Você está na página 1de 12

Sereis minhas Testemunhas

Ligar o som
A liturgia desse tempo de Páscoa nos apresenta as primeiras aparições
de Cristo ressuscitado e o início da Igreja primitiva.

Cristo procura fortalecer a fé profundamente abalada dos apóstolos.


Eles continuam tendo dificuldade em crer… continuam tendo muitas dúvidas…
- Cristo vai ao encontro deles…
O Evangelho apresenta a aparição do Cristo Ressuscitado
e a atitude dos discípulos que ainda não acreditam em Jesus. (Lc 24,35-48)
- Jesus saúda: "A Paz esteja convosco"

- A Reação:
ficam apavorados
pensando ser
“um fantasma”

- Jesus apresenta
as PROVAS de
sua identidade:

- Físicas: mostra os pés e as mãos… come com eles…


- Bíblicas: Abre as inteligências para compreenderem
as Escrituras:
Jesus devia padecer e ressuscitar…
-Aponta a MISSÃO:
-"Vós sereis minhas
testemunhas“
- Cristo continuará presente
através deles…

* É uma catequese da
experiência da comunidade
cristã sobre o encontro com
Jesus vivo e ressuscitado.

Cristo continua vivo e presente


acompanhando a sua Igreja.

Os Apóstolos entenderam essa


ordem.

Assim na 1a Leitura,
vemos São Pedro,
antes covarde… agora...
- ANUNCIANDO com coragem diante de todo o povo:
"O Cristo vós matastes…mas Deus o ressuscitou dos mortos.
E disso nós somos testemunhas...”
- E AGINDO: provando com sinais... que Jesus ainda estava vivo.
Cura o coxo na porta do Templo em nome de Jesus. (At 3,13-15.17-19)
* Testemunha Jesus com palavras e gestos e faz um apelo
ao arrependimento e à conversão, para o perdão dos pecados.
E na 2a Leitura,
São João nos lembra
que devemos testemunhar,

- VIVENDO o que se conhece e


se anuncia:
"Quem diz conhecer o Senhor
e não vive a sua mensagem é
mentiroso e a verdade não está
nele...” (1Jo 2,1-5)
* O crente deve ser coerente
com o compromisso que
assumiu.

Fé e Vida devem andar


sempre juntas.
+ o Evangelho deixa claro
que a Ressurreição de Jesus
foi um fato real,
mas que os discípulos só
descobriram e experimentaram após
um caminho longo,
difícil, penoso, carregado de
dúvidas e incertezas.

Elementos importantes
que aparecem no texto:
• Ao longo da sua caminhada de fé,
os discípulos descobriram
a presença de Jesus,
vivo e ressuscitado,
no meio da sua
comunidade.
Cristo continua a ser o centro
onde a comunidade
2. Esse Jesus
ressuscitado é o filho
de Deus que reentrou
no mundo de Deus,
mas não desapareceu
da nossa vida e não
se alheou da vida da
Comunidade.

3. As dúvidas dos
discípulos mostram a
dificuldade que eles
sentiram em percorrer
o caminho da fé, até o
encontro pessoal com
o Senhor
ressuscitado.

Foi uma longa


caminhada de
amadurecimento da
4. O gesto de tocar e comer
é uma forma de ensinar
que o encontro dos discípulos
com Jesus ressuscitado foi
uma experiência real e palpável.

5. Jesus ressuscitado revela


aos discípulos o sentido
profundo das Escrituras.

A Escritura não só encontra


em Jesus o seu cumprimento,
mas também o seu intérprete.

A comunidade de Jesus
deve reunir-se
à volta de Jesus ressuscitado
para escutar a Palavra
que alimenta e que dá sentido
à sua caminhada.
6. Os discípulos, alimentados por essa Palavra,
recebem de Jesus a missão de dar testemunho
diante de "todas as nações, começando por Jerusalém".
O anúncio terá como tema central a morte e ressurreição de
Jesus.

A finalidade da missão da Igreja de Jesus é pregar a todos


o arrependimento e o perdão dos pecados, propondo-lhes a vida
+ Cristo continua ainda hoje
precisando de testemunhas…

E nós somos chamados


a testemunhar a presença
do Ressuscitado, através
de nossas Palavras e Ações.

* Até que ponto estou sendo


uma TESTEMUNHA de Cristo:
conhecendo… vivendo… e
anunciando … essa mensagem?

Não adianta proclamar que Jesus


ressuscitou e continuar vivendo
como se não tivéssemos
responsabilidade com o projeto
do Reino que ele anunciou e viveu.
Cristo ainda hoje
continua nos
lembrando:

"Vocês também
devem ser minhas
testemunhas..."

O que pretendemos
testemunhar nesta
semana?

Pe. Antônio Geraldo Dalla


Costa