Você está na página 1de 59

FONTES SOLARES, HÍDRICAS,

EÓLICAS E GEOTÉRMICAS
Recursos Energéticos – 2017.1

Leonardo Silva Vieira Santos


Elaine de Jesus Andrade
Fontes de Energia Elétrica

• Falaremos hoje sobre quatro tipos de fontes de energia: Solar,


hídrica, eólica e geotérmica

• Essas se enquadram no que se chama de energias renováveis

• Uma fonte de energia pode ser vista como um recurso natural


que contém energia, em alguma forma, e esta pode ser
convertida em energia elétrica
Energia Eólica
• Um gerador de energia é dito eólico quando este converte a
energia cinética do movimento dos ventos em energia elétrica

• Os ventos são uma fonte de energia limpa, renovável e


virtualmente inesgotável

• É vista como uma alternativa aos combustíveis fósseis e outras


fontes de energia perigosas e/ou poluentes

• Os impactos ambientais são mínimos quando comparados a


outros métodos de se obter energia
Energia Eólica: Histórico
• O vento tem sido fonte de energia para a humanidade há
bastante tempo

• Tarefas como a moagem dos grãos e o bombeamento de água


exigiam cada vez mais esforço braçal e animal

• Inicialmente usou-se homens e/ou animais como fonte de


energia para realizar essas tarefas

• Obviamente que, com o aumento da demanda, isso tornava-se


insustentável
Energia Eólica: Histórico
• Para contornar esse problema, passou-se, em algumas regiões,
a utilizar a água corrente dos rios como força motriz

• Porém há regiões onde não há rios e/ou esses não são


suficientemente ‘fortes’

• Para contornar esse outro problema, o homem percebeu que o


vento poderia ser usado como uma força motriz

• O primeiro registro histórico da utilização da energia eólica


para bombeamento de água e moagem de grãos através de
cata-ventos é proveniente da Pérsia, por volta de 200 A.C..
Energia Eólica: Histórico
• Com o passar dos anos, os moinhos de vento foram
modernizados e o vento se tornou uma das principais fontes de
energia na idade média, principalmente na Holanda

• Porém, com a invenção das máquinas a vapor, os moinhos de


vento perderam espaço
O vento como fonte de energia

Imagens retiradas da internet


Energia Eólica: Histórico
• O vento continuou sendo usado como fonte de energia, de
maneira mais tímida, como por exemplo nas caravelas

• O primeiro a gerar energia elétrica através dos ventos


foi Charles Francis Brush

• Em meados do séc. XX a discussão sobre gerar energia elétrica


através dos ventos voltou a tona

• Isso devido a dois fatores principais: Econômico e ambiental


Energia Eólica: Atualmente
• Atualmente, os geradores eólicos são, normalmente, como o
da figura abaixo

Imagens retiradas da internet


Energia Eólica: Vantagens

• A energia eólica é limpa, ou seja, seus danos ao meio ambiente


são mínimos

• Sua fonte é virtualmente infinita

• É segura

• Pode ser implantada em diversas regiões, onde há, por


exemplo, falta de recursos hídricos e/ou combustíveis fósseis
Energia Eólica: Desvantagens

• É cara!!!

• No Brasil então, é (cara)²

• Apesar de mínimos, quando comparado a outros meios de


gerar energia, os danos ambientais existem

• Precisa de muito espaço

• Tudo isso pra produzir uma quantidade não tão grande de


energia comparando-se com os outros métodos
Aerogeradores Modernos
• Hoje, há basicamente dois tipos de geradores eólicos que são
classificados de acordo a posição do eixo de rotação

• Estes são: Aerogerador de eixo horizontal e aerogerador de


eixo vertical

• A escolha do tipo depende da região, dos materiais disponíveis


e da finalidade
Aerogerador de Eixo Vertical
• Os aerogeradores de eixo vertical (A.E.V.) são aqueles em que o
eixo de rotação é vertical

• São pequenos e não são usados para produzir energia elétrica


em larga escala

• Em projetos futurísticos, há ideias de se colocar vários destes


espalhados pela cidade

• São silenciosos, pequenos, funcionam até mesmo com ventos


de baixa velocidade
Aerogerador de Eixo Vertical
• Há basicamente dois tipos, de acordo os rotores: Rotor de
Savonius e rotor de Darrieus

• Observe os dois abaixo, respectivamente


A.E.V.: Rotor de Savonius
• O funcionamento de um A.E.V. com rotor de Savonius é muito
simples!

• Observe a formação do binário


A.E.V.: Rotor de Savonius
• Exemplos:
A.E.V.: Rotor de Darrieus
• O rotor de Darrieus funciona devido a curvatura nas ‘hélices’
que faz com que a força em um dos lados seja mais intensa
que do outro, gerando assim um torque

• É mais eficiente que o rotor de Savonius


A.E.V.: Rotor híbrido
• Um A.E.V. com rotor híbrido é uma combinação dos rotores de
Savonius e Darrieus
Aerogerador de Eixo Horizontal
• Os aerogeradores de eixo horizontal (A.E.H.) são aqueles em
que o eixo de giro é horizontal

• São grandes e usados para produzir energia elétrica em grande


escala

• São normalmente encontrados em parques eólicos

• São terrivelmente barulhentos (≈ 43 decibéis cada)

• Funcionam somente com vento com uma velocidade razoável


Aerogerador de Eixo Horizontal
• Esses possuem hélices (pás)

• Normalmente duas ou três destas, onde três hélices traz uma


maior estabilidade

• Existem basicamente dois tipos: Frontal e retaguarda, diferindo


somente no sentido do vento
Frontal

Retaguarda
Aerogerador de Eixo Horizontal
• Sistema equivalente ao acumulo de água nas barragens das
hidroelétricas!
A.E.H. Frontal

A.E.H. Retaguarda
Aerogerador de Eixo Horizontal
• Exemplos
Aerogerador de Eixo Horizontal
• Funcionamento:
Energia Eólica no Brasil
• O Brasil tem um grande potencial eólico!

• A região com maior potencial é o Nordeste

• A implantação é ainda muito cara, porém os custos estão


diminuindo a cada ano

• O potencial eólico do Brasil é maior nos períodos onde não há


chuvas!!

• A energia eólica já corresponde a 1% da matriz energética


brasileira
Energia Eólica no Brasil
Potencial Eólico do Brasil
Tabela 1: Principais parques/complexos eólicos
do Brasil (dados de 2014). Ver: [4]
Parque/Complexo MW Estado
Giribatu 258 RS
Alto do Sertão 293,6 BA
Osório 300 RS
Desenvix Bahia 95,2 BA
Sangradouro 50 RS
Elebrás Cidreira 1 70 BA
Enacel 31,5 RS
Giruá 11 RS
Beberibe 25,6 CE
Principais Referências: E. Eólica
• [1] BRITO, S. S.. Maio de 2008. Energia Eólica: Princípios e Tecnologia. Cresesb.
Disponível em: https://www.portal-energia.com/downloads/energia-eolica-principios-
tecnologias.pdf. Acessado em: 17/08/2017.

• [2] LEITE, G. D. A.. Setembro de 2009. Rio de Janeiro. Os custos da energia eólica
brasileira. TDSE Textos de Discussão do Setor Elétrico. Disponível em:
http://www.gesel.ie.ufrj.br/app/webroot/files/publications/19_TDSE9.pdf . Acessado
em: 17/08/2017.

• [3] Energia Eólica. Site da web. Disponível em:


https://evolucaoenergiaeolica.wordpress.com. Acessado em: 17/08/2017.

• [4] Principais Parques Eólicos no Brasil. Sua pesquisa. Site da web. Disponível em:
http://www.suapesquisa.com/energia/parques_eolicos_brasil.htm.
Energia Hídrica
• Entende-se por energia hídrica a energia vinda do movimento
das águas

• No geral, represa-se grandes rios de modo a formar grandes


quedas d’aguas

• É a principal fonte de energia elétrica do Brasil

• Apesar de não serem grandes emissoras de gases, no geram


um dano ao meio ambiente considerável
Energia Hídrica: Histórico
• Assim como o vento, a água tem sido fonte de energia para a
humanidade a muito tempo

• Na antiguidade esta foi usada para mover moinhos,


dispensando assim o esforço humano ou animal

Roda d’água – Imagem retirada da Internet


Energia Hídrica: Atualmente
• Atualmente a produção de energia elétrica usando-se o
movimento das águas é feita em gigantescas barragens, em
estações denominadas hidroelétricas

Hidroelétrica de Itaipu – Imagem retirada da internet


Energia Hídrica: Vantagens
• Emitem poucos gases poluidores

• São capazes de produzir energia em grandes quantidades

• Exceto em casos de seca muito grave, produzem energia o ano


inteiro

• Sua produção é razoavelmente barata


Energia Hídrica: Desvantagem
• Afetam o curso dos rios, afetando a população marinha

• Causam alagamentos, afetando florestas e populações


ribeirinhas

• Poluem a água, mesmo que em baixa escala

• Em períodos de seca, tem sua produtividade reduzida


significativamente
Hidroelétrica: Componentes
• Barragem

• Sistema de captação de água

• Casa de força

• Sistema de restituição de água ao rio


Hidroelétrica: Funcionamento
Hidroelétrica: Funcionamento
• Inicialmente armazena-se água, em grandes quantidades, em
uma barragem, provocando um desnível

• Após armazenada uma determinada quantidade, a água é


liberada e o seu movimento faz girar uma turbina

• A turbina é acoplada a um gerador e, então, a energia é


convertida em energia elétrica

• A energia é transmitida a rede e a água é restituída ao curso do


rio
Energia Hídrica no Brasil
• As hidroelétricas no Brasil correspondem a 90% da energia
elétrica produzida no país

• A segunda maior hidroelétrica do mundo é brasileira por


partes (50% brasileira e 50% paraguaia)

• A produção de energia elétrica no Brasil é realizada através de


dois grandes sistemas estruturais integrados: O sistema Sul-
Sudeste-Centro-Oeste e o sistema Norte-Nordeste

• Sistema Sul-Sudeste e Norte-Nordeste correspondem a 70% e


25% da produção de energia hidroelétrica, respectivamente
Energia Hídrica no Brasil
Potencial hídrico do Brasil

Tabela 2: Maiores Hidrelétricas do


Brasil (2016). Ver [3]
Usina Potência (MW)
Itaipú 14 000
Belo Monte 11 233
Tucuruí 8 370
Jirau 3 750
Principais Referências: E. Hídrica
• [1] ANEEL. Energia hidráulica. 2005. Atlas de Energia Elétrica. Disponível em:
Acessado em: 17/08/2017.
http://www2.aneel.gov.br/aplicacoes/atlas/download.htm.

• [2] PENA, R. F. A.. Hidrelétricas do Brasil. Mundo Educação. Site da web. Disponível
em: http://mundoeducacao.bol.uol.com.br/geografia/hidreletricas-no-brasil.htm.
Acessado em: 17/08/2017.

• [3] ANEEL. Fontes Renováveis – Energia Hidráulica. Atlas de Energia Elétrica – Parte II.
Disponível em: http://www2.aneel.gov.br/arquivos/pdf/atlas_par2_cap3.pdf .
Acessado em: 17/08/2017.
Energia Geotérmica
• Energia geotérmica é a energia adquirida a partir do calor que
provêm da Terra, mais especificadamente do seu interior

• Surgiu da necessidade de se produzir energia limpa e de baixo


custo

• É uma forma de produção de energia elétrica que pode ser


aplicada em alguns contextos específicos

• É vista como uma alternativa energética para lugares


extremamente remotos
Energia Geotérmica: Vantagens

• Pode ser usada em lugares onde não há outras alternativas de


produção de energia viável

• Não emite gases poluentes¹

• É uma fonte inesgotável, caso seja bem aplicada

1 - Porém, caso seja mal projetada pode ocorrer a liberação


Energia Geotérmica: Desvantagens
• Liberação de Ácido Sulfúrico

• Pode ocorrer uma perca de estabilidade no solo

• Poluição sonora

• O não tratamento das águas vindas e o despejo das mesmas


após o uso em rios locais, pode prejudicar a fauna e a flora
devido a presença de metais pesados, principalmente
Energia Geotérmica: Fundamentos
• A superfície da Terra é formada por grandes placas,
denominadas placas tectônicas

• Abaixo dessas placas encontra-se magma que é basicamente


rochas derretidas

• Naturalmente, quanto maior a profundidade maior é a


temperatura

• Porém, há regiões de baixa profundidade, denominadas por


intrusões magmáticas, onde a temperatura é bastante elevada,
sem estas serem bastante profundas
Energia Geotérmica: Fundamentos
• As zonas de intrusão magmática são formadas em regiões não
muito distantes da superfície

• Estas causam o aquecimento de gases ou água no interior da


Terra

• As regiões ideais para a construção de usinas geotérmicas são


aquelas onde há gêiseres

• Nos casos onde não há gêiseres, mas há zonas de intrusão


magmática, injeta-se água em poços
Energia Geotérmica: Fundamentos
• As usinas geotérmicas buscam usar vapor de água ou outros
gases, aquecidos no interior da Terra, para produção de
energia elétrica

• Em alguns casos mais raros, há o uso de ‘gases secos’, com


altíssima pressão, vindos do interior da Terra
Energia Geotérmica: Fundamentos
• Observe a figura abaixo

Zonas de intrusão magmática


Energia Geotérmica: Histórico
• A primeira tentativa de gerar energia elétrica usando o calor do
interior da Terra foi em Larderello, Itália, em 1904

• A tentativa falhou devido desgaste dos aparelhos por conta dos


gases vindo do interior da Terra

• Em 1913 uma estação de 250 kW foi construída com sucesso e,


por volta da segunda guerra mundial mais de 100 MW estavam
sendo produzidos

• Por volta de 1970, um campo de gêiseres na Califórnia estava


produzindo 500 MW de eletricidade.
C. Geotérmica: Funcionamento
• Uma central geotérmica funciona a partir dos fundamentos
falados anteriormente!

• As centrais diferem uma das outras a depender da região.


Onde há gêiseres, não há injeção de água em poços e vice-
versa

• Algumas centrais usam gases secos, ou seja, gases que não


contém água, para seu funcionamento

• Os gases aquecidos fazem uma turbina girar e a energia é


então convertida em energia elétrica
C. Geotérmica: Funcionamento
• Central Geotérmica
Energia Geotérmica no Brasil
• O Brasil é um país com um baixo potencial geotérmico

• Esta é usada somente na forma de águas aquecidas

• Isso ocorre porque o Brasil está no centro de uma placa


tectônica e, portanto, são raras as zonas de intrusão
magmática
Principais Referências: E. Geotérmica
• [1] Energia Geotérmica. Energias Renováveis. Site da web. Disponível em:
http://energiasalternativas.webnode.com.pt/energias-renovaveis/energia-
geotermica/. Acessado em 17/08/2017

• [2] Os Avanços da energia geotérmica no Brasil. Pensamento Verde. Site da web.


Disponível em: http://www.pensamentoverde.com.br/economia-verde/avancos-
energia-geotermica-brasil/. Acessado em 17/08/2017

• [3] Energia Geotérmica e o Calor da Terra. Portal energia – Energias Renováveis. Site
da web. Disponível em: https://www.portal-energia.com/energia-geotermica-calor-
da-terra/ . Acessado em: 17/08/2017
Energia Solar
• Entende-se por energia solar a energia proveniente do Sol

• É uma fonte limpa, não deixa resíduos e é virtualmente


inesgotável

• Os impactos ambientais são praticamente nulos

• É uma das formas de energia no qual o Brasil tem o maior


potencial, quando comparado a outros países
Energia Solar: Vantagens
• É, talvez, a forma mais limpa e segura de se obter energia
elétrica

• Pode ser instalada em pequena escala, como por exemplo em


residências, como uma forma de diminuir custos

• As centrais necessitam de manutenção mínima

• Os painéis solares são a cada dia mais potentes ao mesmo


tempo que seu custo vem caindo, tornando a energia solar
uma solução economicamente viável
Energia Solar: Desvantagens
• Os preços são mais elevados em relação a outros meios de
energia devido à construção

• Existe variação nas quantidades produzidas de acordo com a


situação climática, além de que durante a noite não existe
produção alguma

• As formas de armazenamento da energia solar são pouco


eficientes quando comparadas por exemplo aos combustíveis
fósseis, a energia hidroelétrica

• A construção ocupa um grande espaço


Energia Solar: Fundamentos
• O Sol é uma estrela. No seu interior há fusão nuclear do
hidrogênio, formando hélio, o que gera uma quantidade
enorme de energia

• A energia proveniente desta reação é irradiada para o espaço,


e parte dela atinge a atmosfera terrestre com uma intensidade
de cerca de 1.373 W/m2

• Parte dessa energia é absorvida/refletida pela atmosfera

• Na superfície terrestre a potencia medida é de cerca de 1000


W/m²
Energia Solar: Funcionamento
• Um painel solar é composto de várias células solares ligadas
entre si

• Uma célula solar é um dispositivo pequeno formada por


materiais semicondutores, em geral silício

• Cada célula é composta por uma camada positiva e outra


negativa

• Ao serem atingidos pelos raios solares, os átomos liberam


elétrons que constituirão uma corrente elétrica (Efeito
Fotovoltaico) que carregará uma bateria
Energia Solar: Funcionamento

Célula Solar Painel Solar

Imagens retiradas da internet


Energia Solar no Brasil
• Menos de 0,0008 % da energia total produzida no Brasil vem
de fonte solar

• O Brasil é o país com maior irradiação solar do mundo

• Os números relativos a energia solar no Brasil são baixos,


quando comparados com países europeus, com um potencial
solar muito menor

• A maior usina solar do país, construída pela Tractebel Energia,


é composta por 19.424 painéis solares (Tubarão – SC)
Energia Solar no Brasil
Potencial Solar Brasileiro
Principais Referências: E. Solar
[1]MARTINS, R.F.; PEREIRA, E. B.. Brasilian Atlas for Solar Energy
Resource: Swera Results. Laboratório de Energia Solar – UFSC. 2007.
Disponível em:
http://www.lepten.ufsc.br/publicacoes/solar/eventos/2007/ISES/marti
ns_enio.pdf.

[2] Energia solar no Brasil. Wikipédia, a enciclopédia livre. Site da Web.


Disponivel em: https://pt.wikipedia.org/wiki/Energia_solar_no_Brasil.
Acessado em: 17/08/2017.

[3] Energia Solar. ANEEL. Atlas da Energia Elétrica. 2007. Disponível


em: http://www2.aneel.gov.br/aplicacoes/atlas/pdf/03-
Energia_Solar(3).pdf. Acessado em: 17/08/2017.
Conclusão
• As fontes de energia renováveis estudadas, em especial a solar
e a eólica, são vistas como as fontes de energia do futuro

• Essas duas apresentam uma possibilidade muito interessante:


A produção descentralizada de energia elétrica

• Além disso, com o aumento da consciência provocada pelos


danos provocados pela queima de carvão e combustíveis
fósseis, essas formas de produção de energia estarão cada vez
mais em alta