Você está na página 1de 50

Cliente ATLAS ELETRODOMÉSTICOS LTDA

Solicitante Evandro Castelaci

Produto SAP

Versão EHP6 FOR SAP ERP 6.0

Plataforma/OS

Indústria

Aplicação SAP PM

Base de dados PRD300 / SYBASE

Gestão da Manutenção - Manual de utilização de criação de Dados


Título do Documento
Mestres
Número do Documento 0001

Versão do Documento 01

Documento Origem

Data 28/03/2018

Responsável Emanuel Teles

Observação

Status do documento CONCLUIDO

Assinatura (assinatura do responsável)

1
INDICE

1 INTRODUÇÃO...............................................................................................................3
1.1 OBJETIVO.....................................................................................................................3
1.2 CONHECIMENTOS GERAIS...................................................................................................3
2 PROCEDIMENTO...........................................................................................................4
2.1 DADOS MESTRES.........................................................................................................4
2.1.1 Criar Local de Instalação – IL01....................................................................................4
2.1.2 Criar Equipamento – IE01............................................................................................8
2.1.3 Dados técnicos do equipamento....................................................................................9
2.1.4 Montagem de Equipamento – IL02..............................................................................12
2.1.4.1 Caminho usando o Match Code para buscar o equipamento:......................................................15
2.1.5 Desmontagem de um Equipamento.............................................................................16
2.1.6 Desmontagem de um Equipamento.............................................................................17
2.1.7 Etapas para desmontar o Equipamento........................................................................18
2.1.8 Cadastrar o Centro de Trabalho..................................................................................19
2.1.9 Etapas para cadastrar um novo Centro de Trabalho.......................................................19
2.1.10 Cadastrar CONJUNTOS do equipamento.......................................................................27
2.1.11 Atribuir o conjunto ao Equipamento.............................................................................29
2.1.12 Verificando a exibição dos conjuntos na estrutura.........................................................30
2.1.13 Etapas para Cadastrar uma Lista de PEÇAS para o conjunto...........................................31
2.1.14 Cadastrar um plano por estratégias (frequências de disparo para ordens)........................33
2.1.15 Dados do plano de manutenção..................................................................................34
2.1.16 Plano de manutenção com vários itens (mais de um equipamento).................................43

1 INTRODUÇÃO

1.1 OBJETIVO

Este documento visa auxiliar na criação dos Dados Mestres que serão utilizados para a frente do módulo
de PM (Manutenção), onde as transações de criação serão IL01 – Locais de Instalação, IE01 – Equipamentos,
IR01 – Centros de Trabalho e as transações para criar as Listas de Trabalho IA01 – Lista de Trabalho para
Equipamento, IA05 – Listas de Trabalho Gerais e IA11 – Listas de Trabalho para Locais de Instalação.

1.2 CONHECIMENTOS GERAIS

Alguns botões são apresentados em mais de uma transação. A seguir será indicado os principais deles, e
o que fazem.
Em qualquer momento, no SAP, você poderá obter maiores informações, posicionando o cursor em cima
do campo, e tecle <F1>.

Ícone Descrição Comentário

Salvar Possibilita salvar algumas informações ou variantes de


exibição.
Criar Limpa a tela para um novo documento.

Renovar Atualiza os dados da tela.

2
Criar com cópia Copia a entrada selecionada.

Selecionar / Desmarcar Selecionar / Desmarcar todas as entradas.

Validação das informações No caso de telas iniciais de transação este botão


valida e entra na transação de criação do Objeto
Técnico.
Executar Este botão permite executar a transação para que ela
busque os dados contidos nela.
Validação Permite que acessar as informações de maneira mais
ampla.
Desmontagem Permite que um equipamento seja desmontado, ou
seja, retirado da estrutura do Local de Instalação.
Estrutura Permite que acesse a estrutura do Local de Instalação,
verificando qual ou quais são o(s) equipamento(s) que
serão montados ou desmontados.
Operação Permite que seja(m) criada(s) operação para a sua
Lista de Tarefas.
Listas de Tarefas Permite que seja visualizado a Lista de Tarefa criada.
Interno Indica o tipo de manutenção que é efetuado com as
operações deste Lista de Tarefa.

3
2 PROCEDIMENTO

2.1 DADOS MESTRES

2.1.1 Criar Local de Instalação – IL01

Caminho: Menu SAP -> Logística -> Manutenção -> Administração objetos técnicos -> Local de
instalação -> IL01 – Criar

Entrar na transação acima mencionada.


Realizar a entrada dos dados iniciais para criar um novo Local de Instalação.

 Clicar em ENTER, para entrar na transação e iniciar a criação do Local de Instalação;


 Escolher Cód. Estrutura da empresa;
 Digitar no campo local de instalação o código segundo o padrão da máscara;
 Para ganhar tempo utilizar o sequencial anterior como modelo copiando os dados do mesmo;

Inserir as informações obrigatórias:

Indique o nome do Local de Instalação, conforme indicado acima.

4
Se no cadastro for respeitada a lógica hierárquica do código B, o sistema imediatamente insere o novo
cadastro na posição correta da estrutura e completa automaticamente os campos relevantes:

 Grupo de autorizações,
 Código do centro de localização e endereço da planta

 Centro de custo responsável pela área/local


 Local superior

No caso de cópia, basta editar a descrição e o centro de custo se este for diferente

Se precisar editar ou não forem herdadas, insira as informações obrigatórias, conforme descritas acima.

Clique salvar no topo da tela e está criado seu Local de Instalação.

5
A Lógica hierárquica da máscara cria níveis. Cada nível, sempre traz, na sua composição obrigatoriamente,
todos os níveis ancestrais e pode ser utilizado para todo tipo de organização empresarial:

AAAAA-AA-NNN-NN-NN
1 2 3 4 5

Nível 1 = ATLAS, Grupo empresarial ou corporação


Nível 2 = Sigla que identifica o estado federal, onde se localiza a planta ou unidade
Nível 3 = Numeração sequencial lógica para Áreas, departamentos, setor
Nível 4 = Numeração sequencial lógica para subárea, departamentos, setor
Nível 5 = Numeração sequencial lógica para subdivisão de área, departamentos, setor

Exemplo fictício para compor uma hierarquia até o 5º nível

NIVEL 1 = Grupo empresarial POSTOS PATO BRANCO

NIVEL 2 = Localização geográfica, ESTADO PR

NIVEL 3 áreas de negócio / áreas operacionais

ÁREA 100 – CONVENIENCIA


ÁREA 200 - PATIO ABASTECIMENTOS
ÁREA 300 - SERVIÇOS

6
NIVEL 4 subáreas

LANCHONETE
TOALLETE FEMININO
TOALLETE MASCULINO
BOMBAS DE DIESEL
BOMBAS GASOLINA COMUM
BOMBAS DE ALCOOL ETANOL
LAVA-JATO

NÍVEL 5 Subdivisão ou setores das subáreas

LAVAGEM A SECO
POLIMENTO

7
2.1.2 Criar Equipamento – IE01

Caminho: Menu SAP -> Logística -> Manutenção -> Administração objetos técnicos -> Equipamento
-> IE01 – Criar

Entrar na transação acima mencionada.

Clicar em Enter para continuar ou no botão no lado superior esquerdo d


a tela.

 O número do equipamento é interno, deixe a entrada em branco;


 A data de validade é automática e proposta, registra desde quando o objeto está na base de dados
do sistema, não altere;
 A categoria de equipamento, define como será exibido o equipamento, informações: dados
técnicos, especificações técnicas.

O cadastro também pode ser tomado de um outro equipamento modelo, em seguida edita-se os dados
técnicos que forem diferentes:

8
Existem as seguintes categorias de equipamentos para uso:

M = Máquinas e equipamentos (compressores, pórticos, prensas, bombas centrifugas, redutores;


F = Ferramentas
Q= Meios de controle de medição (instrumentos de medição, integrados ao controle de qulidade)

2.1.3 Dados técnicos do equipamento

Entrar na transação IE01 acima mencionada e inserir as informações obrigatórias a seguir:

Siga as ABAS, conforme as telas que se seguem, e vá preenchendo os campos “Obrigatórios”.

Denominação do Equipamento

9
ABA – DADOS TÉCNICOS

ABA – Planta / Unidade

10
Preencha os campos obrigatórios e continue

ABA – Empresa

Preencha os campos obrigatórios e continue.

ABA – Estrutura

11
Clique salvar no topo da tela e está criado seu Equipamento.

2.1.4 Montagem de Equipamento – IL02

Caminho: Menu SAP -> Logística -> Manutenção -> Administração objetos técnicos -> Local de
Instalação -> IL02 – Modificar Local de Instalação

Entrar na transação acima mencionada.

Clicar em Enter para continuar ou no botão no lado superior esquerdo da tela.

12
Entrar na transação acima e seguir os passos mostrados a seguir:

Clique

Para montagem de mais um equipamento, clique

13
NOTA: Nesta tela poderá inserir mais de um equipamento para o mesmo Local de Instalação.

Digite o número do equipamento, que será instalado neste local e tecle ENTER

14
Confirme a movimentação

15
2.1.4.1 Caminho usando o Match Code para buscar o equipamento:

Clicar em executar .

Dar um duplo clique em cima do Equipamento e o SAP te levará de volta a tela que estava.

16
Clicar no botão enter para poder validar a sua entrada.

Clicar na seta verde “Voltar” para retornar e para salvar as modificações realizadas,

clique salvar no topo da tela.

Nota: Poderá inserir quantos equipamentos quiser para um mesmo Local de Instalação.

2.1.5 Desmontagem de um Equipamento

Caminho: Menu SAP -> Logística -> Manutenção -> Administração objetos
Caminho ou Transação: técnicos -> Local de Instalação -> IL02 – Modificar Local de Instalação

Entrar na transação IL02.

17
Clicar em Enter para continuar ou no botão no lado superior esquerdo da tela.

2.1.6 Desmontagem de um Equipamento

18
2.1.7 Etapas para desmontar o Equipamento
Seguir todos os passos mostrados aqui nas telas.

Clique o ícone ESTRUTURA

Marque a linha que mostra o equipamento a ser desmontado....

Clique em

Confirme a data e hora da desmontagem

19
2.1.8 Cadastrar o Centro de Trabalho

Caminho ou Transação:

2.1.9 Etapas para cadastrar um novo Centro de Trabalho

Entrar na transação acima e seguir todos os passos mostrados

 O novo centro de trabalho, será MEC-1000 (Mecânica, filial/planta 1000). Para acelerar podemos fazer
o cadastro em cópia do centro de trabalho MEC_0001

20
Tecle enter confirmando a cópia

“DADOS BÁSICOS, completar /editar as informações standard

Clicar em VALORES PROPOSTOS

21
Informe as propostas para quando criar uma ordem de manutenção. O que for informado nesta tela virá
preenchido na ordem de manutenção. Neste caso a chave PM01 – Manutenção interna/própria e a impressora
padrão para as ordens.

Em seguida clique na aba CAPACIDADES...

Informe a fórmula SAP008 para calcular as horas da equipe interna

Em Seguida clique na aba PROGRAMAÇÃO

22
Informe dimensão e unidade de trabalho

Em seguida clique CÁLCULO DE CUSTOS

23
Informe:

Centros de custo no qual os especialistas ou técnicos estão cadastrados


A chave para tipo de atividade de manutenção
Marque o flag da chave do cálculo da atividade

Clicar em Salvar no topo da tela.

Para a atribuição das pessoas ao centro de trabalho, retorne até a aba CAPACIDADES e clique

24
Informe os dados a seguir, no exemplo para o turno 1 da especialidade mecânica:

Em seguida clique

Faça dois cliques na pasta Pessoa

25
Acione o machcod

Tecle ENTER

Selecione a pessoa e confirme

Confira a atribuição e repita o processo para cada pessoa que for atribuída. Se a oficina mecânica possui 4
especialistas então serão atribuídas aqui 4 pessoas.

26
 Os 4 especialistas, compõem a capacidade útil da oficina mecânica no turno 1 diariamente.
 O objetivo do PCM, será ocupar, com ordens de manutenção os 28,8 HH disponíveis

27
2.1.10 Cadastrar CONJUNTOS do equipamento

Os conjuntos do equipamento são materiais cadastrados no SAP MM, na transação MM01. Uma vez
cadastrados são atribuídos aos equipamentos na lista de materiais para o equipamento.

Caminho MM01

Procedimento:

Chama a transação MM01

28
 O padrão definido para os conjuntos é o intervalo AAA-10000 até ZZZ-99999
 A Parte alfanumérica, segrega os conjuntos por família, no caso PRH (Prensa hidráulica)
 Tecle ENTER

Selecione Dados básicos e tecle ENTER

Informe o texto descritivo, a unidade básica e o grupo padronizado. Salve o registro

29
2.1.11 Atribuir o conjunto ao Equipamento

Caminho ou Transação: IB01

30
Entrar na transação acima mencionada. Clicar Enter para continuar ou no lado superior esquerdo da tela.

Os conjuntos cadastrados, devem ser informados no padrão acima.

I = Item de estrutura do SAP PM


Componente = Conjunto cadastrado no SAP MM
Quantidade = numero que identifica qtos conjuntos existem no equipamento (em geral um de cada tipo)
UM = Unidade que expressa quantidade

Salvar a lista

2.1.12 Verificando a exibição dos conjuntos na estrutura

Entrar na transação IE02, com o código do equipamento, acima

31
ENTER

O equipamento prensa hidráulica agora possui, na estrutura, 3 níveis. Pode-se abrir ordens de
manutenção estratificando a aplicação dos recursos da manutenção na prensa hidráulica.

32
2.1.13 Etapas para Cadastrar uma Lista de PEÇAS para o conjunto
Transação CS01

Entrar na transação mencionada e informar o código do conjunto


Seguir todos os passos mostrados nas telas.

33
ENTER

 OS Materiais entrados na tela acima devem ser ERSA


 O código L, determina que o material será retirado no estoque, se for atribuído a uma ordem de
manutenção;
 O código N, determina que se o usuário também atribuir este material numa ordem, será gerada
imediatamente uma RC para o setor de compras criar um pedido;

Depois de inseridas as informações salvar a lista em

34
2.1.14 Cadastrar um plano por estratégias (frequências de disparo para ordens)

Caminho ou Transação: IP42

ENTER

Nota.: A estratégia ATLAS contempla todos os possíveis intervalos para execução de atividades
preventivas e preditivas. A partir de agora apenas ela deve ser utilizada.

35
2.1.15 Dados do plano de manutenção

Descrição genérica para qual maquina se destina o plano e qual tipo de atividade irá gerar

Parâmetros de programação do plano

Parâmetro para fixar as datas de


disparo: Se a frequência for 300 h,
sempre será programada outra ordem
em exatas 300 h transcorridas,
mesmo que a execução da ordem
anteior atrase.

Exemplo:
Uma ordem disparada dia 10/01/2018, depois de 300 h decorridas, fica parada 250h no sistema esperando
material ou negociação para que possa ser executada. Ao completar 300h desde o disparo da ordem anterior o
sistema avisará que já existe uma outra ordem, podendo ser disparada ou não de acordo com o parâmetro a
seguir.

36
Parâmetro para o controle de solicitação ou disparo das ordens

Se este flag for marcado, a próxima ordem só será disparada se a anterior tiver
sido encerrada tecnicamente. Em caso de atrasos na execução nenhuma outra aparecerá até o encerramento
da predecessora.

Se estiver desmarcado: por exemplo o plano pode gerar uma ordem a cada 300h e se o PCM vier a atrasar em
900 h sua execução, causará o surgimento outras duas ordens exatamente iguais, com datas de execução
diferentes na base de dados.

Nota.:
 Se o plano foi configurado para gerar ordem com materiais reservados o sistema será sobrecarregado
com 3 reservas de materiais idênticos em 3 ordens idênticas;
 Se o plano foi configurado para gerar RC na ordem disparada, existirão 3 RCs esperando liberação para
compras;

Início da programação

É a data, desde a qual, começam a contar as horas para o disparo das ordens. Pode ser no passado ou no
futuro.

Exemplos:

 Ao criar um plano dia 29/03/2018, necessita-se que ele comece ao gerar ordens a partir da frequência
mensal (168h) exatamente no dia 29/03/2018. Como fazer?

A data início da programação deve ser 30 dias antes (01/04/2018)

 Ao criar um plano no dia 23/09/2018, precisamos que o plano gere a primeira ordem mensal daqui a 3
meses ou seja dia 01/06/2018. Como fazer?

A data de início será 01/05/2018

37
Retornar para ABA Ciclos de manutenção

Na subtela ITEM, informe o código do equipamento, no exemplo Prensa Hidráulica e tecle ENTER

Automaticamente os dados propostos desde os dados mestres do equipamento serão importados


Para o plano. Edite o centro de trabalho e o tipo de atividade se necessário. Depois informe a prioridade e
clique na norma de apropriação para importar o centro de custo do equipamento.

38
Nota.: se marcar o flag

a ordem do plano estará com status ABERTO depois de disparada

Nesta parte é criada a lista de tarefas para ordem disparada pelo plano

Clicar no ícone

Criar a lista de tarefas dentro do plano....

ENTER

39
Dados cabeçalho da lista de tarefas

Depois de completar os dados acima, clique

Informar as tarefas, tempo padrão e unidades. Em seguida marcar cada uma das linhas e clicar em

40
Detalhando o procedimento de troca do óleo. Texto longo para operação/tarefa 0010

Inserir o texto longo para tarefa 0020. Note que para operação 0010 a coluna T possui um flag indicando que
já foi gravado um texto longo para ela

Texto longo para operação 0020

41
Atribuir as frequências ou estratégias para as tarefas

Marque as tarefas e clique no canto inferior esquerdo da tela

Atribuição dos pacotes a lista de tarefas.

Nota.:

 Para operação 0010, o plano irá disparar uma ordem de manutenção a cada 6 meses para trocar o
filtro
 Para operação 0020, o plano irá disparar uma ordem a cada 15 dias para inspecionar vazamentos
 Para operação 0030, o plano irá disparar uma ordem a cada 30 dias para inspecionar a mangueira
hidráulica

Esta lista pode ser editada a qualquer momento pelo usuário, revisando as tarefas ou os procedimentos no
texto longo. Estas alterações serão atualizadas logo no próximo disparo de ordens. A vantagem desta lista é
que ela pode crescer ou diminuir e as alterações valem para todos os equipamentos que a utilizem, sendo
assim só se faz uma edição para atualizar 2, 3, 4, 500 equipamentos ao mesmo tempo.

42
Depois de atribuir os pacotes, clique

Salve a lista criada

Automaticamente ela será inserida no plano criado

43
No cabeçalho do plano, podemos ver agora quais frequências de disparo de ordens ele possui

Nota.: Uma atividade executada para o equipamento armazenará na ordem os custos para o equipamento
10000365, é desta a forma que se vem trabalhando. No futuro com o aprendizado, a manutenção poderá
passar a criar planos de manutenção também para os conjuntos dos equipamentos, permitindo identificar os
custos de manutenção em cada sub-item do equipamento.

Exemplo

Se forem aplicados 400 reais em manutenção preventiva no conjunto hidráulico, estes custos serão
consolidados no equipamento 10000365. Logo acima os mesmos 400 reais serão consolidados para a área
ESTAMPARIA MANUAL.

Esta visão detalhada de custos só é possível se tudo ocorrer via ordens de manutenção: desde o consumo de
materiais do estoque, compra de materiais e compra de serviços devem ocorrer via ordem de manutenção.

44
2.1.16 Plano de manutenção com vários itens (mais de um equipamento).

Para otimizar a gestão da base de dados dos planos de manutenção, a melhor prática, é criar um plano
especifico para determinado tipo de máquina e utilizar o mesmo para todas as maquinas similares, que tenham
a mesma tecnologia.

Salve o plano

Informe data desde quando deve contar para os disparos

No rodapé da tela será exibido o número do plano

45
Chamara transação IP02/MODIFICAR O PLANO

Informe o plano gravado

ENTER

Para adicionar mais outro equipamento, clique

46
A entrada para o item 2/2 será exibida no plano para outra prensa hidráulica

Repita esta etapa, mas SEMPRE informe primeiro o equipamento e tecle ENTER...

47
A lista de tarefas já existe, é mesma do item 1. Pesquise clicando

Não modifique nada...clique

E atribua a mesma lista

48
Salve o plano outra vez , o plano agora possui dois itens. Para ver o detalhe da cada item marque a
respectiva linha e clique na ABA

49
Repetir as etapas acima para inserir mais itens no plano.

FIM

50