Você está na página 1de 3

PROJECTO EXPERIMENTAL DE

MELHORAMENTO AGRO-PECUÁRIO
Picos Acima, Ilha de Santiago, Cabo Verde
DESCRIÇÃO SUCINTA DA ACÇÃO

1. História e contexto do projecto


A ADP - Associação para o Desenvolvimento Comunitário dos
Picos, criada no final de 1993, tem tido como preocupação fazer
face aos vários problemas de desenvolvimento local dos 17
povoados que constituem a freguesia de São Salvador do Mundo
- Picos, concelho de Sta. Catarina.

Um desses problemas é claramente o dos recursos hídricos e,


apesar da sua curta existência, a ADP é já apontada como um
exemplo concreto de promotor de desenvolvimento local no
domínio da protecção ambiental. Dada a sua estrutura muito
descentralizada, com delegados em todos os povoados e a sua
capacidade de mobilizar jovens com competências diversificadas,
a trabalhar nos centros urbanos, mas que nela encontram uma
forma de ligação à sua terra natal – a ADP tem, neste domínio,
promovido uma actividade sistemática de luta contra a
desertificação.

Com este projecto a ADP pretende dar mais um passo


significativo no domínio da melhoria da gestão dos recursos
hídricos, melhorando simultaneamente os rendimentos dos
agricultores, com a introdução de uma nova tecnologia que é já
conhecida no país, mas ainda pouco generalizada – a da rega
gota-a-gota.

A introdução deste sistema de rega, para além de permitir


melhorar a gestão da água retida pelos diques e nas cisternas
comunitárias, irá permitir uma capacidade de rega ao longo do
ano que possibilitará:
- a introdução de novas culturas alimentares e de renda, com um
mercado garantido à partida, como são os casos da cenoura,
alface, abóbora, morango, algumas variedades de feijão e
fruteiras
- a diminuição da cultura da cana sacarina, que tem um impacto
menor na melhoria da alimentação das famílias
- o aumento dos rendimentos de algumas das actuais produções,
como a batata comum, batata doce e mandioca.

2. Objectivos
- Aumentar a produção agrícola de regadio e frutícola, através da
introdução de sistemas modernos de irrigação em 2 hectares, em
benefício de 20 agricultores
- Capacitar os agricultores beneficiários no domínio do
manuseamento dos sistemas de irrigação adoptados e das
práticas agro-culturais
- Melhorar o sistema de aprovisionamento e distribuição da água
através do sistema de aprovisionamento existente e em
construção, com vista a fazer uma distribuição racional da água
disponível
- Criar um fundo de crédito rotativo e de apoio às iniciativas
sociais, a partir do reembolso dos investimentos efectuados no
quadro do projecto
3. Actividades previstas
Com vista à implementação dos objectivos propostos, propõem-
se as seguintes actividades:
- Instalação de sistemas de irrigação gota-a-gota em 2 hectares
de terra
- Incentivo aos agricultores de Picos Acima para que utilizem
sistemas modernos de irrigação
- Capacitação dos agricultores e criadores de gado em áreas
afins
- Sensibilização da comunidade sobre os problemas ambientais e
oportunidades de negócios
- Apoiar as mulheres na criação de hortas domiciliárias para o
melhoramento da dieta alimentar e produção de plântulas
hortícolas para os agricultores
- Criação de um sistema de crédito coordenado pela ADP
destinado aos agricultores, criadores de gado e rabidantes
- Introdução de espécies de fruteiras mais adaptadas às
condições do meio e produtivas em termos económicos

4. Beneficiários do projecto
Este projecto terá também uma função educativa e de
sensibilização dos agricultores, começando com um pequeno
núcleo de camponeses mais jovens e permeáveis à inovação,
pondo assim em prática um conceito de “pesquisa camponesa” –
ou seja, pesquisa nos terrenos dos agricultores, dando-lhes
contrapartidas pelo risco - que se tem revelado como o mais
adequado, em diversas regiões africanas, para a introdução de
inovações.

Será iniciado com um grupo de 20 agricultores, numa área que


actualmente cultivam e que ronda os 2 ha, aproveitando o
reservatório de rega já construído, com uma capacidade de 2.400
toneladas de água, bem como as infra-estruturas de
aprovisionamento e de captação em construção (reservatórios
metálicos e dique de captação). Prevê-se que possa beneficiar os
criadores de gado na aquisição de animais, preparação de
nitreiras, higiene na criação e produção de derivados (leite,
queijo, manteiga), bem como os rabidantes no melhoramento das
condições de escoamento dos produtos locais.

Tem sido um princípio de trabalho da ADP que os beneficiários


comparticipem em todas as acções, através de uma quotização
mensal de 2.000$00, para reforçar as actividades previstas no
quadro deste projecto. Tal é importante para não se criar a ideia
de que tudo está dependente do apoio externo e,
simultaneamente, contribui para uma maior apropriação das
iniciativas pelos seus beneficiários.
5. Calendário da acção
Duração: 24 meses
Data de início: Dezembro de 2001

6. Orçamento
42.660 Euros

7. Financiamento
Fundação Portugal-África
IPAD