Você está na página 1de 108

DIÁRIO OFICIAL DO MUNICÍPIO DE BOA VISTA - Nº 4523

16 de Novembro de 2017

Ano XXIV

   

Nº 4523

1

   

Quinta-feira

16 de Novembro de 2017

 
   
         

ATOS DO PODER EXECUTIVO

 

GABINETE DA PREFEITA

publicação, cando revogadas as disposições em contrário.

   

Boa Vista, 14 de novembro de 2017.

 

PREFEITURA MUNICIPAL DE BOA VISTA GABINETE DA PREFEITA

Teresa Surita Prefeita de Boa Vista

DECRETO Nº 167/E, DE 14 DE NOVEMBRO DE 2017.

 

DESAPROPRIA O LOTE DE TERRA URBANO Nº 092, DA QUADRA Nº 016, ZONA 01, BAIRRO

 

PREFEITURA MUNICIPAL DE BOA VISTA GABINETE DA PREFEITA

 

DECRETO Nº 168/E, DE 14 DE NOVEMBRO DE 2017.

CENTRO PARA A REALIZAÇÃO DE OBRAS DE MA- CRODRENAGEM URBANA DO IGARAPÉ CAXAN- GÁ E URBANIZAÇÃO DO SEU ENTORNO.

A PREFEITA DO MUNICÍPIO DE BOA VISTA, no uso das atribuições que lhe são conferidas pelo art. 62, inciso XI, da Lei Orgânica do Município de Boa Vista, de 11 de julho de 1992; tendo em vista o disposto nos arts. 2º e 6º do Decreto-Lei nº 3.365, de 21 de junho de 1941,

DECRETA:

DESAPROPRIA O LOTE DE TERRA URBANO Nº 0476, DA QUADRA Nº 016, ZONA 01, BAIRRO CENTRO PARA A REALIZAÇÃO DE OBRAS DE MA- CRODRENAGEM URBANA DO IGARAPÉ CAXAN- GÁ E URBANIZAÇÃO DO SEU ENTORNO.

A PREFEITA DO MUNICÍPIO DE BOA VISTA, no uso das atribuições que lhe são conferidas pelo art. 62, inciso XI, da Lei Orgânica do Município de Boa Vista, de 11 de julho de 1992; tendo em vista o disposto nos arts. 2º e 6º do Decreto-Lei nº 3.365, de 21 de junho de 1941,

DECRETA:

Art. 1º Fica declarado de utilidade pública, para os ns de desapropriação de seu pleno domínio, a se efeti- var mediante acordo ou judicialmente, com o objetivo de realização de obras de macrodrenagem urbana do Igarapé Caxangá e urbanização do seu entorno, em conformidade

com os elementos presentes no Processo Administrativo nº 2.412//2017/SMPE, e indenizado pelo valor que especica,

Art. 1º Fica declarado de utilidade pública, para os ns de desapropriação de seu pleno domínio, a se efeti- var mediante acordo ou judicialmente, com o objetivo de realização de obras de macrodrenagem urbana do Igarapé Caxangá e urbanização do seu entorno, em conformidade com os elementos presentes no Processo Administrativo nº

2.351//2017/SMPE, e indenizado pelo valor que especica,

o

seguinte lote de terra:

I – Lote de terra urbano Nº 092, DA QUADRA Nº 016, ZONA 01, BAIRRO CENTRO, em nome de Jucelina de Jesus Costa, com área total de 618,98 m2 (seiscentos e dezoito vírgula noventa e oito metros quadrados), Frente com a Tra- vessa José Coelho, medindo 12,23 metros, Fundos com parte do lote nº 0292, medindo 19,30 metros, Lado direito com o Lote nº 0192 e parte do Lote 0210, medindo 25,50 + 7,70 +

11,45 metros e Lado esquerdo com o lote nº 079, medindo 34,00 metros, no valor total de R$ 139.079,55 (cento e trinta

o

seguinte lote de terra:

I – Lote de terra urbano Nº 0476, DA QUADRA Nº 016, ZONA 01, BAIRRO CENTRO, em nome de Genário de Souza Pereira, com área total de 326,96 m2 (trezentos e vin- te e seis vírgula noventa e seis metros quadrados), Frente com a Avenida São Sebastião, medindo 13,37 + 5,00 me- tros, Fundos com parte do lote nº 0440, medindo 19,35 me- tros, Lado direito com parte do Lote nº 0012, medindo 18,05 metros e Lado esquerdo com a Rua Cerejo Cruz, medindo 13,00 + 5,00 metros, no valor total de R$ 205.277,24 (du- zentos e cinco mil, duzentos e setenta e sete reais e vinte e quatro centavos).

Art. 2º A desapropriação prevista no artigo anterior

declarada de natureza urgente, para os ns e efeitos dos

é

e

nove mil, setenta e nove reais e cinquenta e cinco centa-

vos).

Art. 2º A desapropriação prevista no artigo anterior

é

declarada de natureza urgente, para os ns e efeitos dos

artigos 7º e 15, do Decreto-Lei Federal nº 3.365, de 21 de junho de 1941.

Art. 3º As despesas decorrentes do presente Decre- to correrão à conta de dotação orçamentária da Secretaria Municipal de Projetos Especiais.

artigos 7º e 15, do Decreto-Lei Federal nº 3.365, de 21 de junho de 1941.

Art. 4º Ficam a Empresa Municipal de Desenvolvi- mento Urbano e Habitacional – EMHUR, a Secretaria Muni- cipal de Projetos Especiais, a Secretaria Municipal de Eco- nomia, Planejamento e Finanças e a Procuradoria Geral do Município autorizadas a adotar todas as medidas necessá- rias ao cumprimento deste Decreto.

Art. 5º Fica a Secretaria Municipal de Economia, Pla- nejamento e Finanças autorizada a repassar o valor apu- rado do lote, bem como o valor correspondente às custas e despesas cartorárias a serem apuradas, a m de efetuar o pagamento ao legítimo proprietário e consequente registro do lote em nome do Município de Boa Vista.

Art. 6º Este Decreto entra em vigor na data de sua

Art. 3º As despesas decorrentes do presente Decre- to correrão à conta de dotação orçamentária da Secretaria Municipal de Projetos Especiais.

Art. 4º Ficam a Empresa Municipal de Desenvolvi- mento Urbano e Habitacional – EMHUR, a Secretaria Muni- cipal de Projetos Especiais, a Secretaria Municipal de Eco- nomia, Planejamento e Finanças e a Procuradoria Geral do Município autorizadas a adotar todas as medidas necessá- rias ao cumprimento deste Decreto.

Art. 5º Fica a Secretaria Municipal de Economia, Pla- nejamento e Finanças autorizada a repassar o valor apu- rado do lote, bem como o valor correspondente às custas e despesas cartorárias a serem apuradas, a m de efetuar o pagamento ao legítimo proprietário e consequente registro

DIÁRIO OFICIAL DO MUNICÍPIO DE BOA VISTA - Nº 4523

16 de Novembro de 2017

2

do lote em nome do Município de Boa Vista.

aplicáveis ao caso.

Art. 6º Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação, cando revogadas as disposições em contrário.

 

Art. 2º Para ns deste decreto considera-se:

I

- Consignante - entidade ou órgão da administra-

Boa Vista, 14 de novembro de 2017.

ção direta que efetua os descontos referentes às consigna- ções administradoras entre o consignado e a consignatária em folha de pagamento;

 

Teresa Surita Prefeita de Boa Vista

   

II

- Consignado - servidor público no âmbito do Po-

der Executivo Municipal, ativo, inativo ou pensionista, que

PREFEITURA MUNICIPAL DE BOA VISTA GABINETE DA PREFEITA

DECRETO Nº 169/E, DE 16 DE NOVEMBRO DE 2017.

por contrato tenha estabelecido com a Consignatária rela- ção jurídica que autorize o desconto de valores mediante consignações em folha de pagamento;

A

Prefeita de Boa Vista, no uso das atribuições le-

 

III

- Consignatária - destinatária dos créditos resul-

gais que lhe confere o Art. 62, Inciso IV, da Lei Orgânica do Município de Boa Vista – RR,

tantes das consignações celebradas diretamente com o con- signado;

D

E C R E T A:

 

IV

- Consignação compulsória - é o desconto em fo-

 

lha de pagamento efetuado por força de lei ou mandado

Art. 1º Os servidores públicos civis ativos, inativos, e os pensionistas, dos órgãos da administração direta e indi- reta, das autarquias e fundações do Poder Executivo Muni- cipal, além dos descontos obrigatórios estabelecidos em lei ou decorrentes de decisão judicial, poderão ter consignadas em folha de pagamento, desde que autorizadas mediante contratos rmados com as entidades consignatárias para esse m.

judicial;

 

V

- Consignação facultativa - é o desconto autoriza-

do pelo servidor, em folha de pagamento;

- Administradora - empresa gestora da carteira

de consignados, empresa contratada pela consignante, sem custos para o erário, mediando termo de cooperação téc- nica para administrar controlar e prospectar a carteira de consignados na modalidade facultativa;

VI

§

1º - A gestão das consignações facultativas em fo-

lha de pagamento poderá ser promovida por empresa ges- tora da carteira de consignados.

VII - Margem total: representa o valor total que pode ser averbado na folha do mês de pagamento do con- signado, em se tratando de consignações facultativas;

§

2º - A empresa a que se refere o caput deste artigo

será contratada pela consignante, sem custos para o erário, para administrar, controlar e prospectar a carteira de con- signados, na modalidade facultativa, Os ônus decorrentes da prestação dos serviços prestados pela empresa gestora

VIII - Margem disponível: representa o valor dis- ponível para averbação na folha do mês de pagamento do consignado, obtido mediante a subtração da margem total pelas consignações facultativas existentes.

da carteira de consignados ocorrerão à conta das empresas consignatárias, devidamente credenciadas com movimen- tação no âmbito da folha de pagamento do Município.

 

Art. 3º São consideradas consignações compulsó-

rias:

§

3º - Os procedimentos para consignação em folha

 

I

- Contribuições previdenciárias obrigatória ao Re-

de pagamento dos servidores municipais do Poder Executivo deverão observar as normas contidas neste decreto e outras

gime Geral de Previdência Social ou ao Regime Próprio de

Previdência;

 
 

PODER EXECUTIVO

Prefeita Maria Teresa Saenz Surita Guimarães Vice-Prefeito Arthur Henrique Brandão Machado Gabinete Executivo Edileusa Barbosa Gomes Lóz Procuradoria Geral do Município Marcela Medeiros Queiroz Franco Controladoria Geral do Município Ana Lúcia da Silva Ziegler Comissão Permanente de Licitação Artur José Lima Cavalcante Filho

Secretaria Municipal de Economia, Planejamento e Finanças - SEPF Márcio Vinicius de Souza Almeida Secretaria Municipal de Agricultura e Assuntos Indígenas - SMAAI Marlon Cristiano Buss Secretaria Municipal de Serviços Publicos e Meio Ambiente - SPMA Daniel Pedro Rios Peixoto Secretaria Municipal de Comunicação - SEMUC Raimundo Weber Araujo Negreiros Junior Secretaria Municipal de Segurança Urbana e Trânsito - SMST Raimundo Barros de Oliveira Secretaria Municipal de Convênios - SEMCONV Cremildes Duarte Ramos Secretaria Municipal de Tecnologia e Inclusão Digital - SMTI Arthur Henrique Brandão Machado - Interino Secretaria Municipal de Projetos Especiais - SMPE Thayssa Pereira Cardoso Empresa de Desenvolvimento Urbano e Habitacional - EMHUR Sérgio Pillon Guerra Fundação de Educação, Turismo, Esporte e Cultura de Boa Vista - FETEC Daniel Soares Lima Agência Reguladora Municipal -

SECRETARIAS MUNICIPAIS Secretaria Municipal de Administração e Gestão de Pessoas - SMAG Paulo Roberto Bragato Secretaria Municipal da Educação e Cultura - SMEC Keila Cinara Tomé Barros Secretaria Municipal da Saúde - SMSA Cláudio Galvão dos Santos Secretaria Municipal de Obras - SMO Cremildes Duarte Ramos - Interina Secretaria Municipal de Gestão Social – SEMGES Simone Andrade Queiroz

 

DIÁRIO OFICIAL DO MUNICÍPIO DE BOA VISTA

Editado pelo Departamento do Diário O cial do Município - GPDO/SMAG ADMINISTRAÇÃO E DIAGRAMAÇÃO Palácio 9 de Julho - Rua General Penha Brasil, Nº 1011 - São Francisco - Boa Vista - Roraima Telefone: (95) 3621-1741 - Telefax (95) 3623 - 2611 - Site: www.boavista.rr.gov.br Marcio Batista Herculano - Diretor Fernanda Campos Nascimento - Diagramadora

DIÁRIO OFICIAL DO MUNICÍPIO DE BOA VISTA - Nº 4523

16 de Novembro de 2017

II - Imposto de renda retido na fonte;

III - Pensão alimentícia judicial;

IV - Descontos por decisão judicial;

V - Obrigações decorrentes de decisão judicial ou

administrativa;

VI - Reposição e indenização ao erário;

VII - Outros descontos compulsórios instituídos por

Lei.

Art. 4º Consignações facultativas é o desconto inci- dente sobre a remuneração do servidor, mediante sua auto- rização prévia e formal, nas seguintes modalidades:

I

- Contribuições para prêmios de seguros de vida;

II

- Contribuições para planos de saúde e/ou odon-

tológico;

III

- Contribuições para planos de pecúlio, renda

mensal, ou previdência complementar;

IV - Amortização de empréstimos em geral por ins-

tituição autorizada pelo Banco Central;

V - Amortização de empréstimos ou nanciamentos

concedidos para ns de aquisição de imóvel próprio;

VI - Contribuições para sindicatos, associações re-

presentativas de classe;

VII - Pensão alimentícia decorrente de acordo extra-

judicial;

VIII - Amortização de empréstimo ou nanciamen- tos realizados mediante cartões de crédito concedidos e administrados por instituições nanceiras autorizadas pelo banco central, e outras modalidades de cartão;

IX - Amortização de antecipações concedidas por

empresas administradoras de cartão de crédito, a título de adiantamento salarial, e/ou reembolsos decorrentes da uti- lização de cartões de compra realizadas por empresas ad- ministradoras de convênios diversos.

Art. 5º Somente poderão ser admitidos como enti- dades consignatárias para efeitos das consignações facul- tativas, as Instituições Financeiras Brasileiras que estiverem autorizadas pelo Banco Central e devidamente credencia- das junto a Secretaria Municipal de Administração e Gestão de Pessoas:

I - Entidades de classe, associados e clubes constitu-

ídos exclusivamente de servidores públicos municipais;

II - Entidades sindicais representativas de servido-

res públicos municipais;

III - Entidades fechadas ou abertas de previdência

privada, que operem com planos de pecúlios, saúde, seguro de vida ou renda mensal;

IV - Seguradoras que operam com plano de seguro

de vida;

V - Cooperativas constituídas de acordo com a Lei

Nº 5.764, de 16 de dezembro de 1971, destinadas a atender os servidores públicos municipais de um determinado órgão ou entidade de Administração Pública Municipal direta, au- tárquica e fundacional;

VI - Entidades administradoras de planos de saúde;

VII - Empresas administradoras de cartões de crédi-

to.

Parágrafo único: Ficam ressalvados os cartões de compras utilizados para reembolso exclusivo de antecipa- ções salariais, que deverão ser contratados pela Adminis- tradora, que gerenciará o serviço sob supervisão da Secre-

3

taria de Administração e Gestão de Pessoas – SMAG.

Art. 6º As Entidades previstas nos incisos II e III do art. 5º poderão ser aceitas como consignatárias, nos temos deste Decreto, se:

I - Estiverem quites com os órgãos arrecadadores de contribuições de seguridade social;

II - Estiverem quites com os órgãos arrecadadores

de tributos estaduais;

III - Se encontrarem devidamente cadastradas e

adimplentes nos respectivos órgãos públicos scalizadores de suas atividades nalísticas.

Art. 7º As entidades previstas nos incisos II, III e VI, deverão disponibilizar, quando solicitadas pela Secretaria Municipal de Administração e pelos órgãos ou entidades da Administração Pública Municipal, a qualquer tempo, seus cadastros de associados, para efeito de comprovação dos pré-requisitos de cadastramento no Sistema de Folha de Pagamento.

Art. 8º As consignações compulsórias terão priori- dade de desconto sobre as facultativas.

§ 1º Caso a soma das consignações facultativas ex-

ceda o limite de nido art.12 deste Decreto, serão suspensos

os descontos das consignações facultativas, respeitada a se- guinte ordem de prioridade dos descontos:

I - Financiamento de casa própria através da Prefei-

tura;

II - Empréstimo pessoal;

III - Empréstimo ou nanciamentos rotativos feitos

por intermédio de cartões credito a título de antecipação salarial;

IV - Seguro de vida;

V - Contribuição de plano de saúde e odontológico;

VI - Contribuição para previdência privada;

VII - Contribuição para entidade de classes, associa-

ções, clubes e sindicatos dos servidores do Município;

Art. 9º Não havendo saldo disponível para desconto facultativo será observada a seguinte ordem de prioridade;

I - Maior nível de prioridade de acordo com o § 1º do artigo anterior;

II - Antiguidade de averbação do desconto.

Art. 10 O credenciamento para operar com consig- nação deverá ocorrer através de Termo de cooperação ou contrato formalizado entre a entidade consignatária e o ente público.

§ 1º - Somente será concedido credenciamento nas

espécies em que as consignatárias estiverem autorizadas a

operar por Lei e ou por estatuto.

§ 2º - O serviço prestado deverá oferecer um siste- ma informatizado que viabilize:

I - Visualização para todas as partes envolvidas, em

tempo real, das operações realizadas, através de extratos e relatórios gerenciais personalizados, usando mecanismos de níveis de segurança com senhas de acesso;

II - Que as empresas consignatárias participantes

do sistema possuam con rmação imediata da aceitação e

validação da operação realizada, através do sistema;

III - Que os consignantes possam autorizar formal-

mente cada operação mediante uso de senhas na hora do

débito no sistema do valor contratado;

DIÁRIO OFICIAL DO MUNICÍPIO DE BOA VISTA - Nº 4523

16 de Novembro de 2017

4

IV - Espaço seguro e prático de uso das margens

consignáveis para todas as partes, que deverá trazer como principal consequência à oferta de produtos e serviços em condições comerciais vantajosas para os usuários do siste- ma.

Art. 11 O pedido de credenciamento deverá ser diri- gido à Secretaria Municipal responsável pela administração de pessoal, na forma de requerimento, indicando qual ou quais espécies de consignações pretendidas, acompanhado de cópias autenticadas dos seguintes documentos:

I - Inscrição no Cadastro Nacional de Pessoa Jurídi- ca - CNPJ;

II - Comprovantes de Regularidade Fiscal de Tribu-

tos Federais;

III - Certidão Conjunta Negativa de Débitos relati-

vos aos Tributos Federais e à Dívida Ativa da União, forne- cida pela Secretaria da Receita Federal do Brasil;

IV - Certidões Negativas de Tributos Estaduais;

V - Certidões Negativas de Tributos Municipais;

VI - Certidões Negativas de Débitos para com o INSS

e FGTS;

VII - Autorização de funcionamento expedida pelo

órgão regulador e scalizador, nos casos de espécie que obrigatoriamente necessitem de autorização; Contrato ou Estatuto Social vigente;

VIII - Atas de Assembleias atuais e daquelas na qual constem as nomeações dos diretores;

IX- Cadastro de Pessoa Física (CPF) e Carteira de

Identidade (RG) do representante legal da consignatária;

X- Outros documentos que a lei exigir.

a) Fica o Secretário Municipal de Administração e Gestão de Pessoas, autorizado a indeferir os pedidos de cadastramento das consignatárias, bem como expedir atos, exigindo novos documentos, sempre que necessário e ado- tar medidas cabíveis no caso de inexecução das regras es- tabelecidas neste Decreto e no Projeto Básico; b) A Administradora cará responsável em disponi- bilizar ao Secretário de Administração Municipal e gestão de pessoas, autonomia junto ao sistema digital, no que se refere ao bloqueio e desbloqueio junto às consignatárias.

Art. 12 A soma mensal das consignações facultati- vas de cada servidor não poderá ultrapassar o percentual de 40% (quarenta por cento) da soma dos vencimentos com os adicionais de caráter individual e demais vantagens, de- duzidos os descontos legais obrigatórios.

§ 1º Ficam excluídos para o cômputo da margem

consignável prevista neste Decreto a verba constante no art. 4º, inciso IX, deste Decreto, bem como parcelas referentes

a diárias, férias, décimo terceiro, auxilio transporte, auxilio

alimentação, ajudas de custos, diferenças remuneratórias, e outras parcelas, que não integrem a remuneração xa;

§ 2º O percentual de antecipação salarial previsto

no art. 4º, inciso IX, deste Decreto, será de 20% (vinte por cento) incidente sobre o salário bruto do servidor, deduzidos os descontos legais obrigatórios.

Art. 13 As consignações facultativas poderão ser

canceladas:

I - Pela Secretaria de Administração e Gestão de

Pessoas, no caso de descumprimento da legislação vigente e/ou cláusulas contratuais;

II - Por interesse da Consignatária, observadas as

cláusulas impostas em contrato;

III - Por ordem Judicial.

Art. 14 A solicitação de cadastramento de rubricas de consignação deverá ser feita a Secretaria Municipal de Administração e Gestão de Pessoas:

§ 1º A solicitação do cadastramento da senha de

consignação aos consignantes deverá ser realizada pela Administradora, informando seus direitos e deveres confor- me este Decreto;

§ 2º A Administradora disponibilizará os meios de

acesso eletrônico para efetivação das operações facultati- vas, cuja manutenção mensal será operacionalizada por sistema especíco para esse m, bem como estabelecerá as condições de seu processamento.

Art. 15 Fica sob responsabilidade da consignatária e da Administradora o gerenciamento das consignações, como também, pelas informações de arquivo remessa (para descontos) e na condição de depositária el, a guarda do documento mencionado no caput deste artigo, pelo prazo no mínimo de 4 (quatro) anos.

§ 1º O documento mencionado no caput deste artigo deve ser apresentado a Secretaria Municipal de adminis- tração e Gestão de pessoas e/ou Departamento gestor da folha de pagamento, sempre que requisitado, no prazo de até 5 (cinco) dias úteis, contados a partir da noticação.

Art. 16 A entidade consignatária adquirente de cré- dito, após a indispensável autorização do servidor ou pen- sionista interessado registrada através de mecanismo de segurança no ambiente virtual, deverá emitir, via sistema WEB, proposta expressa de compra e venda de dívida à en- tidade consignatária alienante.

Paragrafo Único - As solicitações de aquisição e ces- são de créditos poderão ocorrer durante um período de 15 (quinze) dias, após o dia de corte de cada mês.

Art. 17 A entidade consignatária alienante deverá informar no ambiente virtual, via sistema WEB, em até 05 (cinco) dias uteis, a partir da data da proposta de que trata o art. 16.

§ 1º - O saldo para quitação do(s) contrato(s), cons-

tando todos os descontos de juros que estiverem calculados para cada contrato;

§ 2º - O banco, a agência e o número da conta-

-corrente em que deverá ser depositado o montante para quitação do(s) contrato(s), para liquidação por meio de TED (STR 39);

§ 3º - A entidade consignatária adquirente deverá

efetuar o pagamento do saldo devedor do(s) contrato(s) e registrar no sistema WEB que efetuou a sua quitação, em ate 05 (cinco) dias úteis, a partir da data em que saldo de- vedor tiver sido informado no ambiente virtual;

§ 4º - A entidade consignatária alienante deverá

efetuar a conrmação da quitação do saldo devedor e a li- beração da margem do(s) contrato(s) liquidado(s) em até 05 (cinco) dias úteis a contar da data em que ocorreu o registro da quitação do respectivo saldo devedor no ambiente virtu- al;

§ 5º - O não cumprimento dos prazos xados por

este artigo acarretará o bloqueio da entidade consignatária

para realização de novas operações.

Art. 18 O servidor ou pensionista poderá cancelar a autorização para a cessão do crédito oriundo de contrato de empréstimo consignado, exclusivamente de forma presen- cial junto à entidade consignatária adquirente, até a data de disponibilização, no sistema WEB, das informações de que trata o art. 17 deste Decreto.

Parágrafo Único - A entidade consignatária adqui- rente deverá registrar no ambiente virtual o motivo do can- celamento efetuado pelo servidor ou pensionista e conr- má-lo através de mecanismo de segurança.

Art. 19 No caso de já ter sido consignada em folha de pagamento parcela incluída pela entidade consignatá-

DIÁRIO OFICIAL DO MUNICÍPIO DE BOA VISTA - Nº 4523

16 de Novembro de 2017

ria alienante no valor total do crédito cedido, esta deverá proceder ao reembolso da respectiva parcela, em espécie ou depósito em conta-corrente, a critério do servidor, ativo ou inativo, ou pensionista interessado, em até 5 (cinco) dias úteis, contados da data do efetivo repasse nanceiro.

Parágrafo Único - O não cumprimento do prazo - xado pelo caput deste artigo acarretará o bloqueio das ope- rações da entidade consignatária alienante, desde que haja comunicação por escrito por parte servidor ativo ou inativo ou pensionista.

Art. 20 A consignatária que agir em prejuízo dos servidores públicos ativos ou inativos, e dos pensionistas, bem como da consignante, transgredir as normas estabele-

cidas neste Decreto, bem como sem anuência da Adminis- tração Pública alterar a estrutura organizacional e/ou sua razão social, transferir, ceder, vender ou sublocar a terceiros

a rubrica ou código de desconto, poderá sofrer as seguintes

sanções:

I

- Advertência por escrito;

II

- Suspensão de quaisquer consignações em folha

de pagamento;

III - Cancelamento de concessão de rubrica ou códi-

go de desconto.

Art. 21 O arquivo de remessa (empréstimo rmado pelo Servidor com as consignatárias) deverá ser encami- nhado pela Administradora ao Consignante, por meio Ele- trônico, ate o dia 10 (dez) de cada mês xo, exceto, no mês de dezembro que deverá ocorrer ate o 5º dia útil.

Art. 22 A consignação em folha de pagamento não implica responsabilidade do Município por dívida, inadim- plência, desistência ou pendência de qualquer natureza as- sumida pelo consignado perante a entidade consignatária.

§ 1º. O Município não integra qualquer relação de

consumo originada, direta ou indiretamente, entre consig- natária e consignado, limitando-se a permitir os descontos previstos neste Decreto;

§ 2º. As consignatárias serão responsáveis solida-

riamente pelos prejuízos causados por atos de correspon- dentes bancários e empresas terceirizadas que as represen- tem, no montante de suas operações e consignações.

Art. 23 A sub-rogação da autorização para consig- nação, a qualquer título, a inserção de descontos não pre- vistos neste Decreto ou não autorizados pelos servidores e pelos órgãos competentes, a utilização indevida da rubrica

autorizada implicará em suspensão sumária, temporária ou de nitiva, da rubrica de consignação no sistema da folha de pagamento, bem como a aplicação pela Secretaria Mu- nicipal de Administração e Gestão de Pessoas, de sanções

à entidade Administradora, na forma da Lei, e a abertura

de sindicâncias para apuração dos ilícitos e das responsa- bilidades administrativas na respectiva unidade setorial de recursos humanos.

Art. 24 A Secretaria Municipal de Administração e Gestão de Pessoas, quando necessário, expedirá instruções complementares à execução deste Decreto.

Art. 25 A entidade consignatária será suspensa temporariamente, enquanto não regularizada a causa da suspensão, quando:

I - Constatar-se irregularidades no cadastramento,

recadastramento ou no processamento da consignação;

II - Deixar de prestar informações ou esclarecimen-

tos nos prazos solicitados pela consignante;

III - Não comprovar ou deixar de atender às exigên-

cias legais ou normas estabelecidas pela administração;

IV - Não fornecer, quando noticada, documentos

necessários à análise de apuração de irregularidades no

prazo máximo de 5 (cinco) dias uteis;

5

V - Não providenciar, no prazo de ate 2 (dois) dias

uteis, contados da data pagamento, a liquidação do contra- to e liberação da margem consignável após quitação ante- cipada efetuada pelo servidor.

Art. 26 A entidade consignatária será suspensa pelo período de 30 (trinta) a 180 (cento e oitenta) dias quando:

I - Ceder a terceiros, a qualquer título, rubricas de consignação;

II - Permitir que terceiros procedam à averbação de

consignações;

III - Utilizar rubricas para descontos não previstos

neste Decreto.

Art. 27 A entidade consignatária será descredencia- da, e consequentemente perderá o código de desconto, nas seguintes hipóteses:

I - Reincidência ou habitualidade em praticas que

impliquem a suspensão de que trata o artigo anterior;

II - Atuação ilícita ou em desacordo com as suas -

nalidades estatutárias, no caso de sindicato ou associação representativa de classe;

III - Pratica comprovada de ato lesivo a empresa

gestora de carteira de consignados ao servidor ou à admi- nistração, mediante fraude, simulação ou dolo;

IV - Omissão na realização de novas operações por

período igual ou superior a 06 (seis) meses.

Paragrafo Único. As Sanções previstas nos arts. 24 a 27 deste Decreto não impedem a continuidade de promover os descontos junto aos servidores, nem o repasse em favor das consignatárias, relativas as consignações já contrata- das e efetivadas, ate a sua integral liquidação.

Art. 28 Cabe ao secretário de administração, atra- vés de ato normativo, estabelecer os procedimentos para instauração de processo administrativo visando ao cumpri- mento da disposição contida neste Decreto, assegurada a ampla defesa e o contraditório.

Art. 29 Disposições Gerais.

I - Os descontos provenientes de contratos celebra-

dos legalmente anteriormente a edição deste decreto, serão mantidos até a sua liquidação;

II - Constitui-se obrigação da Secretaria Municipal

de Administração e Gestão de Pessoas e seus delegados no âmbito das consignações facultativas em folha de paga- mento, remeter a entidade administradora em até 5 (cinco) dias após o processamento da folha de pagamento relatório de retorno contendo;

a) Todos os descontos efetivamente processados de

forma analítica;

b) Todos os descontos não processados e a não mo-

tivação do não processamento dos mesmos de forma analí- tica e explicativa;

c) Em nenhuma hipótese será admitido averbação

de descontos facultativos na folha de pagamento, que não sejam registrados no sistema de consignação disponibiliza- do pela administradora e por esta remetida a folha de pa- gamento para o devido processamento.

Art. 30 Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação, cando revogados os Decretos nº 045/E, publi- cado no DOM nº 4363, de 14 de março de 2017 e 051/E, publicado no DOM nº 4370, de 23 de Março de 2017.

Gabinete da Prefeita de Boa Vista, em 16 de no- vembro de 2017.

Teresa Surita Prefeita de Boa Vista

DIÁRIO OFICIAL DO MUNICÍPIO DE BOA VISTA - Nº 4523

16 de Novembro de 2017

6

PREFEITURA MUNICIPAL DE BOA VISTA GABINETE DA PREFEITA

DECRETO Nº 1648/P, DE 13 DE NOVEMBRO DE 2017.

A Prefeita de Boa Vista, no uso das atribuições le-

gais que lhe confere o art. 62, inciso II, combinado com o art. 75, inciso I, “p”, da Lei Orgânica do Município, de 11 de julho de 1992, de acordo com o inciso II, do art. 9º, da Lei Complementar nº 003, de 02 de janeiro de 2012,

D E C R E T A:

Art. 1º Fica nomeada interinamente a senhora Fran- cislândia Corrêa de Brito, para responder pelo cargo em co- missão de Nível de Direção Superior, Símbolo DS-1, de Se- cretário Municipal, da Secretaria Municipal de Tecnologia e Inclusão Digital, cumulativamente com o cargo de Assessor Especial, Símbolo AP-2, do Gabinete da Prefeita, no período de 13.11.17 a 17.11.17.

Art. 2º Este Decreto entra em vigor a partir desta data, revogadas as disposições em contrário.

Gabinete da Prefeita de Boa Vista, em 13 de no- vembro de 2017.

Teresa Surita Prefeita de Boa Vista

PREFEITURA MUNICIPAL DE BOA VISTA GABINETE DA PREFEITA

DECRETO Nº 1649/P, DE 14 DE NOVEMBRO DE 2017.

A Prefeita de Boa Vista, no uso das atribuições le-

gais que lhe confere o art. 62, inciso II, da Lei Orgânica do Município, de 11 de julho de 1992,

D E C R E T A:

Art. 1º Fica reticado o Decreto n° 1603/P, publicado no Diário Ocial do Município n° 4521, de 13 de novembro de 2017, que nomeou a senhora Naharyne dos Santos Mota Carvalho, para exercer o cargo em comissão de Nível de Assessoramento, Símbolo AS-5, de Assessor 5, da Secretaria Municipal de Administração e Gestão de Pessoas.

Art. 2º Onde se lê: Naharyne dos Santos Mota Car- valho; Leia-se: Naharyme dos Santos Mota Carvalho.

Art. 3º Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário.

Gabinete da Prefeita de Boa Vista, em 14 de no- vembro de 2017.

Teresa Surita Prefeita de Boa Vista

PREFEITURA MUNICIPAL DE BOA VISTA GABINETE DA PREFEITA

DECRETO Nº 1650/P, DE 16 DE NOVEMBRO DE 2017.

A Prefeita de Boa Vista, no uso das atribuições le-

gais que lhe confere o art. 62, inciso II, da Lei Orgânica do

Município, de 11 de julho de 1992,

D E C R E T A:

Art. 1º Fica reticado o Decreto n° 1515/P, publicado no Diário Ocial do Município n° 4510, de 25 de outubro de 2017, que exonerou a pedido o senhor Alexandre Reis Souza, do cargo efetivo de Professor de Educação Básica Su- perior II-01, Matrícula 845292, do quadro de pessoal desta Prefeitura, conforme o Processo nº 2000/2017/SMEC.

Art. 2º Onde se lê: do cargo efetivo de Professor de Educação Básica Superior II-01; Leia-se: do cargo efetivo de Técnico Municipal, Especialidade: Assistente de Aluno.

Art. 3º Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário.

Gabinete da Prefeita de Boa Vista, em 16 de no- vembro de 2017.

Teresa Surita Prefeita de Boa Vista

PREFEITURA MUNICIPAL DE BOA VISTA GABINETE DA PREFEITA

DECRETO Nº 1651/P, DE 16 DE NOVEMBRO DE 2017.

A Prefeita de Boa Vista, no uso das atribuições le-

gais que lhe confere o art. 62, inciso II, combinado com o art. 75, inciso I, “p”, da Lei Orgânica do Município, de 11 de julho de 1992, de acordo com o inciso I, do art. 32, com- binado com art. 33, da Lei Complementar nº 003, de 02 de janeiro de 2012,

D E C R E T A:

Art. 1º Fica exonerado a pedido o servidor Tiago Go- mes de Souza, do cargo efetivo de Assistente D-01, Matrícu- la 30185, do quadro de pessoal desta Prefeitura, conforme

o Processo nº 2121/2017/SMEC, declarando em decorrência,

a vacância do cargo acima mencionado.

Art. 2º Este Decreto tem efeito retroativo a 25 de agosto de 2017, revogadas as disposições em contrário.

Gabinete da Prefeita de Boa Vista, em 16 de no- vembro de 2017.

Teresa Surita Prefeita de Boa Vista

PREFEITURA MUNICIPAL DE BOA VISTA GABINETE DA PREFEITA

DECRETO Nº 1652/P, DE 16 DE NOVEMBRO DE 2017.

A Prefeita de Boa Vista, no uso das atribuições le-

gais que lhe confere o art. 62, inciso II, combinado com o art. 75, inciso I, “p”, da Lei Orgânica do Município, de 11 de julho de 1992, de acordo com o inciso I, do art. 32, com- binado com art. 33, da Lei Complementar nº 003, de 02 de janeiro de 2012,

D E C R E T A:

Art. 1º Fica exonerada a pedido a servidora Creve- lândia Viana do Vale, do cargo efetivo de Professor II-01, Matrícula 28652, do quadro de pessoal desta Prefeitura, conforme o Processo nº 1984/2017/SMEC, declarando em decorrência, a vacância do cargo acima mencionado.

Art. 2º Este Decreto tem efeito retroativo a 09 de agosto de 2017, revogadas as disposições em contrário.

Gabinete da Prefeita de Boa Vista, em 16 de no- vembro de 2017.

Teresa Surita Prefeita de Boa Vista

PREFEITURA MUNICIPAL DE BOA VISTA GABINETE DA PREFEITA

DECRETO Nº 1653/P, DE 16 DE NOVEMBRO DE 2017.

A Prefeita de Boa Vista, no uso das atribuições le-

gais que lhe confere o art. 62, inciso II, combinado com o art. 75, inciso I, “p”, da Lei Orgânica do Município, de 11 de julho de 1992, de acordo com o inciso I, do art. 32, com- binado com art. 33, da Lei Complementar nº 003, de 02 de janeiro de 2012,

D E C R E T A:

Art. 1º Fica exonerada a pedido a servidora Ger- vânia dos Reis Ribeiro França, do cargo efetivo de Profes- sor da Educação Básica Superior II-02, Matrícula 28456, do quadro de pessoal desta Prefeitura, conforme o Processo nº 1992/2017/SMEC, declarando em decorrência, a vacância

DIÁRIO OFICIAL DO MUNICÍPIO DE BOA VISTA - Nº 4523

16 de Novembro de 2017

do cargo acima mencionado.

Art. 2º Este Decreto tem efeito retroativo a 10 de agosto de 2017, revogadas as disposições em contrário.

Gabinete da Prefeita de Boa Vista, em 16 de no- vembro de 2017.

Teresa Surita Prefeita de Boa Vista

PREFEITURA MUNICIPAL DE BOA VISTA GABINETE DA PREFEITA

DECRETO Nº 1654/P, DE 16 DE NOVEMBRO DE 2017.

A Prefeita de Boa Vista, no uso das atribuições le-

gais que lhe confere o art. 62, inciso II, combinado com o art. 75, inciso I, “p”, da Lei Orgânica do Município, de 11 de julho de 1992, de acordo com o inciso I, do art. 32, com- binado com art. 33, da Lei Complementar nº 003, de 02 de janeiro de 2012,

D E C R E T A:

Art. 1º Fica exonerada a pedido a servidora Ger- civânia Souza de Paula, do cargo efetivo de Professor III- 02, Matrícula 28140, do quadro de pessoal desta Prefeitura, conforme o Processo nº 2077/2017/SMEC, declarando em decorrência, a vacância do cargo acima mencionado.

Art. 2º Este Decreto tem efeito retroativo a 22 de agosto de 2017, revogadas as disposições em contrário.

Gabinete da Prefeita de Boa Vista, em 16 de no- vembro de 2017.

Teresa Surita Prefeita de Boa Vista

PREFEITURA MUNICIPAL DE BOA VISTA GABINETE DA PREFEITA

DECRETO Nº 1655/P, DE 16 DE NOVEMBRO DE 2017.

A Prefeita de Boa Vista, no uso das atribuições le-

gais que lhe confere o art. 62, inciso II, combinado com o art. 75, inciso I, “p”, da Lei Orgânica do Município, de 11 de julho de 1992, de acordo com o inciso I, do art. 32, com- binado com art. 33, da Lei Complementar nº 003, de 02 de janeiro de 2012,

D E C R E T A:

Art. 1º Fica exonerada a pedido a servidora Cirlene dos Santos Leal, do cargo efetivo de Professor Magistério Nível Superior II-01, Matrícula 28833, do quadro de pes- soal desta Prefeitura, conforme o Processo nº 2087/2017/ SMEC, declarando em decorrência, a vacância do cargo aci- ma mencionado.

Art. 2º Este Decreto tem efeito retroativo a 21 de agosto de 2017, revogadas as disposições em contrário.

Gabinete da Prefeita de Boa Vista, em 16 de no- vembro de 2017.

Teresa Surita Prefeita de Boa Vista

PREFEITURA MUNICIPAL DE BOA VISTA GABINETE DA PREFEITA

DECRETO Nº 1656/P, DE 16 DE NOVEMBRO DE 2017.

A Prefeita de Boa Vista, no uso das atribuições le-

gais que lhe confere o art. 62, inciso II, combinado com o art. 75, inciso I, “p”, da Lei Orgânica do Município, de 11 de julho de 1992, de acordo com o inciso I, do art. 32, com- binado com art. 33, da Lei Complementar nº 003, de 02 de janeiro de 2012,

D E C R E T A:

7

Art. 1º Fica exonerada a pedido a servidora Odete Campos da Silva, do cargo efetivo de Professor II-01, Matrí- cula 29134, do quadro de pessoal desta Prefeitura, confor- me o Processo nº 1892/2017/SMEC, declarando em decor- rência, a vacância do cargo acima mencionado.

Art. 2º Este Decreto tem efeito retroativo a 31 de julho de 2017, revogadas as disposições em contrário.

Gabinete da Prefeita de Boa Vista, em 16 de no- vembro de 2017.

Teresa Surita Prefeita de Boa Vista

PREFEITURA MUNICIPAL DE BOA VISTA GABINETE DA PREFEITA

DECRETO Nº 1657/P, DE 16 DE NOVEMBRO DE 2017.

A Prefeita de Boa Vista, no uso das atribuições le-

gais que lhe confere o art. 62, inciso II, combinado com o art. 75, inciso I, “p”, da Lei Orgânica do Município, de 11 de julho de 1992, de acordo com o inciso I, do art. 32, com- binado com art. 33, da Lei Complementar nº 003, de 02 de janeiro de 2012,

D E C R E T A:

Art. 1º Fica exonerada a pedido a servidora Luan- da Letícia Campina Borges, do cargo efetivo de Professor Educação Básica Especialista III-02, Matrícula 28330, do quadro de pessoal desta Prefeitura, conforme o Processo nº 2114/2017/SMAG, declarando em decorrência, a vacância do cargo acima mencionado.

Art. 2º Este Decreto tem efeito retroativo a 10 de agosto de 2017, revogadas as disposições em contrário.

Gabinete da Prefeita de Boa Vista, em 16 de no- vembro de 2017.

Teresa Surita Prefeita de Boa Vista

PREFEITURA MUNICIPAL DE BOA VISTA GABINETE DA PREFEITA

DECRETO Nº 1658/P, DE 16 DE NOVEMBRO DE 2017.

A Prefeita de Boa Vista, no uso das atribuições le-

gais que lhe confere o art. 62, inciso II, combinado com o art. 75, inciso I, “p”, da Lei Orgânica do Município, de 11 de julho de 1992, de acordo com o inciso I, do art. 32, com- binado com art. 33, da Lei Complementar nº 003, de 02 de

janeiro de 2012,

D E C R E T A:

Art. 1º Fica exonerada a pedido a servidora Mari- nês Sousa Calderaro, do cargo efetivo de Professor III-04, Matrícula 26374, do quadro de pessoal desta Prefeitura, conforme o Processo nº 2146/2017/SMEC, declarando em decorrência, a vacância do cargo acima mencionado.

Art. 2º Este Decreto tem efeito retroativo a 30 de agosto de 2017, revogadas as disposições em contrário.

Gabinete da Prefeita de Boa Vista, em 16 de no- vembro de 2017.

Teresa Surita Prefeita de Boa Vista

PREFEITURA MUNICIPAL DE BOA VISTA GABINETE DA PREFEITA

DECRETO Nº 1659/P, DE 16 DE NOVEMBRO DE 2017.

A Prefeita de Boa Vista, no uso das atribuições le-

gais que lhe confere o art. 62, inciso II, combinado com o art. 75, inciso I, “p”, da Lei Orgânica do Município, de 11

DIÁRIO OFICIAL DO MUNICÍPIO DE BOA VISTA - Nº 4523

16 de Novembro de 2017

8

de julho de 1992, de acordo com o inciso I, do art. 32, com- binado com art. 33, da Lei Complementar nº 003, de 02 de janeiro de 2012,

D E C R E T A:

Art. 1º Fica exonerada a pedido a servidora Maria Jeovane Morais de Sousa, do cargo efetivo de Técnico Mu- nicipal F-01, Especialidade: Assistente de Aluno, Matrícula 845704, do quadro de pessoal desta Prefeitura, conforme o Processo nº 2120/2017/SMEC, declarando em decorrência, a vacância do cargo acima mencionado.

Art. 2º Este Decreto tem efeito retroativo a 25 de agosto de 2017, revogadas as disposições em contrário.

Gabinete da Prefeita de Boa Vista, em 16 de no- vembro de 2017.

Teresa Surita Prefeita de Boa Vista

PREFEITURA MUNICIPAL DE BOA VISTA GABINETE DA PREFEITA

DECRETO Nº 1660/P, DE 16 DE NOVEMBRO DE 2017.

A Prefeita de Boa Vista, no uso das atribuições le-

gais que lhe confere o art. 62, inciso II, combinado com o art. 75, inciso I, “p”, da Lei Orgânica do Município, de 11 de julho de 1992, de acordo com o inciso I, do art. 32, com- binado com art. 33, da Lei Complementar nº 003, de 02 de janeiro de 2012,

D E C R E T A:

Art. 1º Fica exonerado a pedido o servidor Micione Pereira Silva, do cargo efetivo de Auxiliar C-02, Matrícula 25375, do quadro de pessoal desta Prefeitura, conforme o Processo nº 2323/2017/SMAG, declarando em decorrência, a vacância do cargo acima mencionado.

Art. 2º Este Decreto tem efeito retroativo a 01 de outubro de 2017, revogadas as disposições em contrário.

Gabinete da Prefeita de Boa Vista, em 16 de no- vembro de 2017.

Teresa Surita Prefeita de Boa Vista

PREFEITURA MUNICIPAL DE BOA VISTA GABINETE DA PREFEITA

DECRETO Nº 1661/P, DE 16 DE NOVEMBRO DE 2017.

A Prefeita de Boa Vista, no uso das atribuições le-

gais que lhe confere o art. 62, inciso II, combinado com o art. 75, inciso I, “p”, da Lei Orgânica do Município, de 11 de julho de 1992, de acordo com o inciso I, do art. 32, com- binado com art. 33, da Lei Complementar nº 003, de 02 de janeiro de 2012,

D E C R E T A:

Art. 1º Fica exonerado a pedido o servidor Israel Te- odoro de Jesus Villalba da Costa, do cargo efetivo de Guar- da Civil Municipal, Matrícula 846669, do quadro de pessoal desta Prefeitura, conforme o Processo nº 1810/2017/SMST, declarando em decorrência, a vacância do cargo acima mencionado.

Art. 2º Este Decreto tem efeito retroativo a 15 de junho de 2017, revogadas as disposições em contrário.

Gabinete da Prefeita de Boa Vista, em 16 de no- vembro de 2017.

Teresa Surita Prefeita de Boa Vista

PREFEITURA MUNICIPAL DE BOA VISTA GABINETE DA PREFEITA

DECRETO Nº 1662/P, DE 16 DE NOVEMBRO DE 2017.

A Prefeita de Boa Vista, no uso das atribuições le-

gais que lhe confere o art. 62, inciso II, da Lei Orgânica do Município, de 11 de julho de 1992,

D E C R E T A:

Art. 1º Fica sem efeito a nomeação da senhora Vitó- ria Barreto de Magalhães, para exercer o cargo em comis- são de Nível de Assessoramento, Símbolo AS-5, de Assessor de Cerimonial 2, da Secretaria Municipal de Comunicação, providenciada através do Decreto nº 1635/P, publicado no

Diário O cial do Município nº 4522, de 14 de novembro de

2017.

Art. 2º Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário.

Gabinete da Prefeita de Boa Vista, em 16 de no- vembro de 2017.

Teresa Surita Prefeita de Boa Vista

PREFEITURA MUNICIPAL DE BOA VISTA GABINETE DA PREFEITA

DECRETO Nº 1663/P, DE 16 DE NOVEMBRO DE 2017.

A Prefeita de Boa Vista, no uso das atribuições le-

gais que lhe confere o art. 62, inciso II, combinado com o art. 75, inciso I, “p”, da Lei Orgânica do Município, de 11 de julho de 1992, de acordo com o inciso II, do art. 9º, da Lei Complementar nº 003, de 02 de janeiro de 2012,

D E C R E T A:

Art. 1º Fica nomeada a senhora Renata Trajano Bar- ros, para exercer o cargo em comissão de Nível de Assesso- ramento, Símbolo AS-5, de Chefe de Gabinete, da Procura- doria Geral do Município.

Art. 2º Este Decreto tem efeito retroativo a 13 de novembro de 2017, revogadas as disposições em contrário.

Gabinete da Prefeita de Boa Vista, em 16 de no- vembro de 2017.

Teresa Surita Prefeita de Boa Vista

PREFEITURA MUNICIPAL DE BOA VISTA GABINETE DA PREFEITA

DECRETO Nº 1664/P, DE 16 DE NOVEMBRO DE 2017.

A Prefeita de Boa Vista, no uso das atribuições le-

gais que lhe confere o art. 62, inciso II, da Lei Orgânica do

Município, de 11 de julho de 1992, de acordo com os pa- rágrafos 2º, 4º, 5º e 6º do art. 90, da Lei Complementar nº 003, de 02 de janeiro de 2012,

D E C R E T A:

Art. 1º Fica concedido à servidora Gisele da Silva Santos, Professor de Educação Básica Superior II-02, Matrí- cula 28458, do quadro de pessoal desta Prefeitura, Afasta- mento para participar de programa de pós-graduação em nível de mestrado, pelo prazo de 24 (vinte e quatro) meses, no período de 01.08.17 a 01.08.19, com a respectiva remu- neração, conforme o Processo nº 1957/2017/SMEC.

Art. 2º Este Decreto tem efeito retroativo a 01 de agosto de 2017, revogadas as disposições em contrário.

Boa Vista-RR, em 16 de novembro de 2017.

Teresa Surita Prefeita de Boa Vista

DIÁRIO OFICIAL DO MUNICÍPIO DE BOA VISTA - Nº 4523

16 de Novembro de 2017

PREFEITURA MUNICIPAL DE BOA VISTA GABINETE DA PREFEITA

DECRETO Nº 1665/P, DE 16 DE NOVEMBRO DE 2017.

A Prefeita de Boa Vista, no uso das atribuições le-

gais que lhe confere o art. 62, inciso II, combinado com o art. 75, inciso I, “p”, da Lei Orgânica do Município, de 11 de julho de 1992, de acordo com o inciso I, do art. 34, da Lei Complementar nº 003, de 02 de janeiro de 2012,

D E C R E T A:

Art. 1º Cessar os efeitos do Decreto nº 0105/P, pu- blicado no Diário O cial do Município nº 4327, de 18 de janeiro de 2017, no que se refere a nomeação interina da senhora Elaine Costa dos Santos, para responder pelo cargo em comissão de Nível de Atuação Programática, Símbolo AP-4, de Diretor do Departamento de Desenvolvimento de Políticas de Pessoal, da Secretaria Municipal de Administra- ção e Gestão de Pessoas.

Art. 2º Este Decreto tem efeito retroativo a 01 de novembro de 2017, revogadas as disposições em contrário.

Gabinete da Prefeita de Boa Vista, em 16 de no- vembro de 2017.

Teresa Surita Prefeita de Boa Vista

PREFEITURA MUNICIPAL DE BOA VISTA GABINETE DA PREFEITA

DECRETO Nº 1666/P, DE 16 DE NOVEMBRO DE 2017.

A Prefeita de Boa Vista, no uso das atribuições le-

gais que lhe confere o art. 62, inciso II, combinado com o art. 75, inciso I, “p”, da Lei Orgânica do Município, de 11 de julho de 1992, de acordo com o inciso I, do art. 34, da Lei Complementar nº 003, de 02 de janeiro de 2012,

D E C R E T A:

Art. 1º Fica exonerada a senhora Julianne Oliveira Albuquerque, do cargo em comissão de Nível de Atuação Operacional, Símbolo AO-3, de Agente Público Municipal 1, da Secretaria Municipal de Administração e Gestão de Pes- soas.

Art. 2º Este Decreto tem efeito retroativo a 01 de novembro de 2017, revogadas as disposições em contrário.

Gabinete da Prefeita de Boa Vista, em 16 de no- vembro de 2017.

Teresa Surita Prefeita de Boa Vista

PREFEITURA MUNICIPAL DE BOA VISTA GABINETE DA PREFEITA

DECRETO Nº 1667/P, DE 16 DE NOVEMBRO DE 2017.

A Prefeita de Boa Vista, no uso das atribuições le-

gais que lhe confere o art. 62, inciso II, combinado com o art. 75, inciso I, “p”, da Lei Orgânica do Município, de 11 de julho de 1992, de acordo com o inciso II, do art. 9º, da Lei Complementar nº 003, de 02 de janeiro de 2012,

D E C R E T A:

Art. 1º Fica nomeada a senhora Elaine Costa dos Santos, para exercer o cargo em comissão de Nível de Atu- ação Operacional, Símbolo AO-3, de Agente Público Muni- cipal 1, da Secretaria Municipal de Administração e Gestão de Pessoas.

Art. 2º Este Decreto tem efeito retroativo a 01 de novembro de 2017, revogadas as disposições em contrário.

9

Gabinete da Prefeita de Boa Vista, em 16 de no- vembro de 2017.

Teresa Surita Prefeita de Boa Vista

PREFEITURA MUNICIPAL DE BOA VISTA GABINETE DA PREFEITA

DECRETO Nº 1668/P, DE 16 DE NOVEMBRO DE 2017.

A Prefeita de Boa Vista, no uso das atribuições le-

gais que lhe confere o art. 62, inciso II, combinado com o art. 75, inciso I, “p”, da Lei Orgânica do Município, de 11 de julho de 1992, de acordo com o inciso II, do art. 9º, da Lei Complementar nº 003, de 02 de janeiro de 2012,

D E C R E T A:

Art. 1º Fica nomeada a senhora Julianne Oliveira Albuquerque, para exercer o cargo em comissão de Nível de Atuação Programática, Símbolo AP-4, de Diretor do De- partamento de Desenvolvimento de Políticas de Pessoal, da Secretaria Municipal de Administração e Gestão de Pessoas.

Art. 2º Este Decreto tem efeito retroativo a 01 de novembro de 2017, revogadas as disposições em contrário.

Gabinete da Prefeita de Boa Vista, em 16 de no- vembro de 2017.

Teresa Surita Prefeita de Boa Vista

CONTROLADORIA GERAL DO MUNICÍPIO

PREFEITURA MUNICIPAL DE BOA VISTA CONTROLADORIA GERAL DO MUNICÍPIO

PORTARIA 024/2017 – CGM

A Controladora Geral do Município, no uso de suas

atribuições que lhe são conferidas através do Decreto 6/P,

de 2 de janeiro de 2017, publicado no DOM 4315, de 2 de janeiro de 2017.

R E S O L V E:

Art. 1°. Designar a servidora, ALICE RAQUEL LADIS- LAU DUARTE, Assessora 4, Matrícula 41736, para scalizar o processo 389/2017/CGM, referente à Contratação de Em- presa Especializada na Prestação de Serviços de Agencia- mento de Viagens Aéreas, para atender a Controladoria Geral do Município.

Art. 2°. Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário.

Cientique-se, publique-se, cumpra-se.

Gabinete da Controladoria Geral do Município, em 13 de novembro de 2017.

Ana Lúcia Ziegler Controladora Geral do Município

PREFEITURA MUNICIPAL DE BOA VISTA CONTROLADORIA GERAL DO MUNICÍPIO

EXTRATO DE CONTRATO

Processo 389/2017/CGM. Espécie: Contrato 009/2017 – CGM. Objeto: CONTRATAÇÃO DE EMPRESA ESPECIALIZA- DA NA PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS DE AGENCIAMENTO DE VIAGEM, COMPREENDENDO OS SERVIÇOS DE EMISSÃO, RE- MARCAÇÃO E CANCELAMENTO DE PASSAGENS AÉREAS NA- CIONAIS PARA ATENDER AS NECESSIDADES DA CONTROLA- DORIA GERAL DO MUNICÍPIO - CGM Modalidade: Pregão Eletrônico. Valor: o valor do presente contrato é de R$ 40.000,00

DIÁRIO OFICIAL DO MUNICÍPIO DE BOA VISTA - Nº 4523

16 de Novembro de 2017

10

(QUARETA MIL REAIS). Unidade Orçamentária: 1601; Função Programáti- ca: 04.124.0064.2.166; Categoria Econômica: 3.3.90.39.00. Fonte de Recursos: Próprio. Interveniente: CONTROLADORIA GERAL DO MUNI-

CÍPIO Contratante: MUNICÍPIO DE BOA VISTA Contratada: EMPRESA UATUMÃ EMPREENDIMENTOS TURISTICOS LTDA Data de Assinatura: 14 de novembro de 2017. Vigência: O prazo de vigência do Instrumento Con- tratual será de 12 meses, contados a partir da emissão da nota de emprenho.

COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO

PREFEITURA MUNICIPAL DE BOA VISTA COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO GABINETE DA PRESIDÊNCIA

AVISO DE LICITAÇÃO

Pregão Eletrônico nº 0135/2017 Processo nº 0478/2017 – SMSA

Objeto: Aquisição de Fios de Sutura para realiza-

ção das cirurgias Bucomaxilo Faciais, no Hospital da Criança Santo Antônio para o período de 12 meses. Entrega das Propostas: a partir de 16/11/2017 às 10h (Horário de Brasília) no sítio www.comprasnet.gov.br. Início da Disputa: 29/11/2017 às 10h30min (Horário de Brasília) no sítio supracitado.

O Edital encontra-se à disposição dos interessados,

nos sítios www.comprasnet.gov.br, www.boavista.rr.gov.br e na Comissão Permanente de Licitação, situada na Rua Pe- nha Brasil, 1011 Palácio 09 de Julho – Anexo I – São Fran- cisco – Boa Vista / RR, no horário de 08h às 14h, sendo for- necido gratuitamente mediante a entrega de um dispositivo eletrônico de armazenamento. Os demais interessados de- verão solicitar o edital por meio do e-mail: pregao@boa- vista.rr.gov.br, juntamente com os dados cadastrais do (a) licitante, desde que seja no prazo acima já mencionado. Os esclarecimentos e as informações necessárias aos licitantes serão prestados pela CPL, nos dias e horários de expedien- te.

Néria Gardênia Pontes Benicio Pregoeira

PREFEITURA MUNICIPAL DE BOA VISTA COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO GABINETE DA PRESIDÊNCIA

AVISO DE REVOGAÇÃO

Pregão Eletrônico nº 055/2017-Registro de Preço Processo nº 0642/2016 – SMSA

O Município de Boa Vista, através de sua Secretaria

Municipal de Saúde – SMSA, torna público que o Processo nº 0642/2016 – SMSA em epígrafe foi REVOGADO devido interesse da Administração Pública, em cumprimento aos requisitos legais previstos no art. 49, “Caput”, da Lei nº. 8.666/93. A decisão, na íntegra, encontra-se acostada ao Processo, à disposição dos interessados.

Cássio Murilo Gomes Secretária Municipal de Saúde – Adjunto

PREFEITURA MUNICIPAL DE BOA VISTA COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO GABINETE DA PRESIDÊNCIA

AVISO DE HOMOLOGAÇÃO

EDITAL DE CONCORRÊNCIA Nº 011/2017 PROCESSO nº 155/2017 – SMO

HOMOLOGO E ADJUDICO O PROCESSO LICITA- TÓRIO nº 155/2017 – SMO, CONCORRÊNCIA Nº 011/2017, tendo como objeto: CONTRATAÇÃO DE EMPRESA (S) ESPE- CIALIZADA (S) EM OBRAS E SERVIÇOS DE ENGENHARIA, PARA EXECUTAR SERVIÇOS DE CONSTRUÇÃO DE CALÇADAS COM MEIO FIO E SARJETAS EM RUAS DOS BAIRROS: APA-

RECIDA, 31 DE MARÇO E SÃO FRANCISCO, NO MUNICÍPIO DE BOA VISTA-RR. A favor da empresa CAPITAL CONSTRU- ÇÃO, INDÚSTRIA, SERVIÇOS E COMÉRCIO LTDA – EPP (CNPJ:

22.890.123/001-88), por ter apresentado o menor preço no valor de R$ 2.829.777,27 (dois milhões, oitocentos e vinte e nove mil, setecentos e setenta e sete reais e vinte e sete cen- tavos), do tipo Menor Preço, empreitada por Preço Unitário.

Boa Vista – RR, 14 de novembro de 2017.

Antônio Carlos de Lima Carvalho Filho Secretário Municipal de Obras – Adjunto

PREFEITURA MUNICIPAL DE BOA VISTA COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO GABINETE DA PRESIDÊNCIA

COMUNICADO

Pregão Eletrônico nº 130/2017 – Registro de Preços Processo nº 0379/2017-SMEC

O Município de Boa Vista – RR, através da Pregoeira

designada pelo Decreto nº 112/E-2017, comunica a quem interessar que após análise da Impugnação do Edital in- terposta pela empresa MILLA EQUIPAMENTOS METALÚRGI- CO EIRELI – EPP, julga IMPROCEDENTE o pedido do objeto da Impugnação constante nos autos. A decisão, na íntegra, encontra-se acostada ao Processo, à disposição dos interes- sados

Néria Gardênia Pontes Benicio Pregoeira

PREFEITURA MUNICIPAL DE BOA VISTA COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO GABINETE DA PRESIDÊNCIA

PROCESSO nº 1293/2017-SMSA EDITAL DE TOMADA DE PREÇOS nº 007/2017 OBJETO: CONTRATAÇÃO DE EMPRESA (S) ESPECIA- LIZADA (S) EM OBRAS E SERVIÇOS DE ENGENHARIA, PARA EXECUTAR SERVIÇO DE CONSTRUÇÃO DE MUROS E PASSEIOS NAS UBS’s – UNIDADES BÁSICAS DE SAÚDE DO JÓQUEI CLUB, SÃO BENTO, TANCREDO NEVES, JARDIM CARANÃ E AEROPORTO, NO MUNICÍPIO DE BOA VISTA-RR.

COMUNICADO

O Município de Boa Vista-RR, por meio de sua Co-

missão Permanente de Licitação – CPL comunica a quem possa interessar, que ndado o prazo recursal concernente ao julgamento dos Documentos de Habilitação, ca marca- da a sessão pública para abertura da Proposta de Preços da empresa habilitada referente ao processo acima epigrafa- do, as 11h:30min do dia 16/11/2017 (quinta-feira), na sala de reunião desta CPL.

Boa Vista – RR, 14 de novembro de 2017.

Artur José Lima Cavalcante Filho Presidente da CPL

PREFEITURA MUNICIPAL DE BOA VISTA COMISSÃO PERMANENTE DE LICITAÇÃO GABINETE DA PRESIDÊNCIA

CERTIDÃO DE DISPENSA DE LICITAÇÃO

A Comissão Permanente de Licitação (CPL) do Muni-

cípio de Boa Vista-RR, de acordo com base ao Parecer Ju- rídico nas folhas 523 à 527 nos autos em epígrafe, certi ca que a solicitação constante do processo nº. 248/2017 - SMO, referente a contratação de empresa (s) especializada (s) em obras e serviços de engenharia elétrica, para executar serviços de construção de subestação aérea trifásica de 225 KVA, no restaurante da Orla Taumanan, no Município de Boa Vista - RR, em favor da empresa NORTELETRO COMÉR- CIO E SERVIÇOS LTDA CNPJ: 22.808.521/0001-02, pelo valor total de R$ 79.000,02 (setenta e nove mil reais e dois centa- vos), concluiu que a mesma enquadra no Art. 24, inciso V, da Lei n°. 8.666/93 e suas alterações. Conforme orienta a lei supramencionada, esta si- tuação de Dispensa de Licitação deverá ser comunicada

DIÁRIO OFICIAL DO MUNICÍPIO DE BOA VISTA - Nº 4523

16 de Novembro de 2017

dentro de 03 (três) dias ao senhor Secretário Municipal de

Obras - Adjunto, para rati cação e publicação na Imprensa

O cial no prazo de 05 (cinco) dias, como condição para e -

cácia dos atos.

Boa Vista-RR, 14 de Novembro de 2017.

Artur José Lima Cavalcante Filho Presidente da CPL

Joana D’arc Rabelo Membro da CPL

Néria Gardênia Pontes Benício Membro Suplente da CPL

Em cumprimento ao disposto no Art. 26 da Lei nº. 8.666 de 21 de junho de 1993, ratico a Dispensa de Licita- ção objeto do Processo nº. 248/2017 - SMO, com solicitação de origem da SMO.

Antonio Carlos de Lima Carvalho Filho Secretário Municipal de Obras - Adjunto

SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO E GESTÃO DE PESSOAS

PREFEITURA MUNICIPAL DE BOA VISTA SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO E GESTÃO DE PESSOAS GABINETE DO SECRETÁRIO

PORTARIA Nº 503/2017-SMAG

O Secretário Municipal de Administração e Gestão

de Pessoas, no uso das atribuições legais que lhe são con- feridas através do Decreto nº 003/E, publicado no DOM nº 2367, de 06 de janeiro de 2009, e, de acordo com o dispos- to no art. 137, parágrafo único, da Lei Complementar nº

003/2012,

RESOLVE:

Art. 1º Acatar na íntegra as orientações constantes do Processo Administrativo Disciplinar nº 2071/2017/SMAG/ Vol. 1, que é pelo arquivamento do procedimento adminis- trativo.

Art. 2º Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário.

Cientique-se,

Publique-se,

Cumpra-se.

Boa Vista-RR, em 16 de novembro de 2017.

Paulo Roberto Bragato Secretário Municipal de Administração e Gestão de Pessoas

PREFEITURA MUNICIPAL DE BOA VISTA SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO E GESTÃO DE PESSOAS GABINETE DO SECRETÁRIO

PORTARIA Nº 504/2017-SMAG

O Secretário Municipal de Administração e Gestão

de Pessoas, no uso das atribuições legais que lhe são con- feridas através do Decreto nº 003/E, publicado no DOM nº 2367, de 06 de janeiro de 2009, e, de acordo com o dispos- to no art. 137, parágrafo único, da Lei Complementar nº

003/2012,

RESOLVE:

Art. 1º Acatar na íntegra as orientações constantes do Processo Administrativo Disciplinar nº 2079/2017/SMAG/ Vol. 1, que é pelo arquivamento do procedimento adminis- trativo.

Art. 2º Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário.

Cientique-se,

Publique-se,

Cumpra-se.

11

Boa Vista-RR, em 16 de novembro de 2017.

Paulo Roberto Bragato

Secretário Municipal de Administração

e Gestão de Pessoas

PREFEITURA MUNICIPAL DE BOA VISTA SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO E GESTÃO DE PESSOAS GABINETE DO SECRETÁRIO

PORTARIA Nº 505/2017-SMAG

O Secretário Municipal de Administração e Gestão

de Pessoas, no uso das atribuições legais que lhe são con- feridas através do Decreto nº 003/E, publicado no DOM nº 2367, de 06 de janeiro de 2009, e, de acordo com o dispos- to no art. 137, parágrafo único, da Lei Complementar nº

003/2012,

RESOLVE:

Art. 1º Acatar na íntegra as orientações constantes do Processo Administrativo Disciplinar nº 2003/2017/SMAG/ Vol. 1, que é pelo arquivamento do procedimento adminis- trativo.

Art. 2º Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário.

Cientique-se,

Publique-se,

Cumpra-se.

Boa Vista-RR, em 16 de novembro de 2017.

Paulo Roberto Bragato

Secretário Municipal de Administração

e Gestão de Pessoas

PREFEITURA MUNICIPAL DE BOA VISTA SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO E GESTÃO DE PESSOAS GABINETE DO SECRETÁRIO

PORTARIA Nº 506/2017-SMAG

O Secretário Municipal de Administração e Gestão

de Pessoas, no uso das atribuições legais que lhe são con- feridas através do Decreto nº 003/E, publicado no DOM nº 2367, de 06 de janeiro de 2009, e, de acordo com o dispos- to no art. 137, parágrafo único, da Lei Complementar nº

003/2012,

RESOLVE:

Art. 1º Acatar na íntegra as orientações constantes do Processo Administrativo Disciplinar nº 1695/2017/SMAG/ Vol. 1, que é pelo arquivamento do procedimento adminis- trativo.

Art. 2º Esta Portaria entra em vigor na data de sua publica- ção, revogadas as disposições em contrário.

Cientique-se,

Publique-se,

Cumpra-se.

Boa Vista-RR, em 16 de novembro de 2017.

Paulo Roberto Bragato

Secretário Municipal de Administração

e Gestão de Pessoas

PREFEITURA MUNICIPAL DE BOA VISTA SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO E GESTÃO DE PESSOAS GABINETE DO SECRETÁRIO

PORTARIA Nº 507/2017-SMAG

O Secretário Municipal de Administração e Gestão

de Pessoas, no uso das atribuições legais que lhe são con- feridas através do Decreto nº 003/E, publicado no DOM nº 2367, de 06 de janeiro de 2009, e, de acordo com o dispos- to no art. 137, parágrafo único, da Lei Complementar nº

003/2012,

DIÁRIO OFICIAL DO MUNICÍPIO DE BOA VISTA - Nº 4523

16 de Novembro de 2017

12

RESOLVE:

Art. 1º Acatar na íntegra as orientações constantes do Processo Administrativo Disciplinar nº 2135/2017/SMAG/ Vol. 1, que é pelo arquivamento do procedimento adminis- trativo.

Art. 2º Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário.

Cientique-se,

Publique-se,

Cumpra-se.

Boa Vista-RR, em 16 de novembro de 2017.

Paulo Roberto Bragato

Secretário Municipal de Administração

e Gestão de Pessoas

PREFEITURA MUNICIPAL DE BOA VISTA SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO E GESTÃO DE PESSOAS GABINETE DO SECRETÁRIO

PORTARIA Nº 508/2017-SMAG

O Secretário Municipal de Administração e Gestão

de Pessoas, no uso das atribuições legais que lhe são con- feridas através do Decreto nº 003/E, publicado no DOM nº 2367, de 06 de janeiro de 2009, e, de acordo com o dispos- to no art. 137, parágrafo único, da Lei Complementar nº

003/2012,

RESOLVE:

Art. 1º Acatar na íntegra as orientações constantes do Processo Administrativo Disciplinar nº 1999/2017/SMAG/ Vol. 1, que é pelo arquivamento do procedimento adminis- trativo.

Art. 2º Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário.

Cientique-se,

Publique-se,

Cumpra-se.

Boa Vista-RR, em 16 de novembro de 2017.

Paulo Roberto Bragato

Secretário Municipal de Administração

e Gestão de Pessoas

PREFEITURA MUNICIPAL DE BOA VISTA SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO E GESTÃO DE PESSOAS GABINETE DO SECRETÁRIO

PORTARIA Nº 509/2017-SMAG

O Secretário Municipal de Administração e Gestão

de Pessoas, no uso das atribuições legais que lhe são con- feridas através do Decreto nº 003/E, publicado no DOM nº 2367, de 06 de janeiro de 2009,

RESOLVE:

Art. 1º Acatar na íntegra as orientações constantes do Processo Administrativo Disciplinar nº 2070/2017/SMAG/ Vol. 1, que é pelo arquivamento do procedimento adminis- trativo.

Art. 2º Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário.

Cientique-se,

Publique-se,

Cumpra-se.

Boa Vista-RR, em 16 de novembro de 2017.

Paulo Roberto Bragato

Secretário Municipal de Administração

e Gestão de Pessoas

PREFEITURA MUNICIPAL DE BOA VISTA SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO E GESTÃO DE PESSOAS GABINETE DO SECRETÁRIO

PORTARIA Nº 510/2017-SMAG

O Secretário Municipal de Administração e Gestão

de Pessoas, no uso das atribuições legais que lhe são con- feridas através do Decreto nº 003/E, publicado no DOM nº 2367, de 06 de janeiro de 2009, e, de acordo com o dispos- to no art. 137, parágrafo único, da Lei Complementar nº

003/2012,

RESOLVE:

Art. 1º Acatar na íntegra as orientações constantes do Processo Administrativo Disciplinar nº 2005/2017/SMAG/ Vol. 1, que é pelo arquivamento do procedimento adminis- trativo.

Art. 2º Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário.

Cientique-se,

Publique-se,

Cumpra-se.

Boa Vista-RR, em 16 de novembro de 2017.

Paulo Roberto Bragato

Secretário Municipal de Administração

e Gestão de Pessoas

PREFEITURA MUNICIPAL DE BOA VISTA SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO E GESTÃO DE PESSOAS GABINETE DO SECRETÁRIO

PORTARIA Nº 511/2017-SMAG

O Secretário Municipal de Administração e Gestão

de Pessoas, no uso das atribuições legais que lhe são con- feridas através do Decreto nº 003/E, publicado no DOM nº 2367, de 06 de janeiro de 2009, e, de acordo com o dispos- to no art. 137, parágrafo único, da Lei Complementar nº

003/2012,

RESOLVE:

Art. 1º Acatar na íntegra as orientações constantes do Processo Administrativo Disciplinar nº 2064/2017/SMAG/ Vol. 1, que é pelo arquivamento do procedimento adminis- trativo.

Art. 2º Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário.

Cientique-se,

Publique-se,

Cumpra-se.

Boa Vista-RR, em 16 de novembro de 2017.

Paulo Roberto Bragato

Secretário Municipal de Administração

e Gestão de Pessoas

PREFEITURA MUNICIPAL DE BOA VISTA SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO E GESTÃO DE PESSOAS GABINETE DO SECRETÁRIO

PORTARIA Nº 512/2017-SMAG

O Secretário Municipal de Administração e Gestão

de Pessoas, no uso das atribuições legais que lhe são con- feridas através do Decreto nº 003/E, publicado no DOM nº 2367, de 06 de janeiro de 2009, e, de acordo com o dispos- to no art. 137, parágrafo único, da Lei Complementar nº

003/2012,

RESOLVE:

Art. 1º Acatar na íntegra as orientações constantes do Processo Administrativo Disciplinar nº 2007/2017/SMAG/ Vol. 1, que é pelo arquivamento do procedimento adminis- trativo.

DIÁRIO OFICIAL DO MUNICÍPIO DE BOA VISTA - Nº 4523

16 de Novembro de 2017

Art. 2º Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário.

Cientique-se,

Publique-se,

Cumpra-se.

Boa Vista-RR, em 16 de novembro de 2017.

Paulo Roberto Bragato Secretário Municipal de Administração

e Gestão de Pessoas

PREFEITURA MUNICIPAL DE BOA VISTA SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO E GESTÃO DE PESSOAS GABINETE DO SECRETÁRIO

PORTARIA Nº 513/2017-SMAG

O Secretário Municipal de Administração e Gestão

de Pessoas, no uso de suas atribuições legais que lhe são conferidas através do Decreto nº 003/E, publicado no DOM nº 2367, de 06 de janeiro de 2009, e artigo 136 da Lei Com- plementar nº 003, de 02 de janeiro de 2012,

RESOLVE:

Art. 1º Reconduzir a Comissão de Processo Admi- nistrativo Disciplinar, composta pelos servidores: Antonia Cleide Alves Pereira, Técnico Municipal, Matrícula 27480/ PMBV, Márcia Andreia Lima Quadros, Auxiliar Municipal, Matrícula 26671/PMBV e Leaciba Damasceno de Souza, Técnico Municipal, Matrícula 27552/PMBV, sob a presidên-

cia do primeiro, com sede em Boa Vista/RR, para concluírem os trabalhos que lhes foram designados através da Portaria nº 272/2017-SMAG, publicada no Diário O cial do Municí- pio nº 4437, de 06 de julho de 2017, referente à apuração de responsabilidade funcional em face de M.V.O, Matrícula 30069/PMBV, conforme o Processo nº 1102/2017/SMAG/Vol.

1.

Art. 2º O prazo para a conclusão dos trabalhos será de (60) sessenta dias, conforme determina o art. 145 da Lei Complementar n° 003/12.

Art. 3º Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário.

Cientique-se,

Publique-se,

Cumpra-se.

Boa Vista-RR, em 16 de novembro de 2017.

Paulo Roberto Bragato

Secretário Municipal de Administração

e Gestão de Pessoas

PREFEITURA MUNICIPAL DE BOA VISTA SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO E GESTÃO DE PESSOAS GABINETE DO SECRETÁRIO

PORTARIA Nº 514/2017-SMAG

O Secretário Municipal de Administração e Gestão

de Pessoas, no uso das atribuições legais que lhe são confe- ridas através do Decreto nº 003/E, de 05 de janeiro de 2009, publicado no DOM nº 2367, de 06 de janeiro de 2009,

RESOLVE:

Art. 1º Tornar sem efeito a Portaria nº 420/2017- SMAG, publicada no Diário O cial do Município n° 4511, de 26 de outubro de 2017, que designou servidores para com- porem a Comissão de Processo Administrativo Disciplinar n° 2045/2017/SEPF/Vol. 1.

Art. 2º Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário.

Cientique-se,

Publique-se,

Cumpra-se.

13

Boa Vista-RR, em 16 de novembro de 2017.

Paulo Roberto Bragato

Secretário Municipal de Administração

e Gestão de Pessoas

PREFEITURA MUNICIPAL DE BOA VISTA SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO E GESTÃO DE PESSOAS GABINETE DO SECRETÁRIO

PORTARIA Nº 515/2017-SMAG

O Secretário Municipal de Administração e Gestão

de Pessoas, no uso de suas atribuições legais que lhe são conferidas através do Decreto nº 003/E, publicado no DOM nº 2367, de 06 de janeiro de 2009, e artigo 136 da Lei Com- plementar nº 003, de 02 de janeiro de 2012,

RESOLVE:

Art. 1º Designar nos termos do artigo 142 e demais aplicáveis à espécie, da Lei Complementar nº 003/12, Co- missão de Processo Administrativo Disciplinar, compos- ta pelos servidores: Karla Alessandra Mourão Pereira de Oliveira, Analista Municipal, Matrícula 27531/PMBV, Van- derli Alves dos Santos Ribas, Analista Municipal, Matrícula 27727/PMBV e Rhauan Hulek Linário Leal, Técnico Munici- pal, Matrícula 27772/PMBV, sob a presidência do primeiro, com sede em Boa Vista/RR, para apuração de responsabi- lidade funcional em face de R.F.N, Matrícula 01497/PMBV, em virtude dos fatos comunicados no MEMO nº 18409/2017- GAB/SEPF, conforme o Processo nº 2045/2017/SEPF/Vol. 1, a qual poderá reportar-se diretamente aos demais órgãos da Administração Pública, em diligências necessárias à instru- ção processual.

Art. 2º O prazo para a conclusão dos trabalhos será de (60) sessenta dias, conforme determina o art. 145 da Lei Complementar n° 003/12.

Art. 3º Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário.

Cientique-se,

Publique-se,

Cumpra-se.

Boa Vista-RR, em 16 de novembro de 2017.

Paulo Roberto Bragato

Secretário Municipal de Administração

e Gestão de Pessoas

PREFEITURA MUNICIPAL DE BOA VISTA SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO E GESTÃO DE PESSOAS GABINETE DO SECRETÁRIO

PORTARIA Nº 516/2017-SMAG

O Secretário Municipal de Administração e Gestão

de Pessoas, no uso das atribuições legais que lhe são con- feridas através do Decreto nº 003/E, publicado no DOM nº 2367, de 06 de janeiro de 2009,

RESOLVE:

Art. 1º Destituir da Comissão de Sindicância Ad- ministrativa, designada através da Portaria nº 422/2017- SMAG, publicada no Diário O cial do Município nº 4517, de 07 de novembro de 2017, referente ao Processo nº 2393/2017/SMAG/Vol. 1, a servidora Laisse Gomes dos Reis, Agente Público Municipal, Matrícula 849080/PMBV, membro da comissão.

Art. 2º Designar para substituí-la, a servidora Adria- na da Costa Silva, Assistente Técnico, Matrícula nº 25129/ PMBV.

Art. 3º Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário.

Cientique-se,

Publique-se,

Cumpra-se.

DIÁRIO OFICIAL DO MUNICÍPIO DE BOA VISTA - Nº 4523

16 de Novembro de 2017

14

Boa Vista-RR, em 16 de novembro de 2017.

Paulo Roberto Bragato

Secretário Municipal de Administração

e Gestão de Pessoas

PREFEITURA MUNICIPAL DE BOA VISTA SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO E GESTÃO DE PESSOAS GABINETE DO SECRETÁRIO

PORTARIA Nº 517/2017-SMAG

O Secretário Municipal de Administração e Gestão

de Pessoas, no uso de suas atribuições legais que lhe são conferidas através do Decreto nº 003/E, publicado no DOM nº 2367, de 06 de janeiro de 2009, e tendo em vista o dis- posto nos artigos nº 128, 136 e 142, da Lei Complementar nº 003, de 02 de janeiro de 2012,

RESOLVE:

Art. 1º Designar Nayany Karol Reis de Souza, Téc- nico Municipal, Matrícula 30077 e Marliane Trindade Tor- res, Professor, Matrícula 28309, para sob a presidência do primeiro, constituírem Comissão de Processo Administrativo Disciplinar de Rito Sumário visando à apuração de possível acumulação ilegal de cargos, empregos ou função pública, atribuído a A.P.D, Matrícula 27464/PMBV, conforme consta dos autos do Processo Administrativo nº 1694/2017/SMAG/ Vol. 1.

Art. 2º Estabelecer o prazo de 30 (trinta) dias para a conclusão dos trabalhos da referida comissão.

Art. 3º Tornar sem efeito a Portaria nº 461/2017-

SMAG, publicada no Diário O cial do Município nº 4517, de

07 de novembro de 2017.

Art. 4º Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário.

Cientique-se,

Publique-se,

Cumpra-se.

Boa Vista-RR, em 16 de novembro de 2017.

Paulo Roberto Bragato

Secretário Municipal de Administração

e Gestão de Pessoas

PREFEITURA MUNICIPAL DE BOA VISTA SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO E GESTÃO DE PESSOAS GABINETE DO SECRETÁRIO

PORTARIA Nº 518/2017-SMAG

O Secretário Municipal de Administração e Gestão

de Pessoas, no uso de suas atribuições legais que lhe são conferidas através do Decreto nº 003/E, publicado no DOM nº 2367, de 06 de janeiro de 2009, e tendo em vista o dis- posto nos artigos nº 128, 136 e 142, da Lei Complementar nº 003, de 02 de janeiro de 2012,

RESOLVE:

Art. 1º Designar Nayany Karol Reis de Souza, Téc- nico Municipal, Matrícula 30077 e Marliane Trindade Tor- res, Professor, Matrícula 28309, para sob a presidência do primeiro, constituírem Comissão de Processo Administrativo Disciplinar de Rito Sumário visando à apuração de possível acumulação ilegal de cargos, empregos ou função pública, atribuído a R.D.M.V, Matrículas 29227/PMBV e 27192/PMBV, conforme consta dos autos do Processo Administrativo nº 2073/2017/SMAG/Vol. 1.

Art. 2º Estabelecer o prazo de 30 (trinta) dias para a conclusão dos trabalhos da referida comissão.

Art. 3º Tornar sem efeito a Portaria nº 464/2017-

SMAG, publicada no Diário O cial do Município nº 4517, de

07 de novembro de 2017.

Art. 4º Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário.

Cientique-se,

Publique-se,

Cumpra-se.

Boa Vista-RR, em 16 de novembro de 2017.

Paulo Roberto Bragato

Secretário Municipal de Administração

e Gestão de Pessoas

PREFEITURA MUNICIPAL DE BOA VISTA SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO E GESTÃO DE PESSOAS GABINETE DO SECRETÁRIO

PORTARIA Nº 519/2017-SMAG

O Secretário Municipal de Administração e Gestão

de Pessoas, no uso de suas atribuições legais que lhe são conferidas através do Decreto nº 003/E, publicado no DOM nº 2367, de 06 de janeiro de 2009, e tendo em vista o dis- posto nos artigos nº 128, 136 e 142, da Lei Complementar nº 003, de 02 de janeiro de 2012,

RESOLVE:

Art. 1º Designar Lucimeiry Barbosa da Costa, Pro- fessor, Matrícula 848134 e Ana Biatriz Lima Gonçalves, Au- xiliar Municipal, Matrícula 26704, para sob a presidência do primeiro, constituírem Comissão de Processo Administrativo Disciplinar de Rito Sumário visando à apuração de possível acumulação ilegal de cargos, empregos ou função pública, atribuído a J.M.F, Matrícula 130446/PMBV, conforme consta dos autos do Processo Administrativo nº 1988/2017/SMAG/ Vol. 1.

Art. 2º Estabelecer o prazo de 30 (trinta) dias para a conclusão dos trabalhos da referida comissão.

Art. 3º Tornar sem efeito a Portaria nº 432/2017- SMAG, publicada no Diário O cial do Município nº 4517, de 07 de novembro de 2017.

Art. 4º Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário.

Cientique-se,

Publique-se,

Cumpra-se.

Boa Vista-RR, em 16 de novembro de 2017.

Paulo Roberto Bragato

Secretário Municipal de Administração

e Gestão de Pessoas

PREFEITURA MUNICIPAL DE BOA VISTA SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO E GESTÃO DE PESSOAS GABINETE DO SECRETÁRIO

PORTARIA Nº 520/2017-SMAG

O Secretário Municipal de Administração e Gestão

de Pessoas, no uso de suas atribuições legais que lhe são conferidas através do Decreto nº 003/E, publicado no DOM nº 2367, de 06 de janeiro de 2009, e tendo em vista o dis- posto nos artigos nº 128, 136 e 142, da Lei Complementar nº 003, de 02 de janeiro de 2012,

RESOLVE:

Art. 1º Designar Lucimeiry Barbosa da Costa, Pro- fessor, Matrícula 848134 e Ana Biatriz Lima Gonçalves, Au- xiliar Municipal, Matrícula 26704, para sob a presidência do primeiro, constituírem Comissão de Processo Administrativo Disciplinar de Rito Sumário visando à apuração de possível acumulação ilegal de cargos, empregos ou função pública, atribuído a M.F, Matrículas 25310/PMBV e 845734/PMBV, conforme consta dos autos do Processo Administrativo nº 2068/2017/SMAG/Vol. 1.

Art. 2º Estabelecer o prazo de 30 (trinta) dias para a conclusão dos trabalhos da referida comissão.

Art. 3º Tornar sem efeito a Portaria nº 433/2017- SMAG, publicada no Diário O cial do Município nº 4517, de

DIÁRIO OFICIAL DO MUNICÍPIO DE BOA VISTA - Nº 4523

16 de Novembro de 2017

07 de novembro de 2017.

Art. 4º Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário.

Cientique-se,

Publique-se,

Cumpra-se.

Boa Vista-RR, em 16 de novembro de 2017.

Paulo Roberto Bragato

Secretário Municipal de Administração

e Gestão de Pessoas

PREFEITURA MUNICIPAL DE BOA VISTA SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO E GESTÃO DE PESSOAS GABINETE DO SECRETÁRIO

PORTARIA Nº 521/2017-SMAG

O Secretário Municipal de Administração e Gestão

de Pessoas, no uso de suas atribuições legais que lhe são conferidas através do Decreto nº 003/E, publicado no DOM nº 2367, de 06 de janeiro de 2009, e tendo em vista o dis- posto nos artigos nº 128, 136 e 142, da Lei Complementar nº 003, de 02 de janeiro de 2012,

RESOLVE:

Art. 1º Designar Lucimeiry Barbosa da Costa, Pro- fessor, Matrícula 848134 e Ana Biatriz Lima Gonçalves, Au- xiliar Municipal, Matrícula 26704, para sob a presidência do primeiro, constituírem Comissão de Processo Administrativo Disciplinar de Rito Sumário visando à apuração de possível acumulação ilegal de cargos, empregos ou função pública, atribuído a E.S.A.O, Matrícula 30148/PMBV, conforme consta dos autos do Processo Administrativo nº 2080/2017/SMAG/ Vol. 1.

Art. 2º Estabelecer o prazo de 30 (trinta) dias para a conclusão dos trabalhos da referida comissão.

Art. 3º Tornar sem efeito a Portaria nº 434/2017-

SMAG, publicada no Diário O cial do Município nº 4517, de

07 de novembro de 2017.

Art. 4º Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário.

Cientique-se,

Publique-se,

Cumpra-se.

Boa Vista-RR, em 16 de novembro de 2017.

Paulo Roberto Bragato Secretário Municipal de Administração

e Gestão de Pessoas

PREFEITURA MUNICIPAL DE BOA VISTA SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO E GESTÃO DE PESSOAS GABINETE DO SECRETÁRIO

PORTARIA Nº 522/2017-SMAG

O Secretário Municipal de Administração e Gestão

de Pessoas, no uso de suas atribuições legais que lhe são conferidas através do Decreto nº 003/E, publicado no DOM nº 2367, de 06 de janeiro de 2009, e tendo em vista o dis- posto nos artigos nº 128, 136 e 142, da Lei Complementar nº 003, de 02 de janeiro de 2012,

RESOLVE:

Art. 1º Designar Lucimeiry Barbosa da Costa, Pro- fessor, Matrícula 848134 e Ana Biatriz Lima Gonçalves, Au- xiliar Municipal, Matrícula 26704, para sob a presidência do primeiro, constituírem Comissão de Processo Administrativo Disciplinar de Rito Sumário visando à apuração de possível acumulação ilegal de cargos, empregos ou função pública, atribuído a G.C.S, Matrícula 27693/PMBV, conforme consta dos autos do Processo Administrativo nº 1980/2017/SMAG/ Vol. 1.

Art. 2º Estabelecer o prazo de 30 (trinta) dias para a

15

conclusão dos trabalhos da referida comissão.

Art. 3º Tornar sem efeito a Portaria nº 431/2017-

SMAG, publicada no Diário O cial do Município nº 4517, de

07 de novembro de 2017.

Art. 4º Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário.

Cientique-se,

Publique-se,

Cumpra-se.

Boa Vista-RR, em 16 de novembro de 2017.

Paulo Roberto Bragato

Secretário Municipal de Administração

e Gestão de Pessoas

PREFEITURA MUNICIPAL DE BOA VISTA SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO E GESTÃO DE PESSOAS GABINETE DO SECRETÁRIO

PORTARIA Nº 523/2017-SMAG

O Secretário Municipal de Administração e Gestão

de Pessoas, no uso de suas atribuições legais que lhe são conferidas através do Decreto nº 003/E, publicado no DOM nº 2367, de 06 de janeiro de 2009, e tendo em vista o dis- posto nos artigos nº 128, 136 e 142, da Lei Complementar nº 003, de 02 de janeiro de 2012,

RESOLVE:

Art. 1º Designar Nayany Karol Reis de Souza, Téc- nico Municipal, Matrícula 30077 e Marliane Trindade Tor- res, Professora, Matrícula 28309, para sob a presidência do primeiro, constituírem Comissão de Processo Administrativo Disciplinar de Rito Sumário visando à apuração de possível acumulação ilegal de cargos, empregos ou função pública, atribuído a L.L.C.B, Matrícula 28330/PMBV, conforme consta dos autos do Processo Administrativo nº 1981/2017/SMAG/ Vol. 1.

Art. 2º Estabelecer o prazo de 30 (trinta) dias para a conclusão dos trabalhos da referida comissão.

Art. 3º Tornar sem efeito a Portaria nº 462/2017-

SMAG, publicada no Diário O cial do Município nº 4517, de

07 de novembro de 2017.

Art. 4º Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário.

Cientique-se,

Publique-se,

Cumpra-se.

Boa Vista-RR, em 16 de novembro de 2017.

Paulo Roberto Bragato

Secretário Municipal de Administração

e Gestão de Pessoas

PREFEITURA MUNICIPAL DE BOA VISTA SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO E GESTÃO DE PESSOAS GABINETE DO SECRETÁRIO

PORTARIA Nº 524/2017-SMAG

O Secretário Municipal de Administração e Gestão

de Pessoas, no uso de suas atribuições legais que lhe são conferidas através do Decreto nº 003/E, publicado no DOM nº 2367, de 06 de janeiro de 2009, e tendo em vista o dis- posto nos artigos nº 128, 136 e 142, da Lei Complementar nº 003, de 02 de janeiro de 2012,

RESOLVE:

Art. 1º Designar Nayany Karol Reis de Souza, Téc- nico Municipal, Matrícula 30077 e Marliane Trindade Tor- res, Professora, Matrícula 28309, para sob a presidência do primeiro, constituírem Comissão de Processo Administrativo Disciplinar de Rito Sumário visando à apuração de possível acumulação ilegal de cargos, empregos ou função públi-

DIÁRIO OFICIAL DO MUNICÍPIO DE BOA VISTA - Nº 4523

16 de Novembro de 2017

16

ca, atribuído a L.C.R.S, Matrícula 845680/PMBV, conforme consta dos autos do Processo Administrativo nº 2069/2017/ SMAG/Vol. 1.

Art. 2º Estabelecer o prazo de 30 (trinta) dias para a conclusão dos trabalhos da referida comissão.

Art. 3º Tornar sem efeito a Portaria nº 463/2017-

SMAG, publicada no Diário O cial do Município nº 4517, de

07 de novembro de 2017.

Art. 4º Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário.

Cientique-se,

Publique-se,

Cumpra-se.

Boa Vista-RR, em 16 de novembro de 2017.

Paulo Roberto Bragato

Secretário Municipal de Administração

e Gestão de Pessoas

PREFEITURA MUNICIPAL DE BOA VISTA SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO E GESTÃO DE PESSOAS GABINETE DO SECRETÁRIO

PORTARIA Nº 525/2017-SMAG

O Secretário Municipal de Administração e Gestão

de Pessoas, no uso de suas atribuições legais que lhe são conferidas através do Decreto nº 003/E, publicado no DOM nº 2367, de 06 de janeiro de 2009, e tendo em vista o dis- posto nos artigos nº 128, 136 e 142, da Lei Complementar nº 003, de 02 de janeiro de 2012,

RESOLVE:

Art. 1º Designar Nayany Karol Reis de Souza, Técnico Municipal, Matrícula 30077 e Marliane Trindade Torres, Pro- fessora, Matrícula 28309, para sob a presidência do primeiro, constituírem Comissão de Processo Administrativo Disciplinar de Rito Sumário visando à apuração de possível acumulação ilegal de cargos, empregos ou função pública, atribuído a E.R.M, Matrícula 845475/PMBV, conforme consta dos autos do Processo Administrativo nº 2117/2017/SMAG/Vol. 1.

Art. 2º Estabelecer o prazo de 30 (trinta) dias para a conclusão dos trabalhos da referida comissão.

Art. 3º Tornar sem efeito a Portaria nº 465/2017-

SMAG, publicada no Diário O cial do Município nº 4517, de

07 de novembro de 2017.

Art. 4º Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário.

Cientique-se,

Publique-se,

Cumpra-se.

Boa Vista-RR, em 16 de novembro de 2017.

Paulo Roberto Bragato

Secretário Municipal de Administração

e Gestão de Pessoas

PREFEITURA MUNICIPAL DE BOA VISTA SECRETARIA MUNICIPAL DE ADMINISTRAÇÃO E GESTÃO DE PESSOAS GABINETE DO SECRETÁRIO

PORTARIA Nº 526/2017-SMAG

O Secretário Municipal de Administração e Gestão

de Pessoas, no uso de suas atribuições legais que lhe são conferidas através do Decreto nº 003/E, publicado no DOM nº 2367, de 06 de janeiro de 2009, e tendo em vista o dis- posto nos artigos nº 128, 136 e 142, da Lei Complementar nº 003, de 02 de janeiro de 2012,

RESOLVE:

Art. 1º Designar Lucimeiry Barbosa da Costa, Pro- fessor, Matrícula 848134 e Ana Biatriz Lima Gonçalves, Au-

xiliar Municipal, Matrícula 26704, para sob a presidência do primeiro, constituírem Comissão de Processo Administrativo Disciplinar de Rito Sumário visando à apuração de possível acumulação ilegal de cargos, empregos ou função pública, atribuído a G.A.T, Matrícula 845500/PMBV, conforme consta dos autos do Processo Administrativo nº 2139/2017/SMAG/ Vol. 1.

Art. 2º Estabelecer o prazo de 30 (trinta) dias para a conclusão dos trabalhos da referida comissão.

Art. 3º Tornar sem efeito a Portaria nº 435/2017- SMAG, publicada no Diário O cial do Município nº 4517, de 07 de novembro de 2017.

Art. 4º Esta Portaria entra em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário.

Cientique-se,

Publique-se,

Cumpra-se.

Boa Vista-RR, em 16 de novembro de 2017.

Paulo Roberto Bragato Secretário Municipal de Administração e Gestão de Pessoas

PREFEITURA MUNICIPAL DE BOA VISTA REGIME DE PREVIDÊNCIA SOCIAL DOS SERVIDORES PÚBLICOS DO MUNICÍPIO DE BOA VISTA - PRESSEM

DEMONSTRATIVO DAS RECEITAS E DESPESAS PREVIDENCIÁRIAS ( Artigo 53, Inciso II e 50, Inciso IV da LC. 101/00 )

ADMINISTRAÇÃO DIRETA, INDIRETA E FUNCIONAL

MÊS: OUTUBRO

EXERCÍCIO: 2017

I

- RECEITAS PREVIDENCIÁRIAS

Previsão Anual

Receitas Realizadas

Saldo a Realizar

Inicial

Atualizada

No Mês

Até o Mês

 

Transferências Patronais

 

28.071.847,00

28.071.847,00

2.768.824,40

25.842.669,09

 

-2.229.177,91

 

Contribuições dos Servidores

1.689.520,00

1.689.520,00

1.914.451,99

18.071.199,73

 

16.381.679,73

 

Contribuições dos Inativos

 

317.700,00

317.700,00

11.491,70

100.268,49

 

-217.431,51

 

Contribuições dos Pensionistas

221.976,00

221.976,00

2.153,36

25.012,96

 

-196.963,04

 

Aplicações Financeiras

 

1.070.800,00

1.070.800,00

2.428.805,93

46.239.621,61

 

45.168.821,61

 

Receitas Patrimoniais

 

-

-

-

-

 

0,00

 

Outras Receitas

 

-

-

51.217,74

430.537,09

 

430.537,09

 

Compensações Previdenciárias

-

-

-

-

 

0,00

 

Outras Transferências do Município

 

-

-

-

 

0,00

 

Alienações de Bens

 

-

-

-

-

 

0,00

 

Deduções da Receita Corrente

-

-

-

-

 

0,00

 

TOTAL

31.371.843,00

31.371.843,00

7.176.945,12

90.709.308,97

 

59.337.465,97

II

- DESPESAS

Dotação Anual

Empenhadas

Liquidadas

Saldo a Empenhar

PREVIDENCIÁRIAS

Inicial

Atualizada

No Mês

Até o Mês

No Mês

Até o Mês

 

Pessoal Ativo

354.000,00

354.000,00

24.213,89

238.091,70

24.213,89

238.091,70

115.908,30

 

Inativos

12.526.000,00

12.526.000,00

935.093,26

8.930.754,94

935.093,26

8.930.754,94

3.595.245,06

 

Pensionistas

3.992.000,00

4.492.000,00

324.110,16

3.302.733,02

324.110,16

3.302.733,02

1.189.266,98

 

Outros Benefícios

37.573,00

3.847.573,00

1.227,14

3.572.658,62

283.953,06

2.531.368,77

274.914,38

 

Outras Despesas

6.497.270,00

6.622.270,00

23.416,51

716.841,96

54.217,43

474.176,59

5.905.428,04

 

Compensação Previd.

25.000,00

25.000,00

-

22.800,00

1.460,25

13.146,62

2.200,00

 

SUBTOTAL

23.431.843,00

27.866.843,00

1.308.060,96

16.783.880,24

1.623.048,05

15.490.271,64

11.082.962,76

 

RESERVA P/FORM.RPPS

7.940.000,00

3.505.000,00

-

0,00

-

-

3.505.000,00

 

TOTAL

31.371.843,00

31.371.843,00

1.308.060,96

16.783.880,24

1.623.048,05

15.490.271,64

14.587.962,76

 

III

- SUPERÁVIT/DÉFICIT

0,00

0,00

5.868.884,16

73.925.428,73

5.553.897,07

75.219.037,33

 

( I

- II )

 

IV

- DISPONIBILIDADES FINANCEIRAS

 

R$

   

R$

 

Receitas

 

92.315.601,16

Despesas

 

18.405.795,49

 

Orçamentária

   

90.709.308,97

Orçamentárias Liquidada

 

15.490.271,64

 

Extra-orçamentárias

   

1.606.292,19

Extra-orçamentárias

 

2.915.523,85

     

Inscrições Restos à Pagar

 

-

 

Saldo do Exercício Anterior

   

420.651.007,20

Saldo Atual

 

494.560.812,87

 

Caixa

 

-

Caixa

 

-

 

Bancos Conta Movimento

   

-

Bancos Conta Movimento

 

21.436,19

 

Aplicações Financeiras

   

420.651.007,20

Aplicações Financeiras

 

494.539.376,68

 

TOTAL

 

512.966.608,36

TOTAL

 

512.966.608,36

 

-

Resp. p/ Poder

Leila Carneiro de Mello

Superintendente da Previdência Municipal

Decreto nº 0059/P

Resp. p/ Adm. Financeira

Anna Carolina Vieira de S. e Silva

Diretora do Depto. Financeiro

Decreto nº 0062/P

Resp. p/ Controle Interno

Adelaide Cristina G. de Azevedo

Assistente Técnica

Decreto nº 0062/P

DIÁRIO OFICIAL DO MUNICÍPIO DE BOA VISTA - Nº 4523

16 de Novembro de 2017

17

SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO E CULTURA

PREFEITURA MUNICIPAL DE BOA VISTA SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO E CULTURA GABINETE DA SECRETÁRIA

EDITAL Nº 83/2017 - PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO Nº 003/2017– PMBV/SMEC

A Secretária Municipal de Educação e Cultura, considerando os trabalhos desenvolvidos por meio da Comissão no- meada por força da Portaria nº 219/17/GAB/SMEC, publicada no DOM nº 4493, de 26 de setembro de 2017, resolve tornar publico o Resultado Preliminar das Inscrições do Processo Seletivo Simplicado, conforme critérios estabelecidos no Edital nº 003/2017 - PMBV/SMEC.

RESULTADO PRELIMINAR DAS INSCRIÇÕES DO PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO - EDITAL Nº 003/2017 - PMBV/SMEC

FUNÇÃO/CARGO: ASSISTENTE DE ALUNO

INSCRIÇÃO

NOME DO CANDIDATO

CPF

PCD HOMOLOGAÇÃO MOTIVO

3388

ABIGAIL SANTOS FREITAS

02151032205

N

INDEFERIDO

19.5

5235

ABIGAIL SILVA DE ARAUJO

03027170210

N

DEFERIDO

3704

ABIGAIL SILVA GUIMARAES

00933976232

N

DEFERIDO

4811

ABIMAEL DE SOUSA MAIA

70310149215

N

DEFERIDO

637

ABINOAN MIRANDA DE SOUSA

46688196387

N

DEFERIDO

1128

ABNEL RAIR DOS SANTOS ASSUNÇÃO

19324189204

N

DEFERIDO

4623

ABRIZA DE CARVALHO DIAS

02709948230

N

INDEFERIDO

19

5773

ACRANE DA SILVA BEZERRA

78079349215

N

DEFERIDO

3306

ADA KATARINE FERREIRA DE ASSUNÇÃO

03129805230

N

INDEFERIDO

19

5741

ADAILTON DOS SANTOS

61111730300

N

DEFERIDO

3295

ADAILTON DOS SANTOS MOTA

02311530232

N

INDEFERIDO

19

4298

ADAILTON PAULINO DA SILVA

03362327214

N

INDEFERIDO

19

831

ADAILTON PAULO DA SILVA ARAUJO

56417470253

N

DEFERIDO

3874

ADALETE ALVES DA SILVA COSTA

75539888200

N

DEFERIDO

2515

ADALGISA FIGUEIRA MORAES

65403240225

N

DEFERIDO

5262

ADALIO GRACIANO DA SILVA FILHO

87348047220

N

DEFERIDO

2362

ADANLEE NASCIMENTO DA SILVA

03260039244

N

DEFERIDO

5488

ADAO DA SILVA CHAVES

01590826256

N

DEFERIDO

3784

ADÃO LIMA FELIX

03025806206

N

DEFERIDO

4109

ADEILDO DE OLIVEIRA PEIXOTO

32277954268

N

DEFERIDO

4061

ADEILTON FERREIRA REGIS

02873205296

N

INDEFERIDO

19.5

1162

ADELIETE ALVES DA SILVA

88667081272

N

INDEFERIDO

19

6105

ADELINA BARBOSA DE FREITAS

50935135472

N

DEFERIDO

1873

ADELLIA CLOTILDE SANTANA SOARES

00372316344

N

DEFERIDO

6112

ADELSON SOUSA DA CUNHA

02384792261

N

DEFERIDO

3474

ADEMIR DIAS SOARES DE SOUZA

92962599249

N

INDEFERIDO

19.5

910

ADERLAN HENRIQUE MELO VIANA

99484765220

N

DEFERIDO

1649

ADERLIR FERNANDES LEITE

38274345215

N

DEFERIDO

5131

ADIAN DUARTE FRANÇA

83974474315

N

DEFERIDO

24

ADIANE DE SOUZA REIS

99258390253

N

DEFERIDO

5407

ADINELMA DUARTE FRANÇA

97291463300

N

DEFERIDO

5027

ADJANE TAVARES DOS SANTOS

38297795268

N

DEFERIDO

4712

ADLA SOUZA COSTA

86289675249

N

INDEFERIDO

19

5939

ADNA THAYZA DE FONTES SANTOS

00329634240

N

INDEFERIDO

19

1629

ADNAN ALBUQUERQUE DE ARAÚJO

00339211210

N

DEFERIDO

1540

ADONIZETE DA SILVA MELO

01313599247

N

DEFERIDO

3261

ADREANA SILVA COSTA

98444301272

N

DEFERIDO

1614

ADRIA FERNANDES SOUTO

65099150225

N

DEFERIDO

3734

ADRIA KELRI DE SOUZA FREITAS

02378743262

N

INDEFERIDO

19.5

2080

ADRIANA ALMEIDA MARQUES

00054922208

N

DEFERIDO

5785

ADRIANA ALVES DA SILVA

53976290220

N

INDEFERIDO

19.5

6269

ADRIANA AZEVEDO SAMPAIO

76232409272

N

DEFERIDO

4310

ADRIANA BARBOSA PAIVA

90539885215

N

DEFERIDO

4924

ADRIANA BRAZ DA SILVA

02491217350

N

DEFERIDO

3201

ADRIANA CAETANO SILVA

73810126268

N

INDEFERIDO

19.5

1323

ADRIANA COSTA DOS SANTOS

92645160263

N

DEFERIDO

5297

ADRIANA DA SILVA LEÃO

64978435234

N

INDEFERIDO

19

3727

ADRIANA DE ARAÚJO SOARES

00135051223

N

DEFERIDO

125

ADRIANA DE SOUZA GONÇALVES OLIVEIRA

72200570244

N

DEFERIDO

4996

ADRIANA DOS REIS OLIVEIRA

71032134291

N

INDEFERIDO

19

2189

ADRIANA DOS SANTOS GOMES

89246110200

N

DEFERIDO

3479

ADRIANA FERREIRA DA CONCEIÇÃO

02370335262

N

INDEFERIDO

19.5

884

ADRIANA FREITAS DE ARAUJO

00784137293

N

DEFERIDO

1016

ADRIANA GARRIDO DA SILVA

78655226220

N

DEFERIDO

485

ADRIANA GOMES DA SILVA

72202483268

N

DEFERIDO

6192

ADRIANA GOMES GALVÃO

82855730287

N

DEFERIDO

4036

ADRIANA KARLA LOPES BARATA SOUZA

58938869253

N

INDEFERIDO

19

2634

ADRIANA KELLY CARVALHO DA SILVA

00892581263

N

INDEFERIDO

19.5

776

ADRIANA MONTEIRO DA SILVA

00270483225

N

DEFERIDO

436

ADRIANA NASCIMENTO DAS NEVES

00050861247

N

DEFERIDO

5527

ADRIANA NASCIMENTO SANTOS

86856960204

N

DEFERIDO

5176

ADRIANA NUMES SANTOS

00890406278

N

DEFERIDO

2466

ADRIANA PEREIRA

38304457253

N

INDEFERIDO

19.5

1515

ADRIANA PEREIRA MORAES

79241913215

N

DEFERIDO

1571

ADRIANA REGINA DE MOURA

71032215291

N

INDEFERIDO

19.5

4257

ADRIANA RENATA RODRIGUES

00791412261

N

INDEFERIDO

19

419

ADRIANA RIBEIRO DIAS

00582297796

N

DEFERIDO

DIÁRIO OFICIAL DO MUNICÍPIO DE BOA VISTA - Nº 4523

16 de Novembro de 2017

18

4079

3471

911

4393

2986

4613 ADRIANA SARMENTO PEREIRA VIANA

19 ADRIANA SILVA CUNHA

4778

3147

3871

1053

2437 ADRIANA VIANA DA SILVA

1077

3434

5800

1132

4123

481

3156

4835

5777

4843

4495 ADRIEL DOS REIS PANTOJA

4408

3925

2769 ADRIELE NAYARA DO NASCIMENTO ARAUJO

5735 ADRIELE SUMAYRA DE OLIVEIRA AMÉRICO

198 ADRIELEN MALHEIRO DA SILVA

ADRIANA RIBEIRO SILVA

ADRIANA RODRIGUES COLUMBY

ADRIANA RODRIGUES DA SILVA

ADRIANA RODRIGUES MACHADO

ADRIANA SANTOS PEQUENO

ADRIANA SILVA NASCIMENTO

ADRIANA SOUSA DA SILVA LEITE

ADRIANA SOUZA AGUIAR

ADRIANA SOUZA SILVA

ADRIANNE ARAÚJO ALVES

ADRIANO BEZERRA FERREIRA

ADRIANO CASTRO DA SILVA

ADRIANO DE SOUSA OLIVEIRA

ADRIANO DE SOUZA

ADRIANO DUARTE ALVES

ADRIANO JORGE PINHEIRO DE MATTOS

ADRIANO PIRES DE OLIVEIRA

ADRIANO REIS DE LIMA

ADRIANO SERRA OLIVEIRA

ADRIELE DA SILVA DE SOUSA

ADRIELE DIENE MENDES

4788

618

5673

219

5246

3763 ADVALDO MEDEIROS DA SILVA

4795 AÉCYANE MARINHO DE SOUZA

5721 AFONSO DE LIGORIO NOBRE MACHADO

4323 AGARDIANA MARTINS PEREIRA

4868

1666

1737

5415

2847

1245

214 AGNELI SOUZA DE OLIVEIRA

4968 AGUIDA SARMENTO DOS SANTOS BARROS

5890 AÍDA MAIA MELO BERNARDO DOS SANTOS

361

4580

2506 AILTON MARTINS DA SILVA

466

2754

1620

2935

1918

4620

4571

6327

4462 ALANA ARAÚJO FEITOSA

6295 ALANIELE VITÓRIA DOS SANTOS FIGUEIREDO

5208 ALANNA SILVA ALVES

1647

1461

1021

77

353

4956

4271 ALCINÉIA ARAÚJO CAVALCANTE

17

717

1932

434

3992

4313

1285 ALCIONIRA MOTA MELO

1767

4804