Você está na página 1de 5

Ficha de correção rápida 11

D1 O Império Português, o poder absoluto, a sociedade de ordens e a arte no século XVIII

Nome: _________________________________________________________ N.º: _____ Turma: _____


Classificação: ________________ Professor: ____________________ Enc. Ed.: ____________________

Seleciona a opção correta com um X.

1 Que territórios Portugal perdeu durante o período da União Ibérica?


a) Oriente.
b) Brasil.
c) África.

2 Que território os Portugueses exploraram economicamente a partir do século XVII?


a) Brasil.
b) Angola.
c) Portugal.

3 Quais os dois produtos mais rentáveis da economia brasileira?


a) Ouro e café.
b) Tabaco e açúcar.
c) Açúcar e ouro.

4 Por que motivo o açúcar era um produto muito caro?


a) Por ser raro.
b) Por ser doce.
c) Por ser muito procurado.

5 O que era um engenho de açúcar?


a) Local onde o açúcar era produzido.
b) Moinho que triturava a cana-de-açúcar.
c) Toda a propriedade, incluindo os canaviais, a casa grande do senhor, o moinho e a sanzala.

6 Que mão de obra era utilizada nos engenhos de açúcar?


a) Os índios brasileiros.
b) Trabalhadores portugueses.
c) Escravos africanos.
Ficha de correção rápida 12
D1 O Império Português, o poder absoluto, a sociedade de ordens e a arte no século XVIII

Nome: _________________________________________________________ N.º: _____ Turma: _____


Classificação: ________________ Professor: ____________________ Enc. Ed.: ____________________

Seleciona a opção correta com um X.

1 Que nome tinham os primeiros exploradores do interior do Brasil?


a) Exploradores.
b) Bandeirantes.
c) Colonos.

2 Onde foram descobertas as primeiras minas de ouro?


a) Goiás, Minas Gerais e Mato Grosso.
b) Mato Grosso, Pernambuco e Rio de Janeiro.
c) Rio de Janeiro, Goiás e S. Paulo.

3 O que era a quintalada?


a) A quinta parte de todo o ouro cobrado como imposto pelos bandeirantes.
b) A quinta parte de todo o ouro cobrado como imposto pelos senhores das minas.
c) A quinta parte de todo o ouro cobrado como imposto pela Coroa portuguesa.

4 Porque se deu o nome de tumbeiros aos navios negreiros?


a) Porque os escravos eram transportados em muito más condições.
b) Porque uma parte dos escravos morria durante a viagem.
c) Porque os escravos viajavam acorrentados em porões sobrelotados.

5 O que é uma monarquia absoluta?


a) Regime político em que os poderes são autónomos uns dos outros.
b) Regime político em que os poderes estão concentrados no rei.
c) Regime político em que os poderes estão concentrados no povo.

6 Por que motivo D. João V foi considerado um monarca absoluto?


a) Nunca reuniu as Cortes.
b) Distribuiu cargos, favores e riquezas.
c) Era admirador de Luís XIV de França.
Ficha de correção rápida 13
D1 O Império Português, o poder absoluto, a sociedade de ordens e a arte no século XVIII

Nome: _________________________________________________________ N.º: _____ Turma: _____


Classificação: ________________ Professor: ____________________ Enc. Ed.: ____________________

Seleciona a opção correta com um X.

1 Que moda era seguida na corte de D. João V?


a) Inglesa.
b) Austríaca.
c) Francesa.

2 Que monumentos simbolizavam o poder e a grandeza de D. João V?


a) Palácio das Necessidades e Paço da Ribeira.
b) Palácio Nacional de Mafra e Aqueduto de Águas Livres de Lisboa.
c) Convento de Tomar e Mosteiro dos Jerónimos.

3 O que foi o Tribunal da Inquisição?


a) Tribunal religioso que perseguia todos os que eram contra a monarquia absoluta.
b) Tribunal religioso que perseguia os cristãos-novos.
c) Tribunal religioso que perseguia e acusava praticantes de outras religiões que não a católica.

4 O que era um auto de fé?


a) Cerimónia pública de condenação à morte.
b) Cerimónia pública de conversão dos cristãos-novos.
c) Tortura aplicada aos acusados do Tribunal da Inquisição.

5 Quem eram os cristãos-novos?


a) Judeus convertidos ao cristianismo.
b) Cristãos convertidos ao judaísmo.
c) Judeus convertidos ao islamismo.

6 Quais as principais características da decoração da arquitetura barroca?


a) Espaços vazios com linha retas.
b) Decoração em talha dourada e utilização de azulejo e mármore.
c) Decoração em talha dourada e utilização de madeira e ferro.
Ficha de correção rápida 14
D1 O Império Português, o poder absoluto, a sociedade de ordens e a arte no século XVIII

Nome: _________________________________________________________ N.º: _____ Turma: _____


Classificação: ________________ Professor: ____________________ Enc. Ed.: ____________________

Seleciona a opção correta com um X.

1 Qual o nome do Marquês de Pombal?


a) Sebastião José de Carvalho e Melo.
b) José Sebastião de Carvalho e Melo.
c) Sebastião Carvalho de José e Melo.

2 O que aconteceu em 1 de novembro de 1755?


a) Convite ao Marquês de Pombal para o governo de D. José.
b) O terramoto de Lisboa.
c) A subida ao trono de D. José.

3 Quem pronunciou a frase: “É necessário cuidar dos vivos e enterrar os mortos”?


a) D. José I.
b) D. João V.
c) Marquês de Pombal.

4 Qual o nome dado ao sistema antissísmico nas construções da Baixa pombalina?


a) Ratoeira.
b) Gaiola.
c) Rede.

5 Que ordem religiosa foi expulsa de Portugal pelo Marquês de Pombal?


a) Franciscanos.
b) Dominicanos.
c) Jesuítas.

6 Quem pretendia formar o Colégio dos Nobres?


a) Os futuros responsáveis de cargos de Estado.
b) Os futuros responsáveis de cargos religiosos.
c) Os futuros responsáveis de atividades comerciais.
Questão 1 2 3 4 5 6
Ficha 1 a) a) c) a) c) c)
Ficha 2 b) a) c) b) b) a)
Ficha 3 c) b) c) a) a) b)
Ficha 4 a) b) c) b) c) a)
Ficha 5 a) c) b) c) b) c)
Ficha 6 a) b) c) a) b) a)
Ficha 7 a) b) c) b) c) a)
Ficha 8 c) a) c) c) a) b)
Ficha 9 b) a) c) b) a) a)
Ficha 10 c) a) b) a) c) b)
Ficha 11 a) b) c) b) c) a)
Ficha 12 a) c) a) c) a) c)
Ficha 13 c) b) a) b) c) b)
Ficha 14 a) b) c) b) c) a)
Ficha 15 b) c) a) c) a) a)
Ficha 16 c) a) c) b) c) a)
Ficha 17 a) b) c) a) a) a)
Ficha 18 b) a) c) a) b) c)
Ficha 19 a) b) a) a) c) b)
Ficha 20 c) a) b) a) c) a)
Ficha 21 a) a) c) b) c) a)
Ficha 22 b) a) b) c) b) a)
Ficha 23 b) a) c) b) a) b)
Ficha 24 a) b) c) b) b) a)
Ficha 25 a) b) c) c) a) c)
Ficha 26 c) c) b) c) a) b)
Ficha 27 a) b) b) c) a) b)
Ficha 28 b) c) a) c) a) b)
Ficha 29 c) b) a) b) b) a)
Ficha 30 a) b) c) b) a) b)