Você está na página 1de 22

Razões

trigonométricas
de ângulos
generalizados
Circunferência trigonométrica

Dado um referencial ortonormado num dado plano, a circunferência


centrada na origem desse referencial e de raio 1 designa-se por
circunferência trigonométrica.

Nota:
Em geral, por abuso de linguagem, a circunferência trigonométrica
também se designa por círculo trigonométrico.
Seno e Cosseno de ângulos orientados

 
Sendo o ponto de interseção da circunferência trigonométrica com o lado
extremidade de um ângulo orientado ou nulo de lado origem coincidente
com o semieixo positivo e de amplitude igual a , define-se:

 
• ordenada do ponto

 
• abcissa do ponto
Consequências da nova definição de seno e
cosseno
 
 Fórmula Fundamental da Trigonometria

  , 1) 90
(0   °

180°
  0  °
(−1,0)
    ,0)
(1

270°
  (0,−1)
 

 
 , qualquer que seja o ângulo orientado ou nulo .
 
 , qualquer que seja o ângulo orientado ou nulo .
Consequências da nova definição de seno e
cosseno
 Sinal e variação do seno

Decrescente Crescente

+¿ +¿
   

 
−  

Decrescente Crescente
Consequências da nova definição de seno e
cosseno
 Sinal e variação do cosseno

Decrescente Decrescente

 
− +¿
 

 
− +¿
 

Crescente Crescente
Tangente de ângulos orientados

 
Sendo o ponto de interseção da reta de equação com o lado extremidade de
um ângulo orientado ou nulo de lado origem coincidente com o semieixo
positivo e de amplitude igual a , define-se:

• ordenada do ponto
Tangente de ângulos orientados

 
Notas:
1. A tangente não está definida para ângulos de lados perpendiculares.
2. Se o ângulo estiver no 2.º ou 3.º quadrantes, prolonga-se o lado
extremidade de modo que intersete a reta de equação .

 𝐷

 𝛾 tg
  𝛿
 𝛿
 1
𝑂
  𝑂
   1

tg
  𝛾

𝐶
 
𝐶
  (1, tg 𝛾) 𝐷(1
  ,tg 𝛿)
Consequências da nova definição de tangente

 
 , qualquer que seja o ângulo orientado ou nulo .

 Sinal e variação da tangente

Crescente Crescente

 
− +¿
 

+¿
   

Crescente Crescente
Consequências da nova definição de tangente

 As relações entre razões trigonométricas

sen 𝛼 1
t  g 𝛼 =  
1+t g²𝛼=
cos 𝛼 cos ² 𝛼

 
com , são válidas para qualquer ângulo orientado ou nulo.
Exemplo 1
 
Representa na circunferência trigonométrica o lado extremidade de um
ângulo dodo4.º
4.ºquadrante
quadrantecujo cosseno seja
  cosseno igual
seja a ae determina o valor
igual
exato de .

Sugestão de resolução:
2
  2
cos
  2
(3)
2
𝛼 + sen 𝛼 =1 ⇔
2
+ sen2 𝛼 =1
  2 5
⇔ sen 𝛼 =1 − ( ) 𝛼
2   2
⇔ sen 𝛼 =  
3 9
𝑂
   1
  5 5
⇔ sen 𝛼 =
9
5

∨ sen 𝛼 =−
9
5

⇔ sen 𝛼 = √ ∨ sen 𝛼 =− √ 2
   
𝑥=
3 3 3
 
Como o ângulo é do 4.º quadrante, então , logo .
Seno, cosseno e tangente de ângulos
generalizados
sen ( 𝛼 +𝑛 ×360 ° )= sen 𝛼
 

cos ( 𝛼 +𝑛 ×360 ° )=cos 𝛼


 

t  g ( 𝛼+𝑛 × 360° ) =t g 𝛼
 
Dado um ângulo generalizado , o seno, o cosseno e a tangente de são,
respetivamente, o seno, o cosseno e a tangente de .

Exemplo:
 
√ 3
sen ( 420° )=sen ( 60°+1× 360° ) =sen ( 60° ) =
2
  1
c os ( 420° ) =cos ( 60°+1×360° ) =cos ( 60° )=
2
t g ( 420° )=tg ( 60°+1×360° ) =tg ( 60° ) =√ 3
 
 Relações entre as razões trigonométricas
de , , ,

sen (− 𝛼¿  −) sen 𝛼


 

  cos ( ¿ −
cos𝛼
𝛼 )
t  g ( −𝛼 ) ¿  −t g 𝛼

sen
  (180° −𝛼 ) ¿  sen 𝛼
 cos ( 180 ° − 𝛼 ) 180
  °− α
¿  −cos 𝛼
t  g ( 180 °− 𝛼 ) ¿  −t g 𝛼
 Relações entre as razões trigonométricas
de , , ,

sen
  (180 °+𝛼 ) ¿  − sen 𝛼
180
  °+α
 cos ( 180 °+ 𝛼 )
¿  −cos 𝛼
t  g ( 180 °+𝛼 ) ¿  t g 𝛼

sen
  ( 90 °− 𝛼 ) ¿  cos 𝛼 9  0 °− α
 cos ( 9 0 ° −𝛼 )
¿  sen 𝛼
 Relações entre as razões trigonométricas
de , , ,

sen
  ( 90 °+𝛼 ) ¿  cos 𝛼

cos ( 9 0 ° +𝛼
  ) 𝛼
¿  − sen 9 0 °+ α
 
Exemplo 2
 
Calcula o valor exato da seguinte expressão.

Sugestão de resolução:
2
cos
  ( 1515 ° ) −tg ( 390 ° )+sen ( 1140 ° ) +sen2 ( 435 ° ) − cos ( 750 ° )=¿

¿  cos2 ( 75 ° ) −tg ( 30 ° )+ sen ( 60 ° ) +sen 2 ( 75 ° ) − cos ( 30 ° )=¿


3 3 3
¿ 𝐜𝐨𝐬 𝟐 ( 𝟕𝟓 ° )+ 𝐬𝐞𝐧 𝟐 ( 𝟕𝟓 ° ) − √ + √ − √ =¿
 
3 2 2
 
¿ 𝟏−
√3 = ¿
3
  3 − √3
¿
3
Medidas de amplitudes em radianos

Designa-se por radiano a amplitude de um ângulo ao centro de uma


circunferência que nela determina um arco de comprimento igual ao raio.
Medidas de amplitudes em radianos

 Conversão de medidas de amplitudes de ângulos em


graus para radianos e vice-versa

 1. Determina, em radianos, a amplitude de um ângulo de .

180°
    rad   130× 𝜋 13
𝑥= = 𝜋
180 18
13
  0°   rad

 Assim, é a medida em radianos da amplitude de um ângulo de .

 2. Determina, em graus, a amplitude de um ângulo de radianos.

5𝜋
180°
    rad  
9
×1 8 0
𝑥=
 𝑥 °
=100
  rad 𝜋

 Assim, é a medida em graus da amplitude de um ângulo de radianos.


Medidas de amplitudes em radianos
 
 Valores exatos dos ângulos de amplitude , e
Medidas de amplitudes em radianos

 Seno, cosseno e tangente de ângulos generalizados

sen
  ( 𝛼+𝑛 ×2 𝜋 )=sen 𝛼

cos ( 𝛼 +𝑛 ×2 𝜋 ) =cos 𝛼
 

t  g ( 𝛼+𝑛 × 2𝜋 ) =t g 𝛼
Medidas de amplitudes em radianos
 
 Relações entre as razões trigonométricas de , , ,

 
 

 
Exemplo 3
 
Determina o valor exato da seguinte expressão.

Sugestão de resolução:

Sugestão de resolução:

  19 𝜋 5𝜋 25 𝜋   𝜋 𝜋 25 𝜋
sen ( ) ( ) (
4
+cos
6
− tg −
3 ) ( 4 ) ( 6 ) ( )
¿ sen 5 𝜋 − +cos 𝜋 − +tg
3
=¿

𝜋 𝜋   sen 𝜋 − cos 𝜋 +tg 𝜋 =¿


𝜋¿
  sen 𝜋 −
¿ ( 4 )
− cos ( ) (
6
+tg 8 𝜋 +
3 ) ( )
4 ( ) ( )
6 3

 
¿
√ 2 − √ 3 + √¿ 3√2 − √3+2 √ 3 =¿
2 2 2
 
¿
√2 + √3
2