Você está na página 1de 16

Coleção

Harmonia
 Essencial
A Gramática da Música
Volume 4 parte 2

4 Prof. Silvio Ribeiro


Por Silvio Ribeiro

Apresentação
Bem-vindo à série “Harmonia Essencial – A Gramática da música”.

Permita-me entrar em sua casa amigo. Primeiramente, muito obrigado por adquirir este material.
Tenho absoluta certeza que será de grande valia e que agregará aos seus estudos e pesquisas
sobre este mundo da música.

A coleção “Harmonia Essencial – A Gramática da música”, faz uma analogia ao estudo da


gramática linguística, ou seja, o ensino de um idioma, com os conceitos do idioma da música, ou, a
gramática da música. Na era da internet, somos bombardeados de informações que, por vezes,
são “jogadas” aleatoriamente ao estudante que pesquisa determinado assunto. Na música não é
diferente, desta maneira, os livros “harmonia essencial” trazem uma sequência lógica a ser
estudada, assim como aprendemos inicialmente o alfabeto, as estruturas das palavras, a
ortografia, até chegar ao ponto de escrever, ler e falar algum idioma a ser estudado. Assim,
aprenderemos inicialmente o alfabeto da música, as sílabas e palavras musicais, até o ponto de
entendermos, escrevermos, e falarmos o idioma musical, ajudando a você, apaixonado pela
música, adquirir um vocabulário musical para harmonizar suas próprias canções além de obter as
ferramentas necessárias para analisar, re-harmonizar, sofisticar e improvisar sobre as canções que
gosta, e, automaticamente, melhorar sua performance em seu instrumento, ou seja, um livro
totalmente praticável.

A coleção “Harmonia Essencial – A Gramática da música” não têm o intuito de lhe ensinar a
linguagem do jazz, samba, bossa nova ou rock, mas sim, possui as ferramentas necessárias, dando-
lhe um sólido alicerce para que, posteriormente aos estudos destes livros, busque especialização
no estilo que mais lhe agrada.

Gostaria realmente que estudasse com calma, resolvendo os exercícios para que os assuntos
sejam melhores compreendidos e fixados, lembrando que, não é um “curso” que aprenderá a
linguagem musical em “45 dias”, “7 semanas” ou algo do tipo, levaram-se anos para escrever estes
materiais, e, portanto, não será compreendido em poucos dias, no entanto, convido-o a estudar e
se divertir em cada etapa dos livros, buscando colocar cada assunto em prática em seu
instrumento.

Um dos materiais mais completos e didáticos da atualidade sobre o assunto, acompanha áudio das
partituras e canções a serem analisadas além das vídeo-aulas, indicado para todos os
instrumentos. Conte também com nosso apoio técnico para sanar possíveis dúvidas agendando
uma aula presencial ou online.

De seu Amigo e professor

“Quem não tem uma causa pela qual morrer não tem motivo para viver”
Marthin Luther King

“Dedicado especialmente a
José Ribeiro e Silvanira Ribeiro”

Bons estudos!!!
Dúvidas? Será um prazer atendê-lo (a)!!! Prof. Silvio Ribeiro
Tópicos abordados neste livro:

- Capítulo 1 – Formação do campo harmônico menor – Construindo os vocábulos


homônimos menores _________________________________ Pág 4

- Yo soy latino - Um pouso sobre o reggae_______________________ Pág 34

- Visualização do campo harmônico menor na guitarra/Violão Pág________35

- Capítulo 2 – Função dos acordes no contexto harmônico menor – As interjeições Pág 53

- Yo soy latino - Um pouco sobre o Funk Pág _____________ 60

- Capítulo 3 – Acordes substitutos do campo harmônico menor e qualidade funcional


– Os sinônimos Pág ______________ 62

- Sites de Referências Pág____________________ 75

Após o estudo deste livro você será capaz de:


- Construir o campo harmônico menor, entender sua formação e identificar os principais acordes
e suas sonoridades.
- Visualizar os acordes da tonalidade menor na guitarra/violão e demais instrumentos, para que
saia da teoria e faça na prática identificando a sonoridade específica de cada acorde.
- Analisará as funções que cada acorde possui em um contexto menor, começando o estudo das
re-harmonizações e sofisticações harmônicas.
- Fazer re-harmonizações, pois entenderá o porquê de alguns acordes serem substituíveis,
colocando tudo na prática.
- Conhecer um pouco mais sobre o reggae e Funk.

Além disso, estará dando início ao mundo da tonalidade menor, para que, assim, tenha
ferramentas suficientes para harmonizar suas próprias canções, re-harmonizar e sofisticar as
canções em tom menor que gosta, além de analisar as mesmas para entender sua composição e
praticar improviso sobre elas.
#VemComigo


Harmonia Essencial
 contato@harmoniaessencial.mus.br
p. - 2 -
A gramática da música (19) 9-9635-9402
Dúvidas? Será um prazer atendê-lo (a)!!! Prof. Silvio Ribeiro
Introdução capítulo 1

Formação do campo harmônico menor


Construindo os vocábulos homônimos Menores

No “volume 2 - parte 1” estudamos a formação do campo harmônico maior. Nesta etapa,


iremos analisar o campo harmônico no âmbito menor.

Em relação a gramática musical, analisamos que as palavras homônimas são aquelas que
se escrevem e pronunciam do mesmo modo, entretanto, possuem sentidos diferentes:

Este é um caso complicado


Eu caso este ano

Em termos musicais, considero que os vocábulos homônimos são os acordes de uma


mesma tonalidade, ou seja, provenientes de uma mesma escala estrutural,
(como exemplo, os acordes formados a partir da escala de Dó menor que constituirão a
tonalidade de Dó menor) porém, suas funções dentro do contexto harmônico são
diferentes e com intensidades distintas.

#Aula21 Assista em
www.harmoniaessencial.mus.br/cursos

www.harmoniaessencial.mus.br

https://harmonia.eadplataforma.com (EAD)

contato@harmoniaessencial.mus.br
(19) 9-9635-9402
Entre em contato conosco e
Harmonia_essencial_oficial
nos acompanhe nas redes
Harmonia Essencial sociais!!

www.harmoniaessencial.mus.br/blog

Harmonia essencial


Harmonia Essencial
 contato@harmoniaessencial.mus.br
p. - 3 -
A gramática da música (19) 9-9635-9402
Dúvidas? Será um prazer atendê-lo (a)!!! Prof. Silvio Ribeiro
Obs.: O acorde bVII7 possui estrutura dominante porém, não possui função dominante, como
analisado na matéria anterior (Dominante sem função de dominante), ou seja, no contexto
harmônico menor, tal acorde não possui função dominante para retornar ao I grau.
Exemplo em Lá menor:

Áudio 2

Portanto, o campo harmônico proveniente da escala menor primitiva não é suficiente para gerar
acordes de um contexto harmônico menor pois não gera acorde dominante no V grau.

Sendo assim, para gerar este V grau dominante, formaremos o campo harmônico proveniente
da escala menor harmônica:

Exemplo escala de Lá menor harmônica


Áudio 3
I II bIII IV V bVI VII
"
1 tom 1/2

Escala de Lá menor harmônica gera o campo harmônico de Lá menor harmônico

C.H Lá menor harmônico

Im(7M) IIm7(b5) bIII7M(#5) IVm7 V7 bVI7M VII°


Am(7M) Bm7(b5) C7M(#5) Dm7 E7 F7M G#°
" " " "

• Formação do campo harmônico de “Lá menor harmônico” em tétrades (estruturado sobre a


escala de “Lá menor”)
I II bIII IV V bVI VII
Escala
Lá menor. h
Lá Si Dó Ré Mi Fá Sol#
3ªm 3ªm 3ªM 3ªm 3ªm 3ªM 3ªM
3ª Dó Ré Mi Fá Sol# Lá Si
5ªJ 5ªdim 5ªJ 5ªJ 5ªJ 5ªJ 5ªJ
5ª Mi Fá Sol# Lá Si Dó Ré
7ªm 7ªm 7ªM 7ªm 7ªm 7ªM 7ªm
7ª Sol# Lá Si Dó Ré Mi Fá
Acorde Am(7M) Bm7(b5) C7M(#5) Dm7 E7 F7M G#°


Harmonia Essencial
 contato@harmoniaessencial.mus.br
p. - 6 -
A gramática da música (19) 9-9635-9402
Dúvidas? Será um prazer atendê-lo (a)!!! Prof. Silvio Ribeiro
Exercícios
1) Complete os pentagramas e tabelas com o campo harmônico das “15” tonalidades menores
conforme exemplo:

Tom: Lá menor
Escala Lá menor primitiva:

I II bIII IV V bVI bVII

Escala Lá menor harmônica:

I II bIII IV V bVI VII


"

Escala Lá menor melódica:

I II bIII IV V VI VII
" "

• Campo harmônico Lá menor em tétrades:

bVII7 VII°
Im7 Im(7M) Im6 IIm7(b5) bIII7M bIII7M(#5) IVm7 IV7 Vm7 V7 bVI7M
Am7 Am(7M) Am6 Bm7(b5) C7M C7M(#5) Dm7 D7 Em7 E7 F7M G7 G#°

" " "


Harmonia Essencial
 contato@harmoniaessencial.mus.br
p. - 15 -
A gramática da música (19) 9-9635-9402
Dúvidas? Será um prazer atendê-lo (a)!!! Prof. Silvio Ribeiro
2) Preencha o quadro resumo com o campo harmônico das tonalidades menores a seguir:

Im(7M)
bIII7M(#5)
Im7 IIm7(b5) IV7 Vm7 bVI7M bVII7
bIII7M
Im6 IVm7 V7 VII°
Am(7M)
Am7 Dm7(b5) C7M(#5) F7 Em7 F7M G7
Am6 C7M Fm7 E7 G#°

Em7

Bm7

F#m7

C#m7

G#m7

D#m7

A#m7

Dm7

Gm7

Cm7

Fm7

Bbm7

Ebm7

Abm7


Harmonia Essencial
 contato@harmoniaessencial.mus.br
p. - 30 -
A gramática da música (19) 9-9635-9402
Dúvidas? Será um prazer atendê-lo (a)!!! Prof. Silvio Ribeiro
- Visualização do Campo Harmônico Menor na Guitarra/Violão
Nesta etapa, continuaremos a estudar o campo harmônico menor, assunto analisado no “volume
4 parte 1”. Visualizaremos os principais acordes do campo harmônico menor em analisando-os
nas “15” tonalidades com a fundamental do acorde do “I grau” na “6ª”, “5ª” e “4ª” corda. Demais
instrumentos, preencherem os pentagramas e analisar o campo harmônico menor em toda a
extensão do instrumento, identificando a sonoridade de cada acorde na prática. Lembrando que
o os principais acordes do campo harmônico menor seguem como:
Im7 IIm7(b5) Im6 bIII7M bIII7M(#5) IVm7 IV7 Vm7 V7 bVI7M bVII7 VII°

• Campo harmônico na tonalidade de “Sol menor” com fundamental do acorde do “I grau” na


“6ª” corda, e fundamentais do “IV”, “V”, “VI” graus na “5ª” corda.

bIII II° I VII° bVII


bVI V IV

Im7 Im(7M) Im6 IIm7(b5) bIII7M bIII7M(#5) IVm7 IV7 Vm7 V7 bVI7M bVII7 VII°
Gm7 Gm(7M) Gm6 Am7(b5) Bb7M Bb7M(#5) Cm7 C7 Dm7 D7 Eb7M F7 F#°

Gm7 Gm(7M) Gm6 Am7(b5) Bb7M Bb7M(#5) Cm7

5ª 6ª 6ª



C7 Dm7 D7 Eb7M F7 F#°

5ª 5ª 6ª


Harmonia Essencial
 contato@harmoniaessencial.mus.br
p. - 35 -
A gramática da música
(19) 9-9635-9402

Harmonia Essencial

A gramática da música

Introdução Capítulo 2

Funções dos acordes no contexto harmônico menor


As interjeições

No “Volume 2 - parte 2” estudamos as funções dos acordes no contexto harmônico maior.

As interjeições, na gramática, são palavras invariáveis que exprimem emoções e


sensações, estados de espírito ou que procuram agir sobre o interlocutor, levando-
o a adotar determinados comportamentos sem que se faça uso de estruturas linguísticas
mais elaboradas:

Ah!, oh!, oba! Expressam alegria


Ai!, ui! Expressam dor
Uh!, credo!, cruzes! Expressam medo

Em termos musicais, comparo as interjeições com as funções que os acordes exercem no


contexto harmônico, isso porque determinados acordes expressam sensação de
repouso, outros, expressam sensação de média tensão, e ainda os que
produzem efeitos de tensão.

Tais sensações, ou efeitos, são os que criam o movimento harmônico,


dando dinâmica à música.

#Aula22 Assista em
www.harmoniaessencial.mus.br/cursos

www.harmoniaessencial.mus.br

https://harmonia.eadplataforma.com (EAD)

contato@harmoniaessencial.mus.br
(19) 9-9635-9402
Entre em contato conosco e
Harmonia_essencial_oficial
nos acompanhe nas redes
Harmonia Essencial sociais!!

www.harmoniaessencial.mus.br/blog

Harmonia essencial

Prof. Silvio Ribeiro Dúvidas? Agende sua aula!!


Dúvidas? Será um prazer atendê-lo (a)!!! Prof. Silvio Ribeiro
b) Em relação a tonalidade de Lá menor harmônica:

Im(7M) IIm7(b5) bIII7M(#5) IVm7 V7 bVI7M VII°


Am(7M) Bm7(b5) C7M(#5) Dm7 E7 F7M G#°
" " " "

Obs.: Os acordes práticos da tonalidade menor são o “V7” e “VII°”.

• V grau: “E7”

Fund. 3ªM 5ªJ 7ªm E7

O acorde “V grau” possui a “n.c” da área dominante (“Sol#”, VII grau da escala) como “NO”, e
não possui a “n.c” da função tônica (“Lá”, I grau da escala) como “NO”, portanto, o acorde é de
função dominante.

• VII grau: “G#°”

Fund. 3ªm 5ªdim 7ªdim G#°

O acorde “VII grau” possui a “n.c” da área dominante (“Sol#”, VII grau da escala) como “NO”, e
não possui a “n.c” da função tônica (“Lá”, I grau da escala) como “NO”, portanto, o acorde é de
função dominante. Portanto, ambos os acordes utilizados da menor harmônica são de função
dominante.

c) Em relação a tonalidade de Lá menor melódica:

Im(7M) bIII7M(#5) V7 VIm7(b5) VIIm7(b5)


Im6 IIm7 IV7
Am(7M) Am6 Bm7 C7M(#5) D7 E7 F#m7(b5) G#m7(b5)
" " " " " " " "

Obs.: Os acordes práticos da tonalidade menor melódica são o Im(7M); Im6; bIII7M(#5) e IV7.

Você sabia que... 


O fugitivo
Aos 15 anos, Bezerra da Silva fugiu de casa, em Pernambuco, para ir atrás de seu grande
sonho no Rio de Janeiro. Sorte que malandro é malandro e, mesmo sem dinheiro, o
sambista deu um jeito de chegar ao destino. Como? Entrou de gaiato em um navio.


Harmonia Essencial
 contato@harmoniaessencial.mus.br
p. - 57 -
A gramática da música
(19) 9-9635-9402
Dúvidas? Será um prazer atendê-lo (a)!!! Prof. Silvio Ribeiro
Introdução capítulo 3

Acordes substitutos do campo harmônico menor e qualidade funcional


Os Sinônimos

Nesta etapa, analisaremos a relação que possuem entre si os principais acordes da


tonalidade menor.

Já estudamos anteriormente que em termos de gramática linguística, sinônimo é um


adjetivo masculino que classifica uma palavra que, apesar de ser diferente, tem o
mesmo significado (ou muito parecido) de outra.

Ex.:

pedra e rocha alegria e júbilo


carro e automóvel diferente e distinto
bonito e belo inteiro e completo

Em termos da gramática da música, considero os sinônimos musicais como sendo


os acordes de mesma função dentro de uma tonalidade específica, assim, como
são “parecidos”, podemos substituí-los no contexto harmônico, desde que a
linha melódica permita.

www.harmoniaessencial.mus.br

https://harmonia.eadplataforma.com (EAD)

contato@harmoniaessencial.mus.br
(19) 9-9635-9402
Entre em contato conosco e
Harmonia_essencial_oficial
nos acompanhe nas redes
Harmonia Essencial sociais!!

www.harmoniaessencial.mus.br/blog

Harmonia essencial

 
Harmonia Essencial contato@harmoniaessencial.mus.br
p. - 61 -
A gramática da música
(19) 9-9635-9402

Harmonia Essencial

A gramática da música

Área Subdominante:

Área Dominante:

Nosso ouvido é mais acostumado com a progressão “V7 – I” com o baixo caminhando “5ªJ”
descendente que a progressão “VII°-I”, onde o baixo caminha “2ªm” ascendente, porém ambas
as progressões são interessantes.

Obs.: O acorde bIII7M(#5) (função tônica) é semelhante ao V7 (função dominante), porém não
possui o trítono em sua estrutura, sendo portanto, um substituto de pouca expressão e sem
utilidade.

Prof. Silvio Ribeiro Dúvidas? Agende sua aula!!


Dúvidas? Será um prazer atendê-lo (a)!!! Prof. Silvio Ribeiro
7) Analise as sequências harmônicas e as melodias a seguir; Verifique a possibilidade de
acrescentar ou substituir acordes de mesma função; analise a nova harmonia e melodia:

a) Áudio 26

b)
Áudio 27

c)
Áudio 28

d)
Áudio 29


Harmonia Essencial
 contato@harmoniaessencial.mus.br
p. - 73 -
A gramática da música
(19) 9-9635-9402
Dúvidas? Será um prazer atendê-lo (a)!!! Prof. Silvio Ribeiro

Sites de Referência
• http://meusanimais.com.br/os-animais-tambem-amam-musica/
• http://www.suapesquisa.com/reggae/
• https://pt.wikipedia.org/wiki/Reggae
• http://brasilescola.uol.com.br/africa-do-sul/musica-sulafricana.htm
• http://brasilescola.uol.com.br/artes/funk.htm
• http://complexodofunk.com.br/site/2014/03/29/origem-funk-e-sua-evolucao/

“Um abraço a todos e até o Volume 5 - parte 1!!!”

Temas abordados em Volume 5 – Parte 1:


- Modos – As sílabas ordenadas da escala menor
- Padrões das escalas menores
- Preparações em tonalidade menor – Os verbos
- Substituição por SubV7

Este material abrirá o caminho do entendimento sobre a tonalidade menor,


principalmente a área dos modos, matéria que ajudará e muito a compreensão dos tipos
de acordes utilizados em tonalidade menor, assim como suas EV’s e tensões, e com o
estudo dos verbos musicais, suas canções, re-harmonizações e análises irão realmente
ficar mais ricas. Além disso, iremos conhecer os estilos latinos Maracatu e Mambo na
série Yo soy latino.

#VemComigo

SagGezzA


Harmonia Essencial
 contato@harmoniaessencial.mus.br
p. - 75 -
A gramática da música
(19) 9-9635-9402

Harmonia Essencial

A gramática da música

Sobre o autor
Silvio Ribeiro, músico, professor, escritor e empresário nasceu na região metropolitana de
Campinas-SP. Vindo de uma família de músicos, começou seus estudos no violão ainda jovem, por
volta dos 12 anos de idade com o seu pai. Sempre muito disciplinado, posteriormente teve contato
com a música erudita e deu início aos estudos na guitarra, conhecendo diversos estilos como blues,
jazz, Bossa nova, música latina entre outros.

Se interessou pelo mundo da harmonia, percebendo que o assunto era realmente fundamental para a
formação de todo musicista, considerando um manual prático a ser seguido. Dessa maneira,
começou seus longos e rotineiros estudos sobre o assunto, pesquisas em livros nacionais e
internacionais, estudando com os maestros Turi Collura, Alan Gomes entre outros.

Em 2017, lançou a série de livros “Harmonia essencial – A Gramática da música”, um dos


materiais mais completo, moderno e didático da atualidade sobre o assunto “Harmonia funcional”,
sendo livros impressos, áudios e vídeo-aulas.

Leciona há 12 anos e está em constante desenvolvimento profissional e musical, buscando novos


conhecimentos, ultrapassando seus limites e sempre aberto ao novo.

www.harmoniaessencial.mus.br

https://harmonia.eadplataforma.com (EAD)

contato@harmoniaessencial.mus.br
(19) 9-9635-9402
Entre em contato conosco e
Harmonia_essencial_oficial
nos acompanhe nas redes
Harmonia Essencial sociais!!

www.harmoniaessencial.mus.br/blog

Harmonia essencial

Prof. Silvio Ribeiro Dúvidas? Agende sua aula!!


A coleção “Harmonia Essencial – A Gramática da música”, faz uma
analogia ao estudo da gramática linguística, ou seja, o ensino de um
idioma, com os conceitos do idioma da música, ou, a gramática da
música. Na era da internet, somos bombardeados de informações que,
por vezes, são “jogadas” aleatoriamente ao estudante que pesquisa
determinado assunto. Na música, não é diferente, desta maneira, os
livros “harmonia essencial”, traz uma sequência lógica a ser estudada,
assim como aprendemos inicialmente o alfabeto, as estruturas das
palavras, a ortografia, até chegar ao ponto de escrever, ler e falar
nosso idioma.
Assim, aprenderemos inicialmente
o alfabeto da música, as sílabas e
palavras musicais, até o ponto de
entendermos, escrevermos, e
falarmos o idioma musical,
ajudando a você, apaixonado pela
música, adquirir vocabulário
harmônico para harmonizar suas
próprias canções, além de obter
as ferramentas suficientes para
analisar, re-harmonizar e
sofisticar as canções que gosta, e,
automaticamente, melhorar sua
performance em seu instrumento,
ou seja, um livro totalmente
praticável.