OS ESTADOS NACIONAIS MODERNOS

A FORMAÇÃO DOS ESTADOS NACIONAIS
O REI FOI O ELEMENTO UNIFICADOR DE UMA NOBREZA EM CRISE, CONCILIANDO, QUANDO POSSÍVELCOM A RICA BURGUESIA, CONDIÇÕES MATERIAIS PARA O FINANCIAMENTO DO PRÓPRIO ESTADO NACIONAL.

MARCOS INICIAIS DA IDADE MODERNA (Séculos XIII e XIV): e) Crise do Feudalismo; b) Ascensão da Burguesia Comercial; c) Centralização do poder nas mãos do Rei

No período da transição do feudalismo para o capitalismo, renasce o comércio, as cidades tornam-se referências de uma vida livre e distante das obrigações feudais para os que apostam nas novas oportunidades. A economia natural, da época do feudalismo, transforma-se em uma economia monetária. Tem início a "Era do Capital”

1- DESAPARECIMENTO GRADUAL DA SERVIDÃO 2- AS REVOLTAS CAMPONESAS COMTRA A EXPLORAÇÃO FEUDAL. 3- O DESENVOLVIMENTO DO COMÉRCIO URBANO. 4- A PRODUÇÃO AGRÍCOLA VOLTADA PARA O MERCADO. 5- ENFRAQUECIMENTO DO PODER LOCAL NA NOBREZA FEUDAL.

CARACTERÍSTICAS DOS ESTADOS NACIONAIS

• Poder centralizado • Monarquia Absolutista • Território nacional • Exército nacional • Impostos nacionais Língua Nacional

UM JOGO DE FORÇAS SOCIAIS
O processo de centralização política enfrentou fortes resistências de grupos que não queriam perder seus poderes locais: •Os administradores das Comunas •Os senhores feudais acostumados a mandar em suas regiões.

LEMBRETE IMPORTANTE
NÃO PODEMOS ESQUECER QUE O ESTADO NACIONAL É RESULTADO DE UMA ALIANÇA ENTRE REI, BURGUESIA E ALGUNS SETORES DA NOBREZA, INTERESSADO NO FORTALE CIMENTO DO PODER REAL PARA A SUA PRÓPRIA SEGURANÇA.

INTERESSES DAS FORÇAS ALIADAS NO FORTALECIMENTO DO PODER REAL
1- REPRIMIR AS REVOLTAS CAMPONESAS CONTRA A NOBREZA FEUDAL, PROTEGER A PROPRIEDADE DAS TERRAS E OS PRIVILÉGIOS DA NOBREZA 2- MELHORAR AS ESTRADAS E A SEGURANÇA PÚBLICA 3- UNIFORMIZAR AS MOEDAS

4- PADRONIZAR PESOS E MEDIDAS 5- CRIAR LEIS E PROCEDIMENTOS JURÍDICOS DE ÂMBITO NACIONAL 6- DESENVOLVIMENTO DO COMÉRCIO

MEIOS PARA GARANTIR O CONTROLE POLÍTICO DA MONARQUIA.
1- BUROCRACIA ADMINISTRATIVA – UMCORPO DE FUNCIONÁRIOS QUE, CUMPRINDO ORDENS DO REI,DESEMPENHAVAM AS TAREFAS DE ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA. 2- FORÇA MILITAR – FORÇAS ARMADAS ( EXÉRCITO, MARINHA, POLÍCIA) PERMANENTES, PARA ASSEGURAR A ORDEM PÚBLICA E A AUTORIDADE DO GOVERNO. 3- LEIS E JUSTIÇA UNIFICADAS – LEGISLAÇÕES NACIONAIS E UMA JUSTIÇA PÚBLICA ATUANTE NO TERRITÓRIO DO ESTADO.

4- SISTEMA TRIBUTÁRIO - SISTEMA DE TRIBUTOS ( IMPOSTOS, TAXAS ETC.) REGULARES E OBRIGATÓRIOS, PARA SUSTENTAR AS DESPESAS DO GOVERNO E PATROCINAR A ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA.

5- IDIOMA NACIONAL – LÍNGUA OFICIAL DO ESTADO, QUE TRANSMITIA AS ORIGENS, AS TRADIÇÕES E OS COSTUMES DA NAÇÃO E VALORIZAVA A CULTURA DE CADA POVO, PARA SE CRIAR O SENTIDO DE IDENTIFICAÇÃO ENTRE OS MEMBROS DA SOCIEDADE.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful