Você está na página 1de 12

Biologia

Questões retiradas de Provas de Exames Nacionais

Tema: Desenvolvimento Embrionário e Tecidos Animais


Prova Modelo – 2000
Na figura 1, os esquemas A, B, C e D representam estádios do desenvolvimento embrionário de
um anfíbio.

Figura 1

1 - Ordene as letras dos esquemas da figura 1, de modo a estabelecer a sequência correcta


dos diferentes estádios do desenvolvimento embrionário.

2 - Faça corresponder a cada uma das letras das afirmações seguintes um dos números das
estruturas da figura 1.
a - Origina o ânus.
b - Tem função de suporte e da lugar a coluna vertebral.
c - Vai permitir o alojamento de sistemas de órgãos.
d - Por diferenciação, origina diferentes órgãos do sistema nervoso.

2.1 - Refira o nome de cada uma das estruturas cujos números indicou na resposta a questão
anterior.

3 - Na figura 2 está representada a estrutura de um músculo com origem mesodérmica.

Figura 2

Questões retiradas de Exames Nacionais de Biologia (Desenvolvimento embrionário e tecidos animais) Pág. 1
3.1 - Faça corresponder um dos números da figura 2 a cada uma das estruturas abaixo
indicadas:
- Miofibrilha
- Fibra muscular

3.2 - Relativamente ao tecido muscular esquematizado na figura 2, faça corresponder V, de verdadeira,


ou F, de falsa, a cada uma das letras das afirmações seguintes:
a - A unidade contráctil é a banda A.
b - A banda escura é constituída por miosina e actina.
c - A banda I é constituída por miosina.
d - A contracção muscular resulta do encurtamento dos filamentos de actina.
e - Num músculo fortemente contraído a zona H desaparece.
f - Durante a contracção muscular a unidade contráctil diminui de comprimento.

Exame 1ª fase – 1ª chamada – 2000 – via Ensino

Os esquemas da figura 3 mostram alguns dos primeiros estádios de desenvolvimento


embrionário do Anfioxo.

Figura 3

1 – Faça a legenda relativamente aos números da figura 3.

2 – Identifique os estádios representados pelas letras E e G.

3 - Fundamente as seguintes afirmações:


3.1 - A segmentação no Anfioxo e holoblástica.
3.2 - Este animal e deuterostómio.

4 - Identifique a etapa do desenvolvimento embrionário que ocorre entre F e G.

5 - Se os folhetos 4 e 5 fossem sujeitos a traumatismo, as estruturas que não viriam a ser


afectadas eram:
a) epiderme.
b) derme.
c) fígado.
d) sistema circulatório.
e) pâncreas.
(Transcreva as letras das opções correctas)

6 - Cada uma das células de um organismo pluricelular possui, em princípio, a mesma


informação genética. Depois da diferenciação celular, cada célula passa a executar um trabalho
especializado. Esta especialização deve-se ao facto de:
a) a informação genética não ser transmitida da mesma forma a todas as células.
b) a informação genética ser regulada de modo diferente nos vários grupos de células.
c) o novo indivíduo já se encontrar pré-formado nos gâmetas.
d) o desenvolvimento do novo indivíduo processar-se a partir do deutolecito.
(Transcreva a letra da opção correcta.)

Questões retiradas de Exames Nacionais de Biologia (Desenvolvimento embrionário e tecidos animais) Pág. 2
7 - Observe a figura 4 que representa um tecido animal.

Figura 4

7.1 - Identifique o tecido representado na figura 4.

7.2 - Faça a legenda relativa aos números da figura 4.

7.3 - Indique duas funções desempenhadas pelo referido tecido nos organismos animais.

7.4 - Refira a origem embrionária deste tecido.

Exame 1ª fase – 2ª chamada – 2000 – via Ensino


Os esquemas A e B da figura 5 mostram alguns estádios do desenvolvimento embrionário de
dois animais.

Figura 5
1 - Os ovos representados nos esquemas A e B pertencem, respectivamente, a:
a) Aves e Mamíferos
b) Equinodermes e Anfíbios
c) Anfíbios e Aves
d) Equinodermes e Aves.
(Transcreva a opção correcta.)

2 - Classifique os ovos dos esquemas A e B no que respeita à distribuição de deutolecito.

3 - Faça as correspondências possíveis entre os números da figura e as seguintes estruturas:


a) linha primitiva
b) arquêntero
c) blastocélio
d) celoma
e) blastóporo.

Questões retiradas de Exames Nacionais de Biologia (Desenvolvimento embrionário e tecidos animais) Pág. 3
4 - Indique qual dos esquemas, A ou B, é relativo a uma segmentação meroblástica.
4.1 - Justifique a sua resposta à questão anterior.

5 - A blástula do esquema A e a do esquema B são distintas, porque esta última:


a) tem uma cavidade.
b) tem só uma camada de células.
c) é uma discoblástula.
d) é o estádio final da segmentação.

(Transcreva a opção correcta.)

6 - Denomine o processo de gastrulação observado no animal A.


6.1 - Descreva sucintamente o referido processo.

Exame 1ª fase – 1ª chamada – 2000 – Agrupamento 1


O desenvolvimento embrionário é um processo contínuo que, nos animais com maior
complexidade estrutural, conduz à formação de órgãos e de sistemas de órgãos.

1. Caracterize a segmentação do ovo de uma rã e do ovo de uma ave, de acordo com a


quantidade e a distribuição de vitelo.

2. O(s) folheto(s) germinativo(s) que delimita(m) o celoma é/são:


A – ectoderme e endoderme;
B – endoderme;
C – endoderme e mesoderme;
D – mesoderme;
E – ectoderme e mesoderme.
(Transcreva a letra da opção correcta)

3. Refira duas características comuns à maioria dos mamíferos e das aves, uma referente à
fecundação e outra referente ao desenvolvimento embrionário, que justifiquem o seu sucesso
no ambiente terrestre.

4. O desenvolvimento embrionário dos mamíferos, comparativamente com o desenvolvimento


embrionário das aves, contribui para proporcionar uma maior autonomia em relação ao
ambiente. Mencione duas características que contribuam para este facto.

Exame 2ª fase – 2000 – Agrupamento 1


Os ovos da rã são heterolecíticos e o seu desenvolvimento embrionário decorre sem que haja
formação de âmnio. A figura 6 representa esquematicamente um estádio do desenvolvimento
embrionário da rã.

Figura 6

1 - Relacione a ausência de âmnio com o habitat em que ocorre o desenvolvimento embrionário.

Questões retiradas de Exames Nacionais de Biologia (Desenvolvimento embrionário e tecidos animais) Pág. 4
2 - A quantidade e a distribuição do deutolécito no ovo da rã justificam:
A - uma divisão celular mais lenta no pólo vegetativo.
B - um maior número de células no pólo vegetativo.
C - uma divisão parcial do ovo.
D - células de menor dimensão no pólo animal.
E - o mesmo número de células nos pólos animal e vegetativo.

(Transcreva as letras das duas opções correctas)

3 - Relativamente à fase de desenvolvimento embrionário a que corresponde a figura 6 refira:


3.1 - o nome dessa fase:
3.2 - o nome das estruturas referenciadas por cada um dos números da figura.

Exame 1ª fase – 1ª chamada – 2001 – Via Ensino

A figura 7 representa um aspecto do desenvolvimento embrionário de um mamífero.

Figura 7

1 - Estabeleça as correspondências possíveis entre os números da figura 7 e as estruturas a


seguir referidas:
- Córion
- Embrião
- Âmnio
- Cordão umbilical
- Cavidade amniótica
- Alantóide
- Saco vitelino
- Placenta

2 - A estrutura assinalada pelo número 7 representa uma boa adaptação ao ambiente terrestre.
Apresente duas razões que apoiem esta afirmação.

3 - Explique por que motivo a estrutura representada pelo número 2 se atrofia nos mamíferos,
enquanto nas aves é bastante desenvolvida.

4 - O ovo dos mamíferos é considerado isolecítico visto que apresenta:


a) pequena quantidade de reservas distribuídas uniformemente por todo o ovo.
b) deutolécito ocupando quase todo o ovo.
c) deutolécito abundante localizado num dos hemisférios do ovo.
d) protolécito no centro do ovo.
(Transcreva a opção correcta.)

Questões retiradas de Exames Nacionais de Biologia (Desenvolvimento embrionário e tecidos animais) Pág. 5
Exame 1ª fase – 2ª chamada – 2001 – Via Ensino

Na figura 8 está esquematizada uma experiência realizada por Sven Horstadius sobre o
desenvolvimento embrionário do ouriço-do-mar.
Horstadius separou óvulos não fecundados de ouriço-do-mar e dividiu-os segundo planos
diferentes, obtendo assim os resultados expressos na figura 8.

Figura 8

1 - Justifique por que motivo surgem embriões haplóides e embriões diplóides em ambas as
situações.
2 - Refira as diferenças de resultados entre as experiências I e II.
3 - O ovo do ouriço-do-mar é um ovo de regulação. Qual das experiências apoia esta
afirmação?
4 - Justifique a resposta que apresentou na pergunta 3.

5 - Os esquemas da figura 9 representam três tecidos animais.

Figura 9

1 - Estabeleça as correspondências possíveis entre as afirmações que se seguem e os tecidos


representados.
1.1. Tecido essencialmente com função de conexão.
1.2. Constituído por várias camadas de células justapostas.
1.3. Com abundante substância intersticial.
1.4. Constituído por sistemas de Havers.
1.5. Constituinte da epiderme.

2 - Identifique os tecidos representados em A, B e C.


3 - Faça a legenda relativa aos números indicados no esquema A

Questões retiradas de Exames Nacionais de Biologia (Desenvolvimento embrionário e tecidos animais) Pág. 6
Exame 2ª fase – 2001 – Via Ensino

Observe atentamente a figura 10, que pretende representar a sequência de fenómenos na


embriogénese de 4 animais diferentes.

Figura 10

1 - Substitua as letras A. B e C pelos nomes das fases embrionárias correspondentes.

2 - Identifique os estádios X, Y e Z para o Anfioxo.'

3 - Faça a legenda da figura 10 no que respeita aos números 1 e 2.

4 - Classifique os ovos dos animais representados no que respeita à distribuição do deutolécito.

5 - Identifique a estrutura P no ovo da rã e refira a sua importância.

6 - Faça corresponder, a cada uma das afirmações, uma letra da chave:

AFIRMAÇÕES:
1. A blástula é cêntrica (blastocélio central).
2. A segmentação é meroblástica.
3. O ovo apresenta polaridade visível.
4. A gastrulação é por invaginação e epibolia.
5. Forma uma discoblástula.
6. O embrião desenvolve-se em ambiente terrestre.

CHAVE:
A – Anfioxo
B - Rã
C - Galinha

Questões retiradas de Exames Nacionais de Biologia (Desenvolvimento embrionário e tecidos animais) Pág. 7
Exame 1ª fase – 1ª chamada – 2001 – Agrupamento 1

Na figura 11 estão representados esquematicamente dois estádios (I e II) do desenvolvimento


embrionário de uma ave.

Figura 11

1. Refira a que fase do desenvolvimento embrionário corresponde o esquema I da figura 11.

2. Relativamente ao esquema I da figura 11, indique o número e o nome correspondente à:


2.1. cavidade que possibilita o desenvolvimento e o alojamento de sistemas de órgãos.
2.2. estrutura com função de suporte.

3. Relativamente ao esquema II da figura 11, indique o número e o nome da estrutura que


mobiliza os sais minerais da casca e permite a sua utilização na formação do esqueleto.

4. Acerca do embrião de uma ave pode afirmar-se que apesar de se desenvolver no meio
terrestre não se libertou completamente do meio aquático. Fundamente esta afirmação,
utilizando um dado da figura 5.

Exame 1ª fase – 2ª chamada – 2001 – Agrupamento 1


Na figura 12 estão representados diferentes estádios (I, II, III e IV) do desenvolvimento
embrionário de um anfíbio.

Figura 12

1 - Indique um número romano que corresponda a uma blástula e a uma gástrula,


respectivamente.

2 - Das afirmações abaixo apresentadas, transcreva as letras das que identificam os


processos observados na gastrulação do anfíbio.
A - Desaparecimento do blastocélio.
B - Formação do notocórdio.
C - Formação de três folhetos germinativos.
D - Formação do intestino primitivo.
E - Formação do blastóporo.
F - Formação do sistema nervoso.

Questões retiradas de Exames Nacionais de Biologia (Desenvolvimento embrionário e tecidos animais) Pág. 8
3 - Faça a legenda referente aos números 3, 4, 5, 7, 8 e 9.

4 - No embrião, durante a diferenciação celular, células com igual DNA:


A - têm desenvolvimento semelhante.
B - dividem-se com a mesma velocidade.
C - contêm genes diferentes.
D - podem transcrever genes diferentes.
(Transcreva a letra da opção correcta.)

Exame 1ª fase – 2ª chamada – 2002 – Agrupamento 1

Na figura 13, os esquemas I, II e III representam o mesmo estádio do desenvolvimento


embrionário em diferentes animais.

Figura 13

1. Indique o número do esquema que corresponde ao embrião de uma ave e o que corresponde
ao de um anfíbio.

2. Refira o tipo de segmentação que ocorre numa ave e o que ocorre num anfíbio.

3. Foram feitas várias determinações da relação volume nuclear/volume citoplasmático das


células, durante a segmentação. Os resultados obtidos permitiram representar graficamente essa
relação durante o tempo em que decorreu a segmentação, tal como se pode observar na figura
14.

Figura 14

3.1. Indique a letra da recta do gráfico da figura 14 que traduz a variação da relação volume
nuclear/volume citoplasmático nas células, durante a segmentação.

3.2. Explique a resposta dada à pergunta 3.1., atendendo à variação do volume nuclear e à
variação do volume citoplasmático dos blastómeros.

Questões retiradas de Exames Nacionais de Biologia (Desenvolvimento embrionário e tecidos animais) Pág. 9
4. A cada um dos animais referidos na coluna I, faça corresponder as letras das estruturas e/ou
características da coluna II presentes em cada um deles.

Coluna I Coluna II
A – Saco vitelino
Anfíbio B – Ovo heterolecítico
C – Mesoderme formada por migração de
Ave células
D – Proliferação mais activa dos micrómeros
E – Blastóporo na origem do ânus
F – Gástrula tridérmica
G – Âmnio

Exame 2ª fase – 2002 – Agrupamento 1


Na figura 15 estão esquematizados alguns estádios de desenvolvimento embrionário dos
Anfíbios e das Aves.

Figura 15

1. Faça corresponder, a cada um dos grupos taxonómicos Anfíbios e Aves, os números dos
respectivos estádios, esquematizados na figura.

2. Indique os números da figura que correspondem à fase de gastrulação, nos Anfíbios e nas
Aves, respectivamente.

3. Refira os tipos de gastrulação existentes em cada um dos casos referidos em 2.


'
4. De entre as estruturas a seguir mencionadas, transcreva a letra da estrutura que não é
formada como resultado da gastrulação nos Anfíbios.
A – Mesoderme
B – Arquêntero
C – Blastóporo
D – Blastocélio
E - Endoderme

5. De entre as estruturas extra-embrionárias a seguir mencionadas, transcreva a letra da que, nas


Aves, é responsável pelo armazenamento de excreções azotadas.
A – Placenta
B - Saco vitelino
C – Córion
D – Âmnio
E - Alantóide

Questões retiradas de Exames Nacionais de Biologia (Desenvolvimento embrionário e tecidos animais) Pág. 10
Exame 1ª fase – 2ª chamada – 2003 – Agrupamento 1
1. A figura 16 apresenta alguns tipos de células que se originam a partir dos folhetos
embrionários de um vertebrado. As letras X, Y e Z assinalam três etapas da embriogénese; os
números I, II e III referem-se a conjuntos de tecidos com diferentes origens embrionárias.

Figura 16
1.1. Nas questões 1.1.1., 1.1.2. e 1.1.3., transcreva a letra correspondente à opção que permite
construir uma afirmação correcta.

1.1.1. As letras X e Z correspondem, respectivamente:


A – à gastrulação e à organogénese.
B – à gastrulação e à neurulação.
C – à segmentação e à neurulação.
D – à segmentação e à organogénese.

1.1.2. Na etapa assinalada com a letra Y, predomina:


A – o crescimento e a proliferação celulares.
B – a expressão diferencial do genoma.
C – o movimento de territórios celulares.
D – a formação de órgãos.

1.1.3. Os folhetos embrionários que originam os conjuntos de tecidos assinalados com os


números I e III são, respectivamente:
A – a ectoderme e a blastoderme.
B – a ectoderme e a endoderme.
C – a mesoderme e a blastoderme.
D – a mesoderme e a endoderme.

Exame 1ª fase – 2004 – Agrupamento 1


1. Os esquemas da figura 17 representam algumas etapas do desenvolvimento embrionário de
um anfíbio.

Figura 17

Questões retiradas de Exames Nacionais de Biologia (Desenvolvimento embrionário e tecidos animais) Pág. 11
2.1. A cada uma das letras (A, B e C) que identificam os seguintes termos, faça corresponder o
respectivo número (de 1 a 6) na figura 17.
A – Notocórdio
B – Celoma
C – Mesoderme

2.2. Refira o nome da estrutura assinalada na figura 17, a partir da qual se diferencia o:
a) encéfalo.
b) revestimento interno do tubo digestivo.
c) ânus.

2.3. Coloque por ordem cronológica os números que identificam os esquemas, de modo a
reconstituir a sequência dos acontecimentos que ocorrem na embriogénese.

2.4. Relacione o tipo de segmentação observado na figura 17 com a:


a) quantidade de vitelo existente no ovo.
b) distribuição de vitelo no ovo.

Exame 2ª fase – 2004 – Agrupamento 1


1. O revestimento do corpo dos Mamíferos é constituído pela epiderme, localizada
externamente, e pela derme, subjacente, onde estão localizados vasos sanguíneos,
terminações nervosas, folículos pilosos, glândulas sudoríparas e glândulas sebáceas. A figura
18 representa esquematicamente uma secção da pele humana, evidenciando tecidos
constituintes da epiderme e da derme.

Figura 18

1.1. A cada uma das letras (A, B, C e D) que identificam características de tecidos, faça
corresponder o nome da estrutura, assinalada na figura, que contém o tecido respectivo.
A – Possui uma camada de células epiteliais de revestimento.
B – No citoplasma das células, a concentração de actina e de miosina é elevada.
C – As células, algumas delas apresentando queratina, formam várias camadas.
D – Contém fibras elásticas e de colagénio dispersas numa matriz.

1.2. Refira o nome do tipo de tecido responsável pela:


a) secreção de sebo nas glândulas sebáceas.
b) erecção dos pêlos.

Questões retiradas de Exames Nacionais de Biologia (Desenvolvimento embrionário e tecidos animais) Pág. 12