Você está na página 1de 11

Departamento Economia: Mercado de Capitais Pedro Paulo H.

Wilhelm

Análise Técnica X Análise Fundamentalista: Por que os preços oscilam?


No decorrer destes anos de estudo, duas escolas
distintas tomaram forma, dois métodos radicalmente
diversos de dar resposta ao problema dos investidores,
de dizer-lhes o que e quando comprar ou vender.A
primeira destas escolas é conhecida como
Fundamentalista; a segunda como Técnica.
• O Fundamentalista examina o desempenho da empresa,
seus balanços, dividendos, capacidade de sua diretoria,
a competição;
• O Técnico examina a evolução das estatísticas das ações
no mercado e as características(padrões) de tendência.
1
Departamento Economia: Mercado de Capitais Pedro Paulo H. Wilhelm

ENFOQUE FUNDAMENTALISTA
"é a arte de analisar e projetar resultados de uma
empresa”, isto é, “preço de uma ação é função de
lucros projetados".
A Análise baseia-se na idéia que existe uma correlação
lógica entre o valor patrimonial futuro de uma ação e seu
valor (cotação) de mercado.
Portanto, a visão deve ser projetiva e não retroativa, ou
histórica. A história passada serve de base para
estabelecer os padrões e o potencial de retorno. Esta
visão deve ser igual ou maior do que 1 exercício (ano)
2
Departamento Economia: Mercado de Capitais Pedro Paulo H. Wilhelm

Socorro, O Que Acontece?

mescardoso - 15/Mai/2008 10:29

Amigos, por favor alguém pode me dar um help........ A cia divulgou seu dados ontem e
achei o resultado muito bom, entretanto no dia da divulgação o papel cai 11%, não
entendi!!!!.......

3
Departamento Economia: Mercado de Capitais Pedro Paulo H. Wilhelm

ATIVO: Aplicação Recursos PASSIVO: Fonte Recursos

Ativo Circulante(Curto Prazo) Passivo Circulante


Caixa Fornecedores
Aplicações Salários
Contas a Receber Passivo Oneroso
Divida Curto Prazo
Ativo Permanente (Longo Prazo) Divida Longo Prazo
Prédios/Instalações
Equipamentos Patrimônio Líquido
Marcas/Patentes Capital Social
Reservas
Lucro/Prejuízo

4
Departamento Economia: Mercado de Capitais Pedro Paulo H. Wilhelm

ENFOQUE FUNDAMENTALISTA
Atributos essenciais da análise:
Rentabilidade Patrimonial: fluxo % de Lucro futuro que o
capital empregado (Pat. Liquido) pode gerar
LIQUIDEZ: Prazo necessário p/ transferir a titularidade das
ações, por um “preço justo”.
RISCO: Probabilidade de não reaver o capital empregado e
ou obter o rendimento esperado.
Risco Negócio = não ocorrência do rendimento esperado.
Risco Financeiro = probabilidade de Insolvência.
Risco Mercado = Mudanças Conjunturais
5
Departamento Economia: Mercado de Capitais Pedro Paulo H. Wilhelm

ENFOQUE FUNDAMENTALISTA
Variáveis a análise de retorno e Preço Futuro

Pa = Preço Atual : cotação mercado


Lpa = (lucro)/ação): Lucro Anual Líquido realizado
por ação (Dez t-1)

Lpa*= Lucro por ação projetado (futuro). Até o final


do ano.

VPa = (Valor Patrimonial)/No ações: Patrimônio


Líquido / número de ações em circulação (Dez t-1). 6
Departamento Economia: Mercado de Capitais Pedro Paulo H. Wilhelm

ENFOQUE FUNDAMENTALISTA
Parâmetros para a análise de retorno e Preço Futuro

Pa/Lpa = N : Fator tempo de retorno do capital (anos)

Pa/VPa = Fo : Fator oportunidade


Obs: >1 com ágio, = 1 preço justo < 1 com deságio

Lpa/VPa = %Rp : Fator Desempenho (Rentabilidade patrimonial)


7
Departamento Economia: Mercado de Capitais Pedro Paulo H. Wilhelm

ENFOQUE FUNDAMENTALISTA
RISCO:
Para reduzir risco, não adianta apenas diversificar uma carteira,
mas sim, diversificar ativos com diferentes coeficientes de
correlação.
Todo risco pode ser dividido em dois componentes:
1) DIVERSIFICÁVEL, ou, NÃO-SISTEMÁTICO
2) NÃO-DIVERSIFICÁVEL, ou SISTEMÁTICO (conjuntura e
variáveis macroeconômicas)
BETA= indicador do nível de Risco Sistemático. Quanto maior ,
o risco, maior deve ser o retorno esperado. Beta =1, significa que
o retorno da ação tem o mesmo risco sistemático do Indicador de
Mercado(Bolsa): No caso do Brasil=IBOVESPA 8
Departamento Economia: Mercado de Capitais Pedro Paulo H. Wilhelm

Critérios para análise e classificação:

Por tipo de Risco : BETA = Agressiva(B>1), Neutra (B=1) e Conservadora (B<1)


Finalidade: Serve para classificar carteiras de ações por grau de Risco de Mercado
Por Ágio/Deságio: Pa/VPa = Ágio(>1) e Deságio (<1)
Finalidade: Serve para separar a análise: não comparar ações com Ágio e Deságio
Por Equivalência: Lpa/VPa , Faixas/Padrão de retorno
Finalidade: Serve para classificar ações pelo padrão de rentabilidade. Este critério permite
comparar o desempenho de ações de qualquer setor
Por Atratividade: Se Pa/Lpa >0, quanto menor melhor e
Se Pa/Lpa <0, quanto maior melhor
Finalidade: Serve como critério de escolha entre ações equivalentes
9
Departamento Economia: Mercado de Capitais Pedro Paulo H. Wilhelm

ENFOQUE FUNDAMENTALISTA
Parâmetros a análise de oportunidades:

Lpa* (PROJETADO)
Po =
%Co + % Ri

Po = Preço de Oportunidade (Preço referencial máximo de compra)


Lpa* = Lucro anual, por ação, projetado
%Co = Custo de Oportunidade (% Rendimento Alternativo Garantido)
%Ri = Prêmio Risco (% Retorno relacionado com Risco Sistemático)
10
Departamento Economia: Mercado de Capitais Pedro Paulo H. Wilhelm

ENFOQUE FUNDAMENTALISTA
Alternativas para análise de oportunidades:

Lpac = Pa . (%Co + % Ri) %Rc = Lpa*/VPa


%Rc = Rentabilidade Projetada Comprada
Lpac = Lucro, por ação, comprado.
VPa = Valor Patrimonial (dez t-1)
Pa = Preço Atual mercado
%Co = Custo de Oportunidade (% Rendimento Alternativo Garantido)
%Ri = Prêmio Risco (% Retorno relacionado com Risco Sistemático)
11