Você está na página 1de 8

Autoria: Ana Paula Lemos de Paiva Andrade Pág.

1/8

Aula Prática de Introdução à Biologia Celular e Histologia

Plano de Aula

Observação: Esta aula prática lúdica, após ter sido desenvolvida, foi testada com os alunos das turmas de 1°
ano do Ensino Médio do ano de 2009 no Colégio Estadual Augusto Spinelli em Nova Friburgo, Estado do Rio
de Janeiro, com excelentes resultados pedagógicos.

Tipo de aula: Aula prática lúdica

Conteúdo a ser trabalhado: Introdução à Biologia Celular e Histologia

Turma-alvo: 1° ano do Ensino Médio – Biologia (pode também ser aplicada em Ciências com alunos
do Ensino Fundamental com as devidas simplificações do conteúdo pelo professor).

Tempo requerido para execução: se possível, recomenda-se usar de 3 a 4 tempos subseqüentes de um


mesmo dia letivo, com caráter de atividade extraclasse, podendo-se trabalhar com mais de uma turma
ao mesmo tempo, caso haja um espaço adequado. Para isso, o professor precisará solicitar, junto à
escola, as alterações necessárias no quadro de horários das aulas. Se não for possível, o professor
precisará desmembrar essa aula prática lúdica em mais aulas.

Objetivos:
1. Introduzir, de forma lúdica e integrada, conceitos teóricos sobre Biologia Celular e Histologia.
2. Construir um modelo de célula, em 2D, primeiramente animal, e depois transformá-lo em
modelo de célula vegetal com a inclusão de cloroplastos, vacúolos e parede celular.
3. Trabalhar sucintamente os conceitos biológicos: seres unicelulares x seres pluricelulares;
tecidos; membranas; permeabilidade seletiva de membranas celulares; citoplasma e núcleo;
membrana nuclear; diferença entre DNA, cromatina e cromossomos; seres procariontes x seres
eucariontes; organelas (compartimentos celulares delimitados por membranas); estruturas
celulares (compartimentos celulares não delimitados por membranas); centríolos;
mitocôndrias; lisossomos; retículo endoplasmático granuloso (quando apresenta ribossomos
aderidos) e liso (quando não apresenta ribossomos aderidos); complexo golgiense; ribossomos;
cloroplastos, vacúolos; parede celular; célula animal x célula vegetal; citoesqueleto.
4. Observar células fixadas no microscópio óptico (opcional).
5. Comparar as células observadas no microscópio óptico (opcional) e/ou as imagens de células
assistidas na 1ª parte do slide com o modelo de célula construído.

Recursos utilizados:
• Slide com imagens de células (1ª parte) e montagem de um modelo de célula passo a passo (2ª
parte). Apresentação em data-show (arquivo em formato pps – no programa Power Point) ou
em TV com DVD (formato JPEG).
Autoria: Ana Paula Lemos de Paiva Andrade Pág. 2/8

• Estudo dirigido e kit de montagem de modelo de célula - para serem entregues aos alunos.
Cada aluno deve receber um exemplar individual do material. Os exemplares para os alunos
devem ser impressos na opção em escala de cinza da impressora, para serem coloridos
posteriormente.
• Lâminas com amostras de células fixadas e microscópio óptico (opcional). Há, disponíveis
para venda, no mercado, lâminas prontas com amostras fixadas, podendo inclusive serem
adquiridas pela internet.
• Tesoura, cola e lápis de cor.

Introdução:

• Apresentar o estudo dirigido e o kit de montagem de modelo de célula. Explicar aos alunos
como utilizá-lo na aula prática (montagem do modelo de célula) e em casa, como atividade de
pesquisa (término do estudo dirigido iniciado na aula prática), consultando o livro didático e as
anotações feitas durante a realização da aula prática.

• Questionamento: “O que é uma célula” - para averiguação inicial dos conhecimentos prévios
que os alunos têm sobre a célula.

Desenvolvimento:

1. Exibir a 1ª parte do slide (imagens de células). Introduzir os conceitos de seres unicelulares,


seres pluricelulares, tecidos, citoesqueleto. Comentar sobre os corantes utilizados em amostras
para microscopia. Chamar a atenção para os cloroplastos, vacúolos e para a parede celular nas
imagens de células vegetais. Introduzir a diferenciação entre células animais e células vegetais.

2. Iniciar a exibição da 2ª parte do slide (“O que que a célula tem?”), explicando, sucintamente,
cada estrutura e organela celulares. Uma vez que se trata de uma aula de introdução ao
conteúdo, cujo aprofundamento se dará em aulas subseqüentes, o professor deve ir
trabalhando, de forma bem sucinta, no decorrer da atividade, os conceitos de membranas;
permeabilidade seletiva de membranas celulares; citoplasma e núcleo; membrana nuclear;
diferença entre DNA, cromatina e cromossomos; seres procariontes x seres eucariontes;
organelas; centríolos; mitocôndrias; lisossomos; retículo endoplasmático (que é chamado
granuloso no momento em que tem ribossomos aderidos e liso no momento em que não –
Atenção: no modelo montado pelo aluno, ele encontra-se no estado rugoso); complexo
golgiense; ribossomos; cloroplastos, vacúolos; parede celular; célula animal x célula vegetal.
O professor pode optar, também, por aplicar essa atividade no final da unidade sobre biologia
celular, como recurso de recapitulação e integração dos conteúdos. Simultaneamente à
apresentação dessa 2ª parte do slide, cada aluno deverá ir montando seu modelo de célula,
utilizando seu kit de montagem de modelo de célula individual (que é uma versão impressa
idêntica ao material dessa 2ª parte do slide), onde ele recortará cada organela e estrutura
celulares. Conforme cada uma e sua função correspondente vão lhe sendo apresentadas no
slide pelo professor e de acordo com os passos solicitados no estudo dirigido, o aluno as
recorta de seu kit de montagem de modelo de célula, posicionando, corretamente, cada uma
dentro da figura do citoplasma, colorindo e colando posteriormente. O professor deve estar
atento aos passos indicados no estudo dirigido. Começando como uma célula procarionte,
Autoria: Ana Paula Lemos de Paiva Andrade Pág. 3/8

avançando para uma eucarionte, todas as organelas e estruturas vão sendo incluídas no
citoplasma passo a passo, até a finalização do modelo. Completado o modelo de célula animal,
o aluno irá transformá-lo num modelo de célula vegetal, com a inclusão de cloroplastos e
vacúolos no citoplasma e com a célula montada sendo colada dentro da figura que representa a
parede celular. O modelo, depois de terminado, deve ser anexado ao estudo dirigido. Os itens
no estudo dirigido que não tratam da montagem do modelo de célula e sim dos conceitos
biológicos sobre o tema podem ser respondidos posteriormente, como atividade para casa,
pesquisando-se no material didático e nas anotações feitas durante a aula prática.

Conclusão:

• Comentário rápido sobre o grau de resolução do olho humano e o de um microscópio óptico, e


sobre o preparo de lâminas para observação em microscópio, inclusive o uso de corantes.
• (Opcional) Observação, em microscópio óptico, de lâminas com amostras de células fixadas.
Algumas sugestões de amostras para observação: neurônio, esfregaço de sangue humano,
células de raiz de planta, epitélio intestinal, células vegetais epidérmicas, protozoário
(Paramécio).
• Comparar o modelo de célula montado pelo aluno com as imagens vistas ao microscópio
óptico e/ou com as imagens de células assistidas na 1ª parte do slide.

Avaliação:

Como instrumento de avaliação, propomos a entrega do modelo de célula corretamente montado,


anexado ao estudo dirigido devidamente respondido, com base nas anotações da aula prática e
pesquisa no conteúdo do livro didático (como atividade de aprofundamento). Vide os GABARITOS
anexados abaixo.

Referências Bibilográficas:
Laurence, J. (2009) Biologia - Editora Nova Geração – volume único, capítulos 7, 8, 9 e 12.
Autoria: Ana Paula Lemos de Paiva Andrade Pág. 4/8
GABARITO

O modelo de célula animal, após ser montado, deve estar parecido com a imagem
abaixo:

O modelo de célula vegetal, após ser montado, deve estar parecido com a imagem
abaixo:
membrana
plasmática
citoplasma

lisossomo
ribossomos centríolo
cloroplasto
mitocôndria
ribossomos

complexo DNA
golgiense
mitocôndria
lisossomo ribossomos
núcleo
celular
vacúolo
vacúolo

ribossomos ribossomos ribossomos

lisossomo
cloroplasto

ribossomos Retículo endoplasmático


Autoria: Ana Paula Lemos de Paiva Andrade Pág. 5/8

O modelo de célula montado deve ser grampeado ao final do estudo dirigido.

As imagens da membrana plasmática (figura n° 1), do ribossomo sintetizando uma


proteína e do citoesqueleto (figura n° 2) devem ser recortadas e coladas nos itens do
estudo dirigido correspondentes (itens 3, 6 e 10, respectivamente).

Quanto ao preenchimento dos demais itens do estudo dirigido, o professor tem a


liberdade de adequar um gabarito próprio para as questões lá solicitadas, baseado no
livro didático por ele adotado em sala de aula, no grau de aprofundamento elegido e
na forma como ele adequou o conteúdo. O livro adotado durante a experiência de
realização dessa aula prática encontra-se citado nas referências bibliográficas acima.
Como sugestão, propomos o gabarito a seguir:
Autoria: Ana Paula Lemos de Paiva Andrade Pág. 6/8

Aula Prática de Introdução à Biologia Celular e Histologia


Estudo Dirigido

GABARITO

Caro aluno, para elaborar esse estudo dirigido, siga os passos abaixo:

1- Nessa prática, você está observando imagens de células em slide e, ao microscópio óptico, várias lâminas com
amostras de diferentes tipos celulares. Desenhe 3 dos tipos celulares que você observou no espaço abaixo:

Resposta individual.

2- Todo ser vivo é constituído de 1 célula (seres unicelulares) ou mais de 1 célula (seres pluricelulares). Recorte o
desenho que representa o citoplasma de uma célula, o que representa um núcleo celular e as 2 figuras de n° 10 e a de
n° 1. Aproveite para colori-las à vontade, mas não utilize a cor verde.
3- O citoplasma é delimitado pela membrana plasmática, que é dupla e formada por lipídeos e proteínas. Observe a
estrutura da membrana plasmática na figura n°1. Cole-a no espaço abaixo e escreva o que você aprendeu sobre ela
nessa aula prática:

Sua estrutura: modelo do mosaico fluido: lipoprotéica, com


uma bicamada (2 camadas) de fosfolipídios, onde as proteínas ficam
imersas. Isso permite uma permeabilidade seletiva. É semipermeável.
Suas funções: delimita as fronteiras da célula, separando seu
conteúdo do meio exterior; controla a entrada e saída de substâncias
na célula.

4- Posicione, sem colar, as figuras de n° 10 dentro do citoplasma de seu modelo de célula. As células procariontes são as
que têm seu material genético (DNA) espalhado no citoplasma, junto com as organelas e estruturas celulares. As
células eucariontes são as que possuem um compartimento constituído por membrana onde o material genético (DNA)
fica isolado do resto do citoplasma, esse compartimento é chamado núcleo celular. Cole o desenho do núcleo dentro
do citoplasma. Depois, cole as 2 figuras n° 10 dentro do núcleo. As figuras n° 10 representam as várias etapas de
condensação da molécula de DNA até chegar ao seu grau máximo de condensação, quando é chamada de cromossomo
(note que ele está duplicado – tem 2 cromátides!).
5- Dentro de seu citoplasma, uma célula apresenta diversas organelas (que são delimitadas por membranas!) e estruturas
celulares (que não são delimitadas por membranas!). Uma célula animal se diferencia de uma célula vegetal pelos
tipos de organelas e estruturas celulares que apresentam.

6- As células animais apresentam as seguintes organelas e estruturas principais (Recorte as figuras correspondentes e
posicione dentro do citoplasma, mas sem colar):

• Centríolos (figura n° 8), cuja função é:


__________________________________________________________________________________________
participação na divisão celular (organização da placa equatorial); formação de cílios e flagelos.
__________________________________________________________________________________________
produção de energia (respiração celular)
• Mitocôndrias (figuras n° 3), cuja função é: _______________________________________________________
digestão intracelular
• Lisossomos (figuras n° 4), cuja função é: _________________________________________________________

• Retículo endoplasmático (figura n° 7), cuja função é:

quandodeestá liso (sem ribossomos aderidos à sua membrana):


síntese lipídeos; transporte de substâncias; condução intracelular do impulso nervoso em células
musculares; inativação de substâncias tóxicas ao organismo.
Autoria: Ana Paula Lemos de Paiva Andrade Pág. 7/8

___________________________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________________________
quando está granuloso (com ribossomos aderidos à sua membrana):
síntese de proteínas, transporte de material dentro da célula.
___________________________________________________________________________________________
___________________________________________________________________________________

• Complexo golgiense (figura n° 5), cuja função é:


acúmulo e eliminação de secreções (proteínas e lipídeos vindos do retículo endoplasmático); síntese de
__________________________________________________________________________________________
carboidratos.
__________________________________________________________________________________________

• Ribossomos (figuras n° 6), cuja função é:


síntese de proteínas (unem os aminoácidos, formando um polipeptídeo).
_______________________________________________________________________
Os ribossomos sintetizam proteínas a partir do molde no RNA mensageiro. Cole a figura do ribossomo sintetizando
uma proteína no espaço abaixo (cole aqui e não no modelo de célula):

(Agora, observe bem sua célula animal com suas organelas e estruturas celulares. Vamos transformá-la numa
célula vegetal?)

7- As células vegetais se diferenciam das células animais por também apresentarem (Recorte as figuras correspondentes
e posicione dentro do citoplasma, mas sem colar):

• Cloroplastos, que é um tipo de plasto (figuras n° 9), cuja função é:


realizar a fotossíntese (possuem clorofila.)
________________________________________________________________________________________
Outros tipos de plastos são:
Cromoplastos
__________________
Leucoplastos - não possuem clorofila e sim carotenóides, não estando envolvidos com a fotossíntese.
__________________ - incolores e armazenam a matéria orgânica produzida pela célula.
amido
Tipos de leucoplastos: amiloplato (reserva de __________________); oleoplasto (reserva de
óleos e gordura proteínas
___________________); proteoplasto (reserva de _____________________)

• Vacúolos (figuras n° 11), cuja função é:


controla o volume celular, expandindo a célula; armazenamento de substâncias (odoríferas, pigmentos que dão
________________________________________________________________________________________
cor às flores, etc.). Também estão presentes em alguns protozoários, regulando o equilíbrio osmótico.
________________________________________________________________________________________

(Pinte e cole todas as figuras, lembrando que apenas os cloroplastos devem ser pintados de verde, já que são os
únicos a conter clorofila.)

• Parede celular (figura na folha anexa), cuja função é:


conferir sustentação e resistência mecânica à célula vegetal.
________________________________________________________________________________________

(Cole sua célula dentro da parede celular. Agora você tem uma célula vegetal!)

8- A parede celular é composta por celulose. Que outros seres, além das células vegetais, também apresentam parede
celular?
fungos, bactérias e alguns tipos de protistas.
_______________________________________________________________________________________________
_______________________________________________________________________________________________

9- Agora, escreva, na célula que você montou, o nome de cada organela e de cada estrutura celular que você colou.

10- Seu esquema de célula está em 2D, ou seja é uma imagem plana, como geralmente é percebida no microscópio óptico.
Porém, todas as células são em 3D, o que se pode perceber em imagens de microscópio eletrônico de varredura, que
revelam a forma da célula. Toda célula, além de tudo o que você já viu até agora, apresenta uma estrutura de
sustentação formada por filamentos de proteína, chamada citoesqueleto (figura n° 2), que dá sustentação e mantém o
volume e o formato da célula. Cole a figura do citoesqueleto (figura n° 2) no espaço abaixo (cole aqui e não no modelo
de célula):
Autoria: Ana Paula Lemos de Paiva Andrade Pág. 8/8