P. 1
Sistema Excretor e Osmorregulação

Sistema Excretor e Osmorregulação

|Views: 2.440|Likes:
Publicado porcb_penatrujillo

More info:

Published by: cb_penatrujillo on Dec 14, 2010
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

04/23/2013

pdf

text

original

Sistema Excretor e Osmorregulação

Excreção
- Processo que permite eliminar do organismo os resíduos do metabolismo celular (substâncias tóxicas ou em excesso).

Osmorregulação
-Processo que permite regular as concentrações de água e solutos no organismo. Para que ? -Para manter a Homeostase: - Capacidade de manter o meio interno constante e independente de variações ambientais. - Como os órgãos excretores realizam essas funções ? - Ultrafiltração e reabsorção

Estruturas excretoras e osmorreguladoras nos animais
- Animais com vacúolos contráteis: esponjas de água doce, hidras - Animais com protonefrídeos: platelmintos, alguns filos de animais pseudocelomados - Animais com metanefrídeos: anelídeos - Animais com túbulos de malpighi: insetos - Animais com rins: vertebrados

Vacúolos contráteis
- Problema de esponjas e hidras de água doce: influxo de água (a água entra por osmose). Qual seria a solução? - Solução: eliminar a água em excesso através vacúolos contráteis: o vacúolo acumula a água e depois a elimina repentinamente. E como os resíduos metabólicos são eliminados nesses animais? Excreção por difusão simples

Protonefrídeos
- Tubos com fundo cego (células-flama) e com acesso ao meio externo por meio de um poro excretor

Metanefrídeos
- O tubo faz conexão com a cavidade do corpo por meio de uma estrutura em forma de funil chamada nefróstoma - Sequência: celoma-nefróstoma-nefridioduto-bexiga-nefridióporo Metanefrídeos

Fluidos corporais

nefridioduto intestino
Reabsorção

bexiga nefróstoma rede capilar (reabsorção) nefridióporo

Água e toxinas

Ductos

Poro excretor

Quais são as diferenças entre os proto e metanefrídeos?

Túbulos de Malpighi
- Túbulos com fundo cego presentes na cavidade do inseto, desembocando no intestino.

Sistema excretor de vertebrados
• Quais são os órgãos do sistema excretor de mamíferos?

Funcionamento: -Os excretas passam da cavidade (hemocele)
para o túbulo de Malpighi - Há a condução dos excretas para o intestino posterior onde ocorre a reabsorção (de água e solutos) através de glândulas retais e precipitação de ácido úrico, que é eliminado nas fezes

Sistema Adaptação importante para a irradiação dos insetos no meio terrestre!

Órgão

Unidade renal: néfron (4,5 milhões)

Estrutura do néfron: glomérulos são massas de capilares envolvidas por uma cápsula, que filtram o sangue e conjunto de túbulos (proximal, alça de henle e distal), envoltos por capilares, que coletam o material filtrado no glomérulo.

Mecanismo de formação da urina
1: Filtração do sangue no glomérulo formação do filtrado glomerular (água, sais, glicose, AAs, uréia) que segue para os túbulos 2: Reabsorção ativa (com gasto de energia) e seletiva (glicose e sais) 3: Reabsorção passiva da água (sem gasto de energia) 4: Coleta e eliminação da urina (água, uréia, sais) Capacidade de reabsorção de água de rins humanos: 1.600 litros passam pelos rins, 180 são filtrados e 178 são reabsorvidos produzindo-se cerca de 1 a 2 litros de urina por dia

Evolução dos Rins dos vertebrados
Ciclóstomos Peixes e anfíbios Répteis, aves e mamíferos

Quais foram as tendências evolutivas ?

Classificação dos animais segundo os tipos de excretas
Amonotélicos (amônia): maioria dos animais aquáticos Ureotélicos (uréia): animais aquáticos e terrestres Uricotélicos (ácido úrico): adaptação a ambientes com pouca água (aves, répteis e insetos) AMÔNIA URÉIA ÁCIDO ÚRICO

Osmorregulação nos vertebrados
Peixes - de água doce: para evitar influxo de água: urina muito diluída e captação ativa de sais pelas brânquias - de água salgada: para evitar perda de água: aumento da ingestão de água e eliminação de sais pelas brânquias Anfíbios - para evitar influxo de água: urina muito diluída e captação ativa de sais pela pele

Diminuição da solubilidade em água e da toxicidade AQUÁTICOS TERRESTRES

Répteis - de água doce: urina muito diluída -terrestres: eliminação de ácido úrico

Osmorregulação nos vertebrados
Aves e répteis marinhos - Glândulas excretoras de sal: nas aves a solução salina escorre pelas narinas e nas tartarugas em forma de lágrimas salgadas

EXCREÇÕES NITROGENADAS

Peixes Ó Ósseos Anfíbios (girinos)

Mamíferos, Anfíbios (adulto) Peixes cartilaginosos

Répteis (maioria), Aves

Mamíferos terrestres: como resolver a alta perda de água? - produção de urina muito concentrada devido a um maior desenvolvimento das alças de henle (castor x rato de areia) - Obtenção de água através da oxidação do alimento (produto da respiração celular)

AMÔNIA + H20

URÉIA

ÁC. ÚRICO -H20

600

OSMORREGULAÇÃO:
mar
Peixes cartilaginosos (maioria marinho)
: Relativamente isosmótico - acúmulo de uréia no sangue impede a perda de água -influxo de sal pelas brânquias e alimento p q -excreção de sal pela glândula retal

Co oncentra ação (m mM)

500

300

200

100

+ URÉIA A

400

Controle Osmótico nos Vertebrados

H2O doce

Sais Sais

H2 O

OSMORREGULAÇÃO: Peixe ósseo de água salgada
HIPOSMÓTICO EM RELAÇÃO AO MEIO
-> tendência: perder água Ingestão de água salgada Glomérulo reduzido MgSO4 MgSO4 Absorção de Sulfato de magnésio

OSMORREGULAÇÃO: Peixe ósseo de água doce
HIPEROSMÓTICO EM RELAÇÃO AO MEIO
-> tendência: ganhar água Glomérulo desenvolvido Reabsorção so ç o de NaCl pelo rim

H2O

Urina diluída Eliminação de sal pelas brânquias (ativo) ( i ) Fezes ricas em MgSO M SO4 Pouca urina concentrada com MgSO4 Absorção de NaCl p pelas brânquias q H2O H2O

OSMORREGULAÇÃO: Mamíferos marinhos
GLÂNDULA Â DE SAL

HIPOSMÓTICOS EM RELAÇÃO AO MEIO

Água do mar ingerida Volume (ml) Concentração de sal (mmol/litro) 535 535

Urina produzida Volume ( ) (ml) 1350 650 Concentração de sal (mmol/litro) 400 820 Balanço hídrico - 350 +350

OSMORREGULAÇÃO: Répteis e Aves marinhos
EXCREÇÃO

Homem Baleia

1000 1000

Escassez de água e excesso de sal (alimento)

--> CONSEGUEM INGERIR ALIMENTOS OU MESMO BEBER ÁGUA DO MAR E PRODUZIR UMA URINA MAIS CONCENTRADA.

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->