P. 1
FT 3 (Casos Especiais Probabilidades

FT 3 (Casos Especiais Probabilidades

|Views: 186|Likes:

More info:

Categories:Types, School Work
Published by: Elisabete Monteiro de Matos on Jan 13, 2011
Direitos Autorais:Attribution Non-commercial

Availability:

Read on Scribd mobile: iPhone, iPad and Android.
download as PDF, TXT or read online from Scribd
See more
See less

06/27/2013

pdf

text

original

AGRUPAMENTO VERTICAL DAS ESCOLAS DO TERRITÓRIO EDUCATIVO DE COURA Matemática A – 12.

ºano
Ano lectivo 2010/2011

Tópico: Probabilidades Conteúdo: Probabilidades e Contagens Sejam os conjuntos: A   , 2, 3 e B  a, e, i, o, u. 1 Ficha de trabalho nº 3

1)

1.1) Quantas funções injectivas é possível definir de A para B? 1.2) Quantas funções é possível definir de A para B? 2) De quantas maneiras diferentes se podem sentar 8 pessoas:

2.1) num banco de 8 lugares? 2.2) Numa mesa redonda em que os lugares estão numerados? 2.3) Numa mesa redonda, em que apenas interessa a pessoa que se tem à direita e a que se tem à esquerda? 3) A figura seguinte mostra a localização de três casas A, B e C, numa dada cidade, e as

linhas representam ruas.

B

 
A

C

3.1) Uma pessoa que está na casa A pretende ir para a casa B e pode fazê-lo percorrendo as ruas assinaladas apenas em duas direcções: ou vai para a direita ou para cima. Quantos percursos diferentes pode escolher a pessoa em causa? 3.2) O António que vive em A foi a casa do Bernardo que vive em B. Em seguida resolveu ir visitar o Carlos que vive em C. Depois desta última visita regressou a casa. Seguindo sempre o caminho mais curto quantos percursos possíveis poderia ter feito o António?

11/2010

1

4)

Na figura ao lado estão representados: o rio que atravessa

certa localidade; uma ilha situada no leito desse rio; as oito pontes que ligam a ilha às margens. H representa a habitação e E a escola de um jovem dessa localidade. Para efectuar o percurso de ida (casa-ilha-escola) e volta (escola-ilha-casa), o jovem pode seguir vários caminhos, que diferem uns dos outros pela sequência de pontes utilizadas. Indica quantos caminhos diferentes pode o jovem seguir, num percurso de ida e volta, sem passar duas vezes pela mesma ponte. 5) Escolhem-se aleatoriamente dois vértices distintos de um cubo.

Qual é a probabilidade de o centro do cubo ser o ponto médio do segmento por eles definido?

6)

Considera, num referencial o.n. Oxyz, a superfície esférica de equação x  y  z  25 .
2 2 2

Considera todos os triângulos cujos vértices são pontos de intersecção desta superfície esférica com os eixos do referencial. Escolhido um desses triângulos ao acaso, determina a probabilidade de estar contido no plano definido por z  0 . Indica o resultado em forma de percentagem. 7) Na figura junta estão representados um prisma quadrangular

regular e uma pirâmide cuja base [ABCD] coincide com a base inferior do prisma. O vértice I da pirâmide coincide com o centro da base superior do prisma. Considerando, ao acaso, cinco dos nove vértices da figura representada, qual é a probabilidade de que pelo menos quatro sejam da pirâmide?

SOLUÇÕES: 1.1 1.2 2.1 2.2 60 125 40320 40320 2.3 3.1 3.2 4 5040 126 79380 120 5 6 7

1 7
20%

21 126

11/2010

2

You're Reading a Free Preview

Descarregar
scribd
/*********** DO NOT ALTER ANYTHING BELOW THIS LINE ! ************/ var s_code=s.t();if(s_code)document.write(s_code)//-->