Você está na página 1de 2

Iyá Asagbó ou Axabó - Orixá feminino da família de Xangô, é a irmâ de Iyá Massé

Malé, e assim sendo tia de Xangô
!sa "estimentas nas #ores "ermel$o e bran#o ou rosa %&odendo ser estam&ado' !sa
sem&re &ano da #osta (ra) na m*o uma lira
Iya Axabó fa) &arte dos fundamentos do +uarto de Xangô, e segundo algumas
tradi,-es Xangô n*o de"e ser assentado sem ela
Iyá Axabó também fa) &arte fundamental dos ritos da fogueira de Xangô
Muitos sa#erdótes abrem asés, mas es+ue#em muitos detal$es e .s "e)es detal$es
+ue fa)em a diferen,a dentro de um il/ asé e esta di"indade tem &or obriga,*o ser
assentada a +uem fa) fogueira &ara 0angó e Ayrá e a família de Oyó
1rin#i&almente as &essoas +ue s*o destes orisás mas é um gru&o &e+ueno e restrito
+ue tem tal #on$e#imento de tal iyágbá e é ela +uem &ro&or#iona o son$o aos 2á3os %
ini#iados en+uanto re#ol$idos ' e também 4untamente e fundamentalmente
fundamentada #om 2á mí sendo uma delas também no #ulto 5eledé, e Ossaim o
sen$or das fol$as tanto +ue ela rege todo o omieró feito no axé 4untamente #om ele,
ela de"e ser arrumada no +uarto de 0angó e lá #ultuada lembrando +ue ao arrumar
Iyá Massé Malé %m*e de Xangô' ' tem +ue arrumar Iyá Asagbó e "i#e e "ersa6 uma
n*o #amin$a sem a outra e só se a#ende a fogueira &ara 0ángo #aso ten$a ela
assentada em um Ile asé n*o e a&enas &egar uma amontoado de len$as e ta#ar fogo
Muito &elo #ontrário, $á "arios orisás #omo exem&lo Iyá 0ogbá %2emon4á' também
res&onsá"el &or &arti#i&ar da fogueira de 0ángo +ue de"em ser assentados &ara +ue
se reali)e esta mara"il$osa festa uma das mais lindas do #andomblé &ortanto sem
esta iyágbá assentada n*o se &ode ser feita a fogueira #om seu total asé e #om
0ángo e Ayrá satisfeitos sen$ores &rin#i&ais da fogueira
1or +ue Iyá Assagbó se tornou im&ortante &ara o ban$o de fol$as dadas aos
ini#iados
7m Oyó terra onde 0ángo foi rei te"e uma terrí"el é&o#a de se#a e neste &eríodo
#omo a #idade do rei 0ángo sem&re esta"a em guerra #om outros estados "i)in$os
0ángo en"iou A289 seu ministro a #idades "i)in$as +ue se en#ontra"am em
difi#uldade &ara +ue seu &o"o obti"esse a4uda e água
A289 "oltou frustrado sem nada ter #onseguido &or ninguém gostar de 0ángo e &or
ele mesmo ter tido "árias guerras #om estes &o"os, no entanto em "isita a regi*o sua
tia Iyá Asagbó "iu a situa,*o de seu sobrin$o e ela mesmo tomou os a&etre#$os das
m*os de Ayrá e &artiu &ara os mesmos &o"os
:onseguiu #om seu tem&eramento +uente e utili)ando de magia +ue a&rendera #om as
2á -mi tudo +ue &re#isa"a e a t*o sagrada água dos &o"os "i)in$os fa)endo #om +ue o
&o"o de Oyó se lim&asse e re#olo#a-se tudo em ordem
(rouxe de um babala3ô lo#al um amuleto e entregou aos #uidados de Ayrá Ad4aossí
%res&onsá"el &elas #$u"as' e desde ent*o 4amais faltou água a #asa e ao reino de
0ángo +ue #onfiou a Iyá Assagbó sua tia, a miss*o de todo e +uais+uer ini#iados no
seu #ulto ou o #ulto yorubá +ue nen$um ban$o aben,oasse nen$um ini#iado +ue n*o
fosse #onsagrado além de Ossaim, e também . Iyá Assagbó
7 todo ano também em "irtude das grandes festas +ue a#onte#em em Oyó e
indis&ensá"el a sua &resen,a &ara a fogueira