Você está na página 1de 57

Sistema de Imobilizador

Objetivo
• Demonstrar o sistema, suas gerações e
principais características.
• Manipular os componentes do sistema.
• Identificar os componentes do sistema
nos esquemas elétricos.
HISTÓRICO

Popularizou-se no Brasil a partir de 1996 com os

veículos da família FIAT Pálio.


DEFINIÇÃO

O imobilizador de partida é um sistema


eletrônico, integrado à injeção eletrônica, que tem
o objetivo de aumentar a proteção contra
tentativas de roubo.
PRINCÍPIO DE
FUNCIONAMENTO
Nos veículos com sistema imobilizador, a chave
de ignição possui um dispositivo denominado
transponder que transmite um código à unidade de
comando eletrônico da injeção.

A partida só é permitida se o código for reconhecido


pela unidade de controle eletrônico.
PRINCIPAIS COMPONENTES
O sistema é composto basicamente por:

Chaves eletrônicas com código secreto (transponder);

Um módulo do imobilizador;

Uma antena;

Uma unidade de comando da injeção com linha de


comunicação com o módulo do imobilizador;
Imobilizador

Módulo de controle do
Imobilizador
Chave com Transponder
Transponder
Cilindro de Ignição
Antena (integrada ao módulo
de imobilização)
Imobilizador
• A principal tarefa do Imobilizador é prevenir que
pessoas não autorizadas possam funcionar o
veículo.

Chave c/
Immobilizer ECM
Transponder

Alarme
• Transponder = Transmitter + Responder é um chip que
se encontra na cabeça da chave e que contém
informações que decidem se a chave está autorizada a
funcionar o veículo;
• Transponder faz a leitura, envia e calcula os códigos
sem necessidade de bateria própria;

1. Chave
2. Transponder
Imobilizador

• O Imobilizador é quem autoriza o funcionamento


do motor, o módulo do imobilizador serve com
interface entre o Transponder e a ECM
Terminologia:
• Desafio é um número ocasional (variável) gerado pela
ECM. O Transponder e a ECM usam este número no
processo de código variável, que é em forma de
algorítmo criptografado.
• Identificação do Transponder é um valor constante
usado pelo Transponder e a ECM no processo de código
variável.
• Número Secreto é armazenado no Transponder e na
ECM, e é usado no processo de código variável.
Imobilizador
• Resposta é calculada no Transponder em forma de
algorítmo criptografado utilizando o Desafio,
Identificação do Transponder e Número Secreto.

• Comparação da Resposta que é enviada pelo


Transponder e a calculada na ECM que utilizou os
mesmos dados: Desafio, Identificação do Transponder e
o Número Secreto; e decide a liberação, ou não, das
funções do motor.
Código de Segurança são 4 números que servem
como Senha, e são programados no Immobilizer e na
ECM. Esse código vem no cartão do veículo e servem
no caso de precisar programar novas chaves.
Código Fixo é armazenado no
Transponder e serve para a identificação
do Transponder junto ao Immobilizer.
REPRODUÇÃO DAS
CHAVES COM
TRANSPONDER

As chaves dos veículos com imobilizador de partida


possuem duas identidades:

O código mecânico (dentes da chave);

O código eletrônico (gravado eletronicamente no transponder).


ADAPTAÇÃO DO CÓDIGO

A adaptação do código eletrônico da chave no veículo

pode ser efetuada com qualquer chave virgem,

criptografada ou não, desde que seja compatível

com o sistema imobilizador instalado, esta operação

é feita via scanner.


ADAPTAÇÃO DO CÓDIGO

Para executar essa tarefa, basta ligar o equipamento ao

conector de diagnóstico do veículo, selecionar o veículo,

o sistema imobilizador e o item adaptação/codificação de

chaves. Para que o equipamento finalize a adaptação

será necessário o conhecimento de uma senha.


LÂMPADA DO SISTEMA
IMOBILIZADOR
FUNCIONAMENTO
FIAT CODE

LOCALIZAÇÃO DOS PRINCIPAIS


COMPONENTES DO IMOBILIZADOR
SISTEMA IMMOBILIZER
GM
LOCALIZAÇÃO DOS
COMPONENTES
SISTEMA PATS

PASSIVE ANTI- THIEFT SYSTEM


SISTEMA IMOBILIZADOR
VW

FUNCIONAMENTO DO SISTEMA
IMOBILIZADOR VOLKSWAGEN
ESQUEMA ELÉTRICO
EVIDÊNCIAS DE DEFEITO

NO SISTEMA

IMOBILIZADOR
NOVAS CHAVES FIAT –1ª GERAÇÃO

Serão necessários: A chave mestra (vermelha) e 2 chaves escravas (azuis) para programar novas chaves escravas.
Não é possível programar uma nova chave mestra em um sistema já codificado. Em um sistema virgem,injeção e
imobilizador. A nova chave mestra é reconhecida pelo sistema no segundo acionamento da chave de ignição

1- Reúna todas as chaves que se deseja que dêem partida no motor ao mínimo (3) sendo; 2 azuis e a máster
(vermelha)
2 – Insira a chave vermelha e vire a para a posição MAR
3 – A lâmpada indicadora CODE irá se ascender e logo em seguida se apagará.
4 – Logo que o CODE se apaga, retire a chave vermelha num prazo Maximo de (2s);
5 – Insira a 1ª chave AZUL e vire a para a posição MAR em um tempo Maximo de (10s)
6 – A lâmpada do CODE irá se ascender e logo em seguida se apagará.
7 – Remova a 1ª chave e insira a 2ª obedecendo o prazo de 2s para remover a chave e 10s para inserir a próxima
8 – Vire a 2ª chave : a lâmpada indicadora CODE irá se ascender e logo em seguida apagará.
9 – Repita os procedimentos 7 e 8 para as demais chaves.
10 – Após a ultima chave a ser codificada, insira novamente a chave vermelha e vire –a para posição MAR:
11 – A lâmpada CODE irá se ascender e logo em seguida apagará encerrando a codificação.
12 – Teste todas as chaves.
FIAT 1ª GERAÇÃO

APAGAR CHAVES MEMORIZADAS


Ao reprogramar novas chaves escravas a programação anterior é totalmente apagada ,
exceto a programação da chave mestra. Para apagar as chaves memorizadas é
necessário codificar novas chaves, portanto será necessário a chave mestra e todas
as escravos que se deseja utilizar, observando o mínimo de duas chaves.

NOVA CENTRAL DO IMOBILIZADOR FIAT 1ª GERAÇÃO


Substitua a central defeituosa e reprograme as chaves . Após a programação das chaves
a central do imobilizador estará casada com a chave mestra e com a central de
injeção eletrônica.

NOVA CENTRAL DE INGEÇÃO ELETRONICA FIAT 1ª GERAÇÃO


Substituída a central de injeção eletrônica, a primeira partida com qualquer chave
codificada codifica irreversivemente a central de injeção eletrônica.
FIAT 2º Geração

NOVAS CHAVES
Será preciso: Equipamento de diagnostico, as novas chaves e uma senha. A senha é
fornecida pela Fiat mediante relatório constando identificação do proprietário e o
motivo da substituição.
No caso da ALFA 166, até as chaves terão que serem confeccionadas sob encomenda
junto a FIAT.
APAGAR CHAVES MEMORIZADAS
É possível apagar, porém só com equipamento e com a senha a ser adquirida junto a
FIAT. Uma chave desmemorizada não pode ser mais memorizada
NOVA CENTRAL DO IMOBILIZADO
A FIAT envia uma nova central já codificada sob encomenda, mediante fax com o chassi
do veiculo, a identificação do proprietário e o motivo da substituição.
NOVA CENTRAL DE INJEÇÃO ELETRONICA
A nova central é virgem, porem para codificá-la precisa de uma senha junto a FIAT e do
equipamento especifico
NOVO CILINDRO DE IGNIÇÃO

FIAT 1ª GERAÇÃO
Substitua o cilindro de ignição, abra a chave mestra e troque o tranponder com a chave
mestra antiga.
Com a nova chave mestra de transponder antigo, codifique as novas chaves escravas.
FIAT 2ª GERAÇÂO
Apagar as chaves memorizadas, substituir o novo jogo de cilindro e codificar novas
chaves. Pra isso, lembre-se sempre do equipamento e da senha que só pode ser
conseguido junto a FIAT e do relatorio explicando o motivo da substituição
PERDA DO CARTÃO OU CHAVE MESTRA

FIAT 1ª GERAÇÃO
Em caso de perda da chave mestra torna-se impossível a realização de memorização de
novas chaves. Neste caso substitua as centrais FIAT CODE e de INJEÇÃO
ELETRONICA, os cilindros (PORTAS, PORTA MALAS,COMUTADOR DE IGINIÇÃO,
RESERVATORIO DE COMBUSTIVEL, etc.) e através da nova chave mestra realizar
os procedimentos de rememorização de todas as chaves.
Obs.: Não será possível executar mais a partida de emergência.
FIAT 2ª GERAÇÂO
Não existe chave mestra, e caso o cliente perca o cartão de identificação é possível
conseguir um outro através da FIAT. Para isso a FIAT exige os dados de identificação
do veiculo e do proprietário e da pessoa que esta intermediando a negociação
Importante : o novo cartão tem o mesmo numero do anterior, portanto se o antigo for
encontrado é possível que uma pessoa não autorizada faça uma partida de
emergência.
PARTIDA DE EMERGENCIA

FIAT 1ª OU 2ª GERAÇÃO
È possível; desde que se tenha em mãos o código do imobilizador (cartão com a senha) e seguir os
procedimentos de inserção do código através do sensor de borboleta ou com o equipamento especifico
PROCEDIMENTOS
Ler o código de 5 dígitos indicado no CODE CARD
1 – Girar a chave para a posição MAR – a lâmpada da injeção irá se acender
2 – Pisar no acelerador totalmente – a lâmpada irá se apagar em 8s
3 – Soltar o pedal do acelerador – a lâmpada irá piscar intermitentemente
4 – Conte as piscadas da lâmpada e quando atingir o nº correspondente ao 1º digito do CODE, interrompa
a seqüência de lampejos abrindo totalmente a borboleta do acelerador – a lâmpada ficara acesa
5 – Mantenha o pedal acionado ate que a lâmpada se apague
6 – Solte o pedal para poder introduzir o segundo código como no item 4
7 – Proceder da mesma maneira para os outros dígitos
8 – Quando tiver introduzido o 5º digito, acione o acelerador e quando a lâmpada se apagar solte- o – a
lâmpada dará um lampejo rápido indicando que a operação foi efetuada
9 – Sem voltar a chave - de partida no motor ( se votar a chave para STOP você tem 10s para ligar
novamente caso contrario deve-se repetir todos os passos
NOVAS CHAVES

FORD PATS I (utilizar a chave mestra vermelha e seguir os procedimentos)


1 – Vire a chave mestra da posição (0) para a (2) – A lâmpada no relógio se acenderá
2 – Vire a chave mestra da posição (2) pra a posição (0) e retire-a – A lâmpada ficara acesa
por 2s.
3 – Antes que a lâmpada se apague insira a primeira chave escrava preta
4 – Vire-a de (0) para (2) - A lâmpada vai piscar 1vez – pronto esta codificada a primeira
chave
5 – Codifique a segunda chave escrava da mesma maneira, em um intervalo de tempo
inferior a 10s
Obs.: Pode ser codificada ate 15 chaves.

FORD PATS II
Se o sistema estiver completamente desprogramado serão necessários apenas duas chaves
com transponder
Se o sistema já estiver programado e se desejar programar outras chaves é necessário
utilizar as duas chaves já programadas para abrir a janela de programação
APAGAR CHAVES

FORD PATS I
Para desprogramar as chaves é necessário a utilização de equipamento especifico e
também de um código secreto deste equipamento
O código secreto atende a 10 intervenções no sistema . Após isso será necessário
contato com a FORD para obtenção de uma nova seqüência numérica
FORD PATS II
Para desprogramar as chaves é necessário a utilização de equipamento especifico e
também de um código secreto deste equipamento
O código secreto atende a um numero aleatório de intervenções. Quando o equipamento
pedir um novo código, sera necessário entrar em contato com a FORD para obter
uma nova seqüência numérica
FORD PATS
NOVA CENTRAL DE IMOBILIZADOR
PATS I
Em alguns modelos isto não é possível porque o modulo esta incorporado a central de injeção.
Caso contrario
1 - desconecte o cabo da bateria
2 - substitua o modulo do imobilizador
3 - reconecte o cabo da bateria
4 – recodifique as chaves
Obs. A primeira chave codificada será a chave mestra
PATS II
Em alguns modelos isto não é possível porque o modulo esta incorporado a central de injeção.
Caso contrario
1 - desconecte o cabo da bateria
2 - substitua o modulo do imobilizador
3 - reconecte o cabo da bateria
4 – Gire duas chaves com transponder na ignição
Obs. Em caso de erro – desprograme as chaves para a central nova e reprograme para a antiga
FORD PATS I OU II
NOVA CENTRAL DE INJEÇÃO
PATS I OU II
Para permitir o funcionamento com a nova central com o PATS externo é necessário limpar a memória do
imobilizador e reprogramar as chaves . É preciso um equipamento especifico , um código secreto
Obs. Em caso de erro repita ao processo com a central antiga

NOVO CILINDRO DE IGNIÇÃO


PATS I OU II
Substitua o cilindro de ignição, desmemorize as chaves e recodifique as novas chaves
PERDA DO CARTÃO OU CHAVE MESTRA
PATS I
- Desmemorize as chaves e recodifique uma nova chave mestra
- Não possui cartão de identificação
PATS II
- Não existe cartão ou chave mestra
PARTIDA DE EMERGENCIA
PATS I OU II
- Não possui estratégia de partida de emergência
IMOBILIZADOR GM

NOVAS CHAVES
- É preciso equipamento especifico e o código secreto do cliente para abrir uma janela
de programação alem das novas chaves
APAGAR CHAVES
- Para desprogramar as chaves é necessário o uso de equipamento e também do código
do cartão GM (INFO CARD)
NOVA CENTRAL DO IMOBILIZADOR
1 – Substitua o imobilizador
2 – Com equipamento reprograme a nova central com o código de segurança, o tipo de
motor, o numero de chave ( no cartão do cliente) e o nº do chassi
3 – reprograme as chaves
Obs. 1- O código de segurança só pode ser programado uma vez ( se falhar impossibilita o
uso da central em outro veiculo)
2 – Na 1ª geração de imobilizadores (Corsa, Omega e Vectra) poderá ser introduzido
qualquer código com 4 dígitos em uma central virgem. A partir da 2ª geração (Astra B
em diante) é necessário a introdução do mesmo código programado também para a
central de injeção que consta no cartão do cliente
IMOBILIZADOR GM

NOVA CENTRAL DE INJEÇÃO


1 – Substitua central de injeção
2 – Com equipamento reprograme a nova central com o código de segurança, o tipo de motor, o
numero de chave ( no cartão do cliente) e o nº do chassi
3 – reprograme as chaves
Obs. 1 - A nova central será codificada irreversivelmente após o 1º sinal enviado pelo imobilizador
2 – Na 1ª geração o modulo da injeção aceita reprogramação com um imobilizador diferente . Na 2ª
geração isto não é mais possível pois o modulo da injeção sempre vai requerer o código do 1º
imobilizador
PARTIDA DE EMERGENCIA
Não possui estratégia de partida de emergência
NOVO CILINDRO DE IGNIÇÃO
Substitua o cilindro, desmemorize as chaves e recodifique as novas.
PERDA DO CARTÃO OU CHAVE MESTRA
- Não existe chave mestra
- Caso perder o cartão é possível conseguir um outro através da GM. Para isso a GM exige os
dados de identificação do veiculo e proprietário e da pessoa intermediaria
- Obs. O novo cartão tem o mesmo numero do anterior ( o antigo pode codificar chaves)
IMOBILIZADOR VW

NOVAS CHAVES
É preciso equipamento especifico e o código secreto do cliente para abrir a janela de programação.
Alem das chaves novas.
APAGAR CHAVES MEMORIZADAS
A programação de novas chaves apaga as anteriores
NOVA CENTRAL DE IMOBILIZADOR
1 – Obter o novo código do imobilizador (raspando a plaqueta de identificação da nova central ou com
a VW desde que informado o código de 14 dígitos que identifica o nº da central obtido através do
equipamento de diagnostico
2- Adaptar todas as chaves do veiculo
3 – Adaptar a unidade de injeção . Apagar os valores adaptadivos que identificam o imobilizador
antigo no modulo de injeção
4 – Adaptar o imobilizador ás diversidades existentes entre os modelos como combustível,transmissão
etc. – essa função é desnecessária no na linha GOL,PARAT e SANTANA.
NOVA CENTRAL DE INJEÇÃO
1 – Adaptar todas as chaves
2 - Adaptar a unidade de injeção . Apagar os valores adaptadivos que identificam o imobilizador antigo
no modulo de injeção
IMOBILIZADOR VW

PARTDA DE EMERGENCIA
Essa estratégia só é possível na linha GOLF com o imobilizador incorporado no painel de
instrumentos. É necessário ter em mãos o código do imobilizador e seguir os
procedimentos:
1 – Ligar a ignição
2 – No instrumento combinado girar o botão de ajuste do relógio para a direita e ao mesmo
tempo pressionar o botão de zeramento do hodômetro parcial
3 – No display do hodômetro aparecerá “0000” e o primeiro digito piscará
4 – pressione o botão de zeramento do hodômetro parcial até aparecer o 1º digito do código
do imobilizador, e em seguida
5 – Gire o botão do relógio para a direita
6 – O segundo digito piscará. Repita o procedimento anterior para os demais dígitos
7 – Ao inserir o ultimo digito, gire novamente o botão de ajuste da hora no sentido horário e ao
mesmo tempo pressione o botão de zeramento do hodometro
8 – A lâmpada de anomalia do imobilizador permanecerá acesa
9 – Funcione o motor sem desligar a ignição
Obs. Se aparecer “ERRROR” durante o processo, repita os procedimentos
IMOBILIZADOR VW

NOVO CILINDRO DE IGNIÇÃO


Substitua o cilindro de ignição e recodifique a unidade imobilizadora com as novas
chaves
PERDA DO CARTÃO OU CHAVE MESTRA
- Não existe chave mestra
- Caso o cliente perca a plaqueta com o código secreto é possível conseguir outro
através da VW. Para isso a VW exige o código de identificação do modulo
imobilizador( obtido do modulo com o uso de aparelhos de diagnostico) e mais os
dados da pessoa que esta solicitando.
Imobilizador
• Funcionamento: Astra e Celta
Transponder Immobilizer ECM
Número Secreto Número Secreto
Id. Transp. Desafio Desafio Desafio Id. Transp.

Resposta
Algorítmo Código fixo Algorítmo
Terminal 15
Comparação
Luz de Resposta
Código Fixo Resposta Advertência
Do motor ?=
Resposta

OK ?

Alarme
Imobilizador
• Funcionamento: Blazer/S10 Gas
Transponder Immobilizer ECM
Número Secreto Número Secreto +BAT
Id. Transp. Desafio Desafio Id. Transp. Luz de
Advertência
Do motor
Algorítmo Código fixo Algorítmo
Comparação
Resposta
Código Fixo Resposta Cód. Frequência
Resposta
?= OK
+BAT
Não OK

TAL – Luz de
Atividade do
Transponder
Alarme
Imobilizador
• Funcionamento: Blazer/S10 Diesel
Transponder Immobilizer DDS
Número Secreto Número Secreto
Id. Transp. Desafio Desafio Id. Transp.

Algorítmo Código fixo Algorítmo


Comparação
Resposta
Código Fixo Resposta Cód. Frequência
Resposta
?= OK
+BAT
Não OK

TAL – Luz de
Atividade do
Transponder
Alarme
Imobilizador
• Funcionamento: Blazer/S10 V6 Gas
Transponder Immobilizer PCM
Número Secreto Número Secreto
Id. Transp. Desafio Desafio Id. Transp.

Algorítmo Código fixo Algorítmo


Comparação
Resposta
Código Fixo Resposta CLASS II
Resposta
?= OK
+BAT
Não OK

TAL – Luz de
Atividade do
Transponder
Alarme
Imobilizador
Imobilizador
Atividade 3: Dividir os participantes em dois grupos.

Cada grupo localiza o sistema nos diagramas elétricos dos veículos


disponíveis. Em seguida, cada grupo explica nos diagramas como o
sistema funciona.
Imobilizador
Atividade 3: Dividir os participantes em dois grupos.

1) Apresente o Info Card e explique sua finalidade.

2) Em seguida, cada grupo usa o Info Card, Tech 2 e TIS 2000 para desprogramar e
programar novamente as chaves dos veículos disponíveis.
Imobilizador