Você está na página 1de 2

1952:

 Poucos meses antes das eleições gerais previstas em Cuba, Fulgêncio Batista, deu início a um
governo ditatorial. Com o apoio do governo norte-americano;
1953:
 Assalto ao Quartel Moncada em 26 de julho de 1953:Alguns jovens sob a liderança de Fidel
Castro atacaram o Quartel em Santiago de Cuba, com o objetivo de adquirir armas para
derrubar a ditadura de Batista;
 16 de outubro: A operação falhou e Fidel é condenado a 15 anos de prisão;
1954:
 Setembro: Che Guevara chega à Cidade do México
1955:
 Fidel castro se prepara novamente para atacar a ditadura de Fulgêncio Batista;
 Fidel Castro foi libertado e exilou-se no México, onde, junto com Che Guevara, começou a
preparar seu regresso a Cuba;
 Ao chegar refugiou-se na Sierra Maestra (cadeia montanhosa) juntamente com doze
guerrilheiros, entre eles Raúl Castro (seu irmão), o revolucionário de origem argentina Che
Guevara e Camilo Cienfuegos;
 Castro e seus companheiros fundam o Movimento Revolucionário 26 de Julho (M-26);
1958:
 No início do ano de 1958, o governo de Fulgêncio Batista demonstrava sinais de desgaste;
 Fidel Castro anuncia a guerra total no país;
 28 de junho a 8 de agosto: Operação Verano;
 11 a 21 de julho:Batalha de La Plata;
 29 de julho a 8 de agosto: Batalha de Las Mercedes;
 20 de novembro a 30 de novembro: Batalha de Guisa;
 15 de dezembro de 1958 a 1 de janeiro de 1959: Batalha de Santa Clara;
 19 a 30 de dezembro: Batalha de Yaguajay;
 A conquista progressiva de regiões do país pelos revolucionários foi isolando pouco a pouco as
tropas governamentais;
 No momento em que a queda da capital já era uma questão de dias, a sociedade cubana foi
surpreendida com a fuga de Batista do país;
1959:
 As tropas lideradas por Fidel Castro e Che Guevara tomaram o governo na cidade de Havana
(capital cubana);
1962:
 Embargo econômico: John Kennedy decretou o bloqueio econômico contra Cuba e a sua
expulsão da Organização dos Estados Americanos (OEA);
 A maioria dos países latino-americanos rompeu relações com Havana;
 O governo cubano, por sua vez, passou a apoiar movimentos guerrilheiros na América Latina e
em países da África.
 Subsídios soviéticos (URSS): Até o final da década de 1980, a cooperação econômica soviética
realizou de mudanças que elevaram a qualidade do ensino e dos serviços de saúde em Cuba.