Você está na página 1de 4

PSICOLOGIA DO DESENVOLVIMENTO E DO CICLO VITAL - PDCV

APRESENTAÇÃO DA DISCIPLINA (Módulo 0)

O estudo científico do desenvolvimento humano "é a área de conhecimento da psicologia que busca compreender como e por que as pessoas se modificam, e
como e por que elas permanecem as mesmas nos vários momentos de sua vida, à medida que envelhecem" (Berger, 2001, p.3)

A psicologia do desenvolvimento se preocupa em responder como e por que as capacidades dos indivíduos vão se diferenciando ao longo da vida. Focaliza
seus estudos nas mudanças e nas consistências (continuidades), na universalidade e na individualidade. Busca um entendimento sistemático da seqüência de
mudanças físicas, cognitivas, psicossociais e seus desdobramentos ao longo do ciclo vital.

Estudar o Ciclo Vital significa admitir que o desenvolvimento humano ocorre durante a vida inteira e cada período é influenciado pelo que aconteceu antes e irá
afetar o que virá depois. Sugere também que cada fase tem sua importância, características e valores especiais.

Nesta disciplina, o desenvolvimento humano está dividido em fases que se encontram especificadas no final deste módulo. Cabe destacar que tais fases são
recorrentes nas bibliografias desta área do conhecimento e entende-se que cada um dos períodos tem acontecimentos e tarefas desenvolvimentais
características, embora, seja importante lembrar que se trata de uma divisão didática e que, por vezes, a análise do desenvolvimento de um determinado
indivíduo não corresponde exatamente a descrição do período.

Além desta organização pela cronologia, serão destacados, em cada um dos módulos de estudo, os vários aspectos do desenvolvimento, a saber, físico-motor,
cognitivo e psicossocial. No entanto, é importante que fique claro que o desenvolvimento de cada desses aspectos afeta os demais, ou seja, estão imbricados.

A Psicologia de um modo geral e a psicologia do desenvolvimento em específico, congregam uma série de teorias e diferentes compreensões sobre os
fenômenos desenvolvimentais, muitas vezes, contraditórios entre si e sem um consenso, isto ocorre porque a psicologia está “em desenvolvimento”.

A proposta da disciplina não é discutir ou explanar as diferentes teorias em suas complexidades, mas sim, caracterizar as principais fases do desenvolvimento
ao longo do ciclo vital, articulando-as com o contexto sócio-histórico e cultural em que se inserem. Muitas teorias serão apresentadas com brevidade, outras,
serão privilegiadas em detrimento das demais. Cumpre destacar que este recorte tem a finalidade de viabilizar o estudo inicial da disciplina, mas não esgota o
assunto, tão pouco representa a única versão possível.

Conhecer a Psicologia do Desenvolvimento é fundamental para todos aqueles profissionais que trabalham diretamente com o ser humano, como por exemplo: a
Psicologia, Pedagogia, Serviço Social, entre outros.
O programa da disciplina está distribuído em 8 módulos, que devem ser estudados ao longo do semestre letivo. Alguns tópicos serão objeto de avaliação na
NP1 (Módulos 1 a 4) e outros serão avaliados na NP2 (Módulos 5 a 8).
Sugerimos que você siga a ordem abaixo apresentada, ao planejar seu estudo, uma vez que os temas mantém entre si uma relação lógica.

Módulo 1:
Influências pré e perinatais no desenvolvimento.

Módulo 2:
Primeira Infância (por volta dos zero aos dois anos)
Desenvolvimento físico, cognitivo e psicossocial.

Módulo 3:
Segunda Infância ( por volta dos dois aos seis anos)
Desenvolvimento físico, cognitivo e psicossocial.

Módulo 4:
Terceira Infância ( por volta dos seis aos doze anos)
Desenvolvimento físico, cognitivo e psicossocial.

Módulo 5:
Puberdade e Adolescência ( por volta dos doze aos vinte anos)
Mudanças físicas, cognitivas e psicossociais.

Módulo 6:
Adulto- Jovem ( por volta dos vinte aos quarenta anos)
Mudanças físicas, cognitivas e psicossociais.

Módulo 7:
Meia- Idade ( por volta dos quarenta aos sessenta e cinco anos )
Mudanças físicas, cognitivas e psicossociais.

Módulo 8:
Velhice (a partir dos 65 anos)
Mudanças físicas, cognitivas e psicossociais.
Morte visão histórica, social e cultural.
A morte nas diferentes etapas do desenvolvimento humano.
Morte, Separação, Perdas e o Processo de Luto
BIBLIOGRAFIA
BÁSICA
GRIFFA, M. C. - Maturidade, Vida Adulta, Velhice in Chaves para a psicologia do desenvolvimento, Tomo 2. São Paulo: Paulinas, 2001.

KOVÁCS, M. J. A Morte e o Desenvolvimento Humano. São Paulo: Casa do Psicólogo, 4ed., 2002.

PAPALIA, E. D.; OLDS, S. W. & FELDMAN, R.D. Desenvolvimento Humano. Porto Alegre: ArtMed, 8ª.ed., 2006.

COMPLEMENTAR
CASTRO, L. R. - Infância e Adolescência na Cultura de Consumo. Rio de Janeiro. Editora Nau,1998.

CÓRIA, S. M. A. Psicologia do Desenvolvimento. SP: Ática, 1998.

GERRIG, R. J. & ZIMBARDO, P. G.- O Desenvolvimento Humano ao Longo da Vida In A Psicologia e a Vida. Porto Alegre. Artmed, 16 ed., 2005. (Cap. 11)

MOURA, M. L. S. (org) – O Bebê do século XXI e a psicologia em desenvolvimento, SP: Casa Do Psicólogo, 2004 – (Coleção Psicologia e educação).

OSÓRIO, L. C. Adolescente Hoje. Porto Alegre: Artes Médicas, 1992.

PERIÓDICOS

BOCK, A. M. B. A adolescência como construção social: estudo sobre livros destinados a pais e educadores. Psicol. esc. educ., jun. 2007, vol.11, no.1, p.63-76.
ISSN 1413-8557.

BROCHSZTAIN, Clara. O susto ao espelho. In:Revista Kairós: gerontologia / Núcleo de Estudos e Pesquisa do Envelhecimento - PUC-SP. Ano I, n. 1- 1988 -
São Paulo: EDUC.

FÉRES-CARNEIRO, Terezinha- Casamento contemporâneo: o difícil convívio da individualidade com a conjugalidade. in Psicologia: Reflexão e Crítica, vol.11,
n.2, Porto Alegre, 1998

BASE DE DADOS

MOURA, M.L.S. (org) - Conhecimento sobre desenvolvimento infantil em mães primíparas de diferentes centros urbanos do Brasil. Estudos de Psicol. (Natal),
2004, 9(3), 421-429 Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/epsic/v9n3/a04v09n3.pdf
THOMAZ, Ana Claire Pimenteira et al. Relações afetivas entre mães e recém-nascidos a termo e pré-termo: variáveis sociais e perinatais. Estud. psicol.
(Natal), Natal, v. 10, n. 1, 2005. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.

Cabe destacar que em cada um dos módulos, haverá uma breve apresentação do assunto, indicação de material para leitura, atividades de estudo e exercícios
de verificação da aprendizagem. É importante esclarecer que a realização dos exercícios não permite a aprendizagem dos temas, sendo imprescindível a
realização de todas as atividades descritas em cada módulo.

O presente conteúdo, por se tratar da apresentação da disciplina, não inclui exercícios.

ATENÇÃO: Se você é aluno do curso online (10o. semestre de Psicologia ou 6o. Semestre de Pedagogia), além dos 8 Módulos iniciais, deve realizar as
atividades dos Módulos 9 a 12, que complementam o estudo. Ao terminar de estudar os Módulos 1 e 2, faça as atividades do Módulo 9; ao terminar de estudar
os Módulos 3 e 4, faça as atividades do Módulo 10; ao terminar de estudar os Módulos 5 e 6, faça as atividades do Módulo 11; ao terminar de estudar os
Módulos 7 e 8, faça as atividades do Módulo 12.