Você está na página 1de 197

BANCO DO BRASIL

QUESTÕES COMENTADAS
FV027-N9
OBRA

Banco do Brasil - Questões Comentadas

Português
Matemática
Atualidades no Mercado Financeiro
Cultura Organizacional
Técnica de Vendas
Atendimento
Probabilidade e Estatística
Inglês
Conhecimentos Bancários
Informática

PRODUÇÃO/ASSESSORIA
Emanuela Amaral
Leandro Filho

DIAGRAMAÇÃO
Thais Regis

CAPA
Joel Ferreira dos Santos
ÍNDICE

Português.............................................................................................................................................................................................. 01
Matemática........................................................................................................................................................................................... 30
Atualidades do Mercado Financeiro.......................................................................................................................................... 60
Cultura Organizacional..................................................................................................................................................................... 65
Técnica de Vendas.............................................................................................................................................................................. 72
Atendimento........................................................................................................................................................................................ 82
Probabilidade e Estatística.............................................................................................................................................................. 99
Inglês....................................................................................................................................................................................................... 108
Conhecimentos Bancários............................................................................................................................................................... 124
Informática............................................................................................................................................................................................ 151
PORTUGUÊS

1. (BANCO DO BRASIL – ESCRITURÁRIO – CESGRAN-


RIO – 2018) De acordo com a norma-padrão da língua
portuguesa, o uso do acento grave indicativo da crase é
obrigatório na palavra destacada em:

a) Os pais, inseguros na sua tarefa de educar, não perce-


bem que falta de limites e superproteção comprome-
tem a formação dos filhos.
b) A indisciplina nas salas de aula aumentou a partir do
momento em que as mídias divulgaram a necessidade
de dar maior liberdade aos estudantes.
c) A atenção e a motivação são condições que levam a
pessoa a pensar e agir de forma satisfatória para de-
senvolver o processo de aprendizagem.
d) As famílias e as escolas encontram-se, na atualidade,
frente a jovens com quem não conseguem estabelecer
um diálogo produtivo.
e) As escolas chegaram a etapa em que os professores
estão cada vez mais com dificuldade para exercer o
seu importante papel de ensinar.

2. (BANCO DO BRASIL – ESCRITURÁRIO – CESGRAN-


RIO – 2015)

O sinal indicativo da crase é obrigatório, de acordo com


a norma-padrão da Língua Portuguesa, na palavra des-
tacada em:

a) O atendimento a necessidades de imediatismo da
sociedade justifica o crescimento das formas de
pagamentos digitais.
b) Os sistemas baseados em pagamentos móveis têm cha-
mado a atenção pela sua propagação em todo o mundo.
c) A opção pelas moedas digitais está vincula-
da a possibilidade de diminuir as operações financeiras
com a utilização do papel-moeda.
BANCO DO BRASIL

d) Algumas tendências observadas no comportamen-


to do consumidor e nas tecnologias devem influen-
ciar a infraestrutura dos bancos.
e) Os clientes tradicionais dos bancos já se acostu-
maram  a utilizar suas agências para efetuar suas
atividades de negócio.

1
3. (BANCO DO BRASIL – ESCRITURÁRIO – CESGRAN- 4. (BANCO DO BRASIL – ESCRITURÁRIO – CESGRAN-
RIO – 2015) RIO – 2014)

De acordo com a norma-padrão, se fosse acrescentado


ao trecho “disse o empresário” (L.29) um complemento
informando a quem ele deu a declaração, seria emprega-
do o acento indicativo de crase no seguinte caso:

a) a imprensa especializada.
b) a todos os presentes.
c) a apenas uma parte dos convidados.
d) a suas duas assessoras de imprensa.
e) a duas de suas secretárias.
BANCO DO BRASIL

SABINO, F. Deixa o Alfredo Falar. Rio de Janeiro: Record, 1976.

2
Os trechos à esquerda foram retirados do Texto, e as ex- As lacunas da frase acima são corretamente preenchidas,
pressões em destaque foram substituídas por outras no respectivamente, por:
feminino.
O trecho em cuja reescritura o sinal indicativo de crase a) às - à - à.
está usado de acordo com a norma-padrão é: b) às - à - a.
c) as - a - à.
a) “dei com o bichinho ali mesmo” (l. 28-29) – dei com à d) as - à - a.
boneca ali mesmo. e) às - a - à.
b) “confidenciei a um amigo” (l. 39) – confidenciei à ami-
ga. 6. (BANCO DO BRASIL – ESCRITURÁRIO – CESGRAN-
c) “põem o guarda-chuva na cama” (l. 44-45) – põem à RIO – 2018)
colcha na cama.
d) “Contou-me ainda o sobrinho do monstro” (l. 54) –
Contou-me ainda à sobrinha do monstro.
e) “se achar o cigarro.” (l. 69) – se achar à cigarrilha.

5. (BANCO DO BRASIL – ESCRITURÁRIO – FCC – 2011)

Quando comparado ...... outras aves, os tucanos parecem


ser bem maiores ...... quem os observa, ...... voar na natu-
reza.
Os espaços pontilhados da frase acima estarão correta-
mente preenchidos, na ordem, por:

a) às - a - a.
b) às - à - a.
c) as - a - a.
d) às - a - à.
e) as - à - à.
BANCO DO BRASIL

Com o inchaço populacional decorrente do fluxo mi-


gratório em direção ...... cidades, surgiram problemas na
oferta de serviços ...... população, que muitas vezes não
consegue acesso ...... recursos essenciais.

3
7. (BANCO DO BRASIL – ESCRITURÁRIO – CESGRAN- O sinal indicativo da crase deve ser aplicado em qual das
RIO – 2010) sentenças abaixo?

a) Estarei na ilha a partir de amanhã.


b) Ele é um cavalheiro a moda antiga.
c) O sabiá é admirado devido a seu belo canto.
d) Daqui a uma hora se iniciará o recital.
e) O pomar fica próximo a uma horta.

8. (BANCO DO BRASIL – ESCRITURÁRIO – CESPE –


2008)

Com base no texto acima, julgue os itens subsequentes.


O termo sintático “a 190 bilhões de dólares” (L.9-10) é
iniciado pela preposição “a” por exigência do verbo che-
gar. Se fosse utilizada a expressão soma de, seria pre-
servada a coerência textual, mas a correção gramatical
exigiria que fosse usado o sinal de crase: à soma de 190
bilhões.

( ) CERTO ( ) ERRADO

9. (BANCO DO BRASIL – ESCRITURÁRIO – CESPE –


2008)
BANCO DO BRASIL

Com relação aos sentidos e às estruturas linguísticas do


texto, julgue os itens seguintes.
Por ser constituída de substantivos femininos, a expres-
são “cara a cara” (L.7) pode ser corretamente grafada, no
texto, também como cara à cara.

( ) CERTO ( ) ERRADO

4
10. (BANCO DO BRASIL – ESCRITURÁRIO – CESPE – Em “à importância” (L.7), por ser facultativo o sinal indi-
2008) cativo de crase, sua retirada preservaria a coerência do
texto e o respeito às normas gramaticais.

( ) CERTO ( ) ERRADO

12. (BANCO DO BRASIL – ESCRITURÁRIO – CESPE –


2002)

O sinal indicativo de crase em “às brasileiras” (L.12-13)


justifica-se pela relação entre o termo “similares” (L.12) e
sua complementação no feminino.

( ) CERTO ( ) ERRADO

11. (BANCO DO BRASIL – ESCRITURÁRIO – CESPE –


2009)

Com base no texto III, julgue os itens seguintes.


O texto permaneceria correto caso se substituísse o trecho
“que têm à disposição” (L.17-18) por que têm à sua disposição.

( ) CERTO ( ) ERRADO

13. (BANCO DO BRASIL – ESCRITURÁRIO – CESPE –


2002)
BANCO DO BRASIL

5
Relativamente ao texto e ao assunto nele tratado, julgue
os itens seguintes.
O sinal indicativo de crase em “àqueles” (l.9) indica que
ocorre aí uma preposição, a, por exigência do substanti-
vo “agrado” (l.8), segundo as regras de regência da nor-
ma culta.

( ) CERTO ( ) ERRADO

14. (BANCO DO BRASIL – ESCRITURÁRIO – CESPE –


2002)

O uso do sinal indicativo de crase em “levaram a mudan-


ças” (l.2) é facultativo, porque “mudanças” está no plural.

( ) CERTO ( ) ERRADO

15. (BANCO DO BRASIL – ESCRITURÁRIO – CESPE –


2003)

Com relação ao texto IV e a aspectos de língua portu-


guesa e de matemática nele encontrados, julgue o item
que se segue.
Em “a 47,3%” (L.13), seria correto introduzir o sinal indi-
cativo de crase em “a”.

( ) CERTO ( ) ERRADO
BANCO DO BRASIL

6
16. (BANCO DO BRASIL – ESCRITURÁRIO – CESPE – Em “disposto a fomentar” (L.2), se fosse empregado o
2003) sinal indicativo de crase em “a”, isso não causaria erro
Texto II gramatical.
1 A sociedade brasileira clama por transformações
e a esperança tornou-se palavra-chave desses novos ( ) CERTO ( ) ERRADO
tempos.
A superação dos graves problemas que afligem o povo 18. (BANCO DO BRASIL – ESCRITURÁRIO – CESPE –
4 brasileiro, como a fome e a miséria, é o principal desa- 2007)
fio do novo governo. 1 Não foi por falta de aviso. Desde 2004, a Aeronáutica
Vencer as desigualdades faz parte de uma vem advertindo dos riscos do desinvestimento no con-
7 estratégia e de um novo modelo de desenvolvimento trole do tráfego aéreo. Ao apresentar suas propostas
para o país, que pode dispor, para tanto, da imensa ri- 4 orçamentárias de 2004, 2005 e 2006, o Departamento de
queza natural de nossa Nação. Controle do Espaço Aéreo (DECEA) informou, por escrito,
10 A construção de um novo momento histórico é um que a não liberação integral dos recursos pedidos levaria
compromisso que deve estar pautado em todas as ações
7 à situação vivida agora no país. Mesmo assim, as verbas
de governo. Nesse contexto é que afirmamos o direito da
foram cortadas ano após ano pelo governo, em dois
13 sociedade brasileira à informação e à educação. O
momentos: primeiro no orçamento, depois na liberação
caminho, portanto, é o da inclusão social, momento em
10 efetiva do dinheiro.
que deve ser construída uma nova cultura embasada nos
As advertências do DECEA foram feitas à Secretaria de
direitos
Orçamento Federal do Ministério do
16 fundamentais da vida humana, fortalecidos na con-
13 Planejamento, na oportunidade em que foram solicita-
cepção e na prática de uma nova política social e econô-
mica para o país. das verbas para “operação, manutenção, desenvolvimento
e modernização do Sistema de Controle do Espaço Aéreo
Acerca do texto II e do tema nele abordado, julgue o item 16 Brasileiro (SISCEAB)”. Elas são citadas em relatório do
subsequente. Tribunal de Contas da União (TCU).
O emprego dos sinais indicativos de crase antes de “in- O Estado de S.Paulo, 25/3/2007, p. C6 (com adaptações).
formação” (L.13) e de “educação” (L.13) mostra que estes
substantivos complementam “direito” (L.12). Com referência às estruturas e às ideias do texto, bem
como a aspectos associados aos temas nele tratados, jul-
gue o próximo item.
( ) CERTO ( ) ERRADO
O sinal indicativo de crase em “à situação” (L7) justifica-
-se pela regência de “pedidos” (L6) e pela presença de
17. (BANCO DO BRASIL – ESCRITURÁRIO – CESPE –
artigo definido, feminino, singular.
2003)
( ) CERTO ( ) ERRADO

19. (BANCO DO BRASIL – ESCRITURÁRIO – CESPE –


2007)

1 O Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB)


chega a Pernambuco disposto a0 fomentar ainda mais a
rica produção cultural do estado. Música, teatro,
4 literatura, cinema e artes plásticas se unem para formar
um pólo criativo que alia tradição e modernidade em um
precioso equilíbrio. Além de receber o talento local de
7 braços abertos, na antiga estação ferroviária central do
BANCO DO BRASIL

Recife, o CCBB pretende, enfim, transformar em


realidade o tão sonhado caminho de mão dupla entre o O emprego de sinal indicativo de crase em “à Airbus”
10 Nordeste e as demais regiões brasileiras. Erguida des- (l.13) justifica-se pela regência de “ajuda” (l.12) e pela
de sempre, essa ponte imaginária insiste até hoje em presença de artigo definido feminino singular.
bloquear o tráfego em um dos sentidos.
Rodrigo Alves. Veredas — Revista de Cultura do Banco do
( ) CERTO ( ) ERRADO
Brasil, n.º 90, jun./2003, p. 21 (com adaptações).

7
20. (BANCO DO BRASIL – ESCRITURÁRIO – CESGRAN- Após ler o texto, que é uma reportagem, um funcionário
RIO – 2018) De acordo com as exigências da norma- do jornal decidiu enviá-lo por e-mail a um colega, mas,
-padrão da língua portuguesa, o verbo destacado está além do texto completo, ele resolveu também anexar
corretamente empregado em: uma imagem com a capa do jornal. A mensagem envia-
da tinha, porém, uma concordância que desrespeitava a
a) No mundo moderno, conferem-se às grandes metró- norma-padrão.
poles importante papel no desenvolvimento da eco- Essa concordância equivocada está exemplificada em:
nomia e da geopolítica mundiais, por estarem no topo
da hierarquia urbana. a) Mando-lhe dois arquivos alusivos à matéria menciona-
b) Conforme o grau de influência e importância interna- da em epígrafe.
cional, classificou-se as 50 maiores cidades em três b) Segue os dois arquivos que mencionei sobre a cartilha
diferentes classes, a maior parte delas na Europa. do consumidor.
c) Há quase duzentos anos, atribuem-se às cidades a c) Envio dois arquivos atachados referentes aos itens que
responsabilidade de motor propulsor do desenvolvi- mencionei acima.
mento e a condição de lugar privilegiado para os ne- d) Veja nos anexos os dois arquivos sobre a matéria men-
gócios e a cultura. cionada.
d) Em centros com grandes aglomerações populacionais, e) Anexo nesta mensagem dois arquivos relacionados
realiza-se negócios nacionais e internacionais, além com a reportagem.
de um atendimento bastante diversificado, como jor-
nais, teatros, cinemas, entre outros. 22. (BANCO DO BRASIL – ESCRITURÁRIO – CESGRAN-
e) Em todos os estudos geopolíticos, considera-se as ci- RIO – 2014)
dades globais como verdadeiros polos de influência
internacional, devido à presença de sedes de grandes
empresas transnacionais e importantes centros de
pesquisas.

21. (BANCO DO BRASIL – ESCRITURÁRIO – CESGRAN-


RIO – 2015)

BAPTISTA, A.; LEE, R.; DIAS, S. Ando meio desligado.


Intérprete:Os Mutantes. In: MUTANTES. A divina comédia
ou Ando meio desligado. Rio de Janeiro: Polydor/Polyfar.
p1970. 1 disco sonoro,Lado 1, faixa 1 (3 min 2s).

De acordo com a norma-padrão, a concordância entre os


dois pares de vocábulos está adequada em:

a) pouco distraída – meio desligadas.


b) poucos distraídos – meios desligados.
c) poucos distraídos – meia desligada.
d) pouco distraído – meias desligadas.
e) pouca distraída – meia desligadas.
BANCO DO BRASIL

8
23. (BANCO DO BRASIL – ESCRITURÁRIO – CESGRAN- 24. (BANCO DO BRASIL – ESCRITURÁRIO – CESGRAN-
RIO – 2014) RIO – 2014)

Na oração “gritos da torcida local imitavam o som de


macacos” (subtítulo), observa-se o respeito à norma-
-padrão no que toca à concordância entre o sujeito e seu O emprego do verbo obter está adequado à norma-pa-
verbo correspondente. drão apenas em:
Em qual dos casos abaixo houve, também, respeito à
norma-padrão quanto à concordância verbal? a) Com as apostas, obtém-se recursos para diversas pes-
quisas científicas.
a) A maioria dos torcedores zombou do jogador b) Quando o pessoal obtiverem êxito, o grupo que faz
b) Houveram muitos gritos imitando o som de macacos. aposta coletiva vai viajar pelo mundo.
BANCO DO BRASIL

c) Ainda existe atitudes racistas no país c) Caso obtenham êxito na Mega-Sena, os apostadores
d) Deve ser respeitada as diferenças entre as pessoas farão as cem coisas possíveis antes de morrer.
e) Uniu-se em atitude racista os torcedores. d) A procura das pessoas pelo enriquecimento rápido
obtêm bons recursos financeiros para o país.
e) Se obterem recursos, certamente as pessoas farão
mais de cem coisas antes de morrer.

9
25. (BANCO DO BRASIL – ESCRITURÁRIO – FCC – 2011) 26. (BANCO DO BRASIL – ESCRITURÁRIO – FCC – 2011)

A concordância verbal e nominal está inteiramente cor-


reta na frase:
A concordância verbal e nominal está inteiramente cor-
a) A busca por melhores condições de vida nas grandes reta na frase:
cidades levam muitas pessoas para uma situação de
total desamparo, decorrentes da falta de empregos. a) Muitos migrantes nordestinos, que se retiraram para
b) A oferta de serviços para a população das grandes ci- o Sudeste em busca de melhores condições de vida,
dades são imprescindíveis para o desenvolvimento de estão voltando agora para sua região, atraídos pelo
uma sociedade harmônica e equilibrada. bom desempenho da economia.
c) As autoridades públicas, diante do crescimento espan- b) Os investimentos anunciados para o complexo indus-
toso da população, nem sempre consegue oferecer trial do Porto de Suape, onde se encontra o estaleiro
condições de vida digna aos moradores da cidade. Atlântico Sul, modificou radicalmente a dinâmica da
d) A zona rural, antes habitada pela maioria dos brasilei- economia da região.
ros, ainda hoje permanecem como importantes pro- c) Várias empresas, brasileiras e multinacionais, que se
dutores de alimentos para os que vivem nas cidades. instalou no complexo do Porto de Suape estão geran-
BANCO DO BRASIL

e) Os habitantes das grandes cidades sempre esperam do dezenas de milhares de empregos à população,
que o poder público lhes ofereça bom atendimento antes sem qualquer opção de trabalho.
em saúde, ensino eficiente e moradia digna. d) Para todos aqueles que vive na região, a abertura de
postos de trabalho significaram a possibilidade de
planejar a vida, com projetos de longo prazo, aliados à
renda e à estabilidade.

10
e) O desenvolvimento de tecnologias portadoras de fu- 28. (BANCO DO BRASIL – ESCRITURÁRIO – FCC – 2010)
turo, referência às inovações tecnológicas, resultaram A multiplicação de desastres naturais vitimando popula-
no surgimento de um dos ambientes mais ricos do ções inteiras é inquietante: tsunamis, terremotos, secas e
país na área de inovação e empreendedorismo. inundações devastadoras, destruição da camada de ozô-
nio, degelo das calotas polares, aumento dos oceanos,
27. (BANCO DO BRASIL – ESCRITURÁRIO – FCC – 2011) aquecimento do planeta, envenenamento de mananciais,
A média universal do Índice de Desenvolvimento Hu- desmatamentos, ocupação irresponsável do solo, imper-
mano aumentou 18% desde 1990. Mas a melhora esta- meabilização abusiva nas grandes cidades. Alguns desses
tística está longe de animar os autores do Relatório de fenômenos não estão diretamente vinculados à conduta
2010. Eles argumentam que, embora os números refli- humana. Outros, porém, são uma consequência direta de
tam avanços em determinadas áreas, o mundo continua nossas maneiras de sentir, pensar e agir.
a conviver com problemas graves, que exigem uma nova É aqui que avulta o exemplo de Hans Jonas. Em 1979 ele
perspectiva política. publicou O Princípio Responsabilidade. A obra mostra
O cenário apresentado pelo Relatório não é animador. O que as éticas tradicionais - antropocêntricas e baseadas
documento adverte que, nestes 20 anos, parte dos países numa concepção instrumental da tecnologia - não esta-
enfrentou sérios problemas, sobretudo na saúde, anulan- vam à altura das consequências danosas do progresso
do em alguns anos os ganhos de várias décadas. Além tecnológico sobre as condições de vida humana na Terra
disso, o crescimento econômico tem sido desigual. Os e o futuro das novas gerações. Jonas propõe uma ética
padrões de produção e consumo atuais são considera- para a civilização tecnológica, capaz de reconhecer para
dos inadequados. a natureza um direito próprio. O filósofo detectou a pro-
Embora não queira apresentar receitas prontas, o Rela- pensão de nossa civilização para degenerar de maneira
tório traça caminhos possíveis. Entre eles, o reconheci- desmesurada, em virtude das forças econômicas e de
mento da ação pública na regulação da economia para outra índole que aceleram o curso do desenvolvimento
proteger grupos mais vulneráveis. Outro aspecto ressal- tecnológico, subtraindo o processo de nosso controle.
Tudo se passa como se a aquisição de novas competên-
tado é a necessidade de considerar pobreza, crescimento
cias tecnológicas gerasse uma compulsão a seu apro-
e desigualdade como temas interligados. “Crescimento
veitamento industrial, de modo que a sobrevivência de
rápido não deve ser o único objetivo político, porque ig-
nossas sociedades depende da atualização do potencial
nora a distribuição do rendimento e negligencia a sus-
tecnológico, sendo as tecnociências suas principais for-
tentabilidade do crescimento”, informa o texto.
ças produtivas. Funcionando de modo autônomo, essa
Um aspecto importante revelado pelo Relatório é que
dinâmica tende a se reproduzir coercitivamente e a se
muitas das ações para melhoria da saúde e da educa-
impor como único meio de resolução dos problemas
ção não necessitam de grande investimento financeiro. sociais surgidos na esteira do desenvolvimento. O para-
Isso está mais presente sobretudo onde os indicadores doxo consiste em que o progresso converte o sonho de
são ruins. “Numa primeira etapa, medidas simples como felicidade em pesadelo apocalíptico - profecia macabra
inclusão do soro caseiro e lavagem das mãos já trazem que tem hoje a figura da catástrofe ecológica. [...]
impacto relevante”, avalia Flávio Comim, economista do Jonas percebeu o simples: para que um “basta” derradei-
Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento. ro não seja imposto pela catástrofe, é preciso uma nova
(Adaptado de Lígia Formenti. O Estado de S. Paulo, A30 conscientização, que não advém do saber oficial nem da
Vida, 5 de novembro de 2010) conduta privada, mas de um novo sentimento coletivo de
responsabilidade e temor. Tornar-se inventivo no medo,
A frase em que a concordância verbal e nominal está in- não só reagir com a esperteza de “poupar a galinha dos
teiramente respeitada é: ovos de ouro”, mas ensaiar novos estilos de vida, com-
prometidos com o futuro das próximas gerações.
a) Ainda não foi suficiente os investimentos na tentati- (Adaptado de Oswaldo Giacoia Junior. O Estado de S.
va de redução dos índices de pobreza verificados em Paulo, A2 Espaço Aberto, 3 de abril de 2010)
todo o mundo.
b) Em relação ao poder aquisitivo, ainda se observa da- A concordância verbal e nominal está inteiramente cor-
dos assustadores quanto à miséria em que vivem po- reta na frase:
pulações inteiras.
c) São claras algumas implicações políticas na área do a) Foram detectadas, nas análises mais recentes, a presença
desenvolvimento humano, pois é imprescindível a de partículas de poluentes prejudiciais à saúde humana.
ação do poder público na erradicação da miséria. b) Estão havendo problemas nas negociações sobre o cli-
d) Deve ser levado em conta a sustentabilidade do cres- ma por falta de consenso entre os países participantes.
cimento econômico, para que se garanta melhorias c) Cada vez mais se tornam imprescindíveis medidas que
efetivas das condições de vida da população. venham a alterar o relacionamento entre o homem e
e) Alguns especialistas tende a atribuir à crise financeira a natureza.
BANCO DO BRASIL

a principal razão do retrocesso nos resultados satisfa- d) Quando entra em discussão nos países envolvidos as
tórios que já tinha sido alcançado. questões sobre responsabilidade climática, dificilmen-
te se chega a um acordo.
e) Chegaram-se a impasses nas negociações sobre a sus-
tentabilidade do planeta pela impossibilidade de de-
terminar a responsabilidade de cada país.

11
29. (BANCO DO BRASIL – ESCRITURÁRIO – CESPE – Com relação às informações do texto acima e à sua orga-
2008) nização, julgue o item a seguir.
Na linha 17, a substituição de “estiver” por está, provo-
caria incoerência textual e incorreção gramatical no pe-
ríodo.

( ) CERTO ( ) ERRADO

31. (BANCO DO BRASIL – ESCRITURÁRIO – CESPE –


2008)

O emprego de singular em “houve” (L.4) deve-se ao sin-


gular em “um incremento” (L.4-5) e, por isso, se essa ex- Julgue o próximo item quanto às informações e à estru-
pressão estivesse no plural, o verbo deveria ser emprega- tura linguística do texto.
do também no plural. A comparação entre “são oferecidos” e “é quanto custa”,
no segundo quadro, mostra que a concordância que se es-
( ) CERTO ( ) ERRADO tabelece com sujeitos em forma de numeral segue o signi-
ficado da quantidade expressa: 1 pede singular e 4, plural.
30. (BANCO DO BRASIL – ESCRITURÁRIO – CESPE –
2008) ( ) CERTO ( ) ERRADO

32. (BANCO DO BRASIL – ESCRITURÁRIO – CESPE –


2008)
BANCO DO BRASIL

12
O sinal de acentuação gráfica em “mantêm” (L.3) marca › Peça um nada-consta depois do encerramento da con-
o plural do verbo, que assim é acentuado para concordar ta.
com “trocas” (L.2). Fonte: IDC/PROCON-DF e Banco Central do Brasil.

( ) CERTO ( ) ERRADO Com base no texto acima, julgue os itens a seguir.


O uso das formas verbais no imperativo concordando
33. (BANCO DO BRASIL – ESCRITURÁRIO – CESPE – com você no lugar de tu contribui para que o texto ins-
2009) trucional seja mais informal, direto e objetivo.

( ) CERTO ( ) ERRADO

35. (BANCO DO BRASIL – ESCRITURÁRIO – CESPE –


2002)
1 A indústria armamentista movimenta anualmente cerca
de 800 bilhões de dólares. É uma quantia equivalente a
2,5% do PIB mundial. Com um investimento de apenas 8
bilhões de dólares - 4 menos do que quatro dias de gas-
tos militares mundiais -, todas as crianças do planeta que
hoje estão fora da escola poderiam frequentar uma sala
de aula. Aliás, a fabricação de um único tanque de guerra
7 consome o equivalente à construção de 520 salas de
aula, e o custo de um avião de caça supersônico daria
para equipar 40 mil consultórios médicos.
“O desperdício da indústria da guerra”. In: Família Cristã,
ano 68, n./ 795, mar./2002, p. 12 (com adaptações).

A partir do texto acima, julgue o item subsequente.


O emprego de “cada” no lugar de “todas as” (l.4) preser-
varia a quantificação de totalidade para “crianças” (l.5),
Julgue os seguintes itens, a respeito do texto acima.
mas exigiria ajustes de concordância na oração.
Os verbos estão flexionados no singular em “É” (L.9),
“conta” (L.10) e “acena” (L.10) para concordar com “psi-
cologia” (L.8). ( ) CERTO ( ) ERRADO

36. (BANCO DO BRASIL – ESCRITURÁRIO – CESPE –


( ) CERTO ( ) ERRADO
2003)
Ano internacional da água: alerta para crise sem prece-
34. (BANCO DO BRASIL – ESCRITURÁRIO – CESPE – dentes
2002) 1 O Programa Mundial para a Avaliação dos Recursos de
Água Doce, uma colaboração entre 23 agências das Na-
1 Abrir conta em banco é mais simples do que encerrá-la, ções
mas também exige alguns cuidados. Veja abaixo os pro- Unidas, apresentou seu Relatório Mundial de Desenvol-
cedimentos mais adequados para os correntistas. vimento da Água durante o 3.º Fórum Mundial da Água,
4 Para abrir uma conta realizado em Kyoto, Japão.
› Leia com atenção o contrato (ou carta-proposta). Não 4 O informe mundial sobre a água adverte os gover-
assine nada sem antes esclarecer todas as dúvidas. nos sobre a “inércia política”, que só agrava a situação,
7 › Leve uma cópia e o original da carteira de identidade, marcada pela permanente redução dos mananciais do
do Cadastro de Pessoa Física (CPF) e de um comprovante planeta, pelo alto grau de poluição e pelo aquecimento
de residência. global. De acordo com o documento, o agravamento da
10 › Peça uma cópia de todos os documentos assinados. escassez de água dificultará o combate à fome no mun-
< Deposite pelo menos o valor mínimo pedido pelo ban- do, comprometendo a meta mundial de
co. A quantia varia de acordo com cada banco. 7 erradicar a fome até 2050. Atualmente, 25 mil pessoas
13 › Comunique ao banco, por escrito, qualquer mudan- morrem de fome a cada dia e outras 815 milhões sofrem
ça de endereço ou número de telefone. de desnutrição. Com o agravamento da falta de água,
Para encerrar uma conta esses números tendem a piorar.
16 › Entregue ao banco uma correspondência em que O alerta de que o mundo enfrenta uma crise sem preceden-
solicite o encerramento da conta (exija recibo na cópia), tes no abastecimento de água, feito pela ONU, está contido
BANCO DO BRASIL

ou mande-a pelo correio, por meio de carta registrada. 10 no estudo coordenado pela UNESCO e apresenta dois
19 › Verifique se todos os cheques emitidos foram com- cenários sobre escassez. No primeiro, são 2 bilhões de
pensados para evitar que seu nome vá parar no Cadastro pessoas sem água em 48 países. No segundo, mais pessi-
de Emitentes de Cheques sem Fundo. mista, são 7 bilhões em 60 nações. Em 2050, a população
22 › Devolva ao banco os cheques que ainda estão com mundial estimada será de 9,3 bilhões de pessoas.
você. Eles serão incinerados. Notícias UNESCO, 2003, p. 6-7 (com adaptações).

13
Mantêm-se as relações de sentido e a correção grama- 38. (BANCO DO BRASIL – ESCRITURÁRIO – CESPE –
tical do texto ao se substituir o verbo “piorar” (L.8) por 2003)
ficarem piores. Texto VI
1 Câmbio é toda operação em que há troca de
( ) CERTO ( ) ERRADO moeda nacional por moeda estrangeira ou vice-versa. Por
exemplo, quando uma pessoa vai viajar para o exterior e
37. (BANCO DO BRASIL – ESCRITURÁRIO – CESPE – 4 precisa de dinheiro para sua estada ou para suas com-
2003) pras, o banco vende a essa pessoa moeda estrangeira
(recebe moeda
Texto VII nacional e lhe entrega moeda estrangeira). Quando essa
1 Uma das novas tendências brasileiras é a demanda po- 7 pessoa retorna da viagem ao exterior e ainda possui
pular, mesmo nas camadas mais pobres, por vaga nas algum dinheiro do país que visitou, o banco compra a
universidades, especialmente nas públicas, livres moeda estrangeira (recebe a moeda estrangeira e lhe en-
4 das pesadas mensalidades. Emparelha-se, para cente- trega moeda
nas de milhares de jovens de escolas públicas, ao sonho 10 nacional). Denomina-se mercado de câmbio o am-
da casa própria. Mas, pela falta de recursos, essas insti- biente abstrato onde se realizam as operações de câm-
tuições têm bio entre os agentes autorizados pelo Banco Central do
7 cada vez menos condições de abrir novas vagas e ga- Brasil (BACEN)
rantir a qualidade de ensino. 13 — bancos, corretoras, distribuidoras, agências de tu-
Como o Brasil convive simultaneamente com rismo e meios de hospedagem — e entre estes e seus
10 diferentes décadas (ou mesmo séculos), enfrentam- clientes.
-se, lado a lado, a fome mais primitiva, o trabalho escra- Com relação ao texto VI e ao tema nele enfocado, julgue
vo e infantil e a pressão dos milhões de estudantes de o item a seguir.
escolas públicas A forma verbal “recebe” (L.9) está no singular para con-
13 que correm atrás de um diploma de faculdade, exigi- cordar com “essa pessoa” (L.6-7).
do por uma sociedade com forte impacto tecnológico.
Sinais desse movimento são algumas inovações ( ) CERTO ( ) ERRADO
16 que serão lançadas ainda neste semestre em São Pau-
lo e compõem o novo perfil do Brasil. A prefeitura decidiu 39. (BANCO DO BRASIL – ESCRITURÁRIO – CESGRAN-
fortalecer os cursinhos pré-vestibulares gratuitos e ga- RIO – 2018)
rantir A regência do verbo destacado está de acordo com as
19 bolsas nos que são pagos. É algo que, até há pouco exigências da norma-padrão da língua portuguesa em:
tempo, ninguém poderia imaginar como papel de uma
prefeitura, encarregada, pela lei, do ensino fundamental. a) Para ganhar espaço no mercado imobiliário, os bancos
Percebeu-se costumam a ampliar prazos e limites e baratear o fi-
22 que, sem determinado tipo de habilitação e formação nanciamento da casa própria.
escolar, o jovem, mesmo de classe média baixa, entra no b) O planejamento econômico é fundamental para o su-
círculo da marginalidade. cesso de um empreendimento familiar, o que envolve
25 Muitas empresas estão exigindo diploma de ao ato de pesquisar as melhores oportunidades dis-
ensino médio a trabalhadores para executarem ativida- poníveis.
des que, no passado, ficavam nas mãos de analfabetos c) Antes de se comprometer com a aquisição de um imó-
ou de vel acima de sua renda, recomenda-se ao comprador
28 semi-analfabetos. Indústrias mais sofisticadas prefe- que pesquise melhores condições de mercado.
rem operários com cursos universitários. d) A inadimplência ocorre quando o cidadão não acata
Internet: <http://www.folhauol.com.br> (com adapta- às cláusulas que determinam os prazos dos emprésti-
ções). mos bancários.
e) Grande parte das pessoas que se candidatam a em-
Julgue os itens a seguir, relativos ao texto VII e ao tema préstimos bancários aspiram a construção da casa
nele abordado. própria.
A forma singular da palavra “vaga” (L.3) é exigência da
concordância com “demanda popular” (L.2).

( ) CERTO ( ) ERRADO
BANCO DO BRASIL

14
40. (BANCO DO BRASIL – ESCRITURÁRIO – CESGRAN- 42. (BANCO DO BRASIL – ESCRITURÁRIO – FCC – 2011)
RIO – 2014)

BAPTISTA, A.; LEE, R.; DIAS, S. Ando meio desligado.


Intérprete:Os Mutantes. In: MUTANTES. A divina comédia
ou Ando meio desligado. Rio de Janeiro: Polydor/Polyfar.
p1970. 1 disco sonoro,Lado 1, faixa 1 (3 min 2s).

No par de frases abaixo, os usos das preposições nas


expressões destacadas estão de acordo com a norma-
-padrão em:

a) O fumo é nocivo à saúde – O fumo é danoso com a


saúde.
b) Apaguei todas as lembranças do passado – Apaguei
todas as memórias do passado.
c) Ela é hábil para trabalhos manuais – Ela tem habilida-
de com trabalhos manuais.
d) Suas ideias não estão compatíveis com os meus in-
teresses – Suas ideias são incompatíveis aos meus
interesses.
e) Tenho loucura por conhecer a Europa – Sou louco a
conhecer a Europa.

41. (BANCO DO BRASIL – ESCRITURÁRIO – CESGRAN-


RIO – 2012) A frase em que a presença ou ausência da
preposição está de acordo com a norma-padrão é: Com o inchaço populacional decorrente do fluxo mi-
gratório em direção ...... cidades, surgiram problemas na
a) A certeza que a sorte chegará para mim é grande. oferta de serviços ...... população, que muitas vezes não
b) Preciso de que me arranjem um emprego. consegue acesso ...... recursos essenciais.
c) Convidei à Maria para vir ao escritório.
d) A necessidade que ele viesse me ajudar me fez chamá- As lacunas da frase acima são corretamente preenchidas,
-lo. respectivamente, por:
e) Às dez horas em ponto, estarei à sua casa.
a) às - à - à.
b) às - à - a.
c) as - a - à.
d) as - à - a.
e) às - a – à.
BANCO DO BRASIL

15
43. (BANCO DO BRASIL – ESCRITURÁRIO – FCC – 2011) 44. (BANCO DO BRASIL – ESCRITURÁRIO – FCC – 2011)

Os anos 60 registraram um dramático fluxo migratório ...


(início do texto)
A mesma relação de regência entre verbo e complemen-
to, grifados acima, está na frase:

a) Em 1968, só a capital paulista recebia dez mil novos Interiorização das universidades federais e a criação de
moradores a cada mês. novos institutos tecnológicos também mudam a cara do
b) O fluxo Nordeste-Sudeste (...), atualmente, é insigni- Nordeste... (3o parágrafo)
ficante. O mesmo tipo de complemento grifado acima está na
c) Esse número estará na casa dos 90% até 2020. frase:
d) As novas rotas migratórias apontam para o Pará, ao
Norte, Santa Catarina, ao Sul, e para os três estados a) ... que mexeram com a renda ...
do Centro-Oeste ... b) ... que mais crescem na região.
e) Pela primeira vez as riquezas e as oportunidades bro- c) ... que movimentam milhões de reais ...
tam por todo o território nacional. d) A outra face do “novo Nordeste” está no campo.
e) ... onde as condições são bem menos favoráveis ...
BANCO DO BRASIL

16
45. (BANCO DO BRASIL – ESCRITURÁRIO – FCC – 2011) 46. (BANCO DO BRASIL – ESCRITURÁRIO – FCC – 2011)
Desde o início da evolução humana, buscamos formas A multiplicação de desastres naturais vitimando popula-
alternativas para o nosso desenvolvimento, seja por meio ções inteiras é inquietante: tsunamis, terremotos, secas e
da fala, de ferramentas ou de associações para superar inundações devastadoras, destruição da camada de ozô-
barreiras. nio, degelo das calotas polares, aumento dos oceanos,
Nos últimos tempos, nos acostumamos à expressão Tec- aquecimento do planeta, envenenamento de mananciais,
nologia Social, sem compreender exatamente o que isso desmatamentos, ocupação irresponsável do solo, imper-
significa. meabilização abusiva nas grandes cidades. Alguns desses
Para a Fundação Banco do Brasil, o conceito de Tecno- fenômenos não estão diretamente vinculados à conduta
logia Social percorre as experiências desenvolvidas nas humana. Outros, porém, são uma consequência direta de
comunidades urbanas e rurais, nos movimentos sociais, nossas maneiras de sentir, pensar e agir.
nos centros de pesquisa e nas universidades? que podem É aqui que avulta o exemplo de Hans Jonas. Em 1979 ele
produzir métodos, técnicas ou produtos que contribuam publicou O Princípio Responsabilidade. A
para a inclusão e a transformação social, em particular obra mostra que as éticas tradicionais - antropocêntricas
quando desenvolvidas em um processo no qual se soma e baseadas numa concepção instrumental da tecnolo-
e se compartilha o conhecimento científico com o saber gia - não estavam à altura das consequências danosas
popular. do progresso tecnológico sobre as condições de vida
Muitas experiências foram desenvolvidas no Brasil, nos humana na Terra e o futuro das novas gerações. Jonas
últimos anos, tendo como perspectiva a construção do propõe uma ética para a civilização tecnológica, capaz
desenvolvimento local, com sustentabilidade. Nesse de reconhecer para a natureza um direito próprio. O filó-
processo, o objetivo é, ao mesmo tempo, dinamizar as sofo detectou a propensão de nossa civilização para de-
potencialidades locais e desbloquear aqueles entraves generar de maneira desmesurada, em virtude das forças
que impedem esse potencial de se realizar. Grupos e co- econômicas e de outra índole que aceleram o curso do
munidades organizadas, ou em organização, presentes desenvolvimento tecnológico, subtraindo o processo de
em todo o país, buscam levar adiante projetos de gera- nosso controle.
ção de trabalho e renda nas mais diversas realidades, seja Tudo se passa como se a aquisição de novas competên-
no campo, seja nas pequenas, médias e grandes cidades. cias tecnológicas gerasse uma compulsão a seu apro-
Nos povoados com características do mundo rural, esses veitamento industrial, de modo que a sobrevivência de
projetos aparecem em atividades tradicionais que vão do nossas sociedades depende da atualização do potencial
artesanato, casas de farinha, criação de galinha caipira, tecnológico, sendo as tecnociências suas principais for-
produção de rapadura ou de cachaça até às atividades ças produtivas. Funcionando de modo autônomo, essa
mais novas da apicultura, piscicultura, fruticultura. Nas dinâmica tende a se reproduzir coercitivamente e a se
grandes cidades, na reciclagem, nos espaços de inclusão impor como único meio de resolução dos problemas
digital e nas rádios comunitárias, entre outras atividades, sociais surgidos na esteira do desenvolvimento. O para-
milhares de pessoas desenvolvem empreendimentos doxo consiste em que o progresso converte o sonho de
econômicos e solidários, dos quais muitos contam com a felicidade em pesadelo apocalíptico - profecia macabra
parceria da Fundação Banco do Brasil. que tem hoje a figura da catástrofe ecológica. [...]
(Adaptado de artigo de Jacques de Oliveira Pena. Jonas percebeu o simples: para que um “basta” derradei-
http://www.fbb.org.br/portal/pages/publico/expandir. ro não seja imposto pela catástrofe, é preciso uma nova
fbb?codConteudoLog=8577, acessado em 15 de janeiro conscientização, que não advém do saber oficial nem da
de 2011) conduta privada, mas de um novo sentimento coletivo de
Desde o início da evolução humana, buscamos formas responsabilidade e temor. Tornar-se inventivo no medo,
alternativas para o nosso desenvolvimento ... (1o pará- não só reagir com a esperteza de “poupar a galinha dos
grafo) ovos de ouro”, mas ensaiar novos estilos de vida, com-
A mesma relação existente entre o verbo e o comple- prometidos com o futuro das próximas gerações.
mento, grifados acima, está em: (Adaptado de Oswaldo Giacoia Junior. O Estado de S.
Paulo, A2 Espaço Aberto, 3 de abril de 2010)
a) ... o conceito de Tecnologia Social percorre as expe- Em 1979 ele publicou O Princípio Responsabilidade. (iní-
riências desenvolvidas nas comunidades urbanas e cio do 3º parágrafo)
rurais ... A frase cujo verbo exige o mesmo tipo de complemento
b) ... que contribuam para a inclusão e a transformação que o grifado acima é:
social ...
c) ... esses projetos aparecem em atividades tradicionais a) ... a sobrevivência de nossas sociedades depende da
... atualização do potencial tecnológico ...
d) ... que vão do artesanato (...) até às atividades mais b) ... que não advém do saber oficial nem da conduta
novas da apicultura ... privada ...
BANCO DO BRASIL

e) ... muitos contam com a parceria da Fundação Banco c) ... que as éticas tradicionais [...] não estavam à altura
do Brasil. das consequências danosas do progresso tecnológico
...
d) ... para degenerar de maneira desmesurada ...
e) ... que aceleram o curso do desenvolvimento tecnoló-
gico ...

17
47. (BANCO DO BRASIL – ESCRITURÁRIO – CESPE – 49. (BANCO DO BRASIL – ESCRITURÁRIO – CESPE –
2008) 2008)

A partir do texto acima, julgue o item que se segue.


O emprego das preposições em “da responsabilidade”
(L.9) e “para a comunidade” (L.10) é exigido, respectiva-
mente, por “preço” (L.8) e “dirigir” (L.9).

( ) CERTO ( ) ERRADO
Com relação às ideias e às estruturas linguísticas do tex-
48. (BANCO DO BRASIL – ESCRITURÁRIO – CESPE – to, julgue o item que se segue.
2008) O emprego de duas preposições diferentes na expressão
“na e pela linguagem” (L.13) respeita as regras de regên-
cia da gramática e ressalta que “linguagem” resulta em
relações semânticas diferentes quando é regida por em,
e quando é regida por por.

( ) CERTO ( ) ERRADO

50. (BANCO DO BRASIL – ESCRITURÁRIO – CESPE –


2009)

A partir do texto acima, julgue o item que se segue.


Quando tem complementação, como na acepção usada
em “sucumbimos” (L.1), o verbo sucumbir exige o em-
prego da preposição a, como em “aos nossos impulsos”
(L.1). Por isso, se esse complemento estivesse no femini-
no plural, seria correto o emprego de às.

( ) CERTO ( ) ERRADO
BANCO DO BRASIL

Julgue o item que se segue, a respeito do texto acima.


A preposição “com” (L.8) é exigida pela forma verbal
“combina” (L.5); por isso, sua retirada do texto provocaria
erro gramatical e incoerência textual.

( ) CERTO ( ) ERRADO

18
51. (BANCO DO BRASIL – ESCRITURÁRIO – CESPE – 53. (BANCO DO BRASIL – ESCRITURÁRIO – FCC – 2009)
2009) Com base nas ideias e estruturas do texto acima, julgue
o item a seguir.
Em “de longe” (L.4), a substituição da preposição por ao
mantém o respeito às regras gramaticais, mas altera as
relações de significação no período sintático.

( ) CERTO ( ) ERRADO

54. (BANCO DO BRASIL – ESCRITURÁRIO – CESPE –


2002)
Texto III
1 Em 2001, o BB adotou medidas que conferem maior
transparência às decisões internas e às movimentações
da empresa no mercado bancário. Os ajustes patrimo-
niais
4 ocorridos em junho, o novo estatuto, aprovado pela
assembleia de acionistas em agosto, o aprimoramento
do processo decisório e o aperfeiçoamento do modelo
de
7 negociação tornam muito mais ágeis as decisões e
Com relação ao texto acima, julgue o item que se segue. fortalecem o compromisso da empresa com a ética e a
No termo “em que” (L.4), o uso da preposição antes do transparência.
pronome relativo é obrigatório devido às relações sintá- O lucro de R$ 1,082 bilhão no exercício, 11,1% maior que
ticas que se estabelecem entre os termos “organização 10 o obtido em 2000, confirma o acerto das medidas
social” (L.3) e “nova confirmação” (L.5). implementadas pelo banco ao longo de 2001, garantindo
a ampliação dos negócios e o aumento da lucratividade.
( ) CERTO ( ) ERRADO 13 O BB encerrou o ano confirmando sua posição como
o maior banco do país, com ativos totais de R$ 165,1
bilhões, R$ 61,4 bilhões de recursos administrados e R$
52. (BANCO DO BRASIL – ESCRITURÁRIO – CESPE –
2009) 40,2 bilhões
16 em operações de crédito. Com mais de R$ 117 bilhões
captados entre seus quase 14 milhões de clientes, que
têm à disposição mais de 8 mil pontos de atendimento
no Brasil
19 e 31 no exterior, o BB encerrou o exercício mantendo
sua liderança no sistema financeiro nacional e seu com-
promissocom a satisfação dos clientes e acionistas. Além
disso,
22 permaneceu como o banco com maior presença na
Internet brasileira, com quatro milhões de clientes cadas-
trados e mais de 18,4 milhões de transações realizadas,
no mês de
25 dezembro, no portal www.bb.com.br.
Relatório do Banco do Brasil S.A. In: Correio Braziliense
(com adaptações).

Com base no texto III, julgue o item seguinte.


O verbo “conferem” (L.1) está empregado no texto com a
mesma regência e com sentido equivalente ao que está
empregado no seguinte exemplo: Os dados do relatório
final do BB conferem com aqueles divulgados pela im-
prensa no decorrer da semana.
Com base nas ideias e estruturas do texto acima, julgue
o item a seguir. ( ) CERTO ( ) ERRADO
BANCO DO BRASIL

Na linha 12, a substituição da preposição “com”, exigida


pelo verbo “preocupar-se”, pela preposição em preser-
varia a coerência do texto e o respeito às normas gra-
maticais.

( ) CERTO ( ) ERRADO

19
55. (BANCO DO BRASIL – ESCRITURÁRIO – CESPE – Em “fizeram com que” (L.4), o termo sublinhado pode
2003) ser eliminado sem prejuízo para a correção gramatical
1 As condições sociais da população brasileira sofreram do período.
um retrocesso nos últimos vinte anos.
O forte aumento das taxas de desemprego e dos ( ) CERTO ( ) ERRADO
4 índices de violência fizeram com que a exclusão social
voltasse a crescer após ter diminuído entre 1960 e 1980. 56. (BANCO DO BRASIL – ESCRITURÁRIO – CESPE –
A constatação faz parte do Atlas da Exclusão Social no 2003)
7 Brasil (vol. 2, Cortez), publicação feita por pesquisa-
dores da PUC, USP e UNICAMP, sob a coordenação do
secretário municipal do trabalho de São Paulo. O estudo
revela que, de
10 1980 a 2000, aumentou o número de estados com
alto índice de exclusão social — passou de 15 para 17.
Em 1960, eram 21 os estados com condições considera-
das ruins. Em 2000, 13 a parcela de excluídos era equi-
valente a 47,3% de uma população de 170 milhões de
pessoas. Em 1980, o total era 42,6% de 120 milhões, e,
em 1960, 49,3% de 70 milhões.
16 O gráfico I abaixo representa a evolução do número
de estados brasileiros com alto índice de exclusão social
ao longo do período de 1960 a 2000. O gráfico II com-
para, em 19 milhões, durante esse mesmo período, o nú-
mero de brasileiros considerados excluídos com o total
da população brasileira.

A figura acima mostra uma janela do Word 2002, com um


fragmento adaptado do texto Transações virtuais do BB
já somam R$ 54,5 bilhões, extraído da Gazeta Mercantil
de 3/6/2003. Considerando esse fragmento de texto e
o tema nele tratado, o Word 2002 e a janela ilustrada,
julgue os itens subsequentes.
As regras de regência para a expressão “dar maior im-
portância” (L.24) exigem um complemento precedido de
preposição, mas essa preposição não precisa, obrigato-
riamente, ser a; por isso, sem incorrer em erro, o texto
admite a redação alternativa dar maior importância por
oportunidades.
BANCO DO BRASIL

( ) CERTO ( ) ERRADO

Julgue o item seguinte, relativos ao texto IV e à economia


brasileira da atualidade.

20
57. (BANCO DO BRASIL – ESCRITURÁRIO – CESPE – 59. (BANCO DO BRASIL – ESCRITURÁRIO – CESGRAN-
2007) RIO – 2018)
1 Em meio a uma crise da qual ainda não sabe como O pronome destacado foi utilizado na posição correta, segun-
escapar, a União Europeia celebra os 50 anos do Tratado do as exigências da norma-padrão da língua portuguesa, em:
de Roma, pontapé inicial da integração no continente.
Embora a) Quando as carreiras tradicionais saturam-se, os futu-
4 sejam muitos os motivos para comemorar, como a ros profissionais têm de recorrer a outras alternativas.
manutenção da paz e a consolidação do mercado co- b) Caso os responsáveis pela limpeza urbana descuidem-
mum, os chefes dos 27 Estados-membros têm muito -se de sua tarefa, muitas doenças transmissíveis po-
com o que se dem proliferar.
7 preocupar. A discussão sobre a Constituição única não c) As empresas têm mantido-se atentas às leis de proteção
vai adiante, a expansão para o leste dificulta a tomada de ambiental vigentes no país poderão ser penalizadas.
decisões e os cidadãos têm dificuldade para identificar-se d) Os dirigentes devem esforçar-se para que os funcio-
10 como parte da megaestrutura europeia. nários tenham consciência de ações de proteção ao
O Estado de S.Paulo, 25/3/2007, p. A20. meio ambiente.
e) Os trabalhadores das áreas rurais nunca enganaram-se
Com referência às estruturas e às ideias do texto, bem a respeito da importância da agricultura para a subsis-
como a aspectos associados aos temas nele tratados, jul- tência da humanidade.
gue o item subsequente.
O emprego de preposição em “da qual” (L1) atende à 60. (BANCO DO BRASIL – ESCRITURÁRIO – CESGRAN-
regência do verbo “escapar” (L2). RIO – 2015)

( ) CERTO ( ) ERRADO

58. (BANCO DO BRASIL – ESCRITURÁRIO – CESPE –


2007)
1 Quando uma empresa — ou um instituto ou
fundação empresarial — decide incentivar a formação de
uma rede social para contribuir com o desenvolvimento
de
4 determinada comunidade, ela está assumindo o papel
de “produtor social” do processo, isso é, aquele que tem
condições econômicas, organizacionais, técnicas e
7 profissionais para viabilizar uma iniciativa de
desenvolvimento social, nesse caso, uma rede. As em-
presas que pretendem fazer um investimento social mais
eficaz
10 tendem a não ser as executoras dos projetos, contra-
tando consultores ou organizações especializadas para
desenvolvê-los. Ao adotar essa estratégia, a empresa
13 compartilha o papel de produtora social com a orga-
nização executora. Sem dúvida, a decisão de incentivar a
formação de uma rede comunitária está sempre associa-
da à missão de
16 contribuir para o desenvolvimento social local. Essa
missão é particularmente coerente no caso de empresas
com unidades industriais em pequenas cidades, onde
sua posição
19 (muitas vezes, hegemônica) lhes confere capilaridade
e poder de convocatória, que podem ser colocados a ser-
viço da comunidade que vive na cidade.
Idem, ibidem.

Com base no texto acima, julgue os itens que se seguem.


O fato de o verbo conferir ser transitivo direto justifica o
BANCO DO BRASIL

emprego de “lhes” (l.19).

( ) CERTO ( ) ERRADO

21
1 O Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB) chega a Per-
nambuco disposto a fomentar ainda mais a
rica produção cultural do estado. Música, teatro,
4 literatura, cinema e artes plásticas se unem para formar
um pólo criativo que alia tradição e modernidade em um
precioso equilíbrio. Além de receber o talento local de
7 braços abertos, na antiga estação ferroviária central do
Recife, o CCBB pretende, enfim, transformar em
realidade o tão sonhado caminho de mão dupla entre o
10 Nordeste e as demais regiões brasileiras. Erguida des-
de sempre, essa ponte imaginária insiste até hoje em
bloquear o tráfego em um dos sentidos.
Rodrigo Alves. Veredas — Revista de Cultura do Banco do
Brasil, n.º 90, jun./2003, p. 21 (com adaptações).

No que se refere ao texto acima, julgue o item a seguir.


Na linha 4, a substituição da expressão “se unem” por
unem-se mantém a correção gramatical do período.

( ) CERTO ( ) ERRADO

62. (BANCO DO BRASIL – ESCRITURÁRIO – CESGRAN-


RIO – 2018)
De acordo com a norma-padrão da língua portuguesa, a
pontuação está corretamente empregada em:

a) O conjunto de preocupações e ações efetivas, quan-


do atendem, de forma voluntária, aos funcionários e
à comunidade em geral, pode ser definido como res-
ponsabilidade social.
A colocação do pronome destacado atende às exigências b) As empresas que optam por encampar a prática da
da norma-padrão da Língua Portuguesa em: responsabilidade social, beneficiam-se de conseguir
uma melhor imagem no mercado.
a) Os clientes mais exigentes sempre comportaram-se bem c) A noção de responsabilidade social foi muito utiliza-
diante das medidas favoráveis oferecidas pelos bancos. da em campanhas publicitárias: por isso, as empresas
b) Efetivando-se os pagamentos com moedas virtuais, precisam relacionar-se melhor, com a sociedade.
os clientes terão confiança para utilizar esse recurso d) A responsabilidade social explora um leque abrangen-
financeiro. te de beneficiários, envolvendo assim: a qualidade de
c) Os usuários constantes da internet não enganam-se a vida o bem-estar dos trabalhadores, a redução de im-
respeito das vantagens do comércio on-line. pactos negativos, no meio ambiente.
d) É preciso observar que a população interessa-se pelas e) Alguns críticos da responsabilidade social defendem
formas de aprendizagem condizentes com a sua cultura. a ideia de que: o objetivo das empresas é o lucro e a
e) Os turistas tinham organizado-se para viajar quando geração de empregos não a preocupação com a so-
as condições econômicas melhorassem. ciedade como um todo.
61. (BANCO DO BRASIL – ESCRITURÁRIO – CESPE – 63. (BANCO DO BRASIL – ESCRITURÁRIO – CESGRAN-
2003) RIO – 2015)
BANCO DO BRASIL

22
Considere-se a hipótese de que, antes de publicado no
jornal, o texto foi revisto pelo seu editor, que propôs a al-
teração do trecho “‘tendo como base a ética, a qualidade
dos produtos e a boa prestação de serviços ao consumi-
dor’” (L. 20-21), pois o texto original continha uma vírgula
antes da conjunção e.
Se for considerado que ele se baseou nas regras de em-
prego da vírgula adequado à norma-padrão, a decisão
do editor levou em conta a:

a) proibição de colocar vírgula antes da conjunção e.


b) recomendação de separar por vírgula os elementos de
uma enumeração.
c) interpretação de que a ênfase criada pela vírgula antes
do e era desnecessária. A seguinte frase está redigida com adequada grafia de
d) obrigatoriedade de colocar vírgula apenas nos ele- palavras, correta acentuação e pontuação de acordo com
mentos iniciais de uma enumeração. a norma-padrão:
e) suposição de que a vírgula criaria um efeito de ambi-
guidade no texto. a) A raiz, geralmente subterrânea, não abdica de com-
postos nitrogenados e outras substâncias orgânicas.
64. (BANCO DO BRASIL – ESCRITURÁRIO – CESGRAN- b) As raízes geralmente subterrâneas, não abidicam de
RIO – 2014) compostos nitrogenados e outras substâncias orgânicas.
c) As raízes, crescem abaixo da superficie da terra, mas
não abidicam de compostos nitrogenados e outras
substâncias orgânicas.
d) A raíz é o membro das árvores que cresce abaixo da
terra, mas não abdica de compostos nitrogenados e
outras substâncias orgânicas.
e) A raíz é o membro das árvores que, apesar de crescer
abaixo da terra não abdica de compostos nitrogena-
dos e outras substâncias orgânicas

65. (BANCO DO BRASIL – ESCRITURÁRIO – CESGRAN-


RIO – 2012)
O uso de sinais (aspas e travessão) está adequado à nor-
BANCO DO BRASIL

ma-padrão, que deve ser observada em uma correspon-


dência oficial, na seguinte frase:

a) O artigo sobre o “processo de desregulamentação” foi


publicado na Folha de São Paulo.
b) As chuvas de verão — fenômenos que se repetem
desde há muito tempo podem ser previstas.

23
c) “Mutatis mutandis”, as novas diretrizes da direção em 67. (BANCO DO BRASIL – ESCRITURÁRIO – CESGRAN-
nada alteram as antigas. RIO – 2018)
d) O cuidado com a saúde — meta prioritária do gover- A média universal do Índice de Desenvolvimento Hu-
no, será ainda maior. mano aumentou 18% desde 1990. Mas a melhora esta-
e) — O diretor disse: Demita-se o funcionário. tística está longe de animar os autores do Relatório de
2010. Eles argumentam que, embora os números refli-
66. (BANCO DO BRASIL – ESCRITURÁRIO – FCC – 2011) tam avanços em determinadas áreas, o mundo continua
a conviver com problemas graves, que exigem uma nova
perspectiva política.

O cenário apresentado pelo Relatório não é anima-


dor. O documento adverte que, nestes 20 anos, parte dos
países enfrentou sérios problemas, sobretudo na saúde,
anulando em alguns anos os ganhos de várias décadas.
Além disso, o crescimento econômico tem sido desigual.
Os padrões de produção e consumo atuais são conside-
rados inadequados.

Embora não queira apresentar receitas prontas, o Re-


latório traça caminhos possíveis. Entre eles, o reconheci-
mento da ação pública na regulação da economia para
proteger grupos mais vulneráveis. Outro aspecto ressal-
tado é a necessidade de considerar pobreza, crescimento
e desigualdade como temas interligados. “Crescimento
rápido não deve ser o único objetivo político, porque ig-
nora a distribuição do rendimento e negligencia a sus-
tentabilidade do crescimento”, informa o texto.

Um aspecto importante revelado pelo Relatório é que


muitas das ações para melhoria da saúde e da educa-
ção não necessitam de grande investimento financeiro.
Isso está mais presente sobretudo onde os indicadores
são ruins. “Numa primeira etapa, medidas simples como
inclusão do soro caseiro e lavagem das mãos já trazem
impacto relevante”, avalia Flávio Comim, economista do
Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento.
(Adaptado de Lígia Formenti. O Estado de S. Paulo, A30
Vida, 5 de novembro de 2010)

O trecho colocado entre aspas, no final do 3º parágrafo,


indica que se trata de

a) comentário pessoal do autor do texto sobre dados do


Relatório.
atraídas por generosos benefícios fiscais oferecidos por b) insistência na correção dos dados apresentados pelo
outros estados - (2º parágrafo) Relatório.
c) repetição desnecessária de informação já citada no
O segmento isolado pelos travessões: texto.
d) transcrição exata do que consta no texto do Relatório
a) apresenta a especificação das empresas que se trans- de 2010.
feriram de um estado para outro. e) resumo do assunto principal constante do Relatório
b) enfatiza o mesmo sentido do fluxo migratório inicial de 2010.
realizado pela população.
c) acrescenta dados importantes para contestar os resul-
tados obtidos no censo.
d) aponta uma das causas que explicam a fuga de em-
BANCO DO BRASIL

presas de alguns estados para outros.


e) traz comentário que compromete a clareza do texto
com informações desnecessárias.

24
68. (BANCO DO BRASIL – ESCRITURÁRIO – CESPE – substituir também o ponto depois de “conduzindo-a”
2008) (L.19) e depois de “permanecem” (L.22) pelo sinal de in-
terrogação.

( ) CERTO ( ) ERRADO

70. (BANCO DO BRASIL – ESCRITURÁRIO – CESPE –


2008)

Com base no texto acima, julgue o item subsequente.


Na linha 2, a ausência de uma vírgula logo após “segu-
ro” indica que o trecho “que o Brasil” inicia uma oração
explicativa.

( ) CERTO ( ) ERRADO

69. (BANCO DO BRASIL – ESCRITURÁRIO – CESPE –


2008)

Com relação às informações do texto acima e à sua orga-


nização, julgue o item a seguir.
Preservam-se a coerência da argumentação e a correção
gramatical do texto ao se inserir um sinal de dois-pontos
depois da primeira ocorrência de “é” na linha 12 e um
ponto de interrogação depois de “DNA” na linha 14.

( ) CERTO ( ) ERRADO

71. (BANCO DO BRASIL – ESCRITURÁRIO – CESPE –


2008)
BANCO DO BRASIL

Acerca das ideias e da organização do texto, julgue o


item a seguir.

Preserva-se a correção gramatical do texto ao se substi-


tuir o sinal de ponto-e-vírgula depois de “criticamente”
(L.16) pelo sinal de interrogação seguido de inicial mai-
úscula; mas, para se manter a coerência textual, deve-se

25
Julgue o próximo item quanto às informações e à estru- Julgue o seguinte item, a respeito do texto acima.
tura linguística do texto. A substituição dos travessões depois de “neurociência”
Nos dois tópicos na parte inferior do segundo quadro, as (L.6) e “anos 90” (L.8) por vírgulas preserva o respeito às
vírgulas usadas depois de “abandonada”, nas duas ocor- regras de pontuação e mantém a coerência entre os ar-
rências, indicam que houve um deslocamento de expres- gumentos do texto.
são de circunstância para o início do período sintático,
nos dois casos. ( ) CERTO ( ) ERRADO

( ) CERTO ( ) ERRADO 74. (BANCO DO BRASIL – ESCRITURÁRIO – CESPE –


2009)
72. (BANCO DO BRASIL – ESCRITURÁRIO – CESPE –
2009)

Com relação ao texto acima, julgue o item que se segue.


Julgue o seguinte item, a respeito do texto acima. Na linha 12, mantém correta a pontuação do texto e pre-
O sinal de dois-pontos depois de “investidor” (L.17) in- serva as relações de sentido entre os argumentos a subs-
troduz uma explicação sobre “Esse é um dado” (L.16). tituição do ponto depois de “extravagância” pelo sinal de
dois-pontos, desde que o artigo “As” seja grafado com
( ) CERTO ( ) ERRADO inicial minúscula.

73. (BANCO DO BRASIL – ESCRITURÁRIO – CESPE – ( ) CERTO ( ) ERRADO


2009)
75. (BANCO DO BRASIL – ESCRITURÁRIO – FCC – 2006)
O exercício da memória, seu exercício mais intenso e
mais contundente, é indissociável da presença dos
velhos entre nós. Quando ainda não contidos pelo es-
tigma de improdutivos, quando por isso ainda não cons-
trangidos pela impaciência, pelos sorrisos incolores, pela
cortesia inautêntica, pelos cuidados geriátricos impes-
soais, pelo isolamento, quando então ainda não-cala-
dos, dedicam-se os velhos, cheios de espontaneidade,
à cerimônia da evocação, evocação solene do que mais
impressionou suas retinas tão fatigadas, enquanto seus
interesses e suas mãos laborosas participavam da norma
e também do mistério de uma cultura.
(GONÇALVES FILHO, José Moura, “Olhar e memória”. IN:
O olhar. NOVAES, Adauto (org.). 10a reimpressão. São
BANCO DO BRASIL

Paulo: Companhia das Letras, 2003, p. 97)

26
... evocação solene do que mais impressionou suas reti- 6. Resposta: Letra A.
nas tão fatigadas, enquanto seus interesses e suas mãos Quando comparado às outras aves (comparado a + as
laborosas participavam da norma e também do mistério outras aves = às outras aves; pronome indefinido acei-
de uma cultura. A mudança efetuada na pontuação da ta artigo antes), os tucanos parecem ser bem maiores
frase acima manteve o segmento em conformidade com a quem (não há crase antes de pronome interrogativo)
a norma padrão em os observa, a voar (não há crase diante de verbo) na
natureza.
a) ... evocação solene do que mais impressionou suas re-
tinas tão fatigadas, enquanto seus interesses, e suas 7. Resposta: Letra B.
mãos laborosas, participavam da norma e, também, A expressão “à moda” é portadora de crase.
do mistério de uma cultura.
b) ... evocação solene do que mais impressionou suas re- 8. Resposta: Certo.
tinas tão fatigadas, enquanto seus interesses, e suas A banca propõe a substituição para observarmos que
mãos laborosas participavam da norma e, também do a locução prepositiva (com palavra feminina) deman-
mistério de uma cultura. da o uso da crase.
c) ... evocação solene, do que mais impressionou suas re- Notem que a locução “a soma de” apresenta a fusão
tinas tão fatigadas; enquanto seus interesses e suas do artigo A + preposição A, o que justifica o uso da
mãos laborosas participavam da norma e também, do crase.
mistério de uma cultura.
d) ... evocação solene do que mais impressionou suas re- 9. Resposta: Errado.
tinas tão fatigadas, enquanto seus interesses e suas Não há crase entre palavras repetidas.
mãos laborosas, participavam da norma e também do
mistério de uma cultura. 10. Resposta: Certo.
e) ... evocação solene do que mais impressionou suas re- Nesse caso houve crase em relação ao substantivo
tinas tão fatigadas, enquanto seus interesses e suas feminino “taxas” oculto antes da palavra “brasileiras”.
mãos laborosas participavam, da norma e também do
mistério, de uma cultura. 11. Resposta: Errado.
O emprego da crase no caso é obrigatório, já que
quem é contrário é contrário A alguém ou A alguma
coisa.
GABARITO
12. Resposta: Certo.
O emprego da crase é facultativo diante de pronome
1. Resposta: Letra E. possessivo no singular (minha tua, sua, nossa, vossa).
As escolas chegaram, chegaram A quê? A etapa; A+A
= crase. Substitua a palavra feminina por uma mas-
13. Resposta: Certo.
culina. Se a masculina exige a preposição + o artigo,
A preposição “a” é exigida pelo substantivo “agrado”,
então haverá crase na palavra feminina.
já que o agrado é “para” aqueles que hegemonizam.
2. Resposta: Letra C.
14. Resposta: Errado.
Quem está vinculado está vinculado A algo. A crase é
Não há crase antes de substantivos no plural.
obrigatória.

3. Resposta: Letra A. 15. Resposta: Errado.


Use a dica do DA e DE: É proibido o uso da crase antes de numerais não
a da imprensa especializada. determinados por artigo.
a de todos os presentes.
a de apenas uma parte dos convidados. 16. Resposta: Certo.
a de suas duas assessoras de imprensa. Regência Nominal. Quem tem direito, tem direito a
a de duas de suas secretárias. algo.

4. Resposta: Letra B. 17. Resposta: Errado.


Não há crase, pois quem conta, conta algo ou alguma Não há emprego de crase antes de verbos.
coisa, VTD.
18. Resposta: Errado.
5. Resposta: Letra B. Não é pela regência de “pedidos”, e sim pela regência
Com o inchaço populacional decorrente do fluxo mi- do verbo “levaria”.
BANCO DO BRASIL

gratório em direção às cidades (em direção a + as ci-


dades = às cidades), surgiram problemas na oferta de 19. Resposta: Certo.
serviços à população (serviços a + a população = à A regência do adjunto adnominal exige crase. “Ajuda”
população), que muitas vezes não consegue acesso a e o artigo “a”. A ajuda do governo foi dada a alguém.
recursos (não há crase diante de palavras masculinas (Airbus)
ou pluralizadas) essenciais.

27
20. Resposta: Letra C. 31. Resposta: Errado.
Quem atribui, atribui algo: “A responsabilidade de A concordância que se estabelece com sujeitos em
motor propulsor do desenvolvimento e a condição de forma de numeral segue o significado da quantida-
lugar privilegiado para os negócios e a cultura”, temos de expressa: 1,9 bilhão (1 bilhão e 900 milhões) pede
sujeito paciente com dois núcleos “responsabilidade” plural (“são oferecidos”) e 4 bilhões pede singular (“é
e “condição”, pospostos ao verbo e com conjunção quanto custa”).
aditiva.
32. Resposta: Certo.
21. Resposta: Letra B. Quando o verbo tem acento agudo é singular. Quan-
O correto seria “Seguem” para concordar com o sujei- do for circunflexo, plural.
to no plural “os dois arquivos”.
33. Resposta: Errado.
22. Resposta: Letra A. O “É” não combina com psicologia, e sim com neuro-
Lembre-se que pouco e meio, quando funcionam economia.
como advérbio, são invariáveis.
34. Resposta: Certo.
23. Resposta: Letra A. Tu - 2º pessoa singular (Pessoalidade)
O verbo está concordando com a expressão partitiva Você - Conjuga-se na 3º (impessoal)
“a maioria”. Trata-se de um texto injuntivo, onde através de uma
linguagem apelativa, tem como objetivo persuadir o
24. Resposta: Letra C. leitor a realizar uma ação ou a adotar determinado
O verbo está conjugado na terceira pessoa do plural comportamento.
do presente do subjuntivo. El concorda com “os apos-
tadores”, que está no plural. 35. Resposta: Errado.
Ao fazer a alteração, o correto seria “cada criança” –
25. Resposta: Letra E. singular.
Ao concordarmos o verbo com o sujeito temos:
a) a busca por melhores condições=leva 36. Resposta: Errado.
b) a oferta de serviço=é imprescritível O correto é “tendem a ficar pior”. O verbo “ficar” não
c) as autoridades públicas = nem sempre conseguem flexiona.
d) a zona rural =permanece
e) os habitantes=esperam 37. Resposta: Errado.
A forma singular da palavra “vaga” (L.3) é exigência da
26. Resposta: Letra A. concordância com “demanda popular” (L.2).
Seguem as alternativas corrigidas: Sujeito partitivo + Determinante Plural
b) Os investimentos modificaram Uma (suj. partitivo) das novas tendências brasileiras
c) Várias empresas que se instalaram (Det. Plural) é a demanda popular por vaga nas uni-
d) Para todos aqueles que vivem na região versidades.
e) O desenvolvimento resultou.
38. Resposta: Errado.
27. Resposta: Letra C. “Recebe” concorda com a palavra “banco”.
As formas corretas são:
a) foram 39. Resposta: Letra C.
b) observam Aqueles verbos que são VTD não exigem preposição.
c) correta O verbo “ recomendar” é VTDI nessa oração, pois
d) garantam quem recomenda, recomenda algo ou recomenda a
e) tendem alguém.

28. Resposta: Letra C. 40. Resposta: Letra B.


O verbo haver pode ter plural. Isso dependerá da sua A forma correta das alternativas é a seguinte
pessoalidade ou impessoalidade. Quando temos uma a) nocivo a / danoso para, a
locução verbal com haver impessoal, o verbo que fica c) hábil em / habilidade em, de, para
no singular é o que o acompanha. d) compatível com / incompatível com
e) loucura por / louco por
29. Resposta: Errado.
Verbo haver no sentido de existir é impessoal, e sendo 41. Resposta: Letra B.
BANCO DO BRASIL

assim, não há concordância com o sujeito, haja visto O verbo “Preciso” é transitivo indireto e rege a prepo-
que o mesmo não existe. sição “de”.

30. Resposta: Errado.


Haveria apenas mudança do tempo verbal de futuro
do subjuntivo para o presente do indicativo.

28
42. Resposta: Letra B. 53. Resposta: Certo.
As formas corretas são: Com o inchaço populacional A substituição mantém a correção gramatical, mas o
decorrente do fluxo migratório em direção às cidades sentido muda.
(em direção a + as cidades = às cidades), surgiram
problemas na oferta de serviços à população (serviços 54. Resposta: Errado.
a + a população = à população), que muitas vezes não A palavra “conferir” (Linha 1) está com o sentido de
consegue acesso a recursos (não há crase diante de “atribuir”.
palavras masculinas tampouco pluralizadas) essenciais. Quem atribuí, atribui algo à alguém. Atribui alguma
coisa...
43. Resposta: Letra A. Quem confere, no sentido colocado, confere algo à
Trata-se de verbo transitivo direto cujo complemen- alguém.
to é um objeto direto. A regência do verbo “registrar” Neste caso, são VTD. “Conferir com...” VTI.
não tem preposição com seu complemento.
55. Resposta: Certo.
44. Resposta: Letra C. Fizeram é verbo transitivo direto. Sendo assim, prepo-
“... mudam (VTD) a cara do Nordeste (OD)”: o mesmo sição é facultativa.
tipo de complemento vê-se em “... que movimenta
(VTD) milhões de reais (OD)... 56. Resposta: Errado.
Dar algo (a) alguém
45. Resposta: Letra A. Dar algo (para) alguém
Ambos os verbos são transitivos diretos: BUSCAM e
PERCORRE. 57. Resposta: Letra C.
Escapar é VTI e pede a preposição “de”. Eu escapo DE
46. Resposta: Letra E. alguma coisa.
a) ... a sobrevivência de nossas sociedades depende
(VTI) da atualização do potencial tecnológico ... (OI) 58. Resposta: Errado.
b) ... que não advém (VTI) do saber oficial nem da con- Pronome oblíquo “lhe” completa VTI.
duta privada ... (OI)
c) ... que as éticas tradicionais [...] não estavam (VI) à 59. Resposta: Letra D.
altura das consequências danosas do progresso tec- a) “Quando” exige próclise.
nológico ... (adj adv de modo) b) “Caso” exige próclise.
d) ... para degenerar (VI) de maneira desmesurada ... c) Particípio não tem ênclise.
(adj adv de modo) e) “Nunca” exige próclise.

47. Resposta: Certo. 60. Resposta: Letra B.


Os termos “responsabilidade de dirigir” e “para comu- Está correto pois há ênclise, quando Frase se inicia a
nidade como um todo” estão relacionados com “pre- frase.
ço”.
61. Resposta: Certo.
48. Resposta: Certo. O sentido altera, porém, a correção permanece.
Só e possível o emprego porque o artigo é facultativo
antes dos pronomes possessivos. 62. Resposta: Letra A.
A 1º vírgula inicia uma oração adverbial temporal com
49. Resposta: Certo. a conjunção “QUANDO”.
na linguagem: dentro da linguagem. A 2º vírgula o examinador fez de propósito para ver se
pela linguagem: através da linguagem. você estava esperto. Ele colocou um adjunto adverbial
Sim, a troca muda o sentido, conforme descrito acima. de longa extensão (exige vírgulas intercaladas) dentro
da oração subordinada adverbial temporal.
50. Resposta: Certo. A 3º vírgula encerra a oração adverbial temporal. Ob-
Há um aposto separando a palavra de seu comple- serve que a pontuação da oração temporal foi encer-
mento logo após este aposto findar com o travessão rada na locução verbal “pode ser”, em que o sujeito
aparece a preposição COM do verbo CONBINAR. é “conjunto de preocupações e ações efetivas”. Não
pode existir vírgula separando sujeito e verbo.
51. Resposta: Certo.
A preposição “em” indica uma relação de lugar entre o 63. Resposta: Letra C.
termo regente e o termo regido. A vírgula antes de “e” existe nos casos em que há o
BANCO DO BRASIL

sentido de concessão, equivalendo-se a “mas”.


52. Resposta: Errado.
A troca mudaria o sentido do texto, pois “preocupar- 64. Resposta: Letra A.
-se com” significa “ter cuidado”, “tornar-se apreensi- Trata-se de um aposto explicativo entre vírgulas.
vo” e “preocupar-se em” significa “fazer questão”, “dar
importância”.

29
65. Resposta: Letra C.
“Mutatis mutandis” é uma expressão em latim (por MATEMÁTICA
isso as aspas) que significa “mudando o que tem que
ser mudando”. A expressão precisa ficar isolada pelo
seu sentido. 1. (FCC – ESCRITURÁRIO – BANCO DO BRASIL – 2011)
O esquema abaixo apresenta a subtração de dois núme-
66. Resposta: Letra D. ros inteiros e maiores que 1 000, em que alguns algaris-
Tanto os travessões como as vírgulas, quando apare- mos foram substituídos por letras.
cem duas vezes tem referência explicativa e geral.

67. Resposta: Letra D.


Foi dito no próprio texto que se trata de um excerto
retirado literalmente de outro texto. Se a diferença indicada é a correta, os valores de A, B, C
e D são tais que:
68. Resposta: Letra D.
Deveria estar separado por vírgula, sendo assim é res- a) A < B < C < D.
tritiva. b) B < A < D < C.
c) B < D < A < C.
69. Resposta: Errado. d) D < A < C < B.
A banca questionou apenas sobre a correção grama- e) D < A < B < C.
tical. Não quis avaliar se houve mudança de sentido.
2. (CESGRANRIO – BANCO DO BRASIL – ESCRITURÁ-
70. Resposta: Certo. RIO – 2014) Em uma caixa há cartões. Em cada um dos
Dois-Pontos são usados em algumas situações, uma cartões está escrito um múltiplo de 4 compreendido en-
delas é quando se quer fazer uma citação. tre 22 e 82. Não há dois cartões com o mesmo número
escrito, e a quantidade de cartões é a maior possível. Se
71. Resposta: Certo. forem retirados dessa caixa todos os cartões nos quais
Quando o complemento verbal ou nominal é anteci- está escrito um múltiplo de 6 menor que 60, quantos car-
pado, o uso da vírgula é obrigatório para isolá-los. tões restarão na caixa?

72. Resposta: Certo. a) 12


O uso dos dois pontos serve para introduzir uma ex- b) 11
plicação. c) 3
d) 5
73. Resposta: Certo. e) 10
A Troca de travessão por virgula, só pode acontecer
caso a frase entre travessão estiver explicando. 3. (FCC – BANCO DO BRASIL – ESCRITURÁRIO – 2013)
Dos 56 funcionários de uma agência bancária, alguns
74. Resposta: Certo. decidiram contribuir com uma lista beneficente. Contri-
Os dois pontos estão explicando qual é extravagância. buíram 2 a cada 3 mulheres, e 1 a cada 4 homens, totali-
zando 24 pessoas.
75. Resposta: Letra A. A razão do número de funcionárias mulheres para o nú-
A vírgula deve ser empregada mesmo que o “e” venha mero de funcionários homens dessa agência é de
repetido antes de cada um dos elementos da enume-
ração. a) 3 para 4.
b) 2 para 3.
c) 1 para 2.
d) 3 para 2.
e) 4 para 5.

4. (CESGRANRIO – ESCRITURÁRIO – BANCO DO BRASIL)


João tomou um empréstimo de R$900,00 a juros compostos
de 10% ao mês. Dois meses depois, João pagou R$600,00 e,
um mês após esse pagamento, liquidou o empréstimo.
O valor desse último pagamento foi, em reais, aproxima-
damente,
BANCO DO BRASIL

a) 240,00
b) 330,00
c) 429,00
d) 489,00
e) 538,00

30
5. (FCC – ESCRITURÁRIO – BANCO DO BRASIL) Saulo 9. (CESGRANRIO – ESCRITURÁRIO – BANCO DO BRA-
aplicou R$ 45 000,00 em um fundo de investimento que SIL – 2018) Para x > 0, seja Sx a soma
rende 20% ao ano. Seu objetivo é usar o montante dessa
aplicação para comprar uma casa que, na data da apli-
cação, custava R$ 135 000,00 e se valoriza à taxa anual
de 8%. Nessas condições, a partir da data da aplicação, O número real x para o qual se tem Sx = 1/4 é
quantos anos serão decorridos até que Saulo consiga
comprar tal casa? a) 4
b) log2 5
Dado: (Use a aproximação: log 3 = 0,48) c) 3/2
d) 5/2
a) 15 e) log2 3
b) 12
c) 10 10. (CESGRANRIO – ESCRITURÁRIO – BANCO DO BRA-
d) 9 SIL – 2014) Em uma caixa há cartões. Em cada um dos car-
e) 6 tões está escrito um múltiplo de 4 compreendido entre 22 e
82. Não há dois cartões com o mesmo número escrito, e a
6. (CESGRANRIO – ESCRITURÁRIO – BANCO DO BRA- quantidade de cartões é a maior possível. Se forem retirados
SIL – 2015) Observe a adição: dessa caixa todos os cartões nos quais está escrito um múl-
tiplo de 6 menor que 60, quantos cartões restarão na caixa?

a) 12
b) 11
c) 3
d) 5
e) 10
Sendo E e U dois algarismos não nulos e distintos, a soma
E + U é igual a
11. (CESGRANRIO – ESCRITURÁRIO – BANCO DO
BRASIL – 2014) Numa empresa, todos os seus clientes
a) 13
aderiram a apenas um dos seus dois planos, Alfa ou Beta.
b) 14
O total de clientes é de 1.260, dos quais apenas 15% são
c) 15
do Plano Beta.
d) 16 Se x clientes do plano Beta deixarem a empresa, apenas 10%
e) 17 dos clientes que nela permanecerem estarão no plano Beta.
O valor de x é um múltiplo de:
7. (CESGRANRIO – ESCRITURÁRIO – BANCO DO BRA-
SIL – 2018) Considere o conjunto A cujos 5 elementos a) 3
são números inteiros, e o conjunto B formado por todos b) 8
os possíveis produtos de três elementos de A. c) 13
Se B = {-30, -20, -12, 0, 30}, qual o valor da soma de todos d) 11
os elementos de A? e) 10
a) 5 12. (FCC – ESCRITURÁRIO – BANCO DO BRASIL –
b) 3 2013) O supervisor de uma agência bancária obteve
c) 12 dois gráficos que mostravam o número de atendimentos
d) 8 realizados por funcionários. O gráfico I mostra o núme-
e) -12 ro de atendimentos realizados pelos funcionários A e B,
durante 2 horas e meia, e o Gráfico II mostra o número
8. (CESGRANRIO – ESCRITURÁRIO – BANCO DO BRA- de atendimentos realizados pelos funcionários C, D e E,
SIL – 2018) O dono de uma loja deu um desconto de durante 3 horas e meia.
20% sobre o preço de venda (preço original) de um de
seus produtos e, ainda assim, obteve um lucro de 4% so-
bre o preço de custo desse produto.
Se vendesse pelo preço original, qual seria o lucro obtido
sobre o preço de custo?

a) 40%
BANCO DO BRASIL

b) 30%
c) 10%
d) 20%
e) 25%

31
Os gráficos acima apresentam dados sobre a produção
e a reciclagem de lixo em algumas regiões do planeta.
Baseando-se nos dados apresentados, qual é, em mi-
lhões de toneladas, a diferença entre as quantidades de
lixo recicladas na China e nos EUA em um ano?

a) 9,08
b) 10,92
c) 12,60
d) 21,68
e) 24,80

15. (FCC – ESCRITURÁRIO – BANCO DO BRASIL –


Observando os dois gráficos, o supervisor desses funcioná- 2011) Em um dado momento em que Ari e Iná atendiam
rios calculou o número de atendimentos, por hora, que cada ao público nos guichês de dois caixas de uma Agência
um deles executou. O número de atendimentos, por hora, do Banco do Brasil, foi observado que a fila de pessoas à
que o funcionário B realizou a mais que o funcionário C é  frente do guichê ocupado por Ari tinha 4 pessoas a mais
que aquela formada frente ao guichê que Iná ocupava.
a) 3. Sabendo que, nesse momento, se 8 pessoas da fila de
b) 10. Ari passassem para a fila de Iná, esta última ficaria com o
c) 5. dobro do número de pessoas da de Ari, então, o total de
d) 6. pessoas das duas filas era:
e) 4.
a) 24.
13. (FCC – ESCRITURÁRIO – BANCO DO BRASIL – 2013) b) 26.
Uma corretora de seguros negocia cinco tipos de apóli- c) 30.
ces de seguros denominadas I, II, III, IV e V. Nos primeiros d) 32.
vinte dias do mês, a corretora negociou 1.240 apólices. e) 36.
O Gráfico A mostra a participação, em porcentagem, de
cada um dos tipos de apólices nesses 1.240 negócios. O 16. (FCC – ESCRITURÁRIO – BANCO DO BRASIL –
Gráfico B mostra, em porcentagem, a meta de participa- 2011) Faustino dispõe de R$ 22.500,00 e pretende apli-
ção nos negócios a ser alcançada até o fim do mês por car esta quantia a juros simples, do seguinte modo: 3/5
tipo de apólice. Sabe-se que a meta a ser atingida é a de do total à taxa mensal de 2,5% e, na mesma ocasião, o
negociação de 1.500 apólices no mês. restante à taxa de 1,8% ao mês. Supondo que durante 8
O número de negociações, ainda necessárias, da apólice meses sucessivos Faustino não faça qualquer retirada, ao
V, para alcançar exatamente a meta prevista para ela, é: término desse período o montante que ele obterá das
duas aplicações será igual, em R$, a
a) 75.
b) 163. a) 25 548,00.
c) 124. b) 26 496,00.
d) 62. c) 26 864,00.
e) 225. d) 27 586,00.
e) 26 648,00.
14. (CESGRANRIO – ESCRITURÁRIO – BANCO DO
BRASIL – 2012) 17. (FCC – ESCRITURÁRIO – BANCO DO BRASIL –
2011) Um capital foi aplicado a juros simples, à taxa anu-
al de 36%. Para que seja possível resgatar-se o quádruplo
da quantia aplicada, esse capital deverá ficar aplicado por
um período mínimo de:

a) 7 anos, 6 meses e 8 dias.


b) 8 anos e 4 meses.
c) 8 anos, 10 meses e 3 dias.
d) 11 anos e 8 meses.
e) 11 anos, 1 mês e 10 dias.
BANCO DO BRASIL

32
18. (FCC – ESCRITURÁRIO – BANCO DO BRASIL – 22. (FCC – ESCRITURÁRIO – BANCO DO BRASIL – 2011)
2011) Uma duplicata foi descontada em R$ 700,00, pe- Em dezembro de 2007, um investidor comprou um lote
los 120 dias de antecipação. Se foi usada uma operação de ações de uma empresa por R$ 8 000,00. Sabe-se que:
de   desconto comercial simples, com a utilização de uma em 2008 as ações dessa empresa sofreram uma valoriza-
taxa anual de desconto de 20%, o valor atual do título ção de 20%; em 2009, sofreram uma desvalorização de 
era de: 20%, em relação ao seu valor no ano anterior; em 2010,
se valorizaram em 20%, em relação ao seu valor em 2009.
a) R$  7 600,00. De acordo com essas informações, é verdade que, nesses
b) R$  8 200,00. três anos, o rendimento percentual do investimento foi
c) R$  9 800,00. de:
d) R$ 10 200,00.
e) R$ 10 500,00. a) 20%.
b) 18,4%.
19. (CESGRANRIO – ESCRITURÁRIO – BANCO DO c) 18%.
BRASIL – 2015) Em um período no qual a inflação acu- d) 15,2%.
mulada foi de 100%, R$ 10.000,00 ficaram guardados em e) 15%.
um cofre, ou seja, não sofreram qualquer correção.
Nessas condições, houve uma desvalorização dos R$ 23. (FCC – ESCRITURÁRIO – BANCO DO BRASIL – 2011)
10.000,00 de Para disputar a final de um torneio internacional de na-
tação, classificaram-se 8 atletas: 3 norte-americanos, 1
a) 1/4 australiano, 1 japonês, 1 francês e 2 brasileiros. Conside-
b) 1/2 rando que todos os atletas classificados são ótimos e têm
c) 2/3 iguais condições de receber uma medalha (de ouro, prata
d) 3/4 ou bronze), a probabilidade de que pelo menos um bra-
sileiro esteja entre os três primeiros colocados é igual a:
e) 1
a) 5/14
20. (FCC – ESCRITURÁRIO – BANCO DO BRASIL –
b) 3/7.
2011) Gertrudes e Rubem - funcionários de uma Agência
c) 4/7.
do Banco do Brasil - receberam, cada um, uma mesma
d) 9/14.
quantidade de folhetos para a divulgação de serviços e
e) 5/7.
produtos oferecidos pelo Banco. Sabendo que, se Ger-
trudes repassar a terça parte de seu total de folhetos 24. (FCC – ESCRITURÁRIO – BANCO DO BRASIL –
para Rubem, então ele terá que distribuir 64 folhetos a 2011) Uma Agência do Banco do Brasil dispõe de duas
mais do que ela. É correto concluir que o total de fo- impressoras, A e B, que são capazes de tirar 18 e 20 có-
lhetos que cada um recebeu inicialmente é um número pias por minuto, respectivamente. Suponha que, certo
compreendido entre dia, as duas foram acionadas simultaneamente às 9 ho-
ras e 25 minutos e que, a partir de então, tiraram iguais
a) 10 e 25. quantidades de cópias de um mesmo texto. Consideran-
b) 25 e 50. do que ambas funcionaram ininterruptamente, então, se
c) 50 e 75. a impressora A terminou o serviço às 10 horas, 6 minutos
d) 75 e 100. e 40 segundos do mesmo dia, B encerrou o seu às
e) 100 e 125.
a) 10 horas, 2 minutos e 30 segundos.
21. (FCC – ESCRITURÁRIO – BANCO DO BRASIL – b) 10 horas, 12 minutos e 40 segundos.
2011) Suponha que 60 funcionários do Banco do Brasil c) 10 horas, 20 minutos e 30 segundos.
- 60% dos quais lotados em certa Agência de Florianó- d) 11 horas, 4 minutos e 20 segundos.
polis e, os demais, em determinada Agência de Chapecó e) 11 horas, 20 minutos e 30 segundos.
- serão divididos em grupos, a fim de participar de um
curso sobre Desenvolvimento Pessoal. Considerando que 25. (FCC – ESCRITURÁRIO – BANCO DO BRASIL –
todos os grupos deverão conter a mesma quantidade de 2011) Pretendendo fazer uma viagem à Europa, Mazza
funcionários e que todos os funcionários de cada gru- foi certo dia a uma Agência do Banco do Brasil comprar
po deverão pertencer à mesma Agência, então a menor euros e dólares. Sabe-se que ela usou R$ 6 132,00 para
quantidade de grupos que poderão ser formados é um comprar  € 2 800,00 e que, com R$ 4 200,00 comprou
número US$ 2500,00. Com base nessas duas transações, é correto
afirmar que, nesse dia, a cotação do euro em relação ao
a) menor que 4. dólar, era de 1 para:
BANCO DO BRASIL

b) primo.
c) divisível por 3. a) 1,3036.
d) par. b) 1,3606.
e) maior que 8. c) 1,3844.
d) 1,4028.
e) 1,4204.

33
26. (FCC – ESCRITURÁRIO – BANCO DO BRASIL – 2011) Certa máquina gasta 20 segundos para cortar uma folha de
papelão de formato retangular em 6 pedaços iguais. Assim sendo, quantos segundos essa mesma máquina gastaria
para cortar em 10 pedaços iguais outra folha igual à primeira se, em ambas as folhas, todos os cortes devem ter o
mesmo comprimento?

a) 36.
b) 35,5.
c) 34.
d) 33,3.
e) 32.

27. (CESGRANRIO – ESCRITURÁRIO – BANCO DO BRASIL – 2015) Uma conta de R$ 1.000,00 foi paga com atraso
de 2 meses e 10 dias. Considere o mês comercial, isto é, com 30 dias; considere, também, que foi adotado o regime de
capitalização composta para cobrar juros relativos aos 2 meses, e que, em seguida, aplicou-se o regime de capitalização
simples para cobrar juros relativos aos 10 dias.
Se a taxa de juros é de 3% ao mês, o juro cobrado foi de

a) R$ 64,08
b) R$ 79,17
c) R$ 40,30
d) R$ 71,51
e) R$ 61,96

28. (CESGRANRIO – ESCRITURÁRIO – BANCO DO BRASIL – 2015) Arthur contraiu um financiamento para a compra
de um apartamento, cujo valor à vista é de 200 mil reais, no Sistema de Amortização Constante (SAC), a uma taxa de
juros de 1% ao mês, com um prazo de 20 anos. Para reduzir o valor a ser financiado, ele dará uma entrada no valor de
50 mil reais na data da assinatura do contrato. As prestações começam um mês após a assinatura do contrato e são
compostas de amortização, juros sobre o saldo devedor do mês anterior, seguro especial no valor de 75 reais mensais
fixos no primeiro ano e despesa administrativa mensal fixa no valor de 25 reais.

A partir dessas informações, o valor, em reais, da segunda prestação prevista na planilha de amortização desse finan-
ciamento, desconsiderando qualquer outro tipo de reajuste no saldo devedor que não seja a taxa de juros do financia-
mento, é igual a

a) 2.087,25
b) 2.218,75
c) 2.175,25
d) 2.125,00
e) 2.225,00

29. (CESGRANRIO – ESCRITURÁRIO – BANCO DO BRASIL – 2015)) Amanda e Belinha são amigas e possuem assina-
turas de TV a cabo de empresas diferentes. A empresa de TV a cabo de Amanda dá descontos de 25% na compra dos
ingressos de cinema de um shopping. A empresa de TV a cabo de Belinha dá desconto de 30% na compra de ingressos
do mesmo cinema. O preço do ingresso de cinema, sem desconto, é de R$ 20,00. Em um passeio em família, Amanda
compra 4 ingressos, e Belinha compra 5 ingressos de cinema no shopping, ambas utilizando-se dos descontos ofereci-
dos por suas respectivas empresas de TV a cabo.
Quantos reais Belinha gasta a mais que Amanda na compra dos ingressos?

a) 10
b) 15
c) 20
d) 25
e) 30

30. (CESGRANRIO – ESCRITURÁRIO – BANCO DO BRASIL – 2015) O número natural (2103 + 2102 + 2101 - 2100 )
é divisível por
BANCO DO BRASIL

a) 6
b) 10
c) 14
d) 22
e) 26

34
31. (CESGRANRIO – ESCRITURÁRIO – BANCO DO BRASIL – 2014) Sejam X o número de contratos realizados, e Y o
número de contratos cancelados em uma determinada agência, por dia.A distribuição conjunta de X e Y é dada por:

Dado que pelo menos quatro contratos novos foram fechados, a probabilidade de que três contratos sejam cancelados
no mesmo dia é:

a) 2/3
b) 1/3
c) 1/10
d) 1/8
e) ¼

32. (CESGRANRIO – ESCRITURÁRIO – BANCO DO BRASIL – 2014) Considerando-se a mesma taxa de juros compos-
tos, se é indiferente receber R$ 1.000,00 daqui a dois meses ou R$ 1.210,00 daqui a quatro meses, hoje, esse dinheiro
vale

a) R$ 909,09
b) R$ 826,45
c) R$ 466,51
d) R$ 683,01
e) R$ 790,00

33. (CESGRANRIO – ESCRITURÁRIO – BANCO DO BRASIL – 2014) Uma empresa gera números que são chamados
de protocolos de atendimento a clientes. Cada protocolo é formado por uma sequência de sete algarismos, sendo o
último, que aparece separado dos seis primeiros por um hífen, chamado de dígito controlador. Se a sequência dos seis
primeiros algarismos forma o número n, então o dígito controlador é o algarismo das unidades de n3 – n2.
Assim, no protocolo 897687 - d, o valor do dígito controlador d é o algarismo das unidades do número natural que é
resultado da expressão 8976873 - 8976872, ou seja, d é igual a:

a) 0
b) 1
c) 4
d) 3
e) 2

34. (FCC – ESCRITURÁRIO – BANCO DO BRASIL – 2013)


O supervisor de uma agência bancária obteve dois gráficos que mostravam o número de atendimentos realizados por
funcionários. O Gráfico I mostra o número de atendimentos realizados pelos funcionários A e B, durante 2 horas e meia,
e o Gráfico II mostra o número de atendimentos realizados pelos funcionários C, D e E, durante 3 horas e meia.
BANCO DO BRASIL

35
36. (FCC – ESCRITURÁRIO – BANCO DO BRASIL – 2013)
Certo capital foi aplicado por um ano à taxa de juros de
6,59% a.a. Se no mesmo período a inflação foi de 4,5%,
a taxa real de juros ao ano dessa aplicação foi, em %, de

a) 2,2.
b) 1,9.
c) 2,0.
d) 2,1.
e) 1,8.

37. (FCC – ESCRITURÁRIO – BANCO DO BRASIL –


Preocupado com o horário de maior movimento, que se 2011) Certo dia, Amaro, Belisário, Celina e Jasmin foram
dá entre meio dia e uma e meia da tarde, o supervisor incumbidos de digitar as 150 páginas de um texto. Para
colocou esses cinco funcionários trabalhando simultane- executar essa tarefa, o total de páginas foi dividido entre
amente nesse período. A partir das informações dos grá- eles, de acordo com o seguinte critério:
ficos referentes ao ritmo de trabalho por hora dos fun- - Amaro e Jasmim dividiram 3/5 do total de páginas en-
cionários, o número de atendimentos total que os cinco tre si, na razão direta de suas respectivas idades: 36 e 24
funcionários fariam nesse período é anos;
- Belisário e Celina dividiram entre si as páginas restantes,
a) 57. na razão inversa de suas respectivas idades: 28 e 32 anos.
b) 19. Nessas condições, aqueles que digitaram a maior e a me-
c) 38. nor quantidade de páginas foram, respectivamente,
d) 45.
e) 10 a) Belisário e Celina.
b) Amaro e Belisário.
35. (FCC – ESCRITURÁRIO – BANCO DO BRASIL – 2013) c) Celina e Jasmim.
Um empréstimo de R$ 800.000,00 deve ser devolvido em d) Jasmim e Belisário.
5 prestações semestrais pelo Sistema de Amortizações e) Amaro e Celina.
Constantes (SAC) à taxa de 4% ao semestre. O quadro
demonstrativo abaixo contém, em cada instante do tem- 38. (FCC – ESCRITURÁRIO – BANCO DO BRASIL –
po (semestre), informações sobre o saldo devedor (SD), 2011) Suponha que 60 funcionários do Banco do Brasil
a amortização (A), o juro (J) e a prestação (P) referentes a - 60% dos quais lotados em certa Agência de Florianó-
esse empréstimo. Observe que o quadro apresenta dois polis e, os demais, em determinada Agência de Chapecó
valores ilegíveis. - serão divididos em grupos, a fim de participar de um
curso sobre Desenvolvimento Pessoal. Considerando que
todos os grupos deverão conter a mesma quantidade de
funcionários e que todos os funcionários de cada gru-
po deverão pertencer à mesma Agência, então a menor
quantidade de grupos que poderão ser formados é um
número

a) menor que 4.
b) primo.
c) divisível por 3.
d) par.
e) maior que 8.

39. (FCC – ESCRITURÁRIO – BANCO DO BRASIL –


Se o quadro estivesse com todos os valores legíveis, o 2011) Relativamente aos tempos de serviço de dois fun-
valor correto da prestação P, no último campo à direita, cionários do Banco do Brasil, sabe-se que sua soma é 5
na linha correspondente ao semestre 5, da tabela, seria anos e 10 meses e que estão entre si na razão. Nessas
de condições, a diferença positiva entre os tempos de servi-
ço desses funcionários é de
a) 167.500,00.
b) 166.400,00. a) 2 anos e 8 meses.
BANCO DO BRASIL

c) 162.600,00. b) 2 anos e 6 meses.


d) 168.100,00. c) 2 anos e 3 meses.
e) 170.300,00. d) 1 ano e 5 meses.
e) 1 ano e 2 meses.

36
40. (FCC – ESCRITURÁRIO – BANCO DO BRASIL – 44. (CESGRANRIO – ESCRITURÁRIO – BANCO DO BRA-
2010) Sejam: X o conjunto dos municípios brasileiros; Y o SIL – 2010) De acordo com o Plano Nacional de Viação
conjunto dos municípios brasileiros que têm Agências do (PNV) de 2009, a malha de estradas não pavimentadas de
Banco do Brasil; Z o conjunto dos municípios brasileiros Goiás tem 62.868km a mais do que a malha de estradas
que têm mais de 30 000 habitantes. pavimentadas. Sabe-se, também, que a extensão total,
Supondo que , é correto afirmar que: em quilômetros, das estradas não pavimentadas supera
em 393km o sêxtuplo da extensão das estradas pavimen-
a) Pode existir algum município brasileiro que não tem tadas. Quantos quilômetros de estradas pavimentadas
Agência do Banco do Brasil e que tem mais de 30 000 há em Goiás?
habitantes.
b) Se um município brasileiro tem Agência do Banco do a) 12.495
Brasil, então ele tem mais de 30 000 habitantes. b) 12.535
c) Se um município brasileiro tem menos de 30 000 habi- c) 12.652
tantes, então ele não tem Agência do Banco do Brasil. d) 12.886
d) Todo município brasileiro que não tem Agência do e) 12.912
Banco do Brasil tem menos de 30 000 habitantes.
e) Todo município brasileiro que tem menos de 30 000 45. (CESGRANRIO – ESCRITURÁRIO – BANCO DO
habitantes não tem Agência do Banco do Brasil. BRASIL – 2010) No Brasil, os clientes de telefonia móvel
podem optar pelos sistemas pré-pago ou pós-pago. Em
41. (FCC – ESCRITURÁRIO – BANCO DO BRASIL – certa empresa de telefonia móvel, 17 em cada 20 clientes
2010) A proposição funcional “Para todo e qualquer va- utilizam o sistema pré-pago. Sendo assim, o número de
lor de n, tem-se 6n < n² + 8” “ será verdadeira, se n for clientes que utilizam o sistema pré-pago supera o núme-
um número real ro de clientes do pós-pago em 24,36 milhões. Quantos
milhões de clientes são atendidos por essa empresa?
a) menor que 8.
b) menor que 4. a) 34,80
c) menor que 2. b) 32,18
d) maior que 2. c) 31,20
e) maior que 3. d) 30,25
e) 29,58
42. (CESGRANRIO – ESCRITURÁRIO – BANCO DO
BRASIL – 2010) Qual a negação da proposição “Algum 46. (CESGRANRIO – ESCRITURÁRIO – BANCO DO
funcionário da agência P do Banco do Brasil tem menos BRASIL – 2010) Segundo dados do Sinduscon-Rio, em
de 20 anos”? fevereiro de 2010 o custo médio da construção civil no
Rio de Janeiro era R$875,18 por metro quadrado. De
a) Todo funcionário da agência P do Banco do Brasil tem acordo com essa informação, qual era, em reais, o custo
menos de 20 anos. médio de construção de um apartamento de 75m² no
b) Não existe funcionário da agência P do Banco do Brasil Rio de Janeiro no referido mês?
com 20 anos.
c) Algum funcionário da agência P do Banco do Brasil a) 66.634,00
tem mais de 20 anos. b) 66.128,50
d) Nem todo funcionário da agência P do Banco do Brasil c) 66.048,50
tem menos de 20 anos. d) 65.688,00
e) Nenhum funcionário da agência P do Banco do Brasil e) 65.638,50
tem menos de 20 anos.
47. (CESGRANRIO – ESCRITURÁRIO – BANCO DO
43. (CESGRANRIO – ESCRITURÁRIO – BANCO DO BRASIL – 2010) Um investidor aplicou certa quantia em
BRASIL – 2010) Uma loja vende barras de chocolate de um fundo de ações. Nesse fundo, 1/3 das ações eram
diversos sabores. Em uma promoção, era possível com- da empresa A, 1/2 eram da empresa B e as restantes, da
prar três barras de chocolate com desconto, desde que empresa C. Em um ano, o valor das ações da empresa A
estas fossem dos sabores ao leite, amargo, branco ou aumentou 20%, o das ações da empresa B diminuiu 30%
com amêndoas, repetidos ou não. Assim, um cliente que e o das ações da empresa C aumentou 17%. Em relação à
comprar as três barras na promoção poderá escolher os quantia total aplicada, ao final desse ano, este investidor
sabores de n modos distintos, sendo n igual a obteve

a) lucro de 10,3%.
BANCO DO BRASIL

a) 20
b) 16 b) lucro de 7,0%.
c) 12 c) prejuízo de 5,5%.
d) 10 d) prejuízo de 12,4%.
e) 4 e) prejuízo de 16,5%.

37
48. (CESPE – ESCRITURÁRIO – BANCO DO BRASIL – 2009) Com relação a lógica sentencial, contagem e combinação,
julgue os itens a seguir.
A proposição Se x é um número par, então y é um número primo é equivalente à proposição Se y não é um número
primo, então x não é um número par.

( ) CERTO ( ) ERRADO

49. (CESPE – ESCRITURÁRIO – BANCO DO BRASIL – 2009) Uma empresa bancária selecionou dois de seus instrutores
para o treinamento de três estagiários durante três dias. Em cada dia apenas um instrutor participou do treinamento de
dois estagiários e cada estagiário foi treinado em dois dias. As escalas nos três dias foram: 1.o dia: Ana, Carlos, Helena;
2.º dia: Helena, Lúcia, Márcio; 3.º dia: Ana, Carlos, Lúcia.
Considerando que um dos instrutores era mulher, julgue os itens que se seguem. Um estagiário era Lúcia ou Márcio.

( ) CERTO ( ) ERRADO

50. (CESPE – ESCRITURÁRIO – BANCO DO BRASIL – 2009)

Tendo como referência a figura acima, que mostra os valores das taxas de juros anuais, em dois anos consecutivos,
denominados anterior e atual, em 10 países, julgue os itens seguintes.
Caso o governo do Canadá venda, por 1 milhão de dólares, títulos à taxa de juros compostos de 1% ao ano para serem
resgatados daqui a 3 anos, então, para resgatar esses títulos ao final do período, o governo canadense deverá desem-
bolsar mais de 1,03 milhão de dólares.

( ) CERTO ( ) ERRADO

51. (CESPE – ESCRITURÁRIO – BANCO DO BRASIL – 2009)

Tendo como referência a figura acima, que mostra os valores das taxas de juros anuais, em dois anos consecutivos,
denominados anterior e atual, em 10 países, julgue os itens seguintes.
A taxa de juros compostos praticada anteriormente pela Hungria era de 10% ao ano. Essa taxa é equivalente a uma taxa
BANCO DO BRASIL

de juros semestral superior a 5%.

( ) CERTO ( ) ERRADO

38
52. (CESPE – ESCRITURÁRIO – BANCO DO BRASIL – 2009)

Tendo como referência a figura acima, que mostra os valores das taxas de juros anuais, em dois anos consecutivos,
denominados anterior e atual, em 10 países, julgue os itens seguintes.
Em termos proporcionais, o maior corte da taxa de juros ocorreu na Índia.

( ) CERTO ( ) ERRADO

53. (CESPE – ESCRITURÁRIO – BANCO DO BRASIL – 2009) A Fundação Banco do Brasil apoia, financeiramente,
projetos educacionais e culturais em muitas cidades do Brasil. Considere que, em determinada região, o total dos re-
cursos destinados a um projeto de dança clássica e a um projeto de agroecologia tenham sido iguais ao quíntuplo dos
recursos destinados a um projeto de alfabetização; que a soma dos recursos destinados aos projetos de alfabetização
e de dança clássica tenham sido de R$ 40.000,00; e que a diferença entre os recursos destinados aos projetos de agro-
ecologia e alfabetização tenham sido de R$ 20.000,00. Nessa situação, é correto afirmar que os recursos destinados ao
projeto de dança clássica foram superiores a R$ 29.000,00.

( ) CERTO ( ) ERRADO

54. (CESPE – ESCRITURÁRIO – BANCO DO BRASIL – 2008)


As fundações de estudos econômicos K e S, utilizando as funções K(t)=t2+7t+40 e S(t)=3e1/2 , respectivamente, fi-
zeram, em 1990, previsões sobre a evolução das reservas monetárias do país X, para os próximos 22 anos. Em ambas,
t=-10 corresponde ao ano de 1990, t=-9, ao ano de 1991, e assim sucessivamente, e K(t) e S(t), em bilhões de dólares,
representam, segundo cada fundação, as reservas do país X no ano t.

A partir das informações acima, julgue os itens a seguir.


De acordo com as previsões da fundação S, no período de 1990 a 2010, as reservas do país X atingiriam seu pior re-
sultado em 1990.

( ) CERTO ( ) ERRADO

55. (CESPE – ESCRITURÁRIO – BANCO DO BRASIL – 2008)


As fundações de estudos econômicos K e S, utilizando as funções K(t)=t2+7t+40 e S(t)=3e1/2 , respectivamente, fi-
zeram, em 1990, previsões sobre a evolução das reservas monetárias do país X, para os próximos 22 anos. Em ambas,
t=-10 corresponde ao ano de 1990, t=-9, ao ano de 1991, e assim sucessivamente, e K(t) e S(t), em bilhões de dólares,
representam, segundo cada fundação, as reservas do país X no ano t.

A partir das informações acima, julgue os itens a seguir.


As reservas do país X, em 2006, segundo as previsões da fundação S, seriam inferiores a 81 bilhões de dólares.

( ) CERTO ( ) ERRADO

56. (CESPE – ESCRITURÁRIO – BANCO DO BRASIL – 2008)


As fundações de estudos econômicos K e S, utilizando as funções K(t)=t2+7t+40 e S(t)=3e1/2 , respectivamente, fi-
zeram, em 1990, previsões sobre a evolução das reservas monetárias do país X, para os próximos 22 anos. Em ambas,
t=-10 corresponde ao ano de 1990, t=-9, ao ano de 1991, e assim sucessivamente, e K(t) e S(t), em bilhões de dólares,
BANCO DO BRASIL

representam, segundo cada fundação, as reservas do país X no ano t.

A partir das informações acima, julgue os itens a seguir.


As fundações K e S previram resultados idênticos para as reservas monetárias do país X em, pelo menos, duas ocasiões
no período de 1990 a 2010.

( ) CERTO ( ) ERRADO

39
57. (CESPE – ESCRITURÁRIO – BANCO DO BRASIL – 59. (CESPE – ESCRITURÁRIO – BANCO DO BRASIL –
2008) 2009)
Proposições são frases que podem ser julgadas como Proposições são frases que podem ser julgadas como
verdadeiras — V — ou como falsas — F — , mas não am- verdadeiras — V — ou como falsas — F — , mas não am-
bas; são frequentemente simbolizadas por letras maiús- bas; são frequentemente simbolizadas por letras maiús-
culas do alfabeto. A proposição simbolização por A➜B culas do alfabeto. A proposição simbolização por A➜B
— lida como “se A, então B”, “A é condição suficiente — lida como “se A, então B”, “A é condição suficiente
para B”, ou “B é condição necessária para A” — tem valor para B”, ou “B é condição necessária para A” — tem valor
lógico F quando A é V e B é F; nos demais casos, seu valor lógico F quando A é V e B é F; nos demais casos, seu valor
lógico é V. A proposição A ∧ B — lida como “A e B” — lógico é V. A proposição A ∧ B — lida como “A e B” —
tem valor lógico V quando A e B foram V e valor lógico F, tem valor lógico V quando A e B foram V e valor lógico F,
nos demais casos. A proposição ¬A, a negação de A, tem nos demais casos. A proposição ¬A, a negação de A, tem
valores lógicos contrários aos de A. valores lógicos contrários aos de A.

Com base nas definições apresentadas acima, julgue os


itens que se seguem. A negação da proposição “As pa-
lavras mascou-se” pode ser corretamente expressa pela
proposição “Nenhuma palavra se mascara”.

( ) CERTO ( ) ERRADO

60. (CESPE – ESCRITURÁRIO – BANCO DO BRASIL –


2008)

Proposições são frases que podem ser julgadas como


verdadeiras — V — ou como falsas — F — , mas não am-
bas; são frequentemente simbolizadas por letras maiús-
culas do alfabeto. A proposição simbolização por A➜B
Com base nas definições apresentadas acima, julgue os — lida como “se A, então B”, “A é condição suficiente
itens que se seguem. A proposição “Se o Brasil não tem para B”, ou “B é condição necessária para A” — tem valor
reservas de 190 milhões de dólares, então o Brasil tem lógico F quando A é V e B é F; nos demais casos, seu valor
reservas menores que as da Índia” tem valor lógico F. lógico é V. A proposição A ∧ B — lida como “A e B” —
tem valor lógico V quando A e B foram V e valor lógico F,
( ) CERTO ( ) ERRADO nos demais casos. A proposição ¬A, a negação de A, tem
valores lógicos contrários aos de A.
58. (CESPE – ESCRITURÁRIO – BANCO DO BRASIL –
2008) Com base nas definições apresentadas acima, julgue os
itens que se seguem. A negação da proposição A➜B pos-
Proposições são frases que podem ser julgadas como sui os mesmos valores lógicos que a proposição A∧(¬B).
verdadeiras — V — ou como falsas — F — , mas não am-
bas; são frequentemente simbolizadas por letras maiús- ( ) CERTO ( ) ERRADO
culas do alfabeto. A proposição simbolização por A➜B
— lida como “se A, então B”, “A é condição suficiente 61. (CESPE – ESCRITURÁRIO – BANCO DO BRASIL –
para B”, ou “B é condição necessária para A” — tem valor 2008)
lógico F quando A é V e B é F; nos demais casos, seu valor
lógico é V. A proposição A ∧ B — lida como “A e B” —
tem valor lógico V quando A e B foram V e valor lógico F,
nos demais casos. A proposição ¬A, a negação de A, tem
valores lógicos contrários aos de A.

Com base nas definições apresentadas acima, julgue os


itens que se seguem. A proposição “Se as reservas inter-
nacionais em moeda forte aumentam, então o país fica
protegido de ataques especulativos” pode também ser
corretamente expressa por “O país ficar protegido de
BANCO DO BRASIL

ataques especulativos é condição necessária para que as


reservas internacionais aumentem”.

( ) CERTO ( ) ERRADO

40
É possível encontrar uma progressão aritmética De acordo com as definições apresentadas acima e a ve-
decrescente, em que os 5 primeiros termos, racidade de todas as informações apresentadas no texto
coincidam, respectivamente, com os precedente, julgue os itens.
valores das reservas da China, da Rússia, da Índia, da Co- A proposição “Não existe mulheres que ganham menos
réia do Sul e do Brasil, constantes do gráfico. que os homens” pode ser corretamente simbolizada na
forma .
( ) CERTO ( ) ERRADO
( ) CERTO ( ) ERRADO
62. (CESPE – ESCRITURÁRIO – BANCO DO BRASIL –
2008) 65. (CESPE – ESCRITURÁRIO – BANCO DO BRASIL –
Considere que determinada concessionária de veículos 2008)
ofereça, além do pagamento á vista, vários planos de fi-
nanciamento, à taxa de juros compostos de 1,5% ao mês.
Com base nessas informações e considerando 1,2 como
valor aproximado para 1,01512, julgue os itens seguintes:
Considere o financiamento de um veículo em 12 presta-
ções mensais, consecutivas e iguais a R$ 4.500,00, com
a primeira prestação sendo paga no ato da compra e as
demais, uma a cada 30 dias. Nesse caso, o preço à vista
do veículo é inferior a R$ 48.000,00.
O número de mulheres no mercado de trabalho mundial
( ) CERTO ( ) ERRADO é o maior da História, tendo alcançado, em 2007, a marca
de 1,2 bilhão, segundo relatório da Organização 4 Inter-
63. (CESPE – ESCRITURÁRIO – BANCO DO BRASIL – nacional do Trabalho (OIT). Em dez anos, houve um incre-
2008) mento de 200 milhões na ocupação feminina. Ainda as-
Considere que determinada concessionária de veículos sim, as mulheres representaram um contingente distante
ofereça, além do pagamento á vista, vários planos de fi- do 7 universo de 1,8 bilhão de homens empregados. Em
nanciamento, à taxa de juros compostos de 1,5% ao mês. 2007, 36,1% delas trabalhavam no campo, ante 46,3%
Com base nessas informações e considerando 1,2 como em serviços. Entre os homens, a proporção é de 34% 10
valor aproximado para 1,01512, julgue os itens seguintes: para 40,4%. O universo de desempregadas subiu de 70,2
A taxa de juros praticada por essa concessionária é equi- milhões para 81,6 milhões, entre 1997 e 2007 — quan-
do a taxa de desemprego feminino atingiu 6,4%, ante 13
valente à taxa de 20% ao ano.
5,7% da de desemprego masculino. Há, no mundo, pelo
menos 70 mulheres economicamente ativas para 100 ho-
( ) CERTO ( ) ERRADO mens. O relatório destaca que a proporção de assalaria-
das 16 subiu de 41,8% para 46,4% nos últimos dez anos.
64. (CESPE – ESCRITURÁRIO – BANCO DO BRASIL – Ao mesmo tempo, houve queda no emprego vulnerável
2009 - adaptada) (sem proteção social e direitos trabalhistas), de 56,1%
para 51,7%. Apesar 19 disso, o universo de mulheres nes-
sas condições continua superando o dos homens.
Com referência ao texto e considerando o gráfico nele
apresentado, julgue os itens a seguir.
No gráfico, os valores correspondentes aos números de mulhe-
res no mercado de trabalho mundial nos anos de 1993, 1995,
1997 e 1999 estão, nessa ordem, em progressão aritmética.

( ) CERTO ( ) ERRADO

66. (CESPE – ESCRITURÁRIO – BANCO DO BRASIL –


2008) Julgue os itens a seguir, relacionados a emprésti-
mos e financiamentos, considerando, em todas as situa-
ções apresentadas, que o regime de juros praticado é o
de juros compostos, à taxa mensal de 2%, e tomando 1,3
como valor aproximado para
Se o pagamento de um financiamento tiver de ser fei-
BANCO DO BRASIL

to em 24 prestações mensais, consecutivas e iguais a R$


1.200,00, nesse caso, o montante dessa série de paga-
mentos, por ocasião do pagamento da última prestação,
será superior a R$ 42.000,00.

( ) CERTO ( ) ERRADO

41
67. (CESPE – ESCRITURÁRIO – BANCO DO BRASIL – 2008) Julgue os itens a seguir, relacionados a empréstimos e
financiamentos, considerando, em todas as situações apresentadas, que o regime de juros praticado é o de juros com-
postos, à taxa mensal de 2%, e tomando 1,3 como valor aproximado para
Se o pagamento de um empréstimo que seria quitado em uma única prestação de R$ 26.000,00 ao final do segundo
ano for antecipado para o final do primeiro ano, o valor a ser pago será superior a R$ 19.800,00.

( ) CERTO ( ) ERRADO

68. (CESPE – ESCRITURÁRIO – BANCO DO BRASIL – 2008) Julgue os itens a seguir, relacionados a empréstimos e
financiamentos, considerando, em todas as situações apresentadas, que o regime de juros praticado é o de juros com-
postos, à taxa mensal de 2%, e tomando 1,3 como valor aproximado para
Em um financiamento pelo Sistema de Amortização Constante (SAC), o valor das prestações, mensais e consecutivas, é
sempre constante; o que varia é o valor dos juros pagos a cada mês.

( ) CERTO ( ) ERRADO

69. (CESPE – ESCRITURÁRIO – BANCO DO BRASIL – 2008)


BANCO DO BRASIL

Estima-se que a área desmatada, em 2019, será superior a 200 milhões de hectares.

( ) CERTO ( ) ERRADO

42
70. (CESPE – ESCRITURÁRIO – BANCO DO BRASIL – 2008)

De acordo com essa estimativa, em nenhum momento a área desmatada será inferior a 60 milhões de hectares.

( ) CERTO ( ) ERRADO

71. (CESPE – ESCRITURÁRIO – BANCO DO BRASIL – 2008)

BANCO DO BRASIL

43
A principal motivação para o desmatamento da região 74. (CESPE – ESCRITURÁRIO – BANCO DO BRASIL –
Amazônica é a abertura de novas fronteiras para a pecu- 2007) Um grupo de amigos fez, em conjunto, um jogo
ária. Ocorre, no entanto, que parte do terreno desmata- em determinada loteria, tendo sido premiado com a im-
do para pasto, por ser empobrecido pelas queimadas e portância de R$ 2.800.000,00 que deveria ser dividida
compactado, aos poucos, pelo pisoteio do gado, é aban- igualmente entre todos eles. No momento da partilha,
donado após 5 anos de uso. Considere que o gráfico do constatou-se que 3 deles não haviam pago a parcela cor-
primeiro quadro ilustre a distribuição de 75 milhões de respondente ao jogo, e, dessa forma, não faziam juz ao
hectares desmatados na Amazônia até o ano de 2007 e quinhão do prêmio. Com a retirada dos 3 amigos que
que, a cada 5 anos, a partir dessa data, 30% das pasta- não pagaram o jogo, coube a cada um dos restantes
gens sejam abandonadas. mais R$ 120.000,00.
Nessa situação, julgue os itens seguintes, relacionados às Considerando a situação hipotética apresentada, julgue
áreas desmatadas da Amazônia. os itens que se seguem.
Em 2017, da área desmatada até 2007, mais de 38 mi- Cada um dos elementos do “grupo de amigos” que efe-
lhões de hectares estarão abandonadas. tivamente pagou a parcela correspondente ao jogo rece-
beu uma quantia superior a R$ 250.000,00.
( ) CERTO ( ) ERRADO
( ) CERTO ( ) ERRADO
72. (CESPE – ESCRITURÁRIO – BANCO DO BRASIL –
2007) Na lógica de primeira ordem, uma proposição é 75. (CESPE – ESCRITURÁRIO – BANCO DO BRASIL –
funcional quando é expressa por um predicado que con- 2007) Um grupo de amigos fez, em conjunto, um jogo
tém um número finito de variáveis e é interpretada como em determinada loteria, tendo sido premiado com a im-
verdadeira (V) ou falsa (F) quando são atribuídos valores portância de R$ 2.800.000,00 que deveria ser dividida
às variáveis e um significado ao predicado. Por exemplo, igualmente entre todos eles. No momento da partilha,
a proposição “Para qualquer x, tem-se que x - 2 > 0” pos- constatou-se que 3 deles não haviam pago a parcela cor-
respondente ao jogo, e, dessa forma, não faziam juz ao
sui interpretação V quando x é um número real maior do
quinhão do prêmio. Com a retirada dos 3 amigos que
que 2 e possui interpretação F quando x pertence, por
não pagaram o jogo, coube a cada um dos restantes
exemplo, ao conjunto {-4, -3, -2, -1, 0}.
mais R$ 120.000,00.
Com base nessas informações, julgue os próximos itens.
Considerando a situação hipotética apresentada, julgue
A proposição funcional “Para qualquer x, tem-se que x2
os itens que se seguem.
> x” é verdadeira para todos os valores de x que estão no
Considerando que, em uma função da forma f(x) = Ax2
conjunto {5, 5/2,3,3/2,2,1/2}.
+ Bx + C, em que A, B, e C são constantes bem deter-
minadas, a equação f(x) = 0 determina a quantidade de
( ) CERTO ( ) ERRADO elementos do “grupo de amigos”, então é correto afir-
mar que, para essa função, o ponto de mínimo é atingido
73. (CESPE – ESCRITURÁRIO – BANCO DO BRASIL – quando x =3/2.
2007) Na lógica sentencial, denomina-se proposição
uma frase que pode ser julgada como verdadeira (V) ( ) CERTO ( ) ERRADO
ou falsa (F), mas não, como ambas. Assim, frases como
“Como está o tempo hoje?” e “Esta frase é falsa” não são 76. (CESPE – ESCRITURÁRIO – BANCO DO BRASIL –
proposições porque a primeira é pergunta e a segunda 2007) Uma proposição é uma afirmação que pode ser
não pode ser nem V nem F. As proposições são represen- julgada como verdadeira (V) ou falsa (F), mas não como
tadas simbolicamente por letras maiúsculas do alfabeto ambas. As proposições são usualmente simbolizadas por
— A, B, C etc. Uma proposição da forma “A ou B” é F se A letras maiúsculas do alfabeto, como, por exemplo, P, Q, R
e B forem F, caso contrário é V; e uma proposição da for- etc. Se a conexão de duas proposições é feita pela prepo-
ma “Se A então B” é F se A for V e B for F, caso contrário sição “e”, simbolizada usualmente por , então obtém-
é V. Um raciocínio lógico considerado correto é formado -se a forma , lida como “P e Q” e avaliada como V
por uma sequência de proposições tais que a última pro- se P e Q forem V, caso contrário, é F. Se a conexão for
posição é verdadeira sempre que as proposições anterio- feita pela preposição “ou”, simbolizada usualmente por
res na sequência forem verdadeiras. , então obtém-se a forma PVQ, lida como “P ou Q”
É correto o raciocínio lógico dado pela sequência de pro- e avaliada como F se P e Q forem F, caso contrário, é V.
posições seguintes: A negação de uma proposição é simbolizada por ,
Se Antônio for bonito ou Maria for alta, então José será e avaliada como V, se P for F, e como F, se P for V. Um
aprovado no concurso. argumento é uma sequência de proposições P1 , P2 , ...,
Maria é alta. Pn , chamadas premissas, e uma proposição Q, chamada
Portanto José será aprovado no concurso. conclusão. Um argumento é válido, se Q é V sempre que
BANCO DO BRASIL

P1 , P2 , ..., Pn forem V, caso contrário, não é argumento válido.


( ) CERTO ( ) ERRADO A partir desses conceitos, julgue os próximos itens.
A proposição simbólica possui, no máximo,
4 avaliações V.

( ) CERTO ( ) ERRADO

44
77. (CESPE – ESCRITURÁRIO – BANCO DO BRASIL – 79. (CESPE – ESCRITURÁRIO – BANCO DO BRASIL –
2007) Uma proposição é uma afirmação que pode ser 2007) É loja ou é banco?
julgada como verdadeira (V) ou falsa (F), mas não como Comércio recebe pagamentos e efetua saques como for-
ambas. As proposições são usualmente simbolizadas por ma de atrair compradores
letras maiúsculas do alfabeto, como, por exemplo, P, Q, R Que tal aproveitar a força do Banco do Brasil S.A. (BB),
etc. Se a conexão de duas proposições é feita pela prepo- atrair para o seu negócio alguns correntistas e trans-
sição “e”, simbolizada usualmente por , então obtém- formá-los em clientes? Se você cadastrar sua empresa
-se a forma , lida como “P e Q” e avaliada como V junto ao BB, pode receber o pagamento de impostos ou
se P e Q forem V, caso contrário, é F. Se a conexão for títulos e pode, também, deixar os correntistas sacarem
feita pela preposição “ou”, simbolizada usualmente por dinheiro no seu balcão. O projeto já tem mais de 200
, então obtém-se a forma PVQ, lida como “P ou Q” empresas cadastradas, chamadas de correspondentes, e
e avaliada como F se P e Q forem F, caso contrário, é V. deve atingir, até o fim do ano, 10.000 estabelecimentos.
A negação de uma proposição é simbolizada por , Em troca do pagamento de títulos ou pelo serviço de
e avaliada como V, se P for F, e como F, se P for V. Um saque, o banco paga a você R$ 0,18 a cada transação. “As
argumento é uma sequência de proposições P1 , P2 , ..., empresas fazem, em média, 800 operações por mês. O
Pn , chamadas premissas, e uma proposição Q, chamada limite é de R$ 200,00 para saque e de R$ 500,00 por bo-
conclusão. Um argumento é válido, se Q é V sempre que leto”, diz Ronan de Freitas, gerente de correspondentes
P1 , P2 , ..., Pn forem V, caso contrário, não é argumento do BB. As lojas que lidam com grande volume de dinhei-
válido. ro vivo e fazem o serviço de saque têm a vantagem de
A partir desses conceitos, julgue os próximos itens. aumentar a segurança, já que ficam com menos dinheiro
Considere as seguintes proposições: no caixa e não precisam transportá-lo até o banco. Mas
P: “Mara trabalha” e Q: “Mara ganha dinheiro” o melhor, mesmo, é atrair gente nova para dentro do
Nessa situação, é válido o argumento em que as premis- seu ponto comercial. “Nossas vendas cresceram 10% ao
sas são “Mara não trabalha ou Mara ganha dinheiro” e mês desde a instalação do sistema, em fevereiro de 2007.
“Mara não trabalha”, e a conclusão é “Mara não ganha Somos o correspondente com mais transações, mais de
dinheiro”. 4.000 só em maio”, afirma Pedro de Medeiros, sócio do
supermercado Comercial do Paraná, de São Domingos
( ) CERTO ( ) ERRADO do Araguaia, no Pará.
Como fazer melhor. In: Pequenas Empresas Grandes Ne-
78. (CESPE – ESCRITURÁRIO – BANCO DO BRASIL – gócios, n.º 222, jul./2007, p. 100 (com adaptações).
2007) Uma proposição é uma afirmação que pode ser Tendo como referência o texto acima, julgue os seguintes
julgada como verdadeira (V) ou falsa (F), mas não como itens.
ambas. As proposições são usualmente simbolizadas por Considere que uma empresa, no mês de seu cadastra-
letras maiúsculas do alfabeto, como, por exemplo, P, Q, R mento nesse projeto, tenha realizado 100 transações e,
etc. Se a conexão de duas proposições é feita pela prepo- em cada mês posterior, o número de transações efetua-
sição “e”, simbolizada usualmente por , então obtém- das tenha sido sempre igual ao dobro das efetuadas no
-se a forma , lida como “P e Q” e avaliada como V mês anterior. Nessa situação, ao final de um ano após
se P e Q forem V, caso contrário, é F. Se a conexão for o seu cadastramento, o dinheiro pago pelo banco por
feita pela preposição “ou”, simbolizada usualmente por essas transações foi inferior a R$ 70.000,00.
, então obtém-se a forma PVQ, lida como “P ou Q”
e avaliada como F se P e Q forem F, caso contrário, é V. ( ) CERTO ( ) ERRADO
A negação de uma proposição é simbolizada por ,
e avaliada como V, se P for F, e como F, se P for V. Um 80. (CESPE – ESCRITURÁRIO – BANCO DO BRASIL –
argumento é uma sequência de proposições P1 , P2 , ..., 2007) Em cada um dos itens subsequentes, é apresen-
Pn , chamadas premissas, e uma proposição Q, chamada tada uma situação a respeito de matemática financeira,
conclusão. Um argumento é válido, se Q é V sempre que seguida de uma assertiva a ser julgada.
P1 , P2 , ..., Pn forem V, caso contrário, não é argumento Um veículo popular cujo valor à vista é de R$ 24.000,00
válido. pode ser comprado, sem entrada, em 36 prestações
A partir desses conceitos, julgue os próximos itens. mensais e iguais, sendo que a primeira prestação será
A partir desses conceitos, julgue os próximos itens. paga em 1 mês após a compra, à taxa de juros compos-
Há duas proposições no seguinte conjunto de sentenças: tos de 5% ao mês. Nessa situação, tomando 0,17 como
valor aproximado de 1,05-36 , conclui-se que o valor da
(I) O BB foi criado em 1980. prestação será superior a R$ 1.400,00.
(II) Faça seu trabalho corretamente.
(III) Manuela tem mais de 40 anos de idade. ( ) CERTO ( ) ERRADO
BANCO DO BRASIL

( ) CERTO ( ) ERRADO

45
81. (CESPE – ESCRITURÁRIO – BANCO DO BRASIL – 83. (CESPE – ESCRITURÁRIO – BANCO DO BRASIL –
2007) Um grupo de amigos saiu para assistir a um filme 2007)
no cinema do bairro. Lá chegando, constataram que o
preço das entradas para todos, refrigerantes e pipoca
era de R$ 585,00. Esse valor deveria ser dividido inicial-
mente entre todos do grupo, mas, por delicadeza, os
integrantes do grupo que moravam nesse bairro revol-
veram dividir entre eles o valor correspondente ao que
cabia aos 4 integrantes que não moravam no bairro, o
que acrescentou à despesa de cada um dos primeiros a
quantia de R$ 20,00. Com base nessa situação hipotéti-
ca, julgue os itens que se seguem.
No grupo de amigos havia menos de 8 moradores do
bairro onde fica o cinema e a cada um deles coube uma
despesa superior a R$ 70,00.

( ) CERTO ( ) ERRADO

82. (CESPE – ESCRITURÁRIO – BANCO DO BRASIL –


2007) Com relação às informações contidas no texto acima
e supondo que as porcentagens das respostas de I a V
sejam independentes da quantidade de entrevistados e
que cada um deles deu exatamente uma das respostas
acima, julgue os itens subsequentes.
Se x é a quantidade de entrevistados e y é a quantidade
dos que responderam “passo e atualizo antivírus uma vez
por mês”, então  .

( ) CERTO ( ) ERRADO

84. (FCC – ESCRITURÁRIO – BANCO DO BRASIL – 2006)


Considere o seguinte fluxo de caixa cuja taxa interna de
retorno é igual a 10% ao ano:

Com relação às informações contidas no texto acima e


supondo que as porcentagens das respostas de I a V
sejam independentes da quantidade de entrevistados e
que cada um deles deu exatamente uma das respostas
acima, julgue os itens subsequentes.
O valor de X é igual a
Em uma amostra de 1.200 entrevistados, mais de 490
teriam dado a resposta I.
a) R$ 11 000,00
b) R$ 11 550,00
( ) CERTO ( ) ERRADO
c) R$ 13 310,00
d) R$ 13 915,00
e) R$ 14 520,00

85. (FCC – ESCRITURÁRIO – BANCO DO BRASIL –


2006) Uma pessoa assume, hoje, o compromisso de de-
volver um empréstimo no valor de R$ 15 000,00 em 10
prestações mensais iguais, vencendo a primeira daqui a
um mês, à taxa de juros nominal de 24% ao ano, com
BANCO DO BRASIL

capitalização mensal. Sabe-se que foi utilizado o Siste-


ma Francês de Amortização (Sistema Price) e que, para
a taxa de juros compostos de 2% ao período, o Fator de
Recuperação de Capital (10 períodos) é igual a 0,111. O
respectivo valor dos juros incluídos no pagamento da se-
gunda prestação é

46
a) R$ 273,30 89. (CESPE – ESCRITURÁRIO – BANCO DO BRASIL –
b) R$ 272,70 2003) Fazendo o seu balanço anual de despesas, uma
c) R$ 270,00 família de classe média verificou que os gastos com mo-
d) R$ 266,70 radia foram o dobro dos gastos com educação; os gastos
e) R$ 256,60 com alimentação foram 50% superiores aos gastos com
educação; e, finalmente, os gastos com alimentação e
86. (FCC – ESCRITURÁRIO – BANCO DO BRASIL – 2006) educação, juntos, representaram o triplo dos gastos com
Três pessoas formaram, na data de hoje, uma sociedade saúde. Com base na situação hipotética acima, julgue os
com a soma dos capitais investidos igual a R$ 100 000,00. itens que se seguem.
Após um ano, o lucro auferido de R$ 7 500,00 é dividi- Os dados apresentados permitem concluir que os gastos
do entre os sócios em partes diretamente proporcionais com saúde foram superiores a R$ 15.000,00.
aos capitais iniciais investidos. Sabendo-se que o valor da
parte do lucro que coube ao sócio que recebeu o menor ( ) CERTO ( ) ERRADO
valor é igual ao módulo da diferença entre os valores que
receberam os outros dois, tem-se que o valor do capital 90. (CESPE – ESCRITURÁRIO – BANCO DO BRASIL –
inicial do sócio que entrou com maior valor é 2002)
a) R$ 75 000,00
b) R$ 60 000,00
c) R$ 50 000,00
d) R$ 40 000,00
e) R$ 37 500,00

87. (FCC – ESCRITURÁRIO – BANCO DO BRASIL –


2006) Os salários dos 40 empregados de uma empresa,
em 31 de dezembro de 2005, estavam distribuídos con-
forme a tabela abaixo:

Neste caso, tem-se que a média aritmética dos salários


dos empregados é Com base nas informações acima, relativas ao canal do
Panamá, julgue os itens seguintes.
a) R$ 1 400,00 No período mostrado no gráfico II, a mediana da série
b) R$ 1 230,00 numérica formada pelos percentuais de cargas destina-
c) R$ 1 150,00 das ao Brasil ou dele originadas, que passaram pelo canal
d) R$ 1 100,00 do Panamá, é maior que a moda dessa série.
e) R$ 1 050,00
( ) CERTO ( ) ERRADO
88. (CESPE – ESCRITURÁRIO – BANCO DO BRASIL –
2003) Fazendo o seu balanço anual de despesas, uma
família de classe média verificou que os gastos com mo- 91. (CESGRANRIO – ESCRITURÁRIO – BANCO DO
radia foram o dobro dos gastos com educação; os gastos BRASIL – 2018) Uma amostra aleatória de tamanho 5
com alimentação foram 50% superiores aos gastos com é retirada de uma população e observa-se que seus va-
educação; e, finalmente, os gastos com alimentação e lores, quando postos em ordem crescente, obedecem a
educação, juntos, representaram o triplo dos gastos com uma Progressão Aritmética.
saúde. Com base na situação hipotética acima, julgue os Se a variância amostral não viciada vale 40, qual é o valor
itens que se seguem. da razão da Progressão Aritmética?
BANCO DO BRASIL

É possível que essa família tenha gasto um total de R$


36.000,00 com o item moradia e um total de R$ 28.000,00 a) 3
com o item alimentação. b) 5√2
c) 4
d) 2√5
( ) CERTO ( ) ERRADO e) 1

47
92. (CESPE – ESCRITURÁRIO – BANCO DO BRASIL – 96. (CESGRANRIO – ESCRITURÁRIO – BANCO DO
2007) O euro, moeda oficial da União Européia, que exis- BRASIL – 2015) Um cliente foi sorteado em um plano de
te como moeda e cédula desde 1.º/1/2002, é adotado, capitalização, cujo prêmio, após os descontos, foi de R$
hoje, por 13 dos 27 Estados-membros. O último Estado- 8.800,00. Esse prêmio foi dividido entre seus três filhos
-membro a adotar o euro foi a Eslovênia, em 1.º/1/2007, de modo que o segundo ganhou um quinto a mais que
que estabeleceu a conversão de 239,64 tolares — o tolar o primeiro, e o terceiro ganhou cinco sextos a mais que
era a moeda até então oficial na Eslovênia — para cada o segundo.
euro. Quanto recebeu o primeiro filho?
Internet: <www.wikipedia.org> (com adaptações).
Com referência ao texto e às informações acima, julgue a) R$ 4.000,00
os itens que se seguem. b) R$ 3.600,00
Considere que, no dia 1.º/1/2007, no câmbio oficial bra- c) R$ 2.000,00
sileiro, fosse possível comprar exatamente 1 euro por R$ d) R$ 2.400,00
3,00. Nessa situação, nesse mesmo dia, R$ 1,00 equivalia e) R$ 4.400,00
a menos de 78 tolares.
97. (CESGRANRIO – ESCRITURÁRIO – BANCO DO
( ) CERTO ( ) ERRADO BRASIL – 2015) Uma instituição financeira efetua o des-
conto de um título de valor de face de R$ 25.000,00 dois
93. (CESPE – ESCRITURÁRIO – BANCO DO BRASIL – meses antes do vencimento, utilizando taxa de descon-
2018) Uma sequência numérica tem seu termo geral re- to simples bancário (por fora) de 9% ao mês. A institui-
presentado por an , para n ≥ 1. Sabe-se que a1 = 0 e que ção exige o pagamento de 2% do valor de face do título
a sequência cujo termo geral é bn = an+1 - an , n ≥ 1, é como taxa de administração no momento de desconto
uma progressão aritmética cujo primeiro termo é b1 = 9 do título.
e cuja razão é igual a 4. A taxa bimestral de juros realmente cobrada é de
O termo a1000 é igual a
a) 20%
a) 2.002.991 b) 25%
b) 2.002.995 c) 11%
c) 4.000.009 d) 16%
d) 4.009.000 e) 22,5%
e) 2.003.000
98. (CESGRANRIO – ESCRITURÁRIO – BANCO DO
94. (CESGRANRIO – ESCRITURÁRIO – BANCO DO BRASIL – 2015) Um investimento rende à taxa de juros
BRASIL – 2015) A mãe de João decidiu ajudá-lo a pagar compostos de 12% ao ano com capitalização trimestral.
uma das prestações referentes a uma compra parcelada. Para obter um rendimento de R$ 609,00 daqui a 6 meses,
Ela solicitou a antecipação do pagamento e, por isso, a deve-se investir, hoje, em reais,
financeira lhe concedeu um desconto de 6,25% sobre o
valor original daquela prestação. João pagou um terço a) 6.460
do novo valor, e sua mãe pagou o restante. b) 10.000
A parte paga pela mãe de João corresponde a que fração c) 3.138
do valor original da prestação? d) 4.852
e) 7.271
a) 29/48
b) 1/24 99. (CESGRANRIO – ESCRITURÁRIO – BANCO DO
c) 15/16 BRASIL – 2015) A empresa ALFA tomou um empréstimo
d) 5/8 no valor de 100 mil reais, em janeiro de 2015, a uma taxa
e) 4/25 de juros de 12% ao ano, no regime de juros compos-
tos, a serem pagos em 3 parcelas anuais, consecutivas e
95. (CESPE – ESCRITURÁRIO – BANCO DO BRASIL – postecipadas. A primeira parcela, a ser paga em janeiro
2018) Sabe-se que g é uma função par e está definida de 2016, corresponderá a 20% do valor do empréstimo;
em todo domínio da função f, e a função f pode ser ex- a segunda parcela, um ano após a primeira, será igual a
pressa por f(x) = x2 + k . x . g(x). 30% do valor do empréstimo, e a terceira parcela a ser
Se f(1) = 7, qual o valor de f(-1)? paga, em janeiro de 2018, liquidará a dívida.
A quantia, em milhares de reais, que mais se aproxima do
a) 7 valor da terceira parcela é igual a
BANCO DO BRASIL

b) 5
c) - 7 a) 72,0
d) - 6 b) 90,5
e) - 5 c) 56,0
d) 64,2
e) 81,8

48
100. (CESGRANRIO – ESCRITURÁRIO – BANCO DO Somando as duas equações:
BRASIL – 2015) Aldo, Baldo e Caldo resolvem fazer um
bolão para um concurso da Mega-Sena. Aldo contribui
com 12 bilhetes, Baldo, com 15 bilhetes e Caldo, com
9 bilhetes. Eles combinaram que, se um dos bilhetes do Mmc (3,4)=12
bolão fosse sorteado, o prêmio seria dividido entre os -5y = - 160
três proporcionalmente à quantidade de bilhetes com y = 32
que cada um contribuiu. Caldo também fez uma apos- x = 24
ta fora do bolão e, na data do sorteio, houve 2 bilhetes razão de mulheres pra homens:
ganhadores, sendo um deles o da aposta individual de
Caldo, e o outro, um dos bilhetes do bolão.
Qual a razão entre a quantia total que Caldo recebeu e a
quantia que Baldo recebeu?

a) 0,8 4. Resposta: Letra E.


b) 1,5 C = 900 ; i = 10% a.m=0,10 ; t = 2m ; pagou 2 meses
c) 2 depois R$ 600,00 e liquidou após 1 mês
d) 2,5 M=C(1+i)t
e) 3 M=900(1+0,1)2→M=1089,00
Depois de dois meses João pagou R$ 600,00.
1089-600=489
M=489(1+0,1)1=537,90
GABARITO
5. Resposta: Letra B.
M = C. (1 + i)t
1. Resposta: Letra C.
C = 45.000
Temos que:
i = 0,02
A15B–2CD8=4218
--------------------
A15B=4218+2CD3
C = 135.000
i= 0,08
45.000 (1+ i)t = 135.000 (1 + i)t
45.000 (1 + 0,2)t = 135.000 (1 + 0,08)t
45.000 (1,2)t = 135.000 (1,08)t
135.000/45.000 = (1,2/1,08)t
Somando as unidades 8 + 3 = 11 → B = 1; 1 + 1 + D = 3 = (10/9)t
5 → D = 5 – 1 – 1 → D = 3 → 2 + C = 11 → C = log3 = t.log (10/9)
11 – 2 → C = 9 → 1 + 4 + 2 = A → A = 7 0,48 = (log10 - log9).t
1<3<7<9 0,48 = (1 - 2log3).t
B<D<A<C 0,48 = (1 - 2.0,48).t
0,48 = (1 - 0,96).t
2. Resposta: Letra A. 0,48 = 0,04.t
Um número é divisível por 4, quando seus dois alga- t = 0,48/0,04
rismos são 00 ou quando formam um número divisível t = 12
por 4. Vamos enumerar todos os múltiplos de 4: 24,
28, 32, 36, 40, 44, 48, 52, 56, 60, 64, 68, 72, 76, 78. 6. Resposta: Letra D.
Retirando os múltiplos de 6 menores que 60 temos: Sabemos que no resultado da soma, U é o algarismo
24, 36 e 48 (3 ao todo) das dezenas e E é o algarismo das unidades. Sendo as-
Logo: 15 – 3 = 12 sim, esse resultado numericamente será 10U + E. Nas
parcelas da soma, U é o algarismo das unidades e E é
3. Resposta: Letra A. o algarismo das dezenas, assim:
Mulheres: x 3U + 10E = 10U + E
Homens: y 10E - E = 10U - 3U
9E = 7U.
Os números 7 e 9 são primos entre si, por isso a igual-
dade acima só será verdadeira se E = 7 e U = 9.
Verificando:
BANCO DO BRASIL

9 + 9 + 79 = 97.
Então somando:
E + U = 9 + 7 = 16

49
7. Resposta: Letra D. (189 – X) / (1260 – X) = 10% = 0,1
De acordo com os elementos do conjunto “B”, pode- (189 – X) / (1260 – X) = 0,1
mos deduzir que um dos elementos do conjunto “A” 189 – X = 126 – 0,1X
tem que ser necessariamente o “zero”. (faltam agora 189 – 126 = 0,9X
achar os outros 4 elementos do conjunto “A”), pois dos X = 70 (múltiplo de 10)
elementos formados pelos produtos dos 3 elementos
de A, correspondem a 10 números, mas o conjunto B 12. Resposta: Letra E.
é formado apenas por 5. Funcionário B:
Como temos no conjunto “B” os números simétricos
“30” e “-30”, significa que teremos também dois nú-
meros simétricos no conjunto “A”.
Vamos pegar os números “30”, “20” e “12” e tirar o Funcionário C:
mínimo múltiplo comum (mmc)
30 20 12 | 2
15 10 6 | 2
15 5 3 | 3 Portanto, o funcionário B realizou 4 atendimentos a
5 5 1 | 5 mais.
1 1 1
Na última coluna, temos exatamente os 4 elementos 13. Resposta: Letra B.
que estamos procurando. agora, o número que é si- 1240∙5/100=62 apólices
métrico é justamente o que aprece duplicado que é o meta:1500∙15/100=225 apólices
2. Logo teremos O número de negociações que falta: 225-62=163.
A = ( -2, 0, 2, 3, 5), somando todos os elementos obte-
mos como resultado 8. 14. Resposta: Letra A.
EUA
8. Resposta: Letra B. 238⋅0,34=80,92
0,8 pv = 1,04 pc China
1 pv = x pc 300⋅0,3=90
0,8 x = 1,04 Diferença: 90-80,92=9,08
x = 1,04 / 0,8
x = 1,3, ou seja, 30%
15. Resposta: Letra E.
Do enunciado temos o seguinte:
9. Resposta: Letra B.
Inicialmente:
Os termos formam uma P.G. infinita de razão q = 2(-x),
Iná: x pessoas
pois {4(-x)}/{2(-x)} = {8(-x)}/{4(-x)} = 2(-x)
Ari: x + 4
A soma da P.G. infinita é S=a1/(1-q)
Depois 8 pessoas passam da fila de Ari para Iná:
a1 = 2(-x)
q = 2(-x) Iná: x + 8
S = 1/4 (pelo enunciado) Ari: x + 4 – 8 = x – 4
Logo, 1/4 = 2(-x)/ {1- 2(-x)} Iná fica com o dobro de Ari:
4. 2(-x) = 1 - 2(-x) x + 8 = 2(x – 4)
5. 2(-x) = 1 x + 8 = 2x – 8
2(-x) = 1/5 8 + 8 = 2x – x
2(x) = 5 x = 16
x = log{2} Total de pessoas = x + x + 4 = 2x + 4 = 2.16 + 4 = 32
+ 4 = 36 pessoas
10. Resposta: Letra A.
Entre 22 a 82 temos os seguintes múltiplos de 4: 16. Resposta: Letra B.
24, 28, 32, 36, 40, 44, 48, 52, 56, 60, 64, 68, 72, 76, 80 Juros simples:
Dentre esse conjunto de múltiplos de 4, os múltiplos Capital total: R$ 22.500,00 aplicado de dois modos:
de 6 menor que 60 são (em negrito): , i1 = 2,5% a.m. e t1 = 8 meses
24, 28, 32, 36, 40, 44, 48, 52, 56, 60, 64, 68, 72, 76, 80
Assim, restam agora 12 números se retirarmos os nú-
meros em negrito na sequência acima.

11. Resposta: Letra E. , i2 = 1,8% a.m. e t2 =


Se o total dos clientes eram de 1.260 e deste total 15%
BANCO DO BRASIL

eram do plano Beta, então temos: 8 meses


15% de 1.260 = 15/100 x 1.260 = 189.
Logo 189 clientes pertencem ao plano Beta e 1.260 -
189 = 1.071 são do plano Alfa.
Se X deixarem a empresa, o novo total será 1260 – X, Montante final: M = 22.500 + 2700 + 1296 = 26.496,00
assim o percentual do Beta será:

50
17. Resposta: Letra B. m.d.c. entre 24 e 36 é igual a 12.
Para quadruplicar o Capital [exemplo: você aplica 36 : 12 = 3 grupos
1.000,00 e quer receber 4.000,00  o juros são de 24 : 12 = 2 grupos
3.000,00 (3 x 1000)] os juros tem que ser igual a 3C (o 2 + 3 = 5 = número primo.
triplo do capital).
Então temos que i = 36% ao ano e j = 3C 22. Resposta: Letra D.
Do enunciado, temos:
- 2008 valorização de 20%: 100% + 20% = 120% =
= 1,2
- 2009 desvalorização de 20%: 100% - 20% = 80% =
 36Ct = 300C  t = anos
= 0,8
- dividindo 300 por 36 temos 8 anos e sobram - 2010 valorização de 20%: 100% + 20% = 120% =
ano= ano = = 4meses. Então temos 8 anos = 1,2
e 4 meses. - nos três anos: 1,2.0,8.1,2 = 1,152 x 100 = 115,2%
115,2% - 100% = 15,2%
18. Resposta: Letra E.
A fórmula de desconto é dada por , onde d 23. Resposta: Letra D.
(desconto), N (valor nominal ou total), i (taxa em %) e t Quando pergunta “pelo menos um” devemos calcular
é o tempo. Como nos juros, a taxa e o tempo tem que a probabilidade de não acontecer e subtrair de 1. Te-
estar na mesma unidade. mos 6 atletas estrangeiros e 2 brasileiros.
Do enunciado, temos: - a probabilidade de nenhum brasileiro ganhar ouro
- d = 700 é
- i = 20% ao ano - a probabilidade de nenhum brasileiro ganhar prata é
- t = 120 dias (descontando quem já ganhou ouro)
Temos que converter o tempo para anos, então basta
- a probabilidade de nenhum brasileiro ganhar bronze
dividir 120 por 360 (ano comercial): ano.
é (descontando quem já ganhou ouro e prata)
Substituindo na fórmula:
- a probabilidade de não ter brasileiro no pódio é:

- a probabilidade de ter brasileiro no pódio é:

19. Resposta: Letra B.


De acordo com o enunciado, se o valor de R$10.000,00 24. Resposta: Letra A.
tivesse sido corrigido, no final do período o seu valor Impressora A 18 cópias por minuto e a impressora
dobraria e passaria a ser de R$20.000,00 (inflação acu- B 20 cópias por minuto.
mulada foi de 100%). Início: 9h 25min (começaram a imprimir)
Assim, podemos calcular a desvalorização: A impressora A terminou às 10h 6 min 40 s, portanto,
Desvalorização = 10.000 / 20.000 = 1/2 (Metade do levou 41min 40s para terminar.
que deveria ser pela correção). A razão entre as impressoras é: , então te-
mos que calcular:
20. Resposta: Letra D. (multiplicar por 9 e dividir por 10)
Se Gertrudes e Rubem tem x folhetos; e Gertrudes re-
passar 1/3 para Rubem, ela ficará com 2x/3, então:

Para dividir por 10, temos que:


- 369 min: 10 = 36 min e sobram 9 min.
Estes 9 min x 60 = 540 s
360s + 540s = 900s  dividido por 10 é igual a 90s
192 = 4x – 2x  1min e 30s
2x = 192 Portanto a impressora B levou 36min + 1min 30s =
x = 192 : 2 37min 30s para terminar o trabalho.
BANCO DO BRASIL

x = 96 Somando 9h 25min + 37min 30s = 10h 2 min 30s

21. Resposta: Letra B.


Total de 60 funcionários.
60%.60 = 36  Florianópolis
40%.60 = 24  Chapecó

51
25. Resposta: Letra A. Usando o desconto, ela ganhará: 25/100 x 80,00 = 25 x
Utilizar regra de três. 0,8 = 20,00 reais de desconto, assim ela gastou na verda-
Reais Dólares de na compra dos 4 ingressos 80,00 - 20,00 = 60,00 reais.
4200 2500 A empresa de TV a cabo de Belinha dá desconto de
X 6132 30% na compra de ingressos do mesmo cinema. Beli-
- Essas duas grandezas são diretamente proporcionais. nha comprou 5 ingressos, logo:
5 x 20,00 = 100,00 (sem desconto)
30% de desconto, logo: 30/100 x 100,00 = 30,00 reais
de desconto, assim ela gastou na verdade:
4200X = 2500.6132 100,00 - 30,00 = 70,00 reais
4200x = 15.330.000 Assim, Belinha gasta a mais que Amanda na compra
x = 15.330.000 : 4200 = US$ 3650 dos ingressos 70,00 - 60,00 = 10,00 reais.
Portanto, US$ 3650 : 2800 = 1,3036
30. Resposta: Letra E.
26. Resposta: Letra A. Simplificando a expressão dada no enunciado:
Todos os cortes serão do mesmo tamanho, apenas os (2103 + 2102 + 2101 - 2100 ) = 2100x(23 + 22 + 21 - 1) =
pedaços serão menores. 2100x(8 + 4 + 2 - 1) = 2100x(13) = 13x2100
- para recortar em 6 pedaços temos que fazer 5 cortes. Assim, como as bases são números primos, o resulta-
- para recortar em 10 pedaços temos que fazer 9 cor- do desse produto será divisível pelo produto das ba-
tes. ses, isto é, 13x2100 = 26.
Nº de cortes Tempo (s)
5 20 31. Resposta: Letra E.
9 x Pelo enunciado, pelo menos 4 contratos novos foram
- grandezas diretamente proporcionais. fechados, ou seja X ≥ 4 (X = 4, 5 ou 6) que será 0,15 +
0,15 + 0,1 = 0,4 (total).
 5x = 9.20  5x = 180  x = 180 : 5 = 36 s Assim, a possibilidade de 3 cancelados neste grupo
de 4 ou 5 ou 6 contratos será 0,05 + 0,03 + 0,02 = 0,1.

27. Resposta: Letra D.


De acordo com enunciado:
- No primeiro mês:
Juros de 3% de 1.000,00 = 30,00
Logo temos R$1.030,00
- No segundo mês:
Juros de 3% de 1.030,00 = 30,90
Logo temos R$1.060,90
- E finalmente os Juros sobre 10 dias:
1% de 1060,90 = 10,61 Logo, a probabilidade será:
Somando-se tudo: P = 0,1/0,4 = ¼
30,00 + 30,90 + 10,61 = R$71,51
32. Resposta: Letra B.
28. Resposta: Letra B. Aqui temos um problema de Equivalência de Capitais
Temos que: a Juros Compostos, onde dois (ou mais) capitais, com
20 anos x 12 = 240 meses (prazo) datas de vencimento diferentes, são ditos capitais
150.000,00 (200 mil - 50 mil (valor do financiamento)) equivalentes quando, transportados para uma mesma
/ 240 meses (prazo) = R$625,00 reais (Fixos, (SAC)) data, a mesma taxa, produzirem, nessa data, valores
Os juros são cobrados sobre o saldo devedor, logo a iguais. Assim:
segunda parcela será igual a: PV = FV/(i + 1)n           (1)
150.000,00 – 625,00 = R$149.375,00 Onde PV é o valor presente, FV o valor futuro e i a
Com uma taxa de juros de 1%: taxa de juros compostos. Substituindo os valores na
R$149.375,00 x 1% = R$1.493,75 equação (1):
Então, a prestação total será de: 1000/(i + 1)2 = 1210/(i + 1)4
R$625,00 + R$1493,75 + R$75,00 + R$25,00 = 1210/1000 = (i + 1)4/(i + 1)42
R$2.218,75 1,21 = (i + 1)2
Tirando a raiz quadrada em ambos os lados da equação:
29. Resposta: Letra A.
BANCO DO BRASIL

1,1 = i + 1
A empresa de TV a cabo de Amanda dá descontos de i = 1,1 – 1
25% na compra dos ingressos, Amanda compra 4 in- i = 0,1
gressos que sem o desconto, sai a 20,00 reais, logo Assim:
ela gastou: PV = 1000/(0,1 + 1)2
4 x 20,00 = 80,00 (sem desconto) PV = 1000/(1,1)2
PV = 826,45

52
33. Resposta: Letra C. 37. Resposta: Letra E.
De acordo com o enunciado, verifica-se que o dígito Tirando 3/5 de 150, encontramos 90, com isso iremos
controlador é dado pelo algarismo das unidades da fazer a razão diretamente proporcional entre Amaro e
expressão 8976873 - 8976872 Jasmim para saber quanto cada um digitou:
Entretanto não há necessidade de realizar todo o cál-
culo, pois deve-se perceber que basta identificar qual
é o algarismo das unidades de cada uma das parcelas
da subtração.
Assim,
8976873 = xxxxxxxx3, pois 73 = 343 Fazendo o restante do que sobrou (60 páginas) e calcular
8976872 = xxxxxxxx9, pois 72 = 49 a razão inversamente proporcional para Belisário e Celina:
Finalizando, tem-se:
xxxxx3 - xxxxx9 = xxxxx4
Assim o dígito controlador é o número natural 4.

34. Resposta: Letra A.


AeB
(Total atendimentos) (horas)
35 2,5
x 1,5 B=32 e C=28
2,5.x = 35*1,5
x = 21 clientes atendidos em 1h e meia. 38. Resposta: Letra B.
Precisamos organizar o menor número de grupos pos-
CDE sível e como devo fazê-lo. Como queremos o maior
(Total atendimentos) (horas) número de pessoas no grupo, fazemos uso de MDC.
84 3,5 De acordo com o enunciado, temos:
x 1,5 - 60% de 60= 36;
40% de 60= 24;
3,5x = 84* 1,5 - MDC( 36, 24) = 12
x = 36 clientes atendidos em 1h e meia. - o número 12 é a quantidade de pessoas que existirá
21+36 = 57 em cada grupo;
Assim, a quantidade total de pessoas, que é 60, divi-
35. Resposta: Letra B. dida pela quantidade de pessoas em cada grupo re-
Em qualquer regime de capitalização o valor da pres- sultará no número do da quantidade de grupo: 5. E
tação é igual à soma do valor da parcela de amortiza- sabemos que 5 é número primo.
ção com o valor da parcela de juro:
P5 = a5 + J5 39. Resposta: Letra E.
O valor da quinta parcela de juros é calculado sobre Considerando os tempos de serviço de cada um, como
o saldo devedor do período imediatamente anterior. sendo A e B.
Como a taxa semestral de juros é igual a 4% e o saldo Segundo o enunciado,
devedor após o pagamento da 4ª prestação é igual a A + B = 5 anos e 10 meses = 70 meses
160.000 reais, temos: A/B = 3/2 → A = (3/2) B
J5 = 0,04 . 160000 = 6400 Assim,
Substituindo J5 por 6400 e, ainda, observando que as (3/2) B + B = 70
amortizações são constantes e iguais a 160000 (SAC), 3B + 2B = 140
temos: 5B = 140
P5 = 160000 + 6400 B = 28
P5 = 166400 Como A = (3/2) B, tem-se:
A = (3/2) * 28 = 42
36. Resposta: Letra C. A diferença positiva entre eles é 42 – 28 = 14 meses =
Existe uma relação entre a taxa efetiva, a taxa real e o 1 ano e 2 meses
índice de inflação no período, que é dada pela equa-
ção abaixo: 40. Resposta: Letra A.
1+ief=(1+ir )(1+iinf ) Considere:
Substituindo os valores do enunciado: X= Conjunto dos municípios brasileiros
1 + 0,0659 = (1 + ir)(1 + 0,045) Y= Municípios brasileiros que possuem agencia do
BANCO DO BRASIL

1,0659 = (1 + ir)(1,045) banco do brasil


(1 + ir) = 1,0659/1,045 Z= Municípios brasileiros que possuem mais de 30.000
(1 + ir) = 1,02 habitantes.
ir = 1,02 - 1 = 0,02 Logo, Y e Z, por serem municípios brasileiros estão
ir = 2% contidos em X, mas também temos que ,
logo eles são conjuntos disjuntos. Assim temos:

53
45. Resposta: Letra A.
De acordos com os dados do enunciado, temos:
Pré: 17k
Pós: 3k
Onde “k” é a nossa constante de proporcionalidade,
assim:
Total = 17k + 3k = 20k
Sabendo que o número de clientes que utilizam o sis-
tema pré-pago supera o número de clientes do pós-
-pago em 24,36 milhões:
17k - 3k = 24,36
Sendo assim a única alternativa que corresponde cor-
Resolvendo:
retamente aos diagramas é: Pode existir algum mu-
14k = 24,36
nicípio brasileiro que não tem Agência do Banco do
k = 24,36/14
Brasil e que tem mais de 30 000 habitantes.
Substituindo o valor acima no total:
20 x (24,36/14) = 34,8 milhões
41. Resposta: Letra C.
6n <n² + 8
46. Resposta: Letra E.
Observando os termos temos uma equação do 2º
Usando a regra de três, temos:
grau. Basta resolvermos a equação
875,18 - 1m²
n² -6n + 8 > 0
x - 75
multiplica cruzado
x= 65.638,50
n1= 6+2/2 = 8/2 = 4
47. Resposta: Letra C.
n2 = 6-2/2 = 4/2 = 2
Considerando Q a quantia aplicada em um fundo de
ações.
empresa A: Q/3
empresa B: Q/2
empresa C: Q - Q/3 - Q/2 = Q/6
Após um ano:
Como queremos os valores maiores que (n > 0), logo
empresa A: Q/3 + 20% Q/3 = 1,2Q/3
teremos: n < 2 e n > 4
empresa B: Q/2 - 30% Q/2 = 0,7Q/2
empresa C: Q/6 + 17%Q/6 = 1,17Q/6
42. Resposta: Letra E.
Somando a quantia total após um ano, tem-se:
A negação de algum é nenhum + (mais) a repetição
1,2Q/3 + 0,7Q/2 + 1,17Q/6 = (2,4 + 2,1 + 1,17)Q/6 =
do resto da frase.
5,67Q/6 = 0,945Q
Algum funcionário da agência P do Banco do Brasil
Finalizando, considera-se a quantia inicial Q como
tem menos de 20 anos
100% e verifica-se a alteração ocorrida após um ano:
Nenhum funcionário da agência P do Banco do Brasil
Q ---------- 100%
tem menos de 20 anos.
0,945Q ---------- x %
x = 94,5%
43. Resposta: Letra A.
Calculando a variação, tem-se:
Considere que x1, x2, x3 e x4 sejam as quantidades
94,5% - 100% = - 5,5% , ou seja, prejuízo de 5,5%
compradas de cada um dos quatro sabores (podendo
inclusive ser zero), assim devemos ter:x1 + x2 + x3 +
48. Resposta: Certo.
x4 = 3 (pois é possível comprar apenas três barras).A
Temos uma Contra Positiva, logo: (P --> Q) <--> (~Q--
questão se resume a encontrar o número n de solução
->~P)
inteiras e não negativas da equação acima. Tal quan-
tidade é encontrada por meio de:n = C(4 + 3 - 1; 3) =
49. Resposta: Certo.
C(6; 3) = 6!/3!3! = 20.
Observamos que:
1- A C H
44. Resposta: Letra A.
2- H L M
x = malha pavimentada
3- A C L
y = malha não pavimentada
x = y + 62.868
Obrigatoriamente Márcio é instrutor!...
BANCO DO BRASIL

x = 6x + 393
1- A C H
Logo:
2- H L M
6x + 393 = x + 62.868
3- A C L
5x = 62.475
x = 62.475/5
Então Helena e Lúcia são estagiárias. E como um dos
x = 12.495 km
instrutores é mulher, logo só pode Ana.

54
Então Carlos também é estagiário. A = 140.000/5
Analisando a sentença: Um estagiário era Lúcia ou A = 28.000, valor este que é INFERIOR a 29.000, o que
Márcio. (V v F = VERDADEIRO) invalida a afirmação.

50. Resposta: Certo. 54. Resposta: Certo.


Aplicando a taxa a juros compostos, pelo período de Analisando o enunciado temos que S(t)= 3 et/2, se em
3 anos, temos: 1990 t= -10, e que ao longo dos anos até chegar ao
(1,01)³ = 1.030301 ano de 2010 o “ t “ vai aumentado, ou seja,
1990-----> t= -10
51. Resposta: Errado.
Usaremos a fórmula de equivalência de taxas efetivas, 1991------>t= -9
nas condições a seguir, assim: 2010------>t= +10
10% ao ano = 0,1
1 ano = 2 semestres Note que a função S tem expoente, e um nº positivo,
(1 +ia) = (1 + ib)2 no caso e= 2,71, elevado a um número positivo será
(1 +0,1) = (1 + ib)2 maior do que este mesmo número (e=2,71) elevado a
(1,1)1/2 = (1 + ib) um nº de expoente negativo. Conclusão quanto mais
1,048 = (1 + ib) negativo for o expoente, menor será a sua reserva mo-
ib =0,048 a.s netária e o ano que possui expoente mais negativo é
A taxa de juros composto de 10% a.a é equivalente a o ano de 1990.
uma taxa de juros semestral inferior a 5%, 4,8%.
55. Resposta: Certo.
52. Resposta: Errado. t = 6 ==> 2006 S(6) = 3(e^(6/2)) ==> 3(e^(3)) ==> 3
Quanto menor o número, se diminuirmos “0,1”, tende * (2,71^3) ==> 3 * 19,90 = 59,7
a ter uma proporção maior do que se o número dimi- Como o enunciado diz que o resultado é expresso em
nuído for maior bilhões de dólares, temos como resultado para o ano
7,5 está 100 % de 2006, 59,7 bilhões.
5,5 está x %
7,5x / 550 56. Resposta: Certo.
Fundação Kt = -6 ==> 1994 K(-6) = -62 + 7.-6 + 40
x = 500/7,5
==> 36 -42 + 40 = 34Fundação St = -6 ==> 1994
x = 73,33%
S(-6) = 3(e(-6/2)) ==> 3(e(-3)) ==> 3 . (2,71-3) ==> 3 .
Ou seja, o corte de juros foi de 26,66%
0,050 = 0,15. Logo, podemos deduzir que durante o
Pegando uma amostra por exemplo: Canadá, percebe-
período, o resultado das fórmulas nunca será idêntico.
mos visualmente que foi reduzido 50%, logo:
1 está 100%
57. Resposta: Errado.
0,5 - x %
Vamos valorar as proposições primeiro.
50 = 1x proposição A: ‘’O Brasil não tem reservas de 190 mi de
x = 50 % dólares” = verdadeira (conforme gráfico, o Brasil tem
ou seja, o corte de juros foi de 50% 190 bi de dólares em reservas) proposição B: ‘’ O Brasil
tem reservas menores que as da Índia’’ = verdadeira (
53. Resposta: Errado. Conforme o gráfico, o Brasil tem 190 bi e a Índia tem
Pelo enunciado temos: 260 bi)
A = Dança Depois de valorar as sentenças, vamos transforma-las
B = Alfabetização em estruturas lógicas condicionais como se pede no
C = Agroecologia enunciado da questão:
Com base na leitura do exercício, chega-se a três “Se o Brasil não tem reservas de 190 milhões de dóla-
equações, a saber: res (A), então o Brasil tem reservas menores que as da
B + A = 40.000 (I) Índia (B)” - proposição condicional
C = B + 20.000 (II) A--->B
A + C = 5B (III) V--> V = VALOR LÓGICO VERDADEIRO
Substituindo na equação (III), tem-se: Lembrando que o valor lógico das condicionais só é
A + B + 20.000 = 5 (40.000 - A) FALSAS quando a primeira proposição for verdadeira
A + B + 20.000 = 200.000 - 5 A e a segunda falsa.
A + 5A + B = 200.000 - 20.000
6A + B = 180.000 58. Resposta: Certo.
B = 180.000 - 6A Seguindo o exemplo abaixo, poderemos resolver com
BANCO DO BRASIL

Precisa encontrar o valor de A, logo, substituindo o facilidade esta questão:


valor de B na questão acima, se achará o valor de A, Se sou mineiro, então sou brasileiro (P Q)
desta forma: Logo:
40.000 - A = 180.000 - 6A Ser mineiro (P) é condição suficiente para ser brasileiro
-A + 6A = 180.000 - 40.000 (Q) e ser brasileiro (Q) é condição necessária para ser
5A = 140.000 mineiro (P).

55
Assim: 67. Resposta: Certo.
P: “Se as reservas internacionais em moeda forte au- Segundo o enunciado diz 1,3 é valor para um ano (12 me-
mentam, então o país fica protegido de ataques espe- ses), tendo como base 0,02 de juros compostos ao mês.
culativos”. Se o pagamento vai ser realizado no primeiro ano, en-
A proposição P é uma condicional, assim, “Se as re- tão, temos que descapitalizar um ano:
servas internacionais em moeda forte aumentam...” é 26 000 / 1,03 = 20 000
condição suficiente para o país ficar protegido de ata- Logo o valor a ser pago é superior a 19 800,00
ques especulativos.
Da mesma forma, “o país ficar protegido de ataques 68. Resposta: Errado.
especulativos”, é condição necessária para “as reservas A definição do enunciado está incorreta, logo o certo
internacionais em moeda forte aumentarem”. seria: “Em um financiamento pelo Sistema de Amorti-
zação Constante (SAC), o valor das prestações, men-
59. Resposta: Errado. sais e consecutivas, NÃO SÃO CONSTANTES; assim
Na afirmativa está errado a negação do todo. Pois: como também é variável o valor dos JUROS pagos a
NEGAÇÃO DO TODO é ALGUM cada mês.”
NEGAÇÃO DE ALGUM é NENHUM
69. Resposta: Certo.
60. Resposta: Certo. 2019-2007 = 12
Temos: F(12) = -0,1.(12)² + 12 . 12 + 75
A➜B = Se A então B F (12) = - 14,4 + 144 + 75
A∧(¬B) = A e não B F (12) = 204,6‬ milhões
Pelo conhecimento da tabela verdade sabemos que
ele apresenta o mesmo valor lógico. 70. Resposta: Errado.
Como trata-se uma função decrescente (a < 0), é pos-
61. Resposta: Errado. sível saber o momento em que o desmatamento atin-
Observando todos os dados, percebemos que não há girá o seu máximo, tanto em anos, quanto em tempo.
periocidade da razão no terceiro termo. Basta achar o X do vértice e o Y do vértice, a saber:
Xv = -b/2.a (quantidade de hectares)
62. Resposta: Errado. Yv = -(Delta)/4.a.c (tempo)
Utilizando a fórmula de pagamentos antecipados te- a = -0,1
mos: b = 12
C=P*((1+i)t-1/(1+i)t.i) .(1/1+i) >>> C=4500((1,2-1)/ Xv = - (12) / 2.(-0,1) = -12/ - 0,2 = 60.
(1,2.0,015)).(1/1,015)=49261 Logo o desmatamento atingirá a marcar dos 60 mi-
lhões hectares
63. Resposta: Certo.
i = 1,5% mês 71. Resposta: Certo.
1,2 = 1,01512 Primeiramente vamos separar a área de pastagem
1,2 = 0,2 = 20% (75.000.000h.0,7 = 52.500.00 hectares são pastagem
Vamos aplicar os “descontos” sucessivos de 30% dos
64. Resposta: Errado. 2 períodos (2012 e 2017) => VF = VA .(1 - i)n, então:
O Quantificador Existencial é simbolizado pela “con- VF = 75.000.000.(1 - 0,3)²; VF = 36.750.000h (ainda se-
junção” (^) que simboliza: existe, algum ou pelo me- rão pasto em 2017);
nos um. E está faltando a negação da questão. Logo a (área inicial - área de pasto em 2017) => 75.000.000h -
forma correta seria: ~∃ x ( M(x) ^ G(x) ) 36.750.000h = 38.250.000h serão áreas abandonadas em 2017;

65. Resposta: Errado. 72. Resposta: Errado.


População 1993 => 960 Passando o x para o outro lado da equação e x em
População 1995 => 980 evidência temos: x² - x > 0 = x (x -1) >0, então x>0 ou
População 1997 =>1000 x > 1. Como no conjunto temos valores maiores que
População 1999 => 1030 1, isso torna a sentença errada. Se utilizarmos ½, tere-
Para ser uma PA deve existir uma razão constante: mos = (1/2)² > ½ = ¼ > ½ , se dividirmos teremos os
980-960 = 20; 1000 – 980 = 20; 1030 – 1000 = 30 seguintes valores: 0,25 > 0,5.
Então não é uma PA.
73. Resposta: Certo.
66. Resposta: Errado. P1 - Se Antônio ou Maria, então José aprovado
Fórmula da prestação: P2 - Maria
P = M x . i / (1+i)t - 1 C - José aprovado
BANCO DO BRASIL

M = P x. (1+i)t – 1 / i _______
M = 1200 x (1+0,02)24 – 1/ 0,02 . ((1,02)12 = 1,3, trans- P1 - (p v q) ---> r ------- (V) (Se q é verdade p pode
formando em 2 anos (1,3)2 = 1,69) ser verdadeiro ou falso, tanto faz. Mas para proposi-
M = 1200 x 1,69 – 1/ 0,02 ção se verdade ser verdade r sempre será verdade.
M = 1200 x 34,5 = 41400 P2 - q ------- (V)
41400 < 42000 C - r ----- Logo a proposição é correta.

56
74. Resposta: Certo. 77. Resposta: Errado.
Resolvendo o problema, montamos o sistema Temos as seguintes proposições:
I) a.x = 2800000 (cada amigo multiplicado pela quan- P: “Mara trabalha” e
tia que iriam receber) Q: “Mara ganha dinheiro”
II) (a-3).(x+120000) = 2800000 (o número de amigos C: “Mara não ganha dinheiro” (V).
diminui em 3 e a quantia aumenta em 120000) Para um argumento ser válido a conclusão precisa ser
Repare que a.x = (a-3).(x+120000) = 2800000, logo verdadeira. Vamos analisar as premissas e conclusões.
podemos igualar as equações: “Mara não trabalha ou Mara ganha dinheiro” (V), isto
Logo, a.x = (a-3).(x+120000) é: ¬ P v Q (V). Considerando a premissa verdadeira
ax= ax + 120000a -3x -360000 ¬ P: “Mara não trabalha” (V).
0=120000a -3x -360000 Assim, temos:
Resolvendo a equação temos a=10 e x=280000 ¬ P V Q (V)
Queremos saber o valor que cada amigo pagou vai re- ¬ P (V)
ceber, logo, corresponde à construção da nossa equa- ________
ção II, isto é, x + 120000, neste caso, 280000 + 120000
= 400000, número maior do que 250000 ¬ Q ( V ou F)?
Como não conseguimos definir um valor exato para
75. Resposta: Certo. nossa conclusão (ela pode ser V ou F) logo o argu-
x = quantidade inicial de apostadores mento é inválido.
y = valor que cada um ganhará no rateio
2.800.000 / x = y (divido o dinheiro pelo total de par- 78. Resposta: Certo.
ticipantes iniciais, que me dará uma quantidade y pra (I) O BB foi criado em 1980. - É uma proposição, pois
cada um deles) podemos avaliar se ela é verdadeira ou falsa.
2.800.000 / x-3 = y + 120.000 (ao tirar os três que não (II) Faça seu trabalho corretamente. - Frase no impe-
pagaram a aposta (x-3), obtemos pra cada participan- rativo, uma ordem, assim, não se trata de uma propo-
te restante o primeiro valor y acrescido de 120.000) sição.
resolvendo esse sistema: tem várias maneiras, eu (III) Manuela tem mais de 40 anos de idade. - É pro-
apenas peguei o valor de y da primeira equação posição, pois podemos avaliar se esta sentença é ver-
(2800000/x) e substitui na segunda, e obtive: dadeira ou falsa.
2.800.000 / x-3 = 2.800.000 / x + 120.000 ou 2.800.000
/ x-3 - 120.000 ​= 2.800.000 / x 79. Resposta: Errado.
120.000 x² - 360.000 x - 8.400.000 = 0 ...simplificando Para resolver a questão vamos fazer usar a fórmula da
(dividindo tudo por 120.000): soma de uma PG Finita Sn = [a1.(qn-1)] / q-1
x² - 3x -70 = 0 ... resolvendo a equação de 2grau: Transação mês 01 = 100xR$0,18= R$18,00
Δ = 289 .... raiz de delta = 17 Transação mês 02 = 200xR$0,18= R$36,00
Raízes x = - 7 ou x = +10 a1 = 18
logo ficaremos com x = +10 q=2
temos 10 pessoas iniciais. Com a saída de 3, teremos 7 n = 12
pessoas que levam o prêmio. S12 = [18 . (212 - 1)] / 2-1 
2.800.000 / 7 = 400.000 reais cada um S12 = [18 . (4096-1)] / 1 
Ponto Mínimo: x² - 3x -70 = 0 S12 = [18 . 4095] 
- b / (2.a) = 3/2 S12 = R$ 73.710,00

76. Resposta: Errado. 80. Resposta: Certo.


Segundo a tabela verdade teremos: Fazendo uso da fórmula:
C= P.  (1+i) - n -1    
                     i   
Portanto como o enunciado já deu o valor para (1,05)-
36
 = 0,17v
Poderíamos aplicar na fórmula escrita da 2º maneira.
Logo temos:
C= P.  1- (1+i) -n             
                    i   
24.000 = P . 1- (1,05) – 36
                           0,05
24.000 = P . (1 - 0,17)
BANCO DO BRASIL

                         0,05
24.000 = P . 0,83
                     0,05
4.000 = 16,6 P
Observe que temos 5 V e 3F, logo a afirmativa está P = 24.000 / 16,6
errada. P = 1.445, 78

57
81. Resposta: Errado. saldo = dívida - amortização = 15000 - 1365 = 13635
Segundo o enunciado temos: Parcela = igual
x = número de pessoas Juros = 13635 x 0,02 = 272,70
y = valor a ser pago por cada pessoa
1º: 585/x = y 86. Resposta: Letra C.
2º: 585/(x-4) = y + 20 k= constante de proporcionalidade
Substituindo uma equação na outra: Temos que
585/(x-4) = 585/x + 20 K1 = menor valor e igual ao módulo resultado da dife-
mmc da equação é: (x-4).x rença entre os valores dos demais
585x/(x-4)x = 585(x-4)/(x-4)x + 20(x-4)x/(x-4)x K1 = K2 - K3
585x = 585x - 2340 + 20x² - 80x K1 + K2 + K3 = 100.000 (Só substituir)
20x² - 80x - 2340 = 0 (dividindo tudo por 20 para fa- K2 - K3 + K2 + K3 = 100.000
cilitar as contas) 2K2 = 100.000
x² - 4x - 117 = 0 K2 = 100.000 / 2
agora aplica-se a fórmula de Bhaskara: K2 = 50.000
[-(-4)+-√¯(4²) - 4.1.(-117)]/2.1
[4+-√¯(16+468)]/2 87. Resposta: Letra E.
[4+-√¯484]/2 400 x 4 + 550 x 8 + 1000 x 10 + 1400 x 16 + 1800 x 2
[4+-22]/2 = 42.000
x’ = 13 42.000 / 40 = 1050
x” = - 10 (valor descartado, pois não existem pessoas
negativas) 88. Resposta: Errado.
Agora é só substituir para achar o Y = 585/13 = 45 Vamos chamar de M, E, A e S respectivamente de: mo-
Sendo assim, o total é de 13 pessoas, porém 4 não são radia, educação, alimentação e saúde, assim, de acor-
do com o teto;
do bairro, então: 13 - 4 = 9 pessoas do bairro
i) M = 2E
y = 45, então 45 reais por pessoa, porém as 4 fora
ii) A = 1,5E (1,5 = 50% superiores)
do bairro não pagarão e será acrescentado +20 para
iii) A + E = 3S
quem ficar, dessa forma as 9 pessoas do bairro paga-
Vamos supor que essa família teve um gasto total de
rão: 45 + 20 = 65
36000 com moradia e de 28000 com alimentação, en-
tão:
82. Resposta: Certo.
i) 36000 = 2E à E = 18000
1.200----100% ii) 28000 1,5E, pois 1,5E = 27000
x ----41,6% Logo, provamos que essa família não pode ter um
x=12.4160/100 gasto total de R$ 36.000,00 com o item moradia e um
x=499,20 total de R$ 28.000,00 com o item alimentação.
83. Resposta: Certo. 89. Resposta: Errado.
x= entrevistados = 500 Vamos chamar de M, E, A e S respectivamente de: mo-
y= respostas radia, educação, alimentação e saúde, assim, de acor-
6,4%de 500 = 32, então y= 32 do com o teto;
Resolvendo a equação temos: i) M = 2E
y=(8/125)*x ii) A = 1,5E (1,5 = 50% superiores)
y=(8/125)*500 iii) A + E = 3S
y=32 Com os dados atuais contidos no enunciado, não se
pode concluir que os gastos com saúde foram supe-
84. Resposta: Letra E. riores a R$ 15.000,00.
0,00 . (1+0,1)2 + X . (1+0,1)1 + 17303 = 25000(1+0,1)3
0 + 1,1X + 17303 = 25000 . 1,331 90. Resposta: Certo.
1,1X = 33275 – 17303 Organizando os dados em ROL, temos:
1,1X = 15972 Dados {1,9; 1,8; 1,5; 1,3; 1,4; 1,4}
X = 15972 / 1,1 ROL {1,3; 1,4; 1,4; 1,5; 1,8; 1,9}
X = 14.520,00 Moda (Mo) = 1,4
Mediana (Md) = (1,4 +1,5)/2 = 1,45
85. Resposta: Letra B. Assim, a mediana da série numérica formada pelos
Dívida Parcela Amortização Juros Saldo percentuais de cargas destinadas ao Brasil ou dele ori-
ginadas, que passaram pelo canal do Panamá, é maior
BANCO DO BRASIL

1º 15000 1665 1365 300 13635 que a moda dessa série.


2º 13635 1665 272.2
91. Resposta: Letra C.
Parcela = divida x FRC = 15000 x 0,111 = 1665 A questão fala em uma PA com 5 elementos.
Juros = 15000 x 0,02 = 300 Escolhendo M como o elemento central, temos que os
Amortização = parcela - juros = 1665 - 300 = 1365 termos serão:

58
M-2R, M-R, M, M + R, M + 2R Observando que 0,0625 = 1/16 (esta é uma fração
onde R é a razão. bem conhecida para quem está acostumado a resolver
A variância de uma amostra é calculada com a fórmula: estes cálculos), ficamos com:
s2 = (1/(n-1)). (soma(Xi - média)²) P – (1/16) x P = 16P/16 – P/16 = 15P / 16
s² = 1/4 * (10R²) Este é o valor a ser pago. João vai pagar um terço, logo
Substituindo o s², que foi dado pela questão: sua mãe vai pagar o restante, ou seja, 2/3 deste valor:
40 = 1/4 . (10R²) Mãe = (2/3) x (15P/16)
R² = 16 Mãe = (1/3) x (15P/8)
R=4 Mãe = (1/1) x (5P/8)
Mãe = 5P/8
92. Resposta: Errado. Mãe = (5/8) x P
Fazendo uma comparação simples, teremos que: 239,
64 tolares é igual a 1 euro, que por sua vez valem R$ 95. Resposta: Letra E.
3,00, assim, R$ 1,00 = 239,64/3 = 79,88. Pois o Real f(x) = x2 + k . x . g(x)
representa 1/3 do poder de compra em Euro. f(1) = 1² + k . 1 . g(x)
7 = 1 + k .1. g(x)
93. Resposta: Letra B 6/1 = k.g(x)
n>= 1 Sabe-se que k.g(x) é igual a 6.
a1 = 0 Agora descobre o F(-1)
bn = an+1 - an f(-1) = -1² + k . -1 . g(x)
b1 = 9 f(-1) = 1 + k . -1 . g(x) ( como a gente sabe que k.g(x)
r=4 é 6, só fazer 6 vezes -1
a1000 =? f(-1) = 1 + 6. -1
PA b = (9,13,17,21,...) f(-1) = 1 - 6
Sabendo a sequência da PA b, vamos descobrir os ter- f(-1) = -5
mos de a através da formula dada
bn = an+1 - an
96. Resposta: Letra C.
b1 = a2 – a1
Primeiro filho: x
9 = a2 – 0
Segundo filho: x + x/5 = 5x + x/5 = 6x/5
a2 = 9
6x/5 = y
Terceiro filho: y + 5y/6 = 6y + 5y/6 = 11y/6
b2 = a3 – a2
Se y = 6x/5
13 = a3 – 9
11y/6 = 11(6x/5)/6 = 11x/5
a3 = 22
8800 = x + 6x/5 + 11x/5
b3 = a4 – a3 44000 = 5x + 6x + 11x
17 = a4 – 22 44000 = 22x
a4 = 39 x = 2000
A sequência de a fica: (0,9,22, 39,...) – podemos perce-
ber que a sequência de a é o somatório da sequência 97. Resposta: Letra B.
de b. De acordo com o enunciado, tem-se:
Agora já podemos calcular o a1000 - valor de face (ou valor nominal) = 25000
a1000 = a1 + S999(b) - desconto simples: 9% x 2 meses = 18%
S999 = n (a1 +b999)/2 - taxa de administração: 2%
Antes de substituir na formula precisamos descobrir - valor total descontado: (18% + 2%) x 25000 = 20% x
o b999 25000 = 5000
b999 = a1 + 998r Assim, antecipando o resgate em dois meses, o cliente
b999 = 9 + 998*4 será descontado em 5000, restando-lhe 20000.
b999 = 4001 Finalizando, calcula-se a taxa bimestral de juros cobra-
Agora, basta substituir na formula a1000 = a1 + da, utilizando a Regra de Três Simples:
S999(b): 20000 ---------- 100%
a1000 = a1 + S999(b) 5000 ----------- P %
a1000 = 0 + 999 (9 + 4001)/2 20000 x P = 5000 x 100
a1000 = 0 + 999*4010/2 P = 25%
a1000 = 2.002.995
98. Resposta: Letra B.
BANCO DO BRASIL

94. Resposta: Letra D. 12% a.a capitalizado trimestralmente é igual a (12/12).3


Seja P o valor original da prestação. Com o desconto = 3% a.t
de 6,25% de P, temos o valor a pagar de: Então, vamos calcular.
P – 6,25% x P Considerando que Montante = Captal . Fator, ou Ca-
P – 0,0625 x P pital + Juros, podemos estabelecer os seguintes parâ-
metros.

59
= Capital(1+i)n, e se o rendimento é igual ao Montan-
te a receber menos o montante aplicado, ou seja R= ATUALIDADES DO MERCADO FINANCEIRO
M-C, então, substituindo os valores, fica
parte 1>> R ou Juros recebido = C(1+0,03)n - C
part 2 >> R= 1,0609C-C 1. (CESGRANRIO – ESCRITURÁRIO – BANCO DO BRA-
e se R é igual a 609, como diz a questão, então: SIL – 2018) Desde janeiro de 2018, os novos contratos
609= 0,0609C de empréstimos do Banco Nacional de Desenvolvimento
C=10.000 Econômico e Social (BNDES), destinados a financiar os
investimentos das empresas brasileiras, passaram a ser
99. Resposta: Letra E. corrigidos pela
De acordo com o enunciado, tem-se:
a) Montante (M1) após o primeiro ano: a) taxa de juros neutra
M1 = 100000 x (1 + 0,12)1= 100000 x 1,12 = 112000 b) London Interbank Offered Rate (LIBOR)
Parcela 1 (P1) = 20% x 100000 = 20000 c) taxa de longo prazo (TLP)
M1 - P1 = 112000 - 20000 = 92000 d) taxa de juros de longo prazo (TJLP)
e) taxa de juros básica de curto prazo (Selic)
b) Montante (M2) após o segundo ano:
M2 = 92000 x (1 + 0,12)1 = 92000 x 1,12 = 103040 2) (CESGRANRIO – ESCRITURÁRIO – BANCO DO
Parcela 2 (P2) = 30% x 100000 = 30000 BRASIL – 2018)No final de março de 2018, as autori-
M2 - P2 = 103040 - 30000 = 73040 dades monetárias brasileiras anunciaram que as alí-
quotas dos depósitos compulsórios incidentes sobre
c) Montante (M3) após o terceiro ano: depósitos à vista seriam reduzidas de 40% para 25%.
M3 = 73040 x (1 + 0,12)1 = 73040 x 1,12 = 81804,80 Tendo em vista a dinâmica do mercado financeiro, essa
Parcela 3 (P3) = M3 = 81804,80 medida objetiva, principalmente,

100. Resposta: Letra E. a) reduzir o nível de inadimplência observado no sistema


Vamos denominar “X” o prêmio total da Megasena, bancário brasileiro.
que foi dividido por 2 apostas ganhadoras, ou seja, b) aumentar a regulação do sistema bancário brasileiro.
cada aposta recebeu X/2. c) estimular os encaixes voluntários do sistema bancário
Seja “K” a constante de proporcionalidade: brasileiro.
12K + 15K + 9K = X/2 d) aumentar a oferta de crédito para empresas e consu-
36K = X/2 midores no Brasil.
K = X/72 e) igualar as taxas de juros médias cobradas pelos ban-
Logo Baldo receberá o proporcional a 15X/72 cos às taxas de juros básicas determinadas pelo Banco
Caldo recebeu neste bolão 9X/72 e o bilhete individu- Central do Brasil.
al, recebeu mais X/2. Somando:
9X/72 + X/2 = 45X/72 3. (CESGRANRIO – ESCRITURÁRIO – BANCO DO BRA-
Assim a razão entre a quantia total que Caldo recebeu SIL – 2018) Os agentes econômicos bem informados,
e a quantia que Baldo recebeu foi de: sejam empresas ou consumidores, estão sempre atentos
(45X/72) / (15X/72) = 45X/72 x 72/15X = 45/15 = 15/5 às decisões do Comitê de Política Monetária (Copom) do
=3 Banco Central do Brasil, com respeito à fixação da taxa de
juros básica de curto prazo (a taxa Selic), porque esta in-
fluencia as demais taxas de juros da economia como um
todo. De agosto de 2016 a março de 2018, a taxa Selic
foi reduzida de 14,25% a.a. para 6,50% a.a., o que, des-
contada a inflação anual, significou maior convergência
entre as taxas de juros reais brasileiras e internacionais.
Tendo em vista a determinação das taxas de juros básicas
de curto prazo num país que adota um regime de metas
de inflação, como o Brasil, os dois fatores que justificam
a contínua e significativa redução da taxa Selic no país,
desde agosto de 2016, foram a(o)

a) queda da inflação ao consumidor (IPCA) e o baixo nível


de desemprego no Brasil
b) enorme volatilidade do Ibovespa e o ambiente de in-
BANCO DO BRASIL

certeza nos mercados globais


c) rápida recuperação em curso da economia brasileira e
o cenário econômico externo favorável
d) significativo crescimento econômico doméstico e a
recuperação dos preços das commodities exportadas
pelo Brasil

60
e) convergência das expectativas de inflação para as me- a) ausência de regulação do sistema bancário brasileiro
tas de inflação anuais e os níveis elevados de capaci- b) elevada concentração bancária
dade ociosa da economia brasileira c) elevada taxa de juros incidente sobre os recursos cap-
tados pelos bancos
4. (CESGRANRIO – ESCRITURÁRIO – BANCO DO BRA- d) elevado percentual dos depósitos compulsórios exigi-
SIL – 2018) Com o objetivo de evitar crises financeiras, dos pelo Banco Central
o Banco Central do Brasil tem adotado, nas últimas dé- e) elevado custo de tributação bancária
cadas, diversos mecanismos visando a compatibilizar as
normas do Sistema Financeiro Nacional com os requisi- 6. (CESGRANRIO – ESCRITURÁRIO – BANCO DO BRA-
tos emanados dos chamados Acordos de Capital da Basi- SIL – 2018) Para um investidor interessado em aplicar
léia, que estabelecem regras do Banco de Compensações seus recursos financeiros no mercado de ações, sua ren-
Internacionais (BIS, na sigla em inglês) para assegurar a tabilidade será positivamente afetada pela tendência de
estabilidade financeira internacional. Desde o final da dé- valorização das ações na bolsa de valores. O Ibovespa,
cada de 1980, foram emitidos os Acordos da Basileia I índice que acompanha a variação média das cotações
(1988), Basileia II (2004) e Basileia III (2010). das ações negociadas na BM&F Bovespa é um dos mais
No caso do Acordo da Basileia III, concebido após a crise importantes indicadores do comportamento do mercado
financeira global de 2008, às normas introduzidas e já acionário brasileiro, sendo utilizado como indicador do
implementadas pelo Banco Central do Brasil foram ainda comportamento médio do mercado.
mais rígidas, porque Considerando-se que o Ibovespa venha mostrando ten-
dência média de alta nos últimos meses, o evento que,
a) impuseram proibições aos bancos de transacionarem supondo tudo o mais constante, poderia representar
nos mercados de derivativos, altamente vulneráveis a uma reversão abrupta dessa tendência e desencadear re-
especulações financeiras. sultados negativos no índice nos movimentos seguintes
b) estabeleceram mecanismos de supervisão bancária é a(o)
prudencial e disciplina do mercado bancário.
c) fixaram exigências de capital para riscos de crédito e a) aumento da lucratividade média das companhias bra-
de mercado, bem como para risco operacional. sileiras de capital aberto
d) adotaram maiores exigências adicionais de capital b) aumento das taxas de juros nos Estados Unidos, para
principal, incluindo procedimentos para o cálculo da níveis superiores aos esperados pelo mercado
parcela dos ativos ponderados pelo risco referente às c) continuidade do processo de recuperação econômica
exposições ao risco de crédito. brasileira
e) estabeleceram mecanismos de supervisão do processo d) redução das taxas de desemprego no Brasil
de avaliação da adequação de capital dos bancos. e) redução das taxas de juros reais no Brasil

5. (CESGRANRIO – ESCRITURÁRIO – BANCO DO BRA- 7. (CESGRANRIO – ESCRITURÁRIO – BANCO DO BRA-


SIL – 2018) Considere o texto a seguir: O bom desem- SIL – 2015) A autonomia operacional do Banco Central
penho dos grandes bancos em meio à pior recessão da (BC) tem sido um tema de debate entre os economistas.
história brasileira comprovou a solidez do sistema finan- Nesse sentido, muitos analistas consideram que a condu-
ceiro do país, porém colocou sob os holofotes o poder ção da política monetária, atribuição do BC, pode even-
de mercado dessas instituições – que não era desconhe- tualmente sofrer interferência de instâncias superiores
cido, mas se mostrou maior do que se podia imaginar. Se do governo, em especial, no estabelecimento da meta
na crise de 2008, os bancos americanos e europeus viram inflacionária.
seus resultados despencaram, as cinco maiores institui- Tal conclusão deriva do fato de que o estabelecimento
ções do país absorveram mais de R$360 bilhões em ca- dessa meta é atribuição unicamente do presidente do
lotes no crédito desde 2014, sem que sua rentabilidade, BC, que pode sofrer pressões para estimular uma meta
sempre entre as maiores do setor em comparações inter- mais elevada.
nacionais, fosse substancialmente afetada. Mesmo após
a perda com inadimplência e todos os outros custos, in- a) do Conselho Monetário Nacional (CMN), formado
clusive tributários, o lucro somado desse grupo de ban- pelos ministros da Fazenda e do Planejamento, Orça-
cos atingiu R$244 bilhões entre 2014 e 2017 (...). “Aqui, mento e Gestão e pelo presidente do BC.
os bancos têm domínio da oferta de crédito. Com isso, b) da equipe econômica definida pelo presidente da Re-
não há competição forte”, diz Alberto Borges Matias, pública, que anualmente se reúne para fixar a meta
professor aposentado da USP e presidente do Instituto inflacionária, e o BC que deve persegui-la através da
de Ensino e Pesquisa em Administração (Inepad). política de juros.
MOREIRA, T; TORRES, F. Crise coloca sob holofotes poder c) do presidente do BC e dos bancos públicos, dentre
de mercado dos bancos. Valor Econômico, 21 mar. 2018, eles o Banco do Brasil, que definem as taxas de infla-
BANCO DO BRASIL

p.C4. Adaptado. ção para um prazo de dois anos.


De acordo com o texto, a despeito da grave recessão d) do Comitê de Política Monetária (Copom), que define
ocorrida no período 2015-2016 e das perdas com ina- a meta inflacionária anualmente e a meta da taxa de
dimplência, o principal fator que explica a elevada ren- juros a ser alcançada para que a taxa de inflação con-
tabilidade dos principais bancos que atuam no Brasil, no virja para sua meta.
período recente, foi a(o)

61
8. (CESGRANRIO – ESCRITURÁRIO – BANCO DO BRA- b) segmento do mercado financeiro em que são criadas
SIL – 2015) A taxa de inflação acumulada em 12 meses as condições para que as empresas captem recursos
encontra-se próxima do teto da meta inflacionária. Um diretamente dos investidores, através da emissão de
dos instrumentos da política monetária que o BC tem instrumentos financeiros (ações, debêntures, bônus de
disponível para reduzir a inflação é a(o) subscrição, etc), com o objetivo principal de financiar
suas atividades ou viabilizar projetos de investimentos.
a) venda de títulos públicos no mercado aberto. c) mercado utilizado basicamente para controle da liqui-
b) redução da taxa de compulsórios junto ao sistema dez da economia, no qual o Banco Central intervém
bancário. para condução da Política Monetária.
c) redução da taxa de redesconto para empréstimos de d) mercado para realização, registro e negociação de
liquidez. determinados instrumentos financeiros, basicamente
d) redução da taxa básica de juros (Selic). divididos em quatro produtos, como: mercado a ter-
e) alongamento de prazos de dívidas junto aos bancos. mo, mercado futuro, opções e swaps, com a finalidade
de proteção, elevação de rentabilidade (alavancagem),
9. (CESGRANRIO – ESCRITURÁRIO – BANCO DO BRA- especulação e arbitragem.
SIL – 2015) Os Fundos de Renda Fixa, por vezes, são os e) segmento do mercado financeiro em que as institui-
ativos mais rentáveis para o investidor, superando os ções financeiras captam recursos dos agentes supe-
CDBs e o dólar comercial. ravitários e os emprestam às famílias ou empresas,
No enfoque técnico-conceitual, um fundo de investi- sendo remuneradas pela diferença entre seu custo de
mento é constituído pelo total dos recursos de muitos captação e o que cobram dos tomadores.
investidores, com objetivos semelhantes, convertido em
cotas, que são divididas entre esses mesmos investidores, 11. (CESGRANRIO – ESCRITURÁRIO – BANCO DO
denominados cotistas, tornando cada um deles dono de BRASIL – 2015) Semana passada, através da Resolução
uma parte do fundo, proporcional ao valor que investiu. nº 4.410, de 28.05.2015, o Governo Federal, por meio do
Banco Central, deu os primeiros passos para modificar
Nesse contexto, o fundo de investimento que pode in-
[...] dois dos melhores investimentos em renda fixa atu-
vestir em diversas classes de ativos, tais como títulos pú-
almente: as Letras de Crédito do Agronegócio (LCAs) e
blicos e privados, pré-fixados ou pós-fixados, derivativos,
as Letras de Crédito Imobiliário (LCIs). A Letra de Crédito
câmbio e ações, com grau de risco graduado de alto a
Imobiliário (LCI), por possuir lastros em créditos imobiliá-
muito alto, conforme a sua política de investimentos, é
rios, representa uma importante fonte de financiamento
denominado Fundo
e recursos ao setor. É, ainda, um título muito demandado
por pessoas físicas por contar com a isenção do Imposto
a) de Ações de Renda.
b) de Curto Prazo Recentemente, foram alteradas as regras para aquisição
c) de Multimercados desse produto, dentre as quais a(o )
d) de Renda Fixa
e) Referenciado a) redução do depósito compulsório no Bacen sobre de-
pósitos de poupança.
10. (CESGRANRIO – ESCRITURÁRIO – BANCO DO b) lastro desse ativo não incluir financiamentos habita-
BRASIL – 2015) De acordo com a Figura abaixo, observa- cionais garantidos por hipoteca.
-se que o mercado financeiro está basicamente segmen- c) possibilidade de efetuar pagamentos relativos à atua-
tado em quatro grandes mercados: mercado monetário, lização por índice de preços.
mercado de crédito, mercado de câmbio e mercado de d) proibição de atualização por índice de preços.
capitais. e) prazo mínimo para recompra e resgate.

12. (CESGRANRIO – ESCRITURÁRIO – BANCO DO


BRASIL – 2015) A agência de classificação de risco Stan-
dard & Poor’s (S&P) rebaixou nesta sexta-feira os ratings
em escala nacional de quatro instituições financeiras no
Brasil [...]. As notas de 22 instituições financeiras foram
afirmadas pela agência. Na visão da agência, as medidas
de ajuste fiscal e aperto monetário adotadas pelo go-
verno brasileiro “vão pressionar a renda disponível das
famílias e resultar em uma contração da economia que,
na nossa visão, vai enfraquecer a qualidade dos ativos
Caracteriza um mercado de capitais ser o do sistema bancário, [acentuar] as perdas de crédito e
[reduzir] a rentabilidade”.
BANCO DO BRASIL

a) mercado em que são negociadas as trocas de moedas MARQUES, Felipe. S&P rebaixa notas de crédito de
estrangeiras por moeda nacional, participando desse quatro bancos brasileiros. Valor Econômico, São Pau-
mercado todos os agentes econômicos que realizam lo, 17 abr. 2015. Disponível em:<http://www.valor.com.
transações com o exterior, ou seja, têm recebimentos br/financas/4012780/sp-rebaixa-notas-de-credito-de-
ou pagamentos a realizar em moeda estrangeira. -quatro-bancos-brasileiros> . Acesso em: 18 ago. 2015.
Adaptado.

62
No contexto da notícia em pauta, para minorar os impac- c) aumentar a emissão de papel moeda para honrar a
tos previstos pela Standard & Poor’s sobre a rentabilida- folha de pagamento e os demais gastos do governo,
de de determinado banco com atuação em escala nacio- visando a diminuir os depósitos à vista nos bancos.
nal, a recomendação adequada da diretoria aos gerentes d) aumentar a produção de bens na indústria.
das agências é e) aumentar o nível geral de preços da economia.

a) renunciar ao uso do chamado cadastro positivo. 15. (CESGRANRIO – ESCRITURÁRIO – BANCO DO


b) concentrar toda a carteira de crédito na modalidade BRASIL – 2014) Em termos teóricos, podem ser confe-
de crédito consignado. ridas ao Banco Central diversas atribuições, destacando-
c) conferir maior rigor na seleção da carteira de clientes. -se, dentre elas, a de ser o Banco dos Bancos, o Único
d) vetar a renegociação de dívidas com clientes inadim- Banco Emissor ou o Banqueiro do Governo.
plentes. Sob o enfoque de Banqueiro do Governo, o Banco Cen-
e) abrir mão de garantias sobre créditos concedidos. tral deve ser o

13. (CESGRANRIO – ESCRITURÁRIO – BANCO DO a) financiador das obras de infraestrutura da União


BRASIL – 2015) Grande parte das nações indica apenas b) emprestador de dinheiro para as obras de fomento
a meta na qual a autoridade monetária do país está mi- c) centralizador do caixa do governo
rando ao fixar os juros básicos. Outras estabelecem um d) detentor do monopólio de órgão arrecadador da
intervalo de tolerância, [...], ao mesmo tempo em que União
sete países adotam o sistema igual ao do Brasil (meta e) detentor do monopólio da distribuição do dinheiro
central e intervalo de tolerância para cima e para baixo).
MARTELLO, A. Governo fixa meta central de inflação... / Glo- 16. (CESGRANRIO – ESCRITURÁRIO – BANCO DO
bo.com/G1, Brasília, 26 jun. 2015. Disponível em:<http:// BRASIL – 2014) No Sistema Financeiro Nacional (SFN),
www.g1.globo.com/economia/noticia/20150/06/gover- sob o enfoque da Dinâmica do Mercado, o elemento
no-fixa-meta-central-de-inflamacao...>. Acesso em: 13 técnico-conceitual referente à parte da economia que
ago. 2015. Adaptado acompanha o comportamento dos salários e do poder
O intervalo de tolerância da meta de inflação, adotado pelo de compra do salário da população, é a:
governo para 2017, sofreu uma alteração em junho de 2015.
A alteração foi no a) política fiscal
b) política de preços
a) teto do intervalo de tolerância, de 6,5% ao ano para c) inflação
6% ao ano. d) política de rendas
b) piso do intervalo de tolerância, de 2,5% ao ano para e) taxa de juros
2% ao ano.
c) valor central do intervalo de tolerância, de 4,5% ao ano 17. (CESGRANRIO – ESCRITURÁRIO – BANCO DO
para 4% ao ano. BRASIL – 2014) Nos últimos anos, observou-se que o
d) valor central do intervalo de tolerância, de 4,5% ao ano mercado bancário teve elevado crescimento e forte acir-
para 5% ao ano. ramento entre as instituições bancárias no desenvolvi-
e) teto do intervalo de tolerância, de 6,5% ao ano para
mento de suas atividades, aumentando, dessa forma, a
7% ao ano.
competição bancária. Um dos fatores que impulsionaram
essa disputa mercadológica, entre as instituições bancá-
14. (CESGRANRIO – ESCRITURÁRIO – BANCO DO
rias, surgiu com a:
BRASIL – 2015) As previsões para o desempenho da
economia brasileira neste ano e no próximo continuam
a) ausência de interesse nas compras de folhas de paga-
se deteriorando. As cerca de cem instituições que con-
mento
sultadas para o boletim Focus, divulgado pelo Banco
Central (BC), projetam uma queda maior para Produto b) redução de taxas de juros dos Títulos Públicos Federais
Interno Bruto (PIB) em 2015 [...] c) alta das taxas SELIC
Quanto à inflação, os analistas consultados pelo BC d) redução dos níveis de crédito
aguardam uma alta de 9,23% para o IPCA neste calendá- e) falta de garantia do chamado crédito consignado
rio, acima da taxa estimada antes, de 9,15% .
CAPRIOLI, G. Mercado vê inflação de 9,23% em 2015 e 18. (CESGRANRIO – ESCRITURÁRIO – BANCO DO
economia mais contraída. Valor Econômico, São Paulo, BRASIL – 2014) Fazem parte do Sistema Financeiro Na-
27 jul. 2015. Disponível em: <http://www.valor.com.br/ cional (SFN) Instituições Financeiras Bancárias e Institui-
brasil/4150608/mercado-ve-inflacao-de-923-em-2015- ções Financeiras não Bancárias.
-e-economia-mais-contraida>. Acesso em: 10 ago. 2015. Nesse enfoque, pertencem ao grupo das Instituições não
Adaptado. Bancárias, dentre outras, os Bancos.
BANCO DO BRASIL

Nesse contexto, representa uma medida efetiva que po-


derá ser adotada para conter a alta inflacionária: a) Múltiplos, com carteira de crédito imobiliário
b) Múltiplos, com carteira comercial
a) aumentar a taxa de juros básica da economia. c) Comerciais
b) reduzir drasticamente os principais impostos federais, d) Cooperativos
estaduais e municipais. e) de Investimento

63
Treasuries (títulos dos EUA) são famosos por sua segu-
rança, portanto, ao oferecer uma rentabilidade maior,
GABARITO chamariam muitos novos investidores, o que afetaria
negativamente o mercado brasileiro.
1. Resposta: Letra C.
A partir de janeiro de 2018 os financiamentos que 7. Resposta: Letra B.
antes eram alinhados pela taxa de juros de longo prazo O BC (Banco Central) é uma autarquia federal criada pela
(TJLP), passam a ser corrigidos por um novo indicador, a Lei 4.595 de 1964, vinculada ao Ministério da Economia,
taxa de longo prazo (TLP), que será corrigida mensalmente mas que dispõe de personalidade jurídica e patrimônio
pelo Banco Central (BC), e tem como objetivo deixar de ser próprios. É constituído por nove membros, sendo um
uma decisão política e começar a acompanhar as taxas de presidente e oito diretores, dos quais todos são nomea-
juros do mercado. A correção será feita com base na va- dos pelo presidente da República. Uma das atribuições
riação do Índice de Preços ao Consumidor (IPCA) somada do BC é a definição da meta da taxa SELIC (Sistema Espe-
ao rendimento do NTN-B com vencimento em 5 anos. cial de Liquidação e Custódia), que é a taxa de juros diá-
ria que remunera os títulos do tesouro nacional. Portanto
2. Resposta: Letra D. a meta da taxa selic definida pelo BC é seu principal ins-
O depósito compulsório é uma das medidas do Banco trumento de política monetária para controle da inflação
Central para conduzir a política monetária do mercado e mas não para definição da taxa inflacionária. A definição
controlar a taxa de juros básica da economia (Selic). Quan- da meta da inflação é dever do Conselho Monetário Na-
do um correntista faz um depósito, o banco deve reservar cional (CMN), o qual é o órgão deliberativo máximo do
uma parcela deste montante em uma conta com o Bacen, SFN (Sistema Financeiro Nacional), sendo formado pelos
portanto, ao diminuir as alíquotas de depósito compul- ministros da Fazenda e do Planejamento, Orçamento e
sório o BC obriga que os bancos reservem menos de seu Gestão e pelo presidente do BC até 2018. Em 2019 a es-
capital, restando um maior valor para oferta de crédito. trutura foi alterada, e o Conselho passou a ser composto
pelo Ministro da Economia, o secretário especial da Fa-
3. Resposta: Letra E. zenda e pelo presidente do Banco Central.
Segundo o Banco Central, no ano citado houve uma me-
lhora nos cenários interno e externo, com os indicadores 8. Resposta: Letra A.
de inflação em ordem e sugerindo uma possibilidade de O Open Market (Mercado Aberto) é uma estratégia
restabelecimento da economia brasileira. De acordo com financeira realizada pelo Banco Central (BC) com o ob-
as estimativas do Copom, a inflação estaria em linha com jetivo de controlar os juros e manter o equilíbrio na
a meta, o que possibilitou a redução da taxa de juros. economia. Quando o objetivo é a redução da inflação,
o BC realiza a venda de títulos públicos no open mar-
4. Resposta: Letra E. ket para moderar a liquidez no mercado, a venda é reali-
O acordo de Basileia lll, idealizado após a crise de zada para as instituições financeiras, que ao comprar os
2008, teve como objetivo preparar o setor bancário títulos permanece com menos recursos financeiros dis-
para uma melhor capacidade de lidar com cenários de poníveis para realização de empréstimos a seus clientes,
desequilíbrio financeiro, o tratado deixou mais rígi- elevando o juros deles. Com os juros dos empréstimos
das as exigências de transparência da base de capital mais elevados os consumidores tendem a tomar menos
próprio dos bancos, além de inferir que os mesmos crédito e gastar menos no comércio, obrigando a redu-
devem possuir níveis mínimos de liquidez e não ultra- ção dos preços, e assim a inflação é controlada.
passar os limites máximos de alavancagem. O acordo
estabeleceu também uma exigência de reserva extra 9. Resposta: Letra C.
que varia de 0% a 2,5% acima dos índices mínimos, Os fundos multimercados envolvem operações com
em momentos de expansão muito rápida do crédito vários fatores de risco e não têm a obrigatoriedade de
com o objetivo de uma maior reserva para suportar concentração de um determinado produto. Tais fun-
cenários econômicos desfavoráveis. dos têm liberdade para operar em mais de uma cate-
goria de mercado, podem conter títulos de renda fixa
5. Resposta: Letra B. ou variável; públicos e privados; pré-fixados ou pós-fi-
Conforme apresentado no texto em questão, no Brasil xados; derivativos; câmbio e ações, além de poderem
não há uma forte competição no setor bancário, no utilizar de derivativos para alavancagem. Buscam uma
qual as cinco maiores instituições do país dominavam rentabilidade superior e proporcionam uma maior li-
mais de 70% do segmento no mercado nos últimos berdade de gestão comparados aos demais.
anos. Esta elevada concentração bancária possibilitou
que as instituições conseguissem manter seu spread 10. Resposta: Letra B.
positivo, obtendo alta margem de lucro mesmo com a O mercado financeiro subdivide-se em quatro grandes
questão da inadimplência apresentada. mercados, sendo eles: Mercado de Câmbio; Mercado
de Capitais; Mercado de Crédito e Mercado Monetário.
BANCO DO BRASIL

6. Resposta: Letra B. O mercado de capitais é utilizado para a captação de


O mercado de ações brasileiro conta com uma gran- recursos para empresas diretamente de seus investido-
de atuação de muitos estrangeiros negociando dia- res, tais empresas operam através da emissão de ações;
riamente, supondo um cenário em que os Estados debêntures; bônus de subscrição e outros papéis co-
Unidos elevem suas taxas de juros, muitos destes merciais. O mercado é composto pela bolsa de valores,
investidores tendem a transferir seus recursos. Os corretoras e outras instituições financeiras autorizadas.

64
11. Resposta: Letra E.
As medidas aprovadas pela resolução citada fixaram CULTURA ORGANIZACIONAL
prazos de carência de 90 dias para recompra e resgate
das LCI (Letras de Crédito Imobiliários) para operações
realizadas a partir da data da publicação, a carência 1. (CESGRANRIO – BB – 2015) Um indivíduo está bus-
anterior era de 60 dias. As medidas foram criadas para cando inspiração para prosseguir nos seus estudos e se
equilibrar a captação das letras. A possibilidade de depara com um pensamento aristotélico assim desenvol-
efetuar pagamentos relativos à atualização por índice vido: trata-se do produto dos usos e costumes; ela não
de preços já acontecia. existe nos homens naturalmente, pois nada do que é na-
tural se adquire pelo costume. Nesse caso, a referência
12. Resposta: Letra C. do filósofo grego está relacionada à
Em um cenário como o descrito na notícia a recomen-
dação aos gerentes das agências é a realização de to-
a) interpretação natural
das as medidas que garantam uma maior segurança
b) virtude moral
de recebimento ao realizar qualquer tipo de operação
c) cosmologia universal
de crédito, conferindo um maior rigor na seleção da
carteira de clientes. d) integração social
e) percepção individual
13. Resposta: Letra A.
O intervalo de tolerância para inflação utilizado entre 2. (CESGRANRIO – BB – 2015) O Pacto Global das Na-
2006 e 2016 era definido em dois pontos percentuais, ções Unidas (UNGC) desempenha um relevante papel
onde o centro da meta era 4,5% a.a. A questão aborda para estabelecer parâmetros centrais para o desenvolvi-
a mudança prevista para a meta de 2017, onde o cen- mento de ações relacionadas à gestão da sustentabilida-
tro da meta se manteve mas a tolerância caiu para 1,5 de, dentre outras dimensões.
ponto percentual, portanto o teto que antes seria de É um princípio do UNGC, para as empresas, relacionado
6,5% a.a foi reduzido para 6% a.a. à dimensão sustentabilidade o(a)

14. Resposta: Letra A. a) combate à corrupção em todas as suas formas, inclusi-


Como solução para conter uma alta inflacionária, a ve extorsão e propina
medida de aumento da taxa de juros básica é eficien- b) respeito à proteção de direitos humanos reconhecidos
te pois dificulta o acesso ao crédito do consumidor internacionalmente
e consequentemente seu consumo. Como resposta a c) eliminação de todas as formas de trabalho forçado ou
diminuição do consumo, ocorre a redução nos preços compulsório
de produtos e serviços para estimular novamente o d) apoio à liberdade de associação e de negociação co-
mercado, equilibrando assim a taxa de inflação. letiva
e) incentivo ao desenvolvimento e à difusão de tecnolo-
15. Resposta: Letra C. gias ambientalmente amigáveis
Sob o enfoque de Banqueiro do Governo a função
constituicional do Banco Central é a de exercer o pa- 3. (CESGRANRIO – BB – 2015) Uma organização bancá-
pel de centralizador de caixa do governo, recebendo ria indicou em seu código de ética um conjunto expres-
em depósito as disponibilidades de caixa da União.
sivo de valores e princípios que devem orientar, antever
e sistematizar a compreensão da Ética Corporativa pelos
16. Resposta: Letra D.
A política de rendas é um dos instrumentos da políti- seus diferentes públicos de interesse, diretos e indiretos.
ca econômica governamental que busca a redistribui- O código criado contemplou o seguinte princípio que
ção de renda e justiça social, tal política resume-se no visa à redução do conflito de agência: “Consideramos
controle da remuneração dos fatores de produção na toda informação acerca das atividades do Conselho de
economia. Administração passível de divulgação, exceto aquelas de
caráter restrito que coloquem em risco o desempenho e
17. Resposta: Letra B. a imagem institucional, ou que estejam protegidas por
Um dos fatores que impulsionaram tal disputa foi a lei”.
redução da taxa de juros dos Títulos Públicos Federais, A qual público de interesse direto esse princípio se diri-
com investimentos mais rentáveis, os bancos obtive- ge?
ram maior procura e crescimento de mercado.
a) Fornecedores e parceiros
18. Resposta: Letra E. b) Acionistas, investidores e credores
As instituições consideradas não bancárias ou não c) Clientes e prospects
monetárias são aquelas que não possuem autorização d) Governo e comunidade
BANCO DO BRASIL

para captar depósito à vista, sendo elas: bancos de e) Funcionários e colaboradores


investimentos; bancos estaduais de desenvolvimento;
sociedades de arrendamento mercantil; sociedades
de créditos, financiamento e investimento; compa-
nhias hipotecárias; ou bancos múltiplos sem a carteira
comercial.

65
04. (CESGRANRIO – BB – 2015) Uma cultura corporativa mas, também, os subordinados, estes para convencê-los
pode ser compreendida quanto ao fato de serem am- a cumprir, em prazos curtos, as metas estipuladas pela
bientalmente adaptativas ou não adaptativas, apresen- alta gerência.
tando para cada um dos tipos tanto comportamentos Essas atitudes devem ser consideradas, sob a perspectiva
visíveis, quanto valores expressos. ética,
Os gerentes de agência bancária cuja cultura é não adap-
tativa apresentam comportamentos nos quais a) naturais, uma vez que são inerentes à progressão na
carreira.
a) prestam muita atenção a toda sua clientela e iniciam b) admissíveis, pois não existe locupletamento pessoal.
mudanças operacionais básicas sempre que necessá- c) adequadas, uma vez que, socialmente diante do uni-
rio para servir seus legítimos interesses, mesmo que verso empresarial são estimuladas.
isso acarrete correr alguns riscos. d) rejeitáveis, diante do claro assédio moral.
b) encorajam, por meio de premiações, a capacidade de e) impugnáveis, diante da utilização de critérios de me-
transformação, a autonomia para a tomada de decisão tas.
e o livre agir para a geração de resultados.
c) atuam isoladamente, política e burocraticamente, ten- 7. (CESGRANRIO – BB – 2014) Sr. X é um gerente com
do como resultado a quase impossibilidade de mudar dedicação extremada à família e, sempre que as ativida-
estratégias rapidamente, para se ajustarem ou para se
des profissionais o permitem, dirige- se a locais bucólicos
aproveitarem das mudanças em seus ambientes de
e realiza atividades lúdicas com seus familiares. Com o
negócios.
passar do tempo, Sr. X entende que o serviço não me-
d) se preocupam consigo mesmos, seu grupo de traba-
rece a sua dedicação total e passa a delegar mais e mais
lho e produtos, tendendo a valorizar o processo ge-
rencial, o clima organizacional e a tomada de decisão. tarefas aos seus subordinados, incluindo a assinatura de
e) refletem profundamente sobre as necessidades de documentos importantes que, na sua seção, ocorre me-
seus clientes, acionistas e empregados, valorizando as diante meio eletrônico, utilizando um token cadastrado.
pessoas em situações de mudanças de processos. Sendo frequente a sua ausência do local de trabalho com
o argumento de visitas constantes a clientes, a portadora
5. (CESGRANRIO – BB – 2015) O irmão do Superinten- do token passa a ser sua fiel secretária.
dente do Banco T é responsável pelo relacionamento Ocorre que houve a detecção de diminuição das opera-
com os fornecedores. Por sugestão do superintenden- ções na agência dirigida por Sr. X, o que gerou a visita
te, o irmão funda uma sociedade empresária (Socieda- surpresa de representantes da auditoria interna, os quais
de X) com seu primo, para fornecer produtos e serviços constataram inúmeras irregularidades, além das descritas
necessários ao desenvolvimento regular da instituição anteriormente.
financeira. Após as devidas formalizações jurídicas, a So- Nessa situação, sob a perspectiva ética,
ciedade X passa a ser fornecedora exclusiva do Banco
T, e os antigos fornecedores passam a atuar através da a) a família deve ser privilegiada em detrimento das ati-
intermediação da Sociedade X. Os preços praticados não vidades profissionais.
sofreram valorização, sendo o lucro dessa Sociedade re- b) o comprometimento com a família é considerado falta,
tirado das comissões pagas pelos antigos fornecedores. pois o trabalho deve ser privilegiado.
Nos termos do Código de Ética do Banco do Brasil, o c) o compartilhamento de senhas pessoais é considerado
narrado uma grave falta.
d) o empréstimo de instrumentos de assinatura digital a
a) mereceria censura diante da quebra da relação impar- servidores de confiança é admissível.
cial com os fornecedores. e) os atos praticados representam a moderna administra-
b) mereceria elogios por permitir a aproximação de fami- ção com delegação de funções e exercício da confian-
liares com os negócios da instituição financeira.
ça nos subordinados.
c) seria admitido, tendo em vista que não ocorreram pre-
juízos para a instituição financeira diante da ausência
8. (CESGRANRIO – BB – 2014) Sr. W, após longa carreira
de aumento dos preços.
no Banco Z&Z S.A., passa a chefiar uma equipe numero-
d) seria perfeitamente cabível, pois o relacionamento ne-
gocial com familiares dos executivos é corriqueiro. sa de colaboradores, sendo instado pelas altas instâncias
e) receberia repulsa pela utilização de intermediários co- da instituição financeira a aumentar o nível de produti-
brando comissões. vidade individual. Com esse objetivo, ele realiza pesqui-
sas sobre as necessidades e os desejos dos funcionários
6. (CESGRANRIO – BB – 2014) Sra K é aprovada em con- e realiza diversas sessões de treinamento. Ao aplicar os
curso para ingresso em um determinado Banco. Sendo conhecimentos nas relações concretas, resolve criar um
pessoa extremamente ambiciosa e calculista, programa a ritual, ao final de cada expediente laboral, elegendo o
BANCO DO BRASIL

sua carreira estabelecendo, em cada momento temporal, funcionário mais produtivo e o mais improdutivo do dia.
o nível que deveria ser alcançado no plano de cargos e Para o vitorioso funcionário, outorga uma barra de cho-
salários da instituição financeira. colate fino; para o outro, a inclusão em quadro de avi-
Não existem limites para o seu projeto e, para isso, uti- sos, com o seu nome em letras garrafais. Sra V, após um
liza todas as armas possíveis, inclusive o complexo jogo mês sendo classificada em último lugar, começa a chorar,
da sedução. Não basta apenas convencer os superiores, causando comiseração nos seus colegas que passam a

66
criticar o método do gerente e levam o caso à Comissão 11. (CESGRANRIO – BB – 2013) O Código de Condu-
de Ética do Banco. Nesse caso, de acordo com o código ta da Alta Administração Federal instituiu a Comissão
de Ética do Banco do Brasil, tais fatos são de Ética Pública (CEP), responsável pelo exame dos atos
praticados pelos integrantes dos membros do Governo
a) adequados, uma vez que é assegurada às chefias com- Federal.
pleta liberdade para utilização de métodos que levem Caso seja ocupante de cargo público e venha a prati-
aos objetivos preconizados. car ato de gestão patrimonial sobre o qual paire dúvida
b) adequados, uma vez que propiciaram aos funcionários quanto à sua realização à luz das normas do referido Có-
treinamento e motivação, elementos que integram o digo, o funcionário deve
rol das atividades próprias da instituição sem limita-
ções. a) estabelecer o negócio, mediante a participação de pa-
c) essenciais para um adequado desenvolvimento do tra- rentes sem vínculo com o serviço público.
balho, uma vez que haja uma Comissão de Ética ex- b) pedir exoneração do cargo, realizar o negócio e pos-
terna. tular o seu retorno.
d) inadequados, uma vez que são repudiadas as ativida- c) proceder normalmente e assumir os riscos do negócio
des de qualquer natureza, que caracterizem assédio empreendido.
no ambiente de trabalho. d) realizar consulta prévia à CEP sobre a regularidade do
e) inadequados, uma vez que analisar os atos sob a pers- negócio entabulado.
pectiva empresarial revela-se essencial para aferir a
e) consultar os seus advogados para obtenção de pare-
sua regularidade.
cer sobre o tema.
9. (CESGRANRIO – BB – 2014) Nos termos do Estatuto
Social do Banco do Brasil, os membros do Conselho de 12. (CESGRANRIO – BB – 2013) Considere-se uma si-
Administração e da Diretoria Executiva do Banco deverão tuação hipotética na qual o Banco do Brasil é escolhido
comunicar, imediatamente após a investidura no cargo, a pelo Governo Federal para atuar como entidade finan-
quantidade e as características dos valores mobiliários de ceira distribuidora de cartões de determinado programa
que sejam titulares, direta ou indiretamente, de emissão social patrocinado, sendo sua remuneração simbólica.
do Banco, de suas controladas ou das sociedades coliga- Nos termos do Código de Ética do Banco do Brasil, tal
das relacionadas à sua área de atuação, além daqueles de atuação é
titularidade de seus respectivos cônjuges, companheiros
e dependentes incluídos na declaração anual do imposto a) possível pela relação natural da parceria na implemen-
de renda, à(ao): tação de programas socioeconômicos.
b) adequada e ocorre com perspectiva de lucro futuro
a) Secretaria do Tesouro com o ingresso dos beneficiados no rol de consumi-
b) Comissão de Valores Mobiliários dores de serviços bancários.
c) Gabinete Civil c) vedada, tendo em vista que a procura pelo lucro nor-
d) Banco Central teia o seu objetivo empresarial.
e) Ministério da Fazenda d) vedada pela posição da instituição no mercado acio-
nário, que impede a participação das sociedades em
10. (CESGRANRIO – BB – 2014) Uma empresa do se- tal atividade.
tor bancário procurou romper com diversos padrões de e) adequada diante do marketing positivo de tal atuação,
ação e práticas existentes, principalmente, em função que reverte para a imagem da instituição.
do avanço da tecnologia e da necessidade de aprimorar
seus produtos e suas formas de atendimento ao cliente. 13. (CESGRANRIO – BB – 2013) Uma empresa do setor
Após diversos esforços empreendidos pela alta gerência, elétrico foi constituída por seu sócio-fundador em 1954
a partir de uma abordagem sistêmica, chegou-se à con- que, no ano passado, se retirou da empresa e deixou
clusão de que mudar rapidamente os padrões e práticas
como seu substituto o neto, que é formado em Adminis-
estabelecidos não é fácil, porém necessário à sobrevivên-
tração de Empresas.
cia da organização.
Porém, antes de se retirar da organização, solicitou a um
Na conclusão apresentada no caso, o conceito de cultura
organizacional é tratado como sendo um(a) consultor que fizesse um levantamento das característi-
cas de sua empresa.
a) conhecimento explícito, manualizado e formalizado Uma característica, que se refere à cultura da organiza-
pelos grupos de interesse internos. ção ressaltada pelo consultor, é a seguinte:
b) procedimento informalmente definido, a ser treinado
e praticado pela cúpula da organização. a) a estratégia competitiva da empresa está formulada a
c) variável a ser gerenciada, de forma a garantir adapta- partir da análise da indústria em que está operando,
BANCO DO BRASIL

ção ao ambiente externo e manter a coerência interna. representada pela dimensão estrutural do setor —
d) caracterização organizacional estática, fechada e imu- tecnologia e instituições regulatórias.
tável, que reflete o que as pessoas são e como agem. b) a empresa opera em mercados já amadurecidos, com
e) expressão cultural de seus membros, uma vez que a baixa taxa de expansão e consequente pequena de-
organização é uma cultura, logo, uma esfera cultural e manda por novos investimentos, o que facilita a sua
simbólica que não pode ser gerenciada. gestão.

67
c) o mercado tem muitos concorrentes nacionais e es-
trangeiros, sendo um negócio que, embora com baixa
lucratividade, tem um mercado bem definido e fiel à GABARITO
empresa.
d) o fluxo de caixa da empresa é positivo, em função da 1. Resposta: Letra B.
carteira de clientes a qual é bastante grande, já que a Para responder essa questão basta analisarmos aquilo
empresa atua tanto no mercado de varejo quanto no que acontece no comportamento humano natural-
atacado. mente. Ou seja, independe de seus hábitos, de seus
e) os empregados apresentam baixa iniciativa e pequena costumes, tais como a interpretação, que é natural-
capacidade de realização por autodeterminação, sen- mente desenvolvida, assim como a integração social
do a responsabilidade das decisões e da resolução de ou percepção, ou seja, independente do cenário onde
problemas transferida aos líderes. a pessoa esteja inserida ou como ela se comporta, es-
ses aspectos apresentarão naturalmente, já a virtude
14. (CESGRANRIO – BB – 2013) A cultura de uma orga- moral não, essa depende do conjunto de fatores que
nização está representada pelos padrões de comporta- vão determinando a ação do homem, a sua disposição
mento, hábitos, tradições e relacionamentos comparti- de agir de uma determinada forma, por exemplo, ele
lhados entre seus membros. tem um conjunto de comportamentos que o levam ou
Existem vários elementos que compõem a cultura orga- não a praticar o bem, o que demonstra sua inclinação
nizacional, condicionando e, de certa forma, direcionan- comportamental em razão de seus hábitos e costu-
do o desempenho das pessoas. mes.
Um desses elementos e sua respectiva descrição estão
apresentados em: 2. Resposta: Letra E.
O Pacto Global das Nações Unidas, que é uma das
a) poder formal – expresso na comunicação assistemáti- iniciativas ONU, direcionado para organizações que
ca, possibilitando relações de ajuda, compadrios e bo- tenham suas ações alinhadas à princípios específicos
atos, elementos existentes em todas as organizações. que têm como objetivo principal o desenvolvimento
b) mitos e tabus – elementos importantes para realizar, do milênio de forma responsável e sustentável.
manter a imagem da organização e imprimir nas ações Os princípios tem como foco ações relacionadas aos
das pessoas o nível de sucesso organizacional dese- direitos humanos, ao trabalho docente, ao meio am-
jado. biente e ao combate à corrupção.
c) conjunto de normas – regras escritas ou não que dire- Analisemos as alternativas:
cionam a forma como as pessoas devem proceder em Alternativa A: refere-se ao combate à corrupção
função dos objetivos da organização. Alternativa B: refere-se aos direitos humanos
d) fluxo de processos – regras de negócio estabelecidas Alternativa C e D: refere-se ao trabalho decente
para direcionar o relacionamento da empresa com os Alternativa D: refere-se ao meio ambiente (sustenta-
clientes, de maneira formal. bilidade)
e) crenças e valores – referem-se às proibições impostas
aos membros da organização e orientações relativas 3. Resposta: Letra B.
a fatos já ocorridos na organização e que são tidos Essa questão traz um aspecto muito importante para
como inquestionáveis. quem está estudando para concursos, sempre que se
tratar de instituições que possuam documentos pró-
15. (CESGRANRIO – BB – 2013) A cultura é aprendida, prios, como, regimentos, códigos de ética, manuais,
transmitida e partilhada. É resultante de um aprendizado enfim, é muito importante que se dê uma estudada,
por condicionamento social. Ela é construída ao longo pois, algumas vezes, embora não esteja explicitamen-
do tempo. te no edital, pode ser que tenha algum assunto que
Em termos empresariais, a cultura também é expressa na seja regido por esse documento, como é o caso dessa
maneira como as coisas são feitas, como a empresa está questão.
estruturada, etc. No caso do Banco do Brasil temos, o Código de Éti-
Dessa forma, a cultura organizacional cria o(a) ca, que traduz os valores que devem ser observados e
cultivados por todos os escalões da empresa no rela-
a) abordagem sistêmica da administração cionamento com os diversos segmentos da sociedade
b) identidade organizacional e também as Normas de Conduta, que de forma mais
c) público-alvo da empresa objetiva, indicam as responsabilidades da Alta Admi-
d) cenário do macroambiente organizacional nistração, dos funcionários e dos colaboradores no
e) relação entre o ambiente externo e o grau de incerteza exercício de seu trabalho.
interno Nesse documento, encontraremos o item:
BANCO DO BRASIL

3.4. Acionistas, Investidores e Credores

68
4. Resposta: Letra C.
Eis uma questão que exige conhecimento de conceitos, no caso, conceito de cultura adaptativa e cultura não adap-
tativa. As primeiras se caracterizam pela sua maleabilidade e flexibilidade, enquanto as segundas, por sua rigidez e
conservadorismo. Vejamos algumas características de cada uma.

Fig.3: Culturas organizacionais adaptativas e não-adaptativas. Fonte: CHIAVENATO, 2004.


Como podemos ver acima, a alternativa que melhor descreve a cultura não adaptativa é a C.

5. Resposta: Letra A.
Aqui novamente vemos presente o Código de Ética do Banco do Brasil, que rege o seguinte:
3.3. Fornecedores
3.3.1. Adotamos critérios de seleção, contratação e avaliação, de foma imparcial e transparente, que permitam plu-
ralidade e concorrência entre fornecedores
E também poderíamos citar, como reforço no comportamento reprovado do funcionário, no tocante às Normas de
Conduta, o aspecto que trata do Conflito de Interesses, conforme rege:
4.2. Conflito de Interesses
4.2.1. Exercer sua função de forma isenta, eximindo-se de fazer uso da condição de funcionário para obter vantagem
para si ou para terceiros.
4.2.3. Privar-se de deliberar assuntos sobre os quais tenha interesse conflitante com o do Banco ou nas decisões,
controle ou liquidação de negócios com as pessoas a seguir indicadas, bem como com Empresas onde figurem
como dirigentes ou sócios:
4.2.3.1. o próprio funcionário;
4.2.3.2. o cônjuge ou o companheiro do funcionário;
4.2.3.3. parentes do funcionário de até 3º grau.
Portanto, como é bem claro, não somente houve conflito de interesse, mas principalmente, a total ausência de im-
parcialidade, como aponta a alternativa A.

6. Resposta: Letra D.
Bem, nem precisaríamos citar o código de ética para responder à essa questão, mas, para que não reste dúvidas,
vamos a ele
3.2. Alta Administração, Funcionários e Colaboradores
3.2.1. Zelamos pelo estabelecimento de um ambiente de trabalho digno e saudável, pautando as relações entre su-
periores hierárquicos, subordinados, pares e colaboradores pelo respeito e pela cordialidade.
3.2.2. Repudiamos condutas que possam caracterizar assédio de qualquer natureza
BANCO DO BRASIL

7. Resposta: Letra C.
Para responder à questão, faz-se necessário saber que em qualquer situação a compartilhamento de senhas é tido
como reprovável ou proibido, ainda mais em uma instituição financeira.

69
8. Resposta: Letra D. Para que seja considerado assédio moral é preciso que
Para responder à questão, faz-se necessário ter em haja:
conta que se trata de uma questão com mais de um – repetição sistemática
ponto de vista. Normalmente, essa situação seria con- – intencionalidade (forçar o outro a abrir mão do em-
siderada um tipo de assédio, porém, há sentenças prego)
nesse sentido dada por Varas de Trabalho que já fo- – direcionalidade (uma pessoa do grupo é escolhida
ram reformuladas pelo TRT e TST, justificando que a como bode expiatório)
conduta se revelou “mera estratégia para incremento – temporalidade (durante a jornada, por dias e meses)
da produtividade”, ou seja, divulgar internamente que – degradação deliberada das condições de trabalho
um funcionário não atingiu meta de produtividade Entretanto, quer seja um ato ou a repetição deste ato,
não gera automaticamente direito de indenização, se devemos combater firmemente por constituir uma
o ato for feito sem exageros e sem humilhar o traba- violência psicológica, causando danos à saúde física e
lhador, não há ilegalidade. mental, não somente daquele que é excluído, mas de
Para que possa entender melhor, e para que não haja todo o coletivo que testemunha esses atos.
dúvidas, faz-se necessário rever o conceito de assédio O desabrochar do individualismo reafirma o perfil do
moral. Vejamos: Assédio moral ou violência moral no ’novo’ trabalhador: ’autônomo, flexível’, capaz, com-
trabalho não é um fenômeno novo. Pode-se dizer que petitivo, criativo, agressivo, qualificado e empregável.
ele é tão antigo quanto o trabalho. A novidade reside Estas habilidades o qualificam para a demanda do
na intensificação, gravidade, amplitude e banalização mercado que procura a excelência e saúde perfeita.
do fenômeno e na abordagem que tenta estabelecer o Estar ’apto’ significa responsabilizar os trabalhado-
nexo-causal com a organização do trabalho e tratá-lo res pela formação/qualificação e culpabilizá-los pelo
como não inerente ao trabalho. desemprego, aumento da pobreza urbana e miséria,
É necessário distinguir o conceito de humilhação. Dessa desfocando a realidade e impondo aos trabalhadores
maneira, trata-se de um sentimento de ser ofendido/a, um sofrimento perverso.
menosprezado/a, rebaixado/a, inferiorizado/a, A humilhação repetitiva e de longa duração interfere
submetido/a, vexado/a, constrangido/a e ultrajado/a na vida do trabalhador e trabalhadora de modo direto,
pelo outro/a. É sentir-se um ninguém, sem valor, inútil. comprometendo sua identidade, dignidade e relações
Magoado/a, revoltado/a, perturbado/a, mortificado/a, afetivas e sociais, ocasionando graves danos à saúde
traído/a, envergonhado/a, indignado/a e com raiva. A física e mental*, que podem evoluir para a incapacida-
humilhação causa dor, tristeza e sofrimento. de laborativa, desemprego ou mesmo a morte, consti-
Agora, quanto ao assédio moral no trabalho, também tuindo um risco invisível, porém concreto, nas rela-
vale alguns apontamentos. Vejamos: É a exposição ções e condições de trabalho.
dos trabalhadores e trabalhadoras a situações humi- Enfim, trata-se de assunto complexo, no entanto, o
lhantes e constrangedoras, repetitivas e prolongadas enunciado cita o código de ética do BB, portanto, no
durante a jornada de trabalho e no exercício de suas momento nossa analise se pautará no dispositivo in-
funções, sendo mais comuns em relações hierárqui- terno citado, que rege:
cas autoritárias e assimétricas, em que predominam [...] 3.2. Alta Administração, Funcionários e
condutas negativas, relações desumanas e aéticas de Colaboradores
longa duração, de um ou mais chefes dirigida a um 3.2.1. Zelamos pelo estabelecimento de um ambiente
ou mais subordinado(s), desestabilizando a relação de trabalho digno e saudável, pautando as relações en-
da vítima com o ambiente de trabalho e a organiza- tre superiores hierárquicos, subordinados, pares e cola-
ção, forçando-o a desistir do emprego. Caracteriza- boradores pelo respeito e pela cordialidade.
-se pela degradação deliberada das condições de 3.2.2. Repudiamos condutas que possam caracterizar
trabalho em que prevalecem atitudes e condutas ne- assédio de qualquer natureza [...]
gativas dos chefes em relação a seus subordinados, Dessa forma, temos como gabarito a alternativa D.
constituindo uma experiência subjetiva que acarreta
prejuízos práticos e emocionais para o trabalhador e 9. Resposta: Letra B.
a organização. A vítima escolhida é isolada do grupo O enunciado por si só já direciona à resposta, no tre-
sem explicações, passando a ser hostilizada, ridicu- cho: “a quantidade e as características dos valores mo-
larizada, inferiorizada, culpabilizada e desacreditada biliários” , que automaticamente nos remete à CVM.
diante dos pares. Estes, por medo do desemprego e Mas temos também o estatuto, conforme indicado no
a vergonha de serem também humilhados associado enunciado, que rege:
ao estímulo constante à competitividade, rompem Art. 17. Sem prejuízo dos procedimentos de autorre-
os laços afetivos com a vítima e, frequentemente, re- gulação atualmente adotados, os membros do Con-
produzem e reatualizam ações e atos do agressor no selho de Administração e da Diretoria Executiva do
ambiente de trabalho, instaurando o ’pacto da tole- Banco deverão:
BANCO DO BRASIL

rância e do silêncio’ no coletivo, enquanto a vítima I – comunicar ao Banco, à CVM – Comissão de Valores
vai gradativamente se desestabilizando e fragilizando, Mobiliários e à bolsa de valores :
’perdendo’ sua autoestima. a) imediatamente após a investidura no cargo, a quan-
Conhecendo os conceitos acima, você verá que um tidade e as características dos valores mobiliários ou
ato isolado de humilhação, como propõe a questão derivativos de que sejam titulares, direta ou indireta-
acima, não é assédio moral. mente, de emissão do Banco, de suas controladas ou

70
das sociedades coligadas relacionadas à sua área de 3.7. Governos
atuação, além daqueles de titularidade de seus res- 3.7.1. Somos parceiros do poder público na imple-
pectivos cônjuges, companheiros e dependentes in- mentação de políticas, projetos e programas socioe-
cluídos na declaração anual do imposto de renda; conômicos voltados para o desenvolvimento susten-
Portanto, a alternativa correta é a B. tável do Brasil e dos países em que atuamos.

10. Resposta: Letra C.  13. Resposta: Letra E.


O enunciado fala de uma abordagem sistêmica, que É preciso verificar todas as alternativas, dentre elas,
nos remete ao sistema aberto e, que tem como carac- quais apontam características da empresa. Tendo em
terísticas: vista que esse era o foco da consultoria, até aí tudo
A estrutura de sistemas abertas é formada pela inte- bem. O ponto a ser analisado é, dentre todas essas
ração e intercâmbio da organização com o ambiente. características, qual está relacionada com o conceito
De acordo com as mudanças do ambiente externo, a de cultura organizacional.
organização se adapta para sobreviver mudando seus Quando falamos em cultura organizacional, estamos
produtos, técnicas e estruturas. falando em um conjunto formado por três níveis de
São vistas como um sistema dinâmico e aberto, no qual conhecimento: os pressupostos básicos (as crenças
o sistema é um conjunto de elementos mutuamente que são consideradas adquiridas em relação à empre-
dependentes que interagem entre si com determina- sa e à natureza humana), os valores (princípios, nor-
dos objetivos e realizam determinadas funções. mas e modelos importantes) e os artefatos (resultados
Vejamos os erros das alternativas: perceptíveis da ação de uma empresa, que são apoia-
a) o sistema aberto lida com adaptação doa ambientes dos pelos valores), que envolve todos os membros da
internos e externos organização, independente no nível hierárquico que
b) a cultura é aplicada a todos na organização, não ocupe.
apenas à cúpula. Diante dessa colocação, ao analisarmos as alternati-
d) o sistema aberta é dinâmico, buscando a adaptação vas, a única que refere-se à comportamento, que é um
frente às mudanças necessárias. dos pressupostos básicos da cultura é a alternativa E.
e) trata-se de sistema que pode ser gerenciado.
Dessa forma, temos como correta a alternativa C. 14. Resposta: Letra C.
Para começar, temos algumas alternativas com seus
11. Resposta: Letra D. respectivos conceitos invertidos: B e E (conceitos in-
Para responder à questão, faz-se necessário conhecer vertidos) – portanto, erradas.
o DECRETO Nº 6.029/07, ART. 16, PARÁGRAFO 2º. Ve- O conceito indicado na alternativa D, faz parte do con-
jamos: junto de normas da organização e não do fluxo de
Art. 16. As Comissões de Ética não poderão escusar-se processos.
de proferir decisão sobre matéria de sua competência Na alternativa A, se temos poder formal, a comunica-
alegando omissão do Código de Conduta da Alta Ad- ção precisa ser sistemática, e não assistemática.
ministração Federal, do Código de Ética Profissional Nos resta, portanto, a alternativa C.
do Servidor Público Civil do Poder Executivo Federal
ou do Código de Ética do órgão ou entidade, que, se 15. Resposta: Letra B.
existente, será suprida pela analogia e invocação aos A Cultura Organizacional é o conjunto de crenças, va-
princípios da legalidade, impessoalidade, moralidade, lores, rituais, bem como a missão e visão que caracte-
publicidade e eficiência. rizam a organização. (Por Chiavenato)
§ 1º Havendo dúvida quanto à legalidade, a Comissão Analisando as alternativas, temos, portanto, que nos
de Ética competente deverá ouvir previamente a área resta a alternativa B.
jurídica do órgão ou entidade.
§ 2º Cumpre à CEP responder a consultas sobre aspec-
tos éticos que lhe forem dirigidas pelas demais Comis-
sões de Ética e pelos órgãos e entidades que integram
o Executivo Federal, bem como pelos cidadãos e ser-
vidores que venham a ser indicados para ocupar cargo
ou função abrangida pelo Código de Conduta da Alta
Administração Federal.

12. Resposta: Letra A.


Para responder à questão, faz-se necessário conhecer
o Código de Ética do Banco do Brasil, no tópico que
BANCO DO BRASIL

trata de assuntos referentes a “Governos”, fica claro a


existência de uma parceria entre o BB e o poder pú-
blico quando no que diz respeito a implementação de
politicas, projetos e programas socioeconômicos, com
foco no desenvolvimento sustentável.
Vejamos ao pé da letra o que rege o código no item:

71
3. (CESGRANRIO – BB – 2015) As diversas etapas da
TÉCNICAS DE VENDAS venda devem ser consideradas no planejamento dos ser-
viços bancários.
Uma delas, a pré-venda, engloba uma série de atividades
relacionadas diretamente com os escriturários, na medi-
1. (CESGRANRIO – BB – 2015) Ao chegar à sua agência, da em que é uma etapa planejada para
um cliente percebe que há muitas filas nos caixas. En-
quanto aguarda o gerente, ouve reclamações de outros a) definir o valor a ser cobrado pelos serviços do banco.
dois clientes que também esperam atendimento. Ambos b) pesquisar as necessidades e desejos dos correntistas.
comentam que, em dias de forte movimento, o serviço c) analisar o ambiente mercadológico no momento.
prestado na agência fica péssimo. d) aumentar o conhecimento dos produtos comerciali-
Ele tem a sensação de que a atenção recebida não é a zados.
mesma de outras experiências naquele banco. Um dos e) levantar os fatores externos que interferem nas nego-
motivos é que, apesar de cortês, o gerente é direto e ciações.
rápido em seu atendimento, sem conversar tanto como
nas vezes anteriores. 4. (CESGRANRIO – BB – 2015) Os gerentes das agências
A experiência desse cliente é um exemplo de como as de uma determinada região vivem uma situação difícil. A
direção do banco exige que as operações de crédito se-
características dos serviços influenciam o atendimento
jam de curto prazo e dificulta as mudanças das condições
bancário, pois demonstra que a
das contratações de crédito, ao passo que os clientes de-
sejam prazos mais longos de pagamento e condições de
a) percepção do cliente é afetada pela variabilidade dos contratação que levem em conta o histórico de relaciona-
serviços, causada pela irregularidade da demanda. mento com o banco. Por conta disso, não é possível que
b) simultaneidade do atendimento e do recebimento os gerentes atendam aos interesses do banco e dos clien-
dos serviços provoca o aumento da demanda nas tes. Muitos gerentes têm simplesmente deixado de ofere-
agências. cer crédito aos clientes e se sentem muito desmotivados.
c) agência foi influenciada pelo gerente, que não admi- Com base na teoria do papel, a motivação dos gerentes,
nistrou o atendimento de maneira eficaz e eficiente. nessa situação, está sendo minada porque há
d) intangibilidade dos serviços é um fator que dificulta
o atendimento aos clientes em dias de movimento. a) indiferença de papéis
e) perecibilidade dos serviços sempre provocará impac- b) ambiguidade de papéis
tos negativos na visão dos clientes bancários. c) conflito de papéis
d) indefinição de papéis
2. (CESGRANRIO – BB – 2015) Um banco que atua no e) desativação de papéis
varejo está buscando ampliar a sua carteira de cliente e,
para isso, estabeleceu uma nova estratégia de atuação 5. (CESGRANRIO – BB – 2015) Apesar de ainda não po-
visando a fidelizar seus clientes e captar novos, no mer- der ser caracterizado tecnicamente como um oligopólio, o
cado em que opera. mercado bancário brasileiro apresenta uma tendência cres-
Uma estratégia a ser utilizada pelo banco para atingir cente de concentração, e os bancos que operam no varejo
seus objetivos é não apresentam diferenciação de seus produtos e serviços.
Considerando uma situação em que os correntistas pes-
a) ampliar a automação de suas atividades, diminuindo a soas físicas têm informações plenas a respeito do merca-
interação do banco com seus clientes e possibilitando do de serviços bancários, a equipe de vendas deve ter em
um relacionamento formal e impessoal. vista que a disposição de o comprador individual pagar
b) estabelecer metas ambiciosas de curto prazo aos ven- por um bem ou um serviço é definida com base em
dedores, para que estes contatem o maior número de
a) preços de mercado praticados para o bem ou serviço
clientes apenas na ocasião da venda.
b) informações apresentadas em peças publicitárias do
c) atuar em nichos de mercado, oferecendo seus pro-
próprio banco
dutos e serviços ao mercado, de maneira geral, por c) históricos de compras e contratos anteriores
intermédio de seu serviço de telemarketing, atraindo, d) comparações subjetivas em termos de benefícios
assim, um maior número de clientes. e) avaliações a respeito de suas próprias necessidades e
d) manter um sistema de análise mercadológica que desejos
possibilite compreender as necessidades dos clien-
tes e, dessa forma, oferecer produtos e serviços que 6. (CESGRANRIO – BB – 2015) Três estagiários que ha-
atendam às suas expectativas. viam entrado no banco há pouco tempo estavam con-
e) possibilitar que o vendedor de seus produtos e servi- versando sobre o composto de marketing adotado na
BANCO DO BRASIL

ços os adapte, durante o processo de vendas, focan- instituição.


do no atendimento aos objetivos do banco. O primeiro estagiário disse que a estratégia de marketing
do banco é de preço, tendo em vista que as taxas co-
bradas, referentes aos serviços bancários, são divulgadas
nas agências e estão disponíveis, afixadas em locais visí-
veis, para que os clientes delas tomem ciência.

72
O segundo estagiário argumentou dizendo que o com- 08. (CESGRANRIO – BB – 2015) A análise mercadoló-
posto de marketing, no que se refere a preços, está re- gica auxilia a gestão dos bancos na definição de suas
lacionado, dentre outros elementos, à concessão de estratégias e também no direcionamento das ações exe-
descontos, condições de pagamento e crédito para os cutadas no dia a dia nas agências. Nesse contexto, são
produtos e serviços oferecidos pela instituição. analisadas as forças e fraquezas da empresa, assim como
O terceiro estagiário, refletindo sobre o que os outros as ameaças e oportunidades de mercado.
dois haviam falado, explicou que o composto de marke- Quais fatores dessa avaliação, ligados ao ambiente inter-
ting– –preço não é aplicável ao setor bancário porque os no do Banco do Brasil, podem ser utilizados no atendi-
produtos e serviços oferecidos pelas instituições desse mento ao cliente, destacando-se como um ponto forte
setor não oferecem produtos tangíveis. da instituição?
Diante dos elementos acima, em relação ao composto de
marketing–preço, tem-se que a) Número de agências e comportamento dos correntistas
b) Tempo de mercado e atuação dos concorrentes
a) a afirmação do primeiro estagiário está correta, e as c) Ampliação dos serviços financeiros e retração do con-
afirmativas do segundo e terceiro estagiários estão sumo no país
erradas. d) Ascensão das classes econômicas e características da
população
b) os três estagiários estão errados em suas afirmativas.
e) Posicionamento de solidez e tradição da marca
c) os dois primeiros estagiários estão corretos em suas
afirmativas, e o terceiro está errado.
9. (CESGRANRIO – BB – 2015) Dos elementos que com-
d) os dois primeiros estagiários estão errados em suas põem o marketing mix de um banco, os seguintes repre-
afirmativas, e o terceiro está correto. sentam o “P” de praça:
e) a afirmação do primeiro e a do terceiro estagiários es-
tão erradas, e a afirmativa do segundo estagiário está a) equipe de atendimento, gerentes e marca
correta. b) poupança, seguros e empréstimos
c) agências, caixa eletrônico e internet
7. (CESGRANRIO – BB – 2015) Um gerente de um de- d) clientes, software de gestão e equipamentos
terminado banco tem, dentre a programação determi- e) lucro operacional, taxas e volume captado
nada pela alta direção do estabelecimento financeiro, a
função de indicar aos clientes cartões de crédito admi- 10. (CESGRANRIO – BB – 2015) Segundo dados recen-
nistrados por sociedades empresárias parceiras. Um dos tes, a contratação de seguros pessoais no Brasil — in-
clientes do banco utiliza um cartão de crédito ilimitado, cluindo seguro de vida, de viagem, contra acidentes pes-
devidamente autorizado por esse banco e pela adminis- soais, bem como seguro educacional — somou R$ 6,9
tradora de cartões. Em viagem de núpcias pela Itália, o bilhões em prêmios no primeiro trimestre de 2015. Esse
cliente é surpreendido pela negativa de autorização para montante representa elevação de 11,6%, em comparação
pagamento do hotel em que ele se hospedara. com o mesmo período de 2014, e se deve, segundo es-
Apesar das tentativas de contato para autorização das pecialistas do setor, à mudança da visão dos brasileiros a
despesas, este ato inocorreu. Sendo pessoa de posses, respeito de suas responsabilidades no futuro. Segundo os
esse cliente pagou as despesas em dinheiro. Retornando especialistas, os brasileiros passam por um momento de
ao Brasil, requereu ao banco explicações, por escrito, do mudança de valores e se preocupam mais com o futuro.
ocorrido — ao que lhe foi respondido não ter o banco Do ponto de vista da análise do macroambiente de mar-
qualquer responsabilidade pelo evento, uma vez que a keting, o mercado de seguros foi afetado por mudanças
gerência do cartão de crédito seria exclusivamente da no ambiente
sociedade empresária que administra o cartão. Nesse
a) tecnológico
contexto, nos termos do Código de Proteção e Defesa
b) sociocultural
do Consumidor, a responsabilidade
c) natural
d) econômico
a) é do fornecedor que prestou serviços defeituosos, ex- e) demográfico
cluindo, em qualquer caso, os demais fornecedores.
b) da instituição financeira é separada da dos demais for- 11. (CESGRANRIO – BB – 2014) Uma cidadã, por difi-
necedores. culdades financeiras momentâneas, deixou de pagar em
c) é subjetiva e exclusiva da administradora de cartões dia as suas dívidas, vindo, por força de sua mora e do seu
de crédito. inadimplemento, a ser inscrita em cadastro de devedo-
d) é solidária e abrange a cadeia de fornecedores, o que res. Com o passar do tempo, a sua situação foi melho-
inclui o Banco. rando e, após muito sacrifício pessoal, conseguiu quitar
e) da sociedade empresária depende da prova de culpa as suas dívidas. Em determinado momento, no entanto,
de um dos seus prepostos. foi surpreendida com negativa de crédito, em estabeleci-
BANCO DO BRASIL

mento comercial, por estar o seu nome inscrito no cadas-


tro de devedores inadimplentes. A melhor interpretação
do Código de Defesa do Consumidor indica que

a) caberia à devedora buscar o cancelamento dos regis-


tros nos cadastros de inadimplentes.

73
b) é ônus do credor, após a constatação do pagamento A função desse grupo de funcionários é verificar a(o)
efetivo da dívida, retirar o nome do devedor do cadas-
tro de inadimplentes. a) qualidade técnica do serviço
c) deve ocorrer a retirada do registro de inadimplente b) lacuna de serviço
somente cinco anos após o ingresso, mesmo no caso c) satisfação do cliente
de pagamento. d) recuperação do serviço
d) ocorrerá a manutenção do registro no cadastro de e) benchmarking
inadimplentes como forma de proteção ao comércio.
e) será retirada a inscrição do registro no cadastro de 15. (CESGRANRIO – BB – 2014) Uma das formas de au-
inadimplentes somente se houver medida judicial. mentar a retenção de clientes é reduzir as deserções.
Um banco que não tenha o pessoal treinado de forma
12. (CESGRANRIO – BB – 2014) Um cliente de longa adequada, cujos gerentes não cumpram as promessas
data do Banco X S/A emitiu cheque vinculado à sua con- de serviços feitas e cujos funcionários responsáveis pelo
ta-corrente no valor de R$ 10.000,00 (dez mil reais). Ape- atendimento ajam com rudeza, está estimulando a de-
sar da existência de provisão de fundos, o cheque não serção
foi pago, por causa da não certificação da assinatura no
referido título por preposto do Banco. Após reclamação a) de gestão
formal, constatou-se que a assinatura conferia com as b) de serviço
dos cadastros arquivados no Banco. c) de mercado
Nesse caso, de acordo com as regras do Código de Defe- d) tecnológica
sa do Consumidor ocorreu e) organizacional

a) prática abusiva 16. (CESGRANRIO – BB – 2014) Um determinado ban-


b) responsabilidade continuada co apresenta um pacote de serviços bem avaliado tanto
c) força maior por seus clientes quanto pela opinião pública em geral e
d) defeito do serviço cobra taxas mais baixas que seus concorrentes.Essas van-
e) publicidade enganosa tagens são apresentadas em suas propagandas, que são
veiculadas em meios de comunicação de massa e obtêm
13. (CESGRANRIO – BB – 2014) Um gerente recebeu elevadas taxas de copy e recall.
um correntista para discutir seus investimentos no ban- Contudo, esse banco conta apenas com dez agências
co, com a preocupação de mantê-lo como cliente por localizadas em cinco capitais do Brasil, e não consegue
muito tempo. Para tanto, o profissional buscou entender atender às demandas de todos os potenciais clientes de
os objetivos do cliente e oferecer-lhe um serviço de qua- seus serviços.
lidade. Ao longo da reunião, o gerente procurou esta- O ponto fraco da estratégia de marketing desse banco
belecer conjuntamente metas de rentabilidade de curto, está localizado no componente do composto de marke-
médio e longo prazos que atendessem às necessidades ting denominado
do correntista.
A preocupação do gerente com o atendimento constan- a) praça
te às necessidades do cliente é um exemplo de uma téc- b) preço
nica de marketing denominada c) produto
d) pesquisa
a) aftermarketing e) promoção
b) garantia implícita
c) marketing de conquista 17. (CESGRANRIO – BB – 2014) O cross-selling é uma
d) marketing de frequência técnica de vendas que incrementa o relacionamento dos
e) marketing de relacionamento clientes com os bancos. Qual das situações a seguir re-
presenta um exemplo de cross-selling?
14. (CESGRANRIO – BB – 2014) A diretoria de um banco
detectou que o maior problema de uma agência era a a) Ao monitorar os hábitos de compra dos clientes, o ge-
demora no atendimento aos clientes. O gerente da agên- rente identifica o perfil de cada grupo de correntista e
cia, então, determinou que os atendimentos aos clientes segmenta toda a carteira da agência.
deveriam ser divididos em três etapas. A primeira etapa, b) Com base nas informações sobre a família do cliente,
a triagem, serviria para direcionar o cliente ao local de provenientes de um empréstimo junto ao banco, seu
atendimento correto e deveria ser cumprida em até três gerente oferece um seguro residencial.
minutos. A segunda etapa, o atendimento direto, deveria c) Informações pertinentes sobre o impacto dos impos-
ser feita em até dez minutos. Finalmente, se fosse ne- tos nos investimentos disponíveis são apresentadas
cessária a interferência do gerente, o seu atendimento ao cliente no internet banking.
BANCO DO BRASIL

deveria ter a duração de, no máximo, doze minutos. A d) Os clientes preferenciais são selecionados para que a
ideia era de que nenhum cliente gastasse equipe da agência possa efetuar ligações telefônicas
mais do que vinte e cinco minutos dentro da agência e agradecendo o relacionamento com o banco.
um grupo de funcionários munidos de cronômetros foi e) Uma série de vantagens em empresas conveniadas,
destacado para verificar se as tarefas eram executadas tais como clínicas, academias e cursos de língua, é
dentro dos prazos definidos. oferecida para os clientes especiais.

74
18. (CESGRANRIO – BB – 2014) O planejamento de ven- 22. (CESGRANRIO – BB – 2013) O processo de vendas
das no setor bancário tem-se baseado na segmentação de tem-se transformado, ao longo do tempo, em função da
mercado como forma de obter mais sucesso nos negócios. crescente competição existente no mercado entre em-
Um objetivo da segmentação de mercado é presas de mesmo setor. Em função disso, o foco da ad-
ministração de vendas também mudou. Hoje, em função
a) adotar uma abordagem única de vendas para toda do mercado, o foco dessa área é no(a)
carteira de clientes.
b) concentrar esforços em ações de vendas que sejam a) produção, estabelecendo metas de vendas que ultra-
bem avaliadas. passem sua capacidade produtiva.
c) desenvolver ações de vendas específicas para cada b) orçamento, proporcionando a expectativa de ganhos
grupo de clientes. futuros em função das vendas a serem realizadas.
d) reunir em um mesmo grupo clientes com necessida- c) cliente, avaliando suas necessidades e expectativas em
des e desejos distintos de compra. relação aos produtos ofertados.
e) selecionar os serviços bancários em função do grau de d) território de vendas, delimitando assim a atuação de
dificuldade. cada vendedor, que concentrará seus esforços na área
para ele determinada.
19. (CESGRANRIO – BB – 2014) A matriz de SWOT é um e) vendedor, visando a aumentar os ganhos do profissio-
instrumento que auxilia os bancos a analisar o mercado e nal, já que seu salário é a comissão sobre as vendas
determinar as metas da empresa. realizadas.
Ao elaborar essa matriz, um banco conclui corretamente
que o(a) 23. (CESGRANRIO – BB – 2013) Um funcionário de
um banco, preocupado em atingir as metas estabeleci-
a) aumento do poder aquisitivo das classes C e D, no Bra- das pela sua gerência, precisava vender alguns produ-
sil, representa uma força para o banco. tos bancários em pouco tempo. Tentando atingir a meta
b) cenário econômico negativo do mercado é uma ame- estabelecida, ele procurou algumas informações sobre
aça para o próximo exercício de vendas. como melhorar seu desempenho no processo de vendas.
c) forte preparo da equipe em relação às técnicas de ven- A informação de como proceder no processo de vendas,
das é uma oportunidade de mercado. que contribuirá positivamente para a melhoria de seu
d) protecionismo externo para produtos brasileiros se desempenho, é
configura como uma fraqueza para o país.
e) saída do mercado de um banco concorrente é uma a) minimizar as informações passadas aos clientes sobre os
força para que a equipe melhore seus resultados. riscos envolvidos em cada um dos produtos oferecidos.
b) oferecer os produtos aos clientes, independentemente
20. (CESGRANRIO – BB – 2014) Fazer perguntas é uma de seus perfis já que, ao categorizar os clientes, estaria
das principais habilidades dos vendedores de sucesso. discriminando-os.
Para que essa técnica seja utilizada corretamente, é pre- c) falar mais do que ouvir, durante a abordagem inicial,
ciso que o profissional compreenda a situação da venda exaltando os benefícios de cada um dos produtos.
e saiba exatamente o que precisa saber do cliente. Agin- d) mostrar conhecimento em relação aos produtos, po-
do assim, ele evita rém não mencionar a política do banco e as formas de
cobrança referentes aos produtos, já que esses deta-
a) a percepção dos interesses dos consumidores. lhes tomam o tempo do cliente.
b) as perguntas difíceis a respeito do produto ou serviço. e) buscar informações essenciais sobre os clientes com
c) o entendimento das necessidades dos clientes. perspectiva de negócios, antes e durante a interação
d) os golpes financeiros que ocorrem na internet. no processo de compra e venda.
e) os questionamentos vazios ou até mesmo invasivos.
24. (CESGRANRIO – BB – 2013) O setor bancário, de
21. (CESGRANRIO – BB – 2013) O superintendente de maneira geral, tem investido na criação de novos produ-
vendas do Banco A, submetido a regime de metas, de- tos para atender a um mercado emergente nos últimos
termina a suas equipes que, em todos os contratos de anos, em função do aumento da renda per capita no país
empréstimos, vinculem o fechamento da operação à – as camadas mais populares da população brasileira.
realização de contrato de seguro. Com tal determinação, Com base nesse pressuposto, os bancos, para avaliar se
as metas impostas são realizadas, com reflexo financeiro valeria a pena ou não investir na criação desses novos
positivo na remuneração dos empregados. produtos, em seu planejamento de vendas, iniciaram seu
Nos termos do Código de Defesa e Proteção ao Consu- processo de planejamento de vendas, analisando o(a)
midor, tal operação é
a) potencial de mercado, que é um processo em que é
a) admitida, por ser inerente às relações de mercado. estimada a capacidade do mercado brasileiro no ramo
BANCO DO BRASIL

b) permitida, por ser integrante de regime de remunera- da atuação da empresa – estimativa que vai refletir a
ção por metas. situação econômica do momento.
c) vedada, por caracterizar prática abusiva. b) potencial de vendas, que é um processo em que é cal-
d) vedada, por não ser possível a conjugação prática das culado, a partir da análise da empresa e de seu am-
operações. biente, da concorrência e de outros fatores pertinen-
e) permitida, por configurar habitualidade das relações. tes ao processo, o mercado existente.

75
c) mix de marketing, que pode ser utilizado pela empresa b) é estabelecido o relacionamento unilateral e satisfató-
para influenciar a resposta dos consumidores. rio de curto prazo com o cliente.
d) campanha de marketing, procurando entender o com- c) é assegurado que a empresa busque relacionar-se com
portamento do consumidor visando a estabelecer os os clientes a cada ocasião de compra.
objetivos e as metas de cada produto para que a cam- d) é assegurado que os funcionários satisfaçam às neces-
panha atinja o público-alvo. sidades dos clientes.
e) previsão de vendas, que é um processo em que a ca- e) é estabelecido um relacionamento satisfatório entre
pacidade de vendas da empresa e do mercado parte a empresa e o cliente, não havendo necessidade de
da análise da demanda total do mercado para definir compatibilidade entre a empresa e outras partes.
o público-alvo em que vai atuar.
28. (CESGRANRIO – BB – 2013) O grau de percepção
25. (CESGRANRIO – BB – 2013) A carteira de clientes é de valor, pelo cliente, em relação ao produto ou serviço,
o principal ativo de uma agência bancária. é dinâmico, podendo variar de acordo com o momento
Portanto, na relação com os clientes, é essencial nortear- – antes da aquisição, imediatamente após a aquisição,
--se pelo seguinte princípio: após longo tempo de aquisição e utilização, entre ou-
tras circunstâncias. Essa mudança na percepção de valor
a) A responsabilidade pelo bom atendimento bancário ocorre porque
é unicamente da área comercial da agência bancária.
b) Os clientes que necessitam de crédito bancário devem a) um gap é instaurado entre o que a empresa oferece ao
ter um atendimento bancário inferior aos clientes que mercado e o que o cliente adquire, aumentando assim
têm investimentos nas agências bancárias. a percepção de valor.
c) Todos os clientes devem ter o mesmo tipo de atendi- b) um cliente, ao adquirir um produto ou serviço, perce-
mento bancário, mesmo possuindo diferentes solicita- be que a sua expectativa de valor, em relação ao que
ções de serviços bancários. está adquirindo, excede a sua expectativa de valor de
qualquer outro produto ou serviço da concorrência.
d) Qualquer tipo de agência bancária deve dar mais im-
c) o grau de importância dos atributos de valor muda, à
portância ao atendimento aos clientes pessoas físicas
medida que a relação do cliente com o produto au-
do que aos clientes pessoas jurídicas.
menta, podendo aumentar ou diminuir o valor per-
e) O bom relacionamento com todos os clientes deve ser
cebido.
feito independentemente do retorno financeiro que
d) o vendedor, ao adquirir um produto ou serviço, au-
esses clientes proporcionam à agência bancária.
menta os benefícios do cliente e isso viabiliza a redu-
ção dos custos de aquisição, o que contribui para a
26. (CESGRANRIO – BB – 2013) As empresas, diante da diminuição da percepção de valor.
concorrência existente no mercado, procuram medir a e) as empresas focam o que os clientes desejam, gene-
satisfação de seus clientes, buscando identificar possibi- ralizando e padronizando as suas necessidades, resul-
lidades para sua fidelização. A satisfação do cliente em tando no aumento da percepção de valor, porque os
relação ao produto adquirido é representada pelo(a) clientes são tratados de maneira uniforme.
a) diminuição dos custos de produção. 29. (CESGRANRIO – BB – 2013) Os produtos bancários
b) proximidade entre as suas expectativas e o desempe- têm certas características que os diferenciam dos demais
nho percebido do produto. produtos comercializados no mercado.
c) atendimento da empresa ao Código de Defesa do Uma de suas características é determinada pela ausên-
Consumidor. cia de clareza ou precisão quando de sua oferta, que re-
d) turnover dos empregados da empresa que atuam no percute na falta de compreensão e na dificuldade de o
processo produtivo. cliente elaborar mentalmente aquele produto que está
e) volume de estoque de produtos acabados da empresa, sendo a ele ofertado. Essa característica está relacionada
para atender ao cliente. à(ao) sua(seu)

27. (CESGRANRIO – BB – 2013) O relacionamento que a) risco percebido


os bancos mantêm com seus clientes é um fator que b) imaterialidade
contribui para sua captação e sua fidelização. Pensando c) tangibilidade
nisso, os bancos têm utilizado diferentes ferramentas e d) automação
estratégias no desenvolvimento de sua liderança no mer- e) invariabilidade
cado. De maneira geral, o marketing de relacionamento
é conceituado como o processo pelo qual uma empresa 30. (CESGRANRIO – BB – 2013) A motivação da força de
constrói alianças com clientes atuais e potenciais de tal vendas é um fator fundamental para o sucesso na área
forma que ambos, vendedor e comprador, trabalhem em comercial, sendo então necessário respeitar a seguinte
BANCO DO BRASIL

busca de um conjunto específico de objetivos comuns. premissa:


Os objetivos do marketing de relacionamento são atin-
gidos quando a) A motivação financeira sempre será o aspecto motiva-
cional mais importante em um time comercial.
a) é estabelecida uma relação distante, formal e profis- b) Uma equipe motivada sempre conseguirá alcançar e
sional com o cliente. superar as metas da área comercial.

76
c) O gasto financeiro da empresa em motivação é um para a empresa prestadora quando a demanda é flu-
fator essencial para manter a equipe de vendas cons- tuante, como acontece nas empresas que lidam com
tantemente motivada. serviços de demanda cíclica, sazonal ou irregular.
d) A motivação está diretamente ligada à valorização do Ressalto aqui uma observação em relação à alternativa E,
funcionário. que teoricamente, poderia estar correta. No entanto, te-
e) A questão motivacional não tem relação com um am- mos ali uma afirmação que os impactos negativos SEM-
biente propício ao desenvolvimento pessoal e profis- PRE ocorrerão, o que não é verdade, isso não é uma regra.
sional de seu colaborador.
2. Resposta: Letra D.
Para responder à questão, vamos analisar cada uma
das alternativas:
GABARITO a) relações impessoais não é uma estratégia inteligente
para fidelização de clientes, tão pouco gerar novas relações.
b) instigar um comportamento de busca por novos
1. Resposta: Letra A. clientes e a ambição por melhores resultados deve ser
Para responder à questão, faz-se necessário conhe- uma constante e não uma ação pontual.
cer o que propõe os autores KOTLER e ARMSTRONG c) se o público alvo será um “nicho de mercado”, seu
(1998 e 1998). Segundo eles os serviços possuem
produto e serviço deve ser específico, e não de ma-
quatro características peculiares, que distinguem cla-
neira geral.
ramente um serviço de um produto físico: Intangibili-
d) a melhor estratégia de atendimento e vendas é co-
dade, Inseparabilidade, Variabilidade e Perecibilidade.
nhecer o seu cliente, seus desejos e suas necessidades,
Intangibilidade: nos referimos a algo que não con-
que são os fatos geradores de qualquer compra.
seguimos perceber fisicamente, ou seja, não vemos,
e) no tipo de serviço e produto em questão, não cabe
não pegamos, não sentimos. Essa característica deixa
adaptação, e sim, identificação daquele que melhor
o indivíduo fora de sua zona de conforto, isto porque
atenda ou supra a necessidade do cliente. 
ele adquire algo que não pode de pronto perceber,
a subjetividade desses serviços gera uma insegurança
ao cliente quanto à qualidade daquele serviço. 3. Resposta: Letra D.
Inseparabilidade: Quando falamos em serviços, fala- Vamos por exclusão:
mos de algo que seu consumo ocorre ao mesmo tem- Alternativas A, C e E são ações desenvolvidas no mo-
po em que é produzido, ou seja, não é possível separar mento da venda. Então, restam-nos as alternativas B
o serviço de quem o presta ou realiza, um é inerente e D. O gabarito apontado pela banca é o D. De fato,
ao outro. Essa é razão pela qual falamos em interação aumentar o conhecimento dos produtos é uma tare-
entre vendedor e cliente, porque ambos afetam dire- fa que antecede a venda, está CORRETO. Pesquisar as
tamente o resultado do processo. necessidades e desejos dos concorrentes, também é,
Variabilidade: Aqui nos referimos à dificuldade exis- de modo geral, uma tarefa que, teoricamente deve an-
tente nas instituições de padronizar suas prestações teceder a venda, de tal forma que, a única explicação
de serviço, até porque estamos aqui falando em si- que encontramos para que a banca tenha considerado
tuações que são desenvolvidas por pessoas, sendo a alternativa B como errada é a de estarmos falando do
que, por mais que haja um modelo ou padrão a ser fato do escriturário, diante do cliente, e daquilo por ele
seguido na tentativa de minimizar percepções diferen- exposto, encontrar o produto ou serviço que melhor
ciadas aos clientes, de maneira que todos tenham o lhe caiba, e isso aconteceria no momento da venda.
mesmo tratamento, vários fatores interferem aqui, te- Mas, ainda sim, no tema vendas, vale a máxima que diz:
mos como já citamos o comportamento do prestador pesquisar sobre as necessidades e desejos dos clientes
de serviço, mas temos também a colocação que cada deve ser uma tarefa feita no momento da pré-venda.
cliente faz em relação às suas necessidades, sendo que
cada um tem uma forma de expor essas necessidades, 4. Resposta: Letra C.
outro fator são diferenças que podem existir entre O papel organizacional se baseia no entendimento
estruturas, cidades, culturas, enfim, compete à insti- claro de como as pessoas devem se comportar e o
tuição implantar estratégias e cultura organizacional que entregar em cada nível organizacional. As pessoas
que incentive os colaboradores a prestarem serviços sabem o que entregar quantitativamente, mas somen-
de qualidade que atenda aquela tida como meta, além te o desempenho do papel lhes dirá como entregar
de acompanhar aquele que melhor lhe dirá se o que qualitativamente. Pois, é no papel organizacional que
tem sido oferecido é o melhor, ou seja, o cliente. Ne- se junta valores e normas, cultura e clima, ação e in-
cessário se faz um acompanhamento das percepções tenção, curto prazo e longo prazo, economia e desen-
e avaliações que o cliente consumidor desse serviço volvimento. (Por Carlos Barreiro)
BANCO DO BRASIL

tem apontado. Na questão acima, vimos que o papel do gerente está


Perecibilidade: Esta característica é problemática visto bem definido, não é ambíguo, ou seja, não tem mais
que os serviços não podem ser estocados para uso ou de um sentido ou função, tão pouco trata-se de um
venda posterior, obrigando para o gestor uma grande papel indiferente, pelo contrário, é encarado como o
necessidade de estabelecer equilíbrio entre a deman- responsável por eliminar uma situação ruim, e muito
da e a oferta. Isto pode representar um sério problema menos desativado.

77
O que temos é nitidamente um conflito de papéis, pois, existe a necessidade de resolver uma questão problemática
para o banco, que deve ser uma preocupação do gerente, afinal, a função de vendas é responsável pela lucrativida-
de dos bancos, mas também tem o papel do gerente enquanto aquele que atende a necessidade e o interesse de
seu cliente, e diante do exposto, ele ve-se tendo que abrir mão de um para atender o outro, o que caracteriza um
conflito.

5. Resposta: Letra A.
Para responder à questão, faz-se necessário analisar um trecho do enunciado. Vejamos: “os bancos que operam no
varejo não apresentam diferenciação de seus produtos e serviços”. Trata-se de uma análise simples: se NÃO há dife-
rença de um lugar para o outro em relação aos serviços e produtos, a única forma de o cliente escolher por um ou
pelo outro é o “valor” que pagará. Portanto, a resposta correta é a alternativa A.

6. Resposta: Letra E.
Para responder à questão, faz-se necessário conhecer, dentro do conteúdo de vendas e mercado, o MIX DE MA-
RKETING, no qual gira esse processo. Estamos falando do tão conhecido 4 P´s. Vale ainda ressaltar que, em relação
à alternativa A, a afixação em locais visíveis das taxas cobradas, referentes aos serviços bancários, obedece a uma
determinação legal.

7. Resposta: Letra D.
A questão aborda a situação de acordo com o CDC, portanto, vejamos o que rege o dispositivo em questão no to-
cante à solidariedade.
Vamos aqui nos valer de orientação jurisprudencial do STJ, que orienta que através do artigo 14 do CDC, a respon-
sabilidade entre fornecedores de uma mesma cadeia de serviços é solidária.
Sendo assim, as bandeiras de cartão de crédito respondem solidariamente com os bancos e com as administradoras
pelos danos decorrentes de má prestação de serviço.

8. Resposta: Letra E.
Para responder essa questão basta aplicar a matriz SWOT ou FOFA, como popularmente é conhecida.
Força- Oportunidade
Fraqueza – Ameaça
O enunciado pele a respeito do ambiente interno do banco.
Então vamos às alternativas
a) Fator externo
b) Fator externo
c) Fator externo
d) Fator externo
e) Fator interno
BANCO DO BRASIL

9. Resposta: Letra C.
Para responder a questão acima, faz-se necessário conhecer o conteúdo de Mix de Marketing. Trata-se do 4 P´s, o
qual abordamos neste material. Abaixo você encontra um esquema para que revise o conteúdo já estudado.

78
10. Resposta: Letra B.
Questão fácil de responder considerando o enunciado, vejamos um trecho: “Segundo os especialistas, os brasileiros
passam por um momento de mudança de valores e se preocupam mais com o futuro”. A partir dessa informação no
enunciado é fácil concluir que se trata de mudança no aspecto sociocultural, ou seja, valores, visão, prioridades, en-
fim, algo que afeta e altera a sua forma de enxergar as coisas, e a partir daí tomar decisões.

11. Resposta: Letra B.


Alguns concurseiros ficaram em dúvida quanto ao erro da alternativa A, no entanto, ele é muito claro. Ela até poderia
checar se todos os registros haviam sido excluídos, no entanto, não compete a ela, e sim à instituição credora, após
receber o valor referente à dívida, providenciar junto ao órgão de proteção a retirada no nome do devedor. A insti-
tuição SPC, por analogia ao Código de Defesa do Consumidor, utiliza o prazo de até 5 dias uteis (art 43 § 3º). Veja o
artigo e o parágrafo citado:
CDc) Art. 6º São direitos básicos do consumidor:
§ 3° O consumidor, sempre que encontrar inexatidão nos seus dados e cadastros, poderá exigir sua imediata cor-
reção, devendo o arquivista, no prazo de cinco dias úteis, comunicar a alteração aos eventuais destinatários das
informações incorretas.
Ou seja, se a obrigação recai sobre o credor, não cabe ao devedor buscar o cancelamento.

12. Resposta: Letra D.


De acordo com o exposto, fica muito claro que houve um erro no serviço, então, conforme o código temos que:
Art. 14. O fornecedor de serviços responde, independentemente da existência de culpa, pela reparação dos danos
causados aos consumidores por defeitos relativos à prestação dos serviços, bem como por informações insuficientes
ou inadequadas sobre sua fruição e riscos.
 § 1° O serviço é defeituoso quando não fornece a segurança que o consumidor dele pode esperar, levando-se em
consideração as circunstâncias relevantes, entre as quais:
 I - o modo de seu fornecimento;
  II - o resultado e os riscos que razoavelmente dele se esperam;
 III - a época em que foi fornecido.
 § 2º O serviço não é considerado defeituoso pela adoção de novas técnicas.
 § 3° O fornecedor de serviços só não será responsabilizado quando provar:
 I - que, tendo prestado o serviço, o defeito inexiste;
 II - a culpa exclusiva do consumidor ou de terceiro.

13. Resposta: Letra E.


Se a intenção é manter relacionamento (“com a preocupação de mantê-lo como cliente por muito tempo”), é fácil
definir por exclusão, ou seja, marketing de relacionamento, lembrando que, aftermarketing está inserido no mkt de
relacionamento, é um de seus componentes.
BANCO DO BRASIL

14. Resposta: Letra A.


Vamos resolver essa questão por exclusão, afinal satisfação do cliente não se mede por etapas, benchmarking é um
processo de pesquisa que aponta um parâmetro de referência, lacuna de serviço não existe, e sim um deficiência e,
por último, recuperação de serviço trata-se de esforços sistemáticos para correção de uma falha.
Portanto, resta-nos a alternativa A.

79
15. Resposta: Letra B.
A questão trata da deserção de clientes e, dentre as alternativas, a única que pode envolver o cliente é a deserção de
serviço, ou seja, um serviço de baixa qualidade afasta os clientes, todas as demais, são relativas à própria empresa.

16. Resposta: Letra A.


A questão acima trata do Mix de Marketing. Trata-se do 4 P´s, o qual abordamos neste material. Abaixo você encon-
tra um esquema para que revise o conteúdo já estudado.

De acordo com a questão, a deficiência está na abrangência territorial, que é um dos aspectos do mix Praça.

17. Resposta: Letra B.


Vamos analisar cada uma das alternativas:
a) trata da segmentação de clientes
c) tornar pública uma informação relevante para um publico estratégico.
d) trata de uma ação de telemarketing ativo
e) relativo ao P de Promoção do Mix de MKT.

18. Resposta: Letra C.


A única alternativa que aborda o aspecto de um nicho de clientes (mesmas características, necessidades e desejos)
é a Alternativa C, portanto, a correta.

19. Resposta: Letra B.


A matriz SWOT é uma ferramenta onde se usa a Força (fator interno) para aproveitar uma Oportunidade (fator exter-
no), e identifica-se uma Fraqueza (fator interno) para evitar uma Ameaça (fator externo)
Então temos:
a) aumento do poder aquisitivo é uma oportunidade, e não uma força.
c) forte preparo da equipe é uma força e não oportunidade
d) protecionismo externo é uma ameaça e não fraqueza
e) saída de concorrente do mercado é uma oportunidade e não uma força
Portanto, nos resta a alternativa B.

20. Resposta: Letra E.


Analisemos cada uma das alternativas, temos que:
a) a percepção do cliente é fundamental no processo
b) um vendedor deve estar sempre preparado para perguntas delicadas e/ou objeções
c) entender a necessidade do cliente é fundamental para um processo de venda
d) aspecto que não está inserido no contexto do enunciado.
e) questionamentos vazios ou invasivos podem gerar uma reação negativa no cliente, e prejudicar o processo de
venda
BANCO DO BRASIL

Portanto, alternativa correta é a E.

21. Resposta: Letra C.


O que caracteriza o veto à ação é o fato de uma coisa estar vinculada à outra, ou seja, não foi apenas oferecido ou
indicado o contrato de seguro, ele deve estar VINCULADO, o que caracteriza prática abusiva (típica venda casada –
expressamente proibido por lei).

80
22. Resposta: Letra C. com quem desenvolvo transações cujas cifras sejam
O foco principal no processo de vendas é o cliente, muito elevadas, não vou atendê-lo em uma área em
daí, torna-se fundamental que haja uma preocupação comum com outros atendimentos, com possibilidade
e uma preparação do vendedor em identificar o fato de exposição, enfim, a situação pode envolver a ne-
gerador da venda para aquele cliente, ou seja, qual cessidade de um pouco mais de privacidade, porém,
sua necessidade ou qual seu desejo, qual a percepção o enunciado não trata disso, e sim da qualidade nessa
de valor que o cliente tem em relação à essa compra, relação, que deverá ser buscada igualmente para to-
qual a possibilidade de se construir uma relação com dos.
esse cliente, enfim, todas o restante trata-se de estra-
tégias que giram em torno de um ponto central que 26. Resposta: Letra B.
é o cliente. Bem, ao analisarmos as alternativas, de cara podemos
descartar a A, D e a E, que não estão inseridas no con-
23. Resposta: Letra E. texto principal do enunciado.
Vamos às alternativas, uma por uma: Quanto ao atendimento ao disposto no CDC (alterna-
a) é responsabilidade do vendedor deixar bem claro tiva C), podemos considerar que não está relacionado
para o cliente todos os riscos envolvidos na transação, com a satisfação do cliente pois, pressupõe-se que, a
portanto, está errada. empresa tenha isso como regra, e não diferencial.
b) não se trata de discriminação, e sim de direciona- Dessa forma nos resta a alternativa B, e essa sim está
mento, não vou oferecer produtos ou serviços que relacionada com a percepção de valor do cliente, a sua
não se enquadrem nas necessidades ou desejos de expectativa X constatação, como vimos em questão
meus clientes. Está errada também. anterior, aquilo que faz, na relação custo X benefício,
c) a melhor forma de saber o que o cliente deseja é o cliente considerar que vale a pena o investimento na
permitindo que ele fale, e ao ouvi-lo, tire-se o maior aquisição do produto ou do serviço.
número possível de informações que possam ser uteis
no processo de venda. 27. Resposta: Letra D.
d) aqui temos uma situação parecida à da alternati- Temos aqui mais uma daquelas questões que, infeliz-
mente, precisamos analisar a menos errada, sim, por-
va a) Não é permitido omitir nenhuma informação do
que se observarmos o gabarito, que aponta a alterna-
cliente quanto às cobranças, pelo contrário, necessário
tiva D, poderíamos dizer que não é apenas isso, afinal,
explicitar todas elas.
se estamos falando em marketing de relacionamento,
e) a busca de informações é uma das ferramentas
e como o próprio enunciado diz, ele “constrói” uma
utilizada tanto na pré-venda como no momento da
relação duradoura, com vínculos, não podemos que
venda, e posteriormente, através de dados e acompa-
basta atender a necessidade do cliente, porém, nas
nhamento, também serão uteis no pós-venda. demais alternativas encontramos muito mais erros do
que nessa. Vejamos:
24. Resposta: Letra A. a) o marketing de relacionamento aproxima, portanto
Podemos resolver essa questão a partir de um raciocí- não é distante.
nio simples: se quero criar um produto, preciso antes b) temos dois erros aqui, não é uma relação unilateral,
saber se existe um mercado potencialmente (potencial tão pouco de curto prazo
de mercado é quanto um dado segmento do mercado c) é uma relação constante, e não apenas em ocasiões
- país, estado, município ou bairro - pode gastar com específicas
determinado produto ou serviço. Ou seja, é quanto e) ao se tratar de uma relação, pressupõe-se que haja
dinheiro há na mão dos clientes potenciais para com- compatibilidade de interesses
prar um determinado serviço ou produto) favorável Dessa forma, a menos errada é a alternativa D.
para explorar esse produto.
A partir desse dado, eu analise meu potencial de ven- 28. Resposta: Letra C.
das (está diretamente relacionado com os potenciais Vamos lá, se essa variação de percepção do cliente
da força de vendas da empresa), consigo desenhar será sempre em relação ao produto ou serviço, e não
meu 4P’s, desenvolver uma campanha de marketing à organização, às suas estratégias, ao mercado ou coi-
e estimular uma previsão em cima dos dados obtidos. sas desse tipo, o que nos leva a descartar a alternativa
A, B.
25. Resposta: Letra E. Já no caso da alternativa D, está totalmente errada,
Quando falamos em relação com os clientes, nos re- isso não tem nada a ver com a relação custo X benefí-
ferimos à relacionamento, e não ao retorno que esse cio que traduz a percepção de valor do cliente, assim
trará (até porque a situação financeira de uma pessoa como na alternativa E, que está totalmente equivoca-
é variável), portanto, a busca da qualidade no rela- da ao afirmar que uniformizar o tratamento do cliente
cionamento com os clientes deve existir em todos os é positivo, pois, cada cliente é único, tem suas próprias
BANCO DO BRASIL

departamentos, independentemente do serviço e/ou necessidades, desejos, enfim, padronizar não é o indi-
produtos que ela faça uso, do retorno financeiro que cado, além da incoerência em “generalizar e padroni-
no momento ela traga à organização. zar”; totalmente errada.
O que podemos desenvolver é uma adaptação no Temos, portanto, alternativa C como correta, pois, essa
atendimento, para que esse seja mais adequado à re- percepção de valor que o cliente tem se altera na me-
alidade de cada um, por exemplo, se tenho um cliente dida em que a importância daquele produto ou servi-

81
ço para o cliente sofre uma mudança, se deixou de ser podemos constatar que a motivação é algo muito re-
importante, o valor percebido diminui, se passou a ser lativo, se pegarmos por exemplo a alternativa A, que
mais importante, o valor percebido aumenta. afirma que a questão financeira é a mais importante,
pode até ser, para alguns, mas não necessariamente
29. Resposta: Letra B. para todos, há aqueles que mesmo tendo um bom re-
Para KOTLER e ARMSTRONG (1998 e 1998), os ser- torno financeiro, não estão satisfeitos com a empresa,
viços possuem quatro características peculiares, que não estão realizados com o que desenvolvem e, por
distinguem claramente um serviço de um produto fí- isso, não se motivam, de tal forma que a alternativa
sico: Intangibilidade, Inseparabilidade, Variabilidade e está errada.
Perecibilidade. Com base no que acabamos de falar, podemos des-
Intangibilidade: Quando falamos em algo intangível, cartar também a alternativa B, afinal, além do que já
nos referimos a algo que não conseguimos perceber apontamos, uma equipe motivada não depende ne-
fisicamente, ou seja, não vemos, não pegamos, não cessariamente de gastos da empresa, é possível moti-
sentimos, não se trata de algo material. Essa caracte- var as pessoas através de ferramentas que não requei-
rística deixa o indivíduo fora de sua zona de conforto, ram investimento financeiro, e também a alternativa E,
isto porque ele adquire algo que não pode de pron- afinal ela afirma que aspectos relacionados a fatores
to perceber, a subjetividade desses serviços gera uma internos não tem relação com a motivação, e sabemos
insegurança ao cliente quanto à qualidade daquele que é exatamente o contrário.
serviço. Por ultimo, temos como errada a alternativa B, que
Inseparabilidade: Quando falamos em serviços, fala- afirma que motivação é o suficiente para que as metas
mos de algo que seu consumo ocorre ao mesmo tem- sejam alcançadas, e sabemos que não é exatamente
po em que é produzido, ou seja, não é possível separar assim, vários outros fatores interferem nos resultados
o serviço de quem o presta ou realiza, um é inerente de metas, a motivação é apenas uma das ferramentas
ao outro. utilizadas.
Variabilidade: Aqui nos referimos à dificuldade exis- Portanto, a alternativa correta, que relaciona a motiva-
tente nas instituições de padronizar suas prestações ção ao aspecto interno do indivíduo, é a D.
de serviço, até porque estamos aqui falando em si-
tuações que são desenvolvidas por pessoas, sendo
que, por mais que haja um modelo ou padrão a ser
seguido na tentativa de minimizar percepções diferen- ATENDIMENTO
ciadas aos clientes, de maneira que todos tenham o
mesmo tratamento, vários fatores interferem aqui, te-
mos como já citamos o comportamento do prestador 1. (CESGRANRIO – BB – 2015) Um banco que vem
de serviço, mas temos também a colocação que cada atuando autonomamente sem vinculação a qualquer
cliente faz em relação às suas necessidades, sendo conglomerado financeiro poderá, nesse caso, nos termos
que cada um tem uma forma de expor essas neces- da Resolução CMN no 4.433/2015, compartilhar ouvido-
sidades, outro fator são diferenças que podem existir ria com a seguinte instituição:
entre estruturas, cidades, culturas, enfim, compete à
instituição implantar estratégias e cultura organizacio- a) Órgão autorizado a funcionar pelo Banco Central.
nal que incentive os colaboradores a prestarem servi- b) Sociedade de capital aberto autorizada pela Comissão
ços de qualidade que atenda aquela tida como meta, de Valores Mobiliários.
além de acompanhar aquele que melhor lhe dirá se o c) Associação de classe à qual seja filiado.
que tem sido oferecido é o melhor, ou seja, o cliente d) Banco vinculado a qualquer grupo financeiro nacional.
Perecibilidade: Esta característica é problemática vis- e) Sociedade especializada em relações com terceiros.
to que os serviços não podem ser estocados para uso
ou venda posterior, obrigando o gestor uma grande 2. (CESGRANRIO – BB – 2015) O ouvidor de uma ins-
necessidade de estabelecer equilíbrio entre a deman- tituição financeira exerce a sua função com diligência,
da e a oferta. Isto pode representar um sério problema procurando resolver a contento todas as reclamações
para a empresa prestadora quando a demanda é flu- dos clientes, inclusive recomendando mecanismos para
tuante, como acontece nas empresas que lidam com evitar problemas similares aos já detectados no curso da
serviços; de demanda cíclica, sazonal ou irregular. sua atividade. Possuindo parca estrutura administrativa,
Diante do exposto, temos como assertiva a alternativa acumula a resolução de problemas com a gerência de
B. uma reduzida equipe e a elaboração de relatórios que,
Dica: fiquem atentos aos conceitos, muitos ficaram em nos termos da Resolução CMN no 4.433/2015, devem ser
dúvida porque a banca não usou o termo intangibili- encaminhados a algumas instâncias, entre as quais o
dade, e sim, imaterialidade, no entanto, se algo é in-
BANCO DO BRASIL

tangível automaticamente será imaterial. a) Sindicato dos Bancos


b) Órgão de Defesa do Consumidor
30. Resposta: Letra D. c) Banco Central
Maslow nos mostra, através de sua teoria, que a mo- d) Presidente do Banco
tivação tem vários aspectos e, também sabemos que e) Comitê de Auditoria
a motivação é um fator interno, então, diante disso,

82
3. (CESGRANRIO – BB – 2015) O setor bancário tem Uma ferramenta muito utilizada pelos bancos com esse
como prática utilizar o serviço de telemarketing para a propósito é a(o)
oferta de produtos e serviços aos seus clientes atuais e
potenciais. Em uma análise sobre essa prática, correla- a) CRM
cionando as informações existentes sobre o processo b) ERP
de vendas e as reclamações dos clientes, foi identificado c) BtoB
que estes têm rejeição a serem contatados pelo banco d) BtoE
via telemarketing. Eles preferem que o canal de comu- e) E-Business
nicação com o banco esteja disponível para que possam
entrar em contato quando sentirem necessidade ou de- 7. (CESGRANRIO – BB – 2015) Existem leis municipais
sejo de fazê-lo. Com base na análise feita, verifica-se que e estaduais que regulamentam o tempo de fila de es-
os clientes preferem, como canal de comunicação com o pera para atendimento em instituições financeiras. Em
banco, o(a) uma agência do Rio de Janeiro, o funcionário que traba-
lha no pré-atendimento constata que uma pessoa na fila
a) marketing ativo do atendimento prioritário não tem direito a esse tipo
b) comunicação proativa de atendimento. O funcionário deverá explicar para essa
c) marketing direto pessoa que, segundo a Lei no 5.254, de 25 de março de
d) telemarketing receptivo 2011 (Lei da Fila do Banco), o atendimento preferencial
e) marketing de resposta é destinado aos

4. (CESGRANRIO – BB – 2015) Como forma de manter a) maiores de 65 anos, gestantes, pessoas portadoras de
o relacionamento com os clientes, a estratégia dos ban- deficiência física, pessoas com crianças de colo e estu-
cos é a de procurar reforçar os benefícios dos serviços. dantes, para quem a agência deve ofertar 30 assentos
Durante o atendimento, esses benefícios devem ser re- de correta ergometria.
forçados pelo escriturário, principalmente os de natureza b) maiores de 65 anos, gestantes, pessoas portadoras de
psicológica, os quais se relacionam à maneira como os deficiência física e pessoas com crianças de colo, para
clientes percebem a capacidade de a empresa atender quem a agência deve ofertar, no mínimo, 5 assentos
às suas necessidades. Ao apresentar ao cliente o Brasil de correta ergometria, sendo realizado por meio de
Prev, por exemplo, que benefício psicológico pode ser senhas numéricas preferenciais.
invocado pelo escriturário? c) clientes que possuem conta corrente no banco, ape-
nas.
a) Índice de retorno do investimento d) maiores de 65 anos, gestantes, pessoas portadoras de
b) Valor compatível das mensalidades deficiência visual e aos clientes que possuem conta
c) Conforto e segurança no futuro corrente no banco, apenas.
d) Desconto no imposto de renda e) maiores de 65 anos, gestantes, pessoas portadoras
e) Maior rendimento da categoria de deficiência física e pessoas com crianças de colo,
sendo realizado através de senhas numéricas prefe-
5. (CESGRANRIO – BB – 2015) Ao selecionar um de- renciais até as 14 horas.
terminado banco para abrir uma conta, um empresário
analisou os benefícios que a instituição lhe proporciona- 8. (CESGRANRIO – BB – 2015) Roupas adequadas para
ria em relação aos custos que lhe seriam cobrados pe- o trabalho demonstram uma postura profissional no
los serviços prestados. Entre os atributos de sua análise atendimento aos clientes porque o modo como o escri-
constavam a solidez do banco, as conveniências propor- turário se veste
cionadas, a qualidade dos serviços prestados e o relacio-
namento interpessoal estabelecido. Essa análise realiza- a) é um elemento da comunicação não verbal com o
da pelo empresário compõe o que se denomina cliente.
b) significa um dos fatores da pré-abordagem ao cor-
a) lealdade do cliente rentista.
b) valor percebido pelo cliente c) amplia as possibilidades de encerramento da venda.
c) benevolência d) convence o cliente em caso de alguma objeção à venda.
d) análise de marketing e) reforça os benefícios do produto para o cliente.
e) potencial de mercado
9. (CESGRANRIO – BB – 2015) Um banco estabeleceu
6. (CESGRANRIO – BB – 2015) O setor bancário, carac- como ação obrigatória em seu relacionamento com
teristicamente de prestação de serviços, oferece também clientes corporativos a retomada de contato com esses
ao mercado uma grande quantidade de produtos. Um clientes nas seguintes ocasiões: um mês, seis meses e
BANCO DO BRASIL

grande aliado desse setor é o marketing bancário que um ano após a venda de qualquer serviço ou produto.
utiliza diversas ferramentas para captar informações so- Dessa forma, seria possível não só mensurar o nível de
bre seus clientes atuais e potenciais, possibilitando, as- satisfação dos clientes e, em função desse resultado, ofe-
sim, de forma diferenciada e específica, ofertar novos recer-lhes a possibilidade de orientação, como também
produtos e serviços, conceder benefícios e segmentar os acolher sugestões de melhoria em relação ao que foi ad-
clientes, visando à ampliação da carteira do banco. quirido. Essa ação implantada pelo banco refere-se à (ao)

83
a) lean marketing 14. (CESGRANRIO – BB – 2014) De acordo com a Re-
b) serviço de pós-venda solução CMN no 3.849, de 25/03/2010, as instituições
c) venda programada financeiras devem designar os nomes do ouvidor e do
d) reversão de demanda declinante diretor responsável pela área ao
e) individual marketing
a) Comitê de Valores Mobiliários
10. (CESGRANRIO – BB – 2015) Uma instituição finan- b) Procon
ceira pretende implantar um treinamento para aumentar c) Secretário de Defesa do Consumidor
as vendas sugestivas junto aos clientes cadastrados no d) Banco Central
seu banco de dados. Um exemplo de ação de venda su- e) Representante dos consumidores na instituição
gestiva é o(a)
15. (CESGRANRIO – BB – 2014) Um importante aspecto
a) orientação às operadoras de telemarketing para não do planejamento tático no segmento bancário é o mix de
ofertarem novos produtos para clientes que tiverem marketing, composto por:
declarado expressamente esse desejo.
b) utilização de dados sobre a movimentação da conta a) equipe bem treinada, produtos sólidos e confiáveis, ser-
corrente para envio de propostas oportunas para em- viços oferecidos e reputação corporativa da empresa.
préstimos. b) localização das agências, acessibilidade ao internet
c) monitoramento dos hábitos de consumo dos clientes banking, rede de serviços e canais de atendimento.
para dar-lhes informações sobre as vantagens de em- c) serviço oferecido, valor dos investimentos pelo clien-
presas parceiras. te, canais de atendimento ao público e campanhas de
d) oferecimento de informações sobre a cobrança de im- comunicação.
postos que impactam os investimentos da família. d) rentabilidade nos investimentos, taxas de juros adota-
e) revisão dos financiamentos dos clientes preferenciais das, preços praticados e lucratividade anual.
quando os juros baixam, informando-lhes os novos e) posicionamento estratégico da marca, segmentação
valores a serem pagos. de mercado, concorrência ativa e propaganda institu-
cional.
11. (CESGRANRIO – BB – 2014) Nos termos da Resolu-
ção CMN no 3.849, de 25/03/2010, o acesso telefônico 16. (CESGRANRIO – BB – 2014) Uma forma de aumentar
da ouvidoria deve ser o valor percebido pelos clientes nos serviços bancários é
a) pago com tarifa mínima diminuir o conjunto de custos envolvidos na relação com
b) gratuito para todos os bancos. Nesse sentido, durante o atendimento aos
c) cobrado se o reclamante não tiver razão clientes nas agências bancárias, os funcionários devem
d) gratuito apenas para aqueles que têm renda mínima dedicar-se a
e) pago pelos clientes inadimplentes
a) empurrar produtos, como seguro de vida, para os me-
12. (CESGRANRIO – BB – 2014) Os bancos múltiplos, lhores clientes.
nos termos da Resolução CMN no 3.849, devem instituir b) explicar os aspectos dos serviços sob a ótica da insti-
ouvidoria tuição financeira.
c) igualar os benefícios e os custos envolvidos no proces-
a) na própria organização so de compra.
b) em órgão externo d) prestar um serviço com baixo valor percebido pelos
c) em vínculo com a auditoria correntistas.
d) na área de propaganda e) reduzir o dispêndio de tempo e a energia gasta pelos
e) no setor de novos projetos clientes.

13. (CESGRANRIO – BB – 2014) Para facilitar a atividade 17. (CESGRANRIO – BB – 2014) Em relação às mensa-
das cooperativas singulares de crédito não filiadas à coo- gens empregadas na promoção e venda de produtos e
perativa central, nos termos da Resolução CMN no 3.849, serviços, incluindo os bancários, não devem ser feitas
de 25/03/2010, tais cooperativas poderão, para compar- ofertas de ação negativa. São ofertas de ação negativa
tilhamento e utilização de ouvidoria, firmar com associa- aquelas que
ção representativa da classe o seguinte instrumento:
a) esclarecem o que não é fornecido na prestação do ser-
a) contrato viço.
b) acordo b) exigem uma manifestação de não aceitação pelo clien-
c) convênio te.
BANCO DO BRASIL

d) parceria c) impactam os clientes que não fazem parte do públi-


e) conjugação co--alvo da empresa.
d) são dirigidas especificamente ao público da terceira
idade.
e) utilizam mensagens subliminares para convencimento
do público.

84
18. (CESGRANRIO – BB – 2014) Na estrutura organiza- a) respondam a questões relacionadas aos fatores psi-
cional de um banco, marketing não é uma função exclu- cográficos.
siva de um departamento. É uma área em que todos de- b) marquem o índice de satisfação com os serviços e be-
vem atuar, principalmente os funcionários que trabalham nefícios recebidos.
diretamente na função de vendas e atendimento, pois c) citem a primeira marca que lhes vêm à cabeça nesse
são responsáveis por segmento.
d) demonstrem as percepções mentais relacionadas com
a) aprovar as campanhas de comunicação do banco. a marca.
b) entender e satisfazer as necessidades dos clientes. e) indiquem o grau de concordância com afirmações a
c) ouvir as confidências individuais da clientela. respeito dos serviços.
d) preparar as propagandas a respeito da empresa.
e) transmitir informações pessoais aos bancários. 23. (CESGRANRIO – BB – 2013) A gestão de marketing
de um banco tem de lidar com variáveis incontroláveis,
19. (CESGRANRIO – BB – 2014) Na ocasião do atendi- compreendidas como fatores que interferem na condu-
mento, seja na definição do preço e das condições de ção dos negócios e que não são determinados pela ad-
venda, seja na aceitação ou não da proposta, é inacei- ministração. Um exemplo de uma variável incontrolável
tável a(o) é(são)

a) discriminação de qualquer pessoa com base em raça, a) as campanhas institucionais


cor, religião. b) a página da empresa na internet
b) divisão dos correntistas com base na capacidade de c) o composto de marketing
investimento. d) a localização das agências
c) omissão de informações importantes sobre a vida par- e) a situação econômica do país
ticular do atendente.
d) separação dos clientes por idade, sexo, renda ou es- 24. (CESGRANRIO – BB – 2013) Um banco possui den-
tado civil. tre os seus clientes pessoas jurídicas classificadas como
e) discernimento em relação à condição financeira do microempresas pela legislação própria. Nesse caso, nos
cliente. termos da Resolução CMN no 3.849/2010, é necessário
instituir Ouvidoria que, dentre outras atribuições, deverá
20. (CESGRANRIO – BB – 2014) Quando o atendente realizar, quanto a eventuais conflitos, a atividade de
de um banco utilizar-se de comparações com a concor-
rência para ressaltar as vantagens dos serviços prestados a) julgamento
em sua agência, ele deve ter por princípio a utilização de b) acordo
c) arbitragem
a) dados de cunho psicológico ou emocional. d) juizado
b) fatores que dificultem o entendimento das caracterís- e) mediação
ticas dos produtos concorrentes.
c) comparações entre serviços de natureza e épocas di- 25. (CESGRANRIO – BB – 2013) O gerente da Ouvidoria
ferentes. de uma instituição financeira deve ser rigoroso no cum-
d) informações objetivas e que sejam passíveis de com- primento dos prazos para responder aos reclamos dos
provação. clientes. Nos termos da Resolução CMN no 3.849/2010, o
e) pesquisas de opinião sem a fonte e sem a data dos prazo máximo, em dias, para resposta final aos reclamos
dados recolhidos. será de

21. (CESGRANRIO – BB – 2013) No momento da venda, a) trinta


ao apresentar um serviço bancário, o funcionário deve b) vinte
levar em conta o conceito de custo total para o cliente. c) cinco
Esse conceito envolve, além das condições financeiras d) dez
do serviço que se pretende adquirir, outros fatores, tais e) quinze
como:
a) tempo e energia física e psicológica 26. (CESGRANRIO – BB – 2012) Uma característica típi-
b) prazo e condições de pagamento ca do marketing em empresas de serviços, que interfere
c) vantagens esperadas decisivamente em sua gestão, é o fato de que sua pres-
d) necessidades e desejos tação
e) imagem funcional e psicológica
a) ocorre simultaneamente ao consumo.
BANCO DO BRASIL

22. (CESGRANRIO – BB – 2013) Campanhas de propa- b) costuma não variar de cliente para cliente.
ganda são instrumentos eficientes para aumentar o sha- c) depende pouco dos funcionários e dos clientes.
re of mind de uma marca, aumentando a confiança dos d) pode ser estocada para as horas de movimento.
consumidores nos serviços bancários contratados. Por e) é facilmente percebida pelo cliente antes da compra.
intermédio de pesquisa, um banco pode medir o nível de
share of mind de sua marca, solicitando aos clientes que

85
27. (CESGRANRIO – BB – 2012) As ações mercadoló- 32. (CESGRANRIO – BB – 2012) O município W possui
gicas postas em prática no interior das agências bancá- uma única agência do banco Y. Gilberto, que trabalha e
rias, tais como a distribuição de brindes e a exposição de reside nesse município, é correntista do banco. Um dia,
ofertas de serviços em cartazes e displays, são exemplos ao dirigir-se à agência, ele é surpreendido pela ausência
de completa de bancários, estando o atendimento limitado
aos terminais eletrônicos. Utilizando um telefone dis-
a) publicidade ponibilizado na agência, Gilberto recebe a informação
b) propaganda de que, por motivo de corte de custos, a agência com
c) marketing direto atendimento físico mais próximo está, agora, a sessenta
d) relações públicas quilômetros dali, mas que, para evitar prejuízos aos cor-
e) promoção de vendas rentistas, um bancário, com múltiplas funções, passará a
ir à sua agência, de quinze em quinze dias. Em relação ao
28. (CESGRANRIO – BB – 2012) Em uma palestra para atendimento bancário, as normas da Resolução CMN no
bancários de todo o país, um especialista em marketing 3.694/2009 estabelecem que a(o)
enumerou uma série de características identificáveis em
profissionais. Duas das características que favorecem o a) adoção de tecnologia de atendimento bancário, nas
trabalho em equipe e que devem constar do perfil de um agências das instituições financeiras, é vedada.
bom profissional de atendimento são b) prestação de atendimento físico no local não é obriga-
tória quando as dependências da instituição financeira
a) perseverança e ambição são exclusivamente eletrônicas.
b) perseverança e individualismo c) transformação de agências físicas em eletrônicas ca-
c) centralização de tarefas e liderança racteriza um obstáculo indevido ao consumidor.
d) liderança e conhecimento de mercado d) transformação de agências físicas em eletrônicas de-
e) individualismo e centralização de tarefas pende da concordância dos correntistas.
e) atendimento realizado por bancários, durante o horá-
rio de expediente ao público, é obrigatório em todas
29. (CESGRANRIO – BB – 2012) O conceito de valor
as agências ou dependências com serviços eletrôni-
para os clientes é o resultado da comparação que eles
cos.
fazem, ao efetuar uma transação comercial, entre
33. (CESGRANRIO – BB – 2012) Com seu filho menor,
a) atendimento e tempo
Márcia vai a uma agência bancária pagar a conta de
b) atributos e preços
energia elétrica às 14 horas. Como tinha compromisso
c) benefícios e custos
agendado para as 14 h 40 minutos, solicitou preferên-
d) empresa e concorrência cia para pagamento no caixa, invocando a legislação em
e) qualidade e reclamações vigor. Sua pretensão não foi atendida, uma vez que não
preenchia os requisitos legais. De acordo com a legisla-
30. (CESGRANRIO – BB – 2012) Para medir o resultado ção específica sobre prioridade de atendimento, todas as
das propagandas em diversas mídias, como tevês e re- afirmações a seguir estão corretas, EXCETO que
vistas de opinião, os bancos necessitam de um feedback,
que pode ser adquirido pela realização de a) mulheres têm atendimento prioritário, caso sejam ges-
tantes.
a) análise da concorrência b) mulheres lactantes devem ter atendimento preferen-
b) campanhas persuasivas cial.
c) orçamentos cruzados c) idosas com mais de sessenta anos devem ser atendi-
d) marketing direto das preferencialmente.
e) pesquisas de mercado d) homens com cinquenta anos de idade devem ter aten-
dimento prioritário.
31. (CESGRANRIO – BB – 2012) Em relação aos estí- e) homens acompanhados de crianças de colo têm aten-
mulos dos clientes, os bancos podem executar estraté- dimento prioritário.
gias para puxar ou empurrar as vendas (to pull versus to
push). Que ferramenta é classificada como to push? 34. (CESGRANRIO – BB – 2012) Em relação à acessibili-
dade de pessoas portadoras de deficiência ou com mobi-
a) Promoção social lidade reduzida às edificações de uso público e privado,
b) Relações públicas o Decreto no 5.296, de 2004, estabelece que os(as)
c) Telemarketing ativo
d) Avaliação de mercado a) edifícios privados devem ter um elevador especial,
e) Propaganda institucional para uso, exclusivamente, das pessoas com deficiência
BANCO DO BRASIL

física.
b) casas de espetáculo, teatros, cinemas, auditórios, giná-
sios de esporte, entre outros recintos, deverão reser-
var, pelo menos, 10% da lotação do estabelecimento
para pessoas em cadeiras de rodas, em área concen-
trada e de boa visibilidade.

86
c) coxias e os camarins, áreas de acesso aos artistas, não 37. (CESGRANRIO – BB – 2010) José é correntista do
têm obrigação de ter seu acesso facilitado ou garanti- Banco da Brasil há dois anos e tem crédito disponível
do a pessoas que se enquadrem nesse grupo. para utilização no cheque especial. No mês de dezem-
d) instituições financeiras deverão manter em seu quadro bro, José ultrapassou seu limite de crédito. Seu nome,
o mínimo de dois funcionários encarregados de pres- após prévia notificação, foi inscrito em cadastro restritivo
tar atendimento prioritário. de crédito e seu contrato foi encaminhado ao Jurídico
e) vias públicas deverão ter instalação de semáforos para para a propositura de ação judicial, quando o advogado
pedestres, com mecanismo que sirva de guia ou orien- reparou que os juros eram superiores a 12% ao ano. Nes-
tação para a travessia de pessoas portadoras de defi- se caso, há alguma ilegalidade, de acordo com o Código
ciência visual nos locais onde a intensidade de fluxo de Defesa do Consumidor?
de veículos e de pessoas ou a periculosidade na via
assim exigirem. a) Não há ilegalidade alguma no caso descrito.
b) Os juros superam o valor máximo de 1% ao mês pre-
35. (CESGRANRIO – BB – 2012) Mário, cliente do Ban- visto na legislação, o que configura ilegalidade.
co Z, após vencer um procedimento licitatório regular, c) Os juros cobrados e a negativação são ilegais frente ao
pretende realizar um projeto de natureza arquitetônica e Código de Defesa do Consumidor.
urbanística no município X. Necessitando de numerário, d) A inscrição em cadastro restritivo de crédito foi ilegal
postulou acesso a financiamento público, intermediado pois há apenas o direito de cobrar o crédito, mas não
pelo Banco Z. Nesse caso, para atender às exigências le- o de negativar o nome do consumidor.
gais, o projeto arquitetônico deverá possuir e) A cláusula de juros é abusiva e a notificação configura
cobrança por meio indevido, sendo, portanto, ilegal.
a) equipamento de deslocamento vertical para uso das
pessoas portadoras de deficiência, se o projeto contar
38. (CESGRANRIO – BB – 2010) Maria é poupadora do
com mais de um pavimento além do pavimento de
Banco Ypsilon e constatou o saque de valores em sua
acesso, mesmo que seja uma habitação unifamiliar.
conta poupança. Procurou um funcionário do banco,
b) estacionamento no local, mas sem necessidade de
afirmando que não havia sacado as referidas quantias e
identificação de vagas preferenciais para portadores
de deficiência física. que, para ela, aquilo era um defeito na prestação do ser-
c) sinalização através de placas escritas sendo desneces- viço, tendo direito ao ressarcimento em razão da respon-
sária qualquer outra referência. sabilidade do Banco. Nessa situação, a responsabilidade
d) sinalização em braille do andar da edificação onde a do Banco
pessoa se encontra, localizada junto às botoeiras ex-
ternas do elevador. a) pode ser afastada apenas na hipótese de prova de cul-
e) acessibilidade segundo as normas municipais, sendo pa exclusiva da vítima.
desnecessário o padrão da ABNT (Associação Brasilei- b) independe da existência de culpa.
ra de Normas Técnicas). c) é integral e não há excludentes, por expressa disposi-
ção do Código de Defesa do Consumidor.
36. (CESGRANRIO – BB – 2012) O Congresso Nacional d) é factível, desde que comprovada sua culpa ou negli-
votou a Lei no 10.048, de 08 de novembro de 2000, que gência.
trata do atendimento prioritário a algumas pessoas. Em e) é inexistente, pois as instituições financeiras são isen-
relação ao que ficou estabelecido sobre o atendimento tas do cumprimento do Código de Defesa do Consu-
prioritário, considere as afirmativas a seguir. midor.

I - As empresas públicas de transporte e as concessioná- 39. (CESGRANRIO – BB – 2010) Ao celebrar contra-


rias de transporte coletivo reservarão assentos, devida- to de mútuo com o Banco Toada, o mutuário contratou
mente identificados, aos idosos, às gestantes, lactantes, também um seguro de crédito e restou pactuado que
pessoas portadoras de deficiência e pessoas acompa- eventual discussão acerca do contrato deveria ser feita
nhadas por crianças de colo. obrigatoriamente por meio da arbitragem. Nesse caso, o
II - Os logradouros e sanitários públicos, para terem suas contrato de mútuo
edificações licenciadas, terão normas de construção des-
tinadas a facilitar o acesso e o uso desses locais pelos a) pode ser declarado válido ou nulo pelo Judiciário, que
portadores de deficiência. não pode afastar a validade de cláusulas.
III - Os veículos de transporte público deverão ser plane- b) configura venda casada, sendo proibida a exigência
jados de forma que os portadores de deficiência tenham da contratação de seguro, mesmo que seja celebrado
garantido o acesso a seu interior. com outra seguradora.
c) não contém qualquer cláusula abusiva, pois os contra-
Está correto o que se afirma em tantes estão livres para escolher os meios de solução
BANCO DO BRASIL

dos conflitos.
a) I, apenas. d) é válido, pois a eventual nulidade de uma cláusula não
b) II, apenas. invalida o contrato.
c) I e II, apenas. e) é nulo, pois contém cláusulas abusivas.
d) II e III, apenas.
e) I, II e III.

87
40. (CESGRANRIO – BB – 2010) Caio, cliente do Banco c) II, III e VI.
Argent, contraiu empréstimo de quarenta mil reais para d) III, IV e V.
pagamento em trinta e seis meses, com juros de 1,76% e) IV, V e VI.
ao mês, correção monetária pela TR e multa de 2% em
caso de mora ou inadimplemento. Passados oito meses, 43. (CESGRANRIO – BB – 2010) Gerentes de banco
Caio resolveu quitar parcialmente sua dívida, antecipan- devem ser capazes de convencer os membros de sua
do dez parcelas, e pediu o desconto dos juros. De acordo equipe de que eles podem aumentar o desempenho da
com o caso descrito, o(a) agência trabalhando mais ou sendo treinados para atuar
de maneira mais adequada. No entanto, essa estratégia
a) contrato tem prazo determinado, o que impede o pa- fica prejudicada se as vendas forem influenciadas por
gamento antecipado, salvo concordância expressa do
Banco. a) aumento de propaganda.
b) pagamento parcial antecipado é possível, mas sem al- b) crescimento econômico.
teração das condições contratuais de juros. c) liderança de mercado.
c) cliente pode fazer a liquidação antecipada, ainda que d) confiança do consumidor.
parcial, e tem direito à redução proporcional dos juros. e) ações da concorrência.
d) cliente poderá fazer a quitação antecipada e com re-
dução de juros, desde que seja quitação total. 44. (CESGRANRIO – BB – 2010) Em um programa de
e) quitação antecipada deve ser total e sem redução dos televisão sobre mercado de trabalho, três consultores
juros efetivamente contratados. tecem os seguintes comentários sobre os princípios da
venda pessoal:
41. (CESGRANRIO – BB – 2010) Júlia abriu conta-cor- Alice – A época do vendedor esperto já passou, e no seu
rente com direito a crédito. Assinou o contrato e recebeu lugar está o profissional que sabe levantar boas pergun-
o cartão para operações no caixa eletrônico e senha para tas, ouvir e aprender.
Internet, mas não recebeu cópia do contrato. Após reunir Antônio – Os vendedores eficazes possuem um instin-
to natural que se revela especialmente no momento de
certa quantia, dirigiu-se ao guichê para efetuar o depó-
convencer as pessoas.
sito, quando foi informada de que seu contrato previa a
Pedro – A função do vendedor é aumentar o número de
utilização exclusiva dos caixas eletrônicos para esse mo-
clientes de sua empresa, focando seus esforços na reali-
delo de operação. Nesse caso, o Banco
zação de negócios imediatos.
a) agiu com correção, mas a prática só seria aplicável se
É(São) correta(s) a(s) afirmação(ões) de
o contrato tivesse sido entregue à correntista e conti-
vesse a ressalva em destaque. a) Alice, apenas.
b) pode limitar a utilização dos guichês para depósito, b) Pedro, apenas.
desde que previsto em contrato e em destaque por c) Pedro e Antônio, apenas.
ser cláusula restritiva de direitos. d) Alice e Antônio, apenas.
c) pode limitar a utilização dos guichês para depósito, e) Alice, Antônio e Pedro.
desde que previsto em contrato, independente de
destaque. 45. (CESGRANRIO – BB – 2010) Em um congresso so-
d) não pode privá-la do acesso aos guichês, ainda que bre novas ferramentas de vendas, um palestrante afir-
previsto no contrato, salvo se oferecer atendimento mou: “o telemarketing vem-se tornando uma ferramenta
alternativo ou eletrônico. fundamental de marketing direto, muito aceita pelos
e) não pode se recusar à prestação do serviço no guichê, consumidores”. Essa afirmativa merece reparos porque
mesmo que ofereça atendimento alternativo ou ele- o telemarketing
trônico e a restrição esteja em destaque no contrato.
a) não é uma ferramenta de marketing direto.
42. (CESGRANRIO – BB – 2010) Quando abrem uma b) vem sendo rejeitado como instrumento de vendas pe-
conta bancária, os clientes consideram uma série de be- las empresas.
nefícios funcionais. A esse respeito, analise os seguintes c) provoca restrições por causa de sua natureza intrusiva.
aspectos ligados a esse segmento no Brasil: d) é considerado uma função sem importância no ma-
rketing direto.
I – confiança transmitida pelo gerente; e) representa uma estratégia empresarial e não uma fer-
II – solidez e garantia da marca; ramenta.
III – cobertura em todos os estados;
IV – número de correntistas; 46. (CESGRANRIO – BB – 2010) Quando um grande
V – atendimento via internet banking; banco de varejo, no Brasil, utiliza a veiculação de propa-
BANCO DO BRASIL

VI – reconhecimento internacional. gandas de reforço tem o intuito de

Estão corretos APENAS os benefícios a) avisar ao público que oferece as melhores opções para
investimento.
a) I, II e III. b) comparar vantagens e características em relação ao
b) I, II e V. principal concorrente.

88
c) convencer os atuais correntistas de que eles escolhe- ouvidoria. Parágrafo único. O Banco Central do Brasil
ram a instituição certa. poderá estabelecer o conteúdo mínimo das informa-
d) criar conscientização e conhecimento de novos servi- ções de que trata o caput.
ços oferecidos. Art. 15. O Banco Central do Brasil estabelecerá o con-
e) estimular a repetição de compra dos produtos e servi- teúdo, a forma, a periodicidade e o prazo de remessa
ços financeiros. de dados e de informações relativos às atividades da
ouvidoria.
47. (CESGRANRIO – BB – 2010) Se os funcionários de
um banco se mostram entediados e não conseguem res- 3. Resposta: Letra D.
ponder a perguntas simples, os clientes terão uma ex- A questão acima trata do uso de um canal de comuni-
pectativa desfavorável. PORQUE cação disponível, podemos eliminar as alternativas A,
Clientes formam expectativas a partir de várias fontes, C e D, que não são canais de comunicação.
como experiências anteriores e propaganda boca a boca. Nos resta a comunicação proativa e o telemarketing
A esse respeito, conclui-se que receptivo. Em se tratando do cliente acionar ao banco,
a alternativa correta é o telemarketing receptivo, por-
a) as duas afirmações são verdadeiras e a segunda justi- tanto, letra D.
fica a primeira.
b) as duas afirmações são verdadeiras e a segunda não 4. Resposta: Letra C.
justifica a primeira. Conforme as alternativas, a única que se refere à as-
c) a primeira afirmação é verdadeira e a segunda é falsa. pectos psicológicos é a alternativa. Todas as demais
d) a primeira afirmação é falsa e a segunda é verdadeira. são aspectos financeiros.
e) as duas afirmações são falsas.
5. Resposta: Letra B.
De acordo com o conteúdo estudado, o Valor perce-
bido pelo cliente é a análise que ele faz entre o custo
e o benefício que o produto ou serviço apresenta, de-
GABARITO terminando assim, se compensa pagar por aquilo, ou
seja, o benefício compensa o custo?
1. Resposta: Letra C. Não se trata apenas de “preço”, e sim de valor.
Para responder de forma apropriada a questão acima,
deve-se conhecer o dispositivo. Vejam: 6. Resposta: Letra A.
Resolução 4.433/2015 Vejamos as alternativas:
Art. 5º É admitido o compartilhamento de ouvidoria CRM: trata-se de um sistema de gestão que, através
nos seguintes casos:  das informações adicionadas, passa a gerir processos
II - instituição que não integre conglomerado com- com mais eficácia no relacionamento com os clientes.
posto por pelo menos duas instituições autorizadas a ERP – trata-se de um software onde, através de uma
funcionar pelo Banco Central do Brasil, podendo ser integração de dados e processos em um único siste-
constituída a ouvidoria:  ma, é possível ter um gerenciamento mais eficaz de
a) em empresa ligada, conforme definição constante todos os departamentos da organização, otimizando
do art. 1º, § 1º, incisos I e III, da Resolução nº 2.107, de tempo e custos.
31 de agosto de 1994; e  BtoB – é a relação entre duas empresas
b) na associação de classe a que seja filiada ou na bol- BtoE - Este é uma variação do B2c) É quando uma em-
sa de valores ou bolsa de mercadorias e futuros ou presa faz a venda para seus próprios funcionários.
E-Business – aqui quero fazer uma observação impor-
bolsa de valores e de mercadorias e futuros nas quais
tante, que é a diferença entre E-Business e E-commer-
realize operações; 
ce. Para tanto, vou usar um pequeno trecho que mos-
tra exatamente o que quero ressaltar.
2. Resposta: Letra E.
E-business não é apenas o comércio realizado pela in-
Para responder à questão, faz-se necessário conhecer,
ternet; isto é e-commerce, uma de suas partes.
ao pé da letra, o que prevê a Novamente a Resolução
O conceito de e-business vai muito além e engloba
4.433/15. Vejamos:
todas as atividades de uma empresa. Podemos o defi-
CAPÍTULO VI DA PRESTAÇÃO DE INFORMAÇÕES Art. nir como a integração de diversas atividades organiza-
13. O diretor responsável pela ouvidoria deve elaborar cionais através do auxílio de sistemas de informação,
relatório semestral referente às atividades desenvolvi- a qual possui a internet como meio de comunicação.
das pela ouvidoria, nas datas-base de 30 de junho e Geralmente, as duas grandes áreas do e-business são
31 de dezembro. o e-commerce e e-service. Como já dizemos, e-com-
Parágrafo único. O relatório de que trata o caput deve merce é a realização de vendas pela internet, sejam
BANCO DO BRASIL

ser encaminhado à auditoria interna, ao comitê de au- elas realizadas entre uma empresa e outra (B2B), ou
ditoria, quando existente, e ao conselho de adminis- entre uma empresa e um cliente (B2C). O e-service
tração ou, na sua ausência, à diretoria da instituição. nada mais é do que a prestação de serviços na web.
Art. 14. As instituições devem divulgar semestralmen- Exemplos: home banking, agências de informação on-
te, nos respectivos sítios eletrônicos na internet, as in- line, sites de busca, etc. (Fonte:brasilescola.uol.com.br)
formações relativas às atividades desenvolvidas pela Portanto, temos como correta a alternativa A.

89
7. Resposta: Letra B. e) individual marketing: é o último nível de segmen-
Vamos lá, primeiramente vale ressaltar um aspecto tação, pois nos leva ao segmento de um cliente, com
que foi muito discutido em relação à essa questão; o necessidades, preferências e exigências próprias. Não
fato de uma lei municipal ser cobrada em um concur- é uma ferramenta indicada para acompanhar e ali-
so federal, no entanto, mesmo com esse fato, é pos- mentar relacionamento, e sim, uma abordagem dire-
sível resolver a questão se atendo a um ponto chave. cionada de marketing.
Antes vamos falar um pouquinho sobre a Lei da Fila Nos resta, portanto, o serviço de pós-venda, que tem
do Banco. por objetivo maior manter o cliente satisfeito através
A espera excessiva em filas de bancos é uma situação da confiança, credibilidade e a sensação de segurança
vivenciada corriqueiramente por muitas pessoas, mas transmitida pela organização, construindo relaciona-
nem todos os que encaram o problema na vida práti- mentos duradouros que contribuam para o aumento
ca entendem como ele é regulamentado no Brasil. O do desempenho para resultados sustentáveis.
tempo limite de aguardo, por exemplo, não está pre-
visto em apenas uma “Lei da Fila de Banco”. O poder 10. Resposta: Letra B.
de legislar sobre o assunto é de responsabilidade das De acordo com a banca, a resposta apontada é a b)
esferas estaduais e municipais, e cada localidade o tra- Para muitos, usar de dados sobre a movimentação da
ta de acordo com as próprias peculiaridades. conta corrente seria quebra de sigilo bancário, no en-
Não há também legislação específica determinando tanto, o enunciado não deixa bem claro se o treina-
a existência de cadeiras para aguardar atendimento mento é para os próprios funcionários ou para alguma
nem estipulando números mínimo e máximo de caixas empresa que preste serviço de telemarketing. Diante
operacionais, ficando a critério das agências a ques- do exposto, e até para estar em conformidade com
tão. Por força da lei 10.048/2000, idosos, portadores de a alternativa apontada pela banca, vamos considerar
deficiência, gestantes, lactantes e pessoas acompanha- que o treinamento seja para os próprios funcionários,
das de criança de colo têm direito a atendimento pre- pois, como estes já tem acesso às informações, não
ferencial, cabendo ao estabelecimento cumprir a regra. ocorreria quebra de sigilo.
Portanto, diante do exposto, voltamos ao ponto cha-
ve: a quem a lei se destina: idosos, portadores de defi- 11. Resposta: Letra B.
ciência, gestantes, lactantes e pessoas acompanhadas Para responder à questão acima, considera-se a atua-
de criança de colo. lização da resolução nº 3.849. Pois, o mesmo, foi revo-
A partir desse entendimento, chegamos, por exclusão, gado pela Resolução nº 4.433, de 27/7/2015, que dis-
independente da lei local quanto ao tempo, a ques- põe sobre a instituição de componente organizacional
tão de assentos específicos, que a lei vale para aqueles de ouvidoria pelas instituições financeiras e demais
apontados na alternativa B. instituições autorizadas a funcionar pelo Banco Cen-
tral do Brasil e determina que haja um órgão (ouvido-
8. Resposta: Letra A. ria) que atue como canal de comunicação entre essas
Quando falamos em atendimento a clientes, nos re- instituições e os clientes e usuários de seus produtos
metemos a alguns cuidados específicos, como, comu- e serviços, sendo que esse canal deve ser gratuito, ágil
nicação, imagem, postura, conduta, entre outros. e eficaz.
No tocante ao enunciado, ao falar sobre as roupas, es- A função da ouvidoria está intimamente relacionada à
tamos falando sobre imagem e, essa também está in- solução de conflitos, de tal forma, que não seria razo-
serida no contexto da comunicação não verbal, ou seja, ável um canal com esta finalidade (visto que se preci-
ela passa uma informação não-verbal (que pode gerar sar ser acionado é sinal de que a instituição apresenta
uma percepção positiva ou negativa) a respeito da pes- falhas na execução do serviço) ainda gerar algum tipo
soa, quanto à adequação, postura, compromisso, etc. de custo ao cliente.
Como temos dito direto, quando uma questão aborda
9. Resposta: Letra B. um dispositivo normativo, quase sempre sua resposta
Vejamos cada um dos conceitos: está ao pé da letra da lei, e por isso, é tão importante
a) Lean marketing: literalmente, seria algo como “enxuto”, a leitura, pelo menos dos assuntos mais explorados.
ou seja, otimizar tempo, recursos para execução de um
processo, evitando assim qualquer tipo de desperdício. 12. Resposta: Letra A.
c) Venda programada: um tipo de venda onde o com- Conforme visto, em visgência atual consta a Resolução
prador define a data que receberá o bem adquirido, nº 4.333/15, que rege:
é um meio termo entre financiamento e consórcio, Art. 1º Esta Resolução disciplina a constituição e o fun-
o comprador efetua os pagamentos mensalmente e, cionamento de componente organizacional de ouvi-
após um percentual do bem ter sido pago, ele retira o doria pelas instituições que especifica.
bem, e continua pagando as parcelas restantes. Art. 2º O componente organizacional de ouvidoria
d) reversão de demanda declinante: Quando a de- deve ser constituído pelas instituições financeiras e
BANCO DO BRASIL

manda diminui gradativamente em relação à demanda demais instituições autorizadas a funcionar pelo Ban-
anterior, ela é chamada de demanda declinante. Para a co Central do Brasil que tenham clientes pessoas natu-
reversão dessa demanda é necessário identificar as cau- rais ou pessoas jurídicas classificadas como microem-
sas do declínio, estudar e desenvolver estratégicas para presas e empresas de pequeno porte, conforme a Lei
reverter à queda para que o produto/serviço seja rede- Complementar nº 123, de 14 de dezembro de 2006.
senhado. Utilizar o marketing de revitalização (criativo).

90
Parágrafo único. Ficam dispensados de constituir ouvidoria os bancos comerciais sob controle societário de bolsas
de valores, de bolsas de mercadorias e futuros ou de bolsas de valores e de mercadorias e futuros que desempe-
nhem exclusivamente funções de liquidante e custodiante central, prestando serviços às bolsas e aos agentes eco-
nômicos responsáveis pelas operações nelas cursadas.

13. Resposta: Letra C.


Questão desatualizada. Como já mencionamos antes, essa resolução foi revogada, de tal forma que esta questão
está desatualizada, pois, na resolução vigente, não se fala mais em convênio e sim em COMPARTILHAMENTO DE
OUVIDORIA.

14. Resposta: Letra D.


Como digo sempre, ler os dispositivos legais, de 10 questões de atendimento, 04 tratavam do mesmo dispositivo, e
para responder, das duas uma, ou lê e memoriza o máximo que puder, ou vai na sorte, portanto, sempre que houver
no edital dispositivos legais, reservem tempo para sua leitura, pois, trata-se muito mais de conhecimento legislativo,
conhecimento de normas, de regras, do que necessariamente aplicar um entendimento sobre o assunto.
Nessa questão temos a atual Resolução nº 4.333/15, que rege em seu artigo art. 5º, inciso II, as instituições devem:
I - designar perante o Banco Central do Brasil apenas o nome do respectivo diretor responsável pela ouvidoria; e
II - informar o nome do ouvidor, que deverá ser o do ouvidor da associação de classe, bolsa de valores, bolsa de mer-
cadorias e futuros ou bolsa de valores e de mercadorias e futuros, entidade ou empresa que constituir a ouvidoria.

15. Resposta: Letra C.


A questão acima trata do Mix de Marketing. Trata-se do 4 P´s, o qual abordamos neste material. Abaixo você encon-
tra um esquema para que revise o conteúdo já estudado.

16. Resposta: Letra E.


Como já dissemos antes, valor percebido pelo cliente é a análise que ele faz entre o custo e o benefício que o produ-
to ou serviço apresenta, determinando assim, se compensa pagar por aquilo, ou seja, o benefício compensa o custo?
Importante frisar aqui que, quando se fala em custo, não estamos apenas falando em dinheiro, mas em tempo, dedi-
cação, expectativa, energia, estresse, entre outros, então, a partir do conceito, analisemos cada uma das alternativas:
a) “empurrar” produtos para cima do cliente, forçando uma venda, não é a melhor estratégia de relacionamento.
b) ao falar dos produtos é necessário que o vendedor esteja empenhado em mostrar as características desses, de
forma que, o cliente realmente perceba que esse produto atende suas necessidades, seus anseios, e não o que a
instituição financeira pensa a respeito daquele produto.
c) Se sabemos que a percepção do cliente esta relacionada à relação Custo e Beneficio, se eu igualo os dois, significa
que nenhum beneficio está sendo agregado, fazendo com que a percepção do cliente seja de que não vale a pena
investir naquilo.
d) dispensa comentários, não tem nem como argumentar que essa alternativa poderia ter algum sentido, totalmente
errada.
BANCO DO BRASIL

e) como falamos antes, tempo e energia é uma das formas consideradas custo, se conseguir diminuir o tempo gasto
e, poupar a energia do cliente, sua percepção pode ser aumentada, pois, teve um benefício apresentado.

17. Resposta: Letra B.


Mais uma questão de analise crítica, visto que, se falamos em promoção e venda de produtos e serviços, nos atemos
às ferramentas associadas ao marketing.

91
Em se tratando de ações negativas, teoricamente, es- argumento para objeções ou questionamentos que o
taríamos falando de marketing negativo, que é aquele cliente eventualmente tenha, deixando-o seguro da
marketing que deprecia a imagem da empresa, que melhor opção para ele, aquele produto ou serviço que
gera reações negativas, porém, ao lermos o enunciado melhor o atenderá.
e as alternativas, não percebemos muita relação do Dessa maneira, a alternativa que melhor se encaixa no
marketing negativo com o contexto em questão. exposto, é a D.
Enfim, nos resta tentar encontrar um caminho que
mais se aproxime do significado de ação negativa uti- 21. Resposta: Letra A.
lizado pela banca, para isso, vamos utilizar uma ana- Para responder essa questão, faz-se necessário co-
logia com uma prática que em alguns segmentos é nhecer o que representa o custo para o cliente. Já foi
comum, imaginem o seguinte: uma loja de roupas en- abordada anteriormente, e como já vimos, aspectos
caminha para o cliente um condicional, sem que esse como os indicados na alternativa A, representam custo
tenha pedido, o cliente deverá entrar em contato com para o cliente, tanto quanto o dinheiro envolvido.
a loja e se manifestar, dizendo que não deseja com-
prar nada, da mesma forma que um banco poderia, 22. Resposta: Letra C.
por exemplo, dispor para o correntista um título de Para responder à questão acima faz-se necessário co-
capitalização, ou encaminhar a ele um cartão de crédi- nhecer o conceito de share of mind e seu significado.
to, o que exigiria do correntista se manifestar quanto Somente assim você não dúvidas quanto à resposta.
a não aceitação daquele produto. Vamos ao conceito chave: “share of mind”, representa
Bem, como disse, procuramos dentro do contexto do a medida de retenção de determinada marca na me-
enunciado e das alternativas, obter informações e che- mória dos consumidores.
gar a um pensamento que mais sentido fizesse e que Portanto, dentre as alternativas, a única que se refere à
mais de acordo estivesse com o gabarito. memória em relação à marca é a C.
Diante desse raciocínio, ofertas de ação negativas se-
riam aquelas que exigem que o cliente se manifeste 23. Resposta: Letra E.
negando a intenção da compra. Para responder à questão acima faz-se necessário dis-
tinguir que o único aspecto, dentre os citados, que
18. Resposta: Letra B. não é controlável é a situação econômica do país. Por-
Alternativas fáceis de analisar, vejamos: tanto, alternativa E.
Alternativas A e D referem-se à funções competentes
a níveis hierárquicos superiores, como gerência ou di- 24. Resposta: Letra E.
reção, ou departamento específico. Para responder à questão acima faz-se necessário ter
Alternativas C e E, não são ações produtivas ou re- conhecimento da resolução vigente. Trata-se da reso-
comendáveis, pelo contrário, marketing de relaciona- lução nº 4.433, de 23 de julho de 2015. Um órgão
mento não significa intimidade nas relações, a ponto que acolherá as críticas, sugestões, elogios, enfim,
de trocar-se confidencias, ou que quebrem a relação aquilo que um cliente queira demonstrar sobre o ser-
de confiança, ao se usar informações de forma inde- viço ou produto recebido.
vida, que não esteja direcionada à atender as necessi- É um canal que, através da informação acolhida, o
dades do cliente. cliente consegue se fazer ouvido, quando isso não
foi possível dentro da própria organização e, então,
19. Resposta: Letra A. buscando mediar essas situações, não apenas temos
Para responder essa questão, devemos nos ater a dois direitos preservados, como também é possível buscar
fatores, aquilo que é proibido por lei, e aquilo que é aperfeiçoamento nos processos da organização, pas-
prática de mercado, questionável em alguns casos, po- sando assim a ser um meio não apenas de mediação
rém, permitido. Sabemos que discriminação com base de problemas, como também de postura corretiva e
em raça, cor e religião é proibido por lei, conforme preventiva.
CF, então já temos aí a alternativa conforme gabarito.
No tocante às demais, alguns podem até considerar 25. Resposta: Letra D.
que não possa acontecer, porém, trata-se apenas de Trata-se de uma questão desatualizada. Como já sabe-
segmentação de clientes, tais como, faixa etária, poder mos, essa resolução foi revogada, e a resolução atual
aquisitivo, estado civil, entre outros. Quanto à alterna- alterou os prazos, por isso, essa questão está desatu-
tiva C, informações relativas à vida particular do indi- alizada. De acordo com a nova resolução, em seu Art.
víduo não são elementos condicionantes ou decisivos 6º, § 2º, temos: “O prazo de resposta para as demandas
para processo de compra e venda. não pode ultrapassar dez dias úteis, podendo ser pror-
rogado, excepcionalmente e de forma justificada, uma
20. Resposta: Letra D. única vez, por igual período”.
BANCO DO BRASIL

Nesse tipo de situação, que envolva informação de


concorrente, é importante que o atendente tenha se- 26. Resposta: Letra A.
gurança nas informações, seja objetivo ao usa-las, e o Para responder a questão acima faz-se necessário ter
faça de forma a destacar seus pontos fortes, suas van- conhecimento do que os autores KOTLER e ARMS-
tagens, sem dar ênfase no que o concorrente tem ou TRONG (1998 e 1998) postulam. Como já estudado,
faz, de maneira que a informação seja apenas mais um os serviços possuem quatro características peculiares,

92
que distinguem claramente um serviço de um produto 28. Resposta: Letra D.
físico: Intangibilidade, Inseparabilidade, Variabilidade Vamos lá, excluindo de cara as alternativas B, C e E,
e Perecibilidade. Vejamos: por razões óbvias, ficamos com duas questões para
Intangibilidade: nos referimos a algo que não con- analise, e essa analise gerou muita dúvida.
seguimos perceber fisicamente, ou seja, não vemos, Vejamos:
não pegamos, não sentimos. Essa característica deixa a) perseverança e ambição – ambas são características
o indivíduo fora de sua zona de conforto, isto porque importantes para um profissional
ele adquire algo que não pode de pronto perceber, d) liderança e conhecimento de mercado – idem, as
a subjetividade desses serviços gera uma insegurança duas são importantes para um profissional
ao cliente quanto à qualidade daquele serviço. Como chegar a uma definição?
Inseparabilidade: Quando falamos em serviços, fala- De fato, são quatro características importantíssimas
mos de algo que seu consumo ocorre ao mesmo tem- para um profissional, mas quando consideramos um
po em que é produzido, ou seja, não é possível separar aspecto que o enunciado coloca – “trabalho em equi-
o serviço de quem o presta ou realiza, um é inerente pe”, das quatro características tem uma que pode ser
ao outro. Essa é razão pela qual falamos em interação
prejudicial se não for bem administrada, porque pode
entre vendedor e cliente, porque ambos afetam dire-
gerar algum tipo de conflito, que é a ambição, portan-
tamente o resultado do processo.
to, nos resta como assertiva a alternativa D.
Variabilidade: Aqui nos referimos à dificuldade exis-
tente nas instituições de padronizar suas prestações
de serviço, até porque estamos aqui falando em si- 29. Resposta: Letra C.
tuações que são desenvolvidas por pessoas, sendo Para responder a questão acima deve-se levar em
que, por mais que haja um modelo ou padrão a ser conta que a percepção de valor do cliente está rela-
seguido na tentativa de minimizar percepções diferen- cionado à expectativa existente e constatação perce-
ciadas aos clientes, de maneira que todos tenham o bida, como vimos em questão anterior, aquilo que faz,
mesmo tratamento, vários fatores interferem aqui, te- na relação custo X benefício, o cliente considerar que
mos como já citamos o comportamento do prestador vale a pena o investimento na aquisição do produto
de serviço, mas temos também a colocação que cada ou do serviço.
cliente faz em relação às suas necessidades, sendo que
cada um tem uma forma de expor essas necessidades, 30. Resposta: Letra E.
outro fator são diferenças que podem existir entre Como estamos falando de uma ferramenta que tenha
estruturas, cidades, culturas, enfim, compete à insti- por objetivo obter um retorno a respeito de um deter-
tuição implantar estratégias e cultura organizacional minado desempenho, podemos eliminar de uma vez
que incentive os colaboradores a prestarem serviços as alternativas A,B e C, que não tem nenhuma rela-
de qualidade que atenda aquela tida como meta, além ção com o assunto, aí ficamos com Marketing Direto e
de acompanhar aquele que melhor lhe dirá se o que pesquisas de mercado.
tem sido oferecido é o melhor, ou seja, o cliente. Ne- Embora pareça muito clara a resposta, algumas pes-
cessário se faz um acompanhamento das percepções soas acreditam que o marketing direto também possa
e avaliações que o cliente consumidor desse serviço trazer uma informação, e então ponderamos dois as-
tem apontado. pectos, primeiro, o marketing direto não é uma fer-
Perecibilidade: Esta característica é problemática visto ramenta que tem por finalidade a obtenção de fee-
que os serviços não podem ser estocados para uso ou dback e, segundo, como a medição pretendida é de
venda posterior, obrigando para o gestor uma grande algo específico, o mais indicado é uma ferramenta di-
necessidade de estabelecer equilíbrio entre a deman-
recionada para esse objetivo, o que não ocorre com o
da e a oferta. Isto pode representar um sério problema
marketing direto.
para a empresa prestadora quando a demanda é flu-
tuante, como acontece nas empresas que lidam com
serviços de demanda cíclica, sazonal ou irregular. 31. Resposta: Letra C.
Temos, portanto, como alternativa adequada aos con- Na estratégia de Pull, é utilizado canais de publicidade
ceitos acima expostos, a alternativa A. e promoção, levando as informações sobre produtos
e serviços, instigando o consumidor a ir em busca des-
27. Resposta: Letra E. ses serviços ou produtos.
Pra não restar dúvidas: falou em brindes falou em Na estratégia de Push, o cliente é abordado direta-
promoção de vendas. mente e a o vendedor usa de todas as possíveis técni-
Promoção de Vendas é um conjunto de métodos e cas de vendas para convencer o cliente a comprar, por
recursos que tem por objetivo aumentar o volume de isso, o termo push –“empurre”.
vendas de um produto ou serviço durante um período Dentre todas as afirmativas, a única que se refere ob-
de tempo determinado. jetivamente à vendas, é o telemarketing ativo.
BANCO DO BRASIL

Há várias modalidades de Promoção de Vendas. Po-


demos citar: Sorteios e Concursos, Vale-brinde, junte e 32. Resposta: Letra B.
troque, descontos, premiação para aniversariantes da Meus caros, essa questão é um ótimo exemplo para
loja, incentivos de fidelização e mais uma centena de abordarmos um aspecto - Interpretação de texto.
meios em que cada um tem resultado específico para Na primeira parte, o enunciado “conta uma estória” e
sua loja, cidade, público-alvo, etc. pronto.

93
Na segunda parte, essa sim ponto principal, o exami- serviços prestados, em face dos direitos dos clientes e
nador coloca um assunto: “em relação ao atendimento dos usuários, devendo as instituições informá-los dos
bancário”, cita um dispositivo e pergunta, o que esse riscos existentes.
determina em relação ao assunto.
É preciso estar atento ao ler o enunciado, pois, muitas 33. Resposta: Letra D.
vezes ele apresenta informações que nada tem a ver Por força da lei 10.048/2000, idosos, portadores de
com o de fato deseja saber, como foi o caso. deficiência, gestantes, lactantes e pessoas acompa-
Vejamos o que determina a resolução nº 3.694: nhadas de criança de colo têm direito a atendimento
Dispõe sobre a prevenção de riscos na contratação de preferencial, cabendo ao estabelecimento cumprir a
operações e na prestação de serviços por parte de ins- regra.
tituições financeiras e demais instituições autorizadas Destacamos um detalhe em relação a alternativa E,
a funcionar pelo Banco Central do Brasil. pois, algumas pessoas erraram pelo fato da alternativa
O Banco Central do Brasil, na forma do art. 9º da Lei nº dizer “homens acompanhados”, cuidado, a lei deter-
4.595, de 31 de dezembro de 1964, torna público que mina “pessoas” com crianças de colo, sem distinguir
o Conselho Monetário Nacional, em sessão realizada homens e mulheres.
em 26 de março de 2009, com base no art. 4º, inciso Portanto, diante do exposto, alternativa correta é a D.
VIII, da referida lei, RESOLVEU: 
Art. 1º As instituições financeiras e demais instituições 34. Resposta: Letra E.
autorizadas a funcionar pelo Banco Central do Brasil Analisemos cada uma das alternativas:
devem contemplar, em seus sistemas de controles in- a) não é exigido exclusividade de uso para elevador
ternos e de prevenção de riscos previstos na regula- b) o percentual determinado pelo decreto é de 2% e
mentação vigente, a adoção e a verificação de proce- sem determinação de local
dimentos, na contratação de operações e na prestação c) todas as áreas devem ter acesso facilitado
de serviços, que assegurem:  d) a lei não determina o número de funcionários espe-
I - a prestação das informações necessárias à livre cíficos para esse tipo de atendimento.
escolha e à tomada de decisões por parte de seus
Dessa forma, alternativa correta é a E (embora na prá-
clientes e usuários, explicitando, inclusive, as cláusulas
tica saibamos que não é exatamente assim que é feito)
contratuais ou práticas que impliquem deveres, res-
ponsabilidades e penalidades e fornecendo tempes-
35. Resposta: Letra D.
tivamente cópia de contratos, recibos, extratos, com-
O enunciado traz uma diretriz de raciocínio e as alter-
provantes e outros documentos relativos a operações
nativas completam essa diretriz. Vejamos:
e a serviços prestados; 
O enunciado fala em “projeto de natureza arquitetôni-
II - a utilização em contratos e documentos de reda-
ção clara, objetiva e adequada à natureza e à comple- ca e urbanística no município”, e as alternativas todas
xidade da operação ou do serviço prestado, de forma se referem ao aspecto “acessibilidade”.
a permitir o entendimento do conteúdo e a identifica- Levando em consideração esses dois pontos, e como
ção de prazos, valores, encargos, multas, datas, locais o próprio enunciado diz, “atendendo às exigências le-
e demais condições.  gais”, temos o decreto DECRETO Nº 5.296/2004, que
Art. 2º As instituições referidas no art. 1º devem divul- regulamenta as Leis nºs 10.048, de 8 de novembro de
gar, em suas dependências e nas dependências dos 2000, que dá prioridade de atendimento às pessoas
estabelecimentos onde seus produtos são ofertados, que especifica, e 10.098, de 19 de dezembro de 2000,
em local visível e em formato legível, informações re- que estabelece normas gerais e critérios básicos para
lativas a situações que impliquem recusa à realização a promoção da acessibilidade das pessoas portadoras
de pagamentos ou à recepção de cheques, fichas de de deficiência ou com mobilidade reduzida, e dá ou-
compensação, documentos, inclusive de cobrança, tras providências.
contas e outros.  O capítulo IV trata da da IMPLEMENTAÇÃO DA ACES-
Art. 3º É vedado às instituições referidas no art. 1º re- SIBILIDADE ARQUITETÔNICA E URBANÍSTICA, e para
cusar ou dificultar, aos clientes e usuários de seus pro- fins de informar e trazer conteúdo de estudo, veremos
dutos e serviços, o acesso aos canais de atendimento o que determina o dispositivo:
convencionais, inclusive guichês de caixa, mesmo na Seção I
hipótese de oferecer atendimento alternativo ou ele- Das Condições Gerais
trônico.  Art. 10. A concepção e a implantação dos projetos ar-
§ 1º O disposto no caput não se aplica às dependên- quitetônicos e urbanísticos devem atender aos prin-
cias exclusivamente eletrônicas nem à prestação de cípios do desenho universal, tendo como referências
serviços de cobrança e de recebimento decorrentes de básicas as normas técnicas de acessibilidade da ABNT,
contratos ou convênios que prevejam canais de aten- a legislação específica e as regras contidas neste De-
BANCO DO BRASIL

dimento específicos.  creto.


§ 2º A opção pela prestação de serviços por meios § 1º Caberá ao Poder Público promover a inclusão de
alternativos aos convencionais é admitida desde que conteúdos temáticos referentes ao desenho universal
adotadas as medidas necessárias para preservar a in- nas diretrizes curriculares da educação profissional e
tegridade, a confiabilidade, a segurança e o sigilo das tecnológica e do ensino superior dos cursos de Enge-
transações realizadas, assim como a legitimidade dos nharia, Arquitetura e correlatos.

94
§ 2º Os programas e as linhas de pesquisa a serem de- sibilidade contidas na legislação específica, devem ser
senvolvidos com o apoio de organismos públicos de observadas e certificadas as regras de acessibilidade
auxílio à pesquisa e de agências de fomento deverão previstas neste Decreto e nas normas técnicas de
incluir temas voltados para o desenho universal. acessibilidade da ABNT.
   
Art. 11. A construção, reforma ou ampliação de edifi- Seção II
cações de uso público ou coletivo, ou a mudança de Das Condições Específicas
destinação para estes tipos de edificação, deverão ser  
executadas de modo que sejam ou se tornem acessí- Art. 14. Na promoção da acessibilidade, serão obser-
veis à pessoa portadora de deficiência ou com mobi- vadas as regras gerais previstas neste Decreto, com-
lidade reduzida. plementadas pelas normas técnicas de acessibilidade
§ 1º As entidades de fiscalização profissional das ati- da ABNT e pelas disposições contidas na legislação
vidades de Engenharia, Arquitetura e correlatas, ao dos Estados, Municípios e do Distrito Federal.
anotarem a responsabilidade técnica dos projetos,  
exigirão a responsabilidade profissional declarada do Art. 15. No planejamento e na urbanização das vias,
atendimento às regras de acessibilidade previstas nas praças, dos logradouros, parques e demais espaços de
normas técnicas de acessibilidade da ABNT, na legisla- uso público, deverão ser cumpridas as exigências dis-
ção específica e neste Decreto. postas nas normas técnicas de acessibilidade da ABNT.
§ 2º Para a aprovação ou licenciamento ou emissão de § 1º Incluem-se na condição estabelecida no caput:
certificado de conclusão de projeto arquitetônico ou ur- I - a construção de calçadas para circulação de pedes-
banístico deverá ser atestado o atendimento às regras de tres ou a adaptação de situações consolidadas;
acessibilidade previstas nas normas técnicas de acessibi- II - o rebaixamento de calçadas com rampa acessível
lidade da ABNT, na legislação específica e neste Decreto. ou elevação da via para travessia de pedestre em nível;
§ 3º O Poder Público, após certificar a acessibilidade e
de edificação ou serviço, determinará a colocação, em III - a instalação de piso tátil direcional e de alerta.
espaços ou locais de ampla visibilidade, do «Símbolo § 2º Nos casos de adaptação de bens culturais imóveis
Internacional de Acesso», na forma prevista nas nor- e de intervenção para regularização urbanística em
mas técnicas de acessibilidade da ABNT e na Lei nº áreas de assentamentos subnormais, será admitida,
7.405, de 12 de novembro de 1985. em caráter excepcional, faixa de largura menor que
  o estabelecido nas normas técnicas citadas no caput,
Art. 12. Em qualquer intervenção nas vias e logradou- desde que haja justificativa baseada em estudo téc-
ros públicos, o Poder Público e as empresas conces- nico e que o acesso seja viabilizado de outra forma,
sionárias responsáveis pela execução das obras e dos garantida a melhor técnica possível.
serviços garantirão o livre trânsito e a circulação de  
forma segura das pessoas em geral, especialmente das Art. 16. As características do desenho e a instalação
pessoas portadoras de deficiência ou com mobilidade do mobiliário urbano devem garantir a aproximação
reduzida, durante e após a sua execução, de acordo segura e o uso por pessoa portadora de deficiência
com o previsto em normas técnicas de acessibilidade visual, mental ou auditiva, a aproximação e o alcance
da ABNT, na legislação específica e neste Decreto. visual e manual para as pessoas portadoras de defici-
  ência física, em especial aquelas em cadeira de rodas,
Art. 13. Orientam-se, no que couber, pelas regras pre- e a circulação livre de barreiras, atendendo às condi-
vistas nas normas técnicas brasileiras de acessibilida- ções estabelecidas nas normas técnicas de acessibili-
de, na legislação específica, observado o disposto na dade da ABNT.
Lei nº 10.257, de 10 de julho de 2001, e neste Decreto: § 1º Incluem-se nas condições estabelecida no caput:
I - os Planos Diretores Municipais e Planos Diretores I - as marquises, os toldos, elementos de sinalização,
de Transporte e Trânsito elaborados ou atualizados a luminosos e outros elementos que tenham sua proje-
partir da publicação deste Decreto; ção sobre a faixa de circulação de pedestres;
II - o Código de Obras, Código de Postura, a Lei de Uso II - as cabines telefônicas e os terminais de auto-aten-
e Ocupação do Solo e a Lei do Sistema Viário; dimento de produtos e serviços;
III - os estudos prévios de impacto de vizinhança; III - os telefones públicos sem cabine;
IV - as atividades de fiscalização e a imposição de san-
IV - a instalação das aberturas, das botoeiras, dos co-
ções, incluindo a vigilância sanitária e ambiental; e
mandos e outros sistemas de acionamento do mobi-
V - a previsão orçamentária e os mecanismos tributá-
liário urbano;
rios e financeiros utilizados em caráter compensatório
V - os demais elementos do mobiliário urbano;
ou de incentivo.
VI - o uso do solo urbano para posteamento; e
§ 1º Para concessão de alvará de funcionamento ou
VII - as espécies vegetais que tenham sua projeção so-
BANCO DO BRASIL

sua renovação para qualquer atividade, devem ser ob-


bre a faixa de circulação de pedestres.
servadas e certificadas as regras de acessibilidade pre-
vistas neste Decreto e nas normas técnicas de acessi- § 2º A concessionária do Serviço Telefônico Fixo Co-
bilidade da ABNT. mutado - STFC, na modalidade Local, deverá assegurar
§ 2º Para emissão de carta de «habite-se» ou habilita- que, no mínimo, dois por cento do total de Telefones
ção equivalente e para sua renovação, quando esta ti- de Uso Público - TUPs, sem cabine, com capacidade
ver sido emitida anteriormente às exigências de aces- para originar e receber chamadas locais e de longa

95
distância nacional, bem como, pelo menos, dois por outro acesso mais cômodo para pessoa portadora de
cento do total de TUPs, com capacidade para originar deficiência ou com mobilidade reduzida, conforme es-
e receber chamadas de longa distância, nacional e in- tabelecido nas normas técnicas de acessibilidade da
ternacional, estejam adaptados para o uso de pessoas ABNT.
portadoras de deficiência auditiva e para usuários de  
cadeiras de rodas, ou conforme estabelecer os Planos Art. 21. Os balcões de atendimento e as bilheterias em
Gerais de Metas de Universalização. edificação de uso público ou de uso coletivo devem
§ 3º As botoeiras e demais sistemas de acionamento dispor de, pelo menos, uma parte da superfície aces-
dos terminais de auto atendimento de produtos e ser- sível para atendimento às pessoas portadoras de defi-
viços e outros equipamentos em que haja interação ciência ou com mobilidade reduzida, conforme os pa-
com o público devem estar localizados em altura que drões das normas técnicas de acessibilidade da ABNT.
possibilite o manuseio por pessoas em cadeira de ro- Parágrafo único. No caso do exercício do direito de
das e possuir mecanismos para utilização autônoma voto, as urnas das seções eleitorais devem ser adequa-
por pessoas portadoras de deficiência visual e auditi- das ao uso com autonomia pelas pessoas portadoras
va, conforme padrões estabelecidos nas normas técni- de deficiência ou com mobilidade reduzida e estarem
cas de acessibilidade da ABNT. instaladas em local de votação plenamente acessível e
  com estacionamento próximo.
Art. 17. Os semáforos para pedestres instalados nas  
vias públicas deverão estar equipados com mecanis- Art. 22. A construção, ampliação ou reforma de edi-
mo que sirva de guia ou orientação para a travessia de ficações de uso público ou de uso coletivo devem
pessoa portadora de deficiência visual ou com mobili- dispor de sanitários acessíveis destinados ao uso por
dade reduzida em todos os locais onde a intensidade pessoa portadora de deficiência ou com mobilidade
do fluxo de veículos, de pessoas ou a periculosidade reduzida.
na via assim determinarem, bem como mediante soli- § 1º Nas edificações de uso público a serem construí-
citação dos interessados. das, os sanitários destinados ao uso por pessoa porta-
  Art. 18. A construção de edificações de uso privado dora de deficiência ou com mobilidade reduzida serão
multifamiliar e a construção, ampliação ou reforma de distribuídos na razão de, no mínimo, uma cabine para
edificações de uso coletivo devem atender aos precei- cada sexo em cada pavimento da edificação, com en-
tos da acessibilidade na interligação de todas as par- trada independente dos sanitários coletivos, obede-
tes de uso comum ou abertas ao público, conforme cendo às normas técnicas de acessibilidade da ABNT.
os padrões das normas técnicas de acessibilidade da § 2º Nas edificações de uso público já existentes, terão
ABNT. elas prazo de trinta meses a contar da data de pu-
Parágrafo único. Também estão sujeitos ao disposto blicação deste Decreto para garantir pelo menos um
no caput os acessos, piscinas, andares de recreação, banheiro acessível por pavimento, com entrada inde-
salão de festas e reuniões, saunas e banheiros, quadras pendente, distribuindo-se seus equipamentos e aces-
esportivas, portarias, estacionamentos e garagens, en- sórios de modo que possam ser utilizados por pessoa
tre outras partes das áreas internas ou externas de uso portadora de deficiência ou com mobilidade reduzida.
comum das edificações de uso privado multifamiliar e § 3º Nas edificações de uso coletivo a serem constru-
das de uso coletivo. ídas, ampliadas ou reformadas, onde devem existir
  banheiros de uso público, os sanitários destinados ao
Art. 19. A construção, ampliação ou reforma de edifi- uso por pessoa portadora de deficiência deverão ter
cações de uso público deve garantir, pelo menos, um entrada independente dos demais e obedecer às nor-
dos acessos ao seu interior, com comunicação com mas técnicas de acessibilidade da ABNT.
todas as suas dependências e serviços, livre de barrei- § 4º Nas edificações de uso coletivo já existentes, onde
ras e de obstáculos que impeçam ou dificultem a sua haja banheiros destinados ao uso público, os sanitá-
acessibilidade. rios preparados para o uso por pessoa portadora de
§ 1º No caso das edificações de uso público já exis- deficiência ou com mobilidade reduzida deverão estar
tentes, terão elas prazo de trinta meses a contar da localizados nos pavimentos acessíveis, ter entrada in-
data de publicação deste Decreto para garantir acessi- dependente independente dos demais sanitários, se
bilidade às pessoas portadoras de deficiência ou com houver, e obedecer as normas técnicas de acessibili-
mobilidade reduzida. dade da ABNT.
§ 2º Sempre que houver viabilidade arquitetônica, o  
Poder Público buscará garantir dotação orçamentária Art. 23. Os teatros, cinemas, auditórios, estádios, gi-
para ampliar o número de acessos nas edificações de násios de esporte, casas de espetáculos, salas de con-
uso público a serem construídas, ampliadas ou refor- ferências e similares reservarão, pelo menos, dois por
madas. cento da lotação do estabelecimento para pessoas em
BANCO DO BRASIL

  cadeira de rodas, distribuídos pelo recinto em locais


Art. 20. Na ampliação ou reforma das edificações de diversos, de boa visibilidade, próximos aos corredores,
uso púbico ou de uso coletivo, os desníveis das áreas devidamente sinalizados, evitando-se áreas segrega-
de circulação internas ou externas serão transpostos das de público e a obstrução das saídas, em confor-
por meio de rampa ou equipamento eletromecânico midade com as normas técnicas de acessibilidade da
de deslocamento vertical, quando não for possível ABNT.

96
§ 1º Nas edificações previstas no caput, é obrigatória, II - coloca à disposição de professores, alunos, ser-
ainda, a destinação de dois por cento dos assentos vidores e empregados portadores de deficiência ou
para acomodação de pessoas portadoras de defici- com mobilidade reduzida ajudas técnicas que permi-
ência visual e de pessoas com mobilidade reduzida, tam o acesso às atividades escolares e administrativas
incluindo obesos, em locais de boa recepção de men- em igualdade de condições com as demais pessoas; e
sagens sonoras, devendo todos ser devidamente sina- III - seu ordenamento interno contém normas sobre
lizados e estar de acordo com os padrões das normas o tratamento a ser dispensado a professores, alunos,
técnicas de acessibilidade da ABNT. servidores e empregados portadores de deficiência,
§ 2º No caso de não haver comprovada procura pelos com o objetivo de coibir e reprimir qualquer tipo de
assentos reservados, estes poderão excepcionalmente discriminação, bem como as respectivas sanções pelo
ser ocupados por pessoas que não sejam portadoras descumprimento dessas normas.
de deficiência ou que não tenham mobilidade redu- § 2º As edificações de uso público e de uso coletivo
zida. referidas no caput, já existentes, têm, respectivamen-
§ 3º Os espaços e assentos a que se refere este artigo te, prazo de trinta e quarenta e oito meses, a contar
deverão situar-se em locais que garantam a acomo- da data de publicação deste Decreto, para garantir a
dação de, no mínimo, um acompanhante da pessoa acessibilidade de que trata este artigo.
portadora de deficiência ou com mobilidade reduzida.   Art. 25. Nos estacionamentos externos ou internos
§ 4º Nos locais referidos no caput, haverá, obrigatoria- das edificações de uso público ou de uso coletivo, ou
mente, rotas de fuga e saídas de emergência acessí- naqueles localizados nas vias públicas, serão reser-
veis, conforme padrões das normas técnicas de aces- vados, pelo menos, dois por cento do total de vagas
sibilidade da ABNT, a fim de permitir a saída segura de para veículos que transportem pessoa portadora de
pessoas portadoras de deficiência ou com mobilidade deficiência física ou visual definidas neste Decreto,
reduzida, em caso de emergência. sendo assegurada, no mínimo, uma vaga, em locais
próximos à entrada principal ou ao elevador, de fácil
§ 5º As áreas de acesso aos artistas, tais como coxias
acesso à circulação de pedestres, com especificações
e camarins, também devem ser acessíveis a pessoas
técnicas de desenho e traçado conforme o estabele-
portadoras de deficiência ou com mobilidade reduzi-
cido nas normas técnicas de acessibilidade da ABNT.
da.
§ 1º Os veículos estacionados nas vagas reservadas
§ 6º Para obtenção do financiamento de que trata o deverão portar identificação a ser colocada em local
inciso III do art. 2º, as salas de espetáculo deverão dis- de ampla visibilidade, confeccionado e fornecido pe-
por de sistema de sonorização assistida para pessoas los órgãos de trânsito, que disciplinarão sobre suas
portadoras de deficiência auditiva, de meios eletrôni- características e condições de uso, observando o dis-
cos que permitam o acompanhamento por meio de posto na Lei nº 7.405, de 1985.
legendas em tempo real ou de disposições especiais § 2º Os casos de inobservância do disposto no § 1º
para a presença física de intérprete de LIBRAS e de estarão sujeitos às sanções estabelecidas pelos órgãos
guias-intérpretes, com a projeção em tela da imagem competentes.
do intérprete de LIBRAS sempre que a distância não § 3º Aplica-se o disposto no caput aos estacionamen-
permitir sua visualização direta. tos localizados em áreas públicas e de uso coletivo.
§ 7º O sistema de sonorização assistida a que se refere § 4º A utilização das vagas reservadas por veículos que
o § 6º será sinalizado por meio do pictograma aprova- não estejam transportando as pessoas citadas no ca-
do pela Lei nº 8.160, de 8 de janeiro de 1991. put constitui infração ao art. 181, inciso XVII, da Lei nº
§ 8º As edificações de uso público e de uso coletivo 9.503, de 23 de setembro de 1997.
referidas no caput, já existentes, têm, respectivamen-  
te, prazo de trinta e quarenta e oito meses, a contar Art. 26. Nas edificações de uso público ou de uso co-
da data de publicação deste Decreto, para garantir a letivo, é obrigatória a existência de sinalização visual e
acessibilidade de que trata o caput e os §§ 1º a 5º. tátil para orientação de pessoas portadoras de defici-
 Art. 24. Os estabelecimentos de ensino de qualquer ência auditiva e visual, em conformidade com as nor-
nível, etapa ou modalidade, públicos ou privados, pro- mas técnicas de acessibilidade da ABNT.
porcionarão condições de acesso e utilização de todos  
os seus ambientes ou compartimentos para pessoas Art. 27. A instalação de novos elevadores ou sua adap-
portadoras de deficiência ou com mobilidade reduzi- tação em edificações de uso público ou de uso coletivo,
bem assim a instalação em edificação de uso privado
da, inclusive salas de aula, bibliotecas, auditórios, gi-
multifamiliar a ser construída, na qual haja obrigatorie-
násios e instalações desportivas, laboratórios, áreas de
dade da presença de elevadores, deve atender aos pa-
lazer e sanitários.
drões das normas técnicas de acessibilidade da ABNT.
§ 1º Para a concessão de autorização de funcionamen-
§ 1º No caso da instalação de elevadores novos ou da
to, de abertura ou renovação de curso pelo Poder Pú-
BANCO DO BRASIL

troca dos já existentes, qualquer que seja o número de


blico, o estabelecimento de ensino deverá comprovar elevadores da edificação de uso público ou de uso co-
que: letivo, pelo menos um deles terá cabine que permita
I - está cumprindo as regras de acessibilidade arqui- acesso e movimentação cômoda de pessoa portadora
tetônica, urbanística e na comunicação e informação de deficiência ou com mobilidade reduzida, de acordo
previstas nas normas técnicas de acessibilidade da com o que especifica as normas técnicas de acessibi-
ABNT, na legislação específica ou neste Decreto; lidade da ABNT.

97
§ 2º Junto às botoeiras externas do elevador, deverá 38. Resposta: Letra B.
estar sinalizado em braile em qual andar da edificação Alternativa A e C – erradas - a culpa exclusiva de con-
a pessoa se encontra. sumidor ou terceiro ou a comprovação de inexistência
§ 3º Os edifícios a serem construídos com mais de um de defeito na prestação de serviço também são exclu-
pavimento além do pavimento de acesso, à exceção dentes de responsabilidade.
das habitações unifamiliares e daquelas que estejam Alternativa D – errada – segundo o artigo 14 do CDC,
obrigadas à instalação de elevadores por legislação o prestador de serviços responde, independente de
municipal, deverão dispor de especificações técnicas e existência de culpa.
de projeto que facilitem a instalação de equipamento Alternativa E – errada – segundo o artigo 3º, § 2° -
eletromecânico de deslocamento vertical para uso das Serviço é qualquer atividade fornecida no mercado de
pessoas portadoras de deficiência ou com mobilidade consumo, mediante remuneração, inclusive as de na-
reduzida. tureza bancária.
§ 4º As especificações técnicas a que se refere o § 3º
devem atender: 39. Resposta: Letra D.
I - a indicação em planta aprovada pelo poder mu- Primeiramente vamos ver o que é um contrato de
nicipal do local reservado para a instalação do equi- mútuo: O mútuo é o empréstimo de coisas fungíveis.
pamento eletromecânico, devidamente assinada pelo O mutuário é obrigado a restituir ao mutuante o que
autor do projeto; dele recebeu em coisa do mesmo gênero, qualidade
II - a indicação da opção pelo tipo de equipamento e quantidade.
(elevador, esteira, plataforma ou similar); Quanto às alternativas, o CDC rege que a nulidade de
III - a indicação das dimensões internas e demais as- uma clausula contratual abusiva não invalida o contra-
pectos da cabine do equipamento a ser instalado; e to, exceto quando se sua ausência, apesar dos esfor-
IV - demais especificações em nota na própria planta, ços de integração, decorrer ônus excessivo a qualquer
tais como a existência e as medidas de botoeira, espe- das partes.
lho, informação de voz, bem como a garantia de res-
ponsabilidade técnica de que a estrutura da edificação 40. Resposta: Letra C.
suporta a implantação do equipamento escolhido. Em caso de pagamento antecipado, o CDC determina
que esse pode ser feito, de forma total ou parcial, com
36. Resposta: Letra D. a devida redução proporcional dos juros e demais
Legislação atual: na época do concurso, o gabarito cor- acréscimos. (Vide CDC, art. 52, § 2º2)
reto era alternativa E, no entanto, a Lei nº 10.048/2000
sofreu algumas considerações, dentre elas, o artigo 1º, 41. Resposta: Letra E.
que passa a ter, a partir, conforme a Lei nº 13.146, de Além de motivos óbvios, imaginem pessoas com pou-
2015 (Art. 111), a seguinte redação: ca instrução, analfabetos, com algum tipo de limita-
“Art. 1o   As pessoas com deficiência, os idosos com ção, não poderem usar o guichê para essa ou aquela
idade igual ou superior a 60 (sessenta) anos, as ges- função. Seria absurdo. Mas, como iniciei, além desses
tantes, as lactantes, as pessoas com crianças de colo motivos óbvios, temos ainda o determinado por dis-
e os obesos terão atendimento prioritário, nos termos positivo legal, veja:
desta Lei.” (NR) Resolução CMN 3.694:
Dessa forma, com base na legislação atual, a assertiva “Art. 3º É vedado às instituições [...] recusar ou dificul-
correta para essa questão é a D. tar, aos clientes e usuários de seus produtos e servi-
ços, o acesso aos canais de atendimento convencio-
37. Resposta: Letra A. nais, inclusive guichês de caixa, mesmo na hipótese de
Bem, analisemos alguns pontos. oferecer atendimento alternativo ou eletrônico”. Para
Em uma relação Consumerista (entre consumidor e tanto, para responder a questão acima, faz-se neces-
fornecedor), os juros moratórios são limitados a 1% sário conhecê-lo.
(um por cento) ao mês, conforme art. 406 do Código
Civil e artigo 161, parágrafo primeiro, do Código Tri- 42. Resposta: Letra D.
butário Nacional. A multa por atraso de pagamento, é Para responder a questão acima, é necessário ter bas-
limitada a 2% (dois por cento), segundo determina o tante atenção ao enunciado, pois pode facilitar. Todas
artigo 52, parágrafo primeiro do CDC. as alternativas são positivas, importantes, porém, nem
Já nos casos de instituições bancárias/financeiras as todas são FUNCIONAIS, ou seja, que podem ser me-
taxas podem ser superior as demais áreas, para tanto didas.
se exige que a taxa de juros de mora estejam especi- Levando em consideração esse aspecto fica fácil, os
ficadas no contrato para poder se verificar em cada itens III e V são claros, aí temos a questão do número
caso concreto se ela é abusiva ou não, conforme de- de correntistas, que embora para muitos não seja tão
BANCO DO BRASIL

terminações especificas do Banco Central. funcional assim, podemos considerar que para alguns
Portanto, a alternativa B e E estão erradas. clientes, um banco com considerável número de cor-
A cobrança de juros e a negativação são procedimen- rentistas pode ser um fator de análise quanto à credi-
tos permitidos, assim como a inscrição em cadastro bilidade e qualidade do serviço.
negativo, o que caracteriza o erro da alternativa C e D.

98
43. Resposta: Letra E. 46. Resposta: Letra E.
Bom, essa questão é simples de analisar, pois, se es- Para responder à questão acima, faz-se necessário co-
tamos falando de aspectos que prejudicam ou podem nhecer os tipos de propaganda. Vejamos:
prejudicar as vendas, a única alternativa cabível é a E, A propaganda informativa tem por objetivo fazer com
vejamos: que a marca fique conhecida, no caso de novos produ-
a) propaganda só ajuda, pode não ser decisiva, mas é tos, ou no caso de produtos que já existem, visa apresen-
sempre favorável tar novos conceitos ou características daquele produto.
b) o crescimento econômico colocará mais dinheiro A propaganda persuasiva tem por objetivo criar a sim-
circulando no mercado, de forma que beneficia as patia, ou ainda causar a preferência e a convicção do
vendas consumidor na hora da realização da compra. Algu-
c) ser líder no mercado é uma força de vendas para mas vezes as empresas optam por usar técnicas com-
qualquer organização parativas, onde há a comparação explicita entre duas
d) quanto maior a confiança do consumidor, mais fiel marcas e suas diferentes características.
ele será à organização A propaganda de lembrança tem por objetivo gerar a
e) por mais que a livre concorrência tenha aspectos repetição da compra de um produto ou da utilização
positivos, pois, estimulam que as organizações bus- de um serviço, estimulando o cliente a efetivar uma
quem sempre um processo de melhoria, também pre- compra novamente.
cisamos reconhecer que, dependendo do momento, A propaganda de reforço tem por objetivo convencer
e das estratégias do concorrente, isso pode trazer al- os compradores de que estes fizeram a escolha certa
gum prejuízo ao processo de venda. na hora da compra.
Diante das analises, a única que apresenta algum as-
pecto prejudicial é a E. 47. Resposta: Letra A.
Ambas afirmações são verdadeiras e, se o cliente teve
44. Resposta: Letra A. uma experiência negativa em seu atendimento, isso
Primeiramente, ao falarmos de venda pessoal, estamos poderá frustrar expectativas futuras.
falando de uma apresentação verbal a respeito de um
produto ou serviço para possíveis compradores.
O vendedor que melhores resultados produz é aquele
que está em constante busca de aperfeiçoamento e PROBABILIDADE E ESTATÍSTICA
melhorias, procuram estimular e aumentar suas capa-
cidades, desenvolvem uma comunicação emissora e
receptora, aprendem constantemente sobre seu mer- 1. (BANCO DO BRASIL – ESCRITURÁRIO – CESGRAN-
cado, segmentos, produtos, serviços e, principalmente
RIO – 2018) Um professor elaborou 10 questões dife-
sobre seus clientes, demonstrando toda essa preocu-
rentes para uma prova, das quais 2 são fáceis, 5 são de
pação nas três fases da venda (pré venda, venda e pós
dificuldade média, e 3 são difíceis. No momento, o pro-
venda).
fessor está na fase de montagem da prova. A montagem
O vendedor eficaz é aquele que não confia apenas em
da prova é a ordem segundo a qual as 10 questões serão
sua experiência ou em seu talento natural, pois, sabe
apresentadas. O professor estabeleceu o seguinte crité-
que, o processo de vendas é composto por um con-
rio de distribuição das dificuldades das questões, para
junto de fatores.
Outra característica do vendedor eficaz é a preocupa- ser seguido na montagem da prova:
ção na construção de relações duradouras, fidelizando
o cliente, e não apenas efetuar uma venda pontual.
Diante disso, consideramos que apenas Alice está cor-
reta.

45. Resposta: Letra C.


Para responder a questão acima, faz-se necessário
conceituar “telemarketing”. Temos que telemarketing
é uma ferramenta de marketing direto, em que, um
consultor, através de um canal de comunicação con-
tata clientes em potencial para comercializar produtos
ou serviços.
Trata-se de uma ferramenta bem vista pelas orga-
nizações, visto que otimiza tempo, custos, elimina o
problema da barreira territorial, abrange um número
expressivo de clientes, não ficando na dependência
BANCO DO BRASIL

de uma venda passiva (aquela que o cliente procura


a empresa), entre outras vantagens, no entanto, pela De quantas formas diferentes o professor pode montar a
característica invasiva, precisa ser muito bem gerida e prova seguindo o critério estabelecido?
supervisionada, para não criar rejeição por parte do
consumidor a) 2520
Portanto, a alternativa correta é a C. b) 128

99
c) 6 Com vistas à melhoria no atendimento aos clientes, esses
d) 1440 caixas eletrônicos passaram por uma revisão completa
e) 252 que:

2. (BANCO DO BRASIL – ESCRITURÁRIO – CESGRAN- I - reduziu em 25% a ocorrência de defeito;


RIO – 2018) Numa amostra de 30 pares de observações II - igualou as proporções de defeitos nos caixas Y e Z; e
do tipo (xi , yi ), com i = 1, 2, ..., 30, a covariância obtida III - regulou a proporção de defeitos no caixa X que fi-
entre as variáveis X e Y foi -2. Os dados foram transfor- cou reduzida à metade da nova proporção de defeitos
mados linearmente da forma (zi , wi ) = (-3xi + 1 , 2yi + do caixa Y.
3), para i = 1, 2, ..., 30.
Qual o valor da covariância entre as variáveis Z e W trans- Considerando-se que após a conclusão do procedimento
formadas? de revisão, sobreveio um defeito, a probabilidade de que
ele tenha ocorrido no caixa Y é
a) 41
b) 36 a) 40%
c) -7 b) 35%
d) 12 c) 20%
e) 17 d) 25%
e) 30%
3. (BANCO DO BRASIL – ESCRITURÁRIO – CESGRAN-
RIO – 2018) Uma escola de Ensino Médio decide pes- 5. (BANCO DO BRASIL – ESCRITURÁRIO – CESGRAN-
quisar o comportamento de seus estudantes quanto ao RIO – 2018) Para obter uma amostra de tamanho 1.000
número de refrigerantes consumidos semanalmente por dentre uma população de tamanho 20.000, organizada
eles. Para isso, uma amostra aleatória de 120 estudantes em um cadastro em que cada elemento está numerado
foi selecionada, e os dados foram sintetizados no histo- sequencialmente de 1 a 20.000, um pesquisador utilizou
grama abaixo, em classes do tipo [0, 5), [5, 10), [10, 15), o seguinte procedimento:
[15, 20), [20, 25) e [25, 30].
I - calculou um intervalo de seleção da amostra, divi-
dindo o total da população pelo tamanho da amostra:
20.000/1.000 = 20;
II - sorteou aleatoriamente um número inteiro, do inter-
valo [1, 20]. O número sorteado foi 15; desse modo, o
primeiro elemento selecionado é o 15° ;
III - a partir desse ponto, aplica-se o intervalo de sele-
ção da amostra: o segundo elemento selecionado é
o 35° (15+20), o terceiro é o 55° (15+40), o quarto é o
75°(15+60), e assim sucessivamente.

O último elemento selecionado nessa amostra é o

a) 19.997°
b) 19.995°
c) 19.965°
d) 19.975°
Qual o valor da amplitude interquartílica, obtido por e) 19.980°
meio do método de interpolação linear dos dados agru-
pados em classes? 6. (BANCO DO BRASIL – ESCRITURÁRIO – CESGRAN-
RIO – 2018) Há dez anos a média das idades, em anos
a) 15 completos, de um grupo de 526 pessoas era de 30 anos,
b) 15/2 com desvio padrão de 8 anos.
c) 29/5 Considerando-se que todas as pessoas desse grupo es-
d) 47/7 tão vivas, o quociente entre o desvio padrão e a média
e) 10 das idades, em anos completos, hoje, é

4. (BANCO DO BRASIL – ESCRITURÁRIO – CESGRAN- a) 0,45


RIO – 2018) Três caixas eletrônicos, X, Y e Z, atendem a b) 0,42
BANCO DO BRASIL

uma demanda de 50%, 30% e 20%, respectivamente, das c) 0,20


operações efetuadas em uma determinada agência ban- d) 0,27
cária. Dados históricos registraram defeitos em 5% das e) 0,34
operações realizadas no caixa X, em 3% das realizadas no
caixa Y e em 2% das realizadas no caixa Z.

100
7. (BANCO DO BRASIL – ESCRITURÁRIO – CESGRAN- 10. (BANCO DO BRASIL – ESCRITURÁRIO – FCC –
RIO – 2018) A Tabela a seguir mostra a distribuição de 2010) Na sala de reuniões de uma empresa há uma mesa
pontos obtidos por um cliente em um programa de fide- de formato retangular com 8 cadeiras dispostas da forma
lidade oferecido por uma empresa. como é mostrado na figura abaixo.

A mediana da pontuação desse cliente é o valor mínimo


para que ele pertença à classe de clientes “especiais”.

Qual a redução máxima que o valor da maior pontuação


desse cliente pode sofrer sem que ele perca a classifica-
ção de cliente “especial”, se todas as demais pontuações
forem mantidas? Sabe-se que, certo dia, seis pessoas reuniram-se nessa
sala: o Presidente, o Vice-Presidente e 4 Membros da Di-
a) cinco unidades retoria. Considerando que o Presidente e o Vice- Presi-
b) quatro unidades dente sentaram-se nas cabeceiras da mesa, de quantos
c) uma unidade modos podem ter se acomodado nas cadeiras todas as
d) duas unidades pessoas que participaram da reunião?
e) três unidades
a) 720
8. (BANCO DO BRASIL – ESCRITURÁRIO – CESGRAN- b) 360
RIO – 2012) Uma pessoa dispõe de balas de hortelã, de c) 120
caramelo e de coco e pretende “montar” saquinhos com d) 72
13 balas cada, de modo que, em cada saquinho, haja, no e) 36
mínimo, três balas de cada sabor. Um saquinho diferen-
cia-se de outro pela quantidade de balas de cada sabor. 11. (BANCO DO BRASIL – ESCRITURÁRIO – FCC –
Por exemplo, seis balas de hortelã, quatro de coco e três 2010) Em um banco, qualquer funcionário da carreira de
de caramelo compõem um saquinho diferente de outro Auditor é formado em pelo menos um dos cursos: Admi-
que contenha seis balas de coco, quatro de hortelã e três nistração, Ciências Contábeis e Economia. Um levanta-
de caramelo. Sendo assim, quantos saquinhos diferentes mento forneceu as informações de que
podem ser “montados”?
I. 50% dos Auditores são formados em Administração,
a) 4 60% são formados em Ciências Contábeis e 48% são for-
b) 6 mados em Economia.
c) 9 II. 20% dos Auditores são formados em Administração e
d) 12 Ciências Contábeis.
e) 15 III. 10% dos Auditores são formados em Administração
e Economia.
9. (BANCO DO BRASIL – ESCRITURÁRIO – FCC – 2011) IV. 30% dos Auditores são formados em Ciências Contá-
Para responder às questões a seguir, beis e Economia.
considere as informações abaixo:
Suponha que certa Agência do Banco do Brasil tenha 25 Escolhendo aleatoriamente um Auditor deste banco, a
funcionários, cujas idades, em anos, são as seguintes: probabilidade de ele ser formado em pelo menos dois
daqueles cursos citados é
24 - 24 - 24 - 25 - 25 - 30 - 32 - 32 - 32
35 - 36 - 36 - 40 - 40 - 40 - 40 - 46 - 48 a) 58%
48 - 50 - 54 - 54 - 60 - 60 - 65 b) 56%
c) 54%
A média das idades dos funcionários dessa Agência, em d) 52%
anos, é igual a e) 48%

a) 36 12. (BANCO DO BRASIL – ESCRITURÁRIO – CESPE –


b) 38 2009) Com relação a lógica sentencial, contagem e com-
BANCO DO BRASIL

c) 40 binação, julgue os itens a seguir.


d) 42 Em um torneio em que 5 equipes joguem uma vez entre
e) 44 si em turno único, o número de jogos será superior a 12.

( ) CERTO ( ) ERRADO

101
Supondo que André, Bruna, Cláudio, Leila e Roberto sejam, não necessariamente nesta ordem, os cinco primeiros clas-
sificados em um concurso, julgue os itens seguintes.
Com André em primeiro lugar, existem 20 possibilidades distintas para a classificação.

( ) CERTO ( ) ERRADO

14. (BANCO DO BRASIL – ESCRITURÁRIO – CESPE – 2009) Considerando que as equipes A, B, C, D e E disputem um
torneio que premie as três primeiras colocadas, julgue os itens a seguir. O total de possibilidades distintas para as três
primeiras colocações é 58.

( ) Certo ( ) Errado

15. (BANCO DO BRASIL – ESCRITURÁRIO – CESPE – 2009)

Tendo como referência a figura acima, que mostra os valores das taxas de juros anuais, em dois anos consecutivos,
denominados anterior e atual, em 10 países, julgue os itens seguintes.
O valor médio das taxas atuais dos 10 países em questão é inferior a 5%.

( ) CERTO ( ) ERRADO

16. (BANCO DO BRASIL – ESCRITURÁRIO – CESPE – 2008) O Banco do Brasil S.A. (BB) patrocina as equipes masculina
e feminina de vôlei de quadra e de praia. Segundo o portal www.bb.com.br, em 2007, o voleibol brasileiro mostrou
mais uma vez a sua hegemonia no cenário internacional com a conquista de 56 medalhas em 51 competições, tanto
na quadra quanto na praia. Nesse ano, o Brasil subiu ao lugar mais alto do pódio por 31 vezes e conquistou, ainda, 13
medalhas de prata e 12 de bronze.
Com base nessas informações, julgue os itens subsequentes.
Considerando-se que o treinador de um time de vôlei tenha à sua disposição 12 jogadores e que eles estejam suficien-
temente treinados para jogar em qualquer posição, nesse caso, a quantidade de possibilidades que o treinador terá
para formar seu time de 6 atletas será inferior a 10

( ) CERTO ( ) ERRADO

17. (BANCO DO BRASIL – ESCRITURÁRIO – CESPE – 2008) O Banco do Brasil S.A. (BB) patrocina as equipes masculina
e feminina de vôlei de quadra e de praia. Segundo o portal www.bb.com.br, em 2007, o voleibol brasileiro mostrou
mais uma vez a sua hegemonia no cenário internacional com a conquista de 56 medalhas em 51 competições, tanto
na quadra quanto na praia. Nesse ano, o Brasil subiu ao lugar mais alto do pódio por 31 vezes e conquistou, ainda, 13
medalhas de prata e 12 de bronze.
Com base nessas informações, julgue os itens subsequentes.
Considerando que o treinador de um time de vôlei disponha de 12 jogadores, dos quais apenas 2 sejam levantadores
e os demais estejam suficientemente bem treinados para jogar em qualquer outra posição, nesse caso, para formar seu
time de 6 atletas com apenas um ou sem nenhum levantador, o treinador poderá fazê-lo de 714 maneiras diferentes.

( ) CERTO ( ) ERRADO

18. (BANCO DO BRASIL – ESCRITURÁRIO – CESPE – 2008) Considerando que uma palavra é uma concatenação de
BANCO DO BRASIL

letras entre as 26 letras do alfabeto, que pode ou não ter significado, julgue os itens a seguir. Com as letras da palavra
COMPOSITORES, podem ser formadas mais de 500 palavras diferentes, de 3 letras distintas.

( ) CERTO ( ) ERRADO

102
19. (BANCO DO BRASIL – ESCRITURÁRIO – CESPE – 22. (BANCO DO BRASIL – ESCRITURÁRIO – CESPE –
2008) Ao visitar o portal do Banco do Brasil, os clientes 2008)
do Banco do Brasil Estilo podem verificar que, atualmen-
te, há 12 tipos diferentes de fundos de investimento Es-
tilo à sua disposição, listados em uma tabela. Com res-
peito à quantidade e diversidade de fundos disponíveis,
julgue os itens subsequentes.
Considere que os 12 fundos Estilo mencionados sejam
assim distribuídos: 1 fundo referenciado, que é represen-
tado pela letra A; 3 fundos de renda fixa indistinguíveis,
cada um representado pela letra B; 5 fundos multimerca-
do indistinguíveis, cada um representado pela letra C; e O número de mulheres no mercado de trabalho mundial
3 fundos de ações indistinguíveis, cada um representado é o maior da História, tendo alcançado, em 2007, a marca
pela letra D. Dessa forma, o número de escolhas distintas de 1,2 bilhão, segundo relatório da Organização 4 Inter-
que o banco dispõe para listar em coluna esses 12 fun- nacional do Trabalho (OIT). Em dez anos, houve um incre-
dos, utilizando-se apenas suas letras de representação - mento de 200 milhões na ocupação feminina. Ainda as-
A, B, C e D -, é inferior a 120 mil. sim, as mulheres representaram um contingente distante
do 7 universo de 1,8 bilhão de homens empregados. Em
( ) CERTO ( ) ERRADO 2007, 36,1% delas trabalhavam no campo, ante 46,3%
em serviços. Entre os homens, a proporção é de 34% 10
20. (BANCO DO BRASIL – ESCRITURÁRIO – CESPE – para 40,4%. O universo de desempregadas subiu de 70,2
2008) Ao visitar o portal do Banco do Brasil, os clientes milhões para 81,6 milhões, entre 1997 e 2007 — quan-
do Banco do Brasil Estilo podem verificar que, atualmen- do a taxa de desemprego feminino atingiu 6,4%, ante 13
te, há 12 tipos diferentes de fundos de investimento Es- 5,7% da de desemprego masculino. Há, no mundo, pelo
tilo à sua disposição, listados em uma tabela. Com res- menos 70 mulheres economicamente ativas para 100 ho-
peito à quantidade e diversidade de fundos disponíveis, mens. O relatório destaca que a proporção de assalaria-
julgue os itens subsequentes. das 16 subiu de 41,8% para 46,4% nos últimos dez anos.
Se o Banco do Brasil decidir oferecer os fundos de inves- Ao mesmo tempo, houve queda no emprego vulnerável
timento Estilo em 4 pacotes, de modo que cada pacote (sem proteção social e direitos trabalhistas), de 56,1%
contemple 3 fundos diferentes, então a quantidade de para 51,7%. Apesar 19 disso, o universo de mulheres nes-
maneiras distintas para se montar esses pacotes será su- sas condições continua superando o dos homens.
perior a 350 mil. Com referência ao texto e considerando o gráfico nele
apresentado, julgue os itens a seguir.
Considere que a população feminina mundial em 1997
( ) CERTO ( ) ERRADO
era de 2,8 bilhões. Nessa situação, a probabilidade de
se selecionar ao acaso, dentro dessa população, uma
21. (BANCO DO BRASIL – ESCRITURÁRIO – CESPE – mulher que estava no mercado de trabalho mundial é
2008) superior a 0,33.
O código de acesso exigido em transações nos caixas
eletrônicos do Banco do Brasil é uma sequência de letras,
gerada automaticamente pelo sistema. ( ) CERTO ( ) ERRADO
Até o dia 17/12/2007, o código de acesso era com-
posto por 3 letras maiúsculas. Os códigos de acessos ge- 23. (BANCO DO BRASIL – ESCRITURÁRIO – CESPE –
rados a partir de 18/12/2007 utilizam, também, sílabas 2008) Julgue os itens que se seguem, a respeito de con-
de 2 letras — uma letra maiúscula seguida de uma letra tagem.
minúscula. Com as letras da palavra TROCAS é possível construir
Exemplos de código de acesso novo modelo: mais de 300 pares distintos de letras.
Ki Ca Be; Lu S Ra; T M Z.
( ) CERTO ( ) ERRADO
Na situação descrita no texto, considere que o número
de letras maiúsculas disponíveis para a composição dos 24. (BANCO DO BRASIL – ESCRITURÁRIO – CESPE –
códigos de acesso seja igual a 26, que é igual ao número 2008) Julgue os itens que se seguem, a respeito de con-
de letras minúsculas. A partir dessas informações, julgue tagem.
os itens a seguir. Ao se listar todas as possíveis permutações das 13 letras
Até 17/12/2007, o número de códigos de acesso distin- da palavra PROVAVELMENTE, incluindo-se as repetições,
tos, que eram compostos por exatamente 3 letras maiús- a quantidade de vezes que esta palavra aparece é igual
BANCO DO BRASIL

culas e que podiam ser gerados pelo sistema do Banco a 6.


do Brasil para transações nos caixas eletrônicos, era infe-
rior a 18 × 10 ( ) CERTO ( ) ERRADO

( ) CERTO ( ) ERRADO

103
25. (BANCO DO BRASIL – ESCRITURÁRIO – CESPE – 29. (BANCO DO BRASIL – ESCRITURÁRIO – CESGRAN-
2008) RIO – 2014) A variância de um conjunto de dados é 4
A Associação dos Correspondentes de Imprensa Estran- m2 .
geira no Brasil (ACIE) organiza, pelo quinto ano conse- Para o mesmo conjunto de dados foram tomadas mais
cutivo, o Prêmio e Mostra ACIE de Cinema. Os filmes duas medidas de variabilidade:
indicados serão seguidos pela votação de aproximada- a diferença entre o terceiro e o primeiro quartil e o coe-
mente 250 correspondentes afiliados à associações de ficiente de variação.
correspondentes do Rio de Janeiro, de São Paulo e de Esses dois valores caracterizam-se, respectivamente, por
Brasília. Os vencedores serão escolhidos nas categorias
Melhor Filme (ficção), Melhor Documentário, Melhor Di- a) possuírem unidades de medida m2 e m.
retor, Melhor Roteiro, Melhor Ator, Melhor Atriz, Melhor b) possuírem unidades de medida m e m2.
Fotografia e Melhor Filme Júri Popular. c) ser adimensional e possuir unidade de medida m2.
Internet <www.bb.gov.br> ( com adaptações) d) possuir unidade de medida m e ser adimensional.
e) possuir unidade de medida m2 e ser adimensional.
A partir da organização do texto acima e considerando
os princípios de contagem, julgue os itens subsequentes. 30. (BANCO DO BRASIL – ESCRITURÁRIO – CESPE –
Se, em determinada edição do Prêmio e Mostra ACIE de 2018) Um pesquisador utilizou-se de um modelo de
Cinema, forem inscritos 13 filmes em uma mesma cate- regressão linear simples para estudar a relação entre a
goria, nesse caso, a quantidade de maneiras de se fazer variável dependente Y, expressa em reais, e a variável in-
a indicação de 3 desses filmes, sendo um deles em 1º dependente X, expressa em dias.
lugar, outro em 2º lugar e outro em 3.º lugar, será inferior Posteriormente, ele decidiu fazer uma transformação na
a variável dependente Y da seguinte forma:

( ) CERTO ( ) ERRADO

26. (BANCO DO BRASIL – ESCRITURÁRIO – CESPE –


2007) Julgue os itens que se seguem quanto a diferentes Após a referida transformação, o coeficiente angular ficou
formas de contagem.
Considere que um decorador deva usar 7 faixas coloridas a) aumentado da média e multiplicado pelo desvio pa-
de dimensões iguais, pendurando-as verticalmente na drão
vitrine de uma loja para produzir diversas formas. Nessa b) diminuído da média e dividido pelo desvio padrão
situação, se 3 faixas são verdes e indistinguíveis, 3 fai- c) inalterado
xas são amarelas e indistinguíveis e 1 faixa é branca, esse d) diminuído da média
decorador conseguirá produzir, no máximo, 140 formas e) dividido pelo desvio padrão
diferentes com essas faixas.

( ) CERTO ( ) ERRADO
GABARITO
27. (BANCO DO BRASIL – ESCRITURÁRIO – CESPE –
2007) Julgue os itens que se seguem quanto a diferentes 1. Resposta: Letra D.
formas de contagem. Conforme vimos na tabela trata-se de permutações
Se 6 candidatos são aprovados em um concurso públi- Quantidade de questões fáceis: 2! = 2.1 = 2
co e há 4 setores distintos onde eles podem ser lotados, Quantidade de questões médias: 5! = 5.4.3.2.1 = 120
então há, no máximo, 24 maneiras de se realizarem tais Quantidade de difíceis: 3! = 3.2.1 = 6
lotações. 2!5!3! = 2.120.6 = 1440

( ) CERTO ( ) ERRADO 2. Resposta: Letra D.


Podemos aplicar a seguinte propriedade da covariância:
28. (BANCO DO BRASIL – ESCRITURÁRIO – CESPE – COV(aX+b, cY+d) = a.c.COV(X,Y)
2007) Julgue os itens que se seguem quanto a diferentes COV(X,Y) = E[(X - E[X] )(Y - E[Y])]
formas de contagem. COV(-3X+1, 2Y+3) = E[(-3X+1 - E[-3X+1])(2Y+3 -
Há exatamente 495 maneiras diferentes de se distribu- E[2Y+3])]
írem 12 funcionários de um banco em 3 agências, de E[(-3X+1 - 3E[X] - E[1])(2Y + 3 - 2E[Y]) - E[3]]
modo que cada agência receba 4 funcionários. E[(-3X+3E[X])(2Y - 2E[Y])]
E[-3.2(X-E[X])(Y-E[Y])]
BANCO DO BRASIL

( ) CERTO ( ) ERRADO -6 COV(X,Y)


-6 . -2 = 12

3. Resposta: Letra D.
Primeiramente vamos fazer o cálculo da frequência
acumulada e da frequência relativa absoluta

104
Classe fi Fi Fra A frequência mediana é dada por:
0 |- 5 35 35 0,2916 Fmd = F/2 = 15/2 = 7,5
5 |- 10 50 85 0,708 Logo a mediana é dada por um valor de frequência
10 |-15 25 110 0,9166 absoluta maior que 7,5
15 |- 20 5 115 0,953 Assim teremos então:
20 |- 25 3 118 Desnecessário
25 |- 30 2 120 Desnecessário 4 1 7+1 = 8
Este valor é o limite para que o cliente não perca a
Q1 = 25% -> encontra-se na classe 0 |- 5 classe especial. Então temos o máximo em 9 e o limite
Q3 = 75% -> encontra-se na classe 10 |- 15 em 4. Então: 9 – 4 = 5 pontos que ele pode perder.
Pelo método de interpolação linear dos dados agru-
pados em classes, temos: 8. Resposta: Letra E.
(Q1 - 0) / (5 - 0) = (0,25 - 0) / (0,2916 - 0) = Q1 = 4,29 O enunciado diz que no saquinho tem que ter no mí-
(Q3 - 10) / (15 - 10) = (0,75 - 0,708) / (0,9166 - 0,708) nimo 3 balas de cada sabor, então necessariamente
= Q3 = 11 teremos 3 balas de hortelã, 3 de coco e 3 de caramelo.
Logo a amplitude interquartílica = Q3 - Q1 = 11 – 4,29 = 6,71 Restam 4 balas, essas que irão variar e diferenciarão
Das respostas a que corresponde ao valor é 47/7. cada saquinho.
Pela fórmula de combinação com repetição temos:
4. Resposta: Letra A. CR de “3 sabores de bala tomados 4 a 4” = (n + p - 1)!
Proporção de defeito de Y = Z / (n -1)! p! =>
Proporção de defeito de X/2 = Y (metade da de Y) => (3 + 4 - 1)! / (3 -1)! 4! = 6! / 2! 4! = 30 / 2 = 15
Como a redução de defeito foi geral (25% MENOS), saquinhos
desconsidere pq não mexe na proporção.
Temos então: 9. Resposta: Letra C.
X = 2Y = 2Z (proporção 1:2:2, total é 1+2+2 = 5) Como pode-se verificar no enunciado a medida soli-
Então, como já ocorreu o defeito (por isso ignorando a citada foi a média aritmética (x) que é a razão entre a
% de uso das máquinas), a chance de ser em Y é: soma de todos valores observados ( X1, X2, X3,... Xn )
2 em 5, 2/5 = 40% e o número total de observações ( n ).
5. Resposta: Letra B.
Os intervalos apresentam da seguinte forma
01 |-- 20
20 |-- 40
0 |-- 60 x=(24x3)+(25x2)+30+(32x3)+35+(36x2)+(40x4)+46+(
... (Os intervalos crescem de 20 em 20) 48x2)+50+(54x2)+(60x2)+65 / 25
19.980 |-- 20.000 x=1000 / 25 = 40
Logo, como o último item selecionado da amostra é
19.980. Então o último elemento é 19.980+15= 19.995 10. Resposta: Letra A.
Temos 2 membros da diretoria ocupando as pontas e
6. Resposta: Letra C. precisamos alocar nas 6 cadeiras restantes, os 4 mem-
Média subiu 10 anos. Então de 30, como todos enve- bros. Logo vamos usar a formula do arranjo:
lheceram 10 anos, agora será 40 anos.

O desvio padrão só vai alterar se for multiplicado


ou dividido por algo, considerando o mesmo grupo.
Como não houve tal operação, continua sendo 8 anos.
Então: 8/40 = 1/5 = 0,2 = 20%

7. Resposta: Letra A.
Como estamos trabalhando com dados agrupados,
precisamos obter a frequência absoluta para obter-
mos a mediana
Ptos Freq. Freq. acum
0 1 1
Para a cadeira das pontas temos uma permutação: P2!
2 2 1+2 =3 = 2.1= 2
3 4 3+4 =7 Para os demais temos:
BANCO DO BRASIL

4 1 7+1 = 8
6 1 8+1= 9
A (6,4) = 6! / (6-4)! = 6.5.4.3.2! / 2! = 360
8 5 9+5= 14
Logo temos: P2! . A(6,4) = 2.360 = 720
9 1 14+1 = 15

105
11. Resposta: Letra A.
Esta é uma questão clássica de Teoria dos Conjuntos
e pode ser solucionada através do Diagrama de Venn.
Inicialmente, para a confecção do diagrama, insere-se
as informações II, III e IV do enunciado.

 
Assim, 18 + 2 + 8 + 28 = 56%

  12. Resposta: Errado.


Posteriormente, insere-se as informações escritas no Trata-se de uma combinação simples, basta então
item I, lembrando de subtrair os valores já presentes substituir os valores na fórmula que será encontrado o
no diagrama. valor 10, sendo n=5 (nº de times) e k=2 (nº de combi-
Dessa forma, considerando A, C, e E, a porcentagem nação dos times 2 a 2).
daqueles que fazem somente uma das disciplinas e T,
aqueles que fazem as três, tem-se:
A +20+10 – T = 50
C + 20 + 30 – T = 60
E + 30 + 10 – T = 48
Assim, 13. Resposta: Errado.
A – T = 20 → A = 20 + T Temos: André, Bruna, Cláudio, Leila e Roberto
C – T = 10 → C = 10 + T André sendo o primeiro temos para o segundo colo-
E–T=8→E=8+T cado 4 opções, para terceira, 3 opções, para o quarto,
2 opções e para o último colocado temos 1 opção.
Aplicando o Principio Fundamental da contagem te-
mos.
1.4.3.2.1 = 24 maneiras de combinarmos os demais
classificados.

14. Resposta: Errado.


Como são cinco equipes e só três serão premiadas,
utilizamos o princípio fundamental da contagem en-
tão 5x4x3=60

15. Resposta: Errado.


  
Pelo enunciado temos:
De acordo com os dados o somatório dos campo é
HUNGRIA- 9,5 ÍNDIA- 5,5
100.
POLÔNIA- 4,0 EGITO- 10,5
20+T+20-T +10+T+10-T+T+30-T+8+T = 100
TURQUIA- 10,5 ÁFRICA DO SUL- 10,5
98 + T = 100
CANADÁ- 0,5 TAIWAN- 1,5
T=2
Substituindo os valores, BRASIL - 11,25 AUSTRÁLIA- 3,25
LOGO, a quantidade de países no gráfico é igual a 10,
observa-se na planilha a Barra de variação CINZA CLA-
RO que representa TAXA ATUAL.
Resolvendo a média: 9,5 + 4,0 + 10,5 + 0,5 + 11,25 +
5,5 + 10,5 + 10,5 + 1,5 + 3,25 / DIVIDIDO PELA QUAN-
TIDADE DE PAÍSES.
Com essa soma acha-se 67 que dividido por 10 = 6,7%
que não é inferior a 5%

16. Resposta: Certo.


BANCO DO BRASIL

Temos que escolher 12 jogadores para montar o


time de 6 atletas C(12,6) = 12! / 6! . (12-6)!C(12,6) =
  12! / 6! . 6!C(12,6) = 12.11.10.9.8.7.6! / 6! . 6!C(12,6)
Finalmente, a probabilidade de ele ser formado em = 12.11.10.9.8.7 / 6.5.4.3.2.1C(12,6) = 1848 / 2C(12,6)
pelo menos dois daqueles cursos citados está desta- = 924Logo, 924 possibilidades para formar o time
cado em amarelo. Como 10^3 = 1000,

106
17. Resposta: Certo. 22. Resposta: Certo.
Sem nenhum levantador temos que escolher apenas 2,8 b = 100%
10 jogadores para montar o time de 6 atletas(10,6) = 1 b = x%
10! / 6! . (10-6)!C(10,6) = 10! / 6! . 4!C(10,6) = 10.9.8.7.6! 2,8b. x%= 100% .1 b
/ 6! . 4!C(10,6) = 10.9.8.7 / 4!C(10,6) = 10.9.8.7 / x= 35,7%
4.3.2.1C(10,6) = 5.3.2.7C(10,6) = 210Logo, 210 pos-
sibilidades sem nenhum levantador Com apenas um 23. Resposta: Errado.
levantador Para o primeiro atleta, temos 2 jogadores Além de ser possível fazer um arranjo de 6.5 = 30. É
Para os 5 demais, teremos que combinar os outros 10 preciso ter em mente que o exercício falar em PARES
jogadores com isso completamos o time com 6 atletas DISTINTOS e não LETRAS DISTINTAS. Portanto, ainda
Logo, no total teremos(2,1) x (C10,5) que se repitam as letras, será possível criar mais 6 pa-
Calculando a combinação dos dois levantadores(2,1) res diferentes usando a mesma letra (TT, RR, OO, CC,
= 2! / 1! . (2-1)!C(2,1) = 2Calculando a combinação AA, SS).
dos demais jogadores(C10,5) = 10! / 5! . (10-5)!(C10,5)
= 10! / 5! . 5!(C10,5) = 10.9.8.7.6.5! / 5! . 5!(C10,5) = 24. Resposta: Errado.
10.9.8.7.6 / 5!(C10,5) = 10.9.8.7.6 / 5.4.3.2.1(C10,5) = Trata-se de uma permutação com repetições. PROVA-
2.3.2.7.3(C10,5) = 252Assim, 2 x 252 = 504 possibili- VELMENTE possui 2 repetições da letra V e 3 repe-
dades com um levantador Total = 210 + 504 = 714 tições da letra E. Normalmente consideraríamos que,
possibilidades. ao trocar uma letra V pela outra, ou uma letra E pela
outra, temos em realidade um único anagrama. Entre-
18. Resposta: Certo. tanto, o enunciado mandou incluir as repetições, ou
C O M P O S I TO R E S seja, considerar que ao trocar uma letra V pela outra e/
ou trocar uma letra E pela outra, cada alteração dessas
9 letras distintas. deve ser considerada uma permutação distinta.
___ ___ ___ Para a palavra PROVAVELMENTE continuar aparecen-
9 x 8 x 7 = 504 do, devemos considerar apenas os casos onde troca-
mos um V pelo outro e/ou trocamos um E por outro.
19. Resposta: Certo. O número de permutações das duas letras V entre si é
A BBB CCCCC DDD12! / 3! 5! 3!{12 x 11 x 10 x 9 x 8 x 7 igual a P(2) = 2! = 2.
x 6 x 5 x 4 x 3!}/ 3 x 2 x 1 x 5 x 4 x 3 x 2 x 1 x 3 x 2 x 1 E o número de permutações das 3 letras E entre si é
( Resolvemos de forma parecida com um Anagrama) igual a P(3) = 6. Para cada permutação das letras V,
Depois das simplificações...Resultado: 110.880 devemos contabilizar as 6 permutações da letra E. Ao
todo, temos 2 x 6 = 12 permutações onde são troca-
20. Resposta: Certo. das apenas as posições das letras V entre si mesmas e/
Observando todos os dados, percebemos que se trata ou as posições das letras E entre si mesmas.
de uma combinação. Fique atento a um dado impor-
tante que é que os 3 fundos usados no 1º pacote NÃO 25. Resposta: Certo.
podem ser utilizados no 2º pacote e assim sucessiva- Pelo Princípio Fundamental da Contagem temos:
mente. Utilizamos a fórmula vamos calcular: 13.12.11 = 1.716
2x10³ = 2000
1.716 < 2000

26. Resposta: Certo.


PR (n; a,b): N! / a! b!
1º pacote – C (12,3) = 12! / 3! (12-3)! = 12.11.10.9! / 3! N: total de elementos
9! = 1320/6 = 220 a, b: Elementos que se repetem
2º pacote – C (9,3) = 9! /3! (9-3)! = 9.8.7.6! / 6. 6! = Temos a permutação de 7 faixas, com a repetição de
504/6 = 84 3 (verdes) e 3 (amarelas). Utilizando a fórmula da per-
3º pacote – C (6,3) = 6! / 3! (6-3)! = 6.5.4.3! / 6. 3! = mutação com repetição, temos:
120/6 = 20 P(7;3,3)= 7! / 3! x 3! =140
4º pacote – só nos sobrará 3 fundos, logo temos 1
única combinação 27. Resposta: Errado.
C (12,3) x C (9,3) x C (6,3) x C (3,3) > 220 x 84 x 20 x 1 Temos uma permutação pois vamos utilizar todos os
= 396600 > 350000 elementos. Então P6=6!=720
Depois esses 6 candidatos serão combinados em 4
21. Resposta: Certo. grupos, podendo ser 2 grupos com 2 e 2 grupos com
BANCO DO BRASIL

Como a senha precisa ser distinta, mas não os elemen- 1; 1 grupo com 3 e 3 grupos com 1. Então C6,4= 6! / 4!
tos que o compões, então podemos utilizar o Princí- (6-4)! = 6! /4! 2! = 6.5.4! / 2.1 = 30/2 = 15
pios Fundamental da contagem: 26.26.26 = 17.576 Ficamos com 15 combinação multiplicado por 720
permutações = 10800

107
28. Resposta: Errado.
Temos 12 funcionários, para:
Agência1→(4funcionários) .:. C12,4 = 12! /4!8! =
118880/24 = 495
Para agência 2 → (12-4 = teremos 8 funcionários dis-
poníveis para combinar)
funcionários) .:. C8,4= 8! / 4! 4! = 1680/24 = 70
Para agência3→(4funcionários) .:. C4,4= 1
Então: 495 . 70 . 1 = 34.650

29. Resposta: Letra D.


Sabemos pelo enunciado que a variância está em me-
tro quadrado, logo a unidade dos dados da amostra é
medida em metros.
Os quartis são medidas de posição (neste caso em
metros), e o coeficiente de variação não tem unidade,
pois o mesmo é a divisão do desvio padrão pela média
e essas duas quantidades possuem a mesma unidade
de medida, assim ao fazer a divisão, a unidade de me-
dida é eliminada.
Logo, esses dois valores caracterizam-se, respectiva-
mente, por possuir unidade de medida m e ser adi-
mensional.

30. Resposta: Letra E.


O modelo de regressão linear simples é dado por Y =
aX + b
Em que Y é a variável dependente, a é o coeficiente
angular da reta e b (coeficiente linear) é a inteceptação
da reta no eixo vertical (Y).
Substituindo pela transformação dada na questão:
Y - Média (Y)/ desvio (Y)
= (aX + b) - Média / desvio (Y)
= aX/ desvio + b/desvio - Média/desvio

INGLÊS According to the text, a definition for the expression “the


efficient allocation of economic resources” (lines 6-7) is:

1. (BANCO DO BRASIL – ESCRITURÁRIO – CESGRAN- a) provision of the most desirable consumer goods and
RIO – 2015) services in limited amounts
b) provision of the most desirable consumer goods and
services in unlimited amounts
c) production of economic resources in unlimited ways
d) production of economic resources in sufficient
amounts
e) provision of the most desirable consumer goods and
services in the most desirable amounts
BANCO DO BRASIL

108
2. (BANCO DO BRASIL – ESCRITURÁRIO – CESGRAN- b) operate the financial system of an economy collect
RIO – 2015) and distribute money the best way
c) receive the distributed money don’t know how to use it best.
d) have much money and know how to use it best are
the same.
e) operate the financial system of an economy collect the
money and keep it.

3. (BANCO DO BRASIL – ESCRITURÁRIO – CESGRAN-


RIO – 2015)

From the sentence of the text “The financial system of an


BANCO DO BRASIL

economy provides the means to collect money from the


people who have it and distribute it to those who can use
it best” (lines 16-18), it can be inferred that people who

a) can use the money most efficiently are those who have
much money.

109
In the fragment of the text “Hence, the efficient allocation
of

economic resources” (lines 18-19), the connector Hence

conveys an idea of

a) emphasis
b) time sequence
c) contrast
d) conclusion The relative pronoun which in the fragment of the text
e) addition “which include banks, insurance companies, pension fun-
ds, organized exchanges, and the many other compa-
4. (BANCO DO BRASIL – ESCRITURÁRIO – CESGRAN- nies” (lines 24-26) refers to
RIO – 2015)
a) financial institutions (line 24)
b) other companies (lines 25-26)
c) purposes (line 21)
d) return (line 22)
e) products and services (lines 23-24)

5. (BANCO DO BRASIL – ESCRITURÁRIO – CESGRAN-


RIO – 2015)
BANCO DO BRASIL

110
In the fragment of the text “the efficient allocation of
economic resources is achieved by a financial system that
allocates money to those people and for those purposes
that will yield the greatest return” (lines 19-22), the verb
form yield can be replaced, without change in meaning,
by

a) produce
b) slow down
c) cut
d) interrupt
e) diminish

6. (BANCO DO BRASIL – ESCRITURÁRIO – CESGRAN-


RIO – 2015)

In the sentence of the text “Still, there are plenty of ways


millennials can build a credit history without a credit
card” (lines 52 – 53), the quantifier plenty of can be repla-
ced, with no change in meaning, by

a) some
b) few
c) a few
d) a little
e) lots of
BANCO DO BRASIL

111
7. (BANCO DO BRASIL – ESCRITURÁRIO – CESGRAN- The sentence of the text “With so much debt already un-
RIO – 2015) der their belts, millennials are worried about adding any
credit card debt to the pile” (lines 38 – 40) conveys the
idea that millenials have

a) piles of bills to pay every month, but they can use their
credit cards moderately.
b) so many bills to pay that credit card bills wouldn’t
make much difference.
c) so many bills to pay that they have to sell their belon-
gings.
d) so much debt to pay that they can’t afford another
one.
e) no credit cards simply because they don’t like them.

8. (BANCO DO BRASIL – ESCRITURÁRIO – CESGRAN-


RIO – 2015)
BANCO DO BRASIL

112
The word skittish, in the sentence of the text “With those
figures, it’s no wonder that millennials are skittish when
it comes to credit cards” (lines 24 – 26), can be replaced,
with no change in meaning, by

a) ncertain
b) enthusiastic
c) depressed
d) determined In the sentence of the text “the Great Recession caused
e) secure millennials to stray from historic patterns when it comes
to purchasing a home and having children” (lines 13 –
9. (BANCO DO BRASIL – ESCRITURÁRIO – CESGRAN- 15), the word stray can be replaced, with no change in
RIO – 2015) meaning, by

a) stem
b) start
c) range
d) follow
e) deviate

10. (BANCO DO BRASIL – ESCRITURÁRIO – CESGRAN-


RIO – 2015)
BANCO DO BRASIL

113
11. (BANCO DO BRASIL – ESCRITURÁRIO – CESPE –
2002)

World Bank Brazil – country brief

1 With an estimated 167 million inhabitants, Brazil has


the largest population in Latin America and ranks sixth
in the world. The majority live in the south-central area,
which includes industrial cities
4 such as São Paulo, Rio de Janeiro and Belo Horizon-
te. 80% of the population now lives in urban areas. Rapid
growth in the urban population has aided economic de-
velopment but also created serious
7 problems for major cities. Brazil’s “miracle years”
were in the late 1960s and early 1970s when double di-
git-annual growth rates were recorded and the structure
10 of the economy underwent rapid change.
In the 1980s, however, Brazil’s economic performance
was poor in comparison with its potential. Annual Gross
Domestic Product
13 (GDP) growth only averaged 1.5 percent over the
period from 1980 to 1993. This reflected the economy’s
inability to respond to international events in the late
1970s and the 1980s: the second oil
16 shock; increase in international real interest rates;
the Latin American external debt crisis and the ensuing
cutoff of foreign credit and foreign direct investment.
This lack of responsiveness reflected the largely
19 inward-looking policy orientation that had been in
place since the 1960s.
Economic flexibility was further impaired by provi-
sions of the
22 1988 Constitution, which introduced significant
rigidities in budgeting and public expenditure. An out-
come of these pressures was a steady rise in the rate of
inflation, which reached monthly rates of 50% by the
25 middle of 1994.

Internet: <http://lnweb18.worldbank.org/Exter…/
abe36259ca656c4985256914005207e3?OpenDocumen>
(with adaptations).

The sentence “Rapid growth in the urban population has


aided economic development but also created serious
problems for major cities” (R.5-7) means the same as The
The main purpose of the text is to bigger and faster urban population grows, the less se-
rious problems are caused.
a) explain the millennials’ credit card affection.
b) defend the millennials’ fear of credit card use. ( ) CERTO ( ) ERRADO
c) describe the millennials’ attitude towards the credit
card. 12. (BANCO DO BRASIL – ESCRITURÁRIO – CESPE –
d) present the millennials’ credit card historical back- 2002
ground.
e) demonstrate the millennials’ need of credit card use to World Bank Brazil – country brief
build a credit history.
1 With an estimated 167 million inhabitants, Brazil has
BANCO DO BRASIL

the largest population in Latin America and ranks sixth


in the world. The majority live in the south-central area,
which includes industrial cities
4 such as São Paulo, Rio de Janeiro and Belo Horizonte.
80% of the population now lives in urban areas. Rapid
growth in the urban population has aided economic de-
velopment but also created serious

114
7 problems for major cities. Brazil’s “miracle years” were to 1993. This reflected the economy’s inability to respond
in the late 1960s and early 1970s when double digit-an- to
nual growth rates were recorded and the structure international events in the late 1970s and the 1980s: the
10 of the economy underwent rapid change. In the 1980s, second oil
however, Brazil’s economic performance was 16 shock; increase in international real interest rates; the
poor in comparison with its potential. Annual Gross Do- Latin American
mestic Product external debt crisis and the ensuing cutoff of foreign cre-
13 (GDP) growth only averaged 1.5 percent over the pe- dit and foreign
riod from 1980 to 1993. This reflected the economy’s ina- direct investment. This lack of responsiveness reflected
bility to respond to the largely
international events in the late 1970s and the 1980s: the 19 inward-looking policy orientation that had been in
second oil place since the
16 shock; increase in international real interest rates; the 1960s.
Latin American external debt crisis and the ensuing cutoff Economic flexibility was further impaired by provisions
of foreign credit and foreign of the
direct investment. This lack of responsiveness reflected 22 1988 Constitution, which introduced significant rigidi-
the largely ties in budgeting
19 inward-looking policy orientation that had been in and public expenditure. An outcome of these pressures
place since the 1960s. Economic flexibility was further was a steady
impaired by provisions of the rise in the rate of inflation, which reached monthly rates
22 1988 Constitution, which introduced significant rigidi- of 50% by the
ties in budgeting 25 middle of 1994.
and public expenditure. An outcome of these pressures
was a steady rise in the rate of inflation, which reached Internet: <http://lnweb18.worldbank.org/Exter…/
monthly rates of 50% by the abe36259ca656c4985256914005207e3?OpenDocumen>
25 middle of 1994. (with adaptations).

Internet: <http://lnweb18.worldbank.org/Exter…/ Considering text VII, judge the items below.


abe36259ca656c4985256914005207e3?OpenDocumen> Mexico population is not so large as the Brazilian one.
(with adaptations).
( ) CERTO ( ) ERRADO
With the help of text VII, judge the following items.
For less than 12 years, annual GDP was below Brazil’s po-
14. (BANCO DO BRASIL – ESCRITURÁRIO – CESGRAN-
tential.
RIO – 2018)

( ) CERTO ( ) ERRADO

13. (BANCO DO BRASIL – ESCRITURÁRIO – CESPE –


2002)

Text VII – questions 38 through 40

World Bank Brazil – country brief

1 With an estimated 167 million inhabitants, Brazil has


the largest population in Latin America and ranks sixth
in the world. The majority live in the south-central area,
which includes industrial cities
4 such as São Paulo, Rio de Janeiro and Belo Horizonte.
80% of the population now lives in urban areas. Rapid
growth in the urban population has aided economic de-
velopment but also created serious
7 problems for major cities.
Brazil’s “miracle years” were in the late 1960s and early
1970s when double digit-annual growth rates were re-
BANCO DO BRASIL

corded and the structure


10 of the economy underwent rapid change.
In the 1980s, however, Brazil’s economic performance
was poor in comparison with its potential. Annual Gross
Domestic Product
13 (GDP) growth only averaged 1.5 percent over the pe-
riod from 1980

115
In “In addition to these specialists, banks need general
clerical help” (lines 25-27), the phrase these specialists
refers to

a) “messengers” (line 28)


b) “mail handlers” (lines 27-28)
c)“proof operators” (line 23) and “bookkeeping clerks”
(lines 24-25)
d) “data entry keyers” (line 27)
e) “file clerks” (line 27)

15. (BANCO DO BRASIL – ESCRITURÁRIO – CESGRAN-


RIO – 2018)
In the sentence of the text “Generally, loan clerks are on
the high end of this range,whereas general office clerks
are on the lower end” (lines 78-80), the word whereas

a) expresses a contrast.
b) highlights a problem.
c) imposes a condition.
d) introduces an example.
e) points out a solution.
BANCO DO BRASIL

116
16. (BANCO DO BRASIL – ESCRITURÁRIO – CESGRAN-
RIO – 2018)

The fragment “Banks simplify people’s lives, but the busi-


ness of banking is anything but simple” (lines 2-3) means
that banking is a(n)

a) ordinary occupation
b) elementary job
c) complex activity
d) trivial profession
e) easy business

17. (BANCO DO BRASIL – ESCRITURÁRIO – CESGRAN-


RIO – 2018)

BANCO DO BRASIL

117
In “Candidates can also check Internet job sites and the
classified ads in local newspapers as well” (lines 45- 47),
the modal verb can is replaced, without change in mea-
ning, by

a) should
b) must
c) will
d) may
e) need

18. (BANCO DO BRASIL – ESCRITURÁRIO – CESGRAN-


RIO – 2018)
The main purpose of the text is to

a) introduce the many categories of bank clerks one can


find in a financial institution.
b) present an overview of the career of a bank clerk to an
eventual future professional.
c) denounce the disadvantages associated with the clerk
profession.
d) discuss all the benefits offered to employees who work
in a bank.
e) ask for changes in the way bank recruiters select their
future employees.

19. (BANCO DO BRASIL – ESCRITURÁRIO – CESPE –


2002)

World Bank Brazil – country brief

1 With an estimated 167 million inhabitants, Brazil has


BANCO DO BRASIL

the largest population in Latin America and ranks sixth


in the world. The majority live in the south-central area,
which includes industrial cities
4 such as São Paulo, Rio de Janeiro and Belo Horizon-
te. 80% of the population now lives in urban areas. Rapid
growth in the urban population has aided economic de-
velopment but also created serious

118
7 problems for major cities. Brazil’s “miracle years” 19 inward-looking policy orientation that had been
were in the late 1960s and early 1970s when double digi- in place since the 1960s. Economic flexibility was further
t-annual growth rates were recorded and the structure impaired by provisions of the
10 of the economy underwent rapid change. In the 1980s, 22 1988 Constitution, which introduced significant
however, Brazil’s economic performance was poor in compa- rigidities in budgeting and public expenditure. An out-
rison with its potential. Annual Gross Domestic Product come of these pressures was a steady rise in the rate of
13 (GDP) growth only averaged 1.5 percent over the inflation, which reached monthly rates of 50% by the
period from 1980 to 1993. This reflected the economy’s 25 middle of 1994.
inability to respond to international events in the late
1970s and the 1980s: the second oil Internet: <http://lnweb18.worldbank.org/Exter…/
16 shock; increase in international real interest rates; abe36259ca656c4985256914005207e3?OpenDocumen>
the Latin American external debt crisis and the ensuing (with adaptations).
cutoff of foreign credit and foreign direct investment.
This lack of responsiveness reflected the largely With the help of text VII, judge the following items.
19 inward-looking policy orientation that had been Last century, Brazilian economy was affected by interna-
in place since the 1960s. Economic flexibility was further tional factors.
impaired by provisions of the
22 1988 Constitution, which introduced significant ( ) CERTO ( ) ERRADO
rigidities in budgeting and public expenditure. An out-
come of these pressures was a steady rise in the rate of 21. (BANCO DO BRASIL – ESCRITURÁRIO – CESPE –
inflation, which reached monthly rates of 50% by the 2002)
25 middle of 1994.
World Bank Brazil – country brief
Internet: <http://lnweb18.worldbank.org/Exter…/
abe36259ca656c4985256914005207e3?OpenDocumen> 1 With an estimated 167 million inhabitants, Brazil has
(with adaptations). the largest population in Latin America and ranks sixth
in the world. The majority live in the south-central area,
With the help of text VII, judge the following items. which includes industrial cities
After the latest Afghanistan war, the world has been fa- 4 such as São Paulo, Rio de Janeiro and Belo Horizon-
cing the greatest oil shock which has never been expe- te. 80% of the population now lives in urban areas. Rapid
rienced before. growth in the urban population has aided economic de-
velopment but also created serious
( ) CERTO ( ) ERRADO 7 problems for major cities. Brazil’s “miracle years”
were in the late 1960s and early 1970s when double di-
20. (BANCO DO BRASIL – ESCRITURÁRIO – CESPE – git-annual growth rates were recorded and the structure
2002) 10 of the economy underwent rapid change. In the
1980s, however, Brazil’s economic performance was
World Bank Brazil – country brief poor in comparison with its potential. Annual Gross Do-
mestic Product
1 With an estimated 167 million inhabitants, Brazil has 13 (GDP) growth only averaged 1.5 percent over the
the largest population in Latin America and ranks sixth period from 1980 to 1993. This reflected the economy’s
in the world. The majority live in the south-central area, inability to respond to international events in the late
which includes industrial cities 1970s and the 1980s: the second oil
4 such as São Paulo, Rio de Janeiro and Belo Horizon- 16 shock; increase in international real interest rates;
te. 80% of the population now lives in urban areas. Rapid the Latin American external debt crisis and the ensuing
growth in the urban population has aided economic de- cutoff of foreign credit and foreign direct investment.
velopment but also created serious This lack of responsiveness reflected the largely
7 problems for major cities. Brazil’s “miracle years” 19 inward-looking policy orientation that had been
were in the late 1960s and early 1970s when double di- in place since the 1960s. Economic flexibility was further
git-annual growth rates were recorded and the structure impaired by provisions of the
10 of the economy underwent rapid change. In the 22 1988 Constitution, which introduced significant
1980s, however, Brazil’s economic performance was poor rigidities in budgeting and public expenditure. An out-
in comparison with its potential. Annual Gross Domestic come of these pressures was a steady rise in the rate of
Product inflation, which reached monthly rates of 50% by the
13 (GDP) growth only averaged 1.5 percent over the 25 middle of 1994.
BANCO DO BRASIL

period from 1980 to 1993. This reflected the economy’s


inability to respond to international events in the late Internet: <http://lnweb18.worldbank.org/Exter…/
1970s and the 1980s: the second oil abe36259ca656c4985256914005207e3?OpenDocumen>
16 shock; increase in international real interest rates; (with adaptations).
the Latin American external debt crisis and the ensuing
cutoff of foreign credit and foreign direct investment.
This lack of responsiveness reflected the largely

119
Considering text VII, judge the items below. 4 such as São Paulo, Rio de Janeiro and Belo Horizon-
Brazil’s miracle years began and ended during the last te. 80% of the population now lives in urban areas. Rapid
military regime. growth in the urban population has aided economic de-
velopment but also created serious
( ) CERTO ( ) ERRADO 7 problems for major cities. Brazil’s “miracle years”
were in the late 1960s and early 1970s when double di-
22. (BANCO DO BRASIL – ESCRITURÁRIO – CESPE – git-annual growth rates were recorded and the structure
2002) 10 of the economy underwent rapid change. In the
1980s, however, Brazil’s economic performance was poor
in comparison with its potential. Annual Gross Domestic
World Bank Brazil – country brief
Product
13 (GDP) growth only averaged 1.5 percent over the
1 With an estimated 167 million inhabitants, Brazil has
period from 1980 to 1993. This reflected the economy’s
the largest population in Latin America and ranks sixth
inability to respond to international events in the late
in the world. The majority live in the south-central area,
1970s and the 1980s: the second oil
which includes industrial cities
16 shock; increase in international real interest rates;
4 such as São Paulo, Rio de Janeiro and Belo Horizon- the Latin American external debt crisis and the ensuing
te. 80% of the population now lives in urban areas. Rapid cutoff of foreign credit and foreign direct investment.
growth in the urban population has aided economic de- This lack of responsiveness reflected the largely
velopment but also created serious 19 inward-looking policy orientation that had been
7 problems for major cities. Brazil’s “miracle years” in place since the 1960s. Economic flexibility was further
were in the late 1960s and early 1970s when double di- impaired by provisions of the
git-annual growth rates were recorded and the structure 22 1988 Constitution, which introduced significant
10 of the economy underwent rapid change. In the rigidities in budgeting and public expenditure. An out-
1980s, however, Brazil’s economic performance was poor come of these pressures was a steady rise in the rate of
in comparison with its potential. Annual Gross Domestic inflation, which reached monthly rates of 50% by the
Product 25 middle of 1994.
13 (GDP) growth only averaged 1.5 percent over the
period from 1980 to 1993. This reflected the economy’s Internet: <http://lnweb18.worldbank.org/Exter…/
inability to respond to international events in the late abe36259ca656c4985256914005207e3?OpenDocumen>
1970s and the 1980s: the second oil (with adaptations).
16 shock; increase in international real interest rates;
the Latin American external debt crisis and the ensuing Considering text VII, judge the items below.
cutoff of foreign credit and foreign direct investment. Three important Brazilian industrial cities are mentioned
This lack of responsiveness reflected the largely in the text.
19 inward-looking policy orientation that had been
in place since the 1960s. Economic flexibility was further ( ) CERTO ( ) ERRADO
impaired by provisions of the
22 1988 Constitution, which introduced significant 24. (BANCO DO BRASIL – ESCRITURÁRIO – CESPE –
rigidities in budgeting and public expenditure. An out- 2002)
come of these pressures was a steady rise in the rate of
inflation, which reached monthly rates of 50% by the World Bank Brazil – country brief
25 middle of 1994.
1 With an estimated 167 million inhabitants, Brazil has
Internet: <http://lnweb18.worldbank.org/Exter…/ the largest population in Latin America and ranks sixth
abe36259ca656c4985256914005207e3?OpenDocumen> in the world. The majority live in the south-central area,
(with adaptations). which includes industrial cities
4 such as São Paulo, Rio de Janeiro and Belo Horizon-
Considering text VII, judge the items below. te. 80% of the population now lives in urban areas. Rapid
More than 20% of Brazilian population lives in the rural growth in the urban population has aided economic de-
area. velopment but also created serious
7 problems for major cities. Brazil’s “miracle years”
( ) CERTO ( ) ERRADO were in the late 1960s and early 1970s when double di-
git-annual growth rates were recorded and the structure
23. (BANCO DO BRASIL – ESCRITURÁRIO – CESPE – 10 of the economy underwent rapid change. In the
2002) 1980s, however, Brazil’s economic performance was poor
BANCO DO BRASIL

in comparison with its potential. Annual Gross Domestic


World Bank Brazil – country brief Product
13 (GDP) growth only averaged 1.5 percent over the
1 With an estimated 167 million inhabitants, Brazil has period from 1980 to 1993. This reflected the economy’s
the largest population in Latin America and ranks sixth inability to respond to international events in the late
in the world. The majority live in the south-central area, 1970s and the 1980s: the second oil
which includes industrial cities

120
16 shock; increase in international real interest rates;
the Latin American external debt crisis and the ensuing The sentence “Rapid growth in the urban population has
cutoff of foreign credit and foreigndirect investment. This aided economic development but also created serious
lack of responsiveness reflected the largely problems for major cities” (R.5-7) means the same as
19 inward-looking policy orientation that had been Rapid increase in the population of bigger cities brou-
in place since the 1960s. Economic flexibility was further ght about economical development together with minor
impaired by provisions of the problems.
22 1988 Constitution, which introduced significant
rigidities in budgeting and public expenditure. An out- ( ) CERTO ( ) ERRADO
come of these pressures was a steady rise in the rate of
inflation, which reached monthly rates of 50% by the 26. (Banco do Brasil - Escriturário - CESPE – 2002)
25 middle of 1994.
World Bank Brazil – country brief
Internet: <http://lnweb18.worldbank.org/Exter…/
abe36259ca656c4985256914005207e3?OpenDocumen> 1 With an estimated 167 million inhabitants, Brazil has
(with adaptations). the largest population in Latin America and ranks sixth
in the world. The majority live in the south-central area,
Considering text VII, judge the items below. which includes industrial cities
Five countries in the world have a larger population than 4 such as São Paulo, Rio de Janeiro and Belo Horizon-
Brazil. te. 80% of the population now lives in urban areas. Rapid
growth in the urban population has aided economic de-
( ) CERTO ( ) ERRADO
velopment but also created serious
7 problems for major cities. Brazil’s “miracle years”
25. (Banco do Brasil - Escriturário - CESPE – 2002) were in the late 1960s and early 1970s when double di-
git-annual growth rates were recorded and the structure
World Bank Brazil – country brief 10 of the economy underwent rapid change. In the
1980s, however, Brazil’s economic performance was poor
1 With an estimated 167 million inhabitants, Brazil has in comparison with its potential. Annual Gross Domestic
the largest population in Latin America and ranks sixth Product
in the world. The majority live in the south-central area, 13 (GDP) growth only averaged 1.5 percent over the
which includes industrial cities period from 1980
4 such as São Paulo, Rio de Janeiro and Belo Horizon- to 1993. This reflected the economy’s inability to res-
te. 80% of the population now lives in urban areas. Rapid pond to international events in the late 1970s and the
growth in the urban population has aided economic de- 1980s: the second oil
velopment but also created serious 16 shock; increase in international real interest rates;
7 problems for major cities. Brazil’s “miracle years” the Latin American external debt crisis and the ensuing
were in the late 1960s and early 1970s when double di- cutoff of foreign credit and foreign direct investment.
git-annual growth rates were recorded and the structure This lack of responsiveness reflected the largely
10 of the economy underwent rapid change. In the 19 inward-looking policy orientation that had been
1980s, however, Brazil’s economic performance was poor in place since the 1960s. Economic flexibility was further
in comparison with its potential. Annual Gross Domestic impaired by provisions of the
Product 22 1988 Constitution, which introduced significant
13 (GDP) growth only averaged 1.5 percent over the rigidities in budgeting and public expenditure. An out-
period from 1980 to 1993. This reflected the economy’s come of these pressures was a steady rise in the rate of
inability to respond to international events in the late inflation, which reached monthly rates of 50% by the
1970s and the 1980s: the second oil 25 middle of 1994.
16 shock; increase in international real interest rates;
the Latin American external debt crisis and the ensuing Internet: <http://lnweb18.worldbank.org/Exter…/
cutoff of foreign credit and foreign direct investment. abe36259ca656c4985256914005207e3?OpenDocumen>
This lack of responsiveness reflected the largely (with adaptations).
19 inward-looking policy orientation that had been
in place since the 1960s. Economic flexibility was further The sentence “Rapid growth in the urban population has
impaired by provisions of the aided economic development but also created serious
22 1988 Constitution, which introduced significant problems for major cities” (R.5-7) means the same as
rigidities in budgeting and public expenditure. An out- Serious problems have been caused by rapid growth of
come of these pressures was a steady rise in the rate of
BANCO DO BRASIL

the urban population in major cities, which on the other


inflation, which reached monthly rates of 50% by the hand also brought about economic improvement.
25 middle of 1994.
( ) CERTO ( ) ERRADO
Internet: <http://lnweb18.worldbank.org/Exter…/
abe36259ca656c4985256914005207e3?OpenDocumen>
(with adaptations).

121
27. (Banco do Brasil - Escriturário - CESPE – 2002) 10 of the economy underwent rapid change. In the
1980s, however, Brazil’s economic performance was poor
World Bank Brazil – country brief in comparison with its potential. Annual Gross Domestic
Product
1 With an estimated 167 million inhabitants, Brazil has 13 (GDP) growth only averaged 1.5 percent over the
the largest population in Latin America and ranks sixth period from 1980 to 1993. This reflected the economy’s
in the world. The majority live in the south-central area, inability to respond to international events in the late
which includes industrial cities 1970s and the 1980s: the second oil
4 such as São Paulo, Rio de Janeiro and Belo Horizon- 16 shock; increase in international real interest rates;
te. 80% of the population now lives in urban areas. Rapid the Latin American external debt crisis and the ensuing
growth in the urban population has aided economic de- cutoff of foreign credit and foreign direct investment.
velopment but also created serious This lack of responsiveness reflected the largely
7 problems for major cities. Brazil’s “miracle years” 19 inward-looking policy orientation that had been
were in the late 1960s and early 1970s when double di- in place since the 1960s. Economic flexibility was further
git-annual growth rates were recorded and the structure impaired by provisions of the
10 of the economy underwent rapid change. In the 22 1988 Constitution, which introduced significant
1980s, however, Brazil’s economic performance was poor rigidities in budgeting and public expenditure. An out-
in comparison with its potential. Annual Gross Domestic come of these pressures was a steady rise in the rate of
Product inflation, which reached monthly rates of 50% by the
25 middle of 1994.
13 (GDP) growth only averaged 1.5 percent over the
period from 1980 to 1993. This reflected the economy’s
Internet: <http://lnweb18.worldbank.org/Exter…/
inability to respond to international events in the late
abe36259ca656c4985256914005207e3?OpenDocu-
1970s and the 1980s: the second oil
men> (with adaptations).
16 shock; increase in international real interest rates;
the Latin American external debt crisis and the ensuing With the help of text VII, judge the following items.
cutoff of foreign credit and foreign direct investment. The 1988 Constitution helped Brazilian economic flexibi-
This lack of responsiveness reflected the largely lity as regard public expenditure.
19 inward-looking policy orientation that had been
in place since the 1960s. Economic flexibility was further ( ) CERTO ( ) ERRADO
impaired by provisions of the
22 1988 Constitution, which introduced significant
rigidities in budgeting and public expenditure. An out-
come of these pressures was a steady rise in the rate of
inflation, which reached monthly rates of 50% by the GABARITO
25 middle of 1994.
1. Resposta: Letra E.
Internet: <http://lnweb18.worldbank.org/Exter…/ A resposta já pode ser encontrada nas primeiras linhas
abe36259ca656c4985256914005207e3?OpenDocumen> do texto.
(with adaptations). Tradução: (linhas 1-7). As pessoas têm necessidades
praticamente ilimitadas, mas os recursos econômicos
With the help of text VII, judge the following items. para suprir essas necessidades são limitados. Portanto,
In 1994, there was a month in which the inflation daily o maior benefício de uma economia é fornecer os
rate averaged more than 1%. bens de consumo e serviços mais desejáveis nas
quantidades mais desejadas...
( ) CERTO ( ) ERRADO 2. Resposta: Letra B.
A financial system consists of the means to trade in
28. (Banco do Brasil - Escriturário - CESPE – 2002) funds among agents of major transactions, which en-
compasses lenders, investors and borrowers. at a local
World Bank Brazil – country brief level, the services operate through a close-knit rela-
tionship with markets and institutions to bridge inves-
1 With an estimated 167 million inhabitants, Brazil has tors and depositors in an efficient fashion. the goods
the largest population in Latin America and ranks sixth and services that are exchanged are regulated by sta-
in the world. The majority live in the south-central area, ff in charge of providing the best means to allocate,
which includes industrial cities invest and move money, credit and finance overall
among the participants of the financial market.
BANCO DO BRASIL

4 such as São Paulo, Rio de Janeiro and Belo Horizon-


te. 80% of the population now lives in urban areas. Rapid
growth in the urban population has aided economic de- 3. Resposta: Letra D.
velopment but also created serious É necessário estar atento ao contexto, já que esta
7 problems for major cities. Brazil’s “miracle years” palavra também pode significar time sequence. Hence
were in the late 1960s and early 1970s when double di- (adverb) from this place; from here; away, from this
git-annual growth rates were recorded and the structure world or from the living, henceforth, from this time on.

122
4. Resposta: Letra A. 13. Resposta: Certo.
The financial system is composed of the products and A população do México é menor que a brasileira.
services provided by finantial institutions which, inclu- “With an estimated 167 million inhabitants, Brazil has
de banks, insurance companies, pension funds, orga- the largest population in Latin America and ranks sixth
nized exchanges, and the many other companies” in the world. “
O sistema financeiro é composto de produtos e ser- “Com uma estimativa de 167 milhões de habitantes, o
viços fornecidos pelas instituições financeiras como, Brasil tem a maior população da América Latina e está
bancos de inclusão companhias de seguro, fundos de em sexto lugar no mundo. “
pensão, bolsas organizadas e muitas outras empresas
14. Resposta: Letra C.
5. Resposta: Letra A. O parágrafo mostra o que as duas funções fazem, fina-
yield = rendimento lizando com uma observação sobre o que é necessário
produce = produção para complementar as funcionalidades de proof ope-
rators & bookkeeping clerks.
6. Resposta: Letra E.
“plenty of” pode ser substituído por: lots of (muitos) 15. Resposta: Letra A.
Whereas é uma conjunção que expressa um contraste
7. Resposta: Letra D. e pode ser traduzido por: enquanto que.
“Com tantas dívidas no bolso (belt é cinto, mas a tra-
dução perderia o sentido), a geração do milênio está 16. Resposta: Letra C.
preocupada em adicionar qualquer dívida com cartão A respostas se encontra em dois trechos: business of
de crédito à pilha de dívidas”. banking is anything but simple = trabalho de banco
é tudo menos simples, e complex activity = atividade
8. Resposta: Letra A. complexa.
Skittish significa relutante, nervoso, tímido ou espiri-
tuoso (o texto inteiro fala da repulsa da Geração Y em 17. Resposta: Letra D.
relação aos cartões de créditos). Can está sendo usado no sentido de possibilidade, o
que o possibilita ser substituído por ‘may’.
9. Resposta: E.
(lines 13-15) “De acordo com o Bureau of Labor Sta- 18. Resposta: Letra B.
tistics, a Grande Recessão levou os milenares a des- Note a expressão: Present an overview (apresentar
viar de padrões históricos, quando se trata de comprar uma visão geral).
uma casa e ter filhos,... O texto cita todas as características, tanto as boas
Stray - extraviar, desviar quanto as ruins.
Deviate – desviar
19. Resposta: Errado.
10. Resposta: Letra C.
O texto fala sobre o oil shock, porém não especifica
No último parágrafo encontramos a opinião dos milena-
em que momento ele acontece, se foi antes ou depois
res sobre o cartão de crédito, que é o objetivo do texto.
da guerra do Afeganistão.
“O fato de que os milenares desconfiam de cartões de
crédito é provavelmente uma boa coisa a longo pra-
20. Resposta: Certo.
zo. Afinal de contas, não ter um cartão de crédito é a
maneira perfeita de ficar fora de dívidas de cartão de Na década de 1980, no entanto, o desempenho econô-
crédito. Mesmo que possa ser mais difícil construir um mico do Brasil era pobre em comparação com seu po-
histórico de crédito, sem cartões de crédito, a grande tencial. Produto Interno Bruto anual (PIB) crescimento
maioria dos milenares decidiram que o plástico sim- médio de apenas 1,5 por cento durante o período de
plesmente não vale a pena.” 1980 a 1993. Isso refletiu incapacidade da economia
para responder a eventos internacionais no final dos
11. Resposta: Errado anos 1970 e 1980: o segundo choque do petróleo,
Traduzindo a pergunta, t.emos: “O rápido crescimento o aumento real das taxas de juros internacionais, da
na população urbana tem ajudado o crescimento eco- América Latina crise da dívida externa e da conse-
nômico, mas também criou problemas para as gran- quente corte de crédito externo e do investimento di-
des cidades” tem a mesma significação que ‘Quanto reto estrangeiro. Esta falta de capacidade de resposta
maior e mais rápido cresce a população urbana, pro- refletida a política voltada para dentro Principalmente
blemas menos sérios são causados. ” Essa orientação já estava em vigor desde 1960.
As frases são conflitantes e não tem o mesmo signi-
ficado. 21. Resposta: Certo.
BANCO DO BRASIL

De acordo com o texto os “anos milagrosos” foram


12. Resposta: Errado. do final dos anos 60 ao início dos anos 70, o período
“Annual Gross Domestic Product (GDP) growth only militar durou de 64 até 85.
averaged 1.5 percent over the period from 1980 to
1993.”
Somando, temos 13 anos.

123
22. Resposta: Errado.
O que torna a questão errada é “More than 20%”. Es- CONHECIMENTOS BANCÁRIOS
taria certa se dissesse: 20% of Brazilian population..

23. Resposta: Certo 1. (CESGRANRIO – BANCO DO BRASIL – 2015) Sr. X é


The majority live in the south-central area, which inclu- cidadão brasileiro, possuindo bens, direitos e obrigações
des industrial cities such as São Paulo, Rio de Janeiro no Brasil, bem como atividades negociais no exterior. Por
and Belo Horizonte. força de suas atividades empresariais, ele possui um car-
tão de crédito ilimitado, com validação fora do país, emi-
24. Resposta: Certo tido por instituição financeira transnacional com autori-
“With an estimated 167 million inhabitants, Brazil has zação para atuar no país. Em determinado momento, as
the largest population in Latin America and ranks sixth sociedades empresariais das quais participa não atingem
in the world.” as suas metas, gerando prejuízos. Apesar disso, o nível
dos seus gastos e transferências externos aumenta, o que
25. Resposta: Errado gera comunicação preventiva aos órgãos de controle.
Na questão temos: Rapid increase in the population of Nos termos da Lei no 9.613/1998, a comunicação em
bigger cities brought about economical development resposta à requisição do órgão competente ocorrerá por
together with minor problems. meio da
Rápido aumento da população das grandes cidades
trouxe desenvolvimento econômico juntamente com a) seção de auditoria
problemas menores. b) gerência especial
No texto temos: Rapid growth in the urban population c) área de inteligência
has aided economic development but also created se- d) responsável financeira
rious problems for major cities. e) matriz no Brasil
O rápido crescimento na zona urbana população tem
ajudado, mas o desenvolvimento econômico também 2. (CESGRANRIO – BANCO DO BRASIL – 2015) Sr. X é
criou graves problemas para as principais cidades. gerente de uma agência bancária. Ele recebe o cliente,
Sr. W, conhecido empresário do ramo da construção ci-
26. Resposta: Certo. vil, com inúmeras aplicações financeiras na agência. Com
De acordo com o texto: Rapid growth in the urban o passar do tempo, gerente e cliente tornam-se amigos
population has aided economic development but also e confidentes. Em determinado dia, o empresário lhe
created serious problems for major cities. confidencia ter recebido uma proposta de um conheci-
O rápido crescimento da população urbana ajudado do para legalizar valores que ele recebia, sem declarar à
Desenvolvimento Econômico criou sérios problemas, Receita Federal, e que adviriam de atividades não auto-
mas também para as grandes cidades. rizadas pela lei.
A ordem foi apenas invertida. Diante desse fato, o gerente adverte seu cliente de que,
caso acolhesse a proposta, estaria realizando, em termos
27. Resposta: Certo. de lavagem de dinheiro, o que caracteriza a etapa de
No ano de 1994 existiram meses com inflação a 50%,
ou seja, mais de 1% ao dia. a) ocultação
b) conclusão
28. Resposta: Errado. c) multiplicação
No texto diz que a Constituição de 1988 introduziu d) integração
mais rigidez para o orçamento e para os gastos pú- e) manutenção
blicos.
3. (CESGRANRIO – BANCO DO BRASIL – 2015) Sr. Q é
diretor executivo do Banco LX & T, tendo sido designado
para ser responsável pela implementação das medidas
previstas na Circular do Bacen no 3.461/2009, bem como
pelas comunicações aos órgãos nela indicados para a
prevenção da lavagem de dinheiro. Não sendo a insti-
tuição integrante de um conglomerado financeiro, não
poderá o diretor, nos termos da citada Circular, exercer
função relativa à
BANCO DO BRASIL

a) gerência de contas de pessoas jurídicas


b) comissão governamental
c) avaliação de recursos humanos
d) administração de recursos de terceiros
e) participação em entes associativos

124
4. (CESGRANRIO – BANCO DO BRASIL – 2015) Admi- 6. (CESGRANRIO – BANCO DO BRASIL – 2015) Ao
ta que um empresário brasileiro, acionista majoritário de conceder uma fiança bancária a determinado cliente, um
uma empresa em situação pré-falimentar, venha a ser banco garante o cumprimento de uma obrigação pelo
acusado pelos acionistas minoritários de uso de infor- cliente, mediante uma remuneração. A fiança bancária
mação privilegiada e manipulação de preços das ações
negociadas na Bolsa de Valores, Mercadorias e Futuros a) não precisa ser aprovada pela área de crédito dos ban-
de São Paulo (BM&F Bovespa). O órgão responsável pelo cos.
eventual julgamento do processo administrativo contra b) é proibida pelo Banco Central do Brasil no caso de
o empresário é o(a) operações que não tenham perfeita caracterização do
valor em moeda nacional.
a) Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) c) tem remuneração limitada à taxa de juros de referência
b) Bolsa de Valores, Mercadorias e Futuros de São Paulo da economia.
(BM&F Bovespa) d) não é utilizada nas negociações registradas na Bolsa
c) Supremo Tribunal Federal (STF) de Mercadorias e Futuro.
d) Supremo Tribunal de Justiça (STJ) e) é uma operação de crédito e, portanto, sujeita ao Im-
e) Comissão de Valores Mobiliários (CVM) posto sobre Operações Financeiras (IOF).

5. (CESGRANRIO – BANCO DO BRASIL – 2015) Um 7. (CESGRANRIO – BANCO DO BRASIL – 2015) Uma


cliente interessado na compra de um imóvel próprio en- cliente bancária está decidida a contratar um plano de
contra, entre outras, as seguintes informações no website previdência privada para si. No entanto, ela está em dú-
do Banco do Brasil: vida se seu perfil está mais adequado ao “Plano Gerador
de Benefício Livre” – PGBL ou ao “Vida Gerador de Bene-
• Percentual máximo financiável: até 90% do valor do fício Livre” - VGBL.
imóvel, baseado no menor dos seguintes valores: avalia- Sabendo que a cliente é solteira e que sempre estará
isenta de imposto de renda, a escolha adequada seria o
ção ou compra e venda;
• Forma de pagamento: débito em conta corrente;
a) PGBL, pois ela não conta com a vantagem fiscal do
• Prazo máximo: financiamento em até 420 meses (35
VGBL.
anos);
b) VGBL, pois ela não conta com a vantagem fiscal do
• Tipos de imóvel: novo ou usado; residencial ou comer-
PGBL.
cial; edificado em alvenaria; localizado em área urbana;
c) PGBL, pois ela declara seu imposto de renda no mode-
• Garantia: alienação fiduciária do imóvel.
lo simplificado.
Disponível em: <http://www.bb.com.br/portalbb/
d) PGBL, pois ela declara seu imposto de renda no mo-
page44, 116,2117,1,0,1,1.bb?codigoMenu=172&codigo
delo completo.
Noticia= 9518&codigoRet=184&bread=5>. Acesso em:
e) VGBL, pois ela declara seu imposto de renda no mo-
01 ago. 2015. Adaptado. delo completo.
A garantia informada 8. (CESGRANRIO – BANCO DO BRASIL – 2015) Perio-
dicamente, o Banco Central do Brasil determina, nas reu-
a) concede ao devedor a propriedade do imóvel, asse- niões de seu Comitê de Política Monetária (Copom), o(a)
gurada por registro em cartório logo depois do paga-
mento da primeira prestação. a) valor máximo do volume de operações de compra e
b) é um tipo de garantia, tal como a fiança, baseada na venda de títulos públicos pelo sistema bancário bra-
confiança. sileiro.
c) possui o mesmo teor legal da hipoteca, já que propor- b) quantidade de papel moeda e moeda metálica em cir-
ciona ao credor o direito de reaver o imóvel em caso culação, dentro dos limites autorizados pelo Conselho
de inadimplência do devedor, depois de finalizado o Monetário Nacional.
processo judicial. c) valor máximo de todas as formas de crédito no país.
d) possibilita ao credor, diferentemente da hipoteca, d) valor máximo do fluxo de entrada no país de capitais
executar o bem sob garantia sem que seja necessário financeiros vindo do exterior.
recorrer ao poder judiciário, caso o devedor se torne e) taxa de juros de referência para as operações de um
irremediavelmente inadimplente. dia com títulos públicos.
e) permite que o credor coloque o imóvel em leilão pú-
blico em caso de inadimplência do devedor, ficando 9. (CESGRANRIO – BANCO DO BRASIL – 2015) Uma
aquele obrigado a repassar à União eventuais diferen- das medidas adotadas para mitigar os efeitos da crise
ças, quando houver, entre o valor arrecadado e o valor financeira de 2008 foi a ampliação do acesso ao crédito,
da dívida. aumentando, com isso, ainda mais, o papel dos bancos
BANCO DO BRASIL

no desenvolvimento do país. O Crédito Direto ao Consu-


midor (CDC)

A. é um empréstimo pessoal de operação não vinculada


à aquisição de bens ou serviços.
B. exclui as compras no cartão de crédito.

125
C. é um crédito concedido através de bancos e institui- b) crédito automático até certo limite para os possuido-
ções financeiras para aquisição de bens. res de cartão.
D. é um empréstimo descontado diretamente na folha c) aumento da demanda de papel moeda pelos possui-
de pagamento. dores de cartão, para pagamento de suas transações.
E. possui um prazo mínimo de 2 anos para o vencimento. d) aumento da segurança da transação, tanto para o
comprador quanto para o vendedor.
a) uma operação de CDC pode ter vinculo – se uso o e) indução ao crescimento de vendas para os estabeleci-
dinheiro do credito para comprar uma moto, existe aí mentos credenciados.
um vinculo.
b) não há nenhum nexo na relação 14. (CESGRANRIO – BANCO DO BRASIL – 2014) Uma
c) não se trata APENAS de bens, como a própria alterna- desvalorização cambial da moeda brasileira (real) frente à
tiva A indica, pode ser para aquisição de BENS e SER- moeda norte-americana (dólar), implica a(o)
VIÇOS.
d) não se trata de credito consignado para ser desconta- a) diminuição do número de reais necessários para com-
do em folha de pagamento. prar um dólar
e) comercialmente não tem como impedir que eu adqui- b) diminuição do estoque de dólares do Banco Central
re um credito e não possa paga-lo em tempo inferior. do Brasil
c) diminuição do preço em reais de um produto impor-
10. (CESGRANRIO – BANCO DO BRASIL – 2015) O Ban- tado dos EUA
co Central do Brasil tem por objetivo zelar pela liquidez d) estímulo às exportações brasileiras para os EUA
da economia. A liquidez é um atributo de um ativo que e) aumento das cotações das ações das empresas impor-
deve, em maior ou menor grau, conservar valor ao longo tadoras na bolsa de valores
do tempo e ser capaz de liquidar dívidas. Sendo a moeda
um ativo líquido, o Banco Central do Brasil interfere na 15. (CESGRANRIO – BANCO DO BRASIL – 2014) Tradi-
liquidez da economia quando
cionalmente, o rendimento da Caderneta de Poupança
sempre foi determinado pela variação da TR (Taxa Refe-
a) as reservas monetárias estão baixas.
rencial) mais juros de 0,5% ao mês. Entretanto, os depó-
b) os empréstimos excedem as reservas bancárias.
sitos realizados a partir de 04/05/2012 têm rendimento
c) a inflação está acima do esperado.
vinculado à meta da taxa Selic.
d) o balanço comercial está equilibrado.
Desde então, se esta meta for igual ou menor que 8,5%
e) os empréstimos excedem os depósitos à vista.
ao ano, os juros da Caderneta de Poupança são
11. (CESGRANRIO – BANCO DO BRASIL – 2014) A Co-
missão de Valores Mobiliários (CVM) é um órgão que a) aumentados para 130% da Selic
regula e fiscaliza o mercado de capitais no Brasil, sendo b) aumentados para 130% da Selic mais a TR
c) aumentados para 100% da Selic
a) subordinada ao Banco Central do Brasil d) reduzidos para 70% da Selic
b) subordinada ao Banco do Brasil e) reduzidos para 70% da Selic mais a TR
c) subordinada à Bolsa de Valores de São Paulo (BOVESPA)
d) independente do poder público 16. (CESGRANRIO – BANCO DO BRASIL – 2014) O Pla-
e) vinculada ao poder executivo (Ministério da Fazenda) no Gerador de Benefícios Livres (PGBL) é uma aplicação
que tem como objetivo a complementação da aposen-
12. (CESGRANRIO – BANCO DO BRASIL – 2014) O tadoria do seu investidor. Pode-se dizer que o PGBL é
Banco Central do Brasil é um órgão do Subsistema Nor- bom para o empregado que possui renda tributável e
mativo do Sistema Financeiro Nacional. Ele determina, declara o imposto de renda no modelo completo, pois ao
periodicamente, a taxa de juros de referência para as investir num PGBL, tem-se restituído o Imposto de Renda
operações de um dia com títulos públicos, via atuação (IR) retido na fonte pelo empregador sobre o valor da
de seu(sua) aplicação. Como a tributação do PGBL ocorre no resgate
sobre o(s) seu(s)
a) Comitê de Estabilidade Financeira (COMEF)
b) Comitê de Política Monetária (COPOM) a) rendimentos, o IR é postergado, mas não há a sua
c) Conselho Monetário Nacional (CMN) isenção.
d) Conselho de Administração b) rendimentos, o IR é diferido, mas não há a sua isenção.
e) Câmara de Compensação de cheques e outros papéis c) rendimentos, há isenção do IR.
d) valor integral, o IR é adiado, mas não há a sua isenção.
13. (CESGRANRIO – BANCO DO BRASIL – 2014) Os e) valor integral, há isenção do IR.
BANCO DO BRASIL

cartões de crédito são, às vezes, chamados de “dinheiro


de plástico”. Seu uso crescente como meio de pagamen-
to implica vários aspectos, EXCETO o(a)

a) ganho sobre a inflação para os possuidores de cartão,


sendo os valores das compras pagos apenas no ven-
cimento do cartão.

126
17. (CESGRANRIO – BANCO DO BRASIL – 2014) A so- 20. (CESGRANRIO – BANCO DO BRASIL – 2014) O
ciedade empresária W & Z Ltda. pretende expandir a sua combate à lavagem de dinheiro tem se disseminado no
atuação e, para tal fito, necessita de numerário, uma vez mundo, tendo o rápido desenvolvimento de sofisticadas
que seu capital disponível não lhe permite corporificar organizações criminosas que utilizam o sistema finan-
seu crescimento. Nessa linha, inventaria os seus bens ceiro para legitimar as suas atuações originariamente
desembaraçados disponíveis e apresenta proposta de ilícitas. De acordo com a Lei Federal no 9.613/1998, o
empréstimo bancário com as garantias que enumera no crime de lavagem, atualmente, caracteriza-se, entre ou-
documento que entrega ao gerente do Banco onde tem tras ações, por ocultar valores decorrentes de atos con-
suas operações financeiras. O gerente sugere que a ga- substanciados como
rantia seja concretizada por penhor mercantil e apresen-
ta os contratos necessários, previamente aprovados pelo a) infrações administrativas
setor jurídico, e indica que o numerário será disponibili- b) infrações penais
zado em até vinte e quatro horas após a formalização do c) multas mobiliárias
negócio. d) sanções do Banco Central
Nos termos do Código Civil, prometendo pagar em di- e) ilícitos civis
nheiro a dívida que garante com penhor mercantil, o de-
vedor poderá emitir, em favor do credor, 21. (CESGRANRIO – BANCO DO BRASIL – 2013) No
Brasil, a condução e a operação diárias da política mone-
a) cheque especial tária, com o objetivo de estabilizar a economia, atingin-
b) letra de câmbio própria do a meta de inflação e mantendo o sistema financeiro
c) debênture comercial funcionando adequadamente, são uma responsabilidade
d) carta de crédito pignoratícia do(a)
e) cédula do respectivo crédito
a) Caixa Econômica Federal
18. (CESGRANRIO – BANCO DO BRASIL – 2014) Sr. b) Comissão de Valores Mobiliários
X é concitado por Sr. Y a atuar como avalista em título c) Banco do Brasil
de crédito no qual Sr. Y é devedor. Dado o alto grau de d) Banco Central do Brasil
amizade entre os dois, o ato é praticado. Algum tem- e) Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e So-
po depois, Sr. X recebe comunicação de que pende de cial
pagamento a dívida resultante do aval. Diversas dúvidas
acudiram ao avalista que, consultando profissional espe- 22. (CESGRANRIO – BANCO DO BRASIL – 2013) O
cializado em títulos de crédito, assentou que o seu dever Conselho Monetário Nacional (CMN) é a entidade máxi-
de pagamento estaria relacionado a ma do sistema financeiro brasileiro, ao qual cabe

a) obrigações portadas por devedor, mesmo ilíquidas a) intervir diretamente nas instituições financeiras ilíqui-
b) cláusulas contratuais estipuladas em desfavor do de- das.
vedor b) apurar e anunciar mensalmente a taxa de inflação ofi-
c) títulos de crédito derivados do original cial.
d) obrigação líquida constante do título c) autorizar a emissão de papel-moeda.
e) estoque de débito do avalizado junto ao credor d) fixar periodicamente a taxa de juros interbancária.
e) aprovar o orçamento do setor público federal.
19. (CESGRANRIO – BANCO DO BRASIL – 2014) Sr. G
resolve abrir conta corrente no Banco Y e, para isso, ou- 23. (CESGRANRIO – BANCO DO BRASIL – 2013) O Sis-
torga procuração para Sra. H, sua amiga, que se dirige à tema Financeiro Nacional é composto de dois grandes
agência mais próxima para formalizar o ato. Após longos subsistemas: Subsistema Normativo e Subsistema de
anos de relacionamento exclusivamente com o procura- Intermediação. Tendo em vista essa classificação, fazem
dor, o gerente do Banco recebe recomendação dos seus parte do Subsistema
superiores hierárquicos de contatar todos os correntistas
representados por terceiros. Diante disso, solicita à Sra. a) de Intermediação o Banco Central do Brasil e o Banco
H contato pessoal com Sr. G, o que vem a ser negado, do Brasil.
tendo em vista que o titular da conta não mantém rela- b) de Intermediação os Comitês de Política Monetária
ções com estranhos, nessa categoria incluído o gerente (Copom) dos bancos comerciais.
de sua conta corrente. Diante dessa negativa, é indicado c) Normativo o Banco Central do Brasil e o Banco do Bra-
ao gerente o enquadramento da atuação de Sr. G e Sra. sil.
H, nos termos da Carta-Circular BACEN no 3.542/2012, d) Normativo o Banco Nacional de Desenvolvimento Eco-
no concernente a situações relacionadas com nômico e Social e a Comissão de Valores Mobiliários.
BANCO DO BRASIL

e) de Intermediação as Bolsas de Valores e de Mercado-


a) movimentação de contas rias e Futuros atuantes no Brasil.
b) cartões de pagamento
c) dados cadastrais de clientes
d) operações de investimento interno
e) operações de crédito no País

127
24. (CESGRANRIO – BANCO DO BRASIL – 2013) Nos c) total resgatado ou recebido como renda
termos da circular no 3.542/2012, NÃO está inserida nas d) total de rendimentos bruto na data da aplicação
hipóteses de controle de situações relacionadas com ati- e) valor da aplicação inicial
vidades internacionais a
28. (CESGRANRIO – BANCO DO BRASIL – 2013) Atu-
a) existência de recursos pertencentes ou controlados, almente, as instituições financeiras oferecem aos seus
direta ou indiretamente, por pessoas que reconheci- clientes diversos tipos de investimentos, dentre os quais
damente tenham cometido atos terroristas. está o investimento em ações de companhias abertas
b) realização de transferências unilaterais que, pela habi- que podem ser negociadas na Bolsa de Valores. A carac-
tualidade, valor ou forma, não se justifiquem ou apre- terística mais atrativa do investimento em ações é a
sentem atipicidade.
c) utilização de operações complexas e com custos mais a) possibilidade de ganhos superiores aos oferecidos em
elevados que visem a dificultar o rastreamento dos fundos de investimento
recursos ou a identificação da natureza da operação. b) isenção de imposto sobre operações financeiras no
d) realização de pagamentos de importação e recebimen- ato de negociação das ações
tos de exportação, antecipados ou não, por empresa c) baixa probabilidade de perdas financeiras
sem tradição ou cuja avaliação econômico-financeira d) alta probabilidade de perdas financeiras
seja incompatível com o montante negociado. e) isenção de imposto de renda
e) realização de pagamentos a terceiros não relacionados
a operações de importação ou de exportação. Alternativa E – essa isenção é em caso específico (Pessoa
física que venda até R$ 20.000,00 no mês)
25. (CESGRANRIO – BANCO DO BRASIL – 2013) Um
gerente participa de processo de treinamento sobre tí- 29. (CESGRANRIO – BANCO DO BRASIL – 2013) Os tí-
tulos de créditos e garantias do Sistema Financeiro Na- tulos de capitalização são emitidos pelas sociedades de
cional. capitalização e têm por objeto o depósito periódico de
Durante a avaliação dos itens abordados no treinamen- prestações pecuniárias pelo contratante, o qual terá, de-
to, o gerente, que se dedicou com afinco aos estudos, pois de cumprido o prazo contratado, os direitos de con-
responde, apropriadamente, que o aval, nos termos do correr a sorteio de prêmios em dinheiro e o de
Código Civil,
a) resgatar o valor do título mediante lance em leilões
a) gera direito de regresso contra o avalizado em caso de periódicos.
pagamento pelo avalista. b) resgatar parte dos valores depositados corrigidos por
b) é garantia típica dos contratos bancários. uma taxa de juros.
c) pode ser parcial quando firmado em título de crédito. c) aplicar parte dos recursos em ações das bolsas de va-
d) pode ser considerado até declaração judicial quando lores.
cancelado. d) concorrer a imóveis nos feirões da casa própria.
e) deve ser subscrito exclusivamente no anverso do tí- e) concorrer a prêmios em barras de ouro.
tulo.
30. (CESGRANRIO – BANCO DO BRASIL – 2013) O mer-
26. (CESGRANRIO – BANCO DO BRASIL – 2013) Um cado de seguros é cada vez mais crescente no Brasil. As
bancário, almejando promoção na carreira, realiza diver- seguradoras oferecem uma gama diferenciada de produ-
sos cursos propostos pelo seu empregador. tos e subprodutos para atender a essa grande demanda.
Ao final de um desses cursos, foi apresentada uma ques- O seguro de acidentes pessoais, por exemplo, garante o
tão exigindo do aluno o conhecimento de que a hipoteca pagamento de indenização em caso de

a) é inaplicável sobre as acessões do imóvel hipotecado. a) colisão do automóvel do segurado com veículos de
b) é relacionada aos títulos de crédito documentados. terceiros, desde que esteja estipulado na apólice.
c) acarreta a proibição de alienação do imóvel hipote- b) perda total do veículo sem danos ao segurado, desde
cado. que especificado na apólice.
d) pode incidir sobre navios e aeronaves. c) paralisação das atividades laborais do segurado du-
e) pode ser realizada por pessoa absolutamente incapaz. rante o período de uma eventual internação hospitalar
causada por doença crônica.
27. (CESGRANRIO – BANCO DO BRASIL – 2013) Os d) invalidez permanente, total ou parcial, por acidente,
planos de previdência PGBL (Plano Gerador de Benefício ou indenização ao beneficiário em caso de falecimen-
Livre) e VGBL (Vida Gerador de Benefício Livre) são pro- to do segurado.
dutos de Previdência Complementar que visam à acumu- e) incêndio, enchente ou qualquer outro tipo de fenôme-
BANCO DO BRASIL

lação de recursos e à transformação de tais recursos em no climático que danifique a residência do segurado.
uma renda futura. Na modalidade PGBL, o imposto de
renda incide sobre o

a) ganho das aplicações financeiras


b) valor futuro calculado para a data do resgate

128
31. (CESGRANRIO – BANCO DO BRASIL – 2013) O 35. (CESGRANRIO – BANCO DO BRASIL – 2013) O Fun-
Banco do Brasil é considerado um agente financeiro es- do Garantidor de Crédito foi criado para, dentre outras
pecial do Governo Federal, devido a algumas atividades finalidades, proteger depositantes e investidores no âm-
que desempenha, como a(o) bito do sistema financeiro, até os limites estabelecidos
pela regulamentação. Tal fundo é pessoa jurídica carac-
a) seguro de bens imóveis terizada como
b) fiança bancária para investidores em bolsa
c) execução da política de preços mínimos de produtos a) sociedade por ações
agropecuários b) sociedade de economia mista
d) extensão de crédito direto ao consumidor c) autarquia especial
e) concessão de cartões de crédito ao público d) associação civil
e) empresa financeira
32. (CESGRANRIO – BANCO DO BRASIL – 2013) O Co-
mitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central do 36. (CESGRANRIO – BANCO DO BRASIL – 2012) O Sis-
Brasil estabelece as ações que definem a política mone- tema Financeiro Nacional é formado por um conjunto de
tária do governo. O Copom instituições voltadas para a gestão da política monetária
do Governo Federal, cujo órgão deliberativo máximo é o
a) administra as reservas em divisas internacionais do Conselho Monetário Nacional. As funções do Conselho
Brasil. Monetário Nacional são
b) determina periodicamente a taxa de juros interbancá-
rios de referência, a taxa Selic. a) assessorar o Ministério da Fazenda na criação de polí-
c) é presidido pelo Ministro da Fazenda. ticas orçamentárias de longo prazo e verificar os níveis
d) impõe limites mínimos de capitalização aos bancos de moedas estrangeiras em circulação no país.
comerciais. b) definir a estratégia da Casa da Moeda, estabelecer o
equilíbrio das contas públicas e fiscalizar as entidades
e) impede a entrada de capitais financeiros especulativos
políticas.
no país.
c) estabelecer as diretrizes gerais das políticas monetária,
cambial e creditícia; regular as condições de consti-
33. (CESGRANRIO – BANCO DO BRASIL – 2013) O
tuição, funcionamento e fiscalização das instituições
poder regulatório e fiscalizador da Comissão de Valores
financeiras e disciplinar os instrumentos das políticas
Mobiliários (CVM) se estende a várias entidades e ativi-
monetária e cambial.
dades. NÃO constituem uma dessas entidades ou ativi-
d) fornecer crédito a pequenas, médias e grandes em-
dades presas do país, e fomentar o crescimento da econo-
mia interna a fim de gerar um equilíbrio nas contas
a) os Sistemas de Compensação de Títulos Públicos Fe- públicas, na balança comercial e, consequentemente,
derais – Selic na política cambial.
b) os Mercados de Balcão Organizados de Valores Mo- e) secretariar e assessorar o Sistema Financeiro Nacio-
biliários nal, organizando as sessões deliberativas de crédito e
c) as Bolsas de Mercadorias e Futuros mantendo seu arquivo histórico.
d) as Auditorias de Companhias Abertas
e) as Entidades de Compensação e Liquidação de Valores 37. (CESGRANRIO – BANCO DO BRASIL – 2012) Cada
Mobiliários instituição do Sistema Financeiro Nacional desempenha
funções de fundamental importância para o equilíbrio e
34. (CESGRANRIO – BANCO DO BRASIL – 2013) Nos o bom funcionamento do sistema como um todo. A fun-
termos da Lei de regência, cabe ao Conselho Monetá- ção de assegurar o funcionamento eficiente e regular dos
rio Nacional determinar recolhimento de determinado mercados de Bolsa e de Balcão é da
percentual do total dos depósitos e/ou outros títulos
contábeis das instituições financeiras, seja na forma de a) Casa da Moeda
subscrição de letras ou obrigações do Tesouro Nacional, b) Caixa Econômica Federal
seja na compra de títulos da Dívida Pública Federal, ou c) Comissão de Valores Mobiliários (CVM)
ainda, através de recolhimento em espécie. Esse percen- d) Secretaria da Receita Federal
tual corresponderá a até e) Superintendência de Seguros Privados (Susep)

a) 60% 38. (CESGRANRIO – BANCO DO BRASIL – 2012) De


b) 50% acordo com a Lei no 4.595/1964, as Cooperativas de Cré-
c) 20% dito são equiparadas às demais instituições financeiras, e
d) 30% seu funcionamento deve ser autorizado e regulado pelo
BANCO DO BRASIL

e) 40% Banco Central do Brasil. O principal objetivo de uma Co-


operativa de Crédito é a

a) concessão de cartas de crédito, que estejam vinculadas


a títulos do Governo Federal, às demais instituições
financeiras.

129
b) fiscalização das operações de crédito realizadas pelas 42. (CESGRANRIO – BANCO DO BRASIL – 2012) No
demais instituições financeiras. mercado financeiro, além dos bancos, existem outras
c) prestação de assistência creditícia e de serviços de na- instituições que podem realizar transações financeiras.
tureza bancária a seus associados, em condições mais Entre elas, estão as Sociedades de Fomento Mercantil,
favoráveis que as praticadas pelo mercado. que prestam o serviço de compra de direitos de um con-
d) prestação do serviço de proteção ao crédito ao merca- trato de venda mercantil, como, por exemplo, a compra
do financeiro, atuando principalmente como um Fun- de duplicatas de uma empresa mediante um deságio. No
do Garantidor de Crédito. mercado financeiro, essa operação é denominada
e) regulamentação da prestação do serviço de concessão
de crédito, realizado por pessoas físicas associadas a a) Aval bancário
uma determinada instituição financeira. b) Hot Money
c) Leasing
39. (CESGRANRIO – BANCO DO BRASIL – 2012) O mer- d) Factoring
cado de seguros surgiu da necessidade que as pessoas e) Finança bancária
e as empresas têm de se associar para suportar coletiva-
mente suas perdas individuais. Foram criadas, então, as 43. (CESGRANRIO – BANCO DO BRASIL – 2012) Os
seguradoras, as corretoras de seguro, além de algumas bancos comerciais são o tipo de instituição financeira
instituições encarregadas não só de fixar normas e polí- que mais realizam movimentação monetária em número
ticas, mas também de regular e fiscalizar esse mercado. de transações, devido ao grande número de instituições
Com o surgimento de tal necessidade, qual instituição e clientes. Dentre os tipos de captação de recursos dos
foi criada para, além de fiscalizar as seguradoras e corre- clientes, os bancos possuem um tipo de captação conhe-
toras, também regulamentar as operações de seguro, fi- cida como “captação a custo zero”, realizada por meio
xando as condições da apólice e dos planos de operação das contas-correntes dos clientes. O tipo de operação
e valores de tarifas? em que são realizadas entradas de dinheiro em contas-
-correntes é denominado captação de
a) Seguradora Líder
b) Câmara Especial de Seguros a) clientes
c) Superintendência dos Seguros Privados b) dinheiro
d) Conselho Nacional de Seguros Privados c) depósitos à vista
e) Instituto de Resseguros do Brasil d) recursos a prazo
e) investimentos a curto prazo
40. (CESGRANRIO – BANCO DO BRASIL – 2012) As
instituições financeiras, controladas pelos Governos Es- 44. (CESGRANRIO – BANCO DO BRASIL – 2012) Atu-
taduais, que fornecem crédito de médio e longo prazos almente, o mercado financeiro oferece para as empresas
para as empresas de seus respectivos Estados são as(os) algumas modalidades de captação de recursos, algumas
delas sem a intermediação bancária. Com essa caracterís-
a) Caixas Econômicas tica, o título de crédito emitido pelas empresas visando
b) Cooperativas de Crédito à captação pública de recursos para o seu capital de giro
c) Sociedades Distribuidoras é denominado
d) Bancos Comerciais
e) Bancos de Desenvolvimento a) Factoring
b) Hot Money
41. (CESGRANRIO – BANCO DO BRASIL – 2012) As c) Export Note
seguradoras também se preocupam com os riscos que d) Commercial Paper
as cercam por conta da possibilidade de um colapso no e) Certificado de Depósito Bancário (CDB)
mercado ou, até mesmo, pela ocorrência simultânea de
muitos sinistros. Nesse sentido, para se aliviar parcial- 45. (CESGRANRIO – BANCO DO BRASIL – 2012) A
mente do risco de um seguro já feito, a companhia pode- oferta pública de ações representa uma das formas mais
rá contrair um novo seguro em outra instituição, através vantajosas que as Sociedades Anônimas ou Companhias
de uma operação denominada de Capital Aberto possuem para levantar recursos. Para a
realização dessa oferta de ações, tais empresas precisam
a) corretagem de seguro procurar uma instituição financeira do mercado de capi-
b) resseguro tais. Como é denominada a operação de venda dos lotes
c) seguro de incêndio de ações, realizada por essas instituições financeiras no
d) seguro de veículos mercado de capitais?
e) seguro de vida
BANCO DO BRASIL

a) Emissão de Debêntures
b) Securitização
c) Warrants
d) Vendor Finance
e) Underwriting (Subscrição)

130
46. (CESGRANRIO – BANCO DO BRASIL – 2012) O c) Home Office Banking
mercado cambial é o segmento financeiro em que ocor- d) Internet Banking
rem operações de negociação com moedas internacio- e) Remote Banking
nais. A operação que envolve compra e venda de moedas
estrangeiras em espécie é denominada 51. (CESGRANRIO – BANCO DO BRASIL – 2012) De-
vido à grande exposição ao risco de crédito, os bancos
a) câmbio manual precisam utilizar meios para garantir suas operações e
b) câmbio sacado salvaguardar seus ativos. Qual o tipo de operação que
c) exportação garante o cumprimento de uma obrigação na compra de
d) importação um bem a crédito, em que há a transferência desse bem,
e) transferência móvel ou imóvel, do devedor ao credor?

47. (CESGRANRIO – BANCO DO BRASIL – 2012) No a) Hipoteca


mercado financeiro, os derivativos são instrumentos que b) Fiança bancária
dependem do valor de um outro ativo, tido como ativo c) Alienação fiduciária
de referência. Em relação aos derivativos, os contratos d) Penhor
que preveem a troca de obrigações de pagamentos pe- e) Aval bancário
riódicos ou fluxos de caixa futuros, por um certo período
de tempo, são denominados contratos de 52. (CESGRANRIO – BANCO DO BRASIL – 2012) Den-
tre os principais papéis privados negociados no mercado
a) futuro financeiro estão as letras de câmbio, que são emitidas
b) hedge pelos financiados dos contratos de crédito e aceitas pelas
c) opções instituições financeiras participantes da operação. Poste-
d) swaps riormente, elas são vendidas a investidores, por meio dos
e) termo mecanismos de intermediação do mercado financeiro.
Nesse sentido, as letras de câmbio se caracterizam como
48. (CESGRANRIO – BANCO DO BRASIL – 2012) Atu- títulos
almente, os bancos possuem diversos tipos de produtos
para financiar as relações comerciais, desde as realizadas a) emitidos por instituições que atuam com crédito imo-
por microempresas até as realizadas por grandes empre- biliário.
sas. Qual é o nome da operação realizada quando pe- b) transferíveis por meio de endosso, que podem ser pré-
quenas indústrias vendem para grandes lojas comerciais
-fixados ou pós-fixados.
e estas procuram os bancos para dilatar o prazo de pa-
c) lastreados em ações ordinárias, podendo ser lançados
gamento mediante a retenção de juros?
no exterior.
d) nominativos, com renda fixa e prazo determinado de
a) Compror Finance
vencimento.
b) Vendor Finance
e) ao portador e com limite de valor definido pelo pro-
c) Capital de Giro
d) Contrato de Mútuo prietário.
e) Crédito Rotativo
53. (CESGRANRIO – BANCO DO BRASIL – 2012) A la-
49. (CESGRANRIO – BANCO DO BRASIL – 2012) Nos vagem de dinheiro é uma das ações realizadas para ten-
dias de hoje, o uso do “dinheiro de plástico” está supe- tar tornar lícito um dinheiro proveniente de atividades
rando cada vez mais outras modalidades de pagamento, ilícitas.
que, com o passar dos anos, estão ficando obsoletas. Um Para ajudar na prevenção e combate a esse tipo de crime,
tipo de “dinheiro de plástico” muito utilizado no comér- a Lei no 9.613/1998, dentre outras ações, determina que
cio de rua é o as instituições financeiras devem

a) cartão cidadão a) identificar seus clientes e manter o cadastro atualizado.


b) cartão de crédito b) identificar as cédulas de dinheiro, mantendo seu regis-
c) cartão de senhas tro atualizado.
d) talão de cheques c) instalar portas eletrônicas com detector de metais.
e) internet banking d) instalar câmeras nos caixas eletrônicos.
e) proibir o uso de telefone celular nas agências bancárias.
50. (CESGRANRIO – BANCO DO BRASIL – 2012) Com o
crescente avanço tecnológico, está cada vez mais fácil re- 54. (CESGRANRIO – BANCO DO BRASIL – 2010) O Sis-
alizar operações bancárias sem que se precise ir pessoal- tema Financeiro Nacional (SFN) é constituído por todas
BANCO DO BRASIL

mente a uma agência. Que nome se dá ao tipo de acesso as instituições financeiras públicas ou privadas existentes
bancário realizado em terminais de computadores, caixas no país e seu órgão normativo máximo é o(a)
eletrônicos e bancos 24 horas?
a) Banco Central do Brasil.
a) Banco de Dados b) Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social.
b) Débito Automático c) Conselho Monetário Nacional.

131
d) Ministério da Fazenda. IV – Prover recursos financeiros para as sociedades do
e) Caixa Econômica Federal. mercado de seguros, previdência privada aberta e capi-
talização por meio de aporte de capital, quando neces-
55. (CESGRANRIO – BANCO DO BRASIL – 2010) A Co- sário.
missão de Valores Mobiliários (CVM) é uma autarquia li- V – Disciplinar e acompanhar os investimentos das en-
gada ao Poder Executivo que atua sob a direção do Con- tidades do mercado de seguros, previdência privada
selho Monetário Nacional e tem por finalidade básica aberta e capitalização, em especial os efetuados em bens
garantidores de provisões técnicas.
a) normatização e controle do mercado de valores mo-
biliários. São atribuições da SUSEP APENAS
b) compra e venda de ações no mercado da Bolsa de
Valores. a) I, II e IV.
c) fiscalização das empresas de capital fechado. b) I, II e V.
d) captação de recursos no mercado internacional c) III, IV e V.
e) manutenção da política monetária. d) I, II, III e IV.
e) II, III, IV e V.
56. (CESGRANRIO – BANCO DO BRASIL – 2010) O SE-
LIC – Sistema Especial de Liquidação e Custódia – foi de- 59. (CESGRANRIO – BANCO DO BRASIL – 2010) Os de-
senvolvido em 1979 pelo Banco Central do Brasil e pela pósitos à vista são os recursos captados dos clientes pe-
ANDIMA (Associação Nacional das Instituições do Mer- los bancos comerciais que, para facilitar livre movimen-
cado Aberto) com a finalidade de tação desses recursos, disponibilizam o serviço bancário
sem remuneração denominado
a) custodiar os títulos públicos e privados negociados no
mercado aberto antes de sua liquidação financeira. a) Certificado de Depósito Bancário (CDB).
b) liquidar financeiramente as ações negociadas no mer- b) conta corrente.
cado de Bolsa de Valores e custodiar os títulos públi- c) poupança.
cos. d) cartão de crédito.
c) regular e fiscalizar a atividade de liquidação e custódia e) fundo de investimento.
dos títulos públicos federais, exercida pelas institui-
ções financeiras. 60. (CESGRANRIO – BANCO DO BRASIL – 2010) Atual-
d) verificar e controlar o índice de liquidez dos títulos pú- mente os grandes bancos do mercado financeiro realizam
blicos e privados antes da sua custódia. desde as atividades mais simples, como o pagamento de
e) controlar e liquidar financeiramente as operações de um título, até as mais complexas, como as operações de
compra e venda de títulos públicos e manter sua cus- Corporate Finance, que envolvem a
tódia física e escritural.
a) realização de um contrato de câmbio para viabilizar as
57. (CESGRANRIO – BANCO DO BRASIL – 2010) A ope- exportações e as importações.
ração de antecipação de um recebimento, ou seja, venda b) realização de atividades corporativas no exterior.
de uma duplicata (crédito a receber) para uma sociedade c) gestão de ativos financeiros no segmento corporativo.
de fomento mercantil, mediante o pagamento de uma d) manutenção de contas-correntes de expatriados no
taxa percentual atrelada ao valor de face da duplicata, exterior.
constitui o e) intermediação de fusões, cisões, aquisições e incorpo-
rações de empresas.
a) leasing.
b) hot money. 61. (CESGRANRIO – BANCO DO BRASIL – 2010) A le-
c) spread. tra de câmbio é o instrumento de captação específico
d) factoring. das sociedades de crédito, financiamento e investimento,
e) funding. sempre emitida com base em uma transação comercial
e que, posteriormente ao aceite, é ofertada no mercado
58. (CESGRANRIO – BANCO DO BRASIL – 2010) A Su- financeiro. A letra de câmbio é caracterizada por ser um
perintendência de Seguros Privados (SUSEP) é o órgão título
responsável pelo controle e fiscalização do mercado de
seguros, previdência privada aberta e capitalização. Em a) ao portador, flexível quanto ao prazo de vencimento.
relação a esse órgão, considere as atribuições abaixo. b) nominativo, com renda fixa e prazo determinado de
vencimento.
I – Cumprir e fazer cumprir as deliberações do Conselho c) atrelado à variação cambial.
BANCO DO BRASIL

Nacional de Seguros Privados. d) negociável na Bolsa de Valores, com seu rendimento


II – Zelar pela defesa dos interesses dos consumidores atrelado ao dólar.
do mercado de seguros, previdência privada aberta e ca- e) pertencente ao mercado futuro de capitais, com renda
pitalização. variável e nominativo.
III – Regular e fiscalizar as operações de compra e venda
de ações e títulos públicos realizadas no mercado balcão.

132
62. (CESGRANRIO – BANCO DO BRASIL – 2010) Para b) rentabilidade das ações colocadas no mercado, res-
financiar suas necessidades de curto prazo, algumas em- ponsabilizando-se por devolver o dinheiro à empresa
presas utilizam linhas de crédito abertas com determi- emissora em caso de uma desvalorização repentina.
nado limite cujos encargos são cobrados de acordo com c) renovação da subscrição das ações colocadas no mer-
sua utilização, sendo o crédito liberado após a entrega cado e que não encontraram compradores interessa-
de duplicatas, o que garantirá a operação. dos.
Esse produto bancário é o d) oferta global das ações da empresa tanto no país
quanto no exterior, assumindo todos os riscos relacio-
a) Crédito Direto ao Consumidor (CDC). nados à oscilação de mercado.
b) empréstimo compulsório. e) prática de melhores esforços para revender o máximo
c) crédito rotativo. de uma emissão de ações para os seus clientes por um
d) capital alavancado. prazo determinado.
e) cheque especial.
66. (CESGRANRIO – BANCO DO BRASIL – 2010) O
63. (CESGRANRIO – BANCO DO BRASIL – 2010) A ope- mercado de câmbio envolve a negociação de moedas es-
ração bancária de vendor finance é a prática de financia- trangeiras e as pessoas interessadas em movimentar es-
mento de vendas com base no princípio da sas moedas. O câmbio manual é a forma de câmbio que

a) obtenção de receitas, que viabiliza vantagens para o a) pratica a importação e a exportação por meio de con-
cliente em uma transação comercial. tratos.
b) cessão de crédito, que permite a uma empresa vender b) pratica a troca de moeda estrangeira por uma mer-
seu produto a prazo e receber à vista o pagamento do cadoria.
Banco, mediante o pagamento de juros. c) envolve a compra e a venda de moedas estrangeiras
c) concentração do risco de crédito, que fica por conta em espécie.
da empresa compradora em troca de uma redução da d) envolve a troca de títulos ou documentos representa-
taxa de juros na operação do financiamento das ven- tivos da moeda estrangeira.
das. e) exerce a função de equilíbrio na balança comercial ex-
d) troca ou negociação de títulos de curto prazo por re- terna.
cebíveis de longo prazo, sem custos para ambas as
partes. 67. (CESGRANRIO – BANCO DO BRASIL – 2010) De-
e) retenção de crédito lastreado por títulos públicos e rivativos são instrumentos financeiros que se originam
vinculado a transações comerciais, garantindo ao ven- do valor de outro ativo, tido como ativo de referência.
dedor o recebimento total de sua duplicata. As transações com derivativos são realizadas no merca-
do futuro, a termo, de opções e swaps, entre outros. Os
64. (CESGRANRIO – BANCO DO BRASIL – 2010) Com swaps são
a finalidade de captação de recursos, muitas empresas
abrem seu capital e emitem ações para serem negocia- a) ativos garantidores de operações em moeda estran-
das no mercado primário ou secundário, dependendo da geira, adquiridos mediante a troca de ações, direitos e
ocasião da emissão das ações. A emissão de ações no obrigações entre duas partes.
mercado primário ocorre quando a b) ativos que podem ser comprados por uma empresa
investidora com o intuito de se proteger de uma even-
a) negociação é realizada no pregão da Bolsa de Valores. tual redução de preços de outro ativo da mesma car-
b) negociação das ações não se concretizou no mercado teira de investimento.
secundário. c) direitos adquiridos de comprar ou vender um ativo em
c) empresa emite ações para negociação somente com uma determinada data por preço e condições previa-
empresas do setor primário. mente acertados entre as partes envolvidas na nego-
d) empresa emite pela primeira vez ações para serem ne- ciação.
gociadas no mercado. d) acordos de compra e venda de ativos para serem en-
e) rentabilidade das ações não atingiu o patamar dese- tregues em uma data futura, a um preço previamente
jado. estabelecido, sem reajustes periódicos.
e) acordos entre duas partes que preveem a troca de
65. (CESGRANRIO – BANCO DO BRASIL – 2010) As obrigações de pagamentos periódicos ou fluxos de
operações de underwriting (subscrição) são praticadas caixa futuros por um certo período de tempo, obe-
pelos bancos de investimento que realizam a interme- decendo a uma metodologia de cálculo predefinida.
diação da distribuição de títulos mobiliários no mercado.
A Garantia Firme é um tipo de operação de underwriting 68. (CESGRANRIO – BANCO DO BRASIL – 2010) As
no qual a instituição financeira coordenadora da opera- Companhias ou Sociedades Anônimas podem ser clas-
BANCO DO BRASIL

ção garante a sificadas como abertas ou fechadas. São classificadas


como abertas quando
a) colocação dos lotes de ações a um determinado pre-
ço previamente pactuado com a empresa emissora, a) seu passivo está atrelado a opções de mercado futuro.
encarregando-se, por sua conta e risco, de colocá-lo b) seus principais ativos são ações de outras companhias
no mercado. de capital aberto.

133
c) sua estrutura de capital permite a entrada de sócios c) isenção de taxas e tarifas bancárias.
estrangeiros. d) isenção de imposto de renda.
d) suas ações são negociadas na Bolsa de Valores ou no e) maior rentabilidade oferecida.
mercado balcão.
e) suas ações são propriedade dos sócios fundadores e 72. (CESGRANRIO – ESCRITURÁRIO – BANCO DO
não estão à venda. BRASIL – 2018) No Brasil, a fixação das diretrizes e nor-
mas concernentes às políticas monetária, creditícia e
69. (CESGRANRIO – BANCO DO BRASIL – 2010) As cambial, é da competência do
operações de garantia bancária são operações em que
o banco se solidariza com o cliente em riscos por este a) Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão
assumidos. O aval bancário, por exemplo, é uma garantia b) Ministério da Fazenda
que gera c) Conselho Monetário Nacional
d) Banco Central do Brasil
a) obrigação assumida pelo Banco, a fim de assegurar o e) Banco do Brasil
pagamento de um título de crédito para um cliente.
b) obrigação solidária do Banco credor para com o seu 73. (CESGRANRIO – ESCRITURÁRIO – BANCO DO
cliente mediante a assinatura de um contrato de câm- BRASIL – 2014) Um banco possui dentre os seus clien-
bio. tes pessoas jurídicas classificadas como microempresas
c) direito real para o Banco em face ao seu cliente e se pela legislação própria.
constitui, pela tradição efetiva, em garantia de coisa Nesse caso, nos termos da Resolução CMN no 3.849/2010,
móvel passível de apropriação entregue pelo devedor. é necessário instituir Ouvidoria que, dentre outras atri-
d) responsabilidade acessória pelo Banco, quando assu- buições, deverá realizar, quanto a eventuais conflitos, a
me total ou parcialmente o dever do cumprimento de atividade de:
qualquer obrigação de seu cliente devedor.
e) passivo para cliente tomador de um empréstimo con- a) julgamento
tra o Banco credor, colocando seus bens à disposição b) acordo
para garantir a operação. c) arbitragem
d) juizado
70. (CESGRANRIO – BANCO DO BRASIL – 2010) A Lei e) mediação
no 9.613, de 1998, que dispõe sobre os crimes de lava-
gem de dinheiro e ocultação de bens, determina que as 74. (CESGRANRIO – ESCRITURÁRIO – BANCO DO
instituições financeiras adotem alguns mecanismos de BRASIL – 2014) A gestão de marketing de um banco
prevenção. Dentre esses mecanismos, as instituições fi- tem de lidar com variáveis incontroláveis, compreendidas
nanceiras deverão como fatores que interferem na condução dos negócios
e que não são determinados pela administração.
a) instalar equipamentos de detecção de metais na en- Um exemplo de uma variável incontrolável é(são):
trada dos estabelecimentos onde acontecem as tran-
sações financeiras. a) as campanhas institucionais
b) verificar se os seus clientes são pessoas politicamente b) a página da empresa na internet
expostas, impedindo qualquer tipo de transação fi- c) o composto de marketing
nanceira, caso haja a positivação dessa consulta. d) a localização das agências
c) identificar seus clientes e manter seus cadastros atuali- e) a situação econômica do país
zados nos termos de instruções emanadas pelas auto-
ridades competentes. 75. (CESGRANRIO – ESCRITURÁRIO – BANCO DO
d) comunicar previamente aos clientes suspeitos de lava- BRASIL – 2014) Campanhas de propaganda são instru-
gem de dinheiro as possíveis sanções que estes sofre- mentos eficientes para aumentar o share of mind de uma
rão, caso continuem com a prática criminosa. marca, aumentando a confiança dos consumidores nos
e) registrar as operações suspeitas em um sistema apro- serviços bancários contratados.
priado e enviar para a polícia civil a lista dos possíveis Por intermédio de pesquisa, um banco pode medir o ní-
criminosos, com a descrição das operações realizadas. vel de share of mind de sua marca, solicitando aos clien-
tes que:
71. (CESGRANRIO – BANCO DO BRASIL – 2010) A ca-
derneta de poupança é a aplicação mais simples e tradi- a) respondam a questões relacionadas aos fatores psi-
cional no mercado financeiro nacional, sendo uma das cográficos
poucas em que o cliente pode aplicar pequenas somas e b) marquem o índice de satisfação com os serviços e be-
ter liquidez. Atualmente, a maior vantagem da caderneta nefícios recebidos
BANCO DO BRASIL

de poupança em relação a outros investimentos é a c) citem a primeira marca que lhes vêm à cabeça nesse
segmento
a) flexibilidade na data dos saques sem prejudicar os ren- d) demonstrem as percepções mentais relacionadas com
dimentos. a marca.
b) flexibilidade no registro da documentação para aber- e) indiquem o grau de concordância com afirmações a
tura da conta. respeito dos serviços.

134
76. (CESGRANRIO – ESCRITURÁRIO – BANCO DO 79. (FCC - ESCRITURÁRIO - BANCO DO BRASIL -
BRASIL – 2010) Quando um grande banco de varejo, no 2011) As ações preferenciais admitidas à negociação
Brasil, utiliza a veiculação de propagandas de reforço tem no mercado de valores mobiliários, de acordo com a lei,
o intuito de devem proporcionar direito a dividendos

a) Avisar ao público que oferece as melhores opções para a) Variáveis, idênticos aos distribuídos às ações ordiná-
investimento. rias.
b) Comparar vantagens e características em relação ao b) Fixos anuais, não cumulativos, de 10% sobre o patri-
principal concorrente. mônio líquido da emissora.
c) Estimular a repetição de compra dos produtos e servi- c) Fixos anuais, não cumulativos, em igualdade de condi-
ços financeiros. ções aos distribuídos às ações ordinárias.
d) Criar conscientização e conhecimento de novos servi- d) No mínimo 25% superiores aos distribuídos às ações
ços oferecidos. ordinárias.
e) Convencer os atuais correntistas de que eles escolhe- e) No mínimo 10% superiores aos distribuídos às ações
ram a instituição certa. ordinárias.

77. (CESGRANRIO – ESCRITURÁRIO – BANCO DO 80. (FCC - ESCRITURÁRIO - BANCO DO BRASIL - 2011)
BRASIL – 2010) Júlia abriu conta corrente com direito a No mercado de capitais, as operações de distribuição pú-
crédito. Assinou o contrato e recebeu o cartão para ope- blica de ações (underwriting) acontecem
rações no caixa eletrônico e a senha para Internet, mas
não recebeu cópia do contrato. Após reunir certa quan- a) Com a intermediação de qualquer instituição partici-
tia, dirigiu-se ao guichê para efetuar o depósito, quando pante do Sistema Financeiro Nacional.
foi informada de que seu contrato previa a utilização ex- b) Por meio de esforços de venda direta da emissora jun-
clusiva dos caixas eletrônicos para esse modelo de ope- to a investidores institucionais.
ração. Nesse caso, o Banco c) Sem obrigatoriedade do registro na Comissão de Va-
lores Mobiliários.
a) Agiu com correção, mas a prática só seria aplicável se d) De acordo com os termos e condições previstos no
o contrato tivesse sido entregue à correntista e conti- respectivo prospecto.
vesse a ressalva em destaque. e) Desde que a companhia já tenha ações negociadas em
bolsa de valores.
b) Pode limitar a utilização dos guichês para depósito,
desde que previsto em contrato e em destaque por
81. (FCC - ESCRITURÁRIO - BANCO DO BRASIL - 2011)
ser cláusula restritiva de direitos.
As notas promissórias comerciais (commercial papers)
c) Pode limitar a utilização dos guichês para depósito,
são instrumentos de captação de recursos
desde que previsto em contrato, independente de
destaque.
a) Por prazo máximo de 360 dias para companhias aber-
d) Não pode se recusar à prestação do serviço no guichê,
tas.
mesmo que ofereça atendimento alternativo ou ele- b) Emitidos no mercado interfinanceiro.
trônico e a restrição esteja em destaque no contrato. c) Que se destinam à aplicação exclusiva de fundos de
e) Não pode privá-la do acesso aos guichês, ainda que investimento.
previsto no contrato, salvo se oferecer atendimento d) Privativos de instituições financeiras de capital estran-
alternativo ou eletrônico. geiro.
e) Utilizados por bancos de investimento.
78. (FCC - ESCRITURÁRIO - BANCO DO BRASIL - 2011)
Os profissionais e as instituições financeiras têm de estar 82. (FCC - ESCRITURÁRIO - BANCO DO BRASIL - 2011)
cientes que operações que possam constituir-se em sé- A instituição financeira que pode ser aceitante de letra de
rios indícios dos crimes previstos na lei de lavagem de câmbio é
dinheiro
a) A empresa de arrendamento mercantil.
a) Dependem de verificação prévia pelo Conselho de b) A corretora de valores mobiliários.
Controle de Atividades Financeiras (COAF). c) A sociedade de crédito, financiamento e investimento.
b) Precisam ser caracterizadas como ilícito tributário pela d) O banco de câmbio.
Receita Federal do Brasil. e) O banco comercial cooperativo.
c) Não incluem as transações no mercado à vista de
ações. 83. (FCC - ESCRITURÁRIO - BANCO DO BRASIL - 2011)
d) Devem ser comunicadas no prazo de 24 horas às au- A Superintendência Nacional de Previdência Comple-
toridades competentes. mentar (PREVIC)
BANCO DO BRASIL

e) Devem ser comunicadas antecipadamente ao cliente.


a) Fiscaliza as atividades dos fundos de pensão.
b) Supervisiona as atividades das entidades de previdên-
cia privada aberta.
c) Determina regras sobre aposentadoria dos trabalha-
dores.

135
d) Executa a arrecadação das contribuições previdenciárias. d) De prazo mínimo de 1 dia útil.
e) É uma autarquia vinculada ao ministério do trabalho e) Destinada à aquisição de bens.
e emprego.
89. (FCC - ESCRITURÁRIO - BANCO DO BRASIL - 2011)
84. (FCC - ESCRITURÁRIO - BANCO DO BRASIL - 2011) O Comitê de Política Monetária (COPOM)
O Sistema de Autorregulação Bancária da Federação Bra-
sileira de Bancos (FEBRABAN) dispõe que a) Divulga semanalmente a taxa de juros de curto prazo
verificada no mercado financeiro.
a) As normas do seu código abrangem produtos destina- b) Tem como objetivo cumprir as metas para a inflação
dos a pessoas jurídicas. definidas pela presidência da república.
b) Comunicação eficiente e respeito ao consumidor são c) É composto pelos membros da diretoria colegiada do
princípios a serem observados. banco central do brasil.
c) Sua administração é feita em conjunto com represen- d) Tem suas decisões homologadas pelo ministro da fa-
tantes dos clientes. zenda.
d) Suas regras são revisadas semestralmente pelo banco e) Discute e determina a atuação do banco central do
do brasil. brasil no mercado de câmbio.
e) Suas regras conflitam com os princípios do código de
defesa do consumidor. 90. (FCC - ESCRITURÁRIO - BANCO DO BRASIL -
2011) Depósitos bancários, em espécie ou em cheques
85. (FCC - ESCRITURÁRIO - BANCO DO BRASIL - 2011) de viagem, de valores individuais não significativos, re-
O Fundo Garantidor de Créditos (FGC) administra o me- alizados de maneira que o total de cada depósito não
canismo de proteção aos correntistas, poupadores e in- seja elevado, mas que no conjunto se torne significativo,
vestidores, proporcionando garantia limitada a podem configurar indício de ocorrência de

a) Letras do Tesouro Nacional. a) Crime contra a administração privada.


b) Fundos de investimento. b) Fraude cambial.
c) Depósitos à vista e a prazo. c) Fraude contábil.
d) Debêntures. d) Crime de lavagem de dinheiro.
e) Depósitos judiciais. e) Fraude fiscal.

86. (FCC - ESCRITURÁRIO - BANCO DO BRASIL - 2011) 91. (FCC - ESCRITURÁRIO - BANCO DO BRASIL - 2011)
As operações de swap correspondem à modalidade de No regime de câmbio flutuante, o Banco Central do Brasil
atua no mercado de câmbio,
a) Aquisição de títulos no mercado futuro de dólar.
b) Descasamento de indicadores entre as contas de ativo a) Nele intervindo com o objetivo de evitar oscilações
e passivo das instituições financeiras. bruscas nas cotações.
c) Registro obrigatório no banco central do brasil. b) Desvalorizando a taxa de câmbio com o objetivo de
d) Troca de fluxo de caixa, com base na comparação da reduzir o cupom cambial.
rentabilidade entre dois ativos financeiros ou merca- c) Determinando a taxa de câmbio com o objetivo de
dorias. incentivar as exportações.
e) Crédito contratado com garantia de penhor de recebíveis. d) Fixando a taxa de câmbio com o objetivo de estimular
captações externas.
87. (FCC - ESCRITURÁRIO - BANCO DO BRASIL - 2011) e) Livremente, dentro da banda cambial por ele estabe-
Os títulos de capitalização são lecida e divulgada.

a) Estruturados com prazo de vigência igual ou superior 92. (FCC - ESCRITURÁRIO - BANCO DO BRASIL - 2011)
a 6 meses. O administrador de um fundo de investimento aberto
b) Comercializados por instituições financeiras autoriza- tem como responsabilidade legal a
das pelo banco central do brasil.
c) Disponíveis, normalmente, em planos com pagamen- a) Negociação dos ativos, respeitada a política de inves-
tos mensais e sucessivos ou pagamento único. timento do respectivo regulamento.
d) Resgatados em base sempre superior ao capital cons- b) Guarda dos títulos que compõem a carteira de inves-
tituído por aplicações idênticas em títulos públicos. timento.
e) Regidos por condições gerais disponibilizadas após a c) Auditoria das demonstrações financeiras periódicas.
contratação. d) Apuração e divulgação do valor da cota.
e) Exclusividade da distribuição das cotas.
88. (FCC - ESCRITURÁRIO - BANCO DO BRASIL - 2011)
BANCO DO BRASIL

A operação de empréstimo bancário denominada hot 93. (FCC - ESCRITURÁRIO - BANCO DO BRASIL - 2011)
money é caracterizada como: As cooperativas de crédito se caracterizam por

a) De médio prazo. a) Atuação exclusiva no setor rural.


b) Isenta de iof. b) Retenção obrigatória dos eventuais lucros auferidos
c) Crédito direto ao consumidor. com suas operações.

136
c) Concessão de crédito a associados e ao público em 97. (FCC - ESCRITURÁRIO - BANCO DO BRASIL - 2011)
geral, por meio de desconto de títulos, empréstimos As aplicações em cadernetas de poupança
e financiamentos.
d) Captação, por meio de depósitos à vista e a prazo, a) Não contam com proteção adicional do Fundo Garan-
somente de associados, de empréstimos, repasses e tidor de Crédito (FGC).
refinanciamentos de outras entidades financeiras e de b) Realizadas nos dias 29, 30 e 31 de cada mês terão
doações. como data de aniversário o último dia útil do mês se-
e) Captação, por meio de depósitos à vista e a prazo, de guinte.
associados, de entidades de previdência complemen- c) De pessoas jurídicas com fins lucrativos sofrem tributa-
tar e de sociedades seguradoras. ção de 22,5% sobre o rendimento nominal.
d) São permitidas apenas para contribuintes maiores de
94. (FCC - ESCRITURÁRIO - BANCO DO BRASIL - 2011) idade.
O Conselho de Recursos do Sistema Financeiro Nacional e) São vedadas para pessoas jurídicas imunes à tributa-
(CRSFN) é um órgão colegiado, integrante da estrutura ção ou sem fins lucrativos.
do Ministério da Fazenda, que julga recursos.
98. (FCC - ESCRITURÁRIO - BANCO DO BRASIL - 2011)
I. em segunda e última instância administrativa. Para atuar no Sistema Financeiro Nacional os bancos es-
II. em primeira instância, de decisões do Banco Central trangeiros dependem de depósito prévio de garantias
do Brasil relativas a penalidades por infrações à legisla- em dinheiro ou representado por títulos públicos.
ção cambial.
III. de decisões da Comissão de Valores Mobiliários rela- a) Decreto do Poder Executivo.
tivas a penalidades por infrações à legislação de capitais b) Autorização autônoma do Banco Central do Brasil.
estrangeiros. c) Decisão do ministro da Fazenda.
d) Formalização de tratado tributário entre os países.
Está correto o que consta em
99. (FCC - ESCRITURÁRIO - BANCO DO BRASIL - 2011)
a) I, apenas. O Sistema Financeiro Nacional é integrado por
b) II, apenas
c) I e III, apenas. a) Ministérios da Fazenda e do Planejamento, Orçamento
d) II e III, apenas. e Gestão.
e) I, II e III. b) Secretaria do Tesouro Nacional e Conselho Monetário
Nacional.
95. (FCC - ESCRITURÁRIO - BANCO DO BRASIL - 2011) c) órgãos normativos, entidades supervisoras e operado-
41) O Sistema Especial de Liquidação e de Custódia (SE- res.
LIC), do Banco Central do Brasil, é um sistema informa- d) Receita Federal do Brasil e Comissão de Valores Mo-
tizado que biliários.
e) Secretarias estaduais da Fazenda e Ministério da Fa-
a) É operado em parceria com a CETIP S.A. Balcão Orga- zenda.
nizado de Ativos e Derivativos.
b) Substituiu o Sistema de Pagamentos Brasileiro? SPB. 100. (FCC - ESCRITURÁRIO - BANCO DO BRASIL -
c) Tem como participantes, exclusivamente, à Secretaria 2011) O segmento de listagem da BM&FBovespa de-
do Tesouro Nacional e bancos múltiplos. nominado Novo Mercado é destinado à negociação de
d) Impossibilita a realização de operações compromis- ações de companhias que tenham
sadas, ou seja, a venda ou compra de títulos com o
compromisso de recompra ou revenda. a) Comprometimento voluntário de práticas de gover-
e) Se destina à custódia de títulos escriturais de emissão nança corporativa além do que é exigido pela legis-
do Tesouro Nacional, bem como ao registro e à liqui- lação.
dação de operações com esses títulos. b) Conselho de administração formado integralmente
por membros independentes.
96. (FCC - ESCRITURÁRIO - BANCO DO BRASIL - 2011) c) Registro para negociação simultânea de adr na bolsa
Nas operações de arrendamento mercantil do tipo lea- de valores de nova york.
sing operacional de um bem, d) Previsão estatutária de distribuição mínima de divi-
dendos correspondente a 50% do lucro anual.
a) Há sempre um valor residual garantido. e) Capital social representado em maior parte por ações
b) A eventual compra pelo arrendatário costuma ser pelo ordinárias.
valor de mercado.
BANCO DO BRASIL

c) O arrendatário tem assegurada sua propriedade legal 101. (FCC - ESCRITURÁRIO - BANCO DO BRASIL -
e contábil. 2011) O agente fiduciário de emissões públicas de de-
d) Há incidência de imposto sobre operações financeiras bêntures
(iof).
e) Este deve ser novo. a) Defende os interesses dos debenturistas junto à com-
panhia emissora.

137
b) Processa o pagamento de juros e amortização das de-
bêntures.
c) Representa a instituição líder da operação. GABARITO
d) Determina a alocação das quantidades que serão
subscritas pelos investidores.
1. Resposta; Letra E.
e) É nomeado pela comissão de valores mobiliários (cvm).
A Lei 9.613 discorre sobre o crime de lavagem de di-
nheiro, basicamente, consiste na análise: CADASTRO x
102. (FCC - ESCRITURÁRIO - BANCO DO BRASIL -
MOVIMENTAÇÃO (verificar se o dinheiro movimenta-
2011) Os depósitos de poupança constituem operações
do possui lastro, verificar se o dinheiro é lícito, a ma-
passivas de
neira como ele foi adquirido é lícita). 
As instituições financeiras são obrigadas a informar
a) Bancos de desenvolvimento.
aos órgãos responsáveis movimentações atípicas de
b) Cooperativas centrais de crédito.
seus clientes: no caso da questão, a matriz no Brasil
c) Bancos de investimento.
(da instituição responsável pelo cartão) é obrigada a
d) Sociedades de crédito, financiamento e investimento.
comunicar acerca desta movimentação atípica no ex-
e) Sociedades de crédito imobiliário.
terior. Observação: a Lei não especifica qual a área da
instituição responsável por informar as autoridades
103. (FCC - ESCRITURÁRIO - BANCO DO BRASIL -
competentes, como afirmam as demais alternativas.
2011) Em prospectos de fundos de investimento encon-
Capítulo V - DAS PESSOAS SUJEITAS AO MECANISMO
tra-se:
DE CONTROLE
Art 9° Parágrafo Único: 
I. seu objetivo.
XVIII- as dependências no exterior das entidades men-
II. os riscos assumidos.
cionadas neste artigo, por meio de sua matriz no Bra-
III. sua política de investimento.
sil, relativamente a residentes no país. (Incluído pela lei
12.683, de 2012)
Está correto o que consta em
(Fonte: ww.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/L9613.htm)
a) I, II e III.
2. Resposta; Letra A.
b) II, apenas.
O que é Lavagem de Dinheiro?
c) I e III, apenas.
A lavagem de dinheiro consiste em conjunto de ope-
d) III, apenas.
rações comerciais ou financeiras que têm como obje-
e) I, apenas.
tivo a incorporação, na economia, de bens, direitos ou
valores originados direta ou indiretamente de qual-
104. (FCC - ESCRITURÁRIO - BANCO DO BRASIL -
quer infração penal. É por meio da “lavagem” que o
2011) Uma carta de fiança bancária, garantindo uma
“dinheiro sujo” (dinheiro com origem em atividades
operação de crédito, implica
ilícitas) é transformado em “dinheiro limpo” (dinheiro
com aparência lícita).
a) A impossibilidade de substituição do fiador.
Como ocorre?
b) A responsabilidade solidária e como principal paga-
Os mecanismos utilizados no processo envolvem três
dor, no caso de renúncia do fiador ao benefício de
fases:
ordem.
c) A contragarantia ser formalizada por instrumento pú-
blico.
d) O impedimento de compartilhamento da obrigação.
e) A obrigatória cobertura integral da dívida.
BANCO DO BRASIL

A colocação, primeira etapa, consiste no ingresso


dos recursos ilícitos no sistema econômico. Para isso,
são realizadas as mais diversas operações, como, por
exemplo, depósitos em contas correntes bancárias;
compra de produtos e serviços financeiros, como tí-
tulos de capitalização, previdência privada e seguros;

138
aplicações em depósito a prazo, poupança, fundos de 8. assegurar a observância no mercado, das condições
investimento; compra de bens, como imóveis, ouro, de utilização de crédito fixadas pelo Conselho Mone-
pedras preciosas, obras de arte. tário Nacional.
Na segunda etapa, ocultação, são realizadas ope- (Fonte: http://www.portaldoinvestidor.gov.br)
rações com o objetivo de quebrar a cadeia de evi- Portanto, podemos destacar algumas palavras cha-
dências sobre a origem do dinheiro, dificultando o ve que, geralmente, estão relacionadas à CVM, tais
rastreamento dos recursos ilícitos. Para a ocultação, como: ações; acionista, fundo de investimento, bolsa
são utilizadas, por exemplo, transferências de re- de valores, valores mobiliários, sociedades anônimas e
cursos entre contas correntes, por meio eletrônico; companhias de capital aberto, entre outras.
transferência de recursos entre empresas; operações Dessa forma, temos, entre as alternativas, como corre-
através de “contas fantasma” (conta em nome de ta a E, porém, convém frisar que essa punição compe-
pessoas que não existem) e de “laranjas” (pessoas te à CVM desde que seja em primeira instancia.
que emprestam o nome para a realização de opera-
ções); transferência de recursos para paraísos fiscais. 5. Resposta; Letra D.
A terceira e última etapa, integração, consiste na in- “A alienação fiduciária em garantia consiste na trans-
corporação formal dos recursos no sistema econômi- ferência feita pelo devedor ao credor da propriedade
co, sob a forma de investimentos ou compra de ati- resolúvel e da posse indireta de um bem infungível
vos, com uma documentação aparentemente legal. A (CC, art. 1.361) ou de um bem imóvel (Lei n. 9.514/97,
integração é feita, por exemplo, através da realização arts. 22 a 33), como garantia de seu débito, resolven-
de investimentos em negócios lícitos, nos diversos do-se o direito do adquirente com o adimplento da
setores da economia. Completadas as três etapas, o obrigação, ou melhor, com o pagamento da dívida
dinheiro “sujo”, já com aparência “limpa”, fica distan- garantida”
te da origem ilícita, tornando mais difícil a associação “Ao ser contratada a alienação fiduciária, o devedor-fi-
direta com o crime e seus autores. (Fonte: http://www. duciante transmite a propriedade ao credor-fiduciário
bb.com.br) e, por esse meio, demite-se do seu direito de proprie-
dade; em decorrência dessa contratação, constitui-se
3. Resposta; Letra D. em favor do credor-fiduciário uma propriedade reso-
Por isso a importância dos dispositivos, a resposta lúvel; por força dessa estruturação, o devedor-fidu-
quase sempre está “ao pé da letra”. ciante é investido na qualidade de proprietário sob
Art. 18 - § 1º Para fins da responsabilidade de que trata condição suspensiva, e pode tornar-se novamente ti-
o caput, admite-se que o diretor indicado desempe- tular da propriedade plena ao implementar a condição
nhe outras funções na instituição, exceto a relativa à de pagamento da dívida que constitui objeto do con-
administração de recursos de terceiros. trato principal.”(CHALHUB, Melhim Namem. Negócio
Fiduciário. Rio de Janeiro - São Paulo: Renovar, 2000,
4. Resposta; Letra E. 2ª ed. Pág.222)
Nos termos da legislação, o exercício das atribuições
Primeiramente vamos nos lembrar que a alienação fi-
da CVM tem como objetivo:
duciária é  extrajudicial,  ou seja, não necessita passar
1. Estimular a formação de poupança e sua aplicação
pela justiça, isso já elimina alternativa, mas vejamos
em valores mobiliários;
cada uma delas.
2. Promover a expansão e o funcionamento eficiente
a) quando a garantia é por alienação fiduciária, a pro-
e regular do mercado de ações e estimular as apli-
priedade do bem é transferida para o credor até que o
cações permanentes em ações do capital social de
devedor pague totalmente sua dívida.
companhias abertas sob controle de capitais privados
nacionais; b) alienação fiduciária constitui-se um direito real de
3. Assegurar o funcionamento eficiente e regular dos garantia tendo como objeto a transferência da pro-
mercados de bolsa e de balcão; priedade de coisa móvel, como forma de garantir que
4. Proteger os titulares de valores mobiliários e os in- o devedor cumpra com sua obrigação junto ao credor
vestidores do mercado contra: c) ao contrário da hipoteca, a propriedade é do credor.
a) emissões irregulares de valores mobiliários; d) Para valer contra terceiros, ela deve ser registra-
b) atos ilegais de administradores e acionistas das da no Cartório de Registro de Títulos e Documentos
companhias abertas, ou de administradores de cartei- da sede do credor e, caso o devedor não liquide sua
ra de valores mobiliários; obrigação no vencimento, o credor poderá requerer a
c) o uso de informação relevante não divulgada no ação de busca e apreensão do bem alienado e, vendê-
mercado de valores mobiliários. -lo a terceiros (credor não poderá ficar com o bem), e
5. evitar ou coibir modalidades de fraude ou mani- com a venda efetuar o pagamento da dívida. Essa for-
pulação destinadas a criar condições artificiais de de- ma de garantia desobriga o credor de ter que acionar
manda, oferta ou preço dos valores mobiliários nego- o devedor e somente depois ir à busca do bem objeto
BANCO DO BRASIL

ciados no mercado; da garantia, facilitando e apressando o retorno de seu


6. assegurar o acesso do público a informações sobre investimento. (Por Thais de Arruda Gondim)
os valores mobiliários negociados e as companhias e) a dívida não é com a União, portanto, não há ne-
que os tenham emitido; nhum valor a ser para ela repassado.
7. assegurar a observância de práticas comerciais
equitativas no mercado de valores mobiliários; e

139
6. Resposta; Letra B. dependente, ausência de subordinação hierárquica,
Trata-se de uma questão polêmica, que tinha tudo mandato fixo e estabilidade de seus dirigentes, e au-
para ser anulada, porém, não foi. tonomia financeira e orçamentária.
Analisemos as alternativas:
a) errada – não existe a possibilidade de o banco dar 12. Resposta; Letra B.
uma garantia, em um negócio que envolva riscos ao Sabendo que taxa de juros de referência para as ope-
banco, sem que o crédito seja analisado e aprovado. rações de um dia com títulos públicos é a conhecida
b) errada – Via de regra é proibida, no entanto, em ca- Selic Over fica fácil associar – COPOM – SELIC. Não
sos de operações de comercio exterior, desde que, no tem erro.
contrato, o valor seja expresso na moeda estrangeira.
Exemplo disso são as operações que recebem o nome 13. Resposta; Letra C.
de Performance Bond. Quanto mais cresce o uso de cartões em negociações,
c) errada – a remuneração é acertada, pactuada, entre menos circulação de “dinheiro em papel” se perceberá.
as partes (banco e cliente)
d) errada – é utilizada sim. 14. Resposta; Letra D.
e) errada – não se trata de operação de crédito e sim, Analisemos as alternativas:
de análise de crédito e posterior garantia. a) Se a moeda nacional sofre desvalorização, significa
Bem, como vimos, todas as alternativas estão erradas, que vou gastar mais para comprar um dólar.
cabendo recurso, porém, a banca não anulou. b) essa diminuição é um dos fatores da desvalorização
c) se a moeda está desvalorizada, fica mais caro im-
7. Resposta; Letra B. portar um produto em dólar
Enunciado nos traz: SOLTEIRA / SEMPRE ISENT IR d) se a moeda está mais baixa, maior será o interesse
Então: do mercado estrangeiro.
A escolha adequada é a VGBL, indicada para modelo e) as cotações caem, não aumentam
simplificado de IR ou isento, não gozando de vanta-
gem fiscal. 15. Resposta; Letra D.
O PGBL é indicado para o modelo completo de decla- Desde 1861, a caderneta tinha um rendimento asse-
ração de IR, com possiblidade de contar com vanta- gurado em, pelo menos, 6% ao ano. Mas, em 2012,
gem fiscal. o governo alterou as regras de remuneração da pou-
pança com a intenção de diminuir os juros. Desde en-
8. Resposta; Letra E. tão, ela é formada por duas partes:
Essa está simples de associar a alternativa correta, 1) A remuneração básica
pois, falar em COPOM é falar em taxa de juros, por- Essa parte é composta pela TR (Taxa Referencial), uma
tanto, alternativa E. taxa calculada diariamente pelo Banco Central. Inde-
pendente do banco, a Taxa Referencial é a mesma,
9. Resposta; Letra C. portanto a remuneração básica é igual para todos os
É um crédito concedido através de bancos e institui- bancos.
ções financeiras para aquisição de bens (e serviços). Veja a Taxa referencial atual na Tabela TR.
O fato de estar incompleta não significa que esteja in- 2) A remuneração adicional
correta Essa parte da rentabilidade depende da Taxa Selic, a
taxa básica de juros da economia no Brasil. Seu valor
10. Resposta; Letra C. poderá ser de:
Mais uma questão passível de Recurso. * 0,5% ao mês - quando a meta da Taxa Selic for su-
Das 5 alternativas, podemos excluir 3: perior a 8,5%
d) refere-se a mercado cambial * 70% da meta anual da Taxa Selic -  quando ela for
b) não existe relação entre reserva e empréstimo igual ou menor que 8,5%
e) a relação entre valores captados e valores empres- Isso quer dizer que a remuneração adicional também
tados não é, necessariamente, fator para o banco cen- é igual para todos os bancos, porque sua base de cál-
tral interferir. culo é a mesma.
Ficamos então com as alternativa A e C, sendo que, as
duas, teoricamente, estão corretas: reservas monetá- 16. Resposta; Letra D.
rias baixas e inflação alta são fatores que levam o ban- Sabendo que o resgate do PGBL ocorre sobre o va-
co central a interferir, no entanto, na alternativa A ele lor integral, já descartamos as alternativas A, B e C. Aí
não especifica de quem são essas reservas monetárias, vem o segundo ponto, se há restituição, é porque há
o que deixa a alternativa incompleta, então, seguindo incidência, portanto, exclui-se a alternativa E também.
um raciocínio que busca, entre as duas, a mais certa,
BANCO DO BRASIL

vamos na C. 17. Resposta; Letra E.


A promessa do pagamento pode ser feita através de
11. Resposta; Letra E. cédula do respectivo crédito.
A CVM é uma autarquia vinculada ao Ministério da
Fazenda, com personalidade jurídica e patrimônio
próprios, dotada de autoridade administrativa in-

140
18. Resposta; Letra D. ou apliquem insuficientemente as recomendações
A obrigação decorrente de aval existe porque essa ga- do Grupo de Ação contra a Lavagem de Dinheiro e
rantia é formal e solidária, e para tanto, basta que no o Financiamento do Terrorismo (Gafi), ou que tenham
título haja a assinatura do avalista, de forma que esse sede em países ou dependências com tributação fa-
assume as obrigações que recaiam sobre o devedor. vorecida ou regimes fiscais privilegiados ou em locais
onde seja observada a prática contumaz dos crimes
19. Resposta; Letra C. previstos na Lei nº 9.613, de 3 de março de 1998, não
Vide art. 1º, III, da carta-circular que trata das situa- claramente caracterizadas em sua legalidade e funda-
ções relacionadas com dados cadastrais de clientes, mentação econômica;
que consta: b) utilização de operações complexas e com custos
a) resistência ao fornecimento de informações neces- mais elevados que visem a dificultar o rastreamento
sárias para o início de relacionamentos ou para a atu- dos recursos ou a identificação da natureza da ope-
alização cadastral, oferecimento de informação falsa ração;
ou prestação de informação de difícil ou onerosa ve- c) realização de pagamentos de importação e rece-
rificação. bimentos de exportação, antecipados ou não, por
E ainda, empresa sem tradição ou cuja avaliação econômico-
b) abertura, movimentação de contas ou realização de -financeira seja incompatível com o montante nego-
operações por detentor de procuração ou de qualquer ciado;
outro tipo de mandato. d) realização de pagamentos a terceiros não relacio-
nados a operações de importação ou de exportação;
20. Resposta; Letra B. e) realização de transferências unilaterais que, pela
Quando falamos em recursos que buscam o processo habitualidade, valor ou forma, não se justifiquem ou
de lavagem de dinheiro para que possam ser consi- apresentem atipicidade;
derados recursos lícitos, estamos falando de recursos f) realização de transferências internacionais nas quais
não se justifique a origem dos fundos envolvidos ou
que tiveram origem em infrações penais.
que se mostrem incompatíveis com a capacidade eco-
nômico-financeira ou com o perfil do cliente;
21. Resposta; Letra D.
g) realização de transferência de valores a título de
A palavra chave do enunciado é “condução”, pois, o
disponibilidade no exterior, incompatível com a capa-
CMN dita as diretrizes da política monetária e compe-
cidade econômico-financeira do cliente ou sem fun-
te ao Banco Central do Brasil realizar ações para que
damentação econômica ou legal;
essas diretrizes sejam cumpridas, mantendo assim a
h) realização de exportações ou importações aparen-
economia do país nos trilhos. temente fictícias ou com indícios de superfaturamento
ou subfaturamento;
22. Resposta; Letra C. i) existência de informações na carta de crédito com
a) a intervenção é do Banco Central discrepâncias em relação a outros documentos da
b) O CVM determina a meta, não apura operação de comércio internacional;
c) CMN autoriza e Banco Central emite j) realização de pagamentos ao exterior após crédi-
d) compete ao Banco Central tos em reais efetuados nas contas de depósitos dos
e) compete ao Banco Central titulares das operações de câmbio por pessoas que
não demonstrem a existência de vínculo comercial ou
23. Resposta; Letra E. econômico;
Para constar: k) movimentações decorrentes de programa de repa-
Bacen: subsistema normativo triação de recursos que apresentem inconsistências
Banco do Brasil: subsistema de intermediação. relacionadas à identificação do titular ou do benefi-
Bancos comerciais: subsistema de intermediação (o ciário final, bem como ausência de informações con-
Copom não) fiáveis sobre a origem e a fundamentação econômica
BNDES: subsistema de intermediação ou legal; e
CVM: subsistema normativo. l) realização de frequentes pagamentos antecipados
Bolsas de Valores e Bolsa de Mercadorias e Futuros: ou à vista de importação em que não seja possível ob-
subsistemas de intermediação. ter informações sobre o desembaraço aduaneiro das
mercadorias.
24. Resposta; Letra A.
Palavras chave do enunciado: “NÃO” está inserida e 25. Resposta; Letra A.
atividades INTERNACIONAIS Essa questão é passível de anulação, embora não te-
Ressaltamos que todas estão inseridas na circular, po- nha sido anulada.
rém, não dentre as situações relacionadas com ativi- Vejamos
BANCO DO BRASIL

dades INTERNACIONAIS, vejam: a) correta – não há o que comentar, se eu me obrigo


XI – situações relacionadas com atividades internacio- a efetuar pagamento por conta de ser avalista de al-
nais: guém, posso entrar com ação para receber desse al-
a) realização ou proposta de operação com pessoas guém o valor por mim pago - Art. 899 $ 1o - Pagando
naturais ou jurídicas, inclusive sociedades e institui- o título, tem o avalista ação de regresso contra o seu
ções financeiras, situadas em países que não apliquem avalizado e demais coobrigados anteriores.

141
b) trata-se de garantia típica de títulos de crédito 27. Resposta; Letra C.
c) correta. Analisemos: Vale lembrar que: PGBL permite 12% de dedução do
Segundo enunciado, nos termos do Código Civil, so- IR e, esse incide sobre o valor resgatado e não sobre o
bre o aval: lucro. Já o VGBL incide sobre o lucro.
Art. 897. O pagamento de título de crédito, que conte-
nha obrigação de pagar soma determinada, pode ser 28. Resposta; Letra A.
garantido por aval. Vejamos as alternativas:
Parágrafo único. É vedado o aval parcial. Alternativa B, que fala sobre a isenção de IOF, mas
Porém, existe título de crédito em que o aval pode ser essa isenção é para casos específicos.
parcial, vejam só: Alternativa C – errado, a probabilidade de perda finan-
Nos casos das letras de câmbio e da nota promisso- ceira é alta.
ra, temos o decreto lei 57.663/56 que prevê a possi- Alternativa D – a afirmativa está correta, porém, isso
bilidade de aval parcial, assim como no cheque, que não é um atrativo.
também é um título de crédito e, pela lei 7357/85, em
seu artigo 29 também prevê o aval parcial. No caso 29. Resposta; Letra B.
da duplicata, por não haver legislação que trate dela Quando termina o prazo contratado, tem-se o direito
especificamente, vale o que rege o art. 897 do CC. de resgatar parte dos valores depositados corrigidos
Portanto, a alternativa C também estaria correta. por uma taxa de juros estabelecida contratualmente;
d) trata-se de garantia autônoma, independente e so- conferindo, ainda, quando previsto, o direito de con-
lidária. correr a sorteios de prêmios em dinheiro”. (www.bcb.
e) pode ser dado no verso ou no anverso (frente) do gov.br)
título, se for na frente basta a assinatura do avalista
(art. 898 CC) 30. Resposta; Letra D.
Questão simples, que pode ser resolvida por elimina-
26. Resposta; Letra D. ção, pois, com exceção da alternativa D, nenhuma ou-
Alternativa A – o CC, no artigo 1.476 permite a plurali- tra se enquadra em ACIDENTES PESSOAIS.
dade sobre o mesmo imóvel a favor do mesmo credor
Depois temos a alternativa B, que também é fácil, pois, 31. Resposta; Letra C.
ela trata do aval e não da hipoteca. O SFN é dividido em subsistemas normativos e inter-
Quanto à alternativa C, o ônus hipotecário comum mediários e, além desses, temos os agentes especiais,
não é impeditivo de registro de alienações. Pelo direi- que funcionam como braços do governo para execu-
to de sequela, a hipoteca acompanha o imóvel, esteja ção de suas políticas.
o imóvel sob domínio de quem for. Portanto, pode Esses agentes financeiros especiais são:
vender (ou prometer vender), permutar (ou prometer CAIXA ECONOMICA FEDERAL – em relação ao merca-
permutar), dar em pagamento, doar, transferir ao pa- do habitacional
trimônio de empresa (para integralizar capital social BNDES – em relação à fomentação de negócios em
ou nos casos de fusão, cisão ou incorporação), etc. É empresas, industrias, fomentação de investimentos
possível também celebrar escritura de divisão ou des- BB – em relação ao agronegócio.
membrar o imóvel ou ainda unificá-lo a outro. Com as
devidas cautelas de SEMPRE averbar o transporte do 32. Resposta; Letra B.
ônus, estes atos de disposição do bem são perfeita- Meus caros estudantes, como falamos sempre, falar
mente aceitáveis no Registro de Imóveis. Repetimos em COPOM é falar em taxa de juros/SELIC, essa estava
que a hipoteca se mantém una, indivisível e seguirá o fácil.
imóvel (ou suas partes desmembradas). (www.diario-
dasleis.com.br) 33. Resposta; Letra A.
Alternativa D - Código Civil - Art. 1.473. Podem ser Compete ao CVM, entre outras, disciplinar as seguin-
objeto de hipoteca: tes matérias:
I - os imóveis e os acessórios dos imóveis conjunta- registro de companhias abertas;
mente com eles; registro de distribuições de valores mobiliários;
II - o domínio direto; credenciamento de auditores independentes e admi-
III - o domínio útil; nistradores de carteiras de valores mobiliários;
IV - as estradas de ferro; organização, funcionamento e operações das bolsas
V - os recursos naturais a que se refere o art. 1.230, de valores;
independentemente do solo onde se acham; negociação e intermediação no mercado de valores
VI - os navios; mobiliários;
VII - as aeronaves. administração de carteiras e a custódia de valores mo-
BANCO DO BRASIL

VIII - o direito de uso especial para fins de moradia; biliários;


IX - o direito real de uso; suspensão ou cancelamento de registros, credencia-
X - a propriedade superficiária. mentos ou autorizações;
Alternativa E – é obvio o erro, um incapaz não pode suspensão de emissão, distribuição ou negociação de
responder legalmente por nada.] determinado valor mobiliário ou decretar recesso de
bolsa de valores;

142
Se observarem, em todas as alternativas constam as d) responsabilidade a administração dos tributos fe-
“palavras chaves”, com exceção da alternativa A. derais e o controle aduaneiro, além de atuar no com-
E vale reforçar que o SELIC está vinculado ao SPB (Sis- bate à sonegação, contrabando, descaminho, pirata-
tema de Pagamento Brasileiro) que está vinculado ao ria e tráfico de drogas e animais.
Banco Central e não à CVM. e) responsável pelo controle e fiscalização do mercado
de seguro, previdência privada aberta e capitalização.
34. Resposta; Letra A. Dentre suas atribuições estão: fiscalizar a constituição,
A regra para o recolhimento de percentual é de 100% organização, funcionamento e operação das Socieda-
para depósitos à vista e de 60% para títulos. des Seguradoras, de Capitalização, Entidades de Pre-
Agora vamos lá, muito se falou sobre essa questão ser vidência Privada Aberta e Resseguradores.
anulada ou não, pois, essa competência, de acordo Vale lembrar que, algumas palavras chaves nos reme-
com a Lei 7730/89 não é mais do COPOM e sim do tem sempre à CVM: valores mobiliários; mercado de
Banco Central, porém, cabe o seguinte entendimento, ações, bolsas de valores, mercado de balcão e bolsas
o questionamento do enunciado questiona é sobre o de Mercadorias e Futuros – sempre que tivermos essas
aspecto do percentual, e não da competência, e esse referências, vamos associa-las à CVM.
percentual não mudou, e outro ponto a ser destacado
é a expressão LEI DE REGENCIA, e nesta, a competên- 38. Resposta; Letra C.
cia é do COPOM. Cooperativa de crédito: instituição financeira forma-
Portanto, embora seja muito discutível, é uma questão da por uma associação autônoma de pessoas unidas
difícil de ser anulada pela banca em razão do exposto voluntariamente, com forma e natureza jurídica pró-
acima. prias, de natureza civil, sem fins lucrativos, constituída
O que vale mesmo é você saber que, hoje, essa com- para prestar serviços a seus associados. O objetivo da
petência é do Banco Central. constituição de uma cooperativa de crédito é prestar
serviços financeiros de modo mais simples e vantajoso
35. Resposta; Letra D. aos seus associados, possibilitando o acesso ao cré-
O Fundo Garantidor de Créditos (FGC) é uma associa- dito e outros produtos financeiros (aplicações, inves-
ção civil, sem fins lucrativos, que administra um me- timentos, empréstimos, financiamentos, recebimento
canismo de proteção aos correntistas, poupadores e de contas, seguros, etc.). (www.bcb.gov.br)
investidores, que permite recuperar os depósitos ou Essa está fácil não é mesmo, só lembrarmos que coo-
créditos mantidos em instituição financeira, em caso perativas são formadas por associados e que buscam
de intervenção, de liquidação ou de falência. (www. sempre oferecer condições mais favoráveis a esses, no
bcb.gov.br) caso das cooperativas de crédito, os serviços e produ-
tos são de natureza bancária.
36. Resposta; Letra C.
Ao CMN (Conselho Monetário Nacional) compete: 39. Resposta; Letra C.
1) Regular o valor interno e externo da moeda; A SUSEP é um órgão que executa o que foi determi-
2) Adaptar o volume dos meios de pagamentos às re- nado pelo CNSP, lembrando que esse, é um órgão
ais necessidades da economia; normativa, não EXECUTA nada. Entre as atividades que
3) Coordenar as políticas monetária, creditícia, orça- compete à SUSEP temos:
mentária, fiscal e da dívida pública; - Fiscaliza as seguradoras, as entidades abertas de
4) Autorizar emissões do papel moeda; previdência complementar, sociedades de capitaliza-
5) Aprovar os orçamentos monetários preparados ção, as corretoras de seguros e resseguradoras.
pelo BACEN;
6) Fixar diretrizes e normas da política cambial; 40. Resposta; Letra E.
7) Outorgar ao Banco Central monopólio das opera- Analisemos as alternativas:
ções de câmbio; a) um dos agentes especiais do SFN, é controlada pelo
8) Regular a constituição, funcionamento e fiscaliza- governo federal.
ção de todas as instituições financeiras que operam b) sociedades civis, sem finalidade lucrativa, que pres-
no país; tam serviços financeiros e de crédito aos seus asso-
9) Aperfeiçoar as instituições e os instrumentos finan- ciados.
ceiros; c) referem-se à títulos e valores mobiliários
10) Zelar pela liquidez e solvência das instituições fi- d) atuam em empréstimos de curto e médio prazo
nanceiras; e) controlados pelo governo estadual, que visam pro-
11) Determinar as taxas de recolhimento compulsório; porcionar condições de financiamento de médio a
Vale Lembrar que ao CMN não cabe executar nada, longo prazo que contribuam com o desenvolvimento
seu papel é de orientação. da economia do Estado.
BANCO DO BRASIL

37. Resposta; Letra C. 41. Resposta; Letra B.


Vamos às alternativas: Bem, ao analisarmos as alternativas, três delas podem
a) responsável por produzir as moedas/cédulas ser de cara descartadas, pois, representam tipos de
b) faz parte do SFN, no papel de agente especial seguro que atendem diretamente o cliente segurado
c) CVM (C, D e E).

143
A alternativa A trata-se de uma forma de pagamento Caução ou desconto.
para quem trabalha com seguros. c) É uma operação de financiamento de vendas base-
Resta-nos a alternativa B, que se trata de uma ope- adas no princípio da cessão de crédito, que permite a
ração onde o segurador, transfere a outrem, total ou uma empresa vender seu produto a prazo e receber o
parcialmente, o risco assumido. pagamento à vista.
e) ocorre quando uma companhia seleciona e contra-
42. Resposta; Letra D. ta um intermediário financeiro, que será responsável
Vejamos cada uma das alternativas: pela colocação de uma subscrição pública de ações ou
AVAL BANCÁRIO – o banco avaliza a transação, ou seja, obrigações no mercado.
dá uma garantia de cumprimento da obrigação assu-
mida pelo cliente em operações de livranças ou em 46. Resposta; Letra A.
letras sacadas, aceites ou endossadas pelo seu cliente. Essa também está fácil, até porque, como o enunciado
HOT-MONEY –  trata-se de um tipo de financiamen- refere-se ao mercado cambial, eliminamos de cara três
to para despesas de curtíssimo prazo, normalmente, alternativas (C, D e E). Aí temos dois tipos de cambio
dentro de 30 dias. restando, vejamos a diferença entre eles, que também
FIANÇA BANCÁRIA - contrato onde o banco consta é bem simples:
como fiador, garantindo que a obrigação assumida Câmbio manual – olhem só – manual – o próprio
pelo cliente será cumprida. Vale para diversas moda- nome diz, troca física de moeda em espécie ou tra-
lidades. vellers checks
Agora, para não você não se confundir mais, basta Câmbio sacado - troca ocorre na própria conta corren-
lembrar dessa associação: te através de operações de débito ou crédito.
Fomento mercantil, associar com o factoring.
Arrendamento mercantil, associar com o Leasing. 47. Resposta; Letra D.
a) contrato de futuro é um compromisso assumido
43. Resposta; Letra C. entre duas partes, compromisso de comprar ou ven-
Essa está fácil de responder, basta observarmos que o der determinado ativo numa data determinada a um
enunciado cita ‘captação a custo zero” através de con- determinado preço. Os contratos futuros são um im-
tas correntes dos clientes, o que nos leva à alternativa portante instrumento financeiro, uma vez que permite
C, pois, captação a custo zero são os depósitos à vis- sejam negociados hoje, direitos futuros em condições
ta que não são remunerados e que possuem liquidez de incerteza.
imediata. b) Podemos definir operação de hedge como uma
transação compensatória que visa proteger o indi-
44. Resposta; Letra D. víduo ou a instituição contra prejuízos oriundos da
Bem, como se trata de título de crédito emitido PELA oscilação de preços. O hedge é definido pelo preço
empresa, já podemos descartar alternativas A, B e E. estabelecido para o futuro com base nas cotações no
(esses conceitos já foram abordados em outras ques- momento do negócio. O hedge é a garantia de cota-
tões). ção a um preço pré-definido.
Aí cabe saber o que significa Export Note e Commer- c) Uma Opção é um contrato de direito sobre deter-
cial Paper; vejamos: minado ativo. As opções são um tipo de derivativo
Export Note; títulos representativos de créditos em que dá o direito, mas não a obrigação, de comprar
moeda estrangeira a serem recebidos futuramente, ou vender um ativo em uma determinada data a um
originados da venda de mercadorias ou serviços para determinado preço.
o exterior. d) Um swap nada mais é do que uma troca de riscos
Commercial Paper: títulos de crédito emitidos por so- entre duas partes.
ciedades anônimas, visando captação pública de re- Na definição mais formal, swap consiste em um acor-
cursos para seu capital de giro. do para duas partes trocarem o risco de uma posi-
A única alternativa que trata de títulos emitidos pela ção ativa (credora) ou passiva (devedora), em data fu-
própria empresa é a D, Commercial Paper. tura, conforme critérios preestabelecidos.
Essas trocas (swaps) são bastante comuns com po-
45. Resposta; Letra E. sições envolvendo taxas de juro, moedas  e commo-
a) emissão de debêntures corresponde apenas às S/A. dities. Apesar de muitos autores de livros didáticos
b) Securitização é uma prática financeira que consiste considerarem o swap uma evolução sua estrutura é
em agrupar vários tipos de passivos financeiros, con- bastante semelhante à dos antigos contratos a termo.
vertendo-os em títulos padronizados negociáveis no e) Nas finanças, um contrato a termo ou simplesmen-
mercado de capitais interno e externo. Não tem nada te termo é um contrato não padronizado entre duas
a ver com lotes de ações. partes para comprar ou vender um ativo em uma data
BANCO DO BRASIL

c) um título de garantia, emitido pela empresa encar- no futuro a um preço acordado hoje, sendo um tipo
regada da guarda e conservação de mercadorias, que de contrato derivativo. Ele é diferente do contrato a
poderão ser vendidas ou negociadas, e que atesta ao vista, que é um acordo para comprar ou vender um
seu portador as propriedades do objeto em custódia. ativo hoje.
Além de ser um instrumento de crédito, que permite
ao depositante contrair empréstimo por meio de sua

144
48. Resposta; Letra A. 52. Resposta; Letra D.
Vendor Finance Eis aqui uma questão polemica, cuja interpretação é
É uma operação de financiamento de vendas baseadas bem ambígua. O gabarito aponta a letra B, então ve-
no princípio da cessão de crédito, que permite a uma jamos as dúvidas.
empresa vender seu produto a prazo e receber o Primeiramente, conceituamos letra de câmbio como
pagamento à vista. A operação de Vendor supõe que uma espécie de título de crédito de renda fixa, com
a empresa compradora seja cliente tradicional da ven- possibilidade de transferência, isto é, diz-se que a le-
dedora, pois será esta que irá assumir o risco do negó- tra de câmbio é um título de crédito nominativo, ou
cio junto ao banco. Em síntese: Vendor: financia suas seja, em favor de um credor específico, com prazo de
vendas. vencimento determinado e, pode ser u suscetível de
Compror Finance circulação mediante endosso, aí é que entra a discus-
Existe uma operação inversa ao Vendor, denomina- são sobre a alternativa B.
da Compror, que ocorre quando pequenas indústrias B) As letras de câmbio se caracterizam como títulos
vendem para grandes lojas comerciais. Neste caso, em transferíveis por meio de endosso, que podem ser
vez de o vendedor (indústria) ser o fiador do contrato, pré-fixados ou pós-fixados.
o próprio comprador é que funciona como tal. Trata- Se a parte “podem ser pré-fixados ou pós-fixados” es-
-se, na verdade, de um instrumento que dilata o prazo tiver se referindo à endosso, a alternativa está incorre-
de pagamento de compra sem envolver o vendedor ta, porém, existe a interpretação de que essa parte da
(fornecedor). Em síntese: Compror: financia suas com- alternativa se refere à letra de câmbio.
pras. Como o enunciado diz, são as grandes lojas que Eu particularmente, entendo, por questão de concor-
buscam os bancos, ou seja, quem está comprando. dância, que se refere ao endosso, o que torna a alter-
nativa incorreta.
49. Resposta; Letra B. Sendo, portanto, coerente o gabarito.
Bem que podíamos ter várias dessas não é mesmo
meus amigos, muito fácil, o cartão de crédito que 53. Resposta; Letra A.
uma espécie de dinheiro, conhecida como dinheiro de Pelas alternativas constantes, essa estava fácil.
plástico e que tem sido cada vez mais usada nas ne- LEI 9.613/98
gociações comerciais. Art. 10. As pessoas referidas no art. 9º:
I - identificarão seus clientes e manterão cadastro atu-
50. Resposta; Letra E. alizado, nos termos de instruções emanadas das auto-
Essa também dá pra matar fácil, vejam o que o enun- ridades competentes
ciado cita: TERMINAIS DE COMPUTADORES, CAIXAS
ELETRONICOS, BANCOS 24 HORAS, pois bem, alter- 54. Resposta; Letra C.
nativas A e B não tem nada a ver, nos restando home, a) BACEN é órgão executivo
internet e remote banking, aí então, voltamos à dica b) BNDES é um agente especial do SFN cuja finalidade
do enunciado e, concluímos que, dentre as três, a que é fomentar e impulsionar a economia do país.
pode ser utilizada através de TERMINAIS DE COMPU- c) órgão normativo máximo tem como principais atri-
TADORES, CAIXAS ELETRONICOS, BANCOS 24 HORAS buições estabelecer as diretrizes gerais das políticas
é o remote banking. monetária, creditícia e cambial; regular as condições
de constituição, funcionamento e fiscalização das
51. Resposta; Letra C. instituições financeiras, além de saneamento básico,
Nessa questão também vamos aproveitar algumas pa- administração de loterias e de fundos e programas
lavras chave que o enunciado apresenta: sociais.
COMPRA DE UM BEM A CREDITO d) o Ministério da Fazenda é o órgão responsável por
TRANSFERENCIA DE BEM DO DEVEDOR AO CREDOR planejar, formular e executar as políticas econômicas
BEM MOVEL OU IMOVEL nacionais.
Se eu compro um bem a crédito, significa que o pró- e) a CEF é um agente especial do SFN cuja finalidade
prio bem é a garantia, ou seja, garantia real, depois tem como foco principal a política de habitação.
existe a transferência do bem para o credor, aí fica fá-
cil, pois, ao se tratar de garantia real, eu elimino aval e 55. Resposta; Letra A.
fiança, aí temos a transferência do bem, o que elimina Mais uma sobre CVM.
a hipoteca, pois, nessa, o bem continua na proprie- A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) é o órgão
dade e posse do devedor e, por que não o penhor? normativo do sistema financeiro, voltado para o de-
Porque existe penhor onde a posse é do credor, nos senvolvimento, a normatização e controle do merca-
restando, portanto, a alienação fiduciária. do de valores mobiliários, disciplina e a fiscalização do
Na alienação fiduciária, a garantia é real (próprio bem mercado de valores mobiliários não emitidos pelo sis-
BANCO DO BRASIL

é a garantia), a transferência do bem se dá em caso tema financeiro e pelo Tesouro Nacional, basicamente
de inadimplência do devedor e, a propriedade é do o mercado de ações de debêntures. É uma entidade
credor, porém a POSSE é do devedor que passa ser o auxiliar autárquica autônoma e descentralizada, mas
fiel depósitário. vinculada ao governo. 

145
56. Resposta; Letra E. 62. Resposta; Letra C.
Alguns questionamentos foram levantados sobre a Crédito rotativo é um tipo de crédito que funciona de
questão ser anulada ou não, porém, o que cabe aqui é forma semelhante a um “empréstimo de emergência”,
uma correta interpretação de texto. sendo concedido tanto a pessoas físicas quanto jurí-
Primeiro vamos ao seu objetivo - este sistema visa dicas.
controlar e liquidar financeiramente as operações de Mediante o contrato de crédito rotativo abre-se uma
compra e venda de títulos públicos federais e manter linha de crédito a uma pessoa física ou jurídica com
sua custódia física e escritural, com o objetivo de tor- limite pré-estabelecido e que pode ser utilizado de
nar mais transparente e segura a negociação de títulos forma automática pelo tomador, de acordo com suas
públicos. necessidades. O crédito disponível diminui à medida
Como acima descrito, custódia física e escritural sim, que o tomador o utiliza e aumenta à medida que é
pois, o fato de, hoje, todos os títulos serem escriturais, feito o pagamento do principal já utilizado.
isto é, emitidos exclusivamente na forma eletrônica, Geralmente, esse tipo de crédito é concedido pelos
não representa a realidade de quando o sistema foi bancos a seus clientes, após análise de crédito. Ocorre
criado, pois, a informatização veio muito tempo de- que, quando não há saldo disponível na conta corren-
pois. te do cliente, a instituição financeira libera o crédito
Portanto, conforme enunciado solicita, o gabarito pré-estabelecido de forma automática. Outra caracte-
apontado pela banca corresponde de forma assertiva. rística desse tipo de crédito é que o cliente paga en-
cargos e impostos somente pelos recursos usados e
57. Resposta; Letra D. pelo tempo que os utilizou.
HOT-MONEY –  trata-se de um tipo de financiamen-
to para despesas de curtíssimo prazo, normalmante, 63. Resposta; Letra B.
dentro de 30 dias. Vendor Finance é uma operação de financiamento de
Spreade - refere-se à diferença entre o preço de com- vendas baseadas no princípio da cessão de crédito,
pra (procura) e venda (oferta) de uma ação, título ou que permite a uma empresa vender seu produto a
transação monetária. prazo e receber o pagamento à vista. A operação de
Funding - Refere-se à obtenção de recursos de uma Vendor supõe que a empresa compradora seja cliente
instituição financeira. tradicional da vendedora, pois será esta que irá as-
Agora, para não você não se confundir mais, basta
sumir o risco do negócio junto ao banco. Em síntese:
lembrar dessa associação:
Vendor: financia suas vendas.
Fomento mercantil, associar com o factoring.
Arrendamento mercantil, associar com o Leasing.
64. Resposta; Letra D.
Mercado Primario X Mercado Secundário
58. Resposta; Letra B.
Uma das principais funções do mercado de capitais é
Item III – compete à CVM
Item IV – a aplicação de recursos é disciplinada pelo possibilitar que as companhias ou outros emissores de
CMN. valores mobiliários, com o intuito de viabilizar projetos
de investimento, captem recursos diretamente do pú-
59. Resposta; Letra B. blico investidor em condições mais vantajosas do que
Duas expressões chaves – depósitos à vista e sem re- as oferecidas pelos empréstimos e financiamentos
muneração, o que nos remete à captação a custo zero” bancários. Quando as companhias decidem levantar
através de contas correntes dos clientes, pois, capta- recursos dessa forma, elas realizam uma nova emissão
ção a custo zero são os depósitos à vista que não são de valores mobiliários no mercado.
remunerados e que possuem liquidez imediata. O mercado primário é aquele em os valores mobiliá-
rios de uma nova emissão da companhia são negocia-
60. Resposta; Letra E. dos diretamente entre a companhia e os investidores
Corporate Finance ou Finanças Corporativas são – subscritores da emissão -, e os recursos são destina-
operações realizadas pelas empresas com o objetivo dos para os projetos de investimento da empresa ou
de fundamentar análises e decisões financeiras estra- para o caixa.
tégicas voltadas para o benefício do negócio. Envol- Entretanto, alguns desses valores mobiliários, como
ve, principalmente, a intermediação de fusões, cisões, as ações, representam frações patrimoniais da com-
aquisições e incorporações de empresas, além de panhia e, dessa forma, não são resgatáveis em data
processos de reorganização, avaliações econômico- pré-definida. Da mesma forma, outros podem ter pra-
-financeiras e assessoria em litígios. (fonte: www.blog. zos de vencimento muito longo. Essas características,
msbrasil.com.br) entre outras, poderiam afastar muitos dos investidores
do mercado de capitais, caso eles não tivessem como
61. Resposta; Letra B. negociar com terceiros os valores mobiliários subscri-
BANCO DO BRASIL

Letra de câmbio como uma espécie de título de cré- tos, dificultando o processo de emissão das compa-
dito de renda fixa, com possibilidade de transferên- nhias.
cia, isto é, diz-se que a letra de câmbio é um título de O mercado secundário cumpre essa função. É o lo-
crédito nominativo, ou seja, em favor de um credor cal onde os investidores negociam e transferem en-
específico, com prazo de vencimento determinado e, tre si os valores mobiliários emitidos pelas compa-
pode ser u suscetível de circulação mediante endosso. nhias. Nesse mercado ocorre apenas a transferência

146
de propriedade e de recursos entre investidores. A As ações são negociadas na bolsa de valores ou no
companhia não tem participação. Portanto, o merca- mercado de balcão, e seus preços variam constante-
do secundário oferece liquidez aos títulos emitidos no mente de acordo com a oferta e a demanda.
mercado primário. Se há muitos investidores querendo comprar deter-
minada ação, seu preço tende a subir. Mas se muita
65. Resposta; Letra A. gente quiser vender, o preço tende a cair.
Underwriting - ocorre quando uma companhia sele- Isso faz com que as ações sejam investimentos de alta
ciona e contrata um intermediário financeiro, que será volatilidade. Isto é, seus preços variam bastante, po-
responsável pela colocação de uma subscrição pública dendo ter enormes ganhos ou fortes perdas.
de ações ou obrigações no mercado. O investimento visa a capturar o crescimento e o de-
sempenho das empresas ao longo do tempo. Este é
66. Resposta; Letra C. um processo repleto de altos e baixos e suscetível a
Câmbio manual – olhem só – manual – o próprio ciclos econômicos e políticos. É possível ganhar tanto
nome diz, troca física de moeda em espécie ou travel- com a valorização do papel como com a distribuição
lers checks, diferentemente do cambio sacado, onde de dividendos.
a troca ocorre na própria conta corrente através de Como a oscilação dos preços é constante e diária, o
operações de débito ou crédito. investimento em ações deve ser considerado de longo
prazo, mesmo quando a empresa é sólida e tem boas
67. Resposta; Letra E. perspectivas. Operações de curto prazo têm um risco
Um swap nada mais é do que uma troca de riscos en- bastante elevado. (Fonte: www.blog.genialinvestimen-
tre duas partes. tos.com.br)
Na definição mais formal, swap consiste em um acor-
do para duas partes trocarem o risco de uma posi- 69. Resposta; Letra A.
ção ativa (credora) ou passiva (devedora), em data fu- AVAL BANCÁRIO – o banco avaliza a transação, ou seja,
tura, conforme critérios preestabelecidos. dá uma garantia de cumprimento da obrigação assu-
Essas trocas (swaps) são bastante comuns com po- mida pelo cliente em operações de livranças ou em
sições envolvendo taxas de juro, moedas  e commo- letras sacadas, aceites ou endossadas pelo seu cliente.
dities. Apesar de muitos autores de livros didáticos
considerarem o swap uma evolução, sua estrutura são 70. Resposta; Letra C.
bastante semelhantes à dos antigos contratos a termo. LEI 9.613/98
Art. 10. As pessoas referidas no art. 9º:
68. Resposta; Letra D. I - identificarão seus clientes e manterão cadastro atu-
Embora a resposta seja fácil, ao relacionarmos compa- alizado, nos termos de instruções emanadas das auto-
nhias abertas, ações e bolsa de valores, vamos colocar ridades competentes
um pequeno artigo que aborda e explica um pouco
mais sobre ações para facilitar o entendimento das 71. Resposta; Anulada.
ações de companhias abertas. A banca na alternativa D não especificou para quem
Uma ação é a menor parcela do capital social das é a isenção de IR, e essa isenção não vale para todo
companhias ou sociedades anônimas. Em português mundo, por exemplo, uma pessoa PJ ou PF sem fins
claro, ações são títulos que representam pedacinhos lucrativos é isento, para PJ com fins lucrativos índice
da empresa que os emitiu. alíquota, e a questão não especifica.
Seus detentores são os acionistas da empresa. Só-
cios que, como tais, têm todos os direitos e deveres 72. Resposta; Letra C.
de qualquer outro sócio, conforme a quantidade de O Conselho Monetário Nacional (CMN) é o órgão de-
ações que possuem. liberativo normativo máximo do Sistema Financeiro
Todas as companhias ou sociedades anônimas têm Nacional (SFN), tendo como principal função estabe-
seu capital dividido em ações. Mas apenas aquelas lecer e fixar as diretrizes e normas relacionadas às po-
que buscam um registro de companhia aberta junto líticas monetária, creditícia e cambial, com o objetivo
à Comissão de Valores Mobiliários (CVM) e atendem a de garantir a estabilidade e o desenvolvimento econô-
certos critérios podem ter suas ações negociadas em mico do país. Ao Banco Central do Brasil (BC) compete
bolsa de valores ou no mercado de balcão. apenas a execução e acompanhamento das normas
Comprar ações em companhias fechadas requer uma definidas pelo CMN, pois é um órgão executor.
negociação direta com os sócios atuais da empresa.
Este é um processo pouco acessível às pessoas físicas. 73. Resposta; Letra E.
Quando a companhia é de capital aberto, no entanto, As instituições financeiras que conforme citado na
qualquer indivíduo pode adquirir suas ações. Basta ter questão, possuam entre seus clientes pessoas físicas
um CPF e uma conta em corretora de valores. Dessa ou pessoas jurídicas classificadas como microempre-
BANCO DO BRASIL

forma é possível se tornar sócio até mesmo de gigan- sas na forma da legislação própria, devem estabelecer
tes como a Petrobras, a Vale e a Ambev. componente organizacional de ouvidoria, a qual deve
Ações são investimentos classificados como renda va- atuar como canal de comunicação entre a instituição
riável, pois o pagamento de dividendos e outros pro- e seus clientes, realizando a mediação entre as partes
ventos aos acionistas está condicionado ao desempe- na resolução de conflitos.
nho da empresa.

147
74. Resposta; Letra E. mesmas não oferecem direito a voto em assembléia,
As instituições têm total controle sobre as campanhas salvo em situações de não pagamento de benefícios
institucionais realizadas, sobre as publicações da pá- por mais de três anos.
gina da empresa na internet, sobre o composto de
marketing praticado e sobre a localização da agência, 80. Resposta; Letra D.
portanto todas estas variáveis podem ser classificadas O processo de Underwriting, também conhecido
como controláveis. Porém, as instituições não pos- como subscrição, é realizado no mercado primário de
suem completo domínio sobre a situação econômica capitais como forma de intertermédio de captação de
do país, o que pode ser definida como uma variável recursos, onde uma companhia contrata uma empresa
incontrolável para as mesmas. intermediária para negociação de suas ações no mer-
cado. As empresas intermediárias podem ser bancos
75. Resposta; Letra C. múltiplos, bancos de investimentos, sociedades corre-
O conceito de marketing “Share Of Mind” diz respei- toras e distribuidoras de títulos e valores mobiliários,
to a participação de uma marca de determinada ca- todos com a obrigatoriedade de registro na Comissão
tegoria na mente do cliente, ou seja, qual a primeira de Valores Mobiliários (CVM). Todas as operações de-
empresa que ele pensa quando questionado sobre vem estar de acordo com os termos e condições pre-
determinado segmento. Portanto, para que um banco vistos no prospecto.
possa medir seu share of mind deve solicitar a seus
clientes que citem a primeira marca que lhes vêm à 81. Resposta; Letra A.
cabeça sobre o setor bancário. As notas promissórias comerciais (commercial papers)
são títulos de curto prazo emitidos por empresas com
o objetivo de captação de recursos rapidamente e
76. Resposta; Letra E.
devem ser registradas na Comissão de Valores Mo-
Existem quatro tipos principais de propagandas: pro-
biliários. Podem ser emitidas apenas por companhias
paganda informativa, propaganda persuasiva, propa- saudáveis economicamente e que não se classifiquem
ganda de lembrança e a propaganda de reforço. A como instituições financeiras; sociedades corretoras;
propaganda de reforço tem o objetivo de convencer sociedades distribuidoras de valores mobiliários; e
os atuais compradores que fizeram a escolha certa e empresas de leasing. As notas têm prazo mínimo de
pode ser utilizada pelas instituições bancárias como emissão de 30 dias para todas as classificações de em-
um pós-venda a fim de manter seus correntistas fide- presas e prazo máximo de emissão de 180 dias para
lizados. empresas de capital fechado e 360 dias para empresas
de capital aberto.
77. Resposta; Letra D.
Segundo o Art. 3º da resolução Nº 3.694 do Banco 82. Resposta; Letra C.
Central “É vedado às instituições referidas no art. 1º As Letras de Câmbio são títulos de créditos emitidos
recusar ou dificultar, aos clientes e usuários de seus por instituições financeiras (sociedade de crédito, fi-
produtos e serviços, o acesso aos canais de atendi- nanciamento e investimento) como forma de capta-
mento convencionais, inclusive guichês de caixa, mes- ção de recursos e financiamento de suas operações.
mo na hipótese de oferecer atendimento alternativo
ou eletrônico.” Portanto mesmo que previsto em con- 83. Resposta; Letra A.
trato, em destaque ou não, o banco não pode restrin- A Superintendência Nacional de Previdência Comple-
gir o atendimento nos guichês de caixa. mentar (Previc) é uma autarquia de natureza especial,
dotada de autonomia administrativa e financeira e pa-
78. Resposta; Letra D. trimônio próprio, vinculada ao Ministério da Econo-
Segundo a Lei 9.613, Art. 11º, as operações que pos- mia. Dentre as principais competências da Previc, se-
sam indicar crime de lavagem de dinheiro devem ser gundo o Decreto nº 8.992, de 20 de fevereiro de 2017,
comunicadas ao Controle de Atividades Financeiras está a fiscalização das atividades dos fundos de pen-
(COAF) dentro do prazo de 24 horas, sem a necessida- são e das entidades de previdência privada fechada.
de de comunicação prévia a qualquer pessoa, inclusive
84. Resposta; Letra B.
ao cliente a que se refira a informação.
A Federação Brasileira de Bancos (FEBRABAN) é a prin-
cipal entidade que atua como representante dos ban-
79. Resposta; Letra E. cos nos poderes Executivo, Legislativo, Judiciário. As
As ações preferenciais oferecem vantagens e prefe- normas em seu código abrangem produtos e serviços
rências para seus investidores em algumas situações, destinados a qualquer consumidor. Sua administração
como a prioridade no pagamento de dividendos ou é feita em conjuntos pelos maiores bancos do país e
no caso de falência da empresa. Oferecem também
BANCO DO BRASIL

suas regras, que se conciliam com os princípios do


valor de pagamento fixo ou dividendo mínimo como Código de Defesa do Consumidor, são revisadas por
percentual do lucro ou patrimônio líquido da empresa, um comitê revisional. Portanto a alternativa correta é
além de dividendos no mínimo 10% superiores em re- a letra b, a qual refere-se a dois dos quatro princí-
lação aos de investidores de ações ordinárias. Costu- pios implantados pela federação, a ética e legalidade;
meiramente as ações preferenciais têm maior liquidez o respeito ao consumidor; a comunicação eficiente; e
e um custo mais alto, também é válido lembrar que as a melhoria contínua.

148
85. Resposta; Letra C. 92. Resposta; Letra D.
O Fundo Garantidor de Crédito (FGC) é uma entidade O administrador de um fundo de investimento é o res-
privada, sem fins lucrativos que atua como uma ga- ponsável pelo funcionamento do mesmo, é ele que
rantia de pagamento ao investidor caso a instituição estabelece a constituição do fundo e também deve ser
financeira coberta pelo mesmo entre em processo de regulamentado pela CVM (Comissão de Valores Mobi-
falência. Os investimentos cobertos pelo fundo são: liários), além disso também deve apurar e divulgar o
Depósitos a vista e a prazo; a poupança; LCs; LCIs; valor das cotas.
LCAs; e CDB.
93. Resposta; Letra D.
86. Resposta; Letra D. Segundo o Art. 23 da resolução N° 4.434 as coopera-
As operações de SWAP (Troca) consistem em um acor- tivas de crédito podem: I – captar depósitos, somente
do entre duas partes para troca de posições quanto ao de associados, sem emissão de certificado; obter em-
risco e à rentabilidade em uma data futura conforme préstimos ou repasses de instituições financeiras na-
medidas prefixadas. cionais ou estrangeiras; receber recursos oriundos de
fundos oficiais e recursos, em caráter eventual, isentos
87. Resposta; Letra C. de remuneração ou a taxas favorecidas, de qualquer
Os títulos de capitalização são títulos comercializados entidade na forma de doações, empréstimos ou re-
por instituições financeiras autorizadas pela Superin- passes.
tendência de Seguros Privados (SUSEP) com o obje-
tivo de aplicação e com o fator da sorte por meio da 94. Resposta; Letra A.
realização de sorteios. Neste tipo de título o cliente O Conselho de Recursos do Sistema Financeiro Nacio-
aplica mensalmente uma determinada quantia a fim nal (CRSFN) é um órgão colegiado, de segundo grau,
de concorrer a prêmios de sorteios, recebendo no final integrante da estrutura do Ministério da Economia e
do prazo da aplicação seu capital acrescido de rea- tem por finalidade julgar, em última instância admi-
justes e subtraído taxas de administração e cota para nistrativa, os recursos contra as sanções aplicadas pelo
sorteio. Os títulos possuem um prazo mínimo de 12 BACEN e CVM e, nos processos de lavagem de dinhei-
meses de carência e caso seja resgatado antes do pra- ro, as sanções aplicadas pelo COAF, SUSEP e demais
zo estipulado parte do valor capitalizado fica com a autoridades competentes. O terceiro item não pode
instituição. ser classificado como correto pois as penalidades por
infrações à legislação de capitais estrangeiros são de
88. Resposta; Letra D. responsabilidade do BACEN e não da CVM.
A operação de empréstimo bancário Hot Money (Di-
nheiro Quente) é realizada em casos de curto prazo 95. Resposta; Letra E.
ou curtíssimo prazo, de 1 a 29 dias. São empréstimos O Sistema Especial de Liquidação e de Custódia (SE-
solicitados por pessoas jurídicas servindo de capital de LIC), criado em 1979, é um sistema informatizado
giro para situações em que é necessário cobrir despe- pertencente ao Banco Central do Brasil, destinado
sas de forma rápida e ágil. ao registro, custódia e liquidação de títulos públicos
emitidos pelo Tesouro Nacional. O SELIC é classificado
89. Resposta; Letra C. como Clearing House, o sistema compõe o Sistema
O Comitê de Política Monetária do Banco Central (CO- Brasileiro de Pagamentos.
POM) foi criado em 1996 com o objetivo de estabe-
lecer as diretrizes da política monetária e cumprir as 96. Resposta; Letra B.
metas inflacionárias definidas pelo Conselho Monetá- Nas operações de arrendamento mercantil do tipo le-
rio Nacional. A comissão é composta pelos membros asing é feito um acordo onde é concedido pela parte
da Diretoria Colegiada do Banco Central do Brasil, e arrendadora o direito de utilizar um bem, cobrando
suas reuniões ocorrem a cada 45 dias (8 reuniões ao seu devido aluguel por esse uso temporário. No lea-
ao ano). sing operacional não existe o objetivo de compra do
bem ao final do contrato, porém se o arrendatário o
90. Resposta; Letra D. desejar, deverá negociá-lo por seu valor de mercado.
No crime de lavagem de dinheiro os agentes adotam
diversas formas para tentar transformar o recurso ad- 97. Resposta; Letra C.
quirido de forma ilícita em “dinheiro limpo”. Uma das A caderneta de poupança é a mais famosa forma de
tipologias utilizadas para tal é a estruturação ou fra- investimento no Brasil, oferecida por instituições fi-
cionamento, onde um montante é dividido em várias nanceiras para pessoas física e jurídicas, dotando de
quantias pequenas, no limite da legislação, a fim de baixo risco, cobertura do FGC e liquidez diária.
que não desperte a atenção das autoridades de con- Para pessoas físicas, os rendimentos referidos em con-
trole e prevenção à lavagem. tas poupança são isentos de imposto de renda, porém
BANCO DO BRASIL

pessoas jurídicas com fins lucrativos sofrem tributação


91. Resposta; Letra A. de 22,5% sobre o rendimento nominal. Os depósitos
Em um regime de câmbio flutuante sujo, o Banco Cen- realizados em poupança têm rendimentos em datas-
tral do Brasil permite ao mercado estabelecer livre- -aniversários, sendo sempre o mesmo dia do mês se-
mente a taxa de câmbio, intervindo apenas para evitar guinte, salvo nos dias 29; 30 e 31 que terão como data
oscilações bruscas nas cotações. de aniversário oficial o dia 01 do mês subsequente.

149
98. Resposta; Letra B.
De acordo com o Art. 18. da Lei N°4595 “As instituições financeiras somente poderão funcionar no País mediante
prévia autorização do Banco Central da República do Brasil ou decreto do Poder Executivo, quando forem estran-
geiras.”

99. Resposta; Letra C.


Segundo o Banco Central do Brasil, o Sistema Financeiro Nacional é integrado por:
I. Órgãos Normativos: Conselho Monetário nacional (CMN); Conselho Nacional de Seguros Privados (CNPS); e Con-
selho Nacional de Previdência Complementar (CNPC).
II. Entidades Supervisoras: Banco Central do Brasil (BACEN); Comissão de Valores Mobiliários (CVM); Superintendên-
cia de Seguros Privados (SUSEP); e Superintendência Nacional de Previdência Complementar (PREVIC).
III. Operadores do SFN: Instituições Financeiras Captadoras de Depósitos à vista; Bolsas de Mercadorias e Futuros;
IRB - Brasil Resseguros; e Entidades Fechadas de Previdência Complementar.

100. Resposta; Letra A.


O Novo Mercado, criado em 2009 pela Bovespa, é um segmento de listagem destinado a negociações de novas
ações, exclusivamente ordinárias, emitidas por companhias que tenham se comprometido voluntariamente a cum-
prir as práticas de governança corporativa, além do que é exigido pela legislação. O conselho administrativo no novo
mercado deve ser composto por no mínimo cinco membros, com mandato máximo de dois anos.
101. Resposta; Letra A.
A função do agente fiduciário de debêntures é de realizar o papel de representante legal da comunhão de interesses
dos debenturistas, protegendo seus direitos junto à emissora. O agente é nomeado pela assembleia de debenturis-
tas e sua presença é obrigatória nas emissões públicas. É também, de sua responsabilidade assegurar que a emitente
cumpra as cláusulas da escritura.

102. Resposta; Letra E.


As sociedades de crédito imobiliário, são tais entidades constituídas sob a forma de sociedade anônima, que atuam
no financiamento habitacional. Constituem operações passivas de tais sociedades, os depósitos de poupança, a
emissão de letras e cédulas hipotecárias e os depósitos interfinanceiros.

103. Resposta; Letra A.


O Prospecto de um fundo de investimento consiste em um documento que apresenta de forma destacada as prin-
cipais informações relevantes para o investidor contidas no regulamento. Segundo a Instrução CVM Nº 409, devem
apresentar os objetivos do fundo, os riscos assumidos e a política de investimento adotada.

104. Resposta; Letra B.


Uma carta de fiança bancária é um acordo por meio do qual o banco, sendo o fiador, garante o cumprimento total
ou parcial da obrigação de seus clientes e poderá ser concedido em diversas modalidades de operações. Caso o
fiador abra mão do seu benefício de ordem, ele torna-se um avalista: solidário e pode ser o principal pagador, isto é,
o credor pode cobrar primeiro o fiador. A carta de fiança é uma obrigação escrita, acessória, assumida pelo banco,
sem a necessidade de formalização por instrumento público.
BANCO DO BRASIL

150
INFORMÁTICA

1. (CESGRANRIO – ESCRITURÁRIO – BANCO DO BRASIL – 2018) Considere as Tabelas abaixo.

O funcionário responsável pelo controle do material de expediente de determinada agência preparou a Tabela T com
o registro do consumo de alguns itens mais relevantes e apresentou-a ao seu chefe. Esse, então, solicitou que o fun-
cionário montasse mais duas tabelas com formas diferentes de apresentação desses dados. Dadas as instruções para a
realização da tarefa, o resultado foi consolidado nas Tabelas X e Y.
Considerando-se o conceito de OLAP, quais foram as operações realizadas de T para X e de T para Y, respectivamente?

a) Drill Down e Roll-Up


BANCO DO BRASIL

b) Drill Down e Rotation


c) Slice e Roll-Up
d) Roll-Up e Drill Down
e) Roll-Up e Rotation

151
2. (CESGRANRIO – ESCRITURÁRIO – BANCO DO BRA- b)
SIL – 2018) Observe as seguintes Figuras extraídas de
uma página HTML com Javascript. A Figura 1 apresenta
um campo do tipo select sendo selecionado pelo usuário
(no caso, a opção 2). A Figura 2 mostra o que acontece
imediatamente depois que o usuário seleciona a opção.
O Google Chrome foi utilizado para capturar a imagem,
mas o efeito seria o mesmo nos navegadores mais utili-
zados.

c)

A página HTML com Javascript que apresenta esse com-


portamento é:

a)
BANCO DO BRASIL

152
d) 3. (CESGRANRIO – ESCRITURÁRIO – BANCO DO BRA-
SIL – 2018) Considere o código Node.js apresentado a
seguir:

Considere, ainda, que a aplicação foi endereçada com a


seguinte url (considere a url correta):
http://example.com:8080/a.b?c=d&e=f&g
O resultado obtido será:

a)
site: example.com

port: 8080

c: d

e: f
e)
g:

b)
example.com: 8080

c: d

e: f

g:

c)
example.com: 8080

c: d

e: f

d)
c: d

e: f

e)
c: d
BANCO DO BRASIL

e: f

g:

153
4. (CESGRANRIO – ESCRITURÁRIO – BANCO DO BRA- a) SELECT nomeCliente FROM Cliente, ContaCliente, Con-
SIL – 2018) Um desenvolvedor de uma instituição ban- ta WHERE idCliente=idCliente AND idConta=idConta
cária foi designado para tentar usar técnicas de apren- AND ultimoSaldo > 2000;
dizado de máquina para, dado o saldo diário durante b) SELECT nomeCliente FROM TABLES Cliente c, Conta-
um ano de um cliente, classificá-lo como BOM ou MAU Cliente cc, Conta cs WHERE c.idCliente=cc.idCliente
candidato a receber um cartão de crédito VIP. Para isso, a AND cc.idConta=cs.idConta AND cs.ultimoSaldo >
única informação que pode usar — e que ele recebeu — 2000;
é um conjunto de treinamento com 50.000 clientes pré- c) SELECT nomeCliente FROM Cliente c, ContaClien-
classificados pelos seus gerentes, contendo 365 campos te cc, Conta cs WHERE c.idCliente=cc.idCliente AND
com os saldos diários e um campo com o número 1, caso cc.idConta=cs.idConta AND cs.ultimoSaldo > 2000;
o cliente fosse um BOM candidato, ou o número 0 (zero), d) SELECT nomeCliente FROM Cliente c, ContaCliente cc,
caso fosse um MAU candidato. Essas respostas são con- Conta cs INNER JOIN c.idCliente=cc.idCliente AND
sideradas corretas. cc.idConta=cs.idConta AND cs.ultimoSaldo > 2000;
Considerando as práticas tradicionais de aprendizado de e) SELECT nomeCliente FROM Cliente c INNER JOIN Con-
máquina, o desenvolvedor deve escolher um algoritmo taCliente cc INNER JOIN Conta cs AS c.idCliente=cc.
idCliente AND cc.idConta=cs.idConta AND
a) supervisionado, porque humanos precisarão verificar a cs.ultimoSaldo > 2000;
execução do algoritmo.
b) supervisionado, porque o conjunto de treinamento 7. (CESGRANRIO – ESCRITURÁRIO – BANCO DO BRA-
possui dados e rótulo, sendo necessário aprender a SIL – 2018) Um desenvolvedor precisava construir um
função que prediz o rótulo correto. modelo estrela para produzir um data warehouse sobre
c) não supervisionado, porque humanos não precisarão as transferências eletrônicas disponíveis (TED) feitas pe-
verificar a execução do algoritmo.