Você está na página 1de 7

Tabela matriz a utilizar para a realização da 1ª parte da tarefa, conforme indicações do Guia da Sessão

Conhecimento na área Biblioteca escolar


Escola Secundária João da Silva Correia

Aspectos críticos que


Desafios. Acções
Domínio a Literatura identifica Pontos fortes Fraquezas Oportunidades Ameaças
a implementar

- Ter capacidade de - Boa relação com - Falta de tempo - Acções de - Apoio - Conseguir que a
Competências do liderança. todos os elementos para gerir o vasto formação insuficiente Direcção
professor - Ser prospectivo, estar da equipa. leque de contínua, (sobretudo por contemple
bibliotecário atento e ter uma solicitações e nomeadamente a falta de tempo) integralmente as
postura de investigação - Relação de tarefas inerentes presente para troca de indicações dadas
e de aprendizagem empatia com ao cargo. formação, ideias com os (e negociadas
contínua. grande parte dos - Falta de um permitindo, para restantes com a própria
- Gerir para o sucesso colegas, assistentes tempo comum além da elementos da direcção) para a
educativo, para a operacionais e entre todos os aprendizagem equipa; constituição da
melhoria das alunos. elementos da prevista, a - Falta de tempo, equipa.
aprendizagens e do - Procura, por parte equipa para partilha de tendo em conta a - Criar dinâmicas
trabalho escolar. de alguns colegas, reflexão e experiências. multiplicidade de que levem à
- Criar mais-valias para o planificação - A portaria que funções e de áreas tomada de
comportamentais, desenvolvimento conjunta. criou o cargo de de intervenção, consciência da
formativas e de de actividades em . professor inerentes, para importância da Be
aprendizagem junto dos articulação com a bibliotecário , uma acção na escola.
alunos. BE e para apoio a permitindo o devidamente
- Gerir no sentido da actividades horário a tempo reflectida
optimização dos curriculares (ex: inteiro.
processos que contrato de
Conhecimento na área Biblioteca escolar
Escola Secundária João da Silva Correia
produzam resultados e
impacto na qualidade
da BE e dos serviços leitura).
prestados.
- Mostrar a diferença
que faz na escola.
- Afectação de um
professor bibliotecário - Empenho (apesar
qualificado e de uma da falta de
equipa que assegure as formação de
rotinas inerentes à alguns) dos - Atribuição de
gestão, que articule e elementos da tarefas ajustadas
- Participação na
trabalhe com a escola, equipa. - Exagero de às competências
rede concelhia de
professores e alunos. - Tentativa de actividades de cada elemento
BES.
- Liderança do aproximação aos - Falta de uma propostas, não só da equipa.
- Formação
professor bibliotecário departamentos/doc prática ao nível de - Insistir em
contínua.
Organização e e da equipa. entes: - sugerindo sistemática escola, mas actividades que
- Abertura, por
Gestão da BE - Desenvolvimento de actividades de baseada na também por propiciem o
parte de um
estratégias de gestão e apoio ao recolha de parceiros. envolvimento dos
número
de integração da BE na desenvolvimento evidências. - Ambiente geral departamentos/do
significativo de
escola e no curricular; - que se vive na centes e que
professores, às
desenvolvimento solicitando carreira docente. contribuam para o
iniciativas da BE.
curricular. sugestões e desenvolvimento
- Desenvolvimento de colaboração;- curricular.
estratégias de gestão propondo
baseadas na recolha actividades em
sistemática de articulação.
evidências.
Conhecimento na área Biblioteca escolar
Escola Secundária João da Silva Correia
- Organização e - Colecção - - Formação - Espera - Gerir a verba
Gestão da Colecção equipamento de acordo organizada Inoperacionalidad prevista em prolongada para atribuída à BE,
com os standards segundo a CDU. e do programa de catalogação (GIB) que a autarquia procurando
definidos, facultando - Disponibilidade catalogação. para o professor (fornecedora do contemplar
condições de acesso e da equipa para - Inexistência de bibliotecário. GIB) auxilie na equitativamente
de trabalho individual apoiar na procura um catálogo - Apoio da resolução do as solicitações
ou em grupo. de digital. coordenadora do problema com o dos vários
documentos/infor - Falta de SABE. programa de departamentos e
- A BE deve mação. formação da - Abertura por catalogação. as propostas
disponibilizar um - Consideração das maioria dos parte da Direcção individuais dos
conjunto de recursos de sugestões, elementos da para canalizar utilizadores(coloc
informação, em individuais e equipa no outras verbas adas na caixa de
diferentes ambiente e através dos programa de disponíveis na sugestões).
suportes, actualizada e departamentos, na catalogação. escola para a BE. - Convidar os
em extensão e aquisição de fundo - Orçamento departamentos a
qualidade adequadas às documental e escasso, tendo em participar no
necessidades dos equipamento. conta as desbaste de
utilizadores. - Prática do necessidades. colecção.
empréstimo intrer- - Procurar
bibliotecário, canalizar outras
aproveitando a verbas
rede. disponíveis para o
- Actividades de aumento do
divulgação do espólio da
espólio. Biblioteca
(exemplos: verbas
cedidas pela
Associação de
Conhecimento na área Biblioteca escolar
Escola Secundária João da Silva Correia
Pais; Verbas do
Curso
Profissional, etc)
- BE - espaço de
- Formação de
trabalho e de
utilizadores da BE
construção de
para turmas em
conhecimento
início de ciclo. - A falta de
- A BE ganha um papel
-Colaboração na tempo, tendo em
preponderante no
articulação entre conta a
acompanhamento
Língua Portuguesa multiplicidade de
A BE como espaço curricular e das
e Área de Projecto - O entendimento, competências do - Continuar os
de conhecimento e aprendizagens,
8º ano (PNL). - Demora na por parte de professor projectos
aprendizagem trabalhando
- Desenvolvimento consecução dos alguns docentes bibliotecário e da iniciados.
Trabalho colaborativamente e em
de um projecto de projectos, de que a as sua equipa. - Chamar cada
colaborativo e articulação com os
literacia da sobretudo o da actividades vez mais docentes
articulado com departamentos e
informação em literacia da propostas pela Be - A dificuldade de para um trabalho
Departamentos e docentes, com vista ao
conjunto com informação. podem ser uma alguns colaborativo e
docentes. sucesso educativo dos
algumas mais-valia para as departamentos/ articulado com a
estudantes.
disciplinas. suas aulas. professores BE.
- A BE deve integrar-se
- Apoio ao programarem
a nível institucional e
contrato de leitura actividades em
programático de acordo
em Inglês e conjunto com
com os objectivos
Português. outras estruturas
educacionais e
- Elaboração do
programáticos da
PAA da BE, tendo
Escola (ir ao encontro
em conta o PEE.
da metas do PEE) .
Formação para a - A BE deve ter um - Desenvolvimento - Ainda há muito - Adesão de - Aumento - Desenvolver os
Conhecimento na área Biblioteca escolar
Escola Secundária João da Silva Correia
papel preponderante na
formação para as
de actividades de
diferentes literacias.
promoção da
- A BE deve contribuir a fazer no campo
leitura, no âmbito projectos
para o sucesso das literacias.
do PNL. indicados,
educativo dos bastantes
leitura e para as - Desenvolvimento recorrendo a uma
estudantes. - Dificuldade na professores ao desmedido de
literacias de um projecto no prática baseada na
- A BE deve angariação de projecto da solicitações intra
âmbito da literacia recolha e análise
desenvolver colaboradores literacia da e extra escola.
da informação, em de evidências de
competências de leitura efectivos fora da informação.
articulação com modo a tomar o
e um programa de equipa (sobretudo
algumas rumo certo.
literacia da Informação, para o PNL).
disciplinas (ainda
integrado no
no início).
desenvolvimento
curricular.
BE e os novos - A BE deve apoiar a - Disponibilidade - Implementação - Apoio do - Velocidade do
ambientes digitais. infra-estrutura para encontrar do projecto PTE, professor progresso da - Conseguir a
tecnológica, soluções para os ainda com responsável pelo tecnologia, atribuição de mais
contribuindo para o seu problemas sentidos algumas falhas. PTE. incompatível com horas na BE ao
uso e integração nas pelos utilizadores. - Falta de tempo o tempo professor de TIC.
práticas lectivas. - Integração na para uma disponível para
- A BE deve ser capaz equipa de um actualização uma actualização - Formação na
de organizar a professor de TIC. constante nas constante da área.
informação digital para - Construção de novas equipa.
estar pronta a usar no uma página Web. tecnologias.
quadro interactivo. - Comunicação - Falta de
- A BE deve criar com os formação nesta
ambientes virtuais de departamentos, área.
Conhecimento na área Biblioteca escolar
Escola Secundária João da Silva Correia
outras estruturas e
aprendizagem. parceiros via net.

- Elaboração e
aplicação de
instrumentos de
- Desenvolver uma avaliação sólidos,
- Consciência da
actividade sistemática - Falta de - Falta de tempo que ajudem a
premência da
de recolha de instrumentos para uma decidir sobre
Gestão de criação e aplicação
informação que nos consistentes de - Sem dúvida, avaliação acções futuras.
evidências/ de instrumentos de
permita ajuizar e recolha de esta formação. atempada e - Elaboração de
avaliação. avaliação mais
decidir de forma evidências. sistemática dos instrumentos que
estruturados e
fundamentada o rumo a resultados. permitam avaliar
consistentes.
dar à nossa acção. o grau de
consecução das
metas previstas
no PEE.

Gestão da
mudança
Factores de sucesso Obstáculos a vencer Acções prioritárias
SÍNTESE
Conhecimento na área Biblioteca escolar
Escola Secundária João da Silva Correia
Desenvolver uma
actividade
sistemática de
recolha de
- Falhas na construção da equipa
informação que nos - Catalogação informatizada com vista
(vários elementos, a maioria sem
permita ajuizar e construção e acessibilidade do
formação especializada e com apenas
decidir de forma - Desenvolvimento de projectos no âmbito da catálogo digital.
90mn semanais na BE; ausência de um
fundamentada o literacia da informação e da leitura. - Formação especializada dos
tempo comum semanal a todos os
rumo a dar à nossa - Aproximação aos departamentos/docentes, membros da equipa.
elementos da equipa).
acção. O rumo, no auscultando as suas necessidades, pedindo - Definição e formação de uma equipa
- Problemas técnicos no programa de
contexto de sugestões, propondo actividades de apoio ao multidisciplinar, com momentos
catalogação, cuja resolução depende
mudança, deve desenvolvimento curricular, … comuns no seu horário de BE.
de entidades exteriores à escola.
privilegiar - Gestão da colecção, respeitando as - Criação de instrumentos com vista a
- Excesso de solicitações intra e extra
projectos no âmbito necessidades dos utilizadores. uma avaliação baseada na prática e na
escola que levam à saturação de
da leitura e das - Acessibilidade a suportes variados de recolha de evidências.
professores, pais e alunos.
literacias. Os informação. - Continuar e melhorar os projectos no
- Ambiente de desânimo que assola a
projectos devem âmbito das literacias e da leitura.
carreira docente.
envolver os
departamentos/doce
ntes e devem ser
capazes de gerar
conhecimento.
Ana Valente Leite
Novembro 2009