Você está na página 1de 1

“A Bíblia não tem inspiração divina”

Ehrman afirma que apenas oito dos 27 livros no Novo Testamento foram escritos pelos autores aos quais são
atribuídos
O americano Bart Ehrman cresceu em uma família religiosa e, quando adolescente, havia se tornado um
evangélico fervoroso. O interesse pela Bíblia e por sua história o acompanhou a vida toda e hoje, após 35
anos de estudo, diz ter abandonado o Cristianismo por não acreditar que Deus poderia estar no “comando de
um mundo cheio de dor e sofrimento”. Professor de estudos religiosos na Universidade da Carolina do Norte
em Chapel Hill, Ehrman já escreveu 21 livros sobre religião, incluindo Verdade e Ficção em O Código Da
Vinci, sobre o best-seller de Dan Brown, e O que Jesus Disse? O que Jesus Não Disse? – Quem mudou a
Bíblia e por quê, que figurou entre os mais vendidos na lista do jornal The New York Times. Agora, em Jesus,
Interrupted (ainda sem tradução), que será lançado no Brasil no segundo semestre, Ehrman tenta revelar as
contradições da Bíblia, que provam, segundo ele, que o livro não foi enviado à humanidade por Deus. Veja
materia inteira: Época

Opinião: Eu também concordo com Ehrman em partes. Por exemplo, eu não acredito que a Biblia seja
totalmente inspirada, mas, que apenas, tem fragmentos revelados. Como também acho que muito do que na
Biblia lemos, não passa de opinião dos autores, além do mais, varios livros, tem complementos de terceiros,
erros e equivocos. Também acredito sim nessa tese de que a Igreja Católica quer que os fiéis sigam os
ensinamentos da Igreja e não da Biblia, mas, o fato dos protestantes, querer o inverso, também é um grande
erro, pois, não podemos nos abalisar pela Biblia somente e sim por muitas outras revelações que não estão
inseridas nela.

Discordancias, contradições e erros até leigos notam facilmente é só estudar. No entanto, só podemos
encontrar dois tipos de estudiosos da Biblía, os que quanto mais estudam acreditam nela e os que quanto
mais estudam mais discordam. Então os que mais tem chances de avançar em conhecimento são os que não
se prendem ao fanatismo e ao sectarismo.

Quanto a dizer que Jesus foi interrompido por outros personagens, Ehrman está completamente equivocado,
a imagem, mensagem e postura de Cristo é tão forte que é capaz de converter muitas milhares de pessoas só
com a leitura do Sermão da Montanha e seus milagres. Já quanto Paulo falar que só a fé é necessaria e no
Evangelho mostrar que as boas obras é que salvam, é realmente confuso. Mas, não é uma das coisas que
mais nos atormentam pensar nessa contradição, sabemos que as doas coisas são importantes, como já
lemos que "a fé sem obras é morta".

Acreditar que Deus não controla o universo além de burrice é rídiculo, por se basear nas dores e provações
na Terra. Essa visão é encontrada em todas as pessoas que não aceitam a espiritualidade, carma e
imortalidade da alma. Assim fica-se mais dificil perceber os conceitos do Criador.

Acreditar que o universo vêm a bilhões de anos se transformando e se adaptando sozinho é muito mais
absurdo a meu vêr do que aceitar a existencia de um Criador. Essa historia de que vulcões e bacterias foram
os criadores da vida na Terra é ridicola e fantasiosa. Além do mais, a terra não tem bilhões de anos, nunca foi
congelada, nunca foi uma bola de fogo, e o que me dá tanta certeza é minha fé Deus. Além do mais advinhar
o passado é tão dificil, quanto advinhar o futuro. Tudo não passa de teoria.

Carlinhos Lima - Astrologo