Você está na página 1de 6

Ecologia 1

ECOLOGIA

1. (UEL-PR) Os especialistas têm observado que a temperatura média anual


está aumentando. Uma das causas desse aumento é o “efeito estufa”, cuja
ocorrência se deve:
a) ao aumento da concentração de monóxido de carbono na atmosfera.
X b) ao aumento da concentração de dióxido de carbono na atmosfera.
c) ao aumento da concentração de nitrogênio na atmosfera.
d) à diminuição da concentração de oxigênio na atmosfera.
e) à diminuição da concentração da camada de ozônio na atmosfera.

2. (Fatec-SP) Relacione as duas colunas e assinale a alternativa que


apresenta a seqüência correta:
(1) Comunidade ( ) Conjunto de seres vivos e o meio onde vivem,
com todas as interações que esses seres
mantêm entre si e com o meio.
(2) População ( ) Conjunto de seres vivos de espécies diferentes
que vivem num determinado espaço,
mantendo relacionamento.
(3) Ecossistema ( ) Conjunto de seres vivos da mesma espécie que
vivem em determinado espaço.
a) 1, 2 e 3
X b) 3, 1 e 2
c) 3, 2 e 1
d) 1, 3 e 2
e) 2, 1 e 3

3. (Fuvest-SP) Que tipos de organismo devem estar necessariamente


presentes em um ecossistema para que ele se mantenha?
a) Herbívoros e carnívoros.
b) Herbívoros, carnívoros e decompositores.
X c) Produtores e decompositores.
d) Produtores e herbívoros.
e) Produtores, herbívoros e carnívoros.

4 (UFF-RJ) O tubarão-baleia e o tubarão-martelo são elasmobrânquios


marinhos. O primeiro pode atingir grande tamanho, sendo considerado um
dos maiores animais existentes, atualmente.
Sabe-se que o tubarão-baleia possui maior disponibilidade alimentar
energética do que o tubarão-martelo. Isto se deve, entre outras razões, ao
fato de o tubarão-baleia situar-se:
a) exclusivamente, como um animal carnívoro marinho.
b) em um nível trófico superior ao do tubarão-martelo, na cadeia alimentar.
c) no topo da cadeia alimentar marinha.
d) no nível trófico de um consumidor quaternário marinho.
X e) em um nível trófico inferior ao do tubarão-martelo, na cadeia alimentar.
Ecologia 2

5. (PUC-RJ) O esquema abaixo representa uma cadeia alimentar, sob a forma


de uma pirâmide de números.

Assinale a opção que contém a cadeia alimentar que melhor se encaixa


com o esquema:
a) planta gafanhoto sapo cobra
b) planta boi carrapato ave
X c) planta preás pulgas bactérias parasitas
d) planta Ratos gatos cobra
e) planta grilo lagarto gavião

6. (Vunesp-SP) O fluxo de energia em um ecossistema é unidirecional e,


iniciando-se pelos produtores,
a) mantém-se constante nos diversos níveis tróficos.
b) mantém-se constante dos produtores aos consumidores de primeira
ordem, aumentando progressivamente nos demais níveis tróficos.
c) aumenta dos produtores aos consumidores de primeira ordem,
mantendo-se constante nos demais níveis tróficos.
d) aumenta progressivamente nos diversos níveis tróficos.
X e) diminui progressivamente nos diversos níveis tróficos.

7. (PUC-RJ) Quando nos referimos ao ecossistema de um lago, dois conceitos


são muito importantes: o ciclo dos nutrientes e o fluxo de energia. A energia
necessária aos processos vitais de todos os elementos deste lago é
reintroduzida neste ecossistema:
a) pela respiração dos produtores.
b) pela captura direta por parte dos consumidores.
X c) pelo processo fotossintético.
d) pelo armazenamento da energia nas cadeias tróficas.
e) pela predação de níveis tróficos inferiores.

8. (Puccamp-SP) Considere as seguintes funções vegetais:


I. transpiração
II. respiração
III. fotossíntese
O cicio biogeoquímico da água relaciona-se com:
a) I, apenas.
b) I e II, apenas.
c) I e III, apenas.
Ecologia 3

d) II e III, apenas.
X e) I, II e III.

9. (PUC-RS) Sabe-se que a fixação do nitrogênio atmosférico constitui uma


reação química importantíssima para a manutenção da vida em nosso
planeta. Esse tipo de atividade química pode ser encontrado em:
X a) bactérias e cianofitas.
b) fungos e mixofitos.
c) pirrofitas e diatomáceas.
d) mixofitos e algas.
e) fungos e algas.

10. (PUC-RJ) Podemos considerar como um exemplo de epifitismo:


a) a erva-de-passarinho e outras espécies da família Loranthaceae que
retiram seiva de seu hospedeiro.
X b) as orquídeas e bromélias que vivem sobre as árvores de maior porte da
Mata Atlântica.
c) um jequitibá que abrigue muitas bromélias em sua copa.
d) a comunidade de artrópodes que vive no interior das bromélias.
e) a associação entre as formigas do gênero Azteca e a embaúba
(Cecropia glaziovii).

11. (Unifor-CE) A diferença entre a associação de algas e fungos formando


liquens e a de anêmonas e paguros em conchas de gastrópodos é que a
primeira:
X a) constitui uma associação obrigatória e a segunda uma facultativa.
b) beneficia ambos os associados e a segunda só beneficia as anêmonas.
c) beneficia ambos os associados e a segunda só beneficia os paguros.
d) só beneficia os fungos e a segunda beneficia ambos os associados.
e) só beneficia as algas e a segunda beneficia ambos os associados.

12. (PUC-RS) Existe uma espécie de chapéu-de-cobra produtora de uma


substância que age como um potente inibidor da síntese de moléculas de
RNA mensageiro, protegendo, assim, esse cogumelo contra organismos
que possam vir a prejudicá-lo e, inclusive, matá-lo. Essa substância é
completamente inócua ao organismo deste fungo.
Este fato expressa um caso de:
a) herbivorismo.
b) neutralismo.
c) sinfilismo.
X d) amensalismo.
e) predatismo.
Ecologia 4

13. (UCDB-MT) O tipo de associação em que um indivíduo de uma espécie


procura abrigo ou suporte em outro indivíduo de espécie diferente sem
prejudicá-lo e conhecido como:
X a) inquilinismo.
b) parasitismo.
c) predatismo.
d) mutualismo.
e) simbiose.

14. (Unesp-SP) Um gavião, que tem sob suas penas carrapatos e piolhos, traz
preso em suas garras um rato, com pulgas em seus pêlos. Entre o rato e
as pulgas, entre os carrapatos e os piolhos e entre o gavião e o rato
existem relações interespecíficas denominadas, respectivamente:
a) inquilinismo, competição e predatismo.
b) predatismo, competição e parasitismo.
X c) parasitismo, competição e predatismo.
d) parasitismo, inquilinismo e predatismo.
e) parasitismo, predatismo e competição.

15. (UEPA) Analise a cadeia alimentar a seguir:


Capim → Gafanhoto → Sapo → Ave → Cobra
Caso houvesse na cadeia a introdução de um mamífero herbívoro,
estabelecer-se-ia na cadeia uma relação de .... com o .... .
Os espaços são adequadamente preenchidos por:
a) competição intra-específica; consumidor primário.
b) competição intra-específica; consumidor secundário.
c) competição interespecífica; produtor.
X d) competição interespecífica; consumidor primário.
e) competição interespecífica; consumidor secundário.

16. (Puccamp-SP) Considere as afirmações abaixo relativas a fatores de


crescimento populacional.
I — A competição intra-específica interfere na densidade da população.
II — A competição interespecífica não influi no crescimento das
populações.
III — Um dos fatores limitantes do crescimento populacional é a
disponibilidade de alimentos que diminui quando a densidade da
população aumenta.
IV — Fatores climáticos influem no crescimento da população
independentemente de sua densidade.
São verdadeiras apenas:
a) l e ll
b) I e IV
c) II e III
X d) I, III e IV
e) II, III e IV
Ecologia 5

17. (UFJF-MG) Com relação ao comportamento das populações, considere as


afirmativas abaixo:
I – A regulação do tamanho das populações é feita, apenas, por fatores
bióticos.
II – O índice de crescimento de uma população pode ser medido pela
relação entre a taxa de natalidade e a taxa de mortalidade.
III – Como fator regulador do crescimento populacional, a competição intra-
específica está diretamente relacionada à seleção natural.
IV – A densidade de uma população é medida pela relação entre o número
de indivíduos e a disponibilidade de recursos alimentares.
Estão corretas as seguintes afirmativas:
X a) II e III.
b) I e IV.
c) I, II e III.
d) II e IV.

18. (UFSCar – SP) A substituição ordenada e gradual de uma comunidade por


outra, até que se chegue a uma comunidade estável, é chamada sucessão
ecológica. Nesse processo, pode-se dizer que o que ocorre é
(a) a constância de biomassa e de espécies.
(b) a redução de biomassa e maior diversificação de espécies.
(c) a redução de biomassa e menor diversificação de espécies.
(d) o aumento de biomassa e menor diversificação de espécies.
X (e) o aumento de biomassa e maior diversificação de espécies.

19. (UFV-MG) Associe as colunas de maneira que as características


correspondam aos respectivos biomas.
Características Biomas
I Folhas reduzidas ou modificadas em A Cerrado
espinhos
II Casca grossa e galhos retorcidos B Manguezal
III Raízes escoras e respiratórias C Mata Atlântica
IV Raízes tabulares e folhas largas D Caatinga
A seqüência correta é:
a) IA; IIC; IIID; IVB.
X b) ID; IIA; IIIB; IVC.
c) IB; IID; IIIA; IVC.
d) IB; IIA; IIIC; IVD.
e) ID; IIA; IIIC; IVB.
Ecologia 6

20. (UFSC) O freqüente derramamento de petróleo em águas brasileiras tem


provocado danos graves ao meio ambiente. De acordo com esse fato, é
correto afirmar que (mais de uma alternativa pode estar correta):
a) os peixes, por viverem abaixo da superfície das águas, não são
afetados.
X b) as aves marinhas, em contato com a película flutuante de petróleo,
podem morrer.
X c) a película flutuante de petróleo impede a penetração da luz na água.
X d) os organismos aquáticos fotossintetizantes morrem devido à ausência
de luz.
X e) a ingestão de organismos que tiveram contato com esse fenômeno
poderá acarretar danos à saúde humana.

21. (UFSM-RS) Analise as proposições:


I. A eutrofização pode levar à proliferação de dinoflagelados, sendo esse
fenômeno conhecido como maré vermelha.
II. Na reciclagem do lixo, somente plásticos e papel podem ser reciclados.
III. O monóxido de carbono (CO) é um gás que resulta da queima
incompleta de moléculas orgânicas e, quando se combina com a
hemoglobina, torna-a inutilizada para o transporte de oxigênio.
Está(ão) correta(s):
a) I apenas.
b) I e II apenas.
X c) I e III apenas.
d) II e III apenas.
e) I, II e III.