Você está na página 1de 24

FUNÇÕES DE UMA VARIÁVEL

A U L A

1 5

2 2 / A B R / 2 0 0 8

Integração de funções racionais por frações parciais

Prof. André

15.1 – Breve introdução

Uma função racional é uma razão de dois polinômios. A idéia básica é decompor uma função racional complicada em uma soma de funções racionais mais simples. Esta técnica de decomposição é denominada método de frações parciais.

Qualquer função racional pode ser escrita como a soma de frações básicas, chamadas frações parciais, usando-se o método das frações parciais.

Pode-se, então, integrar a função racional integrando a soma das frações parciais.

15.2 ALGUMAS INTEGRAIS BÁSICAS

Esta tabela foi apresentada na AULA 13.

AULA 14

AULA 15 AULA 13 AULA 14
AULA 15
AULA 13
AULA 14

15.3 FRAÇÕES PARCIAIS: UM EXEMPLO

Frações algébricas são somadas achando-se um denominador comum, somando as frações resultantes e por fim fazendo simplificações. Por exemplo:

2

x

+

1

+

x

3

=

2(x

3)

(x

+

1)(x

3)

+

3(x

+

1)

(x

+

1)(x

3)

=

2(x

3)

+

3(x

+

1)

(x

+

1)(x

3)

=

2x

6

+

3x

+

3

(x

+

1)(x

3)

=

5x

3

x

2

2x

3

Assim, é fácil achar a integral

5x

3

x

2

2x

3

dx

se a mesma puder ser escrita na forma:

ou:

 

2

 
 

x

+

1

 
 

2

dx

 

x

+

1

+

x

3

3

+

3

dx

 

x

3

cuja solução é (ver tabela no item 15.1.1):

2

x

+

1

dx

+

x

3

dx

=

2

1

dx

+

3

1

dx

 

x

+

1

x

3

 
= 2 1 dx + 3 1 dx x + 1 x 3 u = x
= 2 1 dx + 3 1 dx x + 1 x 3 u = x
 

u = x + 1 du = dx

 

u = x – 3 du = dx

= 2ln

x

 

+

1

+ 3ln

 

x

3

+ C

15.4 FRAÇÕES PARCIAIS: UTILIZANDO UMA TÉCNICA

A idéia agora é utilizar o método de frações parciais para determinar

5x

x

2

3

2x

dx

O primeiro passo é fatorar o denominador:

5x

x

2

3

2x

=

5x

3

(x

+

1)(x

3)

O passo seguinte é determinar as constantes A e B de maneira que:

5x

x

2

3

2x

=

A

(x

+

1)

+

B
B

(x

3)

Então, multiplicar os dois lados da equação por (x+1)(x–3):

(x

+

1)(x

3)

5x

x

2

3

2x

=

(x

+

1)(x

3)

A

(x

+

1)

+

(x

+

1)(x

3)

B
B

(x

3)

o que resulta:

5x

3 = A(x

3) + B(x +1)

Combinando os termos do lado esquerdo:

5x

3 = (A + B)x

3A + B

Equacionando os coeficientes, o seguinte sistema de equações lineares é obtido:

 

A

+

B

=

5

 
 

3A

+

B

 

=

3

 

Resolvendo este sistema resulta:

Então:

A = 2

B = 3

5x

x

2

3

2x

e:

=

A

B

2

(x

+

1)

(x

3)

=

5x

3

dx =

x

2

2x

3

(x

+

1)

2

x

+

1

+

3

(x

3)

dx

+

x

3

dx

cuja solução, vista anteriormente, é:

2ln

x

+

1 + 3ln x

3

+ C

  • 15.5 FRAÇÕES PARCIAIS: DESCRIÇÃO GERAL DO MÉTODO

O sucesso em escrever uma fração racional f(x)/g(x) como a soma de frações parciais depende de dois fatores:

1 – O grau de f(x) deve ser menor que o grau de g(x). Funções racionais deste tipo são chamadas de funções próprias.

2 – Os fatores de g(x) devem ser conhecidos.

  • 15.6 UTILIZANDO UM FATOR LINEAR REPETIDO O problema agora é como expressar por meio de uma soma de frações parciais funções racionais do tipo:

6x

+

7

(x

+

2)

2

Com certeza NÃO se pode escrever:

6x

+

7

(x

+

2)

2

 

6x

+

7

A

B

=

 

=

 

+

 
 
 

(x

+

2)(x

+

2)

(x

+

2)

(x

+

2)

pois (lembrar que A e B são constantes!):

 

A

B

A

+

B

 

+

=

(x

+

2)

(x

+

2)

(x

+

2)

!!!!

Seja a função dada escrita na forma:

6x

+

7

(x

+

2)

2

=

A

x

+

2

+

B

(x

+

2)

2

Multiplicando os dois lados da equação por (x+2) 2 resulta:

ou:

(x

+

2)

2

6x

+

7

(x

+

2)

2

=

(x

+

2)

2

A

x

+

2

+

(x

+

2)

2

B

(x

+

2)

2

6x + 7 = A(x + 2) + B

que gera o seguinte sistema de equações lineares:

A

=

6

2A

+

B

=

7

Portanto, A = 6 e B = – 5. Assim:

6x

+

7

(x

+

2)

2

6

=

x

+

2

5

(x

+

2)

2

Este resultado pode ser utilizado para determinar:

6x

+

7

(x

+

2)

2

dx

Conforme o resultado da página anterior, a integral acima, portanto, pode ser escrita como:

6x

+

7

(x

+

2)

2

6 5 dx = dx dx 2 x + 2 (x + 2) 1 1 =
6
5
dx =
dx
dx
2
x
+
2
(x
+
2)
1
1
=
6
dx
5
dx
2
x
+
2
(x
+
2)
1
2
=
6
dx
5
(x
+
2)
dx
x
+
2
5
= 6 ln
x
+
2 +
+ C
x
+
2

15.7 INTEGRANDO UMA FRAÇÃO IMPRÓPRIA

Seja a função racional f(x)/g(x). Quando o grau de f(x) for

maior que o grau de g(x), a função racional é denominada função imprópria.

O novo problema é como expressar por meio de uma soma de frações parciais funções racionais do tipo:

2x

3

4x

2

x

3
3

3

x

2
2

2x

O primeiro passo é dividir o numerador pelo denominador.

2x

3

4x

2

x

3

x

2

2x

3

2x

Portanto:

 

2x

  • 3 3

4x

2

x

 

 

2x

  • 3 6x

4x

2

ou:

 

2x

  • 3 3

4x

2

x

2x

  • 3 6x

+

4x

2

+

5x

ou, finalmente:

2x

  • 3 3

4x

2

x

2x

  • 3 6x

+

4x

2

+

5x

3

2 x 2x 3 2x 2 x 2x 3 2x 2 x 2x 3 2x
2
x
2x
3
2x
2
x
2x
3
2x
2
x
2x
3
2x

Desta forma:

3 2 2 2x 4x x 3 2x(x 2x 3) + 5x 3 = 2 2
3
2
2
2x
4x
x
3
2x(x
2x
3)
+
5x
3
=
2
2
x
2x
3
x
2x
3
2
2x(x
2x
3)
5x
3
=
+
2
2
x
2x
3
x
2x
3
5x
3
=
2x
+
função própria
2
x
2x
3
Assim sendo:
resolvida anteriormente
nesta mesma aula
3
2
2x
4x
x
3
5x
3
dx
=
2x dx
+
dx
2
2
x
2x
3
x
2x
3
2
=
x
+
2ln x
+
1 + 3ln x
3 + C

15.8 INTEGRANDO UMA FRAÇÃO COM UM FATOR QUADRÁTICO IRREDUTÍVEL NO DENOMINADOR

Seja a função racional:

2x

+

4

+
+

(x

2

1)(x

1)

2

O problema agora é reescrever esta função utilizando frações parciais.

O denominador possui:

2x

+

+
+

(x

2

1) (x

1)

2

15.8 INTEGRANDO UMA FRAÇÃO COM UM FATOR QUADRÁTICO IRREDUTÍVEL NO DENOMINADOR Seja a função racional: 2x

fator quadrático irredutível

fator linear

repetido

Então:

Então: 2x + 4 2 (x + 1)(x 1) 2 = Ax + B x 2

2x

+

4

2
2

(x

+

1)(x

1)

2

=

Ax

+

B

x

2

+

1

+

C

x

1

+

D
D

(x

2

1)

Então: 2x + 4 2 (x + 1)(x 1) 2 = Ax + B x 2

devido ao fator irredutível

devido ao fator linear repetido

Multiplicando os dois lados da equação por (x 2 +1)(x –1) 2 :

2x

+

4

=

(Ax

+

B)(x

1)

2

+

C(x

2

+

1)(x

1)

+

D(x

2

+

1)

Expandindo e agrupando termos resulta:

2x

+

4

=

(A

+

C)x

3

+

(

2A

+

B

C

+

D)x

2

+

(A

2B

+

C)x

+

B

C

+

D

Comparando os dois lados desta última equação conclui-se que:

A + C = 0 2A + B C + D = 0 A 2B +
A
+
C
=
0
2A
+
B
C
+
D
=
0
A
2B
+
C
=
2
B
C
+
D
=
4
Resolvendo este sistema linear obtém-se:
A = 2
B = 1
C = – 2
D = 1
Portanto:
2x
+
4
2x
+
1
2
1
=
+
2
2
2
2
(x
+
1)(x
1)
x
+
1
x
1
(x
1)

Com este resultado, determinar:

 

2x

+

 

4

(x 2 + 1)(x

(x

2

+

1)(x

1)(x
 
 
  • dx 1

=

2x

+

dx

 
 

x

2

+

1

  • dx 2x

=

 

dx +

 

x

2

+

1

Com este resultado, determinar: 2x + 4 (x 2 + 1)(x dx 1 = 2x +

dx

1)

2

Esta integral pode, portanto, ser escrita como:

2x + 4 2 2 (x + 1)(x 1) 2x + 4 2 2 (x +
2x
+
4
2
2
(x
+
1)(x
1)
2x
+
4
2
2
(x
+
1)(x
1)
2 1 dx + dx 2 x 1 (x 1) 1 2 1 dx dx +
2
1
dx +
dx
2
x
1
(x
1)
1
2
1
dx
dx +
2
2
x
+
1
x
1
(x
1)

dx

Da Tabela de Integrais tem-se:

1 1 dx = arctg + C 2 2 x + a a x a
1
1
dx =
arctg
+ C
2
2
x
+
a
a
x a

Da integração por substituição de variáveis tem-se:

2x

x

2

+

1

dx =

1

du

u

considerando-se u = x 2 +1 e, portanto, du = 2x dx. Portanto:

 

2x

dx

=

ln(x

2

+

1)

   

E, finalmente:

 

x

  • 2 +

1

       

arctg(x)

 
 

OUTRO EXEMPLO: Determinar:

Solução:

2x

+

4

x

3

2x

2

dx

Primeiro passo: decompor a função racional em frações parciais

2x

+

4

2x

+

4

2x

+

4

=

=

x

3

2x

2

x

2

(x

Portanto:

2x

+

4

(x

0)

2

(x

2)

2)

A

x

+

0

(x

+

0)

2

(x

2)

+

B

(x

+

0)

2

+

C

(x

2)

=

A

x

+

B

x

2

+

C

(x

2)

Multiplicando os dois lados da equação por x 2 (x – 2), resulta:

 

2x + 4 = Ax(x

2) + B(x

 

2) + Cx

2

Expandindo e agrupando termos resulta:

 

2x

+

4

=

(A

+

C)x

 

(2A

 

B)x

2B

   

Comparando os dois lados desta última equação conclui-se que:

 

A

+

C

=

0

2A

+

B

=

2

 

2B

=

4

Resolvendo este sistema linear obtém-se:

   

A = – 2

B = – 2

 

C = 2

Portanto:

E, finalmente:

2x

+

4

x

2

(x

2)

=

2

x

2x

+

4

x

2

(x

2)

dx =

2

dx

=

=

=

x

x

2

1

x

dx

2ln

x

+

+ 2ln

Portanto: E, finalmente: 2x + 4 x 2 (x 2) = 2 x 2x + 4

x

2

x

2

2 2 2 + x 2 dx + 2 x x 2 + C + C
2
2
2
+
x
2
dx
+
2
x
x
2 + C
+ C
x
x

+

x

2

x

2

dx

dx

1

x

2

2

2

2

x

2

+ 2ln

2ln

dx

=

2

x

+ 2ln

Portanto: E, finalmente: 2x + 4 x 2 (x 2) = 2 x 2x + 4

x

2

x

+ C

crédito da figura de fundo

Gárgulas na

St. John's Church

Schwäbisch Gmünd, Alemanha

crédito da figura de fundo Gárgulas na St. John's Church Schwäbisch Gmünd, Alemanha 24 de 24