Você está na página 1de 54
Apresentação Institucional Fevereiro de 2017
Apresentação Institucional
Fevereiro de 2017
Agenda 1. Visão geral da Companhia 2. Principais divisões de negócios  Aluguel de carros
Agenda
1. Visão geral da Companhia
2. Principais divisões de negócios
 Aluguel de carros
 Gestão de frotas
 Seminovos
3. Dados Financeiros
Anexo: Earnings release 4T16
2
A Companhia: principais acontecimentos Fase I – Alcançando a liderança Fase II – Expansão Fase
A Companhia: principais acontecimentos
Fase I – Alcançando a
liderança
Fase II – Expansão
Fase III – Ganhando escala
1984 – Estratégia de expansão por
2005 – IPO: valor de mercado de
adjacências: Franchising
US$ 295 milhões
1973 – Fundada em Belo
Horizonte/MG
1991 – Estratégia de expansão por
2011 – Avaliada como investment
adjacências: Seminovos
grade pela Moody’s, Fitch e em 2012
Final dos anos 70 -
Aquisições no nordeste do
Brasil
pela S&P
1997 – Estratégia de expansão por
adjacências: Gestão de Frotas
2012 – ADR nível I
1981 – líder brasileira no
1997 – Empresa de PE DL&J
aluguel de carros
compra 1/3 da Cia. a um valor de
mercado de
US$ 150 milhões
31/12/2016 – Valor de mercado de
cerca de US$2,2 bilhões com
volume médio negociado de cerca
de US$11,3 milhões por dia
1973
1982
1983
2004
2005
2016
3
Plataforma integrada de negócios Aluguel de Carros Gestão de Frotas  94.156 carros  34.948
Plataforma integrada de negócios
Aluguel de Carros
Gestão de Frotas
 94.156 carros
 34.948 carros
 6,4 milhões de clientes
 925 clientes
 333 agências
 397 colaboradores
 4.865 colaboradores
Sinergias:
poder de barganha
redução de custo
cross selling
Franchising
Seminovos
 49,8% vendido a consumidor final
 14.015 carros
 84 lojas
 158 agências no Brasil
 53 cidades
 70 agências no exterior
 1.029 colaboradores
 33 colaboradores
A plataforma integrada proporciona à Localiza flexibilidade e performance superior.
Números do 4T16
4
A Companhia: Divisões da plataforma de negócios Aluguel de Carros Franchising Gestão de Frotas Venda
A Companhia: Divisões da plataforma de negócios
Aluguel de Carros
Franchising
Gestão de Frotas
Venda de Seminovos
Aluga para indivíduos e
empresas, em aeroportos
e fora de aeroportos.
Tem objetivo de expandir
a rede da Localiza.
Terceiriza frotas de clientes
em contratos com prazos
de 2-3 anos.
Vende os carros usados
principalmente para o
consumidor final após o
aluguel e estima o valor
residual dos carros.
 Alto custo fixo
 Negócio suplementar
 Baixo custo fixo
 Área de suporte
 Frota padronizada
 Importante na
distribuição
 Frota customizada
 Reduz a depreciação
 Ciclo de 1 ano
 Ciclo médio de 3 anos
 Alta barreira de entrada
 Alta rentabilidade
 Ganhos de escala
 Baixa barreira de
entrada
 Know How do mercado
de carros novos e
usados
 Capital intensivo
 Pequena contribuição
nos resultados
 Capital intensivo
 Mercado consolidado
aeroportos
 Baixa dependência de
intermediários
 Mercado fragmentado
fora de aeroportos
5
Ciclo financeiro da divisão de Aluguel de Carros 2016 Por carro Receita na venda do
Ciclo financeiro da divisão de Aluguel de Carros 2016
Por carro
Receita na venda
do carro
Ciclo de 1 ano
R$31,6
Receita
1
2
3
4
5
6
Despesas, juros e impostos
7
8
9
10
11
12
R$35,2
Preço médio do carro comprado
(média últimos 2 anos)
Aluguel de carros
Seminovos
Total
por carro operacional
por carro vendido
1 ano
R$
%
R$
%
R$
Receita líquida
Custos fixos e variáveis
SG&A
Receita líquida venda do carro
Valor residual do carro vendido
20,3
100,0%
34,6
100,0%
55,0
(10,1)
-49,5%
(10,1)
(3,7)
-18,1%
(3,1)
-8,9%
(6,8)
31,6
91,1%
31,6
(30,0)
-86,6%
(30,0)
EBITDA
Depreciação carros
Depreciação outros ativos
Despesa financeira
IR
6,6
32,3%
1,6
4,6%
8,2
(1,3)
-3,6%
(1,3)
(0,3)
-1,7%
(0,1)
-0,4%
(0,5)
(2,5)
-7,2%
(2,5)
(1,9)
-9,2%
0,7
2,0%
(1,2)
Lucro (Prejuízo) líquido
4,4
21,5%
(1,6)
-4,6%
2,8
NOPAT
5,0
ROIC
14,2%
Custo da dívida após impostos
10,2%
6
Ciclo financeiro da divisão de Gestão de Frotas 2016 Por carro Receita na venda do
Ciclo financeiro da divisão de Gestão de Frotas 2016
Por carro
Receita na venda
do carro
Ciclo de 3 anos
R$29,2
Receita
1
2
3
4
5
6
Despesas, juros e impostos
31
32
33
34
35
36
R$42,9
Preço médio do carro comprado
(média últimos 2 anos)
Aluguel de frotas
Seminovos
Total
por carro operacional
por carro vendido
3 anos
R$
%
R$
%
R$
Receita líquida
Custos fixos e variáveis
SG&A
Receita líquida venda do carro
Valor residual do carro vendido
61,3
100,0%
32,0
100,0%
93,3
(18,2)
-29,7%
(18,2)
(3,6)
-5,8%
(2,9)
-8,9%
(6,4)
29,2
91,1%
29,2
(25,7)
-80,4%
(25,7)
EBITDA
Depreciação carros
Depreciação outros ativos
Despesa financeira
IR
39,5
64,5%
3,4
10,7%
42,9
(11,1)
-34,8%
(11,1)
(0,3)
-0,4%
(0,2)
-0,5%
(0,4)
(6,5)
-20,2%
(6,5)
(11,8)
-19,2%
4,3
13,5%
(7,5)
Lucro (Prejuízo) líquido
27,5
44,8%
(10,1)
-31,4%
17,4
Lucro (Prejuízo) líquido - por ano
9,2
44,8%
(3,4)
-31,4%
5,8
NOPAT
8,1
ROIC (considera efeito do valor médio do carro na sua vida útil)
18,9%
Custo da dívida após impostos
10,2%
7
Visão geral consolidada – 2016 Em R$ milhões Receitas EBITDA EBIT* R$4.439 R$1.016 R$771 R$
Visão geral consolidada – 2016
Em R$ milhões
Receitas
EBITDA
EBIT*
R$4.439
R$1.016
R$771
R$ 652
R$ 1.445
15%
32%
R$ 420
R$ 437
R$ 468
41%
R$ 334
57%
46%
43%
R$ 2.343
53%
R$ 128
13%
*Resultado dos Seminovos está somado nas Divisões de Aluguel de Carros e Gestão de Frotas.
A rentabilidade da Companhia vem das Divisões de Aluguel de Carros e Gestão de Frotas.
8
Vantagens competitivas Rentabilidade vem das divisões de aluguel Venda de Aluguel de carros Captação de
Vantagens competitivas
Rentabilidade vem das divisões de aluguel
Venda de
Aluguel de carros
Captação
de recursos
Aquisição
carros
de carros
$
$
Caixa para renovar a frota ou pagar dívida
43 anos de experiência administrando ativos e gerando valor.
9
Vantagens competitivas: captação de recursos Venda de Aluguel de carros Captação de recursos Aquisição carros
Vantagens competitivas: captação de recursos
Venda de
Aluguel de carros
Captação
de recursos
Aquisição
carros
de carros
$
Grau de investimento: menores spreads e maiores prazos
Escala Nacional
brAA+ S&P
Aa1.br Moody’s
AAA(bra) Fitch
brAA- S&P
AA- (bra) Fitch
A- (bra) Fitch
brA+ S&P
AA- (bra) Fitch
brA S&P
A(bra) Fitch
Escala Global
BB+ Fitch
Ba3 Moody´s
Ba2 Moody’s
Baa1 Moody´s
B+ S&P
BB S&P
BB+ S&P
A Localiza capta recursos em melhores condições que os concorrentes.
10
Fonte: Bloomberg em fevereiro de 2017.
Vantagens competitivas: aquisição de carros Venda de Aluguel de carros Captação de recursos Aquisição carros
Vantagens competitivas: aquisição de carros
Venda de
Aluguel de carros
Captação
de recursos
Aquisição
carros
de carros
$
Número de carros comprados 2016
Participação da Localiza nas vendas internas
das montadoras em 2016
92.671
*
45.114
26.709
9.122
4,7%
Localiza
Movida
Unidas Locamerica
Os maiores volumes permitem a Localiza comprar carros com melhores condições
Fonte: website de cada Companhia e ANFAVEA
* Inclui franqueados .
11
Vantagens competitivas: aluguel de carros Venda de Aluguel de carros Captação de recursos Aquisição carros
Vantagens competitivas: aluguel de carros
Venda de
Aluguel de carros
Captação
de recursos
Aquisição
carros
de carros
$
Marca
Distribuição no Brasil
502
491
183
227
92
Localiza
Concorrentes
360
153
96
63
Localiza
Unidas
Hertz
Movida
A Companhia está presente em 180 cidades em que as outras grandes redes não operam.
Fonte: website de cada Companhia em 23/01/2017 e divulgação de resultados 4T16.
12
# de agências#
de cidades
Vantagens competitivas: Inovações Venda de Aluguel de carros Captação de recursos Aquisição carros de carros
Vantagens competitivas: Inovações
Venda de
Aluguel de carros
Captação
de recursos
Aquisição
carros
de carros
$
Localiza Way®
Nova plataforma para
oferta de serviços de
valor agregado
Connected Shuttle
Otimização do serviço
de transporte de
clientes em aeroportos
Localiza Fast®
Mobile Checklist
Mobile ‐ based counter bypass:
Antifraude
Solução taylor made para
prevenção a fraudes no
aluguel de carros
Self ‐service que propicia
agilidade e controle sobre a
experiência de aluguel de
carros. Os clientes podem
pegar o carro sem passar pelo
atendente.
Mais qualidade, controle e agilidade na
disponibilização dos carros para o
aluguel
Fast Checkout
Mais produtividade operacional e
rapidez na devolução dos carros
alugados
Inovações constantes permitem a manutenção do serviço premium.
13
Vantagens competitivas: Inovações Venda de Gestão de frotas Captação de recursos Aquisição carros de carros
Vantagens competitivas: Inovações
Venda de
Gestão de frotas
Captação
de recursos
Aquisição
carros
de carros
$
CONNECTED FLEET
MOBILE SOLUTION
Solução mobile integrada aos
serviços de Gestão de Frotas
para usuário e gestor da frota.
GESTÃO DE FROTAS
ONLINE
Solução de tecnologia integrada que
aumenta a inteligência competitiva,
alavancando ganhos de
produtividade.
Diagnóstico rápido e visão
amigável para gestão da frota
pelo cliente.
Oferta diferenciada com maior valor agregado ao cliente.
14
Vantagens competitivas: venda de carros Venda de Aluguel de carros Captação de recursos Aquisição carros
Vantagens competitivas: venda de carros
Venda de
Aluguel de carros
Captação
de recursos
Aquisição
carros
de carros
$
Venda direta ao consumidor final
Frota adicional durante
picos de demanda
Grande database
Conhecimento do mercado de seminovos: preferência do consumidor, preços e valor residual
Nível de satisfação de 70 (pesquisa feita 90 dias depois da compra)
15
ROIC versus Custo da dívida após impostos 17,5% 17,0% 16,9% 17,1% 16,5% 16,1% 15,4% 9,6p.p.
ROIC versus Custo da dívida após impostos
17,5%
17,0%
16,9%
17,1%
16,5%
16,1%
15,4%
9,6p.p.
9,5p.p.
7,5p.p.
8,5p.p.
5,2p.p.
9,8p.p.
10,5p.p.
10,2%
9,5%
8,6%
8,0%
7,3%
6,3%
6,0%
2010
2011
2012
2013
2014
2015
2016
ROIC
Custo da dívida após impostos
ROIC DE 2010 a 2014 considerou alíquota de IR/CSLL de 30%, e a alíquota efetiva partir de 2015
Spread de 5,2p.p. em linha com a estratégia de curto prazo da Companhia
e expectativa de forte queda de juros em 2017
16
Agenda 1. Visão geral da Companhia 2. Principais divisões de negócios  Aluguel de carros
Agenda
1. Visão geral da Companhia
2. Principais divisões de negócios
 Aluguel de carros
 Gestão de frotas
 Seminovos
3. Dados Financeiros
Anexo: Earnings release 4T16
17
Visão geral do Aluguel de Carros Distribuição do Aluguel de Carros (Brasil) Tamanho da frota
Visão geral do Aluguel de Carros
Distribuição do Aluguel de Carros (Brasil)
Tamanho da frota corporativa
94.156
77.573
76.755
70.717
65.086
494
491
476
474
479
2012
2013
2014
2015
2016
2012
2013
2014
2015
2016
2016 Composição da frota
94.156 carros
18
Drivers 84 milhões População adulta (idade > 20 anos) Classes A+B+C Acessibilidade ao aluguel de
Drivers
84 milhões
População adulta
(idade > 20 anos)
Classes A+B+C
Acessibilidade ao aluguel de carros
65 milhões
Possui cartão
de crédito
880
788
724
678
622
545
510
465
38% 37% 35% 31%
415
380
300 350
200 240 260
180
27% 22% 20% 18% 16% 15% 15% 13% 13%
12% 11% 9%
2001 2002 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015 2016
Salário mínimo (R$)
Preço diária / salário mínimo
6,4 Milhões
Fontes: IPEADATA, Programa fidelidade da Localiza e
Pesquisa SPC Brasil *jun/2013
Fonte: BCB e tarifas Localiza
O aumento da acessibilidade e a baixa penetração nas viagens de lazer
trazem oportunidades de crescimento.
* A pesquisa indicou que 77% da população brasileira possui pelo menos um cartão de crédtido. Amostra da pesquisa possuía 80% de
candidatos de classas A,B e C e 20% D e E.
19
Drivers Perspectivas do Investimento 2016-2019 (Em R$ bilhões) # Tráfego aéreo de passageiros domésticos Em
Drivers
Perspectivas do Investimento 2016-2019
(Em R$ bilhões)
# Tráfego aéreo de passageiros domésticos
Em milhões
Resíduos Sólidos
5,8
Portos
15,5
Aeroportos
17,0
Mobilidade Urbana
32,5
96
96
89
90
89
82
70
Ferrovias
32,9
Saneamento
35,8
Rodovias
87,1
2010
2011
2012
2013
2014
2015
2016
Telecomunicações
142,6
Energia
214,1
O fluxo de investimentos tende a beneficiar o
segmento corportativo.
Crescimento previsto de 2,5% do tráfego de 2017 a
2034.
Fonte: BNDES – Perspectivas do Investimento, Comitê de Análise
Setorial (CAS), fevereiro de 2016.
Fonte: Estatísticas ANAC 2010 a 2016 e IATA-Air
Passenger Forecast Global Report em fevereiro de 2016.
20
Agências de Aluguel de Carros no Brasil Agências fora de aeroporto Agências de aeroporto Mercado
Agências de Aluguel de Carros no Brasil
Agências fora de aeroporto
Agências de aeroporto
Mercado fora dos aeroportos ainda fragmentado.
Fonte: ABLA, divulgação de resultados 4T16 Localiza e website de cada Companhia em 23/01/2017
21
Participação de Mercado Receita Bruta - Aluguel de Carros 2016 Tamanho mercado: R$5,1 bilhões Localiza
Participação de Mercado
Receita Bruta - Aluguel de Carros 2016
Tamanho mercado:
R$5,1 bilhões
Localiza
(com franqueados)
45,2%
33,7%
Outros
13,5%
7,6%
Movida
Unidas
O market share da Companhia é maior que o do 2º e 3º competidores juntos.
Fonte: ABLA e dados de cada Companhia.
22
Agenda 1. Visão geral da Companhia 2. Principais divisões de negócios  Aluguel de carros
Agenda
1. Visão geral da Companhia
2. Principais divisões de negócios
 Aluguel de carros
 Gestão de frotas
 Seminovos
3. Dados Financeiros
Anexo: Earnings release 4T16
23
Visão geral da Gestão de Frotas Frota de final de período Número de clientes 34.312
Visão geral da Gestão de Frotas
Frota de final de período
Número de clientes
34.312
33.948
34.960
32.104
32.809
925
798
849
729
760
2013
2014
2015
2016
2012
2013
2014
2015
2016 2012
2016 Composição da frota
34.960 carros
Carros
econômicos
33,8%
Outros 66,2%
24
Drivers Penetração da frota alugada Mercado brasileiro Mundo 58,3% 46,9% Frota corporativa: 37,4% 4.000.000*
Drivers
Penetração da frota alugada
Mercado brasileiro
Mundo
58,3%
46,9%
Frota corporativa:
37,4%
4.000.000*
24,5%
16,5%
13,3%
11,0%
8,9%
Frota alugada:
440.737
34.960
*Estimativa Localiza
Baixa penetração da frota alugada no Brasil.
25
Fonte: ABLA, Datamonitor e Localiza
Participação do mercado Receita bruta - Gestão de Frotas 2016 Tamanho mercado: R$5,4 bilhões Localiza
Participação do mercado
Receita bruta - Gestão de Frotas 2016
Tamanho mercado:
R$5,4 bilhões
Localiza
12,2%
Movida
3,8%
69,3%
6,5%
Unidas
Outros
8,1%
Locamerica
Mercado fragmentado, com pouca barreira de entrada.
Fonte: ABLA, e dados de cada Companhia.
26
Agenda 1. Visão geral da Companhia 2. Principais divisões de negócios  Aluguel de carros
Agenda
1. Visão geral da Companhia
2. Principais divisões de negócios
 Aluguel de carros
 Gestão de frotas
 Seminovos
3. Dados Financeiros
Anexo: Earnings release 4T16
27
Venda de carros – dados operacionais # de pontos de venda 84 73 74 75
Venda de carros – dados operacionais
# de pontos de venda
84
73
74
75
77
66
55
2010
2011
2012
2013
2014
2015
2016
# carros vendidos (Quantidade)
70.621
68.449
62.641
64.305
56.644
50.772
47.285
2010
2011
2012
2013
2014
2015
2016
Ganho de eficiência na venda de carros.
28
Drivers seminovos: acessibilidade e penetração # de habitantes por carro Brasil 2005 a 2015 Acessibilidade
Drivers seminovos:
acessibilidade e penetração
# de habitantes por carro Brasil
2005 a 2015
Acessibilidade para comprar um carro novo
Preço público do modelo Gol
7,9
900
90
7,7
84
7,3
800
80
6,9
700
622 678 724 788 880
70
6,5
71
69 61
600
465 510 545
60
6,0
500
5,7
50
400
5,3
51
49
40
300
5,0
43
43
43
300 350 380 415 55
41
41
4,9 4,8
30
200
20
100
10
2005 2006 2007 2008 2009 20 10 2011 2012 2013 2014 2015
‐ 100
2005200620072008 2009201020112012 2013201420152016
Salário mínimo
Quantidade de salários mínimos para comprar um carro novo
Em países desenvolvidos o ratio se mantém entre
1 – 2 carros por habitantes.
Fonte: BCB e Localiza
Fonte: Sindipeças e Abipeças – Relatório da Frota Circulante
de 2016, abril de 2016.
Referência: para cálculo da quantidade de salários foi utilizado o preço
público do Veículo Gol.
29
Mercado brasileiro: carros novos x usados e acessibilidade Em milhões de carros 10,1 9,9 10,0
Mercado brasileiro:
carros novos x usados e acessibilidade
Em milhões de carros
10,1
9,9
10,0
9,0
9,4
8,9
Carros usados
8,4
4,0x
5,0x
2,6x
2,5x
2,6x
3,1x
2,5x
3,6
3,6
3,3
3,5
3,3
Carros novos
2,5
2,0
2010
2011
2012
2013
2014
2015
2016
Mercado total de 12,0 milhões de carros.
Fonte: FENABRAVE (Veículos + comerciais leves)
30
Venda de carros – dados operacionais 0,7% 3,4% 15,3% Carros usados – 2016 Carros novos
Venda de carros – dados operacionais
0,7%
3,4%
15,3%
Carros usados – 2016
Carros novos - 2016
Até 2 anos - 2015
10.008.769
1.986.362
419.085
Principais players
• Revendas de carros
usados
• Concessionárias de
carros novos
• Empresas de aluguel
de carros e frotas
• Shoppings de
Exemplos
automóvel
• +115 (Unidas,
Pontos de venda
• 48.000 (Fenauto)
• 4.364 (Anfavea)
• 71 (Fenauto)
Movida, Locamerica)
Fonte: Anfavea anuário 2016 e Fenabrave
Sites da Unidas, Locamerica e Movida.
31
Agenda 1. Visão geral da Companhia 2. Principais divisões de negócios  Aluguel de carros
Agenda
1. Visão geral da Companhia
2. Principais divisões de negócios
 Aluguel de carros
 Gestão de frotas
 Seminovos
3. Dados Financeiros
Anexo: Earnings release 4T16
32
Mensagem do Presidente – highlights  Disciplina financeira e balanço forte Caixa e perfil da
Mensagem do Presidente – highlights
 Disciplina financeira e balanço forte
Caixa e perfil da dívida para enfrentar cenário adverso
Elevados ratings de crédito
 A única empresa do setor a criar valor para os acionistas
Focada na liderança de mercado, excelência comercial, operacional e na gestão ativa de custos
 Contrato de aliança estratégica global de longo prazo com The Hertz Corporation
Expandirá a sua posição no mercado de reservas inbound /outbound
Utilizará a marca “Localiza Hertz” por meio do acordo de co ‐ brand
Realizará trocas de conhecimento, tecnologia e talentos
 Liderança inquestionável em qualidade e atendimento reconhecida pelos clientes
Net Promoter Score superior a 80 em 2016
 Site mais visitado da categoria, com mais de 7,6 milhões de visitantes em 2016
195 mil downloads no seu aplicativo mobile
Fan page no Facebook com mais de 515 mil seguidores e o maior engajamento da categoria
 Protagonismo em inovação
Localiza FAST aplicativo mobile permite abertura da porta do carro e sua retirada sem passar pelo balcão
 A Divisão de Aluguel de Carros tem a maior e mais diversificada frota renovada anualmente
Mais de 50 modelos de carros, do compacto até marcas premium como Audi, BMW e Volvo
 Marca
25ª marca mais valiosa do Brasil, entre as marcas mais fortes de diversos setores
 Mais altos padrões de ética e forte governança corporativa
Prêmio como destaque em Transparência e Ética pelo ranking da Revista Exame 2016
Forte ambição para crescimento e expansão da liderança
33
Destaques Operacionais 4T16 e 2016 Número de diárias (mil)– Aluguel de Carros Receita média anual
Destaques Operacionais 4T16 e 2016
Número de diárias (mil)– Aluguel de Carros
Receita média anual por carro operacional ‐ R$ mil
5.266
4.846
4.308
4.242
20,1
20,3
4.111
3.812
3.780
3.871
2015 2016
2015 2016
2015 2016
2015 2016
1T
2T
3T
4T
2015
2016
Número de carros vendidos
Frota do final do ano
143.131
124.695
20.883
14.015
13.992
17.379
34.960
15.047
16.348 13.839
33.948
94.156
76.755
2015
2016
4T15
1T16
2T16
3T16
4T16
Aluguel de Carros
Gestão de Frotas
Franchising 34
Destaques Financeiros 4T16 e 2016 Receita líquida (R$ milhões) EBITDA (R$ milhões) 1.306,0 993,5 733,3
Destaques Financeiros 4T16 e 2016
Receita líquida (R$ milhões)
EBITDA (R$ milhões)
1.306,0
993,5
733,3
270,9
499,2
228,0
170,5
155,6
338,7
402,2
4T15
4T16
4T15
4T16
Aluguel de carros Gestão de frotas Seminovos
EBIT (R$ milhões)
Lucro Líquido (R$ milhões)
409,3
402,4
202,0
175,0
4T15
4T16
2015
2016
35
Aluguel de Carros Receita líquida (R$ milhões) 1.428,0 1.284,4 1.258,0 1.163,5 1.093,7 980,7 802,2 398,0
Aluguel de Carros
Receita líquida (R$ milhões)
1.428,0
1.284,4
1.258,0
1.163,5
1.093,7
980,7
802,2
398,0
334,5
2010 2011
2012
2013
2014
2015
2016
4T15
4T16
Número de Diárias (mil)
18.662
15.416
15.566
13.749
14.242
12.794
10.734
5.266
4.111
2010 2011
2012
2013
2014
2015
2016
4T15
4T16
Crescimento de 28,1% no volume do Aluguel de Carros e
de 19,0% na receita líquida no 4T16 versus 4T15
36
Aluguel de Carros Receita média por carro operacional Em R$ mil por ano 20,9 20,4
Aluguel de Carros
Receita média por carro operacional
Em R$ mil por ano
20,9
20,4
19,7
20,1
20,3
19,5
19,1
2010
2011
2012
2013
2014
2015
2016
Taxa de utilização
Tarifa média – Em R$
78,07 79,68 82,36 84,85 87,71 84,56 79,67
69,1% 68,9% 70,8% 66,8% 69,9% 69,3% 73,4%
2010 2011 2012 2013 2014 2015 2016
2010 2011 2012 2013 2014 2015 2016
O aumento da taxa de utilização compensou a queda da tarifa média,
mantendo estável a receita média por carro operacional
37
Evolução do número de agências - Aluguel de Carros Número de agências de aluguel de
Evolução do número de agências - Aluguel de Carros
Número de agências de aluguel de carros (Brasil e exterior)
564
561
542
540
524
496
476
70
70
50
63
64
47
61
174
158
193
172
202
202
181
333
286
304
320
+13
272
234
247
2010
2011
2012
2013
2014
2015
2016
Agências Próprias – Brasil
Agências Franqueadas ‐ Brasil
Agências Franqueadas ‐ Exterior
13 novas agências foram adicionadas à rede própria
38
Gestão de Frotas Receita líquida (R$ milhões) 651,8 608,5 575,9 571,9 535,7 455,0 361,1 155,6
Gestão de Frotas
Receita líquida (R$ milhões)
651,8
608,5
575,9
571,9
535,7
455,0
361,1
155,6
170,5
2010 2011
2012
2013
2014
2015
2016
4T15
4T16
Número de Diárias (mil)
11.240
10.601
10.844
10.901
10.363
9.603
8.044
2.702
2.922
2010 2011
2012
2013
2014
2015
2016
4T15
4T16
Crescimento de 8,1% no volume de diárias e
de 9,6% na receita líquida no 4T16 versus 4T15
39
Investimento líquido Aumento da frota * (quantidade) 19.384 9.183 18.649 9.178 7.103 (273) 87.833 2.011
Investimento líquido
Aumento da frota * (quantidade)
19.384
9.183
18.649 9.178
7.103
(273)
87.833
2.011
79.804
69.744
68.449
65.934
70.621
64.032 64.305
62.641
59.950
58.655
56.644
50.772
6.613
47.285
7.038
27.921
21.660
15.047
20.883
2010
2011
2012
2013
2014
2015
2016
4T15
4T16
* Não considera os carros roubados / sinistrados.
Carros Comprados
Carros Vendidos
Investimento líquido na frota (R$ milhões)
R$947
3.290
279 465
233
588 309
99
2.483
2.278
2.343
2.026
2.045
1.910
2.018
1.777
339 345
1.747
1.619
1.468
1.520
1.322
1.078
838
733
499
2010
2011
2012
2013
2014
2015
2016
4T15
4T16
Compras (inclui acessórios)
Receita líquida de venda
Forte crescimento na frota para suportar o crescimento da Companhia
40
Número de Lojas +7 84 75 77 73 74 66 55 2010 2011 2012 2013
Número de Lojas
+7
84
75
77
73
74
66
55
2010
2011
2012
2013
2014
2015
2016
Novas lojas serão adicionadas à rede para suportar a renovação da frota decorrente
do forte crescimento da Divisão de Aluguel de Carros
41
Frota de final de período Quantidade 143.131 125.224 124.695 117.759 14.015 109.275 111.735 98.712 13.339
Frota de final de período
Quantidade
143.131
125.224
124.695
117.759
14.015
109.275
111.735
98.712
13.339
13.992
14.233
34.960 +1.012
12.958
14.545
10.652
34.312
33.948
32.809
31.629
32.104
26.615
94.156
+17.401
70.717
77.573
76.755
61.445
64.688
65.086
2010
2011
2012
2013
2014
2015
2016
Aluguel de carros
Gestão de frotas
Franchising
A frota do Aluguel de Carros aumentou 17.401 carros para atender a forte demanda,
e a taxa de utilização foi recorde de 73,4%
42
Receita líquida consolidada R$ milhões 4.439,3 3.892,2 3.928,0 3.506,2 3.166,7 2.918,1 2.342,5 2.497,2 2.044,9
Receita líquida consolidada
R$ milhões
4.439,3
3.892,2
3.928,0
3.506,2
3.166,7
2.918,1
2.342,5
2.497,2
2.044,9
2.018,2
1.520,0
1.468,1
1.747,3
1.321,9
1.306,0
993,5
1.874,0
1.883,1
2.096,8
1.758,9
733,3
1.450,0
1.646,7
499,2
1.175,3
494,3
572,7
2010
2011
2012
2013
2014
2015
2016
4T15
4T16
Aluguel
Seminovos
Aumento de 31,5% na receita consolidada no 4T16 versus 4T15
O aumento de 46,9% no 4T16 na receita do Seminovos se deve a 5.836 carros vendidos a mais
que no 4T15, e ao aumento de 5,9% no preço dos carros
43
EBITDA consolidado R$ milhões 1.015,6 + R$42,9 969,8 916,5 934,8 875,6 821,3 649,5 270,9 228,0
EBITDA consolidado
R$ milhões
1.015,6
+ R$42,9
969,8
916,5
934,8
875,6
821,3
649,5
270,9
228,0
2010
2011
2012
2013
2014
2015
2016
4T15
4T16
Divisões
2010 *
2011 *
2012
2013
2014**
2015
2016
4T15
4T16
Aluguel de carros
45,3%
46,9%
40,9%
36,8%
38,7%
31,8%
32,3%
30,2%
31,5%
Gestão de frotas
68,0%
68,6%
66,4%
65,5%
60,0%
62,2%
64,5%
64,0%
63,8%
Aluguel Consolidado
52,3%
53,8%
49,3%
46,5%
45,3%
41,7%
42,3%
40,8%
40,8%
Seminovos
2,6%
2,8%
4,2%
5,7%
6,0%
7,3%
5,5%
5,2%
5,0%
(*) A partir de 2012, os acessórios e frete para carros novos passaram a ser registrados diretamente no custo, afetando o
EBITDA e reduzindo os custos de depreciação.
(**) Considera o novo critério de apropriação das despesas do overhead, que passaram a ser apropriadas também para o
Seminovos.
Aumento de R$42,9 milhões no EBITDA no 4T16
44
Depreciação média por carro por ano - em R$ Aluguel de Carros 3.972,4 2.076,6 Efeito
Depreciação média por carro por ano - em R$
Aluguel de Carros
3.972,4
2.076,6
Efeito IPI
1.683,9
1.536,0
1.895,8
1.452,4
1.270,0
1.251,2
622,1
2010
2011
2012
2013
2014
2015
2016
Preço médio carros comprados
Em R$ mil
2015
2016
36,57
2,70
33,87
4,46
29,41
Preço 2014 Aumento Preço 2015 Aumento Preço 2016
O aumento da depreciação média por carro do RAC é reflexo da desaceleração do
aumento do preço dos carros novos que reflete nos carros seminovos
45
Depreciação média por carro por ano - em R$ Gestão de Frotas 5.408,2 1.096,9 4.592,3
Depreciação média por carro por ano - em R$
Gestão de Frotas
5.408,2
1.096,9
4.592,3
4.133,0
Efeito IPI
4.202,1
3.935,2
3.714,0
3.509,7
4.311,3
2010
2011
2012
2013
2014
2015
2016
Queda da depreciação devido ao ciclo mais longo.
A depreciação dos carros desta divisão se beneficia do aumento de preços de carros
novos que ocorre ao longo da vida operacional do carro
46
EBIT consolidado R$ milhões 771,1 + R$27,0 726,7 735,5 652,1 595,7 610,3 482,1 144,5 Efeito
EBIT consolidado
R$ milhões
771,1
+ R$27,0
726,7
735,5
652,1
595,7
610,3
482,1
144,5
Efeito IPI
465,8
175,0
202,0
2010
2011
2012
2013
2014
2015
2016
4T15
4T16
Margem EBIT calculada sobre as receitas de aluguel:
Divisões
2010
2011 2012 2013 2014 2015 2016
4T15
4T16
Aluguel de carros
38,5%
38,8%
23,7%
32,8%
36,2%
34,3%
30,2%
28,7%
28,4%
Gestão de frotas
46,2%
45,6%
36,9%
45,1%
44,3%
48,9%
51,2%
49,9%
52,4%
Consolidado
41,0%
41,1%
28,3%
37,1%
38,8%
39,1%
36,8%
35,4%
35,3%
Mesmo com aumento da depreciação dos carros da Divisão de Aluguel de Carros, a
Margem EBIT permaneceu estável no 4T16
47
Lucro líquido consolidado R$ milhões 410,6 402,4 409,3 384,3 336,3 291,6 250,5 95,4 Efeito IPI
Lucro líquido consolidado
R$ milhões
410,6
402,4
409,3
384,3
336,3
291,6
250,5
95,4
Efeito IPI
240,9
105,9
104,4
2010
2011
2012
2013
2014
2015
2016
4T15
4T16
Reconciliação EBITDA x lucro líquido
2010
2011
2012
2013
2014
2015
2016 Var. R$ Var. %
4T15
4T16 Var. R$ Var. %
EBITDA Consolidado
649,5
821,3
875,6
916,5
969,8
934,8 1.015,6
80,8
8,6%
228,0
270,9
42,9
18,8%
Depreciação de carros
(146,3)
(201,5)
(232,4)
(229,0)
(207,4)
(163,6)
(206,3)
(42,7)
26,1%
(44,0)
(59,5)
(15,5)
35,2%
Depreciação adicional de carros– efeito IPI
-
-
(144,5)----
-
-
-
-
-
-
Depreciação e amortização de outros imobilizados
(21,1)
(24,1)
(32,9)
(35,4)
(35,7)
(35,7)
(38,2)
(2,5)
7,0%
(9,0)
(9,4)
(0,4)
4,4%
EBIT
482,1
595,7
465,8
652,1
726,7
735,5
771,1
35,6
4,8%
175,0
202,0
27,0
15,4%
Despesas financeiras, líquidas
(130,1)
(179,0)
(138,7)
(110,6)
(151,1)
(202,7)
(243,5)
(40,8)
20,1%
(43,5)
(72,7)
(29,2)
67,1%
Imposto de renda e contribuição social
(101,5)
(125,1)
(135,3)
(157,2)
(165,0)
(130,4)
(118,3)
12,1
-9,3%
(25,6)
(24,9)
0,7
-2,7%
Imposto de renda e contribuição social – efeito IPI
-
-
49,1
-
-
-
-
-
-
-
-
-
-
Lucro líquido do período
250,5
291,6
240,9
384,3
410,6
402,4
409,3
6,9
1,7%
105,9 104,4
(1,5)
-1,4%
Aumento de 1,7% no lucro de 2016 mesmo com o aumento dos juros e da depreciação
48
Fluxo de caixa livre - FCL Fluxo de caixa livre Caixa livre gerado - R$
Fluxo de caixa livre - FCL
Fluxo de caixa livre
Caixa livre gerado - R$ milhões
2010
2011
2012
2013
2014
2015
2016
EBITDA
649,5
821,3
875,6
916,5
969,8
934,8
1.015,6
Receita na venda dos carros líquida de impostos
(1.321,9)
(1.468,1)
(1.520,0)
(1.747,3)
(2.018,2)
(2.044,9)
(2.342,5)
Custo depreciado dos carros baixados
1.203,2
1.328,6
1.360,2
1.543,8
1.777,0
1.769,1
2.102,5
(-) Imposto de Renda e Contribuição Social
(57,8)
(83,0)
(100,9)
(108,5)
(113,1)
(110,7)
(93,3)
Variação do capital de giro
54,5
(83,9)
37,1
2,9
(27,1)
(30,0)
113,2
Caixa livre gerado pelas atividades de aluguel
527,5
514,9
652,0
607,4
588,4
518,3
795,5
Receita na venda dos carros líquida de impostos
1.321,9
1.468,1
1.520,0
1.747,3
2.018,2
2.036,3
2.342,5
Investimento em carros para renovação da frota
(1.370,1)
(1.504,5)
(1.563,3)
(1.819,7)
(2.197,7) (2.278,4)
(2.563,6)
Investimento líquido para renovação da frota
(48,2)
(36,4)
(43,3)
(72,4)
(179,5)
(242,1)
(221,1)
Renovação da frota – quantidade
47.285
50.772
56.644
62.641
70.621
64.032
68.449
Investimentos, outros imobilizados e intangíveis
(50,6)
(59,9)
(77,8)
(47,5)
(46,3)
(29,7)
(42,2)
Caixa gerado pela operação, líquido do capex de renovação
428,7
418,6
530,9
487,5
362,6
246,5
532,2
(Investimento) desinvestimento em carros para
crescimento da frota
(540,3)
(272,0)
(55,5)
(209,4)
(286,8)
8,6
(726,0)
Aumento (redução) na conta de fornecedores de carros
111,3
32,7
(116,9)
89,7
334,4
(121,2)
190,7
Capex para crescimento da frota
(429,0)
(239,3)
(172,4)
(119,7)
47,6
(112,6)
(535,3)
Aumento (redução) da frota – quantidade
18.649
9.178
2.011
7.103
9.183
(273)
19.384
Caixa livre depois crescimento, antes dos juros e da nova sede
(0,3)
179,3
358,5
367,8
410,2
133,9
(3,1)
Construção da nova sede
(0,5)
(3,1)
(2,4)
(6,5)
(148,3)
(30,7)
(84,4)
49
Caixa livre gerado antes dos juros
(0,8)
176,2
356,1
361,3
261,9
103,2
(87,5)
Capex -
Capex -
Operações
Crescimento
Renovação
Movimentação da dívida R$ milhões +288,7 (535,3) (248,8) Caixa gerado pela operação após capex de
Movimentação da dívida
R$ milhões
+288,7
(535,3)
(248,8)
Caixa gerado pela
operação após
capex de
renovação e antes
da nova sede
532,2
Aumento na
conta de
fornecedores
de carros
190,7
Dívida líquida
Dívida líquida
31/12/2016
31/12/2015
(1.588,6)
(2.084,0)
(25,0)
(84,4)
Recompra
(139,4)
Nova sede
líquida de
(243,5)
Dividendos
ações
Juros
(726,0)
Aumento de
19.384 carros
na frota
R$288,7 milhões de geração de caixa após juros foi destinada ao aumento da frota
50
Perfil da Dívida (principal) R$ milhões Em 31/12/2016 1.514,9 770,0 750,0 620,8 672,5 558,4 335,7
Perfil da Dívida (principal)
R$ milhões
Em 31/12/2016
1.514,9
770,0
750,0
620,8
672,5
558,4
335,7
2016 2016
2017
2018
2019
2020
2021
2022
Caixa
1.692,3
Forte posição de caixa e confortável perfil de dívida para aproveitar
as oportunidades de crescimento
51
51
Dívida - ratios Dívida líquida x Valor da frota 4.623,6 3.642,7 3.296,3 2.681,7 2.797,9 2.446,7
Dívida - ratios
Dívida líquida x Valor da frota
4.623,6
3.642,7
3.296,3
2.681,7
2.797,9
2.446,7
2.547,6
2.084,0
1.588,6
1.281,1
1.363,4
1.231,2
1.332,8
1.322,3
2010
2011
2012
2013
2014
2015
2016
Dívida líquida
Valor da frota
SALDOS EM FINAL DE PERÍODO
Dívida líquida / Valor da frota
Dívida líquida / EBITDA
Dívida líquida / Patrimônio líquido
EBITDA / Despesas financeiras líquidas
2010(*)
2011
2012
2013
2014
2015
2016
52%
51%
48%
48%
40%
44%
45%
2,0x
1,7x
1,4x
1,5x
1,4x
1,7x
2,1x
1,4x
1,2x
0,9x
1,0x
0,8x
0,8x
0,9x
5,0x
4,6x
6,3x
8,3x
6,4x
4,6x
4,2x
(*) Em 2010 ratios baseados nas demonstrações financeiras em USGAAP
Baixo nível de alavancagem suporta as metas de crescimento
52
ROIC versus Custo da dívida após impostos 17,5% 17,0% 16,9% 17,1% 16,5% 16,1% 15,4% 9,6p.p.
ROIC versus Custo da dívida após impostos
17,5%
17,0%
16,9%
17,1%
16,5%
16,1%
15,4%
9,6p.p.
9,5p.p.
7,5p.p.
8,5p.p.
5,2p.p.
9,8p.p.
10,5p.p.
10,2%
9,5%
8,6%
8,0%
7,3%
6,3%
6,0%
2010
2011
2012
2013
2014
2015
2016
ROIC
Custo da dívida após impostos
ROIC DE 2010 a 2014 considerou alíquota de IR/CSLL de 30%, e a alíquota efetiva partir de 2015
Spread de 5,2p.p. em linha com a estratégia de curto prazo da Companhia
e expectativa de forte queda de juros em 2017
53
Aviso – Informações e projeções Eugênio Mattar CEO Roberto Mendes CFO e RI Nora Lanari
Aviso – Informações e projeções
Eugênio Mattar
CEO
Roberto Mendes
CFO e RI
Nora Lanari
Diretora de RI
Maria Carolina Costa
Gerente de RI
Mariana Campolina
Gerente de RI
Website: www.localiza.com/ri
E-mail: ri@localiza.com
Telefone: 55 31 3247-7024
O material que se segue é uma apresentação de informações gerais de antecedentes da LOCALIZA na data da apresentação. Trata-se de informação resumida
sem intenções de serem completas, que não devem ser consideradas por investidores potenciais como recomendação. Não fazemos nenhuma declaração nem
damos nenhuma garantia quanto à correção, adequação ou abrangência das informações aqui apresentadas, que não devem ser usadas como base para decisões
de investimento.
Esta apresentação contém declarações e informações prospectivas nos termos da Cláusula 27Aª da Securities Act of 1933 e Cláusula 21E do Securities Exchange
Act of 1934. Tais declarações e informações prospectivas são unicamente previsões e não garantias do desempenho futuro. Advertimos os investidores de que as
referidas declarações e informações prospectivas estão e estarão, conforme o caso, sujeitas a muitos riscos, incertezas e fatores relativos às operações e aos
ambientes de negócios da LOCALIZA e suas controladas, em virtude dos quais os resultados reais das empresas podem diferir de maneira relevante de resultados
futuros expressos ou implícitos nas declarações e informações prospectivas.
Embora a LOCALIZA acredite que as expectativas e premissas contidas nas declarações e informações prospectivas sejam razoáveis e baseadas em dados
atualmente disponíveis à sua administração, a LOCALIZA não pode garantir resultados ou acontecimentos futuros. A LOCALIZA isenta-se expressamente do dever
de atualizar qualquer uma das declarações e informações prospectivas.
Não é permitido oferecer ou vender nos Estados Unidos valores mobiliários que não tenham sido registrados ou estejam isentos de registro conforme a Securities
Act of 1933
.
Esta apresentação não constitui oferta, convite ou solicitação de oferta de subscrição ou compra de quaisquer valores mobiliários. Nem esta
apresentação nem qualquer coisa aqui contida constituem a base de um contrato ou compromisso de qualquer espécie.
54