Você está na página 1de 14

POR QUE
ESCOLHER Instituição de ensino superior
O IPOG? presente em todos os estados
do Brasil e Distrito Federal.

Professores altamente
qualificados e com comprovada
experiência de mercado.

97,14% de satisfação nas


avaliações dos alunos.

Cursos reconhecidos
pelo MEC.

Chancela própria.

MÉTODO IPOG

O Método IPOG é
um conjunto de
procedimentos e
referências
pedagógicas que
têm como objetivo
aprimorar
continuamente a
experiência de
aprendizagem dos
alunos e está
estruturado em
três dimensões.
APRESENTAÇÃO
DO CURSO

O mercado de trabalho carece de profissionais qualificados, capazes de atuar como


Avaliadores e Peritos na Engenharia e nas demais áreas onde a perícia se faz
necessária. Na área Imobiliária, o Perito poderá realizar avaliações e vistorias para
fins de locações, compra e venda de imóveis e avaliações patrimoniais. Na área
Judicial, poderá atuar como Perito Judicial ou Assistente Técnico. Na área Cível,
poderá atuar como Consultor através da emissão pareceres, laudos e consultorias.

Como tais disciplinas raramente são abordadas em cursos de graduação, o IPOG


desenvolveu uma pós-graduação 3 em 1 que reúne um conjunto de competências
em Auditoria, Avaliações e Perícias de Engenharia e Professores com vasta
experiência na área, capazes de preparar os alunos para exercer a função de
Perito, garantindo a este profissional um grande número de possibilidades de
atuação no mercado de trabalho.

OBJETIVO

• Capacitar profissionais por meio do desenvolvimento de um conjunto de


competências na área de Avaliações e Perícias de Engenharia, apresentando-se
como alternativa de formação complementar de profissionais para atuação em
áreas onde o mercado está carente de mão de obra qualificada.

• Proporcionar uma visão contemporânea sobre as práticas atuais da Engenharia


de Avaliações para desenvolver competências, habilidades e atitudes, visando
maior capacitação técnica dos profissionais participantes, gerando oportunidades
de atuação nas áreas de Engenharia, Arquitetura e Agronomia.

DIFERENCIAIS
DO CURSO

• Pós-graduação 3 em 1 que prepara o profissional da Engenharia para atuar nas


áreas Cível, Judicial e Imobiliária.

• Capacidade para lidar com Perícias em todas as áreas da Engenharia: Ambiental,


Construção Civil, Química, etc.

• Curso consolidado, com mais de 90 turmas em todo o Brasil.

• Professores especialistas com mais de 30 anos de atuação no mercado.

• Índice de satisfação dos alunos superior a 96%.


PARA QUEM É
ESTE CURSO?

Graduados em Engenharias, Arquitetura e Agronomia que atuam ou desejam atuar


no segmento de Avaliações e Perícias de Engenharia.

FORMAÇÃO
CURRICULAR

1) Introdução à Avaliação e Perícias de Engenharia


2) Avaliações Básicas de Imóveis Urbanos
3) Auditoria de Contratos
4) Desenvolvimento Integral do Potencial Humano
5) Inferência Estatística Aplicada às Avaliações de Imóveis Urbanos I
6) Inferência Estatística Aplicada às Avaliações de Imóveis Urbanos II
7) Avaliações de Aluguéis
8) Planta de Valores Genéricos
9) Avaliações de Propriedades Rurais
10) Avaliações Econômicas e Análises de Investimentos
11) Avaliações de Máquinas e Equipamentos
12) Perícias em Ações Reais Imobiliárias
13) Perícia em Edificações I
14) Perícia em Edificações II
15) Patologia das Construções
16) Inspeção Predial
17) Perícias Ambientais
18) Técnicas de Redação e Elaboração de Laudos
MATRIZ CURRICULAR
E EMENTAS

INTRODUÇÃO À AVALIAÇÃO E PERÍCIAS DE ENGENHARIA


Informações básicas sobre a estrutura do sistema CONFEA/CREA’s; fundamentos
da Engenharia de Avaliações e Perícias; Conceitos e Definições; Legislação Geral
(Constituição, Código Civil e Código de Processo Civil); Legislação Específica (Lei
5194/66 - Lei de Engenharia, Resoluções do Sistema CONFEA/CREA’s);
Introdução à Avaliação e Perícias de Engenharia.

AVALIAÇÕES DE ALUGUÉIS
Conceitos Gerais; Avaliação de Construções;Avaliação de Terrenos Urbanos;
Avaliação de Imóveis Comerciais; Avaliações Especiais; Ações Revisionais em
Imóveis Residenciais; Determinação do Valor Locativo; Desapropriações; Perícias
em Sinistros.

AUDITORIA DE CONTRATOS
Princípios de Auditoria; riscos legais na contratação de terceiros, Auditoria de
Contratos e a Lei 8666; o uso de Auditorias de Contratos como ferramenta para
minimizar os riscos legais da terceirização; atividades de preparação da Auditoria;
etapas de realização da Auditoria; reunião de abertura, coleta de evidências,
realização de entrevistas, constatação de não conformidades; reunião de
encerramento; comportamento e perfil do Auditor, relatório de Auditoria; ações
corretivas.

AVALIAÇÕES BÁSICAS DE IMÓVEIS URBANOS


Conceitos Gerais; Normas Técnicas; Laudos; Vistorias; Pesquisa de Valores;
Métodos de Avaliação; Procedimentos Específicos; Casos Práticos.

DESENVOLVIMENTO INTEGRAL DO POTRENCIAL HUMANO


Fatores que conduzem ao Florescimento ou Desenvolvimento Integral do Potencial
Humano; Desafios do desenvolvimento humano ao longo das 8 etapas do ciclo da
vida; Sobre as diferenças entre o caminho do murchamento e o caminho do
florescimento dos potenciais humanos; A diferença entre caráter e personalidade;
As virtudes e as forças de caráter; - Introdução à Visão Integral; As Linhas de
Desenvolvimento ou Inteligências Múltiplas; Os Níveis de Desenvolvimento
humano; A Dinâmica da Espiral - os 8 níveis de desenvolvimento de valores ou
memes; Análise e devolutivas de assessments; Estados de Consciência; matriz
integral do desenvolvimento integral humano; A dialética do desenvolvimento:
diferenciação e integração.; A matriz da Plenitude; Nossa capacidade de
transformação pessoal (CTP); Os fundamentos da Psicologia Positiva; O conceito
de Florescimento e o PERMA - modelo para definição das práticas de
Florescimento; Fases da vida em florescimento; a era da sabedoria.

PLANTA DE VALORES GENÉRICOS


Tributação; Cadastro Imobiliário; Plantas de Valores Genéricos; Contribuição de
Melhoria; Tributação Imobiliária Alternativa; Norma Brasileira de Avaliações; Laudo
de avaliação ou Parecer Técnico; Formação de Banco de Dados; Métodos de
Avaliação; Casos Reais; Aplicação Prática dos Conhecimentos.
INFERÊNCIA ESTATÍSTICA APLICADA ÀS AVALIAÇÕES DE IMÓVEIS
URBANOS I
Apresentação das Normas Específicas da ABNT NBR 14.653-1; Avaliação de Bens
e NBR 14.653-2; Avaliação de Imóveis Urbanos; Fundamentos do Método
Comparativo de Dados de Mercado (Conceitos normativos relevantes);
Conhecimento do objeto; Coleta de dados; Tratamento de dados amostrais
homogêneos utilizando Estatística Inferencial; Fundamentos da Estatística
Inferencial (Medidas de tendência central e de dispersão); Distribuições de
Frequência e de Probabilidade: Intervalos de Confiança; Regressão Linear
Simples; Enquadramento nos graus de fundamentação e precisão segundo as
normas da ABNT; Aplicações práticas utilizando o EXCEL e o SAB.

INFERÊNCIA ESTATÍSTICA APLICADA ÀS AVALIAÇÕES DE IMÓVEIS


URBANOS II
Modelos de Regressão Linear Múltipla (Método dos mínimos quadrados);
Coeficientes de correlação e determinação; Testes de Significância Global do
Modelo; Testes de Significância Individual dos Parâmetros; Intervalos de Confiança
e de Previsão; Verificação dos pressupostos básicos do modelo (normalidade;
homocedasticidade; não autocorrelação; outlier e pontos influenciantes; clusters);
Modelos via transformações (hiperbólico, exponencial e potencial); Modelos
Especiais e Variáveis de Interação; Codificação de variáveis qualitativas.

AVALIAÇÕES DE PROPRIEDADES RURAIS


Sistema Internacional de Unidades: utilização e grafia técnica; Avaliação e Perícia
de Imóveis Rurais: normas brasileiras, metodologia, finalidades, estudos e
pesquisas de campo, elaboração de laudos.

AVALIAÇÕES ECONÔMICAS E ANÁLISES DE INVESTIMENTOS


Conceitos de Matemática Financeira; Análise de Investimentos; Análise de
Múltiplas Alternativas; Tomada de Decisão; Fluxo de Caixa Descontado; Avaliações
Econômicas de Intangíveis; Avaliações Econômicas de Empreendimentos de base
Imobiliária e Imobiliários; Avaliações Econômicas de Empresas; Análise de Risco.

AVALIAÇÕES DE MÁQUINAS E EQUIPAMENTOS


Finalidade de Avaliação Industrial; Natureza dos Bens Industriais; Normas, Leis e
Regulamentos; Vistoria e Inspeção; Métodos e Critérios de Avaliação; Depreciação
Técnica.

PERÍCIAS EM AÇÕES REAIS IMOBILIÁRIAS


Conceituação Jurídica; Ações Possessórias; Ações Reais Dominiais; Ação de
Desapropriação.

PERÍCIA EM EDIFICAÇÕES I
Legislação; Distinção entre vícios e defeitos e os prazos de garantia na Construção
Civil; Noções de metodologia investigativa aplicada às Perícias em Edificações;
Exemplos comentados de aplicação prática.

PERÍCIA EM EDIFICAÇÕES II
Instalações elétricas; Impermeabilizações e Instalações hidráulicas; Normas
Técnicas de Impermeabilização e Correlatas; Técnicas de impermeabilização;
Noções de Patologia e Anomalia.
PATOLOGIA DAS CONSTRUÇÕES
Introdução à Patologia; Patologias em Edifícios; Mecanismos de Deterioração;
Corrosão das Armaduras; Recuperação de Estruturas.

INSPEÇÃO PREDIAL
Introdução; Inspeção Predial e sua Importância para a Manutenção; Laudo de
Inspeção Predial; Manutenção Predial; Principais Anomalias e suas Orientações;
Apresentação de caso de Inspeção Predial.

PERÍCIAS AMBIENTAIS
Jurisdição, Ação e Processo; Importância e Admissibilidade da Perícia Ambiental;
Direitos e Deveres processuais; Honorários; Formulação e Resposta de Quesitos;
Elaboração de Laudos e Pareceres; Caráter Multidisciplinar nas Perícias
Ambientais; Métodos de Perícia Ambiental; Infrações Ambientais; Seguro
ambiental.

TÉCNICAS DE REDAÇÃO E ELABORAÇÃO DE LAUDOS


Conceitos e Definições; Atividades Básicas; Laudos de Avaliação; Laudos de
Perícias; Esquema de um Laudo; Laudo do Perito Judicial; Laudo de um Assistente
Técnico; Estilo do Laudo; Correção Gramatical do Laudo.

*As ementas poderão ser ajustadas conforme demandas de mercado, novas legislações, novos cenários e contextos.

COORDENAÇÃO

CARLOS EDUARDO DOMINGUES SILVA


Engenheiro Civil. Especialista em Avaliações e
Perícias de Engenharia. MBA em Perícia,
Auditoria e Gestão Ambiental. Ex-Presidente do
IBAPE/PA. Coordenador de curso e membro do
corpo docente do IABPE/PA. Conselheiro do
CREA/PA. Ex-Coordenador da Câmara
especializada de Engenharia Civil do CREA/PA. Ex-Coordenador Nacional Adjunto
das Câmaras Especializadas de Engenharia Civil dos CREA’s (2006/2007).
Representante Suplente da Coordenação Nacional da Engenharia Civil junto ao
CIAM/Mercosul; Avaliador e Perito Judicial desde 1984. Experiência na área de
Construção Civil desde 1981. Atual Vice-Presidente do IBAPE/PA.

CORPO
DOCENTE

ANTÔNIO FERREIRA NETO


Engenheiro Civil, graduado pela UFPA (1979). Especialista em Avaliações e
Perícias de Engenharia pela Fundação Oswaldo Cruz (FOC/SP, 2005). Conselheiro
Titular do CREA/PA em dois mandatos consecutivos (2006-2008 e 2009-2011) e
no atual mandato (2016-2018). Coordenador da Câmara Especializada de
Engenharia Civil do CREA/PA (exercício 2016/2017). Atual Presidente do
IBAPE/PA em duas gestões consecutivas (2012-2014 e 2015-2017). Membro do
corpo docente do IBAPE/PA; Segundo Vice-Presidente da Associação Brasileira de
Engenheiros Civis (ABENC). Avaliador e Perito Judicial desde 1982 no âmbito da
justiça Estadual e Federal, tanto na função de Perito do Juízo como na Assistência
Técnica das partes em litígio. Larga experiência em Construção Civil, Cálculo
Estrutural e Consultoria Técnica desde 1980.

CARLA CASTRO DE PAULA


Graduação em Engenharia Civil pela Fundação Armando Álvares Penteado (2000).
Gerente do Departamento de Engenharia da empresa Pires Giovanetti Guardia
Engenharia Arquitetura Ltda. A função principal refere-se à Especificação Técnica
para Recuperação Estrutural e escolha de Sistemas de Impermeabilização e
posterior orçamentação dos projetos. Atualmente é Professora do Instituto de
Educação Tecnológica De Luca Daher, ministrando a matéria “Orçamento de
Recuperação Estrutural”. Também atuo no INBEC ministrando a disciplina
“Sistemas de Impermeabilização”.

CARLOS HUMBERTO MACIEL


Graduação em Engenharia Civil pela Universidade Estadual de Maringá (1985).
Especialista em Engenharia de Segurança do Trabalho pela Universidade Estadual
de Maringá (2005). Atualmente é Engenheiro Civil 8 horas da Caixa Econômica
Federal. Tem experiência na área de Engenharia Civil.

CARLOS EDUARDO DOMINGUES SILVA


Engenheiro Civil. Técnico em Eletrotécnica. Especialista em Avaliações e Perícias
de Engenharia. MBA em Perícia, Auditoria e Gestão Ambiental. Avaliador e Perito
Judicial desde 1984. Experiência na área de construção civil desde 1981. Vice
Presidente do CREA/PA (2013); Ex-conselheiro do CREA/PA; Ex-coordenador da
Câmara de Engenharia Civil do CREA/PA; Conselheiro do CREA-PA; Coordenador
Nacional Adjunto das Câmaras Especializadas de Engenharia Civil dos CREA'S
(2006, 2007, 2014); Representante Suplente da Coordenação Nacional da
Engenharia Civil junto ao CIAM/MERCOSUL (2007, 2009); Ex-Presidente do
IBAPE/PA; Coordenador de Curso do IABPE/PA; Membro do corpo docente do
IBAPE/PA; Diretor Tesoureiro do IAPEP/PA (2015, 2017); Diretor Financeiro da
Mutua/PA (2015, 2017); Ex-presidente da ABENC/PA; Vice Presidente Nacional da
ABENC/PA (2017, 2019); Atual Presidente do Instituto Paraense de Engenharia
Civil.

GEILMA LIMA VIERIA


Graduação em Engenharia Civil pela Universidade Federal de Alagoas (2001).
Mestrado (2003) e doutorado (2008) em Engenharia Civil pela Universidade
Federal do Rio Grande do Sul. Pós-doutorado pela Universidade Federal do Rio
Grande do Sul (2010), com pesquisa na área de Desenvolvimento de Novos
Materiais e Aproveitamento de Resíduos. Tem experiência na área de Engenharia
Civil, com ênfase em Reciclagem de Resíduos de Construção Civil, Materiais,
Componentes e Sistemas Construtivos, Patologia das Edificações e Gestão
Ambiental. Atualmente é Professora Adjunta do Departamento de Engenharia Civil
da Universidade Federal do Espírito Santo, ministrando as disciplinas Tecnologia
da Construção Civil, Concretos Especiais e Patologia das Construções, para
graduação e pós-graduação.
ISABELA BECK DA SILVA GIANNAKOS
Engenheira Civil pela PUC/RS (1984). Mestre em Administração pela PUC/RS
(2006). Especialista em Qualidade e Modelagem Estatística pela UFRGS (1999).
Especialista em Engenharia Civil pela PUC/RS (1987). Atua há 23 anos na área de
Engenharia de Avaliações e Perícias, estando há 17 anos na Direção da BSG
Engenharia de Avaliações e Perícias Engenheira Civil (PUC/RS, 1984). Mestre em
Administração pela PUC/RS (2006). Professora visitante em cursos de extensão
universitária na PUC/RS desde 2001.

JUSCELINO ANTÔNIO TOMAS


Engenheiro Agrônomo pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU). Advogado
pela Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT). Mestre em Agricultura Tropical
(UFMT). Especialista em Auditoria, Avaliações e Perícias da Engenharia e MBA em
Perícia Auditoria e Gestão Ambiental pelo IPOG. Especialista em Planejamento
Estratégico de Negócios pela FGV. Atualmente é Perito Federal Agrário do Instituto
Nacional de Colonização e Reforma Agrária, Autarquia Federal ligada diretamente
ao Ministério do Desenvolvimento Agrário. Atua em diversos projetos acadêmicos,
com ênfase em Avaliação de Imóveis Rurais, Manejo e Conservação do Solo,
Fertilidade e Nutrição de Plantas, Adubos e Adubação, Ciência das Plantas
Infestantes, Perícia Ambiental e Securitária, com enfoque na parte Ambiental.
Como Advogado, seu enfoque são demandas dos ramos do Direito Constitucional,
Civil, Agrário e Ambiental. Possui vasta experiência profissional nos temas
mencionados, destacando: Perícia Ambiental, Agrária, Direito Constitucional, Civil,
Agrário e Ambiental.

LUIS AUGUSTO CALVO DE MOURA ANDRADE


Engenheiro Agrônomo pela Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz da USP,
com larga experiência em Engenharia de Avaliações, como sócia da empresa Terra
Soluções Ambientais e Agrárias Ltda. Especializada em Avaliações de Imóveis
Rurais e Regularização Fundiária, Agrária e Ambiental com clientes em todo o
território nacional, além de trabalhar com Perícias Judiciais no ramo de Imóveis
Rurais, atuando como Perito Judicial ou Assistente Técnico em processos de
Desapropriação, Reforma Agrária, Questões Fundiárias, Servidões, Benfeitorias
Reprodutivas e Não Reprodutivas, Fiscalização de Produtividade, INCRA, FUNAI
e Avaliações de Bens para Inventários, Partilhas e Adjudicações, Fiscalização de
ITR (âmbito da Secretaria da Receita Federal). Professor de Avaliações de Imóveis
Rurais em diversos cursos de extensão universitária ou de pós-graduação.

LUIZ ANTÔNIO DE OLIVEIRA MELLO


Graduação em Engenharia Química pela Universidade Federal Fluminense (1978).
Especialização em Gestão Ambiental pela Universidade Estácio de Sá (2000) e
mestrado em Engenharia Química pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro
(2006). Atualmente é Professor aposentado da Universidade do Estado do Rio de
Janeiro, Professor assistente na Universo Universidade Salgado de Oliveira/RJ e
ministra módulos no MBA de Auditoria, Avaliação e Perícias de Engenharia do
IPOG e no MBA de Gerenciamento de Obras e Tecnologia da Construção do
Instituto Brasileiro de Educação Continuada (INBEC). É Mestre em Engenharia
Química na área de Concentração dos Processos Químicos e Meio Ambiente, e
Especialista em Gestão Ambiental. Atua na área de Implantação e Auditoria de
Sistemas de Gestão da Qualidade, Ambiental e de Segurança e Saúde
Ocupacional, tendo formação de Auditor Líder pelo SAM Group/HGB Consultoria e
Gestão. É Instrutor de Treinamentos da área de QSMS.
LUIZ CAPRARO
Graduação em Engenharia Civil pela Universidade Federal de Santa Catarina
(1983). Mestrado em Educação pela Universidade Tuiuti do Paraná (2005).
Especialização em Gestão Estratégica de Pessoas (2008) e Auditoria, Avaliações
e Perícias de Engenharia (2017). Coordenou dos cursos de Engenharia Civil e de
Engenharia Ambiental e Sanitária, de Geografia e de CST em Gestão Ambiental,
além de ministrar aulas nestes e no curso de Arquitetura e Urbanismo da
Universidade Tuiuti do Paraná. Tem experiência na área de Engenharia Civil e na
de Educação em Engenharia, com ênfase em Processos Construtivos, atuando
principalmente nos seguintes temas: Práticas Pedagógicas, Arquitetura e
Engenharia, Tecnologia da Construção e Ensino de Disciplina Técnica. Atua na
área de Avaliações e Perícias, sendo filiado ao IBAPE. É membro atuante da
Associação Brasileira de Engenheiros Civis (ABENC), onde é Secretário Geral
(2013-2015 e 2015-2018), da Associação Brasileira de Educação em Engenharia
(ABENGE) e do Instituto de Engenharia do Paraná. Conselheiro no CREA/PR onde
presidiu a Comissão de Educação do Sistema (CES). É Coordenador da Câmara
Especializada de Engenharia Civil do CREA/PR onde já presidiu a Comissão de
Ética Profissional (2015 e 2016). Coordenador Nacional das Câmaras
Especializadas de Engenharia Civil do CONFEA (2013 e 2014) e Coordenador
Adjunto da Coordenação Nacional das Comissões de Ética Profissional do
CONFEA (2015). Conselheiro do Instituto de Engenharia do Paraná (IEP) junto ao
CREA-PR (2012 a 2017).

LUIZ FERNANDO CHULIPA


Engenheiro Civil pela UFRGS (1976). Mestre em Engenharia Civil pela UFSC
(2005). Professor da Escola de Gestão Pública da FAMURS. Consultor na área de
Cadastro Multifinalitário e Planta de Valores Genéricos. Diretor da empresa Chulipa
Avaliações, empresa especializada em Avaliações de Imóveis e Tributação
Imobiliária.

LUIZ FERNANDO BERNHOEFT


Mestre em Construção Civil e Engenheiro Civil pela Universidade de Pernambuco.
Diretor Técnico da Petrus Engenharia & Consultoria Ltda., empresa de consultoria
e projetos na área de Recuperação de Estruturas, Impermeabilização e
Revestimentos. Perito Judicial e Assistente Técnico Pericial, Professor dos cursos
de pós-graduação do IPOG e Instituto IDD nas áreas de Revestimentos, Patologia
das Construções e Tecnologia da Impermeabilização.

MARCELLO GUIMARÃES COUTO


Graduando em Administração pela UNESA. B.Sc. em Direito pela UFF. MBE em
Meio Ambiente pela COPPE/UFRJ. M.Sc em Sistemas de Gestão pelo
LATEC/UFF. Avaliador Externo da CGCRE do INMETRO, com experiência em
Avaliações no Brasil e no exterior (EUA, Itália, França, China, Argentina, Uruguai e
Holanda). Consultor com mais de 18 anos de experiência em implementação de
Sistemas de Gestão (9001, 14001, 18001, 16001, SA 8000) em empresas de
diferentes portes e atividades. Auditor com mais de 16 anos de experiência e mais
de 300 dias de Auditoria (Auditorias Internas, de Fornecedores, de Acreditação de
Organismos de Certificação, Auditorias Testemunha) nas áreas da Qualidade,
Ambiental, Segurança e Saúde, Responsabilidade Social, Produtos, PBQP-H,
Conformidade Legal, dentre outras, em empresas de diferentes ramos e portes.
Lead Tutor de cursos de Auditor Líder da HGB Consultoria (Certificados Exemplar
Global, USA), em parceria com a STAT-A-MATRIX (USA). Professor de diversas
disciplinas de pós-graduação em diferentes instituições de ensino, em disciplinas
ligadas às áreas acima. Gerente da Divisão de Gestão Sustentável da HGB
Consultoria. Diretor de Ensino da Associação Brasileira de Profissionais de
Avaliação da Conformidade (ABPAC). Contract Assessor (Auditor Externo de
Acreditação) da Joint Accreditation System of Australia and New Zealand (JAS-
ANZ).

MARCELO SUAREZ SALDANHA


Engenheiro Civil pela PUC-RS (1984). Graduação em Estatística UFRGS
(incompleto, 1991). Pós-graduação em Engenharia de Avaliações e Perícias de
Engenharia pela UFRGS (2001), Curso de Especialização Universitária de
Tasacion Inmobiliaria Urbana y Teoria de los Precios y los Mercados pela
Universidade Politécnica de Valência (Espanha). Capacitação em Inspeção de
Estruturas de Concreto pela ABECE/ALCONPAT/IBRACON. Certificação de
Qualificação Profissional “AAA” em Engenharia de Avaliações, IBAPE/UPAV/IVSC.
Membro da Comissão de Estudo das Normas Técnicas CB-02 da ABNT. Membro
da Comissão de Estudos para elaboração de Anteprojeto de Lei de Inspeção
Predial do CREA-RS. Ministrante do curso de Perícias de Engenharia e elaboração
da Prova Pericial da ESM-AJURIS; Professor do curso de pós-graduação em
Auditoria, Avalições e Pericias do IPOG/Brasil (2009). Curso de Práticas de
Docência Superior do IPOG-Matriz (2015). Ministrantes dos cursos de Avaliações
de Bens, Alugueis, Perícias Judiciais e Inspeção Predial do IBAPE/RS. Presidente
do Instituto Brasileiro de Avaliações e Perícias (IBAPE/RS, 2011-2014). Vice-
Presidente Técnico do IBAPE Nacional (2006-2009). Membro do Fórum da
Questão Penitenciaria (AJURIS, OAB, CREMERS, CREA-RS). Consultor em
Inspeção Predial de Estádios Desportivos (CBF/CONFEA/MPF). Consultor em
Engenharia Diagnóstica e em Gestão de Manutenção Predial; Conselheiro da
Câmara Especializada da Engenharia Civil do CREA-RS; Árbitro da Câmara de
Mediação e Arbitragem do CREA-RS e Perito e Avaliador do Poder Judiciário
Estadual e Federal do Rio Grande do Sul (desde 1986).

RICARDO VITOY
Engenheiro Mecânico pela Universidade Federal de Santa Catarina e Mestrado em
Engenharia Mecânica pela Universidade Federal de Santa Catarina. Empresário,
Avaliador de Máquinas e Equipamentos, Perito Judicial, Avaliador Econômico de
Empreendimentos, Professor Efetivo do Instituto Federal de Goiás do curso de
Engenharia Mecânica, Professor da PUC Goiás nos cursos de Engenharia Civil,
Produção e Mecatrônica.

LUIZ PAULO ORELLI


Engenheiro Civil pela Faculdade de Engenharia São Paulo. Administrador de
Empresas pela Universidade Presbiteriana Mackenzie. Bacharel em Direito pela
Universidade Bandeirante de São Paulo e Mestrado em Habitação pelo Instituto de
Pesquisas Tecnológicas de São Paulo. Especialista em Avaliações e Perícias de
Engenharia pela FAAP. Professor do curso de MBA da Universidade Presbiteriana
Mackenzie em convênio com o IBAPE-SP. Professor titular do Instituto Brasileiro
de Avaliação e Perícias de Engenharia (IBAPE-SP). Instrutor e conferencista da
Universidade SECOVI. Perito Judicial há mais de 25 anos - Poder Judiciário do
Estado de SP. Tem experiência na área de Perícias de Engenharia e Direito, com
ênfase em Direito Imobiliário e Registros Públicos. É Palestrante profissional.

MÁRCIO ROGÉRIO DE OLIVEIRA


Engenheiro Civil. Curso de Auditoria pela Universidade da Força Aérea (INIFA).
Especialista na área de Perícias em Edificações, Impermeabilizações, Especialista
em Infraestrutura pela FAB SERENG/DIRENG. Engenheiro da FAB com
especialidade em Engenharia de Campanha. Oficial com especialidade em
Combate Civil Choque. Gerente de Engenharia e Produção responsável por
Auditorias e Execução de Serviços de Infraestruturas na EPC Engenharia desde
2014. Engenheiro responsável pelas Perícias e impermeabilizações na CAPE
Engenharia (2000 a 2005). Consultor Técnico na área de Impermeabilização na PH
projetos (2003 a 2008). Oficial Engenheiro da FAB responsável pela execução e
Perícias de infraestruturas. Professor do Serviço Regional de Ensino Brasília
(SERENS-FAB) na Força Aérea Brasileira (2001 a 2014).

NELSON ROBERTO PEREIRA ALONSO


Engenheiro Civil formado pela Universidade Mackenzie (1960). Pós-graduado em
Perícias e Avaliações de Engenharia pela Universidade Santa Cecília (2002).
Integrou o Departamento de Engenharia do Banco do Estado de São Paulo
(BANESPA, 1963/1968) e chefiou o Departamento do Patrimônio da Empresa
Municipal de Urbanização (EMURB, 1972/1976). Presidente da Comissão Técnica
do I Congresso Mundial de Avaliações, realizado no Palácio Mauá, em, São Paulo,
sob o patrocínio do IBAPE e FIABCI. Presidente do IBAPE/SP no biênio 1985/1987.
Diretor do IX COBREAP - Congresso Brasileiro de Engenharia de Avaliações e
Perícias, realizado em São Paulo no ano de 1997. Vice-Presidente Administrativo
e Financeiro do IBAPE, Entidade Federativa Nacional nos biênios 2006/2007 e
2008/2009. Foi Perito das Varas Cíveis do Foro Distrital de Pinheiros, das Varas da
Fazenda Municipal do Foro Central da Capital de São Paulo e do Tribunal de
Justiça. Sócio fundador da empresa Market Val Engenharia e Avaliações SS Ltda.
Professor em cursos de pós-graduação de Avaliações e Perícias de Engenharia na
FAAP e IPOG. Coautor dos livros técnicos “Imóveis Urbanos - Avaliação de
Terrenos - Método Involutivo Vertical” e “Imóveis Urbanos - Avaliação de Aluguéis”.
Coordenador do livro técnico “Engenharia de Avaliações” do IBAPE/SP, Editora
PINI, 1ª edição, 2007. Membro Titular e Conselheiro do IBAPE/SP, Membro da
Associação dos Peritos Judiciais do Estado de São Paulo (APJESP). Membro e Ex-
-Coordenador da Divisão de Avaliações e Perícias do Instituto de Engenharia de
São Paulo. Perito da Câmara de Arbitragem da Federação das Indústrias do Estado
de São Paulo (FIESP).

OTAVIO ULISSES DE ARAÚJO SANTANNA


Mestre em Finanças pela FECAP-SP. MBA Executivo pelo ITA-ESPM-SP.
Graduação em Administração pela FGV-SP. Mais de 20 anos de experiência no
mercado financeiro, atuando junto a instituições financeiras de vários portes, como
XPI Interfloat, Banco Máxima, Gradual Investimentos, Coinvalores, Santander. É
Coordenador e Docente do MBA em Mercado de Capitais do Instituto de Pós-
Graduação (IPOG), docente do MBA da FMU, docente de pós-graduação da
FECAP-SP, da UNIP-SP e do Instituto Educacional BM&FBovespa, com foco em
Administração e Finanças. É Agente Autônomo de Investimento certificado pela
CVM e pela ANBIMA (CEA, CPA-20), atuando como Consultor Financeiro.

WALDEMIRO CARNEIRO NETO


Economista pela UFPE. Especialista em Sistemas e Métodos pela FCAP/UPE.
Estatístico/Informático pela Universidade Católica de Pernambuco. Sócio do Grupo
Gestão Pesquisa e Planejamento. Consultor credenciado para prestar Assistência
Técnica, Tecnológica, Consultoria e Atividades de Treinamento Empresarial e
Educação Profissional na área de especialização - Gestão Empresarial, Qualidade
e Produtividade, nas instituições: FEAMEPE, SEBRAE, SENAC, SENAI, JBR
Engenharia - Consultoria e Projetos. Professor Especialista de pós-graduação em
Gestão da Qualidade e Produtividade (UPE), Professor colaborador da UFPE e
UNICAP com apresentações / aplicações do Controle Estatístico do Processo na
Qualidade Industrial.

* Professores titulares. Sujeitos a alterações.

DOCUMENTAÇÃO
NECESSÁRIA

• Diploma de graduação original.


• Cópia do RG e CPF / ID Profissional / CNH.

DURAÇÃO /
PERIODICIDADE

18 meses (um final de semana por mês).


• Sexta, das 18h às 23h.
• Sábado, das 8h às 19h.
• Domingo, das 8h às 13h.