Você está na página 1de 1

Madeira, em 10 de junho.

Em 22 de junho de

História 1541, quase na foz do Nhamundá, aproximou-se


da margem do rio para abastecer a expedição e
foi violentamente atacado pelas lendárias Ama-
Professor Francisco MELO de Souza zonas. Segundo o relator Gaspar de Carvajal, as
mulheres eram brancas e altas, com abundantes
cabeleiras e de membros desenvolvidos;
Aula 22 vestiam-se com pequenas tangas. Na realidade,
a expedição foi atacada pelos índios tapajós.
O mito das descobertas Após essa luta, a expedição chegou ao Atlântico;
O encontro entre o novo e o velho mundo Orellana partiu para a Espanha.
O genovês Cristóvão Colombo chegou a b)A Expedição de Pedro de Úrsua e Lopo de
América, em 1492, a serviço da Coroa espanho- Aguirre (1560-1561). 01. O Pe. Samuel Fritz, a serviço da coroa
la. Um “Novo Mundo” era “descoberto” pelos A presença de desocupados, saqueadores, espanhola, fundou vários aldeamentos
espanhóis, enquanto os portugueses conquista- assassinos e outras escórias era muito grande no rio Solimões. E entre elas, as que
vam o Oriente. Mas, Portugal, para garantir uma na América. Eles eram enviados da Espanha. mais tarde, sob o domínio português,
parte desse “Novo Mundo”, recorreu ao Tratado Para resolver esse problema social e político, o seriam as vilas de Fonte-Boa, Coari,
de Toledo, acordo firmado com a Espanha em governador e vice-rei Andrés Hurtado de Men- Tefé e São Paulo de Olivença.
1488. Como resultado, os dois países ibéricos donza decidiu utilizar-se dessa gente na jornada As missões fundadas por Fritz foram
firmaram o Tratado de Tordesilhas, em 1492, no de conquista do El Dorado e dos omáguas.
qual eles dividiam a América. Em 1498, o portu- passadas à ordem:
O governador passou a responsabilidade da
guês Duarte Pacheco Pereira navega o litoral empreitada a Pedro de Úrsua, que partiu de
brasileiro rumo ao norte e chega a navegar o rio a) dos jesuítas;
Lima, no Peru, rumo ao Atlântico. Pedro de
Amazonas, ainda nesse mesmo ano. b) dos Capuchos da Piedade;
Úrsua trouxe em sua companhia a mestiça
Em janeiro de 1500, Vicente Iañes Pinzon visitou c) dos Mecedários;
Ignez Atienza para lhe dar auxílio. Viúva, D.
o estuário do Amazonas, entrando em contato d) dos Carmelitas;
Ignez despertava paixões entre os tripulantes.
com as “drogas do sertão”. Pinzon batizou o rio
Os descontentes acusavam-na de absoluta e) dos Capuchos de Santo Antônio.
de Santa Maria De La Mar Dulce.
ascendência sobre o chefe. Esse foi o estopim
As expedições à Amazônia do conflito no interior da expedição, resultando 02. Sobre as expedições européias que
na morte do comandante Pedro de Úrsua. Em navegaram o rio Amazonas, podemos
O capitalismo vivido na naquela época, no dizer
de Eduardo Hoornaert, era um mito grandioso de outubro 1560, a expedição alcançou o Marañon; afirmar:
descobertas, pois essa era a prática do mercan- em seguida, entrou em contato com as provín- a) A expedição de Orellana desceu todo o
tilismo. E foi assim que as notícias sobre o enri- cias de Machifaro e Iurimágua, no Solimões. rio Amazonas, fornecendo dados impor-
quecimento fácil no “Novo Mundo” chegavam à Os soldados conjurados foram chefiados por tantes sobre os povos que viviam ao
Europa. Várias expedições saíram do “Velho” para Lopo de Aguirre, segundo os relatos de Francisco
longo de suas margens, narrada por
o “Novo Mundo” na iminência de encontrar Vasquez, do capitão Altamirano e de Pedraria de
Vasquez e Almesto.
riqueza fácil na América. Dessas expedições, Almesto, que participaram da expedição. A
b) Realizada durante a expansão portu-
muitas se voltaram para a conquista da Amazônia, expedição atingiu o Atlântico, em julho de 1561.
guesa no século XVI, a expedição de
em busca do El Dorado e do País da Canela. c) A União Ibérica
Pedro de Candia e Pedro de Anzurey de Campor- Pedro Teixeira foi narrada por Carvajal.
Em 1578, o rei de Portugal, D. Sebastião, morreu c) A expedição de Duarte Pacheco Pereira
rendondo tentaram explorar, em 1533, respecti-
na batalha de Alcácer-Quibir, travada contra os foi a primeira expedição que chegou ao
vamente, o Madre de Dios e o Beni. Em abril de
árabes, no norte da África. A morte do monarca estuário do rio Amazonas, ainda em
1539, Allonso de Alvarado fundou o que hoje é o
português gerou um problema dinástico no país,
Chachapoyos, no vale do Marañon. 1498.
pois o rei não possuía nenhum descendente para
a) A Expedição de Gonzalo Pizarro e Francisco d) A expedição de Úrsua e Aguirre foi
substituí-lo. Inicialmente, o trono foi ocupado pelo
de Orellana (1541–1542). realizada durante a expansão
seu tio-avô, o cardeal D. Henrique. Mas, com a
morte deste, em 1580, o problema continuou. portuguesa, narrada por Carvajal.
A primeira expedição que navegou todo o rio
Amazonas foi organizada por Gonzalo Pizarro, Filipe II apresentou-se como candidato legítimo e) Orellana e Úrsua foram os grandes
governador de Quito e irmão de Francisco ao trono português, pois era neto do antigo rei navegantes espanhóis do século XVII,
Pizarro. Intentava conquistar o El Dorado e o português D. Manuel I, o Venturoso. durante a chamada “União Ibérica”.
País da Canela. Essa expedição foi composta A atitude de Filipe II provocou forte resistência
dos nacionalistas portugueses, que não queriam
03. Analise os itens abaixo e depois
por índios dos Andes, espanhóis de origens
sociais diversas: nobres, militares e degredados. a anexação de seu país à Espanha. As tropas marque a alternativa correta:
A expedição partiu de Quito e, após uma árdua espanholas invadiram Portugal, obtendo uma I. Os índios omáguas ficaram conhe-
luta contra o meio ambiente e com o tempo, série de vitórias, e impuseram como rei Filipe II, cidos historicamente por usarem
devido a chuvas constantes, chegou ao povoa- cujo governo foi legalizado em 1581 nas Cortes roupas tecidas de algodão e possuí-
do de Zimaco, nas proximidades do rio Coca, de Tomar. rem a testa achatada.
onde encontraram o País da Canela. A região O Juramento de Tomar II. A expedição de Alonso de Mercadillo
era farta de canela, mas as árvores eram disper-
Filipe II da Espanha, ou Filipe I de Portugal, partiu de Huánuco, no Peru em 1538,
sas, não compensando a atividade de explora-
assumiu vários compromissos pelo Juramento navegou até Tefé e deixou os relatos
ção para o mercado. Passado um período de
de Tomar com relação ao reino luso, entre eles: sobre a etnia machifaro.
• Autonomia do país.
três meses, faltaram alimentos e, em função da
insalubridade da região, muitos morreram. III. O nome rio Negro foi dado pelo navega-
Comeram cães, cavalos, ervas desconhecidas e • Funcionários portugueses nas Cortes. dor Francisco de Orellana, segundo
algumas venenosas. • Comércio das colônias sob o monopólio relatos de frei Gaspar de Carvajal.
O comandante Gonzalo Pizarro era implacável, português. IV. Os índios Tapajós atacaram a expedição
quando chegava às aldeias e perguntava sobre o • Língua e moeda portuguesas como oficiais. de Orellana, os homens usavam tangas
El Dorado e os índios não lhe sabiam responder, de argila, por isso foram confundidos
não poupava uma só vida. Mandava queimar os d)Os Portugueses na Amazônia
com as lendárias Amazonas.
aborígines vivos ou os jogavam aos cães, que A presença dos portugueses na Amazônia está
V. Ajuricaba era líder dos manáos, e se
dilaceravam-lhes as carnes. vinculada ao processo de expansão do movi-
mento bandeirante, que propiciou a expansão matou jogando-se ao rio, no Encontro
Pizarro mandou construir um bergantim e colo-
cou Francisco de Orellana como comandante e dos domínios lusos na América durante a União das Águas, após ser capturado e preso
frei Gaspar de Carvajal como relator. A partir Ibérica. Os portugueses chegaram pelo nor- por Belchior Mendes de Morais.
desse momento, a viagem ganhou nova dimen- deste, partiram de Pernambuco e, no Maranhão, a) I, II e III estão corretos.
são: foram descobertos os caudais que engros- chocaram-se com os franceses, já haviam b) II, III e IV estão corretos.
sam o rio Amazonas, batizado de o rio de fundado a cidade de São Luís, em 1612. Na c) I, III e IV estão corretos.
Orellana, tanto pela direita quanto pela esquerda. Amazônia, os holandeses, os ingleses e os d) I, III e V estão corretos.
Orellana batizou o rio Negro, após entrar em alemães já haviam fundado feitorias. O e) I, II, III, IV e V estão corretos.
contato com esse rio, em 3 de junho, e o rio bandeirante Francisco Caldeira Castelo Branco,