Você está na página 1de 3

3ª Avaliação bimestral de HISTÓRIA – 7º ano / TARDE

1. As especiarias serviam não só para a conservação e o tempero de alimentos, mas também


para fins medicinais. O comércio das especiarias motivou a expansão marítima e comercial
para o Oriente. Considerando essas informações, é CORRETO afirmar: (1,0)

a) A expansão possibilitou a Vasco da Gama a descoberta do Estreito de Magalhães.


b) A expansão causou a ascensão das cidades italianas e a decadência do Sacro Império
Romano.
c) A expansão marítima e comercial portuguesa se iniciou após a conquista de Tânger no
Marrocos.
d) A navegação no Atlântico foi estimulada pelo infante português D. Henrique, objetivando o
comércio das especiarias e a expansão da fé cristã.
e) Todas as alternativas estão incorretas

2. Sabe-se que a política econômica do Estado Moderno Absolutista foi o Mercantilismo. Pode-
se caracterizar a política mercantilista como sendo: (1,0)
a) Um conjunto de práticas comerciais e financeiras vinculado ao sistema de pensamento e
intervenção contra os interesses feudais e favor da burguesia emergente.
b) A principal característica da política mercantilista do Estado Moderno foi a de não se
intrometer na economia do país, deixando que a mesma funcionasse a partir das regras do
mercado.
c) A política mercantilista não tinha como preocupação fundamental um Estado forte que
acumulasse muitos metais preciosos.
d) A política mercantilista caracterizou-se pelo intervencionismo do Estado, planejando a
economia, adotando uma balança comercial favorável. A regra era: protecionismo,
intervencionismo e exclusivismo
e) Todas as alternativas estão incorretas
3. O rei Francisco I, da França, utilizou da ironia para repudiar a divisão do mundo entre
espanhóis e portugueses ao comentar: “Gostaria de ver o testamento de Adão para saber de
que forma este dividira o mundo”. Qual acordo o rei francês criticou com esta frase? (0,5)

___________________________________________________________________________
4. Leia o trecho a seguir e responda às questões propostas. (1,0)

Os lusitanos e os nativos do território recém-encontrado eram bastante diferentes no aspecto


físico e na aparência externa. Enquanto os portugueses achavam-se vestidos com roupas
pesadas e calçados, os indígenas andavam nus e descalços. Os primeiros contatos foram
relativamente pacíficos e de reconhecimento mútuo. Durante os primeiros anos após a
conquista, os lusitanos estavam mais preocupados com as riquezas das Índias do que em
explorar a América portuguesa.
Projeto Araribá: História: Ensino Fundamental. Vol. 7. 3. ed. São Paulo: Moderna, 2010. p. 188.

a) Indique diferenças entre os costumes indígenas e europeus citados no texto.


______________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________
b) Como foram os primeiros anos da ocupação portuguesa no Brasil?
______________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________
______________________________________________________________________________
5. A partir dos seus conhecimentos acerca das diversas fontes utilizadas para o
conhecimento da história dos povos pré-colombianos, relacione a segunda coluna
de acordo com a primeira.(0,5)
a) Fontes da cultura material ( ) conjunto grande de imagens deixado por
artistas nativos ou por europeus, como Theodore de Bry, que esteve nas terras
onde hoje é o Brasil, no século XVI;
b) Fontes escritas ( ) restos de túmulos, templos, objetos de cerâmica,
esculturas, pinturas rupestres etc.;
c) Fontes visuais ( ) escritos e desenhos deixados por alguns povos
americanos (códices), textos de europeus que viveram na América.

6. As pessoas que habitavam a América na época da chegada de Colombo (1492),


pertenciam a povos bem diferentes entre si, não só na aparência ou no nome, mas
também no modo de viver e de pensar. A partir da afirmativa, informe a seguir que
povos estão sendo mencionados no enunciado. (1,0)

___________________________________________________________________
7. O Império Asteca era formado por povos com diferentes graus de subordinação aos
astecas. Com base nos seus conhecimentos e nas discussões em sala de aula,
Explique de que forma ocorria essa subordinação. (1,0)
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________

8. Mito é uma história baseada em fatos reais ou inventados que busca explicar a
origem do mundo, da humanidade e dos fenômenos naturais. A partir da definição
de mito, explique o há de diferente entre o pensamento de historiadores e astecas
acerca dos primeiros tempos de vida da referida civilização (asteca). (1,0)
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________

9. Os povos tupis acreditavam que o mundo sobrenatural influenciava seu cotidiano.


Pensavam estar num mundo cheio de espíritos. Nesse sentido os pajés para esta
sociedade eram: (1,0)
________________________________________________________________
________________________________________________________________
________________________________________________________________

“A história é testemunha do passado, luz da verdade, vida da memória, mestra da vida,


anunciadora dos tempos antigos”.
De Oratore

Boa Sorte!