Você está na página 1de 26

Os 40 melhores versículos

sobre dízimo
SAMUEL VINICIUS 23 DE MAIO DE 2017 33 COMENTÁRIOS EDUCAÇÃO
FINANCEIRA CRISTÃ

Não há como negar, quando se trata de dízimo existem muitas opiniões e dúvidas no
meio cristão:

 O que é dízimo?
 Qual é significado do dízimo?
 Onde encontramos o dízimo na Bíblia?
 Onde fala sobre dízimo no Novo Testamento?
 Dízimo é mandamento?
 O dízimo foi abolido por Jesus?

Para te ajudar a esclarecer essas (e outras) questões, resolvi selecionar os 40 melhores


versículos sobre dízimo. Esses versículos foram cuidadosamente escolhidos levando
em consideração a ordem de aparecimento na Bíblia Sagrada.

Então, se você deseja tirar dúvidas a respeito de dízimo ou mesmo, aumentar seu
repertório de versículos nesse assunto, esse artigo foi feito para você.

Se gostar desses versículos, comente! Se achar que eles podem abençoar a vida de
outros, compartilhe!

Ao terminar essa leitura, também recomendo que você dê uma olhada no artigo Os 50
melhores versículos sobre oferta.

Dito isso, vamos aos 40 melhores versículos sobre dízimo.

1. O primeiro dízimo (Gênesis 14:19,20)


E abençoou-o, e disse: Bendito seja Abrão pelo Deus Altíssimo, o Possuidor dos céus e
da terra;
E bendito seja o Deus Altíssimo, que entregou os teus inimigos nas tuas mãos. E Abrão
deu-lhe o dízimo de tudo.

2. O dízimo de Jacó ( Gênesis 28:20-22)


E Jacó fez um voto, dizendo: Se Deus for comigo, e me guardar nesta viagem que faço,
e me der pão para comer, e vestes para vestir;
E eu em paz tornar à casa de meu pai, o Senhor me será por Deus;
E esta pedra que tenho posto por coluna será casa de Deus; e de tudo quanto me deres,
certamente te darei o dízimo.

3. O dízimo entra na lei (Levítico 27:30-34)


Também todas as dízimas do campo, da semente do campo, do fruto das árvores, são do
Senhor; santas são ao Senhor.
Porém, se alguém das suas dízimas resgatar alguma coisa, acrescentará a sua quinta
parte sobre ela.
No tocante a todas as dízimas do gado e do rebanho, tudo o que passar debaixo da vara,
o dízimo será santo ao Senhor.
Não se investigará entre o bom e o mau, nem o trocará; mas, se de alguma maneira o
trocar, tanto um como o outro será santo; não serão resgatados.
Estes são os mandamentos que o Senhor ordenou a Moisés, para os filhos de Israel, no
monte Sinai.
4. O dízimos é destinado aos levitas
( Números 18:21)
E eis que aos filhos de Levi tenho dado todos os dízimos em Israel por herança, pelo
ministério que executam, o ministério da tenda da congregação.

5. É ordenado o dízimo aos levitas


(Números 18:26)
Também falarás aos levitas, e dir-lhes-ás: Quando receberdes os dízimos dos filhos de
Israel, que eu deles vos tenho dado por vossa herança, deles oferecereis uma oferta
alçada ao Senhor, os dízimos dos dízimos.

6. Onde devemos dizimar? (Deuteronômio


12:5,6)
Mas o lugar que o Senhor vosso Deus escolher de todas as vossas tribos, para ali pôr o
seu nome, buscareis, para sua habitação, e ali vireis.
E ali trareis os vossos holocaustos, e os vossos sacrifícios, e os vossos dízimos, e a
oferta alçada da vossa mão, e os vossos votos, e as vossas ofertas voluntárias, e os
primogênitos das vossas vacas e das vossas ovelhas.

7. Dízimo de todo o fruto (Deuteronômio


14:22)
Certamente darás os dízimos de todo o fruto da tua semente, que cada ano se recolher
do campo.

8. O dízimo deve ser proporcional


(Deuteronômio 16:16,17)
Três vezes no ano todo o homem entre ti aparecerá perante o Senhor teu Deus, no lugar
que escolher, na festa dos pães ázimos, e na festa das semanas, e na festa dos
tabernáculos; porém não aparecerá vazio perante o Senhor;
Cada um, conforme ao dom da sua mão, conforme a bênção do Senhor teu Deus, que
lhe tiver dado.

9. Dízimo usado para ajudar órfãos, viúvas


e peregrinos (Deuteronômio 26:12)
Quando tiverem separado o dízimo de tudo quanto produziram no terceiro ano, o ano do
dízimo, entreguem-no ao levita, ao estrangeiro, ao órfão e à viúva, para que possam
comer até saciar-se nas cidades de vocês.

10. Novamente o dízimo é usado para


ajudar órfãos, viúvas e peregrinos
(Deuteronômio 14:28,29)
Ao fim de três anos tirarás todos os dízimos da tua colheita no mesmo ano, e os
recolherás dentro das tuas portas;
Então virá o levita (pois nem parte nem herança tem contigo), e o estrangeiro, e o órfão,
e a viúva, que estão dentro das tuas portas, e comerão, e fartar-se-ão; para que o Senhor
teu Deus te abençoe em toda a obra que as tuas mãos fizerem.

11. O dízimo é ordenado para o povo de


Jerusalém (2 Crônicas 31:4)
E ordenou ao povo, que morava em Jerusalém, que desse a parte dos sacerdotes e
levitas, para que eles pudessem se dedicar à lei do Senhor.

12. Os dízimos generosos dos israelitas (2


Crônicas 31:5-12)
Assim que se divulgou essa ordem, os israelitas deram com generosidade o melhor do
trigo, do vinho, do óleo, do mel e de tudo o que os campos produziam. Trouxeram o
dízimo de tudo. Era uma grande quantidade.
Os habitantes de Israel e de Judá que viviam nas cidades de Judá também levaram o
dízimo de todos os seus rebanhos e das coisas sagradas dedicadas ao Senhor, o seu
Deus, ajuntando-os em muitas pilhas.
Começaram a fazer isso no terceiro mês e terminaram no sétimo.
Quando Ezequias e os seus oficiais chegaram e viram as pilhas de ofertas, louvaram o
Senhor e abençoaram Israel, o seu povo.
Ezequias perguntou aos sacerdotes e aos levitas sobre essas ofertas;
o sumo sacerdote Azarias, da família de Zadoque, respondeu: “Desde que o povo
começou a trazer suas contribuições ao templo do Senhor, temos tido o suficiente para
comer e ainda tem sobrado muito, pois o Senhor tem abençoado o seu povo, e esta é a
grande quantidade que sobra”.
Ezequias ordenou que preparassem despensas no templo do Senhor, e assim foi feito.
Então recolheram fielmente as contribuições, os dízimos e os presentes dedicados. O
levita Conanias foi encarregado dessas coisas, e seu irmão Simei era o seu auxiliar.

13. Exemplo de doação proporcional


(Esdras 2:69)
Conforme as suas posses, deram para o tesouro da obra, em ouro, sessenta e uma mil
dracmas, e em prata cinco mil libras, e cem vestes sacerdotais.

14. Dízimos usados para sustentar os


levitas e o templo (Neemias 13:10-13)
Também fiquei sabendo que os levitas não tinham recebido a parte que lhes era devida,
e que todos os levitas e cantores responsáveis pelo culto haviam voltado para suas
próprias terras.
Por isso repreendi os oficiais e lhes perguntei: “Por que essa negligência com o templo
de Deus? ” Então eu convoquei os levitas e cantores e os coloquei em seus postos.
E todo o povo de Judá trouxe os dízimos do trigo, do vinho novo e do azeite aos
depósitos.
Coloquei o sacerdote Selemias, o escriba Zadoque e um levita chamado Pedaías como
encarregados dos depósitos e fiz de Hanã, filho de Zacur, neto de Matanias, assistente
deles, porque esses homens eram de confiança, e ficaram responsáveis pela distribuição
de suprimentos aos seus colegas.

15. Neemias estabelece o dízimo (Neemias


10:35-37)
Que também traríamos as primícias da nossa terra, e as primícias de todos os frutos de
todas as árvores, de ano em ano, à casa do Senhor.
E os primogênitos dos nossos filhos, e os do nosso gado, como está escrito na lei; e que
os primogênitos do nosso gado e das nossas ovelhas traríamos à casa do nosso Deus,
aos sacerdotes, que ministram na casa do nosso Deus.
E que as primícias da nossa massa, as nossas ofertas alçadas, o fruto de toda a árvore, o
mosto e o azeite, traríamos aos sacerdotes, às câmaras da casa do nosso Deus; e os
dízimos da nossa terra aos levitas; e que os levitas receberiam os dízimos em todas as
cidades, da nossa lavoura.

16. A gratidão favorece o dízimo (Neemias


12:44)
Naquela ocasião foram designados alguns encarregados dos depósitos onde se recebiam
as contribuições gerais, os primeiros frutos e os dízimos. Das lavouras que havia em
torno das cidades eles deviam trazer para os depósitos as porções exigidas pela Lei para
os sacerdotes e os levitas. E, de fato, o povo de Judá estava satisfeito com os sacerdotes
e os levitas que ministravam no templo.

17. O dízimo pode trazer prosperidade


(Provérbios 3:9,10)
Honra ao Senhor com os teus bens, e com a primeira parte de todos os teus ganhos;
E se encherão os teus celeiros, e transbordarão de vinho os teus lagares.

18. Quanto mais se dá, mais se recebe


(Provérbios 11:24)
Ao que distribui mais se lhe acrescenta, e ao que retém mais do que é justo, é para a sua
perda.

19. Devemos cumprir nossos votos


(Eclesiastes 5:4,5)
Quando você fizer um voto, cumpra-o sem demora, pois os tolos desagradam a Deus;
cumpra o seu voto. É melhor não fazer voto do que fazer e não cumprir.

20. O Senhor exige mais do que dízimos


(Amós 4:4,5)
Vinde a Betel, e transgredi; a Gilgal, e multiplicai as transgressões; e cada manhã trazei
os vossos sacrifícios, e os vossos dízimos de três em três dias. E oferecei o sacrifício de
louvores do que é levedado, e apregoai as ofertas voluntárias, publicai-as; porque disso
gostais, ó filhos de Israel, disse o Senhor DEUS.

21. Tudo é de Deus (Ageu 2:8)


Minha é a prata, e meu é o ouro, disse o Senhor dos Exércitos.
22. A contribuição na igreja primitiva (Atos
4:34,35)
Não havia pessoas necessitadas entre eles, pois os que possuíam terras ou casas as
vendiam, traziam o dinheiro da venda e o colocavam aos pés dos apóstolos, que o
distribuíam segundo a necessidade de cada um.

23. Dízimos e ofertas para suprir


necessidades (Atos 11:27-29)
Naqueles dias alguns profetas desceram de Jerusalém para Antioquia.
Um deles, Ágabo, levantou-se e pelo Espírito predisse que uma grande fome sobreviria
a todo o mundo romano, o que aconteceu durante o reinado de Cláudio.
Os discípulos, cada um segundo as suas possibilidades, decidiram providenciar ajuda
para os irmãos que viviam na Judéia.

24. Roubando a Deus nos dízimos


(Malaquias 3:8,9)
Roubará o homem a Deus? Todavia vós me roubais, e dizeis: Em que te roubamos? Nos
dízimos e nas ofertas. Com maldição sois amaldiçoados, porque a mim me roubais, sim,
toda esta nação.

25. Testando a Deus no dízimo (Malaquias


3:10-12)
Trazei todos os dízimos à casa do tesouro, para que haja mantimento na minha casa, e
depois fazei prova de mim nisto, diz o Senhor dos Exércitos, se eu não vos abrir as
janelas do céu, e não derramar sobre vós uma bênção tal até que não haja lugar
suficiente para a recolherdes.
E por causa de vós repreenderei o devorador, e ele não destruirá os frutos da vossa terra;
e a vossa vide no campo não será estéril, diz o Senhor dos Exércitos.
E todas as nações vos chamarão bem-aventurados; porque vós sereis uma terra
deleitosa, diz o Senhor dos Exércitos.

26. Devemos ter cuidado onde colocamos


o nosso dinheiro (Mateus 6:21)
Porque onde estiver o vosso tesouro, aí estará também o vosso coração.
27. Dizimar não te livra de outras
responsabilidades (Mateus 23:23)
Ai de vós, escribas e fariseus, hipócritas! pois que dizimais a hortelã, o endro e o
cominho, e desprezais o mais importante da lei, o juízo, a misericórdia e a fé; deveis,
porém, fazer estas coisas, e não omitir aquelas.

28. A medida que damos, recebemos


(Lucas 6:38)
Dai, e ser-vos-á dado; boa medida, recalcada, sacudida e transbordando, vos deitarão no
vosso regaço; porque com a mesma medida com que medirdes também vos medirão de
novo.

29. Os dizimistas devem amar (Lucas


11:42)
Mas ai de vós, fariseus, que dizimais a hortelã, e a arruda, e toda a hortaliça, e
desprezais o juízo e o amor de Deus. Importava fazer estas coisas, e não deixar as
outras.

30. Quem é fiel no pouco, também é fiel no


muito (Lucas 16:10)
Quem é fiel no mínimo, também é fiel no muito; quem é injusto no mínimo, também é
injusto no muito.
31. Não seja servo do dinheiro (Lucas
16:13)
“Nenhum servo pode servir a dois senhores; pois odiará a um e amará ao outro, ou se
dedicará a um e desprezará ao outro. Vocês não podem servir a Deus e ao Dinheiro”.

32. Não se vanglorie de ser dizimista


(Lucas 18:9-14)
E disse também esta parábola a uns que confiavam em si mesmos, crendo que eram
justos, e desprezavam os outros:
Dois homens subiram ao templo, para orar; um, fariseu, e o outro, publicano.
O fariseu, estando em pé, orava consigo desta maneira: Ó Deus, graças te dou porque
não sou como os demais homens, roubadores, injustos e adúlteros; nem ainda como este
publicano.
Jejuo duas vezes na semana, e dou os dízimos de tudo quanto possuo.
O publicano, porém, estando em pé, de longe, nem ainda queria levantar os olhos ao
céu, mas batia no peito, dizendo: Ó Deus, tem misericórdia de mim, pecador!
Digo-vos que este desceu justificado para sua casa, e não aquele; porque qualquer que a
si mesmo se exalta será humilhado, e qualquer que a si mesmo se humilha será exaltado.

33. Sem amor, nada tem valor (1 Coríntios


13:3)
Ainda que eu dê aos pobres tudo o que possuo e entregue o meu corpo para ser
queimado, mas não tiver amor, nada disso me valerá.

34. Dai o que devido a cada um (Romanos


13:7)
Dai a cada um o que lhe é devido: a quem tributo, tributo; a quem imposto, imposto; a
quem temor, temor; a quem honra, honra.

35. Exemplo de dízimos e ofertas


recolhidos com antecedência (1 Coríntios
16:1,2)
Ora, quanto à coleta que se faz para os santos, fazei vós também o mesmo que ordenei
às igrejas da Galácia.
No primeiro dia da semana cada um de vós ponha de parte o que puder ajuntar,
conforme a sua prosperidade, para que não se façam as coletas quando eu chegar.

36. Contribuições usadas para o sustento


daqueles que administravam o templo (1
Coríntios 9:13,14)
Não sabeis vós que os que administram o que é sagrado comem do que é do templo? E
que os que servem ao altar, participam do altar?
Assim ordenou também o Senhor aos que anunciam o evangelho, que vivam do
evangelho.

37. Contribuições da igreja da Macedônia


(2 Coríntios 8:1-5)
Também, irmãos, vos fazemos conhecer a graça de Deus dada às igrejas da macedônia;
Como em muita prova de tribulação houve abundância do seu gozo, e como a sua
profunda pobreza abundou em riquezas da sua generosidade.
Porque, segundo o seu poder (o que eu mesmo testifico) e ainda acima do seu poder,
deram voluntariamente.
Pedindo-nos com muitos rogos que aceitássemos a graça e a comunicação deste serviço,
que se fazia para com os santos.
E não somente fizeram como nós esperávamos, mas a si mesmos se deram
primeiramente ao Senhor, e depois a nós, pela vontade de Deus.
38. O dízimo de Abraão a Melquisedeque
(Hebreus 7:1,2)
Porque este Melquisedeque, rei de Salém, sacerdote do Deus Altíssimo, que saiu ao
encontro de Abraão quando este regressava da matança dos reis, e o abençoou,
a quem também Abraão separou o dízimo de tudo {sendo primeiramente, por
interpretação do seu nome, rei de justiça, e depois também rei de Salém, que é rei de
paz;

39. Não se canse de fazer o bem (Gálatas


6:9)
E não nos cansemos de fazer o bem, porque a seu tempo ceifaremos, se não houvermos
desfalecido.

40. Tome cuidado com o amor ao dinheiro


(1 Timóteo 6:10)
Pois o amor ao dinheiro é raiz de todos os males. Algumas pessoas, por cobiçarem o
dinheiro, desviaram-se da fé e se atormentaram a si mesmas com muitos sofrimentos.

Os 40 melhores versículos sobre dízimo:


conclusão
Esses versículos sobre dízimo foram cuidadosamente escolhidos para edificar a sua
vida. Mas vale ressaltar: texto fora do contexto vira pretexto!

Então, se você realmente acredita que precisa melhorar a sua vida financeira no que se
refere a dízimo, separe alguns minutos durante a semana para ler pelo menos o capítulo
inteiro de alguns desses versículos, assim você terá um entendimento muito mais amplo.

Se você deseja saber mais sobre ofertas, recomendo a leitura do artigo Os 50 melhores
versículos sobre oferta.

Gostou desse artigo? Quer saber o por que que a Bíblia é o maior guia de finanças
pessoais que existe? Então clique na imagem abaixo e saiba:
Sobre Samuel Vinicius

Fundador e editor do Vamos Prosperar, blog


voltado para o tema Prosperidade Financeira à
luz da Bíblia.

Artigos relacionados

As 7 Lições Financeiras da História de Abraão


6 ensinamentos Bíblicos para você aprender como


gastar dinheiro de forma inteligente

Renda Passiva: a arte de Ganhar Dinheiro Enquanto Dorme

Jesus era Pobre?


Como administrar meu salário: a maneira inteligente do
cristão priorizar seus gastos pessoais

Os 50 Melhores Versículos Sobre Doação

33 Comentários

1. João2 anos atrás Link permanente

Excelente!
Realmente, temos muito o que aprender com a Bíblia. Por
isso, foi ótimo ler esses versículos pois eles mostram a
visão bíblica sobre dízimo.

Que Deus te abençoe!

RESPONDER

1. Samuel Vinicius2 anos atrás Link permanente

Muito obrigado pelo comentário João.


Que Deus te abençoe ricamente!

RESPONDER

2. Thalisson Passos2 anos atrás Link permanente


Olá, primeiramente parabéns pelo excelente trabalho que
você está desenvolvendo com esse Blog. Estou fazendo
varias anotações, que poderão me ajudar a crescer
financeiramente.
Eu gostaria de tirar algumas duvidas pessoais, sobre um
projeto, pois já te considero como um mentor, e por aqui eu
não me sentiria confortável para tirar tais duvidas.
Existe algum outro meio de comunicação direta com você,
o qual eu possa usar para conversarmos?
Whatsapp, ou até mesmo e-mail.

Fico no aguardo, Deus abençoe.

RESPONDER

1. Samuel Vinicius2 anos atrás Link permanente

Muito obrigado Thalisson. É bom poder ver


comentários como este.
A melhor forma de entrar em contato comigo é pelo
email: samuel@vamosprosperar.com. Fique a
vontade para me mandar email.

Forte abraço e fique com Deus.

RESPONDER

1. Jose Fernandes Kozak4 meses atrás Link


permanente

Boa noite , não podemos ser ignorantes


quanto ao dízimo hoje , não temos alimento
devemos entregar Sim 10% do salário,
depois os pobres , viúvas enfim, primeiro na
casa do Senhor depois fora ok .

RESPONDER
1. Samuel Vinicius4 meses atrás Link
permanente

Obrigado, pela participação Jose. Que Deus te abençoe


grandemente.

RESPONDER

3. wagner martins2 anos atrás Link permanente

Achei ótimo esse site e estou em processo de


descobrimento pois muitas perguntas sem respostas eu
tinha sobre educação financeira e já vou por em pratica
algumas que vi nos videos espero em breve poder postar o
testemunho de mudanças .Deus o abençoe grandemente .

RESPONDER

1. Samuel Vinicius2 anos atrás Link permanente

Que ótimo Wagner!

Que Deus te abençoe nessa caminhada.


Conte comigo.

Forte abraço e fique com Deus

RESPONDER

4. egas1 ano atrás Link permanente

Eu gostaria que me ajuda se a compreender melhor sobre o


dízimo.
Más com sitacoes bíblicas do novo testamento e não antigo
testamento.

E força pelo trabalho que estas a desenvolver neste blog.


Aguardo atenciosamente pela sua resposta

RESPONDER

1. Samuel Vinicius1 ano atrás Link permanente

A grande dúvida com relação ao dízimo é: ele é ou


não um mandamento para os dias atuais?

Para responder essa pergunta, tenho que ser o mais


sincero possível. E a resposta é: não há uma
resposta direta!

Por quê? Porque no Novo Testamento não há em


nenhum lugar um versículo dizendo “trazei todos os
dízimos”.

Entretanto, assim como no Antigo Testamento,


vemos que a contribuição era muito presente no
Novo Testamento. Inclusive, em alguns casos, a
contribuição era até superior (e muito superior) a
10%. Na igreja primitiva, por exemplo, as pessoas
contribuíam com tudo que tinham (Atos 4:32-33;
Atos 4:34-35)

Bom, mas como eu disse, não há nenhum versículo


no Novo Testamento que ordene a prática do
dízimo. Diante disso: como as contribuições para a
casa de Deus devem ser feitas no período
neotestamentário?

Paulo dá a resposta para essa pergunta por meio de


um ensinamento sobre como devem ser nossas
contribuições. E este ensinamento está registrado
em 1 Coríntios 16:2, confira:

No primeiro dia da semana cada um de vós ponha


de parte o que puder ajuntar, conforme a sua
prosperidade.
1 Coríntios 16:2
Paulo diz que a contribuição deve ser REGULAR e
PROPORCIONAL.

Regular: pois devia ser feita toda semana, no


primeiro dia de cada semana. Proporcional: pois
deve ser feita de acordo com a prosperidade de cada
um.

Note algo: o dízimo se encaixa perfeitamente bem


nestas características. Afinal, ele é proporcional
(10%) e regular (pois é entregue sempre que há
alguma renda).

É por isso que eu gosto e recomendo o dízimo. Pois


se trata de algo sistematizado, regular e
proporcional. O dízimo é um principio participativo,
que expressa generosidade e ainda possibilita suprir
as necessidades da igreja. No dízimo, todos
contribuem de igual modo. Não há quem dê mais ou
menos para Deus, afinal, todos contribuem com
10%.

E mais: em todo o Novo Testamento, não vemos em


nenhum lugar, a abolição do dízimo. Não vemos em
nenhum lugar dizendo, não trarás mais o dízimo ao
Senhor.

Alguns dizem que o dízimo faz parte da lei, e que a


lei foi abolida por Cristo. Mas o dízimo já existia
antes da lei. Abraão e Jacó já dizimavam antes da
inserção do dízimo na lei (Gênesis 14:19,20;
Gênesis 28:20-22).

Eu sou dizimista e recomendo que você também


seja. Todavia, não vejo sustentabilidade teológica
para afirmar que o dízimo é uma obrigação, que é
uma lei, que todo o cristão deve seguir ou se não
entrará no reino dos céus.

Essa é a minha visão a respeito do dízimo. Espero


ter ajudado.

RESPONDER

1. samara cristina santos rocha3 semanas


atrás Link permanente
Eu tambem penso assim! dizimo e gratidão
ao senhor por tudo em nossa vida ,pois tudo
e pra ele e por elemuito bem colocado suas
palavras

RESPONDER

5. Fernanda Araújo1 ano atrás Link permanente

Sou dizimista , acho q Deus QR ver nossa fidelidade nos


dízimos e ofertas. Dízimo e dízimo e oferta é oferta.
Cada um tem sua opinião, se quem devolve o dízimo é feliz
em contribuir e ajudar a obra de Deus, penso q n serão
condenados por isso

RESPONDER

1. Samuel Vinicius12 meses atrás Link permanente

Concordo plenamente Fernanda.

RESPONDER

6. Boaz Avila Guedes1 ano atrás Link permanente

Excelente Artigo… Deus abençoe sua vida…

RESPONDER

1. Samuel Vinicius1 ano atrás Link permanente

Obrigado pelo comentário Boaz. Que Deus te


abençoe!
RESPONDER

7. Wagner11 meses atrás Link permanente

Nosso povo precisa aprender mais, sobre esse tema tão


presente na Bíblia. Obrigado Deus pela vida do Samuel!

RESPONDER

1. Samuel Vinicius11 meses atrás Link permanente

Verdade Wagner, infelizmente ainda sabemos pouco


sobre este tema.
Obrigado pelo comentário. Que Deus te abençoe!

RESPONDER

8. Herivelto9 meses atrás Link permanente

O texto é muito em elaborado, parabéns!!!


Mas a aplicação do dizimo nos dias de hoje é feita de
maneira errada, pois cada líder tem usado o que arrecada
para enriquecer. Comprar casas, carros de luxo, fazendas e
por ai vai, enquanto muitos membros da igreja passam
dificuldades financeiras em suas vidas e não recebem a
ajuda da igreja.
Por isso acho que os dízimos deveriam ser aplicados
conforme era no antigo testamento, sempre para ajudar os
necessitados.
Os apóstolos de Cristo recebiam as ofertas e as repartiam
entre os necessitados, nenhum deles ficou rico com esse
dinheiro.

RESPONDER
1. Samuel Vinicius6 meses atrás Link permanente

Obrigado pela participação. Que Deus te abençoe!

RESPONDER

9. gleibson pereira da silva9 meses atrás Link permanente

Realmente é muito esclarecedor esses versículos gostei


muito e entendi mais ainda sobre o dizimo agora posso tirar
duvidas cm alguns irmãos e amigos q tanto mi questionam
sobre dizimo,Deus abençoe!

RESPONDER

1. Samuel Vinicius6 meses atrás Link permanente

Obrigado pela participação. Que Deus te abençoe!

RESPONDER

10. Matheus teles9 meses atrás Link permanente

Graça e paz irmã. Eu ñ sou nenhum avarento nem nada do


tipo. Como cristão e alguém nascido de novo por meio da
graça de Deus em mim sei contribuir. Mas o dízimo é lei.
Agora leia Romanos 10 : 4.
Em MT 5 : 17 Jesus diz que não veio para revogar a lei,
mas ele veio para cumprir a lei. Sabemos que a lei de Deus
é perfeita, então aquele que cumpri “toda” a lei é perfeito.
Jesus disse que veio cumprir a lei, então chegamos a
conclusão de que ele foi perfeito. Mas Jesus antes de dizer
que veio cumprir a lei, ele disse que não veio para revogar.
E isso é verdade, pois a lei não foi abolida, a lei tem sua
serventia. Mas qual a serventia da lei? A primeira respoSta
está em Romanos 3 : 20, e a segunda e principal está em
ITm 1 : 8 – 10. Então a lei ñ se remete a nós que fomos
justificados por Jesus Cristo, mas a lei servirá para o dia
que Deus for julgar os injustos ou os filhos da perdição
como a própria Bíblia diz. Espero ter ajudado irmã. O
dízimo é lei, e a Bíblia diz que se alguém quiser cumprir os
mandamentos da lei, por eles viverá. Ou seja, se a senhora
quiser devolver o dízimo por que o velho testamento diz,
então a senhora deve tambem cumprir todos os outros.
Como por exemplo: quando algum irmão da denominação
que a senhora frequenta cometer adultério a senhora deve
apedrejar tanto o homem como a mulher. Pois a Bíblia diz,
que se alguém guarda todos os mandamentos mas tropeça
num ponto, se torna transgressor de todos os outros(Tiago 2
: 10), ou seja, se a senhora da o dízimo, mas não apedreja
os adúlteros de sua denominação, o dízimo que a senhora
deu não valeu de nd. Pense nisso. Graça e paz.

RESPONDER

1. Samuel Vinicius6 meses atrás Link permanente

Obrigado pela participação Matheus. Deus te


abençoe!

RESPONDER

11. Raimundo Sousa9 meses atrás Link permanente

Todos nós cristãos devemos contribuir para o mantimento


do templo físico no qual congregamos, mas usar o nome
dizimo soa estranho é só observar sobre as referencias
bíblicas, que tratam sobre esse assunto, principalmente no
velho testamento. Quando se fala em dizimo no NT, Jesus
se refere a escribas e fariseus, ou seja, viviam em função da
lei ! Quando se trata da igreja….atos , corintios vão tratar
sobre contribuições e ofertas!
Mas insisto, devemos contribuir, ofertar, pagar nossos
votos….mas ficar sobre o julgo de vários mercenários que
praticamente encurralam as pessoas, dizendo que “quem
não dizimar esta sob condenação”, é forçar a barra!

RESPONDER

1. Samuel Vinicius6 meses atrás Link permanente

Obrigado pela participação Raimundo. Que Deus te


abençoe grandemente!

RESPONDER

12. Petronio Luiz Gonzaga da Silva8 meses atrás Link permanente

Muito bom e educativo!

RESPONDER

1. Samuel Vinicius6 meses atrás Link permanente

Obrigado pela participação Petronio. Que Deus te


abençoe!

RESPONDER

13. Elany8 meses atrás Link permanente

Ola!A paz. Darei minha opinião, e de antemão declaro que


nao sou contra ofertar para contribuir com as Casas de
Orações.
Vamos la….: Primeiro que Deus ñ é de Confusão.
2°. A Lei da Semeadura é muito clara na Bíblia no Novo
Testamento. E deixa claramente que ninguem está obrigado
a OFERTAR, sendo diferente do DIZIMAR que era
OBRIGATÓRIO, la na Lei.
3°. Deus nao é falho. Logo em Malaquias 3:10…
Promete proteçao contra os devoradores (insetos/pragas,
etc..) aos dizimustas fiéis…
Hj tem dizimistas fieis passando por muitas dificuldades…
então como entender … Estaria Deus falhando? Claro que
nao. Malaquias tratava com aquele povo e nao conosco.
Hj nao vivemos sob aquela Lei! Novo Testamento sim..
muitas coisas mudaram. Jesus cumpriu a Lei por ser Judeu.
Ele repreende os Fariseus la na Lei e nao eh conosco.
Abraao deu 10% por vontade e nao por obrigaçao!Eh esse o
exemplo . Cel esta descarregando…ja volto.

RESPONDER

1. Samuel Vinicius6 meses atrás Link permanente

Obrigado pela participação Elany. Que Deus te


abençoe!

RESPONDER

14. Flavia vieira da silva7 meses atrás Link permanente

A paz
Queria sabe se certo mandar todo dízimo da congregação
para a igreja matriz sendo que a congregação que mantém
seu próprio sustento com os poucos disimistas e ofertante.

RESPONDER

1. Samuel Vinicius6 meses atrás Link permanente

Olá Flavia, tudo na paz? Cada igreja possui suas


diretrizes quanto ao repasse do dízimo entre as
congregações. Quanto a isso, só me resta respeita a
pratica de cada igreja.
RESPONDER

15. José Tosta7 meses atrás Link permanente

Muito bom mesmo, este artigo veio simplificar nossa vida,


muitas vezes de última hora somos convocados a ministrar
o momento de oferta. Parabéns.

RESPONDER

1. Samuel Vinicius6 meses atrás Link permanente

É verdade José: muitas cezes somos convocados


para ministrar de última hora.

https://vamosprosperar.com/versiculos-sobre-dizimo/