Você está na página 1de 13
INSTITUTO FEDERAL MINAS GERAIS Campus Ouro Preto
INSTITUTO FEDERAL
MINAS GERAIS
Campus Ouro Preto

MODULAÇÃO

DIGITAL

Marcos Paulo Torre

Modulação Digital

A modulação é uma técnica utilizada para transmitir informação através de um sinal portador, geralmente senoidal, com características favoráveis para a propagação do sinal no canal de comunicação. Definido como um sistema que recebe duas entradas (informação e portadora) e fornece um sinal de saída que será utilizado no transporte da informação.

Portadora
Portadora

(t)

Modulação Analógica X Modulação Digital

Com avanço tecnológico e o desenvolvimento das comunicações digitais, foram desenvolvidas técnicas de modulação capazes de transportar informação digital por meio de um sinal analógico. Além disso, as técnicas da teoria da informação aumentaram a capacidade de transmissão e tornou a transmissão de informação economicamente viável.

Os sistemas puramente

analógicos, com modulação AM e/ou FM, têm

sido gradativamente substituídos por sistemas digitais , que apresentam como

vantagem maior confiabilidade e capacidade de transmissão , podendo ser produzidos a um menor custo.

Qualquer que seja a modulação, três parâmetros da onda portadora podem ser modificados pelo sinal modulador. São eles:

Amplitude

Frequência

Fase

Esses parâmetros também podem ser modificados simultaneamente, transmitindo a informação.

Modulação ASK

A modulação ASK (Amplitude Shift Keying) consiste em alterar o nível de amplitude da portadora em função de um sinal de entrada com níveis de amplitude discretos.

A modulação ASK apresenta facilidade na modulação e na demodulação e baixa imunidade à ruídos, sendo utilizada em transmissões via fibra-óptica, onde não há ruídos.

O sinal ASK divide-se em:

BASK: Ocorre quando o sinal é binário .

MASK: Ocorre quando o sinal é multi-nível.

Modulação BASK

A modulação BASK (Amplitude Shift Keying) consiste em alterar o nível de amplitude da portadora em função de um sinal de entrada com níveis de amplitude discretos.

Os bits transmitidos são representados pela amplitude da onda portadora, sendo a menor amplitude o nível lógico “N1” e a maior amplitude o nível lógico “N2”. A fase e a frequência da portadora não se alteram.

N2 N2 N1 N1 (t)
N2
N2
N1
N1
(t)

Modulação BASK - OOK

É um caso particular do sinal BASK. Também conhecido como on-off, ocorre quando um dos níveis do sinal é “0“. Representa o sinal lógico “0” pela ausência do sinal de portadora e o nível lógico “1” pela presença do sinal de portadora. A fase e a frequência da portadora não se alteram.

1 1 0 0 (t)
1
1
0
0
(t)

Modulação MASK

A modulação multi-nível ASK (MASK) tem variedade maior que uma unidade, apresentando maior quantidade de níveis discretos de amplitude . A modulação MASK aumenta a variabilidade do sinal, porém diminui os intervalos de decisão dos níveis de amplitude, diminuindo a imunidade aos ruídos e interferências do sistema de comunicação.

N1 N3 N2 N4
N1
N3
N2
N4

Modulação FSK

O processo de modulação por chaveamento de frequência (FSK) consiste em variar a freqüência da onda portadora em função do sinal modulante, no presente caso, o sinal digital a ser transmitido. A modulação FSK é utilizada em modens de baixa velocidade. Diferente da modulação FM, o FSK desloca a freqüência entre apenas dos pontos fixos separados. O modulador FSK é formado por dois moduladores ASK.

O sinal FSK divide-se em:

BFSK: Ocorre quando o sinal é binário .

MFSK: Ocorre quando o sinal é multi-nível.

Modulação BFSK

Os bits transmitidos são representados pela frequência da onda portadora, sendo uma frequência “f1” que representa o nível lógico “0” e outra frequência que represente o nível lógico “1”. A amplitude da portadora não se altera. O modulador FSK é constituído a partir de dois moduladores ASK.

f1 f2 f1 f2
f1
f2
f1
f2

(t)

Modulação MFSK

O sinal multi nível FSK (MFSK) pode ser produzido pela seleção de vários geradores, no receptor podem-se usar filtros sintonizados para cada freqüência.

Cada nível desejado apresenta uma determinada frequência. A amplitude e a fase da portadora não se alteram.

N1 N2 N3 N4
N1
N2
N3
N4

(t)

Modulação PSK

A modulação PSK (Phase Shift Keying) consiste em alterar o nível de fase da portadora em função de um sinal de entrada.

Os bits transmitidos são representados pela inversão da fase da onda portadora, sendo que a cada inversão de por exemplo, 180°, ocorre a mudança do nível lógico. A amplitude e a frequência da portadora não se alteram.

N1 N2 N1 N2 (t)
N1
N2
N1
N2
(t)

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

http://pessoal.utfpr.edu.br/gustavothl/modulacao/doc1.pdf

http://www.google.com.br/url?sa=t&source=web&cd=3&sqi=2&ved=0CA4QFjAC&u

rl=http%3A%2F%2Fwww.maua.br%2Farquivos%2Fartigo%2Fh%2F8c239ee2b10d1

64198633092eb65a2e9&rct=j&q=Modula%C3%A7%C3%A3o+Digital&ei=NTEYTKL

4IIW8lQfC_9DTCw&usg=AFQjCNHeOpxBDtpkQumxQqT18bcHqCbSUg