Você está na página 1de 3

Exercícios Resolvidos Diego Oliveira - Vitória da Conquista/BA

Intercessão Entre Conjuntos


Contato: nibblediego@gmail.com

Escrito por Diego Oliveira - Publicado em 03/09/2016 - Atualizado em 16/07/2017

O que preciso saber?


O mais importante aqui é entender exatamente como funcionam as fórmulas que
determinam o número de elementos nos diagramas de Euler-venn.

Exemplo 1: Numa pesquisa a res- 500 − 30 = 470


peito da assinatura das revistas A e
B, foram entrevistadas 500 pessoas.
Verificou-se que 20 delas assinavam a re-
vista A, 14 a revista B e 4 as duas revis- Exemplo 2: Se A, B e C são conjuntos
tas. Quantas das pessoas entrevistadas finitos, mostre que:
não assinavam nenhuma das revistas?
n(A ∪ B ∪ C) = n(A) + n(B) + n(C) − n(A
Solução: ∩ B) − n(A ∩ C) − n(B ∩ C) + n(A ∩ B ∩
C)
O diagrama seguinte ilustra a situ-
ação.
Solução:
A B
Observe a figura a seguir. Nela temos
três conjuntos A, B e C que se intercep-
tam mutuamente.
20 4 14

C∩A C∩B
O número de asisinates das revistas C∩B∩A

(independente de qual revista seja ou de


quantas), é igual a 30. A B
A∩B

n(A ∪ B) = n(A) + n(B) − n(A ∩ B)


n(A ∪ B) = 20 + 14 − 4 = 30

Primeiro fazemos a soma dos elemen-


Subtraindo esse resultado do total de tos de cada região.
entrevistados, chega-se a resposta final
que é o total de 470 pessoas. n(A ∪ B ∪ C) = n(A) + n(B) + n(C)

1
Exercícios Resolvidos Diego Oliveira - Vitória da Conquista/BA

Em seguida subtraímos as regiões dele conclui-se que:


que são intercessões.
n(A − B) = n(A) − n(A ∩ B)
n(A ∪ B ∪ C) = n(A) + n(B) + n(C) −
n(C∩A) − n(C∩B) − n(A∩B) ⇒ 26 = n(A) − 10
Nesse processo o número de elemen- ⇒ n(A) = 36 (1)
tos da região (C ∩ B ∩ A) acabou sendo
subtraída duas vezes. Assim, vamos so-
mar esse número de elementos como Também temos que:
correção.
n(A ∪ B) = n(A) + n(B) − n(A ∩ B)
n(A ∪ B ∪ C) = n(A) + n(B) + n(C) −
n(C∩A) − n(C∩B) − n(A∩B) + n(C∩B∩A) ⇒ 40 = n(A) + n(B) − 10

Reorganizando os elementos e ⇒ n(A) + n(B) = 50 (2)


levando em conta que n(A∩C) = n(C∩A),
e que assim ocorre para as demais
e por último
regiões, chega se a conclusão que:

n(A∪B∪C) = n(A) + n(B) + n(C) − n(B − A) = n(B) − n(A ∩ B)


n(A∩B) − n(A∩C) − n(B∩C) + n(A∩B∩C)
⇒ n(B − A) = n(B) − 10 (3)

Exemplo 3: Sejam A e B conjuntos Com (2) e (1) concluímos que n(B) =


finitos tais que n(A∪B) = 40, n(A∩B) = 14.
10 e n(A−B) = 26. Determine n(B−A).
Usando esse resultado em (3):
Solução:
n(B − A) = 14 − 10 = 4
Observe o diagrama
Assim, n(B − A) = 4
A B

A∩B

2
Exercícios Resolvidos Diego Oliveira - Vitória da Conquista/BA

Este trabalho está licenciado com uma


Licença Creative Commons -
Atribuição-NãoComercial-
CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

Esse documento está sujeito a constante atualização ou mesmo correções, por


isso, certifique se que o que você têm em mãos é de fato a última versão do
mesmo. Para saber, bem como ter acesso a vários outros exercícios resolvidos
de matemática, acesse: www.number.890m.com

E se alguma passagem ficou obscura ou se algum erro foi cometido por favor
entre em contato para que possa ser feito a devida correção.

.ƒ cebook.com/ theNmberType

nbbedego@gm.com

.nmber.890m.com