Você está na página 1de 59

MATEMÁTICA DISCRETA – AULA 5

PROFESSORA HELGA BODSTEIN, D.Sc.


Aula 5

RELAÇÕES DE ORDEM E
CONJUNTOS PARCIALMENTE
ORDENADOS
Conteúdo
• Propriedades em uma relação binária
• Ordem parcial em um conjunto
• Representação gráfica de uma Relação de
Ordem por um diagrama
• Problemas de ordenação de tarefas por meio
da Relação de Ordem e Diagrama de Hasse
Aula 5 – Relações de ordem e conjuntos parcialmente
ordenados

Introdução

O estudo das relações binárias é a base para a


compreensão da construção de um banco de dados relacional
para um empreendimento e também para o estudo de
funções.
Aula 5 – Relações de ordem e conjuntos parcialmente
ordenados

Relações Binárias

Sejam dois conjuntos A e B, qualquer subconjunto do produto


cartesiano A x B é dito Relação Binária de A em B.

Exemplo: Seja A ={a, b} e B = {a, b, c}, então o conjunto


R = {(a,a), (b,a), (b,c)}
é uma Relação Binária de A em B.

R é um subconjunto de A x B
Aula 5 – Relações de ordem e conjuntos parcialmente
ordenados

Relações Binárias

Se o número de elementos do conjunto A é igual a m e o


número de elementos do conjunto B é igual a p, então:

O número de relações binárias possíveis entre os


conjuntos A e B é igual a 2m.p
Aula 5 – Relações de ordem e conjuntos parcialmente
ordenados

Relações Binárias
• Endorrelação ou auto-relação

Considere um conjunto A não vazio. Uma relação binária R


sobre A ou endorrelação ou auto-relação é qualquer
subconjunto do produto cartesiano A×A, isto é,

R ⊆ A ×A (leia-se: R é subconjunto de A x A)

Podemos chamar relação de A em A de


Relação Interna sobre o conjunto A.
Aula 5 – Relações de ordem e conjuntos parcialmente
ordenados

Relações Internas

Grafo da relação

As relações em A podem ser representadas por grafos


dirigidos os quais são constituídos por um conjunto de
vértices (que representam os elementos de A) e um conjunto
de ramos (que correspondem aos pares ordenados que
pertencem à relação).
Aula 5 – Relações de ordem e conjuntos parcialmente
ordenados
Relações Internas

Exemplo: Considere o conjunto A = {1, 2, 3} e a relação


binária sobre A: R = {(1,1), (2,1), (3,3)} ⊆A×A.

A relação R pode, por exemplo, ser representada pelo


diagrama a seguir:
Aula 5 – Relações de ordem e conjuntos parcialmente
ordenados
Relações Internas

R = {(1,1), (2,1), (3,3)} ⊆A×A.


Aula 5 – Relações de ordem e conjuntos parcialmente
ordenados
Relações Internas

Exemplo: Sejam
A={1,2,3,4} e R={(1,1),(1,2),(2,1),(2,2),(2,3),(2,4),(3,4),(4,1)}.
O grafo de R é:
Aula 5 – Relações de ordem e conjuntos parcialmente
ordenados
Relações Internas

Exemplo: Explicite a relação determinada pelo grafo abaixo:

R = {(1,1), (1,3), (2,3), (3,2), (3,3), (4,3)}


Aula 5 – Relações de ordem e conjuntos parcialmente
ordenados

Propriedades das Relações Binárias

- Relação Reflexiva

Seja R uma relação sobre o conjunto A. A relação R é dita


REFLEXIVA se todo elemento de um conjunto A está
relacionado consigo mesmo, ou seja:

(x,x)  R,  x  A
Aula 5 – Relações de ordem e conjuntos parcialmente
ordenados

Propriedades das Relações Binárias

- Relação Reflexiva

Exemplo: É uma relação reflexiva a relação R sobre o


conjunto A={a,b,c} descrita por:

R = {(a,a), (b,b),(c,c)}
Aula 5 – Relações de ordem e conjuntos parcialmente
ordenados

Propriedades das Relações Binárias

- Relação Reflexiva - Grafo

Para todos os vértices do grafo, existem arestas que


ligam o vértice a ele mesmo.
Aula 5 – Relações de ordem e conjuntos parcialmente
ordenados

Propriedades das Relações Binárias

- Relação Simética

A relação R é dita SIMÉTRICA se quando x está relacionado


com y, implicar em y estar relacionado com x, ou seja:

(x, y)  R (y, x)  R, para x, y  A


Aula 5 – Relações de ordem e conjuntos parcialmente
ordenados

Propriedades das Relações Binárias

- Relação Simética

Exemplo: É simétrica a relação R no conjunto A={a,b,c}


descrita por:
R = {(a, a), (b, b),(a, b),(b, a)}
Aula 5 – Relações de ordem e conjuntos parcialmente
ordenados

Propriedades das Relações Binárias

- Relação Simética - Grafo

Se de algum vértice do grafo partir uma aresta para um


outro vértice, deve obrigatoriamente existir uma aresta no
sentido oposto.
Aula 5 – Relações de ordem e conjuntos parcialmente
ordenados

Propriedades das Relações Binárias

- Relação Transitiva

A relação R é dita TRANSITIVA se quando x está relacionado


com y e y está relacionado com z, implicar em x estar
relacionado com z, ou seja:

(x, y) R e (y, z) R(x, z)  R, para x, y, z  A.


Aula 5 – Relações de ordem e conjuntos parcialmente
ordenados

Propriedades das Relações Binárias

- Relação Transitiva

Exemplo: É transitiva a relação R no conjunto A={a,b,c}, é


descrita por:

R = {(a, a),(a, c),(c, b),(a, b)}


Aula 5 – Relações de ordem e conjuntos parcialmente
ordenados

Propriedades das Relações Binárias

- Relação Antiassimétrica

A relação R é dita ANTISSIMÉTRICA se quando x está


relacionado com y e y está relacionado com x somente
quando x = y.

(x, y)R e (y, x) R x = y, para x e y  A


Aula 5 – Relações de ordem e conjuntos parcialmente
ordenados

Propriedades das Relações Binárias

- Relação Antiassimétrica

Exemplo: É antissimétrica uma relação R no conjunto A={a, b,


c}, descrita por:

R = {(a, a), (b, b),(a, b),(a, c)}


Aula 5 – Relações de ordem e conjuntos parcialmente
ordenados

Propriedades das Relações Binárias

- Relação Antiassimétrica - Grafo

Se de algum vértice do grafo partir uma aresta para um outro


vértice, não pode existir uma aresta no sentido contrário.
Aula 5 – Relações de ordem e conjuntos parcialmente
ordenados

Propriedades das Relações Binárias

Exemplo: Seja S= {a, b, c}, classifique a relação R = {(a,a),


(b,b), (c,c), (a,b), (a,c)}
Aula 5 – Relações de ordem e conjuntos parcialmente
ordenados

Propriedades das Relações Binárias

• R é reflexiva, todo elemento tem um laço


• R é antissimétrica, existem flechas sem duas pontas
Aula 5 – Relações de ordem e conjuntos parcialmente
ordenados

Propriedades das Relações Binárias

Exemplo: Seja R = {(a,a), (c,c), (a,b), (b,c), (a,c)}.


Aula 5 – Relações de ordem e conjuntos parcialmente
ordenados

• R não é reflexiva, nem todo elemento tem um laço


• R é antissimétrica, existem flechas sem duas pontas
• R é transitiva, para todo par de flechas consecutivas
existe uma flecha cuja origem está na origem da
primeira e a extremidade está na extremidade da
segunda
Aula 5 – Relações de ordem e conjuntos parcialmente
ordenados

Propriedades das Relações Binárias

Exemplo: Seja R = {(a,a), (b,b), (b,c), (c,b), (b,d), (d,b), (c,d),


(d,c)}
Aula 5 – Relações de ordem e conjuntos parcialmente
ordenados

• R não é reflexiva, nem todo elemento tem um laço.


• R é simétrica, toda flecha tem duas pontas.
• R é transitiva, para todo par de flechas consecutivas
existe uma flecha cuja origem está na origem da
primeira e a extremidade está na extremidade da
segunda.
Aula 5 – Relações de ordem e conjuntos parcialmente
ordenados

Propriedades das Relações Binárias

Exemplo: Seja o conjunto A = {a, b, c, d} e R uma relação em


A, onde: x R y, x  A e y  A, se identifica por x  y.
Considerando o diagrama abaixo, classifique R.
Aula 5 – Relações de ordem e conjuntos parcialmente
ordenados

A = {a, b, c, d}

• Como nenhum elemento


de A se relaciona com ele
mesmo, então R não é
Reflexiva.

• Como o elemento a se relaciona com o elemento b e o


elemento b não se relaciona com o elemento a, então R não é
simétrica.
Aula 5 – Relações de ordem e conjuntos parcialmente
ordenados

A = {a, b, c, d}

• Quando, por exemplo, a se relaciona com b e b se relaciona


com c ou com d tem-se que a se relaciona com c ou com d,
nesse caso R é transitiva.
Aula 5 – Relações de ordem e conjuntos parcialmente
ordenados

Propriedades das Relações Binárias

- RELAÇÃO DE EQUIVALÊNCIA

Uma relação R sobre um conjunto A não vazio é chamada


relação de equivalência sobre A se, e somente se, R é
reflexiva, simétrica e transitiva.

Exemplo: Seja o conjunto A={a,b,c}, então a relação R sobre A


descrita por:
R = {(a,a), (b,b),(c,c),(a,c),(c,a)} é de equivalência.
Aula 5 – Relações de ordem e conjuntos parcialmente
ordenados

Propriedades das Relações Binárias

- RELAÇÃO DE EQUIVALÊNCIA

Exemplo: Suponha que a matrícula dos estudantes em uma


dada Universidade siga o esquema:
Aula 5 – Relações de ordem e conjuntos parcialmente
ordenados

Propriedades das Relações Binárias

Seja R a relação que contém (x,y) e x e y são estudantes com


nomes começando com letras do mesmo bloco:
– Consequentemente, x e y podem se matricular na
mesma hora se e somente se (x,y)  R.

– Pode-se notar que R é reflexiva, simétrica e


transitiva.
Aula 5 – Relações de ordem e conjuntos parcialmente
ordenados

Propriedades das Relações Binárias

RELAÇÃO DE ORDEM

Intuitivamente, podemos pensar numa relação de ordem


quando lembramos de uma fila no banco, de uma fila de
alunos dispostos numa sala de aula, na relação "menor
ou igual" no conjunto dos números naturais, etc
Aula 5 – Relações de ordem e conjuntos parcialmente
ordenados

Propriedades das Relações Binárias

RELAÇÃO DE ORDEM

Relações são usadas frequentemente para alguns ou todos


os elementos de um conjunto.

→ Ordenamos palavras usando xRy, onde x vem antes do


y no dicionário!
Aula 5 – Relações de ordem e conjuntos parcialmente
ordenados

Propriedades das Relações Binárias

RELAÇÃO DE ORDEM

• A relação de ordem é uma generalização do conceito de


menor ou igual (≤) ou de maior ou igual (≥).

• A relação de ordem é interna e só existe se comparar


elementos do mesmo conjunto.
Aula 5 – Relações de ordem e conjuntos parcialmente
ordenados

Propriedades das Relações Binárias

RELAÇÃO DE ORDEM

Uma relação R sobre um conjunto A não vazio é chamada


relação de ordem sobre A se, e somente se, R é reflexiva,
antissimétrica e transitiva.
Aula 5 – Relações de ordem e conjuntos parcialmente
ordenados

Propriedades das Relações Binárias

RELAÇÃO DE ORDEM

• Parcial
• Total
Aula 5 – Relações de ordem e conjuntos parcialmente
ordenados

Propriedades das Relações Binárias

RELAÇÃO DE ORDEM PARCIAL

Uma Relação de ordem parcial é uma relação que é ao


mesmo tempo reflexiva, antissimétrica e transitiva.
Aula 5 – Relações de ordem e conjuntos parcialmente
ordenados

Propriedades das Relações Binárias

RELAÇÃO DE ORDEM PARCIAL

Exemplo: A relação no conjunto dos números reais:


x R y se e só se x ≤ y é uma relação de ordem parcial.

→ É reflexiva (aRa), antissimétrica (se aRb e bRa, então a=b)


e transitiva (se aRb e bRc, então aRc).
Aula 5 – Relações de ordem e conjuntos parcialmente
ordenados

Propriedades das Relações Binárias

RELAÇÃO DE ORDEM PARCIAL

Quando temos uma ordem parcial em um conjunto, alguns


elementos deste conjunto irão preceder outros, isto é,
conseguiremos estabelecer uma ordenação para os
elementos do conjunto.
Aula 5 – Relações de ordem e conjuntos parcialmente
ordenados

Propriedades das Relações Binárias

RELAÇÃO DE ORDEM PARCIAL

De forma equivalente, se um conjunto de tarefas deve ser


executado na realização de um empreendimento, a idéia de
que a tarefa x precede a tarefa y (x < y) significa que a tarefa
x deve ser executada antes da tarefa y.
Aula 5 – Relações de ordem e conjuntos parcialmente
ordenados

Propriedades das Relações Binárias

RELAÇÃO DE ORDEM PARCIAL

Exemplo: Deseja-se construir uma casa de madeira. O


processo pode ser dividido em uma série de tarefas, algumas
delas tendo outras tarefas como pré-requisitos. A tabela
abaixo mostra as tarefas para construir a casa e os
respectivos pré-requisitos.
Aula 5 – Relações de ordem e conjuntos parcialmente
ordenados

Propriedades das Relações Binárias

Tarefa Pré-requisitos
1- Limpeza do terreno Nenhum
2- Produção e colocação da fundação Tarefa 1
3- Produção da estrutura Tarefa 2
4- Colocação do telhado Tarefa 3
5- Colocação das tábuas externas Tarefa 3
6-Instalação do encanamento e da fiação Tarefas 4 e 5
7- Colocação das janela e portas Tarefa 3
8- Instalação as paredes internas Tarefa 6
9- Pintura do interior Tarefas 7 e 8
Aula 5 – Relações de ordem e conjuntos parcialmente
ordenados

Propriedades das Relações Binárias

• Podemos definir uma ordem parcial no conjunto de tarefas


por x ≤ y ↔ tarefa x = tarefa y ou tarefa x é pré-requisito
para a tarefa y.

• Relação é reflexiva e antissimétrica.

• A relação ≤ é uma relação de ordem parcial em qualquer


subconjunto do conjunto dos números reais.
Aula 5 – Relações de ordem e conjuntos parcialmente
ordenados

Propriedades das Relações Binárias

Grafo representativo das tarefas:


Tarefa Pré-requisitos
1- Limpeza do terreno Nenhum
2- Produção e colocação da Tarefa 1
fundação
3- Produção da estrutura Tarefa 2
4- Colocação do telhado Tarefa 3
5- Colocação das tábuas Tarefa 3
externas
6-Instalação do encanamento Tarefas 4 e 5
e da fiação
7- Colocação das janela e Tarefa 3
portas
8- Instalação as paredes Tarefa 6
internas
9- Pintura do interior Tarefas 7 e 8
Aula 5 – Relações de ordem e conjuntos parcialmente
ordenados

Propriedades das Relações Binárias

Relação de ordem total

É uma relação de ordem onde todo elemento do conjunto está


relacionado a todos os outros elementos.

Exemplo: S = {a, b, c}

R = { (a,a), (b,b), (c,c), (a,b), (b,c),(a,c)}


Aula 5 – Relações de ordem e conjuntos parcialmente
ordenados

Propriedades das Relações Binárias

Relação de ordem total

Exemplo: A relação no conjunto A={2,4,8,16,...,2n,...) definida


por “x é múltiplo de y” é uma relação de ordem total em A.

• A ordem natural “x ≤ y” no conjunto dos números reais


é uma relação de ordem total.
Aula 5 – Relações de ordem e conjuntos parcialmente
ordenados

Propriedades das Relações Binárias

Diagramas de Hasse de Conjuntos munidos de uma Relação


de Ordem

– Conjuntos munidos de uma relação de ordem são uma


relação e portanto pode-se desenhar seu grafo.

– No entanto, muitas arestas não precisam estar presentes


em virtude das propriedades da relação de ordem (reflexiva e
transitiva).
Aula 5 – Relações de ordem e conjuntos parcialmente
ordenados

Propriedades das Relações Binárias

Diagramas de Hasse de Conjuntos munidos de uma Relação


de Ordem

– Para simplificar a representação, retira-se de seus grafos as


arestas que sempre devem estar presentes.

– As estruturas obtidas desta forma são chamadas de


DIAGRAMAS DE HASSE da relação de ordem.
Aula 5 – Relações de ordem e conjuntos parcialmente
ordenados

- Regras:

• Se A é um conjunto finito, então podemos representar


visualmente um conjunto parcialmente ordenado em A por
um diagrama de Hasse.

• Cada elemento de A é representado por um ponto (vértice)


do diagrama.
Aula 5 – Relações de ordem e conjuntos parcialmente
ordenados

• O diagrama de Hasse pode ser construído com base


num grafo, onde as arestas que representam as
relações reflexivas e transitivas ficam implícitas no
diagrama.
Aula 5 – Relações de ordem e conjuntos parcialmente
ordenados

Exemplo: Considere o grafo da relação de ordem “≤”sobre o


conjunto A={1,2,3,4}:
Aula 5 – Relações de ordem e conjuntos parcialmente
ordenados

Exemplo: Dados o conjunto A = {1, 2, 3, 6, 12, 18} e a relação


de ordem "x divide y", monte o diagrama de Hasse:

12 18

2 3

1
Aula 5 – Relações de ordem e conjuntos parcialmente
ordenados

Exemplo: Dados o conjunto A = {1, 2, 3, 6, 12, 18} e a relação


de ordem "x divide y", monte o diagrama de Hasse:

12 18

2 3

1
Aula 5 – Relações de ordem e conjuntos parcialmente
ordenados

Exemplo: Dados o conjunto A = {1, 2, 3, 6, 12, 18} e a relação


de ordem "x divide y", monte o diagrama de Hasse:

12 18

2 3

1
Aula 5 – Relações de ordem e conjuntos parcialmente
ordenados

Exemplo: Dados o conjunto A = {1, 2, 3, 6, 12, 18} e a relação


de ordem "x divide y", monte o diagrama de Hasse: