Você está na página 1de 2

CIÊNCIAS FÍSICO-QUÍMICAS- 7º ANO

DEFINIÇÃO DE SISTEMA: Em fisica, chama-se sistema à parte do Universo que é objecto do nosso estudo.

O sistema pode ser:


Aberto: se há troca de matéria e energia com o exterior. Ex:copo c/ água quente
Fechado:se não há troca de matéria mas troca energia com exterior. Ex: placa de aquecimento.
Isolado: se não há troca de matéria nem de energia com o exterior. Ex:garrafa termo ou universo.

 Fonte de energia: É todo o sistema que fornece a energia a outro.


 Receptor de energia: É todo o sistema que recebe energia.
 Chama-se transferência de energia à passagem da energia de um sistema para o outro.

As fontes de energia podem classificar-se em:


- fontes primárias quando ocorrem livremente na natureza. Ex: Sol; água; vento; petroleo bruto; gás natural;
energia biomassa; energia geotérmica
- fontes secundárias, quando são obtidas a partir de outras que ocorrem na natureza. Ex: Electricidade; gasóleo;
gasolina;gás butano

As fontes de energia primárias podem ser: renováveis e não renováveis.

Fontes de energia renováveis- fontes que não se esgotam pois renovam-se continuamente na Natureza.

 Sol; água; vento; energia biomassa; energia geotérmica.

Fontes de energia não renováveis- fontes que se esgotam há medida que as utilizamos.

 Carvão; urânio; petróleo bruto; gás natural.

1.3- FORMAS DE ENERGIA:

 A energia pode ser qualificada segundo a fonte de onde provém:


Energia solar- associada à radiação do sol
Energia eólica- associada ao vento
Energia hidráulica- associada à água
Energia biomassa- associada à decomposição de substâncias orgânicas
Energia das marés- associada á descida e á subida das marés
Energia de biogás- associada à decomposição anaeróbica de restos de seres vivos e de excremento de animais

 Na natureza há apenas duas formas fundamentais da energia:

- Energia cinética- energia associada ao movimento dos corpos;

- Energia potencial- energia que está armazenada e em condições de poder vir a ser utilizada.

A energia cinética depende da massa do corpo e da velocidade que este possui.

Maior a massa Maior energia cinética


Maior velocidade

A energia potencial gravítica depende da massa do corpo e da altura a que o corpo se encontra.

Maior a massa Maior energia potencial gravítica


Maior altura
A energia potencial elástica depende da deformação.

Maior Maior energia potencial elástica


deformação

 Energia potencial quimica- está associada aos medicamentos, alimentos, pilhas electroquímicas, combustível...

A energia cinética e a energia potencial são interconvertiveis:

Durante a queda de um corpo: Ep gravítica transforma-se Ec (energia cinética)

Quando um corpo sobe: Ec transforma-se Energia potencial gravítica

 MECANISMOS DE TRANSFERÊNCIA DE ENERGIA

CONDUÇÃO: A ENERGIA É TRANSFERIDA, COMO CALOR, POR INTERACÇÃO PARTÍCULA A PARTÍCULA E NÃO POR
TRANSPORTE DE MATÉRIA.

CONVECÇÃO: A ENERGIA É TRANSFERIDA, COMO CALOR, ATRAVÉS DOS LÍQUIDOS E DOS GASES, POR
DESLOCAÇÃO DE MATÉRIA.

RADIAÇÃO: A ENERGIA É TRANSFERIDA DE UM SISTEMA PARA OUTRO, NÃO NECESSITANDO DE SUPORTE


MATERIAL PARA SE PROPAGAR.

TEMPERATURA:
A temperatura é uma grandeza física que se relaciona com a energia cinética média das particulas.
A temperatura mede-se com termometros e exprime-se em graus celsius cujo símbolo é ºC.

CALOR
O calor é a energia em trânsito, isto é, a energia transferida espontaneamente de um sistema a
temperatura mais elevada para um sistema a temperatura mais baixa.

EQUILIBRIO TÉRMICO:
Sempre que se põem em contacto sistemas a temperaturas diferentes, ocorre transferência de energia,
como calor, do sistema a temperatura mais elevada para o sistema a temperatura mais baixa, até os sistemas
atingirem o equilibrio termico.

PRINCIPIO DA CONSERVAÇÃO DA ENERGIA:


”A energia não se cria , nem se destrói, apenas se transforma e/ou transfere“ conservando-se a energia
total no universo.

E fornecida= E util + E dissipada


ou
Ef= Eu + Ed