Você está na página 1de 7

OS SERES VIVOS » DOENÇAS MAIS COMUNS NOS CANÁRIOS

http://osseresvivos.blog.terra.com.br/2010/06/17/doencas-mais-comun

OS SERES VIVOS

Blog sobre os seres vivos em geral, com definições, fotos e curiosidades.

DOENÇAS MAIS COMUNS NOS CANÁRIOS

quinta-feira, 17 de junho de 2010

ACARÍASE RESPIRATÓRIA

Causas: Ataque do ácaro Stermostoma tracheaculum, nas vias respiratórias. As exposições e trocas e compras de aves são as principais causas pela instalação da doença no canaril.

Sintomas: Respiração penosa, ofegante, tosses, plumagem desalinhada, emagrecimento da ave, abertura do bico sincronizado com os movimentos respiratórios.

Tratamento: Isolar a ave, desinfetar todo o criadouro, aplicar aerosol com antibióticos. Aviobitina na água de beber. Desinfectar as gaiolas todos os dias com solução Biocid na proporção de 2 ml por litro de água. Aplicar vacinação adotando o processo de arrancar algumas penas da coxa do pássaro, esfregando, levemente uma gota de ivomec. Aplicar o Ivomec pruron (azul), neste caso não precisa retirar a pena, somente pingue uma gota em uma área descoberta de pena, que assim, a pele absorverá o medicamento. A medicação deve ser repetida 15 dias após a aplicação da primeira dose de ivomec. (Aplicar em todo o plantel em duas doses com intervalo de 15 dias).

ÁCAROS DAS PENAS

Causas: Parasita Syrongophilus bicectinata.

Sintomas: As penas apresentam-se caídas e é possível percebe-los como pequenos traços escuros entre as bárbulas. Para verificar se a ave está sendo atacada por ácaros, pegue-a e observe sua asa aberta contra a luz.

Tratamento: Pegue a ave, abra a asa e pulverize uma única vez com inseticida à base de piretina numa distância de uns 30 cms.

ÁCAROS VERMELHOS

Causas: Parasita Dermanysus gallinae. Este parasitas causam grandes problemas na reprodução são os chamados piolhos vermelhinhos, só apresentam esta cor vermelha quando estão cheios de sangue, caso contrário sua cor é pardo-acinzentada.

Sintomas: Estes ácaros ao dia se escondem nas ranhuras dos poleiros, molas das portas e buracos na parede ou teto, ataca as aves a noite, as aves não param de se bicar tentando tirar os ácaros.

Tratamento: Pulverize poleiros, molas e paredes com um inseticida spray à base de piretina, nas aves pode-se borrifar inseticida spray SBP, as paredes podem ser pintadas com a cal virgem.

ANEMIA

» Crie seu blog grátis

Posts:

HOLOTÚRIAS CURIOSIDADES SOBRE BACTÉRIAS E VÍRUS COELHOS III COELHOS II COELHOS

Arquivos:

janeiro 2011

outubro 2010

setembro 2010

agosto 2010

junho 2010

maio 2010

março 2010

fevereiro 2010

janeiro 2010

dezembro 2009

novembro 2009

setembro 2009

agosto 2009

julho 2009

junho 2009

maio 2009

abril 2009

março 2009

fevereiro 2009

janeiro 2009

dezembro 2008

novembro 2008

outubro 2008

setembro 2008

agosto 2008

julho 2008

junho 2008

maio 2008

abril 2008

março 2008

fevereiro 2008

janeiro 2008

dezembro 2007

novembro 2007

Causas: Sementes estragadas, mofadas ou velhas, ataque do piolho vermelho e

OS SERES VIVOS » DOENÇAS MAIS COMUNS NOS CANÁRIOS

http://osseresvivos.blog.terra.com.br/2010/06/17/doencas-mais-comun

falta de alimentação.

outubro 2007

setembro 2007

Sintomas: Falta de apetite, emagrecimento, não tem equilíbrio no poleiro, ave pálida e a plumagem opaca, sem brilho.

AEROSACULITE

Sintomas: Respiração difícil e ruidosa com silvos pronunciados. Falta de vivacidade, o pássaro fica infértil e não canta.

Tratamento: Baytril ou Tylan 200 (1gota no bico), Linco Spectin, Oftcor (2gotas no bico), Reforçar a alimentação adicionando vitaminas na farinhada.

ARTRITE

Causas: Mudanças de temperaturas e para locais úmidos e alimentação inadequada.

Sintomas: Inchaço das articulações, ficam no fundo da gaiola.

ASMA

Causas: Poeira, friage, alimentos condimentados, gaiolas sujas, mudanças no clima e mal ventilação do criadouro.

Sintomas: Respiração difícil acesso asmático freqüente e ofegante. Em casos muito graves imobilidade, olhos entreabertos, penas soltas respiração acelerada intermitente com emissão de pequenos gemidos.

Pesquisar:

intermitente com emissão de pequenos gemidos. Pesquisar: Meta: Login RSS 2.0 Atom Tratamento: Eliminar frio, vento,

Meta:

Login

RSS 2.0

Atom

de pequenos gemidos. Pesquisar: Meta: Login RSS 2.0 Atom Tratamento: Eliminar frio, vento, poeira, úmida, colocar
de pequenos gemidos. Pesquisar: Meta: Login RSS 2.0 Atom Tratamento: Eliminar frio, vento, poeira, úmida, colocar
de pequenos gemidos. Pesquisar: Meta: Login RSS 2.0 Atom Tratamento: Eliminar frio, vento, poeira, úmida, colocar

Tratamento: Eliminar frio, vento, poeira, úmida, colocar a ave em gaiola com temperatura de 30o, na hora da crise administrar gotas de adrenalina a 1./10.000, e antibióticos e tônicos. Baytril ou Tylan 200 (1gota no bico), Linco Spectin, Oftcor (2gotas no bico), Reforçar a alimentação adicionando vitaminas na farinhada.

ASPERGILOSE RESPIRATÓRIA

Causas: Parasito ou fungo de alimentos semi deteriorados.

Sintomas: As aves parecem estar suadas, fezes esverdeadas, Movimento de cauda acompanhando a respiração, abrir e fechar do bico com muita freqüência. A respiração em alguns casos é bastante ruidosa.

Tratamento: Não há tratamento satisfatório com medicamentos especifícos, contudo, algum, resultado pode ser conseguido com NF 180 (2 g para 1 kl farinhada seca) e complexo vitamínico para melhorar a resistência. De qualquer forma a cura pode ser tentada com Ancotil na dosagem de 120 a 250 mg por quilo de farinhada seca, oferecida durante 3 dias.

BRONQUITE OU TRANQUEITE

Causas: Correntes de ar, aves em local de ar não renovado, bruscas mudanças de temperaturas.

Sintomas: A ave perde o apetite, narinas obstruidas, bico aberto, rouquidão e catarro, a ave não canta e fica agitada.

Tratamento: Colocar a ave separada numa temperatura de 30o e administrar antibióticos e vitaminas A e D e aviobitina na água de beber.

CANDIDÍASE

Sintomas: Penas arrepiadas, falta de apetite, dificuldade para ingerir alimentos, vômitos e as vezes diarréia.

Tratamento: Assim que aparecer os primeiros sintomas, bons resultados são conseguidos com Micostatin (1 gota no bico) e 8 gotas no bebedouro. Nizoral (1 comprimido transformado em pó adicionado a 1 kilo de farinhada seca) também produz bom efeito.

OS SERES VIVOS » DOENÇAS MAIS COMUNS NOS CANÁRIOS

http://osseresvivos.blog.terra.com.br/2010/06/17/doencas-mais-comun

CARENCIA VITAMÍNICA

Sintomas: Falta vigor, queda de penas fora de época e falta de apetite. Os machos não cantam e de modo geral o pássaro fica adormecido durante o dia no fundo da gaiola.

Tratamento: Oferecer 5 gotas de Potenay B12 ou Vita_Gold em bebedouro de 60 ml de água, diariamente. Alternar com Ferro SM no bebedouro por período de 15 a 20 dias. Alimentação enriquecida com maçã, jiló, e verduras em dias alternados durante 30 dias. Banho nos dias quentes e sol durante 15 minutos no horário da manhã. A farinhada com ovo cozido não deve faltar.

COCCIDIOSE

Causas: Alimentos e água contaminados pelas fezes ou saliva de outras aves doentes.

Sintomas: Cansaço, sede contínua, o osso do peito fica saliente, há emagrecimento, fezes aquosas, desidratação e diarréia com fezes com estrias de sangue ou de coloração bem escura. Esta doença não tem cura. A coccidiose atinge principalmente o intestino delgado e os cecos em especial dos filhotes, provocando hemorragias.

Tratamento: Sulfaquinolaxia, Vetococo, Coccirex, Amprolium e a Sulfametaxina, administrar junto para evitar a resistência dos protozoários complexos vitamicos como vitamina K e Hidrac ou Pedyalit. Administrar os remédios conforme indicação da bula.

COLIBACILOSE

Causas: parecida com a coccidiose, mas só com exames veterinários pode ser constatada. É transmissível a animais domésticos e ao homem, porém é uma doença rara de ocorrer.

Sintomas: Sonolência, Falta de apetite, a ave se retira para um canto da gaiola, diarréia esverdeada deixando a região da cloaca suja, Vômitos freqüentes de alimentos misturados a uma substância e a um fluído esverdeado. Neses casos a mortalidade é muito elevada entre o primeiro e o segundo dia.

Tratamento: Sulfas e antibióticos e desinfecção com bactericida, Zooserine, Quemicetina solúvel, Cloranvex e Gentamicina (colírio 1 gota no bico). A medicação deve ser oferecida conforme a bula.

CONSTIPAÇÃO OU PRISÃO DE VENTRE

Causas: Falta na variedade dos alimentos fornecidos as aves.

Sintomas: Esforço apresentado pela ave, ao evacuar, acompanhado de movimentos e sacudidelas. Ventre inchado, fezes duras, cloaca inchada e vermelha.

Tratamento: Pingar na cloaca azeite de oliva duas vezes ao dia, dar-lhes verduras, frutas e vitaminas.

CORIZA

Causas: Bruscas mudanças climáticas, aves em locais úmidos, aves mal alimentadas, falta de vitamina C.

Sintomas: Corrimento nasal, tosse, respiração difícil, mucosa congestionada, falta de vivacidade, aneroxia, corrimento de cerume das narinas, que pode se tornar um ranho purulento, continuamente freqüente e mucosa congestionada.

Tratamento: Limpar as narinas com cotonete impregnado em solução de permanganato de potássio, com 1./1.000. Administrar antibióticos com penicilina mais estreptomicina, clorofenicol na água de beber, vitaminas, Aviobitina e Neo Sulmetina SM. 100 PS (vide bula), Linco Spectrin (1g em 1,5 L água), Tylan 200

OS SERES VIVOS » DOENÇAS MAIS COMUNS NOS CANÁRIOS

http://osseresvivos.blog.terra.com.br/2010/06/17/doencas-mais-comun

(1 gota no bico). O tratamento deve ser mantido até o desaparecimento da doença.

DIARRÉIA

Causas: Má alimentação, alimentos azedos, deteriorados e água suja.

Sintomas: Fezes líquidas de cor amarela-esverdeada, falta de apetite e emagrecimento, ânus inflamado.

Tratamento: Corte as penas do traseiro com cuidado e lave com água morna, após enxugue. Administrar Neo Sulmetina SM, coalhada fresca, se optar pela coalhada não de água, somente a coalhada até a recuperação da ave.

DIFTERIA

Causas: Causada pelo bacílo Klebbs-löffler, doença infecciosa, doença epidêmica

e se alastra rapidamente, não tem cura.

Sintomas: Olhos avermelhados, parecidos à conjuntivite, a ave não consegue engolir os alimentos, respiração com dificuldade.

DOENÇA RESPIRATÓRIA (CRÔNICA) - D.R.C.

Sintomas: dificuldade de respiração, espirros, corrimento nasal e ocular. Esta doença é bastante semelhante a coriza.

Tratamento: Tylan 200 (1 gota no bico), Linco Spectrin (1g 1,5 L água), Ofticor (2 gotas no bico). Tratamento de 1 semana.

ENTERITE

Causas: Inflamação dos intestinos, uma das principais causas de morte dos filhotes no ninho.

Sintomas: Diarréia, plumas da cloaca suja pelas fezes, abdômen duro e vermelho

e a ave emagrece, para de cantar, tem muita sede.

Tratamento: Vermífugos, Coccidiostáticos, Antibióticos, Antimicóticos, Nitrofurazona, sulfas, vitaminas A e D e eliminar as verduras. É útil administrar 2 gotas de Aderogil no bebedouro de 50cc.

EPILEPSIA

Causas: Alimentação em excesso, sustos, luzes fortes durante a noite, excesso de acasalamento e incubação.

Sintomas: Convulsões.

FRATURAS

Quando ocorre de a ave quebrar um osso, a primeira providência é retirar os poleiros e colocar água e comida a disposição da ave.

Será necessário encanar o osso com gesso dissolvido em água ou álcool, que levará mais ou menos um mês para colar. Se for a perna que quebrou, pegue um canudinho de refresco cortado ao meio, coloque as duas partes na perna e passe

o gesso, deixando uns 45 dias, após retire o gesso. Se for a asa que quebrou,

será necessário cortar todas as penas da asa, dependendo da fratura, tente encaná-la com gesso. Caso não consiga, o melhor e mais correto é levar a ave a um veterinário, que esta mais acostumado a fazer estes serviços.

HEPATITE

Causas: Inflamação do fígado oriundo de excesso de alimentos gordurosos.

OS SERES VIVOS » DOENÇAS MAIS COMUNS NOS CANÁRIOS

http://osseresvivos.blog.terra.com.br/2010/06/17/doencas-mais-comun

Sintomas: Dilatação do baço, sonolência, perda de apetite ou fome exagerada, tendência para brigas e fezes líquidas, manchas violetas no ventre, com hipertrofia do lóbulo hepático.

Tratamento: Alimentação refrescante, com cenouras, verduras e frutas. Pro livre (5 gotas no bebedouro), Antitóxico SM(vide bula), epocler (10 gotas no bebedouro por 5 dias), recomenda-se dar somente alpiste e chicória.

Arquivado em: ANIMAIS DOMÉSTICOS I

20 Comentários »

Comentário por EVANIO PACHECO — terça-feira, 22 de junho de 2010

(21:55:50)

OLÁ - MEUS CANÁRIOS BELGAS ESTÃO COM VERRUGAS NAS PERNAS E DEDOS, TEEM DIFICULDADES PARA ANDAR E FICAR EM PÉ NO PULEIRO. O QUE FAÇO PARA COMBATER ESSA DOENÇA??

Comentário por esterari — quinta-feira, 24 de junho de 2010 (07:56:13) Olá, Evanio BomY não sou profissional da área, portanto, não seria certo responder isso a você. Dê uma olhada no site abaixo. ; )

http://sites.google.com/site/vitorsppp/f%C3%B3rum2

Espero ter ajudado!

Comentário por Sheila Barbosa — quinta-feira, 29 de julho de 2010 (13:18:02) Olá, meu canário está apresentando uma doença que ninguém sabe me informar do que se trata. Nas pontas de suas asas crece uma espécie de tumor.Parece mais uma bolha. Certo dia, com uma gilete, abri essa bolha, e dentro tinha uma bola de sujeira. Parecia até fezes secas mas não era, claro, as penas na região atrofiam, parece até que apodrecem, então acredito que essa bola retirada da bolha, são penas atrofiadas. Limpei o local e desinfetei, mas dias após a bolha (tumor) voltou a crescer. Por favor, vocês conhecem essa doença? Sabem como posso resolver o problema? O meu pássaro não apresenta nenhum comportamento diferente, apenas fica um tanto irritado quando essa bolha está grande.

Comentário por ruan — sábado, 9 de outubro de 2010 (21:07:29) meu canario esta com um caroço no pe parecido com uma verruga oq faço para trata-lo?

Comentário por esterari — segunda-feira, 18 de outubro de 2010 (20:25:22) Olá, dêem uma olhada neste blog!! Este blog é de um criador muito experiente. Com certeza irá ajudá-los!!

http://sites.google.com/site/vitorsppp/f%C3%B3rum2

Obrigada pela visita!!

Comentário por Wellington Barros — terça-feira, 2 de novembro de 2010

(22:05:54)

Olá pessoal eu tenho imagens de um tipo de papagaio já mais visto em fotos ou em filme. Segundo seu dono, até o proprio funciuonário do Ibama afirmou que o mesmo está extinto. Entrem em contato comigo que eu tentar mandar as imagens. Um abraço.

Comentário por Wellington Barros — terça-feira, 2 de novembro de 2010

(22:08:18)

Tenho fotos de uma raça de papagaio que até hoje não se viu em fotos ou filmes.

OS SERES VIVOS » DOENÇAS MAIS COMUNS NOS CANÁRIOS

Vou colocá-lo no YouTube.

http://osseresvivos.blog.terra.com.br/2010/06/17/doencas-mais-comun

Comentário por danieli — sábado, 6 de novembro de 2010 (14:33:25)

o meu canario esta deste segunda meio bolinha as fezes esta branca, fui na

avicultura e ele me indico 100 P.S suplemento vitaminico para passaros, bom dilui

o pó na agua em 500ml, coloquei no bebedouro mas ele não come e nem bebe aguá! ele esta na familia a mais de 7 anos. não sei mais o que fazer?

Comentário por esterari — domingo, 7 de novembro de 2010 (09:26:01) Olá danieli, dê uma olhada nos links abaixo:

http://www.canarilrenascer.com.br/artigo26.php

http://www.bichoonline.com.br/artigos/Xff0001.html

Obs: sempre procure um veterinario!

Comentário por Antonio Carlos de Souza Silva — quarta-feira, 17 de novembro de 2010 (15:07:49) muito legau essea dicas sobre doenças dos canarios boa tarde amigo.

Comentário por Evandro Ferreira Fialho — domingo, 9 de janeiro de 2011

(10:52:47)

Tenho um canario da terra com 3 anos aproximadamente,ele parou de cantar perdeu aspenas em volta do pescoço e um pouco da atividade. Podem me ajudar

a curar este bichano.

Agadeço pelas futuras informações.Evandro

Comentário por João Santos — sexta-feira, 21 de janeiro de 2011 (11:59:23)

A parte de cima do bico do meu canário da terra cresceu mais que a parte de

baixo, criando dificuldades para que o mesmo se alimente, o que está ocorrendo? Tem como resolver este problema? Este canário sempre foi muito sadio, e de repente houve um crescimento anormal da parte superior do bico.Aguardo

comentários, obrigado.

Comentário por esterari — sexta-feira, 21 de janeiro de 2011 (20:03:07) OLÁ JOÃO,

Existem problemas relacionados ao bico, alguns destes problemas afetam a limentação do animal e podem levá-lo até a morte:

- fraturas podem ocorrer acidentalmente e merecem abordagem ortopédica especial e manejo alimentar apropriado.

- crescimento indevido, consequente da má formação genética. Isto irá atrapalhar na alimentação, pois o pássaro não consegue pegar o alimento de forma adequada.

- existe uma doença que popularmente é chamada de “peito seco” e que impede o

pássaro de quebrar a casca da semente e ingerir o alimento. Este termo (peito seco) é consequente do estado de caquexia. Esta caquexia só é observada quando o responsável manipula o pássaro.

- existem vermes que habitam a traquéia dos pássaros e dificultam a respiração e

a deglutição. Dependendo da infestação, podem asfixiar o pássaro.

* NO CASO DA MÁ FORMAÇÃO GENÉTICA ACONSELHO A LEVÁ-LO A UM VETERINÁRIO PARA ELE PODER CORTAR O BICO CORRETAMENTE.

* JÁ TIVE UM CASO DESSE EM MINHA CASA. ERA UM PERIQUITO, E A

PARTE DE CIMA DE SEU BICO CRESCIA ANORMALMENTE. PERGUNTEI A UM CRIADOR DAQUI E FUI ACONSELHADA A CORTAR O BICO PERIODICAMENTE. CASO CONTRÁRIO ELE NAO CONSEGUIRIA SE ALIMENTE E MORRERIA DE FOME.(TENHO A FOTO DELE AQUI NO BLOG

http://osseresvivos.blog.terra.com.br/?s=ZUZU ) YY VEJA UM EXEMPLO ABAIXO:

http://cuidandodeperiquitos.spaceblog.com.br/923187/periquitos-com-doenca-

de-bico/

Comentário por altamir — sábado, 19 de fevereiro de 2011 (14:17:23) meu canario belga esta no fundo da gaiola sem força para voa e sem equilibrio

OS SERES VIVOS » DOENÇAS MAIS COMUNS NOS CANÁRIOS

http://osseresvivos.blog.terra.com.br/2010/06/17/doencas-mais-comun

nao canta .estou dando vita gold,giló,maça. o que devo fazer para salvar o rosinha, obrigado.

Comentário por Ednilson dos Santos — sábado, 26 de fevereiro de 2011

(11:06:54)

Olá bom dia!! tenho um casal de canário da terra, porem de um mês pra cá o macho não cantou mas; percebi que esta havendo mas consumo de agua ou eles

estão derramando pois o fundo da gaiola fica bem molhada

algum pudesse me ajudar pois acredito que meu pássaro esta doente pois ele é muito cantador e a um mês não canta. Grato!

sei la. gostaria que

Comentário por Fernando — quarta-feira, 2 de março de 2011 (17:51:41)

Ola!

eu tenho um canario belga e ele esta com os olhos irritados, aparentemente de corpo normal, mas ergue as penas o peito esta roxo e nao esta comendo, me

ajude! o que faço?

Comentário por VANIA — quinta-feira, 3 de março de 2011 (10:31:11)

oi bom dia o meu canário belga esta na muda de asa nasceu uma grande veruga

enpedindo o nascimento de novas asas gostria que se pudesse me ajudar a resolver o prblema desde de já muito obrigada.

Comentário por Agnaldo Silva — sexta-feira, 4 de março de 2011 (19:07:19) Meu canario da terra esta muito gordo com dificuldade de voar.

O que fazer?

Comentário por Jackson — segunda-feira, 27 de junho de 2011 (10:44:46) Tenhos dois canarios e um passaro preto um canario morreu eles ficam tristes na gaiola nao cantam e nao comem fica quietos na gaiola? Oke sera que pode ser? Ratos podem transmitir doenças a passaros?!

Comentário por Sandra Goulart Gonçalves — quinta-feira, 25 de agosto de 2011

(20:38:41)

A gaiola do meu canario Belga caiu e depois de uns dois dias notei que ele nao

esta conseguindo voar nen subir nas madeirinhas que tem dentro da gaiola, notei

uma das asas mais baixa que a outra o que devo fazer? posso dar algum remedio ? qual

Deixe um comentário

Feed RSS dos comentários deste post. URL de TrackBack

Nome (obrigatório) Email (não será publicado) (obrigatório) Site (URL)
Nome (obrigatório)
Email (não será publicado) (obrigatório)
Site (URL)