Você está na página 1de 6

Morfologia Externa das Plantas

Exercícios com Gabarito


Abril 2, 2017
01. UFMG. Morfologia Externa: Observe a figura.

O crescimento e a absorção ocorrem, respectivamente, nas regiões


indicadas por:

a) 1 e 2. d) 3 e 2.

b) 1 e 4. e) 4 e 1.

c) 2 e 3.

02. Na estrutura de uma raiz, são encontrados diferentes tipos de tecidos:


parênquima, xilema, meristema, floema, epiderme etc. O tecido
meristemático tem a função de:

a) proteger a raiz contra o desgaste produzido pelas partículas do solo.

b) absorver do solo água e nutrientes.


c) promover o crescimento da raiz.

d) proteger a planta contra a desidratação.


e) realizar as trocas gasosas no processo da respiração.

03. No estudo da morfologia básica da raiz das plantas dicotiledôneas, a


estrutura de proteção das células meristemáticas da zona de crescimento
é a:

a) zona suberosa.

b) zona pilífera.

c) coifa.

d) zona lisa.

e) zona das ramificações.

04. Os manguezais são biomas litorâneos que se formam junto à


desembocadura dos rios e em litorais protegidos pela ação do mar. A
Avicennia tomentosa é uma planta freqüente em manguezais da orla
marítima e sua principal característica é apresentar pneumatóforos.

Os pneumatóforos permitem à planta:

a) uma melhor fixação ao solo lodoso.

b) uma melhor adaptação ao ambiente salobro.


c) uma associação com bactérias do solo para obter nutrientes.
d) uma melhor sustentação de suas raízes, que crescem muito
superficialmente.

e) garantia de obter o gás oxigênio necessário às suas raízes.


05. Plantas com raízes respiratórias e raízes-escora são típicas
dos ecossitemas:

a) campos cerrados.

b) mata tropical.

c) mata Atlântica.

d) restingas.

e) manguezais.

Fotoperiodismo Exercícios Completos com Gabarito.

06. Nas regiões dos manguezais, é comum encontra-rem-se raízes que


crescem verticalmente do solo e vão atingir o nível da maré alta. Elas
desenvolvem estruturas para permitir a vida nestes locais e se relacionam
com:

a) melhor flutuação.

b) trocas gasosas.
c) o acúmulo de reservas nutritivas.

d) a fixação das folhas.

e) o aproveitamento do sal marinho.

07. É comum encontrarem-se pneumatóforos em algumas plantas cujo


hábitat é:

a) dunas.
d) caatingas.

b) manguezal.

e) florestas.

c) serras.

08. A “erva-de-passarinho” é, dentre outras plantas, classificada como um


vegetal hemiparasita, devido ao fato de viver sobre outras plantas,
retirando, dessas, seiva bruta. Esse parasitismo é realizado através de
raízes especiais, denominadas:

a) raízes sugadoras ou trabeculóides.

b) raízes penetrantes ou pneumatóforos.

c) raízes penetrantes ou parasitóides.

d) raízes entrelaçadas ou apreensórias.

e) raízes sugadoras ou haustórios.

09. O algodoeiro é uma planta dicotiledônea bem adaptada ao clima


semi-árido. O seu cultivo já foi uma atividade economicamente muito
importante para o nordestino e hoje está sendo retomado graças ao
desenvolvimento de novos cultivares pela Embrapa. Uma característica
dessa planta que favorece seu plantio no clima semi-árido é a presença
de:

a) folhas largas.

b) raiz pivotante.

c) flores completas.
d) frutos carnosos.

10. Observe esta figura.

Nessa figura, podem-se observar marcações feitas com tinta, por um


estudante, no embrião de uma semente em germinação, para verificar a
taxa de crescimento por região.

Após uma semana de observação, ele verificou que a taxa de crescimento


tinha sido maior nas regiões identificadas, na figura, pelos algarismos:

a) I e IV.

b) I e II.

c) II e III.

d) II e IV.

Gabarito com as respostas do simulado sobre


morfologia externa das plantas:
01. D

02. C

03. C

04. E

05. E

06. B

07. B

08. E

09. B

10. C