Você está na página 1de 49

Igreja: origem, características e missão

Iniciando ...
Qual a origem da
palavra

“Igreja”?
“O termo Igreja no N.T é tradução da
palavra grega Ekklesía, que é a junção da
preposição Ek (que indica movimento
para fora de); e o verbo Kaleo (chamar,
convocar, convidar”.
“Ekklesía: era a reunião e/ou
assembleia para discussão de
assuntos sociopolíticos”
Conceito de Igreja Novo Testamento
“No Novo testamento a palavra Ekklesía
aparece 114 vezes, só nas cartas de
Paulo, há em média cerca de 65
ocorrências. Seu uso era comum e
aparece em diversas situações.
“Os escritores do novo testamento, como
filhos de sua época tomaram por
empréstimo e aplicaram a palavra
Ekklesía as reuniões dos cristãos no
início da Igreja. O termo é amplo e não
se restringiu ao contexto da vida religiosa.
“Podemos dizer que no N.T Igreja é:
uma congregação de cristãos, que têm
como fundamentos de vida e prática os
ensinos de Cristo,bem como, uma vida
de intensa interação e comunhão (At.
2.42-47)
Conceito de Igreja no Antigo Testamento
“A palavra igreja não aparece no antigo
testamento hebraico, porém, isso não
indica a ausência da ideia de Igreja no
texto veterotestamentário, mas sim, que
ali está presente de modo peculiar
O termo Igreja na Bíblia Hebraica
No A.T as palavras utilizadas para
expressarem a ideia de uma congregação
é (qahal), que foi traduzida na Septuaginta
por Sunagogens (Nm 14.5; Nm 1.16; Ex
16.9; 17.1) que significa; "reunir", "ajuntar"
“Outro termo utilizado é ('edah), que foi
traduzido para o termo Ekklesía Nm 14.7; que
quer dizer "congregação" ou "assembleia;

“O primeiro, passou a ser utilizado para


representar mais a congregação de judeus,
já a segunda utiliza-se mais, para a
congregação dos cristãos.
Considerações iniciais
“Natureza é o conjunto de caracteres
particulares que distingue um
indivíduo de outro
“A Igreja de Cristo é única e indivisível na
história, contudo, para uma melhor
compreensão de sua natureza divino-
humana, é necessário observá-la em
perspectivas diversas.
“Outro ponto que deve-se levar em conta nas
questões concernentes a Igreja é que; ela está
fundamentada em Cristo e, Nele vive e tem
sua esperança alicerçada (Jo 14.1-3), tendo
ainda o privilégio de Cristo ser a sua cabeça
(Cl 1.18).
“A existência da Igreja foi planejada antes
da história humana (Ef 1.4), que ela foi
enviada ao mundo como o próprio Cristo
foi enviado pelo Pai ao mundo; deste
modo, Cristo foi o apostolo de Deus, e a
Igreja passou a ser o apostolo de Cristo
(Jo. 17.18; 20.21)
Invisível

Visível

Igreja
Três modos de se referir à Igreja:

Igreja
Invisível

Igreja Igrejas
Visível particulares
Definições:
Igreja •Consta do número total dos eleitos que já foram,
dos que agora são e dos que ainda serão reunidos
Invisível em um só corpo sob Cristo.

Igreja •Consta de todos aqueles que pelo mundo inteiro


professam a verdadeira religião(não sendo restrita a
Visível uma nação

Igrejas •Igrejas particulares, fazem parte da Igreja universal


e/ou católica, estas têm como características, são as
Particulares denominações propriamente ditas.
A Missão da Igreja
Iniciamos esta reflexão analisando a origem do termo
Igreja, buscamos suas raízes históricas, bem como o
seu desenvolvimento na curva do tempo. Logo em
seguida, voltamos o olhar para a natureza da Igreja, e
dentro da sua estrutura divino-humana,
compreendemos o aspecto visível e invisível
pertinente a sua essência.
Porém, para uma noção mais ampla em relação à
Igreja, é necessário continuarmos mergulhando, pois,
as águas devem ir além dos tornozelos, só em águas
mais profundas, e com os pés sem tocar o chão é que
iremos de fato desfrutar a beleza da noiva de Cristo.
E para a execução desta tarefa, precisaremos discutir
e considerar a missão da Igreja. Para início de
conversa, cabe a seguinte pergunta...
A igreja tem
uma missão?
A resposta de imediato é sim! Ela tem uma tarefa
a realizar, uma missão a cumprir, e isso, fica
evidente quando analisamos as palavras do
próprio filho de Deus na grande comissão (Mt
28. 19,20; Mc 16. 15-18). Vejamos á missão
agora..
A missão da Igreja é tríplice

Adorar
Deus
Anúncio
Vida em
do
comunhão
evangelho

Missão
Igreja
Compreendendo um pouco mais essa missão
Vivendo diante da face de Deus
“Adorar à Deus: O homem foi
criado para louvar a Deus (Sl
150.6, 100. 1-5). Esse foi o
projeto original na criação (Gn
2.8), mas, o pecado cometido pelo
seres humanos, afetou essa
relação com O Deus Trino (Rm
1.21-23, 3.23)
Uma vida de adoração precisa necessariamente ser uma
vida coram Deo, ou seja, uma vida diante da face de
Deus, em tudo glorificando o seu nome nos mínimos
detalhes: “Portanto, quer comais, quer bebais ou façais
outra coisa qualquer, fazei tudo para a glória de Deus.” (1
Co 10.31; 1 Pe 4.11, Cl 3:17)
Vida em
comunhão
“Vida em comunhão: É uma obrigação da Igreja,
confessar a Jesus como Senhor e Salvador, mas, não
reconhecer a verdade dita acima, é puro moralismo
religioso. A Bíblia afirma que devemos amar.
Comunhão como seu próprio sentido indica é algo
em comum entre pessoas, nós como cristãos temos
em comum a fé em Cristo, isso já é motivo mais
que suficiente para vivermos em interação diária.

Vejamos a seguir como a Bíblia expressa em


liguagem figurada a comunhão da Igreja...
Cristo é o cabeça da Igreja (1 Co 12.27);

A igreja é o corpo de Cristo (Ef 1.22,23; Cl 1.24);

E por isso somos membros uns dos outros (Rm


12.5);

E como membros precisamos uns dos outros (1 Co


12. 21).
Em resumo
Na primeira epístola de João lemos a seguinte
afirmação: “aquele que diz que ama a Deus, mas,
odeia seu irmão é mentiroso” (1JO 4,20).

O amor é a identidade do cristão é a forma que este é


conhecido pela sociedade (Jo 13.35)
Evangelizando na cidade
O dever de anunciar o evangelho pesa sobre os
ombros de todos os cristãos, a cada de um nós é
imposta esta sublime tarefa (Mt 10.7-10), e ninguém
deve eximir-se te tão privilegiado ministério que até os
próprios anjos desejavam realizar( 1 Pe 1.12).
O anúncio do evangelho deve começar em casa
O anúncio deve começa em casa

“A família deve ser o nosso primeiro campo missionário é


dentro da casa de cada cristão, que a palavra precisa ser
semeada inicialmente, pois, do que adianta levarmos a
mensagem de salvação para os de fora, quando na
realidade não levamos a boa notícia ao nosso círculo de
afeto mais íntimo e pessoal.
O anúncio do evangelho na comunidade onde moramos...
A proclamação do evangelho a comunidade que pertencemos

A comunidade onde estamos também é nosso campo


missionário particular, sendo assim, podemos fazer
diferença em nossa vizinhança e na vida amigos.
Atributos da Igreja
Atributos da Igreja

Católica/U
niversal

Igreja

Una Santa
Unidade

a unidade da implica que a Igreja de todas as eras e


todas as nações e tribos é essencialmente uma. Essa é
uma unidade do corpo de Cristo, e por tanto, uma
unidade da sua cabeça, do Espírito e da fé.
Catolicidade
A catolicidade da Igreja implica que a Igreja é internacional,
reunida de toda tribo, língua e nação. Vejamos o texto abaixo:

Porque com o coração se crê para a justiça e com a boca se confessa para
a salvação. Pois a Escritura diz: “Todo aquele que nele crê não será
envergonhado.” Porque não há distinção entre judeu e grego, uma vez que
o mesmo é o Senhor de todos, rico para com todos os que o invocam.
(Rm 10.10-12)
Santidade

A santidade da igreja implica, objetivamente, que a


Igreja é santa em Cristo sua cabeça e, subjetivamente,
que ela é santa pela virtude do princípio da
regeneração e santificação.
Vocês, porém, são geração eleita, sacerdócio real, nação santa, povo de propriedade
exclusiva de Deus, a fim de proclamar as virtudes daquele que os chamou das trevas
para a sua maravilhosa luz. (1Pe 2.9)
Marcas da Igreja
Ensino da
Palavra de
Deus

Exer. Fiel da
Comunhão
disciplina

Adm. Dos
Testemunho Igreja/Saudável
sacramentos

A presença do
Serviço
E.S

O amor