Você está na página 1de 6

O que é Poesia?

Daniela Diana Daniela Diana Professora licenciada em Letras

A Poesia é um texto poético, geralmente em verso, que faz parte do

gênero literário denominado "lírico".

Ela combina palavras, significados e qualidades estéticas. Nela,

prevalece a estética da língua sobre o conteúdo, de forma que

utiliza de diferentes dispositivos fonéticos, sintáticos e

semânticos.

A poesia é dividida em versos que, agrupados, são chamados

estrofes. As origens literárias da poesia apontam que ela nasceu

para ser cantada, por isso a preocupação com a estética, a métrica

e a rima.

A poesia é um texto onde o autor expressa diretamente

sentimentos e visões pessoais. A voz que se manifesta na poesia,

ou seja, o sujeito poético e fictício criado pelo escritor é chamado

de eu lírico.

Ela está entre as mais antigas formas de arte literária, havendo


registro de poesias em hieróglifos no Egito 25 séculos antes de

Cristo. Na poesia moderna, uma das mais importantes ferramentas

é a metáfora, uma figura de linguagem.

Entre os vários tipos de formas poéticas, temos:

Dístico (poema de dois versos)

Décima (poema de dez versos)

Soneto (poema de 14 versos)

Ode (poema de exaltação)

Principais Tipos de Poesia

A poesia pode ser dividida em três gêneros principais:

Poesia Lírica: pode ser traduzida como a maneira de expressar

sentimentos por meio da palavra falada ou escrita.

Poesia Épica: é marcada pela objetividade, onde são narrados os

fatos considerados importantes para o poeta.

Poesia Dramática: tem como característica a subjetividade e

objetividade, com a opinião do poeta.

Há também gêneros menos usados, como, por exemplo, a poesia

pastoral.
Leia mais em: Gêneros Literários

Poesia Lírica

Entre os gêneros da poesia, o mais aplicado está o lírico. A

subjetividade é a característica principal deste gênero poético.

Nele, o poeta oferece por meio do pensamento a sua visão social,

de mundo, sua realidade e expressa os sentimentos com atenção à

estética, técnica e métrica.

A maioria dos textos líricos está escrito em verso. Além da

subjetividade, as características do gênero lírico são: estética

apurada, linguagem elaborada atenção à forma. Ou seja, disciplina

estrutural.

Os componentes da poesia lírica são: a métrica, o verso e a rima. A

métrica é traduzida com a disciplina na estrutura de combinações

distintas para a formação de versos, rima, ritmo e estrofes.

Já o verso é composto pelo conjunto de palavras submetidas ao


ritmo e que dá origem a outros versos. Pode apresentar pausas,

acertos de rima. O verso é classificado segundo o número de

sílabas que contêm.

O verso comporta a rima em um conjunto silábico, sendo chamado

verso maior quando por nove sílabas e maior, se a quantidade

superar este número. Se não houver obediência a este recurso, o

verso é denominado livre.

Leia Gênero Lírico, Rima e Verso.

Exemplo de Poesia

Segue abaixo um exemplo de poesia lírica, o "Soneto de

Contrição" de Vinícius de Moraes, poeta e músico brasileiro.

Observe que a palavra "contrição" significa arrependimento,

remorso e sentimento de culpa.

Lembre-se que o soneto é uma forma fixa formada por dois

quartetos (duas estrofes de quatro versos cada) e dois tercetos

(duas estrofes de três versos cada):


Soneto de Contrição

Eu te amo, Maria, eu te amo tanto

Que o meu peito me dói como em doença

E quanto mais me seja a dor intensa

Mais cresce na minha alma teu encanto.

Como a criança que vagueia o canto

Ante o mistério da amplidão suspensa

Meu coração é um vago de acalanto

Berçando versos de saudade imensa.

Não é maior o coração que a alma

Nem melhor a presença que a saudade

Só te amar é divino, e sentir calma…

E é uma calma tão feita de humildade

Que tão mais te soubesse pertencida

Menos seria eterno em tua vida.

Às vezes eu grito loucamente com os pensamentos nos orvalhos


da manhã.

Pequenas lágrimas do nascer do dia.

Às vezes no cair da tarde, o frio toma o meu espírito.

Levando o calor que há em mim.

Doce e doce pesar que assolam o meu ser.

Medo da vida que se transforma em dor de morte.