6 - Nos termos do artigo 157º, n.º 1, alínea d) do Código dos Regimes Contributivos e artigo 61.º do Decreto-Regulamentar n.º 1-A/2011 de 3 de janeiro.

ISS-107-V01-2016 www.seg-social.pt Página 1 de 1