Você está na página 1de 30
G U I A IA COMPLETO PARA PRODUZIR UM ROTEIRO DE SUCESSO 1
G U I A IA COMPLETO PARA PRODUZIR UM ROTEIRO DE SUCESSO 1
G U I A IA COMPLETO PARA PRODUZIR UM ROTEIRO DE SUCESSO 1

GUIA IA COMPLETO PARA

G U I A IA COMPLETO PARA PRODUZIR UM ROTEIRO DE SUCESSO 1

PRODUZIR UM ROTEIRO DE SUCESSO

1
1
G U I A IA COMPLETO PARA PRODUZIR UM ROTEIRO DE SUCESSO 1

SUMÁRIO

Introdução

3

Afinal, o que é e para que serve um roteiro?

5

Comece pelo Briefing

6

Como montar um roteiro de sucesso

 

9

Como distribuir o conteúdo no seu roteiro

20

Conclusão: Luz, câmera, ação!

23

INTRODUÇÃO Por quê produzir vídeos? Vídeo aulas, tutoriais, vlogs, campanhas publicitárias… Você já reparou na
INTRODUÇÃO Por quê produzir vídeos? Vídeo aulas, tutoriais, vlogs, campanhas publicitárias… Você já reparou na
INTRODUÇÃO Por quê produzir vídeos? Vídeo aulas, tutoriais, vlogs, campanhas publicitárias… Você já reparou na
INTRODUÇÃO Por quê produzir vídeos? Vídeo aulas, tutoriais, vlogs, campanhas publicitárias… Você já reparou na
INTRODUÇÃO Por quê produzir vídeos? Vídeo aulas, tutoriais, vlogs, campanhas publicitárias… Você já reparou na

INTRODUÇÃO

Por quê produzir vídeos?

Vídeo aulas, tutoriais, vlogs, campanhas publicitárias… Você já reparou na força que um conteúdo em vídeo tem no mundo online? Com a predileção da audiência pelo formato audiovisual cada vez maior,

o número de empresas que vêm otimizando seu conteúdo para agradar seu público também cresce.

Em seu último relatório, a Cisco determinou que, até 2019, 80% do consumo de conteúdo global vai se

dar por meio de vídeos - em outras palavras, o vídeo se tornará responsável por quatro quintos de todo

o tráfego online. Portanto, em ordem de se adaptar à linguagem da internet e conseguir aumentar seu público, é de extrema importância que você invista na comunicação audiovisual para sua empresa.

Você pode usar vídeos como uma estratégia para divulgar não apenas produtos e serviços, mas, também, ideias e conteúdos que sejam relevantes para sua audiência - conseguindo, assim, se afirmar como autoridade naquele determinado nicho de mercado. Além disso, peças audiovisuais são conhecidas por humanizar a marca e causar forte impacto no público, uma vez que as pessoas tendem a gravar mais as informações passadas em um vídeo do que em um texto, por exemplo.

Mas, antes de ligar a câmera e dar início à filmagem, é preciso que você planeje tudo, certo? Afinal, assim como um engenheiro não pode dar início a uma construção sem o devido planejamento de todos os processos que vão envolvê-la, dar início ao seu vídeo sem se preocupar em montar um roteiro

3

antes pode te levar a diversos problemas.

INTRODUÇÃO

E é exatamente para que você consiga dominar a arte de montar um script organizado e eficiente que trouxemos esse guia!

Preparado para descobrir a fórmula para deixar seus vídeos ainda mais profissionais? Vamos lá!

AFINAL, O QUE É E PARA QUE SERVE UM ROTEIRO?

O roteiro - também chamado de script ou escopo de vídeo - tem como função organizar seu vídeo. A partir dele, você consegue uma melhor visualização de tudo o que deve ser feito durante a gravação e a pós-produção do seu projeto, agilizando, assim, o processo de filmagem.

Por isso, é justamente nessa etapa que as cenas são detalhadas, os efeitos sonoros e seu tempo de inserção são indicados e todos os demais detalhes pertinentes para guiar a gravação são especificados. Esse processo de elaboração apesar de bem simples, é imprescindível para sua produção.

Mas, na verdade, o roteiro se caracteriza como a segunda etapa de elaboração de seu vídeo. Antes de partir para a produção do script é preciso que você esquematize suas ideias a respeito do vídeo em um documento que chamamos de briefing!

do script é preciso que você esquematize suas ideias a respeito do vídeo em um documento
do script é preciso que você esquematize suas ideias a respeito do vídeo em um documento
do script é preciso que você esquematize suas ideias a respeito do vídeo em um documento

5

COMECE PELO BRIEFINg 1. Mas, o que é Briefing? Briefing é uma das mais importantes
COMECE PELO BRIEFINg 1. Mas, o que é Briefing? Briefing é uma das mais importantes
COMECE PELO BRIEFINg 1. Mas, o que é Briefing? Briefing é uma das mais importantes
COMECE PELO BRIEFINg 1. Mas, o que é Briefing? Briefing é uma das mais importantes
COMECE PELO BRIEFINg 1. Mas, o que é Briefing? Briefing é uma das mais importantes

COMECE PELO BRIEFINg

1. Mas, o que é Briefing?

Briefing é uma das mais importantes ferramentas de comunicação. A palavra inglesa “briefing”, em português, significa “instruções” ou “resumo”. Na prática, ele é um documento no qual constam as principais informações que precisam ser repassadas para outros times que darão continuidade à produção de um determinado projeto. Ou seja, ele é o primeiro passo para que um job saia como o planejado.

O briefing não é apenas um rascunho, um rabisco, como algumas pessoas podem pensar. Um documento, quando bem feito, contém todas as informações importantes sobre a sua empresa ou a do seu cliente, além, é claro, do trabalho a ser realizado - esse arquivo deve servir como uma coleta de dados.

2. Como um briefing se aplica à produção audiovisual?

Antes da sua produção audiovisual, elabore um briefing com os principais objetivos.

Uma boa forma

de se inspirar e elaborar um documento bem detalhado é se basear na regra

5W2H.

COMECE PELO BRIEFING

Uma boa forma de se inspirar e elaborar um documento bem detalhado é se basear na regra 5W2H. Este princípio se baseia nas respostas de sete principais questões:

• What? Qual vídeo será produzido?

• Why? Por que este vídeo será produzido?

• Where? Onde este vídeo será produzido?

• When? Quando este vídeo será produzido?

• Who? Quem gravará este vídeo? E quem aparecerá neste material? Quais são as demais

pessoas envolvidas nesta produção de vídeo?

• How? Como será feito este vídeo? Com qual metodologia?

• How Much? Quanto custará essa produção?

Com as respostas do princípio 5W2H em mãos, boa parte do briefing está pronta - se não ele todo, dependendo da complexidade de seu job. Se seu projeto for mais básico, essas simples respostas poderão nortear a produção. Por outro lado, se seu material audiovisual for mais complexo, estenda as informações solicitadas em seu modelo de briefing - assim você consegue um documento mais completo e, portanto, um vídeo melhor planejado.

3. Por que elaborar um bom briefing antes do roteiro? COMECE PELO BRIEFING A vantagem

3. Por que elaborar um bom briefing antes do roteiro?

COMECE PELO BRIEFING

A vantagem de elaborar um bom briefing antes do roteiro está no fato de que o profissional responsável pelo roteiro terá um norte para ser assertivo. Por exemplo, se no briefing constar o público-alvo do projeto, a linguagem do vídeo pode ser adaptada àquele público já no roteiro, o que diminui a possibilidade de um retrabalho quando o material já estiver gravado - ou até mesmo a probabilidade de um descarte completo do que já foi produzido.

Informações como essa, caso não sejam apontadas durante a produção do briefing, podem fazer com que o responsável pelo roteiro fique perdido, o que resultará em um material equivocado e, muito possivelmente, não condizente com as expectativas iniciais.

Depois do briefing pronto, é possível começar a próxima etapa: a produção do roteiro.

COMO MONTAR UM ROTEIRO DE SUCESSO

1. Defina um modelo para seu roteiro

Nem sempre é necessária a elaboração de um modelo de roteiro do zero. Existem padrões prontos na internet que podem embasar sua produção, como o do Samba Tech, que você pode baixar aqui.

É importante se lembrar de que um roteiro deve conter o máximo de informações possível, mas, ao mesmo tempo, deve ser de simples leitura. Por isso, na hora de pesquisar um modelo pronto, tenha cuidado para não achar um roteiro cinematográfico, por exemplo, cheio de termos complexos e, de certa forma, dispensáveis para produções menores.

e, de certa forma, dispensáveis para produções menores. Quanto mais simples, mais você facilita sua produção.
e, de certa forma, dispensáveis para produções menores. Quanto mais simples, mais você facilita sua produção.

Quanto mais simples, mais você facilita sua produção.

2. Reúna sua equipe

Juntar todas as pessoas envolvidas no projeto é uma dica que facilita muito o processo de elaboração do seu roteiro, uma vez que, durante a reunião com toda a equipe, a chance de surgirem ótimas ideias aumenta. É interessante, inclusive, que você pesquise métodos de brainstorming para otimizar esse processo.

Além disso, esse encontro permitirá que as ideias a respeito da produção e do objetivo do vídeo, por exemplo, sejam alinhadas. Isso tornará o processo de filmagem e edição mais fácil.

9

3. Não tenha medo dos detalhes! COMO MONTAR UM ROTEIRO DE SUCESSO Um bom roteiro

3. Não tenha medo dos detalhes!

COMO MONTAR UM ROTEIRO DE SUCESSO

Um bom roteiro se faz de detalhes - quanto mais você conseguir especificar suas cenas, mais rápido você consegue gravar e editar seu conteúdo!

Por isso, seja bem específico na hora de descrever as cenas, falas e comandos que seu vídeo vai precisar. Para te ajudar, separamos um checklist para você consultar sempre que escrever um roteiro - assim você consegue ter certeza que não se esqueceu de nada.

Seu roteiro precisa de

Descrição do cenário e do vestuário (quando necessário)

Descrição breve das cenas

Indicações sempre que houver diálogos, narração, efeitos sonoros e trilha musical

Indicação para edição como o corte, o tipo de transição, a inserção de animação,

legendas, lettering…

Sugestão de posicionamento de câmera

Sugestão de encenação e tom de voz para os atores

COMO MONTAR UM ROTEIRO DE SUCESSO 4. Conheça termos técnicos - eles podem te ajudar

COMO MONTAR UM ROTEIRO DE SUCESSO

4. Conheça termos técnicos - eles podem te ajudar muito!

É verdade que você não precisa se tornar um especialista do cinema e conhecer todos os termos técnicos usados pelos cineastas para conseguir montar bons roteiros, mas é interessante que você tenha conhecimentos básicos a respeito da linguagem cinematográfica - ela pode te ajudar, principalmente, na hora de editar seu conteúdo.

Algumas das expressões mais usadas em termos de orientação básica são background, voice over, off screen, lettering e transição. Estes nomes podem assustar um pouco, mas nós vamos passar por cada um deles e você vai ver que, na verdade, são comandos muito simples.

Background

Background, basicamente, significa “algo que está no fundo” e é uma marcação usada, principalmente, para a indicação de sons presentes no vídeo. Sendo assim, sempre que você quiser se referir a uma trilha sonora ou a uma conversa paralela que acontece com menos destaque ao fundo da cena, por exemplo, essa é a sua marcação.

• Off Screen (O.S.)

COMO MONTAR UM ROTEIRO DE SUCESSO

Sabe quando, em um vídeo, você escuta a voz de alguém que, apesar de estar na cena, não se encontra em frente à câmera? Esse é o conceito de off screen! Portanto, se você está gravando uma cena na cozinha e quer que um personagem que se encontra no quarto de visitas diga alguma coisa, isso é categorizado como off screen.

• Voice Over (V.O.)

Um recurso muito similar ao off screen, o voice over se caracteriza como a fala de alguém que não está presente fisicamente na cena - como um narrador, ou uma voz do passado ou, até mesmo, um deus, por exemplo.

• Lettering

Toda vez que algo escrito é adicionado à imagem durante a edição do seu vídeo, você está fazendo uso de lettering. Por isso, usar essa marcação no roteiro é importante para que você ou o responsável por editar o filme não se esqueça de inserir o texto no momento da pós produção.

Transição

COMO MONTAR UM ROTEIRO DE SUCESSO

A marcação de transição é responsável pela passagem de uma cena à outra. Você pode decidir por um

corte seco ou um fade, por exemplo, e, ao pontuar essa escolha no roteiro, você poupa tempo durante

a edição do vídeo.

no roteiro, você poupa tempo durante a edição do vídeo. 5. Solte a voz - mas

5. Solte a voz - mas pense com cuidado na linguagem

Por se tratar de um material audiovisual, a linguagem mais informal tende a facilitar a compreensão do público. Por isso, dispense o linguajar muito rebuscado e fale da forma mais natural o possível.

Uma dica que pode ajudar é se preocupar em escrever o mais próximo do jeito que você vai falar. Não tenha medo de utilizar interjeições como o “né?” ou marcas linguísticas como “fala sério” até mesmo na hora de redigir o roteiro - a ideia é que você realmente converse com seu público!

Mas, antes de começar a montá-lo, lembre-se sempre de analisar o público-alvo de seus vídeos e o modo como ele se comunica. Isso é importante, pois eles precisam se identificar com seu vídeo e, portanto, a linguagem é um dos pilares que vão influenciar (e muito!) nessa conexão.

Já imaginou um conteúdo voltado para o público jovem que faça uso de expressões como “mandachuva”

13

É de extrema importância que você otimize a linguagem ao público, facilitando assim, a compreensão de quem te assiste.

COMO MONTAR UM ROTEIRO DE SUCESSO

e “supimpa”? Ou um vídeo direcionado à terceira idade que faz uso de expressões como “lacrou” e “crush”? É muito mais difícil absorver um conteúdo com termos que você desconhece, não é mesmo? Por isso, é de extrema importância que você otimize a linguagem ao público, facilitando, assim, a compreensão de quem te assiste.

Além dessas questões, o bom português é essencial. Erros de concordância verbal ou nominal, por exemplo, podem comprometer a credibilidade do interlocutor.

É claro que, com a linguagem coloquial, gírias e contrações são muito bem vindas - até porque, assim como já comentamos, seu objetivo deve ser tornar a linguagem o menos mecânica possível -, mas lembre-se de que existe uma grande diferença entre erros gramaticais e fala informal.

Outro ponto importante são os vícios de linguagem. Sabe quando você perde a linha de raciocínio e fica agarrado em expressões como “éééé….” ou “tipo”? Isso é chamado de vício de linguagem e pode ser interpretados como insegurança e falta de autoridade a respeito daquele assunto, além de deixar a sonoridade do vídeo cansativa.

Mais uma vez, o roteiro se mostra extremamente importante, pois um texto bem escrito e correto vai te ajudar a diminuir os possíveis erros de português e te deixar mais bem preparado a respeito do conteúdo a ser apresentado, diminuindo, assim, as pausas que os vícios de linguagem podem causar.

6. Atente-se aos efeitos sonoros COMO MONTAR UM ROTEIRO DE SUCESSO O objetivo da comunicação

6. Atente-se aos efeitos sonoros

COMO MONTAR UM ROTEIRO DE SUCESSO

O objetivo da comunicação é transmitir determinada mensagem. Por isso, é imprescindível verificar se

os efeitos sonoros estão causando realmente a impressão desejada.

Por exemplo, de nada serve você indicar em seu roteiro “efeito sonoro de pessoa voando” se na prática será complicada a compreensão por parte do público. Escolha efeitos sonoros fáceis de serem interpretados.

Além da compreensão por parte do público, atente-se à poluição sonora. Alguns profissionais carregam

a mão de efeitos, o que prejudica consideravelmente a compreensão do usuário. Afinal, ele precisará

prestar atenção em vários itens ao mesmo tempo e pode se cansar. E você não quer perder a atenção dele, certo?

Por isso, quando estiver montando o roteiro e for pontuar os efeitos sonoros do vídeo, faça um juízo de valor e pense se todos eles são realmente necessários para a compreensão do filme.

7. Planeje o tempo do seu vídeo COMO MONTAR UM ROTEIRO DE SUCESSO A organização
7. Planeje o tempo do seu vídeo COMO MONTAR UM ROTEIRO DE SUCESSO A organização

7. Planeje o tempo do seu vídeo

COMO MONTAR UM ROTEIRO DE SUCESSO

A organização do tempo é fundamental para seu vídeo - portanto, defina a duração do seu projeto primeiro para, depois, escrever seu texto. Em seguida, faça um planejamento do conteúdo que deve entrar em cada período para não estourar seu limite de tempo total.

Também é importante estimar o tempo que cada efeito sonoro deve consumir de seu vídeo. Seja bem minucioso nessa parte, contando cada segundo necessário para que seu vídeo final fique do jeitinho que você quer. Todo esse processo vai te ajudar muito na hora da edição da peça, pois você consegue ter um controle maior sobre onde cada áudio, efeito ou trilha sonora devem entrar.

Ler o roteiro em voz alta e contabilizar o tempo que você gastou é uma das técnicas mais antigas na hora de estimar a duração do vídeo. Apesar de eficaz, você pode apostar em outras estratégias que podem te levar a resultados mais concretos sobre o tempo do produto final.

Uma ideia para planejar o tempo de seu vídeo é pelo próprio Word, Excel, ou programa semelhante. Para isso, faça uma coluna na lateral esquerda e numere as linhas. Cada linha é contada como 5 segundos. No final, é só ver quantas linhas deu seu roteiro e multiplicar este número por 5 e pronto: aí está o tempo, em segundos, do seu vídeo planejado.

COMO MONTAR UM ROTEIRO DE SUCESSO

COMO MONTAR UM ROTEIRO DE SUCESSO Uma outra indicação é trabalhar com intervalos de cinco segundos.

Uma outra indicação é trabalhar com intervalos de cinco segundos. Ao invés de numerar as linhas de forma crescente, como no exemplo anterior, você pode indicar os segundos referentes ao áudio e vídeo. Veja o exemplo a seguir:

como no exemplo anterior, você pode indicar os segundos referentes ao áudio e vídeo. Veja o

COMO MONTAR UM ROTEIRO DE SUCESSO

Neste modelo, você indica o conteúdo de vídeo e áudio que será apresentado em cada intervalo de cinco segundos. Na essência, ambos os modelos impulsionam o mesmo resultado. Porém, os profissionais precisam escolher os padrões preferidos por suas equipes para implementar e planejar seus vídeos comerciais.

equipes para implementar e planejar seus vídeos comerciais. Escolha seu modelo favorito, adapte à realidade de

Escolha seu modelo favorito, adapte à realidade de seus projetos e coloque a mão na massa!

8. Revise tudo

Roteiro escrito? Então você está pronto para gravar, certo? Errado. É fundamental revisar o seu texto, assim como qualquer conteúdo escrito.

Imagine que você planejou o texto, mas que escreveu, sem querer, alguma coisa errada. Isso pode deixar a pessoa que vai falar no vídeo confusa na hora de ler o roteiro durante a filmagem, e o processo de gravação vai se atrasar. Ou se você esquecer alguma parte importante do conteúdo durante a montagem do roteiro, seu vídeo pode ter que ser filmado mais de uma vez.

Por isso, a revisão do roteiro é imprescindível tanto para o conteúdo quanto para o tempo de filmagem do seu vídeo.

COMO MONTAR UM ROTEIRO DE SUCESSO

É ideal, inclusive, que mais de uma pessoa revise o conteúdo. Se você já escreveu e já revisou, peça a outro integrante da sua equipe que revise novamente para você. Um erro que você não percebeu pode ser corrigido por esta segunda pessoa. Outra dica é ler em voz alta. Ler mentalmente é passível de você pular alguns erros e eles podem acabar passando despercebidos. É importante saber que um roteiro, normalmente, é modificado diversas vezes até o seu resultado final.

COMO DISTRIBUIR O CONTEÚDO NO SEU ROTEIRO

Tudo bem, então agora que você já sabe a parte mecânica de como construir um roteiro, resta dominar

a parte de distribuição de conteúdo, certo?

É claro que, para cada conteúdo, uma linha de raciocínio diferente pode ser aplicada na hora de se

planejar um vídeo, mas, para te ajudar, quebramos em 5 partes um modelo simples de roteiro, assim

você pode se inspirar na hora de montar o seu!

assim você pode se inspirar na hora de montar o seu! 1. Ganhe a atenção do

1. Ganhe a atenção do público!

Em ordem de conseguir que uma pessoa continue assistindo ao seu conteúdo, você precisa criar uma conexão praticamente imediata com ela. Sendo assim, logo no início do vídeo, é interessante que você crie o que chamamos de “hook” - um gancho para prender a atenção da audiência.

Isso pode ser feito por meio de uma pergunta, uma frase ou fato misteriosos ou até mesmo uma gracinha. Por exemplo, se você é um professor de história e está fazendo um roteiro para uma aula sobre a Segunda Guerra Mundial, você pode iniciar seu vídeo com a pergunta “e se Hitler não tivesse existido?!” ou com um fato desconhecido sobre esse período histórico.

A ideia é que, com uma frase rápida, você consiga instigar sua audiência a continuar assistindo ao vídeo.

2. Buffer Section

COMO DISTRIBUIR O CONTEÚDO NO SEU ROTEIRO

Logo após o hook, chega o momento de certificar que a pessoa saiba de qual canal é aquele conteúdo - ou seja, essa é a hora de introduzir sua logo ou nome! Isso pode ser feito por meio de uma animação rápida e uma trilha musical, por exemplo. O que importa aqui é que você faça com que a pessoa identifique de onde vem aquele conteúdo, assim, caso ela se interesse por saber o que mais você produz, ela já sabe como te achar!

saber o que mais você produz, ela já sabe como te achar! 3. Vamos à introdução

3. Vamos à introdução

Agora que você já instigou seu público e se apresentou a ele, é hora de fazer um resumo bem rápido sobre o que você vai falar - assim, a pessoa consegue ter uma visão mais geral do vídeo e decide mais rápido se aquele conteúdo a interessa ou não.

Se você tem um canal sobre cinema, por exemplo, o sumário de um de seus vídeos pode ser algo parecido com “hoje vamos falar sobre montagem. Por isso vamos aprender mais sobre como determinar os planos, enquadramentos e transições do seu filme!”

3. Finalmente, é a hora dele: o conteúdo

COMO DISTRIBUIR O CONTEÚDO NO SEU ROTEIRO

Depois desse início do vídeo (que não deve durar mais do que 30 segundos), você pode finalmente mergulhar no conteúdo que te levou até ali.

finalmente mergulhar no conteúdo que te levou até ali. Para que seu vídeo não se torne

Para que seu vídeo não se torne cansativo ou confuso, é interessante que você quebre o assunto em tópicos. Essa organização do conteúdo, além de te ajudar a não se perder durante a explicação, ajuda

o público a assimilar e absorver melhor o que é passado na tela. Por isso, um roteiro ordenado te ajuda

a conseguir reter mais audiência.

4. Lembre-se do Call to action

Não se esqueça de, ao final do seu roteiro, inserir um call to action. Essa estratégia te ajuda a converter mais, uma vez que deixa bem claro para quem te assiste o que você quer que ele faça - curta sua página, se inscreva em seu canal, comente respostas no vídeo, etc.

22

CONCLUSÃO: LUZ, CÂMERA, AÇÃO!

Quando pensamos em produzir um vídeo é muito fácil lembrar em aspectos como a câmera, a iluminação ou o som e acabar nos esquecendo do roteiro. No entanto, agora você já sabe que o script

é uma peça fundamental para que suas produções tenham o resultado desejado.

para que suas produções tenham o resultado desejado. Com esse ebook em mãos, você é capaz

Com esse ebook em mãos, você é capaz de montar roteiros excelentes e deixar seus vídeos ainda mais profissionais! E, agora que você já tem o conteúdo e a fórmula para tirá-lo do papel do melhor jeito possível, que tal fazer dos seus vídeos sua fonte de renda?

Te apresentamos o Samba Play: uma plataforma digital completa para venda de conteúdo na internet! Com o Samba Play você consegue um canal de vídeos completo e personalizado, pronto para que você consiga gerenciar sua audiência e ganhar dinheiro por meio de assinaturas ou compra de pacotes!

E a melhor parte: com a nossa plataforma você não precisa se preocupar com a contratação de designers ou desenvolvedores ou com questões jurídicas e gestão de pagamento - a nossa equipe cuida de tudo e, assim, você consegue focar no que realmente importa: seu conteúdo.

23

CONCLUSÃO

Clique no link, faça um tour pela plataforma, e veja como ela funciona na prática! Não importa o tipo de conteúdo que você pretende produzir, se ele for de qualidade, a gente vai te ajudar a ganhar dinheiro com ele.

pretende produzir, se ele for de qualidade, a gente vai te ajudar a ganhar dinheiro com

CONCLUSÃO

Mas se você já está em outro nível, como a de uma empresa criativa com elaborados fluxos de trabalho que precisam ser organizados para os jobs saírem, te apresentamos o iClips, o software de gestão e integração focados em agências de comunicação.

Para conhecer um pouco mais do sistema e experimentar o software por sete dias gratuitamente, clique aqui, escolha o plano que melhor se encaixa para sua empresa, solicite sua senha de testes e aguarde nosso contato (que não irá demorar!).

que melhor se encaixa para sua empresa, solicite sua senha de testes e aguarde nosso contato
FEITO COM MUITO CARINHO POR SAMBA TECH Usando tecnologia de ponta, a Samba Tech ajuda

FEITO COM MUITO CARINHO POR SAMBA TECH

Usando tecnologia de ponta, a Samba Tech ajuda pessoas e empresas a se comunicarem melhor através dos vídeos. Facilitamos a venda de conteúdos na internet oferecendo um site personalizado, livre de preocupações com gastos em programação, design, questões jurídicas e com gestão de pagamento. Cuidamos do processo de ponta a ponta, desde o momento em que o vídeo sai da câmera até ser distribuído para qualquer dispositivo conectado à internet.

Eleita pela FastCompany como uma das companhias mais inovadoras da América Latina, a Samba Tech leva o conteúdo dos nossos clientes a milhares de pessoas, democratizando o acesso à informação com segurança e qualidade.

Coloque agora mesmo o seu canal de vídeos no ar com o Samba Play. Clique aqui e veja como o produto funciona na prática.

iClips

O modelo de gestão do iClips dá suporte a todas as atividades executadas na

agência. São funcionalidades facilitadoras, que vão desde a organização da carteira de clientes, até a análise da rentabilidade de cada um, passando por todos os processos operacionais como contratação de terceiros, controle de prazos, planejamento de mídia, cotações, etc.

É como se fosse uma engrenagem, cujo centro das atividades é o Job! A

partir dele, tarefas são distribuídas, peças são direcionadas aos criativos, as aprovações dos valores acontecem e, na sequência, ocorre o envio dos alertas

de faturamento ao financeiro.

SMARTalk Seu produto de nicho também precisa de apresentações incríveis para impressionar os clientes que

SMARTalk

Seu produto de nicho também precisa de apresentações incríveis para impressionar os clientes que buscam uma solução personalizada. A Smartalk é uma empresa especializada em desenvolver apresentações profissionais que contam histórias e causam impacto em quem as assiste.

Por meio de um processo próprio de planejamento e de desenvolvimento, a Smartalk entrega soluções para todos os tipos de nicho que necessitam cativar, encantar e engajar audiências.

Além disso, a Smartalk oferece o Make Talk®, um treinamento de apresentação profissional que tem como foco desenvolver o discurso em público aplicado ao ambiente corporativo, podendo ser realizado individualmente ou in company.

REPORTEI O Reportei é uma ferramenta que gera relatórios para clientes em segundos. Em poucos

REPORTEI

O Reportei é uma ferramenta que gera relatórios para clientes em segundos. Em poucos cliques, o analista de mídia social recebe relatórios completos de mídias sociais (Facebook, Instagram e YouTube), integrados com Google Analytics.

É possível testar gratuitamente o Reportei em www.reportei.com.

O BRIGADA! :) 30

OBRIGADA! :)