Você está na página 1de 8

Q uinta das LIVES

C OM A PROFESSORA NATALE SOUZA

Q uinta das LIVES C OM A PROFESSORA NATALE SOUZA Todas as quintas D ICAS DE
Q uinta das LIVES C OM A PROFESSORA NATALE SOUZA Todas as quintas D ICAS DE
Q uinta das LIVES C OM A PROFESSORA NATALE SOUZA Todas as quintas D ICAS DE
Q uinta das LIVES C OM A PROFESSORA NATALE SOUZA Todas as quintas D ICAS DE

Todas as quintas

D ICAS DE RESIDÊNCIAS ;

D

ICAS DE RESIDÊNCIAS;

RESOLUÇÃO DE QUESTÕES ;

RESOLUÇÃO DE QUESTÕES;

CUPONS DE DESCONTOS

CUPONS DE DESCONTOS

E MUITO MAIS.

E

MUITO MAIS.

DE QUESTÕES ; CUPONS DE DESCONTOS E MUITO MAIS. Solicite a entrada no grupo: https: //

Solicite a entrada no grupo:

https://www.facebook.com/grou

ps/545393428980824/?

fref=mentions

01. (UFF-RESIDÊNCIA 2012) Os princípios que regem a organização das ações do - SUS estão
01. (UFF-RESIDÊNCIA 2012) Os princípios que regem a organização das ações do - SUS estão
01. (UFF-RESIDÊNCIA 2012) Os princípios que regem a organização das ações do - SUS estão
01. (UFF-RESIDÊNCIA 2012) Os princípios que regem a organização das ações do - SUS estão

01. (UFF-RESIDÊNCIA 2012) Os princípios que regem a organização das ações do - SUS estão numa das alternativas a seguir. Assinale-a.

(A)

Regionalização, hierarquização descentralização, integralidade.

(B)

Universalidade, equidade, hierarquização e integralidade.

(C) Participação da comunidade, regionalização, hierarquização descentralização e integralidade.

(D) Universalidade e equidade.

Comentários:

Nos termos do artigo 198 da Constituição Federal de 1988, as ações e serviços públicos de saúde integram uma rede regionalizada e hierarquizada e constituem um sistema único, organizado de acordo com as seguintes diretrizes:

I - Descentralização, com direção única em cada esfera de governo;

II - Atendimento integral, com prioridade para as atividades preventivas, sem prejuízo dos serviços assistenciais;

III - participação da comunidade.

Gabarito: C

2. (UFF-RESIDÊNCIA 2013) São as principais diretrizes do SUS:

(A) a centralização dos serviços de saúde, a participação da comunidade, a regionalização e integralidade dos serviços prestados.

(B) as ações de promoção, proteção e recuperação da saúde, a centralização política administrativa, com direção única em cada esfera

de governo e a participação da comunidade.

(C) a descentralização político-administrativa, com direção única em cada esfera do governo; integralidade das ações à saúde e a participação da comunidade.

www.residenciassaude.ccom.br

(D) o sistema integrado de atenção à saúde, a centralização dos serviços básicos de saúde
(D) o sistema integrado de atenção à saúde, a centralização dos serviços básicos de saúde
(D) o sistema integrado de atenção à saúde, a centralização dos serviços básicos de saúde

(D) o sistema integrado de atenção à saúde, a centralização dos serviços básicos de saúde e a política de integração e participação da comunidade.

Nos termos do artigo 198 da Constituição Federal de 1988, as ações e serviços públicos de saúde integram uma rede regionalizada e hierarquizada e constituem um sistema único, organizado de acordo com as seguintes diretrizes:

I - Descentralização, com direção única em cada esfera de governo;

II - Atendimento integral, com prioridade para as atividades preventivas, sem prejuízo dos serviços assistenciais;

III - participação da comunidade.

Gabarito: C

3. (UNCISAL/RESIDÊNCIA/2016) “Considera as várias dimensões do processo saúde-doença que afetam os indivíduos e as coletividades e pressupõe a prestação continuada do conjunto de ações e serviços, visando garantir a promoção da saúde, a prevenção das doenças, a cura e a reabilitação dos indivíduos e dos coletivos. ” Este texto se refere a qual princípio do SUS?

(A)

Equidade

(B)

Descentralização

(C)

Integralidade

(D)Universalidade

(E) Descentralização

Comentários:

O princípio da integralidade da assistência, pressupõe atendimento integral ao indivíduo em todos os aspectos que regem seu processo saúde-doença, além da continuidade da assistência dentro da lógica sistêmica.

Gabarito: C

4. (UNCISAL/RESIDÊNCIA/2015) quanto aos princípios do SUS, assinale a alternativa correta:

www.residenciassaude.ccom.br

(A) É um sistema de centralização político administrativa. (B) Oferece assistência integral. (C)
(A) É um sistema de centralização político administrativa. (B) Oferece assistência integral. (C)
(A) É um sistema de centralização político administrativa. (B) Oferece assistência integral. (C)

(A)

É um sistema de centralização político administrativa.

(B)

Oferece assistência integral.

(C)

Propõe-se a resolver apenas serviços de alta tecnologia.

(D)

A universalidade é o acesso restrito a determinada região.

(E) A equidade corresponde ao atendimento ao sujeito em sua integralidade.

Comentários:

Questão similar à anterior: O princípio da integralidade da assistência, pressupõe atendimento integral ao indivíduo em todos os aspectos que regem seu processo saúde-doença, além da continuidade da assistência dentro da lógica sistêmica.

Gabarito: B

5. (UFRJ/RESIDÊNCIA/2016) O princípio doutrinário primordial do Sistema Único de Saúde que as Redes de Atenção à Saúde (RAS) buscam garantir é:

(A)

Universalidade de acesso

(B)

Descentralização da gestão

(C)

Integralidade do cuidado

(D)

Equidade em saúde

Comentários:

Questão presentão de mãe. Qual o princípio que busca atender ao indivíduo em sua integralidade? Como é feito esse atendimento?

O princípio da integralidade da assistência, pressupõe atendimento integral ao indivíduo em todos os aspectos que regem seu processo saúde-doença, além da continuidade da assistência dentro da lógica sistêmica. Essa lógica sistêmica é viabilizada através de uma articulação em rede.

Gabarito: C

6. (UFRJ/RESIDÊNCIA/2017) A Lei nº 8080/1990, também chamada de Lei Orgânica da Saúde, define os princípios e diretrizes do Sistema Único de Saúde (SUS). Pode-se afirmar que o princípio doutrinário do SUS que corresponde a “um

www.residenciassaude.ccom.br

conjunto articulado e contínuo das ações e serviços preventivos e curativos, individuais e coletivos, exigidos
conjunto articulado e contínuo das ações e serviços preventivos e curativos, individuais e coletivos, exigidos
conjunto articulado e contínuo das ações e serviços preventivos e curativos, individuais e coletivos, exigidos

conjunto articulado e contínuo das ações e serviços preventivos e curativos, individuais e coletivos, exigidos para cada caso em todos os níveis de complexidade do sistema” é:

(A)

Universalidade de acesso.

(B)

Regionalização e hierarquização da rede de serviços.

(C)

Integralidade de assistência.

(D)

Igualdade da assistência à saúde.

Comentários:

Com certeza, após essa breve revisão o princípio da integralidade da assistência será apreendido em suas minucias.

Gabarito: C

7. (Residência UFRN/2017) Em 2016, os movimentos sociais em defesa da seguridade social em geral e da saúde, em particular, ganharam força diante das pautas neoliberais da agenda política brasileira e seus impactos no sistema de saúde. Nesse sentido, a luta popular acontece em defesa do Sistema Único de Saúde (SUS) e do direito à saúde conforme os princípios e diretrizes estabelecidos na Constituição da República Federativa do Brasil, de 1988, e nas Leis Orgânicas da Saúde. Nesse contexto, os movimentos sociais, os trabalhadores da saúde, os pesquisadores e a população em geral protestam em favor da permanência de um SUS que

A) oferte às populações mais vulneráveis ou em situação de exclusão

social ações de saúde diferenciadas do ponto de vista técnico, mas que não diferencie esses sujeitos, aplicando, assim, o princípio da universalidade do SUS.

B) assegure a reestruturação da rede pública de saúde a partir das

regiões de saúde, em razão da necessidade de se integrar o que a complementaridade do setor privado fracionou sob o ponto de vista técnico, operativo e organizacional.

C) garanta modos de governar a rede de serviços do SUS em cada

local e estado e ainda tente compor isso com centenas de programas sanitários que funcionam com regras e padrões de financiamento e de prestação de contas diferentes.

D) assegure a todo e qualquer cidadão um acesso universal, equitativo e integral, e sem os riscos oriundos do subfinanciamento do SUS, da

www.residenciassaude.ccom.br

privatização dos equipamentos públicos de saúde e do incentivo aos planos privados, entre outros. Comentários:
privatização dos equipamentos públicos de saúde e do incentivo aos planos privados, entre outros. Comentários:
privatização dos equipamentos públicos de saúde e do incentivo aos planos privados, entre outros. Comentários:

privatização dos equipamentos públicos de saúde e do incentivo aos planos privados, entre outros.

Comentários:

Questão subjetiva, porém, clara. Queremos o SUS da forma que ele foi criado para ser. Gratuito, financiado com recursos diversos e oriundos de nossos impostos, acessível, universal, igualitário e equânime.

Gabarito: D

8. (RESIDÊNCIA/MULTIPROFISSIONAL/PUC-SP 2015) Trata- se de diretrizes do SUS:

(A)

organizar a assistência dos serviços de saúde públicos e privados.

(B)

integralidade e universalidade da assistência na atenção básica.

(C)

viabilizar a duplicidade de serviços com mesmos fins para facilitar

acesso.

que

comprometam a saúde do coletivo.

(E) integralidade da assistência, organização dos serviços públicos de

saúde e universalidade de acesso aos serviços da saúde.

Comentários:

Questão interessante, observem que as alternativas não trazem a transcrição literal do artigo 198 e sim cobram uma interpretação do artigo como um todo, desde o caput até os incisos.

Gabarito: E

(D) promover,

prevenir

e

recuperar

saúde

de

indivíduos

9. (Residência em Área Profissional de Saúde/UNIFESP 2015) Uma diretriz prevista no artigo 198 da Constituição Federal do Brasil estabelece que as ações e serviços públicos de saúde devem ser organizados com a participação da comunidade. Esta participação deve ser exercida por meio

(A) da

e

profissionais de saúde).

(B) dos Conselhos de Saúde nas esferas municipal, estadual e federal

de governo.

(C) da Comissão Intergestores Bipartite (CIB) nas esferas municipal e

estadual.

Comissão

Tripartite

Nacional

(usuários,

funcionários

www.residenciassaude.ccom.br

(D) da Comissão Intergestores Tripartite (CIT) formada por representantes do governo, dos trabalhadores e das
(D) da Comissão Intergestores Tripartite (CIT) formada por representantes do governo, dos trabalhadores e das
(D) da Comissão Intergestores Tripartite (CIT) formada por representantes do governo, dos trabalhadores e das

(D) da Comissão Intergestores Tripartite (CIT) formada por representantes do governo, dos trabalhadores e das comunidades municipais.

(E) dos Conselhos Regionais de Secretários Municipais de Saúde

(CRESEMS).

Comentários:

Questão que tangencia o Controle Social no SUS. As instancias de participação social são os Conselhos e Conferências de Saúde. Os Conselhos são instituídos nos âmbitos nacionais, estaduais e municipais.

Gabarito: B

10. (Residência Multiprofissional em Saúde/UNIFESP 2016) A necessidade de aumento de recursos para o SUS tem mobilizado vários segmentos sociais. Segundo a Constituição Federal de 1988, o SUS deve ser financiado com recursos

(A) do orçamento da União, dos Estados e dos Municípios e do imposto

sobre movimentação financeira.

(B) do orçamento da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos

Municípios, além de parte do imposto por circulação de mercadorias.

(C) federais e estaduais, sendo que os municípios podem contribuir facultativamente, de acordo com as suas dimensões.

(D) do orçamento da seguridade social, da União, dos Estados, do

Distrito Federal e dos Municípios, além de outras fontes.

(E) do orçamento da seguridade social e de, pelo menos, cinco décimos

por cento da receita tributária líquida dos Estados e do Distrito Federal.

Comentários:

De acordo com o parágrafo 1º do artigo 198 da constituição: “O sistema único de saúde será financiado, nos termos do art. 195, com recursos do orçamento da seguridade social, da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios, além de outras fontes. (Parágrafo único renumerado para § 1º pela Emenda Constitucional nº 29, de

Gabarito: D

www.residenciassaude.ccom.br

www.residenciassaude.ccom.br
www.residenciassaude.ccom.br
www.residenciassaude.ccom.br

www.residenciassaude.ccom.br