CURSO DE ACONSELHAMENTO CRISTÃO SÍNDROMES E TRANSTORNOS COMPULSIVOS

ASPECTOS INTRODUTÓRIOS DO ACONSELHAMENTO CRISTÃO

OBJETIVO ESPECÍFICO Formação contínua de diáconos e líderes de ministério ao exercício do aconselhamento cristão.

JUSTIFICATIVA A igreja precisa está preparada para exercer sua missão integral no Reino de Deus como comunidade terapêutica cuidando dos males que atingem a natureza humana.

CONCEITO O aconselhamento busca estimular o desenvolvimento da personalidade; ajudar os indivíduos a enfrentarem mais eficazmente os problemas da vida, os conflitos íntimos e as emoções prejudiciais;

CONCEITO prover encorajamento e orientação para aqueles que tenham perdido alguém querido ou estejam sofrendo uma decepção; e para assistir às pessoas cujo padrão de vida lhes cause frustração e infelicidade.

CONCEITO Além disso, o conselheiro cristão busca levar o indivíduo a uma relação pessoal com Jesus Cristo e seu alvo é ajudar outros a se tornarem, primeiramente, discípulos de Cristo e depois discipularem outros (COLLINS, 1984).

OBJETIVOS DO ACONSELHAMENTO CRISTÃO AutoAuto-compreensão Compreender a si mesmo é, no geral, o primeiro passo para a cura.

OBJETIVOS DO ACONSELHAMENTO CRISTÃO Comunicação O aconselhado precisa aprender a comunicar sentimentos, pensamentos e atitudes, correta e eficazmente.

OBJETIVOS DO ACONSELHAMENTO CRISTÃO Aprendizado e Modificação de Comportamento
O aconselhamento inclui ajuda no sentido de fazer com que o aconselhado desaprenda o comportamento negativo e aprenda meios mais eficientes de agir.

OBJETIVOS DO ACONSELHAMENTO CRISTÃO AutoAuto-realização
O alvo da vida se completa em Jesus, é ele que desenvolve nosso mais elevado potencial mediante o poder do Espírito Santo que nos leva à maturidade espiritual e cristã.

OBJETIVOS DO ACONSELHAMENTO CRISTÃO Apoio
O aconselhado com freqüência consegue alcançar cada um dos alvos acima e funciona efizcamente, salvo em períodos temporários de tensão ou crises incomuns.

OBJETIVOS DO ACONSELHAMENTO CRISTÃO Estabeleça objetivos bem definidos
É importante que o conselheiro e aconselhado estabeleçam alvos ou objetivos definidos para o aconselhamento.

QUALIFICAÇÕES DO ACONSELHAMENTO EFICAZ Cordialidade
Este termo implica em cuidado, respeito ou preocupação sincera, sem excessos, pelo aconselhado.

QUALIFICAÇÕES DO ACONSELHAMENTO EFICAZ Sinceridade
A sinceridade implica em espontaneidade sem irreflexão e honestidade sem confrontação impiedosa.

TÉCNICAS DE ACONSELHAMENTO Atenção
(a) Estabeleça contato visual; (b) Postura relaxada e levemente inclinada; (c) Gestos naturais contidos;

TÉCNICAS DE ACONSELHAMENTO Ouvir
(a) Percepção apurada; (b) Evite expressões negativas ou de juízo; (c) Seja paciente e cauteloso em momentos catases; (d) Ouvir clinicamente;

TÉCNICAS DE ACONSELHAMENTO Ouvir
e) f) g) h) Observar as reações corporais; Evite desviar os olhos do aconselhado; Sentar-se imóvel; SentarLimitar o número de excursões mentais às próprias fantasias.

TÉCNICAS DE ACONSELHAMENTO Ouvir
i) Controlar os sentimentos em relação ao aconselhado que possam interferir com uma atitude de aceitação

TÉCNICAS DE ACONSELHAMENTO Ouvir
j) Compreender que é possível aceitar plenamente o aconselhado sem aprovar ou sancionar atitudes e comportamento destrutivos para o aconselhado ou para outros.

TÉCNICAS DE ACONSELHAMENTO Responder
a) b) c) d) Orientar ou liderar; Refletir; Perguntar; Confrontar;

TÉCNICAS DE ACONSELHAMENTO Responder
e) Informar; f) Interpretar; g) Apoiar e encorajar.

TÉCNICAS DE ACONSELHAMENTO Ensinar O conselheiro é um educador, ensinando por meio da instrução e orientando o aconselhado à medida que ele aprende a enfrentar os problemas da vida. vida.

PRESCRIÇÃO CLÍNICA a) Testes, discussão e Guias de Estudo; b) Tarefas Comportamentais; c) Leitura, música, arte, cultura; d) Atividades ricas em relaxamento corporal e mental; e) Alimentação rica em ômega 3, legumes e verduras (evitar cafeína e gordura animal).

PRESCRIÇÃO CLÍNICA f) Chás homeopáticos: valeriana 400mg; Melissa 300 a 900 mg; mg; Passiflora 2 gramas (diário).

CURSO DE ACONSELHAMENTO CRISTÃO SÍNDROMES E TRANSTORNOS COMPULSIVOS

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful